Acampamento Irmã Dorothy se torna assentamento após nove anos de luta

No último domingo(25 de janeiro), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) emitiu aos Sem Terra a posse do terreno onde está localizado o acampamento Irmã Dorothy, construído na Antiga Fazenda Berlamino no município de Presidente Vargas, no Maranhão.
O acampamento, fundado em outubro de 2005, abriga cerca de 100 famílias que desde então esperavam pela decisão de posse do terreno.
Para Elisângela Carvalho, dirigente nacional do MST no Maranhão, a decisão da Justiça é uma vitória de todas as famílias, que ano após ano lutaram por aquela terra.
“Foi uma batalha, mas conseguimos. E hoje, às vésperas do acampamento completar 9 anos, recebemos o nosso melhor presente. Os moradores estavam apreensivos e tristes devido à morosidade no processo. Semanas atrás estivemos no Incra, mas nada havia sido resolvido, voltamos mais uma vez frustrados pra casa. Agora, enfim, tivemos uma resposta positiva e a certeza de que a luta valeu e vale a pena”, diz.
Elisângela também fala sobre os próximos passos dos moradores do assentamento. “A ideia agora é focarmos na organização das famílias. Temos um centro de formação dentro do acampamento onde as atividades serão intensificadas. Os nossos trabalhadores e trabalhadoras organizados enfrentaram o poder político do latifúndio para conseguir essa terra. O nosso papel agora é seguir firme na luta pela Reforma Agrária”. Fonte Presidente Vargas Transparente.
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Está aberta a temporada de nomeações

Quando fevereiro chegar o governador Flávio Dino finalmente vai assinar as nomeações para os cargos em todo o Estado. Por enquanto somente foram nomeados os integrantes do quadro de assessores diretos das Secretarias. Ainda restam muitos cargos distribuídos por todo o Maranhão.

As nomeações estavam suspensas por conta das articulações para a eleição da Mesa da Assembleia Legislativa. Como os deputados tem interesse em indicar seus aliados nas cidades, o Governo achou por bem esperar as negociações serem concluídas para não desgostar os parlamentares.
Com a notícia de que Humberto Coutinho, candidato à presidência apoiado pelo Governo, está com sua base solidamente constituída, as nomeações já começam a ser desenhadas.

Mudança no quadro político

A distribuição dos cargos vai determinar a força de muitos políticos por todo o Estado. Em algumas cidades, nomes sem tradição política começam a despontar. É o caso de César Brito, financiador de campanha eleitoral de alguns dos eleitos, que vai emplacar o irmão na Ciretran de Bacabal.

A direção do órgão estava programada para ser entregue a Ageu Barbosa como uma indicação do ex-prefeito de Bom Lugar, Marcos Miranda. Depois de uma publicação sobre o passado nada honroso do indicado (releia), a operação foi abortada. Foi então indicado o nome de Marco Antonio da Costa Brito. Este será o nomeado.

Marcos Miranda e Cesar Brito fazem parte do mesmo grupo político que dá apoio e recebe orientação do ex-deputado Rubens Pereira. Daí vem a força para indicarem nomes na região do Médio Mearim.

Enquanto isso outros políticos tentam pressionar

A espera pelas nomeações é angustiante, principalmente para aqueles políticos que prometeram aos seus aliados mostrar uma força que não tem. É o caso daqueles que se consideram responsáveis pela eleição do governador Flávio Dino, ignorando a onda de descontentamento popular que realmente motivou a votação extraordinária no governador comunista.

Esses políticos não viram seus pleitos atendidos. Sequer foram recebidos em audiência no Palácio dos Leões. Muitos deles estão com as gavetas abarrotadas de currículos entregues por pessoas a quem prometeram nomeações. Restou a muitos, tentar forçar a barra. O curioso é que a conjuntura política terminou por uni-los, como náufragos que se agarram aos outros para evitar o afogamento no oceano do ostracismo.

Mais uma vez o exemplo que nos chega é da cidade de Bacabal onde um grupo pequeno de políticos sem força se reuniu e lavrou um documento em que assentaram que todas as nomeações que o Governador vier a fazer terá que passar pelo crivo desse grupo. Resta combinarem com o Governador.

Ora, onde já se viu político com poder querer dividir com os demais? Ignoram que no mundo político a primazia é do político que detém mandato. O exemplo de Bacabal se repetiu em cidades como Pedreiras, Pindaré, São João dos Patos. A semana que se inicia vai mostrar as primeiras definições e começar a delinear o mapa do poder no Maranhão.Fonte Louremar Fernandes.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

O Brasil virou a casa de mãe Joana…

Sylo Costa

A expressão foi cunhada na Itália. Joana, rainha de Nápoles e condessa de Proença, liberou os bordéis em Avignon, onde estava refugiada, e mandou escrever nos estatutos: “Que tenha uma porta por onde todos poderão entrar”. No Brasil ficou então como “casa de mãe Joana”. Antigamente, a expressão era como se chamava tudo que era confusão, aliás, como o mundo está agora, tendo o Brasil como destaque. Até há pouco tempo, pensou-se que jamais haveria qualquer coisa mais imoral do que o mensalão, remuneração mensal criada para parlamentares e membros proeminentes do governo que, em troca dessa benesse, aprovavam no Congresso qualquer porcaria que o governo quisesse. Poucos foram os punidos e muitos os beneficiados e até consagrados, outros, os mafiosos mesmo, arranjaram doenças que não matam nem aleijam, mas libertam. Com nomes de gringos, juízes importantes entenderam que tudo não passou de sacanagem das oposições fascistas… Quem sabe um dia poderão ser canonizados santos?
E nem chegaram a um terço das penas a que foram “condenados”, foram jubilados e estão soltos e fagueiros.

Ainda com a estupefação pública pelo mensalão, eis que começa o petrolão… Este pode quebrar o Brasil. Como estará aquele empréstimo que a Petrobras fez ao pré-sal comprando à vista para receber a prazo não sei quantos milhões ou bilhões de barris de petróleo? E, por falar em pré-sal, não tem ninguém preso, não? E como será que está esse caso? Garanto que certinho como “boca de bode” não está…

ESCÂNDALOS E ABSURDOS

E de todos os lados pipocam escândalos e absurdos: Na Argentina, “suicidaram” um promotor federal – Augustino Alberto Nisman, de 51 anos, que foi encontrado morto em seu apartamento. Ele era o responsável pela investigação do atentado contra a sede da Associação Mutual Israelita Argentina – Amia –, quando da explosão que deixou 85 mortos.

Falam em coincidência… Torcedor do Galo, eu acredito. Em São Paulo, o novo secretário de Justiça, Aloisio de Toledo César, usou uma rede social para criticar os cartunistas do jornal “Charlie Hebdo”, avaliando que eles fizeram mau uso da liberdade de expressão e que está solidário com os muçulmanos porque eles condenam a violência. E concluiu: posso dizer que eu também sou Maomé.

Eu tenho a mesma opinião do papa Chico. Neste mundo, tudo tem um limite, e, nesse caso, “não se pode insultar a fé das outras pessoas, não se pode tirar sarro de fé”. Disse mais: “Se ofender a minha mãe, pode esperar um murro, é normal”. Legal o Chico… Não concordei foi com Mateus 5:39 – “Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal, mas, se qualquer te bater na face direita, ofereça-lhe também a outra. Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti, pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que todo o teu corpo”. Não sei por quê, lembrei-me do Cerveró… (transcrito de O Tempo)

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Complica-se a situação de Dirceu no escândalo da Petrobras

Carlos Newton

Assim como o mensalão, o caso da corrupção na Petrobras representa apenas um dos braços do megaesquema financeiro destinado a sustentar o psicodélico projeto de perpetuação do PT no poder. Como sonhar ainda não é proibido, os articuladores da quadrilha montada pelo governo pensavam que jamais seriam apanhados. Era ingenuidade, porque o crime deles nada tinha de perfeito. Pelo contrário, mais parece armação bolada pelos Trapalhões (e Didi, Dedé, Mussum e Zacarias que nos perdoem).

Em meio a essa obra de demolição político-administrativa, é compreensível que o ex-presidente Lula agora queira distância de seu ex-amigo e preceptor José Dirceu, que tanto o ajudou a chegar ao poder e nele se preservar. O fato é que a situação de Dirceu está cada vez mais complicada, com a Polícia Federal e o Ministério Público acumulando cada vez mais provas da participação dele também no esquema de corrupção da Petrobras.

Por enquanto, Dirceu está aparecendo somente por ser “consultor” de empreiteiras que integravam o cartel da estatal. Depoimento do ex-diretor de Abastecimento, Paulo Roberto Costa, revelou que as construtoras Odebretch e UTC (cliente da consultoria do ex-ministro José Dirceu entre 2009 e 2013), seriam contratadas caso fosse adiante o processo de reforma e ampliação da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). Conforme o depoimento, “a contratação, provavelmente, seria coordenada pela Diretoria de Serviços, ocupada por Renato Souza Duque”. Preso na Lava-Jato e solto por força de habeas corpus, Duque foi indicado para a diretoria em questão por Dirceu.

SERVIÇOS FICTÍCIOS

Segundo o repórter João Valadares, do Correio Braziliense, a Polícia Federal suspeita que, através da JD Assessoria e Consultoria, Dirceu prestou serviços fictícios, tendo recebido R$ 3,761 milhões das construtoras Galvão Engenharia, OAS e UTC Engenharia, cujos executivos foram presos na Operação Lava-Jato.

No mesmo depoimento, o ex-diretor Paulo Roberto Costa afirmou que o acerto prévio das obras em Pasadena foi informado a ele por Márcio Faria e Rogério Araújo, da Odebretch, e Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC.

Segundo o Correio Braziliense, Duque, que teria acertado a contratação das empreiteiras antes mesmo de qualquer definição sobre a ampliação da planta em Pasadena, era “o homem do PT” na engrenagem da corrupção na Petrobras. O ex-gestor fez carreira na estatal. Engenheiro, entrou na empresa em 1978, mas foi no governo Lula, pelas mãos do ex-ministro José Dirceu, que alcançou o alto escalão da petrolífera.

Diante disso, repita-se, é possível entender por que Lula não quer mais assunto com Dirceu, que muito o ajudou também na organização da defesa de Rosemary Noronha. O fato é que Lula acha que novamente o ex-ministro vai levar a culpa sozinho, como aconteceu no mensalão, que apenas resvalou no Planalto. Mas desta vez o caso é bem mais grave, o doleiro Youssef já revelou que o esquema foi montado para sustentar a base parlamentar do governo, e tudo indica que Lula e Dilma não conseguirão sair incólumes com a mesma facilidade, especialmente se João Vaccari Neto, tesoureiro e operador do PT no esquema, fizer delação premiada.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Cadê Dilma? Não foge, não, Dilma!

 

Ricardo Noblat

O ministro Pepe Legal – ou melhor: Pepe Vargas, das Relações Institucionais – avisou, avisou, avisou… Que não vai rolar nova CPI para investigar a roubalheira na Petrobras. Não vai rolar.

Basta! O caso já mereceu duas CPIs. Uma mista, formada por senadores e deputados. Outra formada só por deputados. Essa praticamente não funcionou.

A outra funcionou sobre o estrito controle do governo por meio dos seus áulicos no Congresso. E sabem no que deu? Em nada. Deu em nada. Sequer serviu para a oposição fazer barulho.

E assim foi apesar da presidente Dilma Rousseff, na época em que ainda precisava falar com jornalistas para se reeleger, ter ficado rouca de repetir que queria a verdade sobre a Petrobras.

Não importava quanto custaria. Ela, a presidente da República, ex-presidente do Conselho de Administração da Petrobras, ex-ministra das Minas e Energia, queria a verdade custasse o quanto custasse.

Era lorota, como se viu. Continuará sendo lorota caso Dilma volte a comentar o assunto. Está difícil. Ela foge dos jornalistas desde o final do ano passado. Não quer se juntar com notícias ruins. Só com boas.

E como as boas andam escassas… Há razões de sobra para que se instale uma terceira CPI da Petrobras.

Do encerramento das duas primeiras para cá, muita lama veio à tona comprometendo a imagem daquela que já foi uma das maiores empresas do mundo. A Era PT conseguiu rebaixá-la.

CPI é instrumento de investigação da minoria. Não perde a validade só porque o Ministério Público e a Polícia Federal saíram na frente das apurações.

O silêncio de Dilma, e a fuga à obrigação de oferecer rotineiras explicações ao distinto público, só conspiram para reduzir sua aprovação. É o que restará demonstrado pelas próximas pesquisas.

Dilma Rousseff (Foto: Divulgação)Dilma Rousseff (Imagem: Divulgação)
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

A abolição da escravatura e o boicote à educação

Cristovam Buarque

Em sua fala de abertura dos trabalhos no Parlamento, em 1888, a princesa Isabel disse que o Brasil precisava ser uma pátria livre da escravidão. Logo depois o governo encaminhou a proposta que viria a ser a Lei Áurea. O deputado Joaquim Nabuco passou a ser o principal articulador da aprovação da proposta, ainda que o governo da época fosse liderado por um partido diferente do seu, e o chefe do governo, o deputado João Alfredo, fosse seu maior adversário em Pernambuco. Essa postura moral de Nabuco lhe dá uma grandeza ainda maior do que a própria luta pela abolição.

Se a princesa tivesse dito que seu lema seria “Brasil: pátria sem escravidão”, sem o governo apresentar o projeto da Lei Áurea, sua mensagem teria atendido a crescente consciência nacional da necessidade de abolir a escravidão, mas sem transformar o lema em um ato realizador.

O lema “Brasil: pátria educadora” tem o mérito de explicitar a posição que, depois de décadas de luta por alguns, começa a ganhar corpo na sociedade brasileira: a importância da educação para o progresso do país. Mas, sem um conjunto de leis, a definição dos recursos e a articulação de uma base de apoio, a ideia ficará apenas como lema.

PRÉ-SAL

Dizer que a pátria educadora será constituída graças aos royalties do pré-sal é insuficiente. Porque, se a Petrobras superar suas dificuldades financeiras, se a engenharia for eficaz para extrair o petróleo daquela profundidade, se o preço do petróleo voltar ao patamar de US$ 100 por barril, se a crise ambiental não forçar a substituição do combustível fóssil por outras fontes, mesmo assim, em 2034, o pré-sal só conseguirá gerar R$ 35 bilhões em recursos, cerca de 5,5% do montante necessário para o Brasil virar uma pátria educada.

Prometer que a nação educada será financiada pelo pré-sal é menos seguro do que se a princesa tivesse dito que os escravos seriam alforriados graças aos royalties obtidos pela exploração de café em novas áreas a serem abertas em regiões ainda não desbravadas.

BAIXOS SALÁRIOS

Ao aumentar o piso salarial do professor em 13,01%, elevando-o para R$ 1.917,78, o governo da presidente Dilma não demonstra firmeza de cumprir seu lema. Além de ser um valor insuficiente, o lema não ganha consistência devido à opção do seu governo em deixar a responsabilidade pela educação sobre os ombros de pobres e desiguais prefeituras e Estados. Não há como fazer do Brasil uma nação educada se a educação não for uma questão nacional, com a adoção das escolas pelo governo federal, ao longo dos próximos anos.

Ao apresentar seu compromisso de construir um Brasil sem escravidão, a princesa sancionou a lei da abolição. Se quiser levar a sério sua ideia de construir uma pátria educada, a presidente Dilma deve apresentar o conjunto de ações necessárias para a adoção da educação básica pela União – a PEC 32/2013 é um exemplo. Se fizer isso, todos devem seguir o exemplo de Nabuco e dar o apoio necessário.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Hoje é o Dia dos Aposentados (que nada têm a comemorar…)

Carlos Newton

Poderia ser um dia festivo, se existisse aqui uma política de apoio real aos idosos, ou seja, àqueles que se empenharam para construir um país melhor para os mais jovens. Mas esta não é realidade, e a decepção dos aposentados e pensionistas é mais do que procedente. A atual política é massacrante e não pode ser mantida eternamente, pois tende a nivelar por baixo todos os benefícios, o que representa uma inominável injustiça justamente aos trabalhadores que mais contribuíram para manter a Previdência Social e que têm direito a receber aposentadorias pensões acima do salário mínimo.

E com um detalhe inaceitável: muitos desses aposentados passaram anos e anos contribuindo sobre 20 salários de referência, que a chamada “reforma” da Previdência reduziu para apenas 10 salários de referência, sem que essas contribuições pagas a mais tivessem sido devolvidas, numa flagrante apropriação indébita de recursos do contribuinte.

Outra apropriação indébita é cobrar INSS de aposentado que volta a trabalhar, confiscando parte de sua remuneração sem qualquer compensação futura, o que simplesmente é o oposto da filosofia de criação da Previdência Social.

Já revelamos aqui na Tribuna da Internet que circula na internet, causando desapontamento e revolta, uma reveladora tabela que contém um quadro comparativo de benefícios pagos pelo INSS entre 1997 e 2014. O gráfico mostra que os benefícios equivalentes ao salário mínimo subiram 503,25% de 1997 a 2014, enquanto o reajuste para que aposentados e pensionistas que recebem mais de um mínimo foi de apenas 199,07%.

A tabela serve para demonstrar os prejuízos de quem recebe mais de um salário mínimo. Em 1997, por exemplo, o salário mínimo era de R$ 120,00 e o teto do INSS estava em R$ 1.031,87. Ou seja, era de 8,59 salários mínimos. Em 2014, o mínimo passou a R$ 724 e o valor máximo dos benefícios para R$ 4.390,24, equivalentes a apenas 6,06 salários mínimos. E a queda é progressiva. Em dezembro, a média nacional de remuneração dos aposentados e pensionistas era de apenas R$ 927,75, já bem próxima ao salário mínimo, que à época era de R$ 724,00.

O pior de tudo isso é saber que o reajuste das pensões e aposentadorias vem sendo baseado num índice de inflação subavaliado, que não condiz com o verdadeiro aumento do custo de vida, circunstância que aumenta ainda mais os prejuízos dos brasileiros da terceira idade. É revoltante ou não? Os aposentados e pensionistas têm algum motivo para comemorar? Fonte Tribuna da Internet.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Nota zero do Enem é um alerta

Murilo Rocha

Mais de 500 mil candidatos, para ser preciso 529.374 (8,5% do total de inscritos), zeraram a nota da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para tirar zero, segundo os coordenadores do Enem, é preciso escrever menos de sete linhas, copiar textos de terceiros ou escrever sobre um assunto completamente alheio ao tema – no último exame, realizado em 2014, a proposta era “publicidade infantil”.

O ministro da Educação, Cid Gomes (Pros), inclusive, chegou a julgar a pouca familiaridade dos estudantes com a questão como um dos fatores principais para um resultado tão ruim. Mas seria importante o MEC promover uma leitura mais ampla para o desempenho pífio dessa edição do Enem.

Não é apenas senso comum a queda qualitativa do ensino  público e privado, como também um menor apego das gerações mais novas à leitura e à escrita formal diante de um mundo imperativo de imagens e comunicações abreviadas e superficiais. Em 2013, a Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA), iniciativa do próprio governo federal lançada um ano antes para mapear a qualidade do ensino no país, revelou um nível “baixo” de leitura em crianças com menos de 10 anos nas escolas públicas de 22 Estados brasileiros.

ENTRE OS ADULTOS

A situação não é melhor entre os adultos. Pesquisa da Pró-Livro divulgada em 2012 mostrava uma diminuição significativa do público considerado leitor entre os anos de 2007 e 2011. O percentual de quem leu pelo menos um livro a cada três meses havia caído no período, de 55% para 50% da população. Dentro desse contexto, há ainda aquela parcela não mensurada capaz de ler, mas com dificuldade de interpretar os textos.

Ou seja, apesar das estatísticas oficiais e da importância real do maior número de pessoas nas escolas e universidades brasileiras, a qualidade do ensino e da formação de pessoas minimamente críticas caminha em sentido oposto.

Para escrever uma redação, bem ou mal, com erros ou não de ortografia, é necessário compreensão do tema proposto, raciocínio lógico, associação de ideias e conexão de parágrafos. E essas faculdades estão sendo deixadas de lado não só pela escola formal, mas também por um modo de vida superficial e imediatista comum a jovens, adultos e idosos.

Os brasileiros, que estão entre os líderes de usuários de redes sociais, estão se especializando em ler títulos, em replicar matérias sem ao menos compreendê-las. É como se soubéssemos nada sobre tudo. As discussões, as opiniões emitidas são formadas e esquecidas na mesma velocidade da atualização de uma página no Facebook.

Por essas razões, o resultado da redação do Enem não é surpreendente, mas é altamente preocupante. (transcrito de O Tempo)

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Caiado quer cópia de depoimento sobre propina negociada por Lula

Deu no Blog do Caiado

O líder da Oposição no Congresso Nacional, senador eleito Ronaldo Caiado (Democratas-GO), anunciou que vai pedir o conteúdo do depoimento dado por Miguel Horta e Costa, ex-presidente da Portugal Telecom, investigado em seu país pelo pagamento de de € 2,6 milhões (euros) em propina ao PT mediante negociação com o então presidente Lula.

O depoimento foi feito no dia 9 de janeiro no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) português, onde Horta e Costa é investigado por “corrupção no comércio internacional”. No Brasil, a Polícia Federal abriu um inquérito mantido em sigilo e chegou a pedir às autoridades portuguesas uma cópia do depoimento, que já teria sido entregue, segundo reportagem do jornal O Globo desta sexta-feira (23/01). Caso não tenha acesso ao material aqui no país, Caiado informou a intenção de criar uma comissão externa no Senado para acompanhar as investigações no país lusitano.

“Vamos agir em duas frentes: primeiro vou solicitar ao procurador Rodrigo Janot o envio de informações sobre o depoimento do ex-executivo da Portugal Telecom. Se ele não teve acesso ao processo que corre em Portugal, então nós vamos propor a criação de uma comissão externa do Senado para ir lá acompanhar o processo. Precisamos fechar o cerco que não se concluiu com a investigação do Mensalão”, explicou o democrata.

MARCOS VALÉRIO

O democrata se refere a uma afirmação feita por Marcos Valério em 2012, de que a Portugal Telecom financiou o PT durante o Governo Lula em troca de uma facilidade na compra da Telemig. O dinheiro, de acordo com o publicitário mensaleiro, teria sido negociado diretamente entre o então presidente Lula e o então presidente da empresa portuguesa em encontro no Palácio do Planalto.

“Assim como o Petrolão só começou a ser desvendado após o Ministério Público holandês investigar propinas pagas à Petrobras, este caso da Portugal Telecom pode nos trazer informações cruciais que levem ao grande operador dos esquemas de propina, roubo ao dinheiro público e financiamento ilegal de campanhas milionárias do PT”, afirmou o senador.

Ainda de acordo com Marcos Valério, a transferência do dinheiro seria feita por uma fornecedora da Portugal Telecom em Macau (China) para a conta de publicitários que prestavam serviços de campanhas do PT. Valério citou uma viagem realizada por ele e seu ex-advogado, Rogério Tolentino, a Portugal, em 2005, como prova da existência do acordo. Fonte Tribuna da Imprensa.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Polícia Civil apreende 44 mil cigarros contrabandeados

Policiais Civis de Cururupu apreenderam cigarros da marca Record contrabandeados. O material é de comercialização proibida em território nacional por não ter autorização da Anvisa.
A ação coordenada pelo delegado Carlos Renato, titular da delegacia de Cururupu, foi em cumprimento de mandados de busca e apreensão contra o ex-prefeito e atual vereador de Serrano do Maranhão, Hermínio Pereira Gomes Filho, o “Hermíninho”, de 55 anos.
O cumprimento dos mandados ocorreu nas duas residências do vereador localizadas na rodovia MA-066. No local, foram encontrados 44 mil maços de cigarros. A mercadoria está avaliada em 200 mil reais, e seria distribuída no município de Cururupu e cidades vizinhas.
Hermínio Pereira foi autuado no artigo 334 do Código Penal pelos crimes de contrabando e descaminho. Ele permanecerá custodiado nas dependências da delegacia de Cururupu ficando à disposição do Poder Judiciário. (Clara Fonseca/ASCOM SSP).
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário