Ministro do STF engrossa a fila que defende a prisão de responsáveis por vazamentos

Destacado

Nesta segunda-feira (17) o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, em rápida entrevista a jornalistas antes de palestrar em evento promovido pela emissora BandNews, defendeu que os responsáveis pelos vazamentos de supostas conversas atribuídas ao ministro Sérgio Moro e demais autoridades, sejam presos.

Alexandre argumentou que a veracidade das mensagens precisam ser verificadas e que elas não prejudicam a credibilidade da Operação Lava Jato.

“No atual momento temos que, primeiro, rapidamente apurar e prender os criminosos que invadiram comunicações de agentes públicos, colocando em risco a própria segurança dessas pessoas. Em um segundo momento, a partir do conjunto das informações, poderemos tirar algumas conclusões”, declarou.

Diferentemente de seu colega de corte, o ministro Gilmar Mendes afirmou que as conversas apontam que “quem operava a Lava Jato era o Moro” e chamou Dallagnol de “bobinho”. Fonte Jornal Hoje.

Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem

Destacado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (17) que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão especial que analisa o tema até o próximo dia 26. O parecer do relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) na comissão especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), foi lido na última quinta-feira (13).

O texto foi criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, segundo o qual, as alterações feitas na proposta inicial enviada pelo governo podem “abortar” a reforma. Para o ministro, entre os principais problemas, estão as mudanças nas regras de transição que reduziram substancialmente a economia projetada.

Rodrigo Maia disse que o posicionamento de Guedes teve efeito positivo. “A fala uniu o Parlamento, nos deu chance de estar mais próximos dos governadores e prefeitos. Tem crises ou críticas que vêm para bem. Essa é uma delas. Fortaleceu a certeza [de] que a Câmara e o Senado podem ter neste momento o papel [de] protagonista que nunca tiveram nos últimos 20 anos”, afirmou o presidente da Câmara depois de participar de um evento sobre transparências promovido pelo Grupo Bandeirantes. Fonte Agência Brasil

Homem acusado de matar companheira em Imperatriz é preso em Davinópolis

Destacado

Um homem identificado como Jorge Denis Feitosa Macedo, de 20 anos, foi preso na cidade de Davinópolis, por volta das 8h30 da manhã deste domingo (16), acusado de assassinar sua companheira, Delmira Istefany Silva Barroso, de 16 anos, na cidade de Imperatriz.
Jorge havia empreendido fuga depois de desferir vários golpes de faca na vítima com quem mantinha um relacionamento. O crime ocorreu por volta das 21h30 de terça-feira (11).
O casal convivia em um casebre situado em uma invasão no Bairro Bom Jesus. Os dois constantemente entravam em conflitos que resultavam em agressões mútuas.
Antes de ser morta, ela saiu da casa onde morava com o assassino e foi para a casa da avó. Ela chegou chorando muito por conta das agressões. O homicídio aconteceu ao lado da casa.
Durante todos os cinco dias em que o criminoso esteve foragido, os policiais do 14º BPM continuaram em incursões e levantamentos com o intuito de localizá-lo e prendê-lo.
Neste domingo, em mais uma tentativa de fuga, ao se deparar com a guarnição de Davinópolis, resolveu esse entregar.
Ele foi encaminhado à delegacia de plantão para autuação em flagrante porque a perseguição policial foi continuada desde o momento do crime.
Via Gilberto Lima

Homem reage a tentativa de assassinato, toma a arma e espanca desafeto em Barra do Corda

Destacado

Policiais do 5º BPM, em Barra do Corda, prenderam em flagrante Jose James Pinheiro Costa e Marcelo Silva Gomes, por volta de 7h20 de sábado (15), nas imediações da Rodoviária, no momento em que eles travavam luta corporal.
Os policiais foram ao local após receberem informações de que havia uma discussão entre dois homens, na Rodoviária. Ao chegar ao local, a guarnição encontrou a dupla em vias de fato. 
Os dois foram separados de imediato, sendo que o vigia da rodoviária, Marcelo Gomes, informou que José Pinheiro queria atentar contra sua vida com uma espingarda.

Ao perceber a intenção criminosa do desafeto, Marcelo se antecipou e tomou a arma, passando a quebrá-la na testa do rival.
Os dois presos foram conduzidos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para fazer exame de corpo de delito.
Em seguida, eles foram apresentados na Delegacia de Barra do Corda para as providências cabíveis.

Preso mandante da chacina que deixou quatro ciganos mortos em Coelho Neto; ele responde por vários crimes

Destacado

O criminoso será apresentado à imprensa às 10h da manhã desta segunda-feira (17), na sede da Polícia Civil, ocasião em que serão repassados detalhes sobre a atuação criminosa do bando chefiado por ele.

O criminoso Antônio Carlos Sobral da Rocha, conhecido como “Didoca” ou “Cigano”, foi preso pela Polícia Civil, na última sexta-feira (14), na cidade de Vitória do Mearim.
Ele é o mandante da chacina que deixou quatro mortos e cinco feridos na cidade de Coelho Neto, a 364 km de São Luís, no domingo (09), nas proximidades do mercado do produtor.
“Didoca” responde a pelo menos oito processos por homicídios, assaltos a bancos e porte ilegal de arma, além ser o líder e mandante de diversas investidas contra grupos de ciganos rivais por várias cidades do interior do Maranhão.

O criminoso será apresentado à imprensa às 10h da manhã desta segunda-feira (17), na sede da Polícia Civil, ocasião em que serão repassados detalhes sobre a atuação criminosa do bando chefiado por ele.
Mortos e feridos na chacina
Três dos mortos foram identificados como José de Ribamar Silva Costa, conhecido como “Cacau”; Antônio José da Silva, conhecido como “Gê”; e Antônio Francisco da Silva Costa. Os três pertenciam à mesma família.

As vítimas feridas, Francisco Camilo da Rocha, Raimundo Nonato da Silva Costa e Maria Antônia da Silva Costa, foram conduzidas para a UPA e transferidas para Timon.
A criança, Francisco Guilherme da Silva Costa, de 3 anos, foi encaminhada ao Hospital de Presidente Dutra. Ela foi atingida por um disparo na cabeça.

Resgatado do Socorrão em 2012
Em abril de 2012, o homicida foi resgatado por criminosos quando estava algemado em uma maca, no Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II.
Os bandidos renderam o vigilante e o agrediram fisicamente, em seguida, o libertaram “Didoca” que estava algemado na maca, no meio do corredor.

Baleado no braço, o assaltante de banco foi levado na garupa de uma das motos, por um dos cúmplices.
Assassinato em 2013 em Itapecuru Mirim
Antônio Rocha foi pronunciado a Júri Popular no dia 13 de outubro de 2016, como incurso nas penas do art. 121, § 2º, inc. IV, do CP, por ter assassinado Carlos Gonzaga Rodrigues.
O crime ocorreu no dia 09 de março de 2013, no Povoado Colombo, na BR-135, em Itapecuru Mirim. A vítima estava em uma motocicleta quando foi alvejada com vários tiros disparados por “Didoca”, que estava em um veículo com outros comparsas.
Prisão em 2015
Ele é considerado um dos bandidos mais perigosos da Região dos Cocais. Anteriormente, ele foi preso em 24 de setembro de 2015 durante operação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) em Miranda do Norte.
Prisão em 2016
O assassino foi preso no dia 11 de maio de 2016, na cidade de Miranda do Norte, durante operação realizada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) e da 8ª Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim. Ele foi preso em companhia de Jaime de Assis Licar Santana, de 25 anos.
O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 2ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim pela prática de crime de homicídio.

Brasil trabalhou e grevistas ‘furaram’ o trabalho

Destacado

Percival Puggina

O Brasil não parou. A presidente do PT sonhava com cidades fantasmas e praças tomadas por candentes manifestações “contra tudo isso que está aí”. E “Lula livre!”, claro. Que modo melhor de exibir força, do que parando o país? Para mostrar musculatura, uma greve geral é mais eficiente do que camiseta cavada.

Quando uma paralisação é anunciada, o trabalhador que insiste em ir trabalhar é acusado de furar a greve. Pois a greve do PT e seus satélites foi um fracasso que inverteu a situação. O que se viu foram grevistas furando um dia normal de trabalho. Dado da realidade: o Brasil não parou.

Foi uma lição de maturidade proporcionada aos imaturos, que não apenas desprezam as lições do passado e nada aprendem com o que acontece diante de seus olhos no momento presente, como ainda almejam uma volta ao passado. Querem cometer todos os erros uma vez mais.

NotíciasRelacionadas

Número de armas sobe 10% e mortes caem 23%

Queda vertiginosa

É a política, dirão alguns. A vida é assim, há governo e há oposição, dirão outros. Sim, é verdade.  Mas a ideia da greve geral, desde que a esquerda se organizou no país, acrescenta um ingrediente abusivo e totalitário com o intuito de impedir o acesso das pessoas aos locais de trabalho. Isso se obtém com a instrumentalização, o aparelhamento dos sindicatos que respondem pela mobilidade no meio urbano. Mobilidade de pessoas, mercadorias  e dinheiro.

O que se viu no dia 14 foi que nem isso deu certo. A greve obteve uma adesão pífia e onde algum reflexo foi sentido, ele esteve longe de expressar adesão política. Foi mero produto do constrangimento. Deveria ser desnecessário dizer, mas, em todo caso, vá lá: quem não conseguiu chegar a seu posto de trabalho porque tal ou qual sindicato impediu a saída dos ônibus ou dos trens, ou porque alguns brutamontes se postaram diante da porta da agência ou da repartição, estava em oposição à greve geral. Provavelmente foi chamado fascista e seu olhar de reprovação deve ter sido interpretado como discurso de ódio.

Num país que precisa trabalhar para, com esse trabalho, gerar poupança necessária à abertura de novos postos de trabalho, parar o Brasil é irresponsabilidade em grau máximo. Por incrível que pareça, há forças políticas que ainda acreditam em sua capacidade de vender ilusões a um mercado onde perderam o crédito. E para isso se valem de grupos sociais com muito amor à remuneração e aos direitos e pouco amor ao trabalho e aos deveres.

Pastor é assassinado na presença da esposa deputada federal

Destacado

O pastor estava com a esposa quando voltou para pegar alguma coisa que havia esquecido dentro do seu carro na garagem da casa. Ele foi baleado e levado a um hospital onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O fato correu na madrugada deste domingo, dia 16 em Niterói, no Rio de Janeiro. O evangélico Anderson Carmo vinha de uma comemoração com a esposa, a deputada federal Flordelis (PSD). Ela contou para os policiais que sentiu a sensação de que estava sendo seguida. Pela dinâmica do crime, foi uma execução.

“A família Flordelis, com dor, comunica o falecimento repentino do Pastor Anderson do Carmo, um servo de Jesus Cristo. A Deputada Flordelis, muito abalada, ainda não tem como se pronunciar. Neste momento, apertamos as mãos de Deus e imploramos o conforto Dele! O Pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, em uma luta diária para evitar que o ódio continue a ceifar vidas por falta de Deus no coração dos seres humanos”, disse em nota oficial a assessoria de imprensa da parlamentar.

Grande público, segurança e diversidade cultural marcam o “Câmara Junina”

Destacado

Osmar participou do Câmara Junina acompanhado da esposa, Clara.

Alegria, diversão, segurança e diversidade cultural foram as marcas do arraial da Câmara Municipal de São Luís, realizado neste último sábado, no Convento das Mercês.
A festa, que teve uma movimentação intensa, foi muito prestigiada pelos servidores da Casa e pela população de São Luís, além da presença de diversos turistas que elogiaram a festividade junina promovida pela Mesa Diretora, presidida pelo vereador Osmar Filho (PDT).
“Um ambiente seguro e intimista, o evento está muito bom, viemos do Rio Grande do Norte para participar e conhecer de perto a cultura do Maranhão’’, elogiou a turista Nadir Brito.
O Arraial Câmara Junina ofereceu barracas de comidas típicas com o intuito de servir com muita comodidade os espectadores.
A festa contou ainda com uma vasta programação cultural que levou até o palco a tradição da cultura maranhense. Foram nove apresentações de Bumba Boi de sotaques de orquestra e matraca, que alternaram a musicalidade em um encontro que contou com muita segurança.
Quem abriu a programação foi o Boi de Morros, que trouxe um pouco dos mitos e lendas que embalam o São João.
Acompanhado da sua esposa, Clara Gomes, Osmar Filho recebeu autoridades políticas, os servidores da Casa, além de acolher a população ludovicense em um espaço que respirou cultura.
”Muito feliz em poder proporcionar à cidade de São Luís esse momento de entretenimento, de agregação presenteando a todos com um pouco da nossa cultura popular que é linda e cheia de belezas. Importante mencionar a cooperação do governador Flávio Dino e do prefeito Edivaldo”, pontuou o presidente.
Para o deputado federal, Pedro Lucas Fernandes (PTB), a festa consagra mais uma ação positiva da gestão Osmar Filho.
“Um gesto de muita cultura popular do nosso vereador e presidente que segue inovando e proporcionando às famílias ludovicenses e amigos um momento de lazer e diversão. Parabéns a todos envolvidos, que conseguiram realizar um evento com conforto e segurança’’, disse o parlamentar.

Grande Público e diversidade cultural marcaram o Câmara Junina.

Parte dos representantes do parlamento estiveram em peso animando-se com a festa, entre eles, passaram por lá, os vereadores, Raimundo Penha; Genival Alves; Umbelino Júnior e Antônio Garcez.
O vereador Ricardo Diniz avaliou o evento como de grande importância para congregar a população em uma festa onde todos tiveram a oportunidade de participar.
“Um evento louvável que une todos em um lugar de muita harmonia e que garantiu comodidade, paz e muito respeito pelas brincadeiras do nosso estado. Parabéns ao amigo Osmar Filho pela organização e toda a equipe da Câmara que com maestria conseguiu sair na frente oferecendo à população uma vasta programação, em um espaço familiar e de todos nós’’, destacou o edil.
A programação foi fechada com chave de ouro com a última apresentação do sotaque original de matraca do grupo folclórico Boi da Maioba.

Osmar Filho recebeu o carinho do público presente no arraial.

Texto: Tâmara Cristina
Fotos: Hamilton Jr.

Homem é preso por tráfico de drogas em Codó

Destacado

A equipe FT, do 17° BPM de Codó conseguiu efetuar a prisão de Everton Matos Santos, 25 anos  por tráfico de drogas no bairro São Francisco.

A prisão ocorreu na rua Pedro Álvares Cabral, durante rondas de rotina realizada pela equipe de policiais militares que ao abordar e fazer uma revista pessoal, encontraram em poder de Everton Matos, substâncias semelhantes a cocaina e crack.

Mediante a situação o conduzido recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia de polícia, para que as medidas cabiveis sejam adotadas.
*GUARNICÃO*
•CB PM ABREU
•SD PM PEREIRA
•SD PM FRAZÃO

*ASSCOM 17°BPM*

Intérprete de libras é expulsa do palco de Zezé di Camargo e Luciano em Imperatriz

Destacado

Uma intérprete de libras de nome não identificado foi expulsa do palco durante o show de Zezé di Camargo e Luciano na noite da última quarta-feira (12), em Imperatriz, Maranhão. De acordo com a denúncia feita por ela em uma rede social, o produtor da dupla a interrompeu e mandou descer por estar “roubando muita atenção” do público.

O caso ganhou bastante repercussão ao ser compartilhado pela conta “rainhamatosoficial”, no Instagram.

“Fui contratada pela organização de um show em minha cidade para interpretar o show do Zezé di Camargo e Luciano, pois, na organização do evento, o Governo do Estado separou um local para pessoas especiais, e tem muitos surdos que vieram. Na terceira ou quarta música, eu interpretando em cima do palco, o cantor Luciano mandou eu descer, que eu estava roubando muita atenção. Enfim o produtor dele me parou no meio da interpretação para eu sair”, contou a intérprete. “É uma falta de respeito com os surdos que vieram prestigiar o show em Imperatriz”.

A apresentação fazia parte da programação de São João da cidade, promovida pelo Governo do Maranhão. Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Cultura (SECMA) pediu desculpas ao público que acompanhava o show em libras e à profissional pelo ocorrido.

Carga de cigarros é apreendida em área de mangue na Raposa na manhã deste domingo (16)

Destacado

Aproximadamente 400 caixas de cigarros estavam em uma área de difícil acesso na praia do Taputiua, em Raposa.

Uma carga de aproximadamente 400 caixas de cigarros foi apreendida, no fim da manhã deste domingo (16), em uma área de difícil acesso na praia do Taputiua, em Raposa. 
As caixas estavam protegidas por uma lona e escondidas sobre galhos de mangue para não chamar atenção.  A marca do cigarro contrabandeado é a mesma apreendida na MA-203, Estrada da Raposa, há poucos dias, em um caminhão das lojas A Renovar.

Na operação, um homem ainda não identificado foi preso. Por meio de informações a serem fornecidas por ele, a polícia espera chegar à quadrilha responsável pelo produto contrabandeado.
Essa é a terceira apreensão de cigarros contrabandeados, em menos de 30 dias, no município de Raposa. A primeira foi encontrada em um barco encontrado à deriva na praia do Mangue Seco, no início deste mês.
A apreensão foi realizada em uma operação conjunta do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRV), Batalhão de Choque e Centro Tático Aéreo (CTA).
Com informações do Blog do Domingos Costa

Sancionada lei que permite internar usuário de droga à força

Destacado

    

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com muitos vetos, uma lei com mudanças na política contra drogas. O texto agora prevê e facilita a internação involuntária de usuários de droga, quando ocorre sem o consentimento.

A lei diz que ela se dará a pedido de familiar ou do responsável legal ou, na absoluta falta deste, de servidor público da área de saúde, da assistência social ou dos órgãos públicos integrantes do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad), com exceção de servidores da área de segurança pública.

A internação involuntária só deverá ocorrer após a formalização da decisão por médico responsável, será indicada depois da avaliação sobre o tipo de droga utilizada, o padrão de uso e na hipótese comprovada da impossibilidade de utilização de outras alternativas terapêuticas previstas na rede de atenção à saúde.

Esse tipo de internação perdurará apenas pelo tempo necessário à desintoxicação, no prazo máximo de 90 dias, tendo seu término determinado pelo médico responsável. No entanto, a nova lei permite à família ou ao representante legal, a qualquer tempo, requerer ao médico a interrupção do tratamento.

“A internação, em qualquer de suas modalidades, só será indicada quando os recursos extra-hospitalares se mostrarem insuficientes”, diz a lei. “Todas as internações e altas de que trata esta lei deverão ser informadas, em, no máximo, de 72 (setenta e duas) horas, ao Ministério Público, à Defensoria Pública e a outros órgãos de fiscalização”, acrescenta o texto, que ainda deixa “vedada a realização de qualquer modalidade de internação nas comunidades terapêuticas acolhedoras”.

O texto altera a Lei 11.343/2006 e mais outras 12 para tratar do Sisnad, definir as condições de atenção aos usuários ou dependentes de drogas e tratar do financiamento das políticas sobre drogas.

A norma tem origem em projeto de lei de autoria do ex-deputado e hoje ministro da Cidadania, Osmar Terra. Embora valorize o papel das comunidades terapêuticas no tratamento de dependentes químicos, como previa o projeto aprovado no Congresso, a lei sancionada trouxe vários vetos envolvendo esses centros de reabilitação, que, em sua maioria, funcionam com base em fé religiosa, terapia pelo trabalho e pela abstinência.

Bolsonaro vetou, por exemplo, o artigo que definia a composição do Sisnad. Esse era justamente o trecho que incluía formalmente as comunidades terapêuticas acolhedoras no sistema. “O dispositivo proposto define regras de competência, funcionamento e organização de órgãos do Poder Executivo, invadindo a competência privativa do Chefe do Poder Executivo para dispor por decreto sobre tal matéria”, cita a razão do veto.

O texto determina que o tratamento do usuário ou dependente de drogas deverá ser ordenado em uma rede de atenção à saúde, com prioridade para as modalidades de tratamento ambulatorial, podendo, excepcionalmente, haver internação em unidades de saúde e hospitais gerais, mediante autorização do médico devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) do Estado onde o estabelecimento da internação é localizado.

De acordo com a nova lei, entende-se por Sisnad o conjunto ordenado de princípios, regras, critérios e recursos materiais e humanos que envolvem as políticas, planos, programas, ações e projetos sobre drogas, incluindo-se nele, por adesão, os Sistemas de Políticas Públicas sobre Drogas dos Estados, Distrito Federal e municípios. “O Sisnad atuará em articulação com o Sistema Único de Saúde – SUS, e com o Sistema Único de Assistência Social – SUAS”, diz a norma.

O texto sancionado institui a Semana Nacional de Políticas sobre Drogas, que será comemorada anualmente na quarta semana de junho, e dispõe sobre a internação voluntária e a involuntária, que ocorre contra a vontade do dependente.

Sobre os vários vetos, Bolsonaro rejeitou ainda o trecho da reinserção social e econômica, que previa uma reserva de 30% das vagas em empresas vencedoras de licitação para obras públicas voltadas para pessoas atendidas pelas políticas sobre drogas.

Também ficou de fora da nova lei as deduções do Imposto de Renda nas doações por pessoas físicas ou jurídicas a projetos de atenção a usuários de drogas, assim como vários pontos que tratavam da organização do Sisnad, incluindo funcionamento e composição de alguns conselhos.

Evidencia-se a provável decisão do STF no dia 25 de junho

Destacado

Não será espanto se, no próximo dia 25 de junho, o Plenário do Supremo Tribunal Federal decidir pela negativa ao habeas corpus e, consequentemente, pela manutenção do passista de quadrilha Luiz Inácio da Silva — vulgo “Lula” — no hotel-cadeia em Curitiba.

Os Ministros do STF vivem de seus egos. Alimentam-se dos próprios egos. Dormem agarradinhos com os egos. São ególatras, lato sensu!

Gilmar Mendes, por exemplo, não pode mais nem andar tranquilo nas ruas da longínqua Lisboa sem ser apontado e ouvir desaforos em alto e bom som. Enquanto isso, após os vazamentos do tablóide The IntercePT, o Ministro Luiz Fux passou a ser tietado nas ruas, ovacionado em voos comerciais, com passageiros celebrando: “In Fux we trust!”

Vocês acham que isso não mexe com os egos togados?

E mais: os ânimos radicalizados desde a campanha eleitoral estavam começando a se dissipar e já havia até quem estivesse demonstrando arrependimento por ter votado em Jair Messias Bolsonaro. Até o próprio Sérgio Moro começava a experimentar um início de ostracismo por ter escolhido abandonar a Magistratura, optar por ser Ministro de Estado e estar vendo seus projetos perderem força na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Tão logo surgiram os primeiros vazamentos, os ânimos voltaram a se inflamar. É claro que a oposição ganhou munição, mas o Governo Bolsonaro também viu seu público eleitor resgatado e disposto à guerra. Da mesma forma, Sérgio Moro viu sua defesa ser restaurada e começar a crescer em trajetória geométrica.

E por que isso está acontecendo?

Simplesmente porque, para a expressiva maioria do Povo Brasileiro, os papéis de mocinho e bandido já são bem claros. Inclusive, os vazamentos provam isso: foi necessário uma força-tarefa para além das fronteiras legítimas para conseguir colocar na cadeia os maiores criminosos do país, gente que roubou os cofres públicos na casa das centenas de bilhões de reais.

Não é por acaso, portanto, que no universo dos bonecos infláveis, Lula é o Pixuleco e Moro é o Superman.

Essas imagens infantis são absolutamente didáticas, pedagógicas. Hoje, diante dos vazamentos usando meios criminosos, o respeitável público olha e enxerga, grosso modo, que trata-se de mais uma das armações do Lex Luthor e seu bando do Mal para tentar destruir o Superman.

Os Ministros do STF sabem disso.

“Um abraço de solidariedade, viu?!”

Helder Caldeira

Escritor, Colunista Político, Palestrante e Conferencista*Autor dos livros “Águas Turvas” e “A 1ª Presidenta”, entre outras obras.

Hoje na História: Militares rebeldes bombardeiam a Praça de Maio, em Buenos Aires

Destacado

As tensões entre o governo argentino, comandado por Juan D. Perón, e a oposição chegaram a um ponto de tensão máxima na metade de 1955. Manifestações dos dois lados se tornaram cada vez mais frequentes, com episódios de violência. A Igreja, antiga aliada de Perón, assumiu uma postura de oposição e reuniu os grupos que conspiravam contra o governo. 

Em 16 de junho daquele ano, um grupo de militares nacionalistas e ultracatólicos tentou assassinar o presidente argentino. Eles utilizaram um desfile aéreo para lançar um forte bombardeio contra a Casa Rosada, sede do governo, situada no centro de Buenos Aires. 

No ataque, morreram 400 pessoas e milhares ficaram feridas, entre civis que estavam se dirigindo ao trabalho, e funcionários da sede governamental. A Central dos Trabalhadores e a residência presidencial também foram atacadas. 

O objetivo de matar Perón foi arruinado porque o mandatário estava no edifício do Ministério da Guerra quando as bombas caíram. Frustrados, os militares rebeldes buscaram refúgio no Uruguai.

Congresso, Previdência, Moro e Bolsonaro

Destacado

Por Ney Lopes

No atual momento de turbulência política que atinge o país, realça um fato altamente positivo: as instituições nacionais dão demonstração de estabilidade e os caminhos estão sendo abertos pela via democrática.

O fundamental é preservar a Democracia!

Sem essa preocupação, toda conquista será efêmera, instável, passageira e colocará o país na “contra mão” da história. Vejam-se os exemplos no mundo, daqueles países que optaram por regimes autoritários, à margem da lei. Não há um só caso, que confirme ter sido esse caminho o meio eficaz para superação das dificuldades econômicas, sociais e políticas.

Analisemos quatro situações de pré-crise atualmente nas manchetes da mídia e que estão sendo conduzidas com firmeza e convicção democrática.

Congresso

O debate em torno do relatório da reforma da Previdência anuncia realmente um “novo Brasil” que nasce, com o indispensável controle do Poder Legislativo exercido em relação ao Executivo.

A justificativa está na Constituição, ao consagrar os princípios da separação dos poderes e a concepção do regime representativo, que se caracteriza pelo exercício da dupla missão de legislar e fiscalizar.

Neste particular há que se destacar o papel relevante que vem sendo exercido pelo presidente da Câmara Rodrigo Maia, na valorização do poder legislativo. Tem agido com lucidez e firmeza, merecendo o respeito da Nação, até o momento.

Todavia, falta ainda muito a ser conquistado.

Por justiça deve ser citada a participação do presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre, por ter anunciado recentemente a prioridade para o debate e votação da reforma política, como meta a ser alcançada em curto prazo.

Uma verdade é incontestável: sem mudanças eleitorais, políticas e partidárias, nenhuma outra reforma terá vida longa no Brasil.

Portanto, espera-se que a prioridade do senador Davi Alcolumbre seja realmente confirmada.

A reforma política será o alicerce de todas as outras reformas.

Previdência

Inusitada, descabida e imprópria à reação do ministro Paulo Guedes, ao detratar o papel dos congressistas, em razão de mudanças feitas em sua proposta original de reforma previdenciária.

Afinal, o ministro não pode considerar-se acima do bem e do mal e “dono da verdade”, por mais preparo técnico e boas intenções que tenha.

Vivemos numa democracia e a gestão pública não é idêntica à gestão privada.

Há que existir a visão social, pois ao Estado cabe prover e assistir quem tenha vocação para ganhar dinheiro e assim possa decidir ir residir no exterior, daquelas pessoas que nasceram sem a vocação para o lucro e optaram, por exemplo, pelo serviço público.

A reforma da previdência é absolutamente necessária. Tenho repetido isso à exaustão. Mas, não pode ser feita a “ferro e a fogo”.

Se tiver de ser realizada em etapas, que assim seja. Portugal, Grécia, França, Itália e outros países mudaram as suas previdências sem “traumas”, “choques sociais” e por etapas. Em alguns desses países ainda hoje se implantam regras de transição a médio e longo prazo.

Um ponto é essencial no debate: os “sacrifícios” têm que ser divididos, para as mudanças serem justas.

O que foi proposto não divide “sacrifícios” e concentra todo ônus nas costas dos trabalhadores, servidores e beneficiários da previdência. Esses seriam os “vilões” e únicos responsáveis pelo déficit previdenciário.

Não é justo esse entendimento, daí porque o Congresso faz algumas alterações, que ainda necessitam serem complementadas com a inserção de outras “fontes fiscais” para suprir o “déficit”, totalmente preservadas e protegidas, até agora, pelo “indignado” ministro Paulo Guedes.

Dito “indignado” pelo registro da mídia às suas reações, após o debate do Parecer da reforma.

Por que acusar o serviço público em geral de nocivo corporativismo, negando o valor de quem exerce suas funções com senso de responsabilidade, nivelando-os aos excessos de mordomias e super salários, que devem ser eliminados.

Se for para condenar corporativismo, o editorial recente do insuspeito jornal conservador Estado de São Paulo deveria ser lembrado.

O texto faz menção ao Boletim Mensal sobre os Subsídios da União da Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria (Secap) do Ministério da Economia.

Demostra a ineficácia dos benefícios fiscais concedidos no Brasil para o estímulo à produção, empregos e, consequentemente, aumento da receita (2003/2015).

No Brasil, os incentivos subiram constantemente entre 2003 e 2017 (passaram de cerca de 2% para 4,5% do PIB). No período, a receita fiscal e oferta empregos e em nada contribuíram para o aumento da atividade econômica.

Diz o editorial, que em seminário virtual realizado em Brasília pelo Banco Mundial foi constatado que na Austrália houve aumento de arrecadação e de emprego. As renúncias tributárias aumentaram entre 2011 e 2019, passando de 8% para 10% do PIB. Nesse período, a arrecadação passou de 32% para 36% do PIB. Os incentivos evoluíram de 6% para 7% do PIB e a receita, de 38% para 40%.

No Canadá, os incentivos evoluíram de 6% para 7% do PIB e a receita, de 38% para 40%.

Por que no Brasil não se faz um levantamento criterioso do “vazamento de dinheiro público” ocorrido nas concessões dadivosas de incentivos e isenções para, igualmente ao que aconteceu na Lava Jato, ser obtida a devolução desse dinheiro desviado criminosamente.

Se o fato tivesse ocorrido nos Estados Unidos, a “pátria do capitalismo” as medidas teriam sido severas,

Diante de fatos concretos, como os relatados pelo Estado de São Paulo, não procede a “indignação” do Sr. Guedes com os deputados, por não aprovarem tudo que ele queria.

Ao contrário, os plenários da Câmara e do Senado devem avançar em mais alterações, dividir “sacrifícios” e assim alcançar até mais de 1 trilhão de reais de economia para estabilizar a nossa economia.

A meta financeira deveria ser mantida. Mudanças, apenas nas formas de obtê-la.

Moro

Antes de interpretar, com sensacionalismo inconsequente, os diálogos divulgados em “escuta ilegal” que envolvem o ministro Sérgio Moro, é necessário refletir como está definido em lei o nosso processo penal e como deve agir o juiz.

O artigo 399 § 2° do Código de Processo Penal estabelece o princípio da “identidade física” do Juiz, ou seja, quem presidiu a instrução deverá prolatar a sentença.

Em outros países não é assim. Na Alemanha, Chile, Portugal e outros existe o “juiz de garantias”, que tem a competência para o julgamento da causa, restringindo-se sua atuação à fase de investigação criminal. Ele zela pela legalidade da investigação, além de tutelar de maneira plena a observância dos direitos e garantias fundamentais, sendo-lhe vetada qualquer iniciativa investigatória.

No procedimento penal brasileiro prevalece a regra do artigo 156, do Código de Processo Penal, a seguir transcrita:

“A prova da alegação incumbirá a quem a fizer, sendo, porém, facultado ao juiz de ofício:

 I – ordenar, mesmo antes de iniciada a ação penal, a produção antecipada de provas consideradas urgentes e relevantes, observando a necessidade, adequação e proporcionalidade da medida;

II – determinar, no curso da instrução, ou antes de proferir sentença, a realização de diligências para dirimir dúvida sobre ponto relevante”.

Observem-se outros dispositivos legais pertinentes a presente análise:

CPP
Art. 40. Quando, em autos ou papéis de que conhecerem, os juízes ou tribunais verificarem a existência de crime de ação pública, remeterão ao Ministério Público as cópias e os documentos necessários ao oferecimento da denúncia.
LEI DE AÇÃO PÚBLICA

Art. 7º Se, no exercício de suas funções, os juízes e tribunais tiverem conhecimento de fatos que possam ensejar a propositura da ação civil, remeterão peças ao Ministério Público para as providências cabíveis.

A dedução clara é que o Juiz brasileiro tem competência no processo inquisitório para ordenar, antes de iniciada a ação penal e antes de proferir sentença, a realização de diligências e colheita de provas que considere urgentes e relevantes.

Ele faz isso de que maneira?

Claro que em harmonia com a polícia e o Ministério Público.

Cabe ressaltar, por absolutamente necessário, que nessa relação entre Juiz, MP e polícia, os “excessos” serão severamente punidos, tais como, dirigir provas para condenar, “armar” flagrante preparado, aconselhar diretamente quem faça a investigação, visando prejudicar o réu e outros procedimentos semelhantes.

Todavia, os fatos que possam determinar “suspeição” devem ser objetivos, concretos, de forma a não deixar duvidas.

Não cabem meras suposições.

Sem “meias palavras”: os diálogos até agora divulgados (não se sabe o que será divulgado amanhã) em nada incriminam o Ministro Moro.

Acusam relacionamento em busca da verdade nos autos, sem indício do propósito de condenação prévia. Tanto é verdadeiro, que alguns acusados foram absolvidos na operação Lava Jato.

As regras do processo penal brasileiro asseguram esse comportamento, repita-se, desde que não se comprovem “excessos”.

Bolsonaro

Uma palavra final: o presidente Bolsonaro tem dado demonstração de respeito às “regras do jogo democrático”, que deve ser registrada.

O chefe da nação repete que acatará a decisão do Congresso, no caso específico da reforma previdenciária, não sendo infelizmente seguido pelo seu “poderoso” ministro da Economia.

Assim é que deve ser um governante, que recebeu do povo brasileiro a missão de aperfeiçoar a nossa democracia e não de colocá-la em risco.

Ney Lopes – jornalista, advogado, ex-deputado federal; ex-presidente do Parlamento Latino-Americano, procurador federal – nl@neylopes.com.br – blogdoneylopes.com.br

Mais de 800 servidores da educação do Maranhão tem salários suspensos; eles não comprovaram lotação

Destacado

A Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc) enviou para a Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep) a relação de servidores sem lotações identificadas para bloqueio de salário. Ao todo, foram identificados 858 servidores do órgão que permanecem sem lotação definida e não atenderam à convocação para regularização da situação.

Para desbloquear seus vencimentos, os servidores que constam na listagem abaixo devem procurar a Seduc, por meio do WhatsApp (98) 98533-8329, para regularizar sua situação. O atendimento poderá ser feito de a partir da próxima segunda-feira (17) e ocorrerá somente em dias úteis – de segunda a sexta-feira – das 8h às 17h.

No momento do contato, o servidor deverá estar munido do contracheque, CPF, nº da matricula, e informar nome completo, número de telefone, cidade de residência e local de lotação, caso não esteja lotado que justifique.

Em maio, foram identificados 1.579 servidores sem lotação definida, após trabalho de reorganização da Rede Estadual de Ensino. Desde total, 718 regularizaram suas situações e foram lotados em escolas e unidades administrativas da Seduc.

Clique aqui e confira a relação nominal dos servidores que tiveram salário suspenso.

Da assessoria da SEDUC Maranhão

Presidente do BNDES está com “cabeça a prêmio”, diz Bolsonaro

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (15) que o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, “está com a cabeça a prêmio há algum tempo”.

Bolsonaro falou com jornalistas quando deixava o Palácio da Alvorada para a Base Aérea de Brasília, de onde embarca para agenda no Rio Grande do Sul: “Estou por aqui com o Levy”, afirmou o presidente.

O presidente Jair Bolsonaro dá posse, em cerimônia no Palácio do Planalto, aos presidentes dos bancos públicos. Assume no Banco do Brasil, Rubem Novaes; no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, e na Caixa
Joaquim Levy (primeiro à esquerda) tomou posse em janeiro, junto com demais presidentes de bancos públicos – Marcelo Camargo/Agência Brasil

O motivo do descontentamento, disse Bolsonaro, foi a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do BNDES. Para Bolsonaro, o nome não é de confiança, e “gente suspeita” não pode ocupar cargo em seu governo.  

“Eu já tô por aqui com o Levy, falei para ele: ‘demita esse cara na segunda-feira ou eu demito você sem passar pelo Paulo Guedes‘”, disse Bolsonaro.

O presidente acrescentou que, em sua visão, Levy não está sendo leal. “[Ele] Já vem há algum tempo não sendo leal àquilo que foi combinado e àquilo que ele conhece a meu respeito. Ele tá com a cabeça a prêmio há algum tempo”.

Levy assumiu a presidência do BNDES em janeiro.

Moro

Questionado sobre sua confiança no ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que é alvo de vazamentos de conversas que teria mantido quando era juiz com o coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, Bolsonaro diz ter “zero” ressalvas.

“Quanto a minha pessoa zero, zero”, disse ele. “Moro foi o responsável não de botar um ponto final, mas de buscar uma inflexão na questão da corrupção, diminuindo drasticamente”, acrescentou o presidente.

Ele ressalvou, contudo, que ninguém pode contar com 100% de confiança. “Eu não sei das particularidades da vida do Moro, eu não frequento a casa dele, ele não frequenta minha casa, mas mesmo assim meu pai dizia pra mim: confie 100% só em mim e na mãe”.

Como exemplo, o presidente citou a demissão do general Santos Cruz da Secretaria de Governo, o que deve ter “surpreendido” muita gente, afirmou. Ao ser questionado, o presidente negou que a causa da dispensa tenha sido verbas de comunicação. “É fake essa informação de que o Santos Cruz teria tocado nisso”, disse.  

Previdência

O presidente comentou também o parecer do relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), apresentado na quinta-feira. “[Com] a proposta que tá aí, o meu governo está garantido. A crise virá para 2023, 2024. A gente não quer deixar para o futuro governo que me suceder essa dor de cabeça da Previdência, não podemos continuar vivendo esse fantasma, nessa agonia”, disse.

Bolsonaro afirmou que “a bola está com o parlamento”, antes de concluir dizendo que “nós temos uma chance ímpar de tirar o Brasil do caos econômico que se aproxima”. 

Agência Brasil procurou a assossoria do BNDES para comentar as declarações, mas não obteve retorno até a publicação do texto.

Matéria ampliada às 17h39 Fonte Agência Brasil

Por que em Vargem Grande quase não se faz pesquisas eleitorais? Será o medo de encarar a realidade?

Destacado

Estamos próximos do segundo semestre de um ano pré eleitoral, e Vargem Grande continua com a mesma política de anos anteriores,na base do fulano ganha, sicrano perde. Como se fossemos um grande número de adivinhos.

É sempre assim, o candidato que eu voto e que tem o meu apoio, esse com certeza será o vitorioso. Pelo menos é assim que pensa grande parte dos eleitores. Mais nada de dados técnicos ou científicos. Tudo na base do improviso. Por isso as ações dos governos obedecem as mesmas regras de improvisação.

Ninguém se habilita a contratar um instituto de pesquisa sério e que possa lhe dar um parâmetro de como está sua aceitação. Ninguém quer gastar dinheiro, e assim, atiram no escuro até a hora da surpresa nas urnas.

Depois do resultado, e o fraco desempenho nas urnas, a culpa foi de fulano, ou sicrano. Nunca do candidato ou do chefe político. esse está sempre agindo certo.

Ora, se eu quero montar uma empresa e fazer um negócio, eu preciso da minha segurança para não fracassar no empreendimento. Na política não é diferente, você faz uma pesquisa e ver se tem condições reais na disputa. Se não tem concorre por conta e risco próprios, mas sabendo da sua aceitação junto ao eleitor. Se está bem, continua gastando, se não está, dá uma parada nesse investimento. Se eu fosse político, assim faria.

Vemos pesquisas em todas as cidades vizinhas: Coroatá, Chapadinha,São Benedito do rio Preto, Urbano Santos, Belágua e Itapecuru. Mas Vargem Grande, não. Pode até ter pesquisas de indução, mais de intenção de votos, essas eu desconheço.

Se não se quer investir em pesquisas para evitar gastos, como podem saber de suas reais condições numa eventual disputa eleitoral?

Fica o aviso, procurem pesquisas sérias para depois não sofrerem decepções. E também, não fiquem se enganando contratando vendedores de pesquisas para dizer que estão bem, pois é quase certo que terão decepção.

Empresário é preso por envolvimento em roubo de cargas em Barra do Corda

Destacado

Na sexta-feira (14), o empresário Edimilo de Sousa da Costa, conhecido como “Milo”, foi preso em sua residência, no bairro Trizidela, na cidade de Barra do Corda, a 445 km de São Luís, durante uma operação desencadeada pela Polícia Civil para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão.
Os alvos da operação são membros de uma quadrilha especializada em roubos de cargas que atua em várias regiões do Estado.
Os mandados foram cumpridos nas casas dos suspeitos e na loja de Edimilo, o Atacadão da Moda, situada no Centro de Barra do Corda. Ele possui várias denúncias de atuação em roubos a cargas de todos os gêneros, principalmente de confecções. Há alguns meses, o empresário vinha sendo investigado e monitorado pela polícia

Outro homem identificado como João da Silva Ferreira, conhecido como “João Gavião” não foi encontrado pela polícia e é considerado foragido.
“João Gavião ” e Edimilo tiveram as prisões decretadas pelo juiz da comarca de Montes Altos.
A operação que resultou na prisão do empresário foi deflagrada pela Polícia Civil de Imperatriz e Barra do Corda e foi coordenada pelos delegados Ederson Martins, Renilto Ferreira e Diego Schiavi. Fonte Gilberto Lima.

Demorou! Suspenso o período de 30 minutos gratuitos nas garagens de shoppings em São Luis

Destacado

O pedido pela suspensão da gratuidade dos 30 minutos foi feito pela Associação Brasileira dos Shoppings Centers de São Luís e caiu em mãos do ministro do STF Ricardo Lewandowski, que derrubou a decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão que mantinha o não pagamento pelo período de meia hora.

Para o ministro, “a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal entende que a exploração econômica de estacionamentos privados refere-se a Direito Civil, sendo assim uma matéria de competência legislativa da União”.

Como a decisão já foi divulgado no Diário Oficial da União, a partir de agora todos serão obrigados a pagar assim que passar dos 15 minutos no estacionamentos dos shoppings, como era antes.

Manifestantes furam pneus de ônibus em Fortaleza

Destacado

Ao menos 17 ônibus da frota de transporte público de Fortaleza tiveram os pneus furados por manifestantes na manhã desta sexta-feira (14).

O principal protesto em apoio à greve geral contra a reforma da Previdência ocorreu no cruzamento entre as avenidas da Universidade e 13 de Maio, no bairro do Benfica. O trânsito no local foi interditado.

Participam da manifestação integrantes de movimentos sociais, sindicalistas e servidores de universidades públicas.

Além da capital cearense, os atos também ocorrem em sete cidades do interior do estado.

Veiculo com pacientes que seguiam para tratamento capota no MA

Destacado

Um veiculo da saúde do município de Bacabeira com pacientes que seguiam para tratamento em São Luis, capotou na BR-135, no Campo de Perizes, na madrugada deste sábado (15). Ainda não temos informações sobre os pacientes e sobre a situação do motorista.

O blog tentou contato com a Secretaria de Saúde do Município mais não teve êxito.

O motivo do capotamento ainda não foi revelado.

Filho do vice-prefeito de Coroatá é preso acusado de assassinar comerciante durante assalto

Destacado

Domingos Alberto Alves de Sousa Júnior, conhecido como “Juninho”, de 18 anos, suspeito de participação em um crime de latrocínio em Coroatá, a 255 km de São Luís, foi entregue à polícia pelo próprio pai, Domingos Alberto, vice-prefeito da cidade, nessa sexta-feira (14).
O outro envolvido no crime, Marcos Felipe Barros Rocha foi localizado na tarde desta sexta-feira (14).

A vítima dos assaltantes foi o comerciante Gilson Carlos Silva, morto em um bar no povoado Macaúba, na zona rural do município, por volta de 19h de quinta-feira (13).
De acordo com moradores das proximidades, os dois assaltantes chegaram em uma moto, armados e teriam tentado roubar o celular da vítima, que reagiu.
Na ação criminosa, Domingos Alberto e Marcos Rocha efetuaram dois disparos. Um deles atingiu a vítima, que não resistiu e morreu no local. A dupla fugiu logo em seguida.
Os dois assaltantes estariam fazendo um arrastão em vários povoados e já teriam roubado vários aparelhos celulares de outras vítimas. no povoado Macaúba.
Nas redes sociais o irmão de “Juninho”, o Secretário Municipal de Obras e Infraestrutura, Jorge Adriano, comentou o fato por meio de um áudio compartilhado em grupos na internet
“De fato teve esse acontecido. Eu e meu pai e toda a família não aceitamos. Se for comprovado ele vai pagar pelo ato dele. É uma coisa que a gente não queria que tivesse acontecido, por falta de concelhos não foi, sempre teve do bom e do melhor em casa. É triste, lamentável, mas foi verdade. Nós estamos em choque, imagina a família enlutada”, disse Jorge Adriano.

Realizada audiência de instrução do triplo assassinato de jovens na zona rural de São Luís

Destacado

Os dois envolvidos nos assassinatos de três jovens no povoado Mato Grosso, na zona rural de São Luís, participaram de audiência de instrução, nessa sexta-feira (14), na 2ª Vara do Tribunal do Júri de São Luís.
Os réus são o vigilante Evilásio Lemos Ribeiro e o policial militar Hamilton Caires Linhares, que trabalhavam para a empresa Ostensiva, contratada pela K2 Engenharia, responsável pela obra do Minha Casa Minha Vida.
As vítimas foram os adolescentes Gildean Castro Silva, de 14 anos, Joanderson da Silva Diniz, de 17 anos, e Gustavo Monroe, de 18 anos. Eles foram assassinados a tiros no dia 3 de janeiro deste ano. 

O Ministério Público denunciou o vigilante Evilásio e o soldado Caires por crime de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e sem possibilidade de defesa.
Esta foi a primeira audiência de instrução. Serão ouvidas 22 testemunhas.
Prestaram depoimento familiares das vítimas e vigilantes que trabalhavam no Residencial Mato Grosso, do Minha Casa Minha Vida, no dia do crime e policiais.  
A audiência de instrução foi acompanhada por familiares e amigos das vítimas. 
O juiz Gilberto de Moura Lima dará um prazo para a defesa dos réus e Ministério Público fazerem as alegações finais. 
Posteriormente o Juiz decidirá se os réus serão levados ou não a Júri Popular.

A investida da bandidagem

Destacado

Não é muito do meu feitio nem é do meu interesse comentar questões menores que, de uma hora para outra, viram frívolos e levianos “bate-bocas de matildes”. Vou aqui abrir uma exceção para falar dos factoides criados contra o Ministro Moro e em desfavor da Operação Lava Jato. Todavia, não vou me ater aos fatos em si e muito menos examiná-los tecnicamente porque não merecem. Vou me referir ao que configuram e quanto às urgentes providências que estão a exigir da brava gente da Nação Verde e Amarela.

Assim vejamos. Está sendo posto em prática um recorrente plano objetivando destruir o Presidente eleito. Há cerca de uns 30 dias o Ministro da Justiça avisou que seus telefones haviam sido “raqueados” por sofisticados e perigosos criminosos, daqui ou do exterior. Logo em seguida, o Procurador Chefe da força tarefa Lava Jato noticiou que havia ocorrido o mesmo em relação ao seu telefone celular. Um pouco antes disso o “Ogro Encarcerado”, autorizado por um dos maiores calhordas da Suprema Corte, deu uma entrevista privada e, dentre muitas canalhices passou para extrema imprensa que iria desmoralizar e prender Sérgio Moro. Tudo foi levado à categoria de devaneio de um psicótico, bêbado inveterado em crise de abstinência. Agora, entretanto, a coisa faz sentido.

Um jornalista militante do “gayzismo” viral da turma de um “pus da humanidade” – que segundo acusam, vendeu seu mandado de Deputado Federal para sair do Brasil ao sentir que sua hora estava chegando com o Capitão no comando – exibiu em um site desses sem credibilidade uns trechos de conversas, apresentadas fora de qualquer contexto, que teriam sido criminosamente roubadas dos celulares do Ministro e do Procurador-Chefe de Curitiba, ainda quando Sérgio Moro era o magistrado de primeira instância, que julgou a classe política nojenta e abominável. Ato continuo, os “Adevogados” de Lula – também já acusados na Lava Jato – assim como igualmente a imprensa mais calhorda e seus compinchas mais vendidos, todos saíram por aí reverberando a criminosa “raqueada internacional” para dar ao distinto público a impressão de que, todos aqueles anos e anos de julgamento dos maiores facínoras do País, durante os quais se condenou, da primeira à derradeira instância da Justiça, centenas de políticos bandidos e se recuperou para os cofres do Brasil bilhões de reais roubados, em verdade não passaram de uma grande farsa para eleger Bolsonaro.

Abutres dos infernos, cães sarnentos da coisa pública, hienas covardes e sorrateiras, estão petulantemente se deixando fotografar. Pau neles! Não podem escapar!

No mundo inteiro ninguém acreditará em uma porcaria desta. No Brasil, de norte a sul, nenhum brasileiro com um mínimo de discernimento e de vergonha na cara dará crédito a uma patifaria desta ordem. Tudo isso vai cair por terra como acabou caindo as vis acusações contra o Capitão, que variaram de nazifascista até racista e outras baboseiras; como também rolaram ladeira abaixo as acusações contra os filhos de Bolsonaro ou contra seus ministros etc. Conduto a meu juízo acho que agora se faz necessário uma resposta do povo com seu MRP 2018 à frente e que seja dada com igual intensidade do ignóbil ataque. Não se pode deixar por menos. Aquela gente tem que sentir o peso da ação patriótica dos homens de bem deste País.

Em síntese, Moro o herói nacional e o intrépido Dalagnol, indomável mosqueteiro da Nação Verde e Amarela, estão sob o ataque direto dos bandidos que eles colocaram na cadeia e por parte dos membros de suas quadrilhas que estão ainda em liberdade. Desta feita a esquerdalha foi longe de mais. As sociedades mais abjetas bem como as figuras mais abomináveis do cenário público que andavam nas sombras estão colocando a cara de fora. Abutres dos infernos, cães sarnentos da coisa pública, hienas covardes e sorrateiras, estão petulantemente se deixando fotografar. Pau neles! Não podem escapar! Nunca foi difícil identificá-los, porém agora temos a chance de pegá-los firme. Vamos acertá-los de tal forma para que, uma vez por todas, nunca mais desafiem os cidadãos honrados deste Brasil. Como bem diz o homem do campo: “é a pancada forte que mata a cobra peçonhenta”.

Não vou nominá-los porque essas pústulas, que têm a imprensa tradicional a seu dispor, vão covardemente se explicar, fingir, fugir e se esconder. É da índole e da natureza deles. Não é necessário chama-los pelo nome civil e muito menos pelo de batismo até porque esses ratos nunca foram batizados e suas associações há tempos que estão desonradas. Hoje são meras “Bocas de Truques do PT”.

Realmente, quem no Brasil de hoje não identifica o canalha mor da banda podre do Supremo que só não levou ainda uns tabefes na rua, aqui e na Europa, porque nossa gente é no fundo piedosa. Pois este malfeitor, vergonha da magistratura brasileira, ladrão dos cofres públicos e protetor de bandido acaba de gritar por aí que as tais conversas gravadas por encomenda do “Ogro Condenado” provam que o grande Moro é um criminoso que comandava uma quadrilha denominada Lava Jato. Disse isso do nosso Ministro da Justiça, justo de quem ele não é digno nem de lamber os sapatos. Escute bem seu ladrãozinho barato, sua figura mais sem verniz do que “corno velho”, ouça e retenha: Moro é o querido do Brasil é o homem que mudou para sempre nossa história em relação aos corruptos como você. Sempre que o vir se aproximar abaixe a cabeça e ponha as mãos para trás, em sinal de temor e de respeito.

Quem não identifica, com raro acerto, os deformadores de opinião, proxenetas das redações compradas pelos Barões da Comunicação e vendilhões do bom jornalismo como um “poser” do jornal “O Goebbels” metido a imortal, mas a rigor a própria vergonha de Machado de Assis. Pois este bigodinho, com cara de dono de cabaré da Lapa, ao tomar conhecimento daquele plano sórdido correu para sua coluna e lá descaradamente escreveu, com outras palavras, que Moro estaria enrolado porque, segundo uns especialistas em direito que não indica, devem ser aceitas provas obtidas até de forma ilegal e criminosas. Pode? O babilaca errou feio e para disfarçar vem desdizendo o que propagou.

Pior do que ele só o “velho carcamano da esquerdisky 12 anos” – um medíocre ressentido que cuspiu na memória dos “Generais da Revolução” que turbinaram sua carreira de escrevinhador, como diria o Mestre Olavo de Carvalho – que participando da trama também a ele encomendada disse, em sua coluna no jornal “O Goebbels”, que Moro deveria “Pedir Pra Sair” e ainda tentou justificar essa vindita. Quando a hora vier esse é um daqueles com quem teremos que ajustar contas.

Quem vai se enganar em relação a um capadócio – vergonha dos Andreazas – que brandiu no mesmo execrável jornalão que o assunto pela sua gravidade deveria ser examinado pelo nosso Congresso que, por sua vez, certamente exigiria a cabeça do Ministro da Justiça. Disse também que se o povo nas ruas, mais propriamente o temido MRP 2018, fosse contra representaria um golpe de Bolsonaro na democracia. Além de sem caráter o vendido é perverso para com sua Pátria.

Com sujeiras deste jaez e com canalhices parecidas a Editoria do “O Goebbels” disse que as tais conversas de Moro devem ser apuradas com rigor; outro jornalista que “não casa coisa com coisa” acusa Moro e Dalagnol de crimes constitucionais ou de outros capitulados em diversos Códigos até se chegar à odienta e odiosa guerrilheira dos anos 1970 que, para se vingar do tabefe que o velho Bolsonaro deu em seu rebento burro e despreparado, saiu insinuando que Moro e a Lava Jato desta vez serão desmoralizados como antes delirou o maior bandido da coisa pública da história contemporânea, preso em Curitiba.

Ademais, a propaganda dos Conglomerados da Comunicação e ex-sócios dos cofres públicos já está martelando pela boca de um desembargador aposentado e lambaio de Lula que a troca de mensagens entre o então juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol é imoral, fere a Constituição e não encontra respaldo em nenhum regramento jurídico de países democráticos. Para eles, o caso pode ser considerado “gravíssimo” e pode levar à absolvição daquele que o “Google Pesquise” informa que é um dos maiores ladrões do mundo.

Os brasileiros do bem estão cansados dessas situações tão sórdidas quanto nocivas e que estão a impedir o Brasil de deslanchar definitivamente. Há que se dar um basta nisso. Penso que a hora é chegada. Aquela gente do mal não pode continuar solta no mundo e nos prejudicando todo santo dia. O MRP 2018 tem um povo patriota, corajoso e indomável. Vamos pelas Redes Sociais convocar nossa gente mais esta vez. Vamos através da Rede Mundial de Computadores pedir que nossos cidadãos, empunhando a bandeira do Brasil, cerquem as instituições onde estão os Mandarins Solta Bandidos; onde se homizia o lado negro da política nacional; onde estão encastelados os príncipes e os nababos da máquina pública. Em virtude da posição que ocupa, entendamos que o Capitão não pode conclamar diretamente os brasileiros do bem e os segmentos que o elegeram em outubro do ano passado. Contudo nós, de quem o poder emana podemos. Sim nós podemos!

Alou caminhoneiros do Brasil a quem o Capitão confia e sua destemida classe que nele vê a salvação do País, se mobilizem! Ronquem forte suas máquinas e vamos dar a partida. Vamos cercar aqueles castelos de horror e as associações de classe protetoras dos advogados bandidos e defensores de corruptos para dizer-lhes que se perfilem só ao ouvir o nome do herói nacional Sérgio Moro.  Nossa posição há que ser clara: “Ou ficar a Pátria Livre ou morrer pelo Brasil”, mas não podemos mais engolir as quadrilhas de Sarney a Temer, sua gangue audaciosa, seus petulantes asseclas que nos afrontam diuturnamente e impedem que o Brasil retire da miséria cerca de 25 milhões de desvalidos. Gostaria muito que pegássemos pela frente os “Ciros” e os “Boulos” da vida. Na medida em que partamos para cima deles veremos como fugirão com o rabo entre as pernas, tal qual ocorreu em 1964.

Está na hora do MRP de 2018 colocar esses jornalões no rumo e no prumo. Vamos cercá-los, boicotá-los, desconectar suas mídias, desligar seus veículos de comunicação e tudo o mais para que sintam que não podem desafiar o povão. Podemos adotar tais medidas de forma ampla e irrestrita por um prazo certo, fixo. É isto que prego e auguro que seja divulgado pelos quatro cantos do País. Alou também movimentos sociais da mídia eletrônica que não se venderam aoestablishement, vamos para as ruas dizer que se ousarem libertar o “Ogro Encarcerado” ou se tocarem no Moro a casa deles vai cair. Além de tudo o mais, vale a pena testar para saber em que têmpera essa gente é forjada.

Jose Mauricio de Barcellos ex Consultor Jurídico da CPRM-MME é advogado- Email: 

Fracassa a greve dos gatos pingados

Destacado

Foi vergonhoso o resultado do movimento convocado nesta sexta-feira (14) como sendo uma “greve geral” para “parar o Brasil”, em protesto contra o governo Bolsonaro e a Reforma da Previdência.

Uma minoria de radicais, representantes do PT, PSOL, CUT e outros partidos de esquerda, não mobilizou ninguém.

Uma vergonha!

Ao contrário, esses radicais acabaram por tentar atrapalhar a vida dos brasileiros de bem e de quem trabalha.

E é de ficar claro que não poderia dar certo mesmo.

Sabe porquê?

Porque quem não trabalha não pode fazer greve. Só pararam os que sempre estão parados. Com faixas que mais pareciam farrapos, os desasseados, mal vestidos e confusos das ideias, fizeram mesmo foi mais uma manifestação em favor do “Lula Livre”.

Arruaça, agressividade, radicalismo. Foi o que ocorreu.

Temos que respeitar, é verdade. Mas chega a dar dó.

Não perceberam que o Brasil mudou – e que – o discurso dessa gente não atrai, não convence, não encanta e não engana mais ninguém.

Como se diz no popular: deu pra bolha! (para não dizer outra coisa, não tão educada assim…).

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia.
@LCNemetz

Bolsonaro diz que vai recorrer da decisão que inocentou Adélio

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (14) que vai recorrer da decisão que absolveu Adélio Bispo de Oliveira, autor do ataque a faca que sofreu durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora (MG), em setembro do ano passado. “Estou tomando as providências jurídicas do que posso fazer para recorrer. Normalmente o MP [Ministério Público] pode recorrer também, vou entrar em contato com o meu advogado”, disse Bolsonaro ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta tarde.

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora, considerou Adélio inimputável por transtorno mental, ou seja, de acordo com as leis penais, não pode ser responsabilizado criminalmente por seus atos. De acordo com laudos periciais oficiais, Adélio é portador de transtorno delirante persistente.

Bolsonaro disse ainda que tem convicção de que Adélio foi contratado para assassiná-lo e que, se preciso, vai pagar para que seja feita uma nova avaliação psicológica no acusado. “Eu tenho a causa pessoal, eu tenho que me defender. E custa caro isso aí, um outro lado custa caro. Vou tomar providências”, ressaltou. “É um crime contra um candidato a presidente da República que atualmente tem mandato e devemos ir às últimas consequências.”

O magistrado decidiu também que Adélio Bispo deveria ficar internado em um manicômio judiciário por tempo indeterminado. No entanto, diante da periculosidade do acusado, ele permanecerá no presídio federal de Campo Grande, onde está preso desde o atentado.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público Federal, o acusado colocou em risco o regime democrático ao tentar interferir no resultado das eleições e planejou o ataque com antecedência de modo a excluir Bolsonaro da disputa.

A defesa de Adélio afirma que ele agiu sozinho e que o ataque foi apenas “fruto de uma mente atormentada e possivelmente desequilibrada” por conta de um problema mental.Fonte Agência Brasil.

Seis funcionários da Trensurb são presos por colocar fogo nos trilhos durante manifestação

Destacado

Seis funcionários da Trensurb foram presos em flagrante enquanto colocavam fogo nos trilhos do trem, em Sapucaia do Sul, na manhã desta sexta-feira (14). A ação do grupo fazia parte da greve contra a reforma da Previdência.

Segundo o comandante do 33º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Vladimir Luís Silva da Rosa, a PM foi  acionada por volta das 5 h 15 min para afastar manifestantes que bloqueavam a via entre as estações Luiz Pasteur e Sapucaia. Quando os policiais chegaram ao local, o grupo fugiu para uma área restrita.

— Eles entraram em um portão que estava chaveado. Questionamos como tinham a chave, e nos disseram que trabalhavam na Trensurb — relata o comandante.

Com o grupo, foram apreendidos pedaços de madeira, pneus e gasolina usada para propagar as chamas, além de material com chamamento para a greve.

A Trensurb confirma que os seis detidos — três homens e três mulheres — trabalham na companhia. A equipe jurídica da empresa analisa o caso para possíveis medidas contra os funcionários. O grupo foi levado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas.

Filho de vice-prefeito de Coroatá mata comerciante ao tentar roubar celular na Macaúba

Destacado

Facebook299TwitterWhatsApp

Dois homens armados tentaram roubar o celular do comerciante Delson (na foto abaixo com a esposa)  e como ele reagiu, foi alvejado e morto. Um dos suspeitos já foi preso e trata-se do filho do vice-prefeito de Coroatá, Domingos Alberto.

O fato aconteceu ontem à noite, por volta das 19h no Bar do Delson, que é casado com a senhora Cássia, que trabalha no Hospital Macorregional de Coroatá. A morte foi na Vila Macaúba, Zona Rural de Coroatá.

Ontem, quinta-feira (13) em um povoado teve um homicídio, 19hs. Os dois criminosos estavam em um moto e fugiram, mas uma deles foi localizado (foto abaixo), que é o filho do vice-prefeito, segundo informações repassadas ao blog.

Assaltante é baleado em tentativa de roubo a loja de veículo no Araçagy

Destacado

Um assaltante identificado como Diego Rocha dos Santos, conhecido como “Calango”, foi atingido a tiros quando praticava um assalto, por volta das 10h50 dessa quinta-feira (13), na loja Aracagy Veículos, na Avenida Hilton Rodrigues, no bairro Araçagi.
O acusado, que reside na Rua Santa Tereza, no Parque Jair, estava um uma moto Honda Bross, de placas HPY-1401, em companhia de um outro assaltante identificado apenas como Joanderson, que conseguiu fugir.
No momento, em que eles praticavam o assalto uma pessoa que passava pelo local reagiu acabou atingindo Diego com um tiro.
Ferido, o assaltante foi dominado por populares e preso. Logo em seguida, policiais do 8º BPM chegaram ao local e o conduziram para ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Aracagy.
Após o atendimento médico, ele foi apresentado no 21º DP para ser autuado em flagrante pelo delegado Walter Wanderley.

Adolescente desaparece após ser assaltada e esfaqueada no Vinhais, em São Luís

Destacado

Eva Cassia, de 16 anos, aparece sendo assaltada no Vinhais em um vídeo gravado por câmeras de segurança nesta quarta (12). Desde então, ela desapareceu.

A adolescente Eva Cassia, de 16 anos, está desaparecida desde quarta-feira (12) em São Luís. A jovem estudante aparece sendo assaltada em um vídeo gravado por câmeras de segurança no bairro Vinhais.  A família está muito aflita e pede ajuda para encontrá-la.
“Só peço a Deus que a pessoa que levou a minha filha se compadeça. Que seja pai ou mãe, por favor, devolva a minha filha. A única coisa que eu quero”, suplicou a mãe, Cassiana Rodrigues.

No vídeo, a adolescente reage ao assalto e é derrubada pelo bandido que está em uma moto. Depois, ela tenta subir na garupa da moto, mas acaba caindo. No vídeo completo, Eva se levanta, sai da área da câmera e não aparece mais. Segundo testemunhas, ela também recebeu uma facada do assaltante.
O caso aconteceu perto da escola em que Eva estuda. Amigas disseram à família que ela saiu mais cedo da escola porque tinha marcado um encontro com um desconhecido, através de uma rede social.
O desaparecimento foi registrado na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Nas ruas do Vinhais, moradores estão assustados com os assaltos frequentes. “Aqui é quase todo dia”, disse o aposentado Antônio Fontoura.
A Polícia Militar informou que há policiamento no Vinhais e nos bairros próximos, mas a orientação é não facilitar a ação de bandidos.
“Essa é a primeira regra: Não reagir. Em segundo, tentar ao máximo evitar locais isolados, pouco iluminados, aparentar que está carregando algum objeto de valor. Tudo isso chama a atenção do criminoso”, declarou o major Yamamoto, subcomandante do 8º Batalhão da Polícia Militar.
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que está analisando as imagens de segurança para identificar o veículo identificado no assalto e o autor do crime. A SSP informa ainda que é possível comunicar casos de desaparecimento, encontros de desaparecidos, ou prestar informações que auxiliem nas buscas através do Disque-Denúncia nos telefones:
• (98) 3223-5800 – São Luís• 0800-313-5800 – Interior• Whatsapp – (98) 99224-8660.

Para “furar” a Greve Geral, empresa deixa ônibus dentro do Terminal da Cohama nesta madrugada; rodoviários serão forçados a trabalhar

Destacado

A empresa Primor quer forçar motoristas e cobradores a trabalhar nesta sexta-feira (14), numa tentativa de “furar” a Greve Geral, que terá adesão do Sindicato dos Rodoviários.
A estratégia da empresa é não deixar os ônibus dentro da garagem, na Avenida Daniel de La Touche, onde terá piquete nesta madrugada, mas estacioná-los dentro do Terminal da Integração da Cohama, de onde sairão para circular normalmente.

Pelas informações passadas ao blog, cerca de 200 ônibus da empresa já estão estacionados na área do terminal. Ainda nesta madrugada, outros ônibus serão levados para o local.
A determinação é para que motoristas e cobradores sigam direto para o terminal, às primeiras horas manhã.
Espera-se que o Sindicato dos Rodoviários tenha força para barrar essa estratégia da Primor e de outras empresas que podem tentar fazer a mesma coisa em outros terminais.

A empresa Ratrans também opera no Terminal da Cohama.

Mulher é morta a facadas dentro de casa na Vila João Castelo, em Imperatriz

Destacado

Na manhã dessa quinta-feira (13) o corpo de uma mulher foi encontrado dentro de uma residência, no Bairro João Castelo, região da Grande Cafeteira, na cidade de Imperatriz.
A vítima, identificada como Mariceu Evangelista Dutra, de 55 anos, foi morta com três golpes de faca dentro da própria casa.
Mariceu morava sozinha na Avenida da Liberdade. O corpo foi encontrado por populares que viram uma porta aberta.
Policiais Militares do 14º Batalhão de Polícia Militar, juntamente com o Serviço de Inteligência, estiveram no local. 
O suspeito de ter assassinado Mariceu ainda não foi identificado.

Investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa já estiveram no local iniciando as investigações. Essa foi a segunda mulher assassinada a facadas nesta semana em Imperatriz.
Com informações do Blog Notícia da Foto

Hoje na História: Termina a Guerra das Malvinas, com rendição dos argentinos

Destacado

Em um dia como este, no ano de 1982, chegava ao fim o conflito conhecido como A Guerra das Malvinas – ou Falklands War, em inglês, ou Guerra de las Malvinas, em castelhano – ou Guerra do Atlântico Sul ou ainda Guerra das Falklands. Este duelo armado teve início no dia 2 de abril do mesmo ano e colocou de lado opostos Argentina e Reino Unido. Além das Malvinas, o arquipélago em disputa também incluiu Geórgia do Sul e Sandwich do Sul. Os britânicos reivindicavam a posse da região desde 1833, quando começou a ocupação. A Argentina, contudo, entendia que o local era parte do seu território, considerando a ocupação ilegal. A guerra acabou vencida pelo Reino Unido e resultou na morte de 649 soldados argentinos, 255 britânicos e 3 civis. Na Argentina, a derrota contribuiu para a queda da Junta militar que governava o país e a implantação da democracia. Pelo lado britânico, a vitória auxiliou a conservadora Margaret Thatcher a ganhar as eleições de 1983.

Em terra estranha, métodos estranhos

Destacado

Paulo Castelo Branco1

O vazamento de conversas entre o ministro Sérgio Moro, à época do exercício da magistratura, e membros do Ministério Público nas operações da “Lava Jato”, caiu como uma bomba nuclear nos meios políticos e jurídico.

Sorte para Neymar e outros mais que habitam o mundo maravilhoso e livre das redes sociais e dos hackers, que municiam a mídia com segredos inimagináveis dos governantes, dos famosos do esporte e da arte, além de qualquer ser humano que acredite em criptografia ou outras proteções tecnológicas.

Quanto às conversas transmitidas por diversos aplicativos, é bom saber que as nuvens onde ficam depositadas as informações são como as verdadeiras que flutuam no espaço e, vez em quando, ficam negras e desabam em chuva de documentos ultrassecretos, envolvendo até países que guardam suas memórias em bunkers protegidos por sistemas pretensamente invioláveis.

Hoje, olhos e ouvidos invisíveis estão gravando e atentos a tudo que ocorre, assim na Terra como no Céu, como disse o Senhor.

O então juiz Sérgio Moro e seus colegas procuradores evidentemente mantinham contato em busca de fórmulas que pudessem ser uteis para atingir membros das quadrilhas que roubaram bilhões de reais do bolso do cidadão brasileiro. O método é,  agora, usado para encontrar na  lei as  mesmas lacunas identificadas pelos profissionais do Direito em defesa de seus clientes para livrá-los da prisão.

Essa prática vem sendo utilizada há muitos anos e teve início na década de 1980, com a criação dos “Juízes para a Democracia”; ao longo dos anos, foram adotadas por membros dos Ministério Público, advogados, jornalistas investigativos e investigadores policiais se tornando um grupo coeso. Como não conseguiam romper a tradição de impunidade de poderosos, passaram a trocar informações, inclusive abastecendo a mídia.

Com o apoio da população, cansada de ser espoliada, conseguiram processar e condenar personalidades que imaginavam estar fora de qualquer ação que os levasse à prisão.

No âmago da celeuma da divulgação das conversas, ainda não devidamente examinadas, está o medo que persiste entre envolvidos em crimes; e, tal qual os eficientes traficantes e quadrilhas especializadas em várias áreas, são  surpreendidos com delações de seus próprios parceiros, ou pegos em flagrante com informações fornecidas por policiais infiltrados.

A divulgação das conversas entre o ministro Moro e procuradores poderá atingir suas brilhantes carreiras, mas, de toda forma, o cidadão não os esquecerá em virtude dos importantes serviços que prestaram à nação brasileira.

Bolsonaro critica decisão do Senado de sustar decreto de armas

Destacado

Medida foi barrada em comissão, mas ainda passará pelo plenário

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O presidente Jair Bolsonaro criticou hoje (13) a decisão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que rejeitou ontem (12), por 15 votos a 9, o relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES), que era a favor do Decreto 9.875/19, editado pelo governo no mês passado.  Entre outras medidas, o decreto de Bolsonaro ampliou a diversidade de calibres de armas de uso permitido, a quantidade de compra de munições e a extensão para 11 categorias profissionais o direito de porte de armas.

“Quem está perdendo não sou eu não. Eu tenho porte de arma porque eu sou capitão do Exército. Quem está perdendo é o povo que quer arma, esse povo que, em 2005, foi lá no referendo e votou pelo direito de comprar armas e munições e o governo do PT simplesmente ignorou, passou por cima disso”, disse Bolsonaro durante live semanal transmitida em sua página no Facebook. 

O presidente gravou o vídeo em Belém, onde cumpriu uma agenda de inauguração de casas populares do programa Minha Casa inha Vda. Ele estava acompanhado, durante a transmissão, pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e pelos deputados federais Marco Feliciano (Pode-SP) e Éder Mauro (PSD-PA).

O presidente atribuiu o resultado na CCJ à atuação dos partidos de esquerda. “Eles o tempo todo trabalham contra o direito de você, cidadão, ter uma arma”, disse. Bolsonaro defendeu as mudanças propostas e disse que o decreto é constitucional. 

Com a derrota na CCJ, o Projeto de Decreto Legislativo que pretende sustar os efeitos do decreto de armas será votado pelo plenário da Casa, para onde a matéria segue em regime de urgência na tramitação. Nesse caso, o resultado da comissão serve apenas para instruir a discussão com os 81 senadores.

Caso a decisão da CCJ seja confirmada no plenário do Senado, por maioria simples, a proposta segue para a Câmara, onde será definido se passa por alguma comissão temática, como a CCJ, por exemplo, ou se vai direto a plenário. 

Se o decreto editado por Bolsonaro também for rejeitado pelos deputados, o Decreto 9.875/19 perde o efeito imediatamente. Nesse caso, o Projeto de Decreto Legislativo deverá prever o que acontece com os que adquiriram armas respaldadas pelo decreto presidencial.

Monitor da Funac é morto a tiros a caminho do trabalho em Paço do Lumiar

Destacado

Marcos Pablo Sousa Penha foi atingido com cinco tiros disparados por dois homens que estavam em uma motocicleta. O crime pode ter sido praticado a mando de alguma facção criminosa.

Um monitor da Funac da unidade de Paço do Lumiar, identificado como Marcos Pablo Sousa Penha, de 31 anos, foi executado na manhã desta quinta-feira (13).
A vítima foi alvejada com cinco tiros por dois homens em uma motocicleta. O ataque criminoso aconteceu por volta das 7h da manhã, nas proximidades da unidade do Centro Socioeducativo Sítio Nova Vida, em Paço do Lumiar.

A vítima estava a caminho do trabalho acompanhado de um amigo, identificado apenas como Antônio.
O crime foi praticado por dois homens que estavam uma moto e atiraram contra Marcos Pablo. Antônio conseguiu correr e se esconder em uma área de matagal.
De acordo com informações da polícia, Marcos Pablo chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo a caminho do hospital.
A polícia realiza diligências para tentar localizar e prender os autores do crime. A principal suspeita é de que o assassinato tenha sido praticado a mando de alguma facção criminosa.
Leia a íntegra da nota divulgada pela Funac.
A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) informa que um servidor foi vítima de um atentado na quinta-feira (13), por volta das 7h da manhã, nas proximidades da unidade do Centro Socioeducativo Sítio Nova Vida, em Paço do Lumiar.
O Servidor foi socorrido e encaminhado ao Hospital Dr. Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.
A Fundação já acionou a Polícia Civil para realizar as investigações, além disso está tomando as providências necessárias sobre o caso e vai prestar toda a assistência para a família.

Coroba assume Procuradoria Geral de Paço do Lumiar

Destacado

O advogado, ex-deputado estadual e ex-promotor de justiça do Ministério Público do Maranhão, itapecuruense,Benedito de Jesus Nascimento Neto, Benedito Coroba, é o novo procurador-chefe da Procuradoria Geral do Município (PGM) de Paço do Lumiar. Coroba seria também, segundo informações de sua terra natal, pre candidato a prefeito de Itapecuru Mirim.Ele assume o cargo no lugar de Ivan Wilson de Araújo Rodrigues, que continuará fazendo parte da gestão. O Prefeito Domingos Dutra (PCdoB), durante solenidade realizada na manhã da última terça-feira, dia 11, empossou oficialmente o novo membro da sua equipe de governo. A posse aconteceu no auditório do CSU, no Maiobão, na presença de secretários municipais, assessores e outros integrantes da PGM. Presente também o advogado e ex-presidente da OAB/MA, e ex-secretário de Segurança Pública do Maranhão, Dr; Raimundo Marques, que também integra a equipe da assessoria jurídica de Paço do Lumiar.

Sou a favor da reeleição

Destacado

Faz muito tempo que essa discussão tem povoado as tribunas legislativas, os bares,os lares, as conversas coloquiais, enfim, todas as camadas e ambientes da nossa vida.

Muitos defendem o fim da reeleição como forma punitiva para aqueles que nada fazem em favor do município. Outros empunham a mesma bandeira, porque um ídolo político pelo qual tem essa admiração, defende essa posição.

Ora não seria justo que um prefeito que fez um bom trabalho não possa dar continuidade a esse serviço em favor da sociedade. Estamos punindo uns, porque outros não fizeram seu trabalho a contendo.

E é aí, que sou a favor da reeleição. Sabe por que, porque é um momento de avaliarmos os quatro anos da gestão em curso. Ele, o gestor sendo candidato a reeleição, está se submetendo ao julgamento popular eleitoral.

Mas existem os que defendem a ideia de que o gestor trabalhou no primeiro mandato, para roubar no segundo. Ladrão é ladrão, rouba tanto no primeiro como no segundo.E mais, nós conhecemos aqueles em quem votamos, são pessoas de nosso convívio diário.Se votamos por dinheiro ou outras ofertas, a culpa não é do político,mas do eleitor que se deixou ser comprado.

Mas o que mais chama a atenção, é que existem deputados e senadores que ocupam cargos, alguns até com mais de 20 anos no legislativo. E por que para esses é permitido reeleição sempre? Não seria o uso de dois pesos e duas medidas?

Você se sente bem representado pelo seus legislador nas esferas federal, estadual e municipal? Eles tem correspondido suas expectativas? E então, se não estão atendendo os anseios da sociedade, por que punir apenas os ocupantes do poder executivo, presidente, governador, e prefeito?

Como politico não é profissão, sou a favor que cada um deveria ter direito a eleição e reeleição ao cargo independentemente de poder, e aí pronto, estaria dado a sua contribuição para a sociedade, deixando que outros também pudessem fazê-lo.

Se você não concorda, tem todo o direito, inclusive, o de respeitar meu posicionamento.

Ao lado de Bolsonaro, Moro é ovacionado em jogo do Flamengo

Destacado

O presidente Jair Messias Bolsonaro, ao lado do ministro da Justiça, Sérgio Moro, nos camarotes do estádio Mané Garrincha, em Brasília antes do início da partida entre CSA x Flamengo, válida pela 9ª rodada do Brasileirão na noite desta quarta-feira. Foto: Dida Sampaio / Estadão

O presidente Jair Bolsonaro fez novamente um gesto de apoio ao ministro da Segurança Pública, Sérgio Moro, durante o jogo do CSA x Flamengo nesta quarta-feira,12, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Os dois foram recebidos com aplausos por parte dos torcedores.

O presidente levantou a mão do ministro, enquanto a torcida gritava o nome de Moro. O ministro retribuiu apontando para o presidente. Desde que supostas conversas de Moro com o procurador Deltan Dallagnol foram reveladas pelo site The Intercept, o ministro enfrenta um desgaste.

O presidente já o condecorou publicamente o ministro com a medalha do Ordem do Mérito Naval e os dois almoçaram juntos nesta quarta-feira. Bolsonaro, no entanto, se recusa a comentar sobre a situação do subordinado. Ontem, após evento na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Bolsonaro interrompeu uma entrevista a jornalistas ao ser questionado sobre Moro.

Ao chegar no estádio, o presidente pediu aos torcedores uma camisa do Flamengo para ele e também para o ministro. Ganhou a de número 60. Moro ficou com a de número dez, utilizada pelos craques do futebol. Moro chegou ao estádio de terno e gravata, ao contrário do presidente, que estava de agasalho da Seleção Brasileira.

QUE SIRVA DE EXEMPLO AOS DEMAIS: PREFEITO DE SÃO PEDRO DOS CRENTES REALIZA MUTIRÃO PARA CONSTRUIR CASA POPULAR

Destacado

Considerado por muitos o Sérgio Meneguelli maranhense, Lahesio Bonfim, prefeito do pequeno município de São Pedro dos Crentes, realiza novo mutirão para construir mais uma casa destinada a uma família carente do município, que atualmente mora em uma casa de madeira coberta de palha.

O prefeito maranhense tem ganhado bastante reconhecimento em todo estado do Maranhão, defensor dos mais humildes, Lahesio Bonfim aproveita as horas vagas e longe do gabinete da prefeitura, pega no pesado, apesar de ser médico e um grande empresário e pecuarista na região, ele domina a profissão de pedreiro, como mostra as fotos.

O prefeito agradeceu o apoio de amigos, na realização de mais essa construção. No total, ele já entregou mais de 20 casas construídas com o seu próprio salario de prefeito.

Ontem estivemos em mais uma missão ou melhor mutirão da casa própria, dessa vez vamos mudar esse lar, e a dona Zefa Piauí terá uma moradia decente, meus agradecimentos a todos que participaram, Deti, Ismael, Fábio, Davi (esses pedreiros) e os ajudantes Cloves, Romulo, Adaia, Nonato, Carlim, Serafin e Leonardo.” agradeceu Lahesio Bonfim em uma postagem em uma rede social.

Fonte: Enquantoissonomaranhão 

O Dia na História: Martinho Lutero se casa com Catarina de Bora

Destacado

No dia 13 de junho de 1525, Martinho Lutero se casou com Catarina de Bora, uma ex-freira católica que havia fugido de um convento. Dois anos antes, ela e outras 11 colegas haviam escapado do local. Três delas voltaram para seus lares e as outras foram levadas para se juntarem aos protestantes na cidade de Wittenberg. Lá, o próprio Lutero esperava para ajudá-las a encontrar moradia, maridos e empregos.

Com o passar do tempo, todas já haviam se casado, menos uma: Catarina de Bora. Ela havia se apaixonado por um jovem, mas os pais dele se recusaram a deixar que o casamento acontecesse por causa de seu passado como ex-freira. Ela ficou desolada. Lutero propôs que ela se casasse com outra pessoa, mas ela recusou o homem sugerido.

Quando um amigo de Lutero veio para uma visita, Catarina sinalizou para ele que Lutero seria o tipo de marido que ela aceitaria – apesar da diferença de idade entre ambos, que era de quase dezesseis anos e apesar de Lutero dizer que não se casaria. Quando Lutero escutou as palavras de Catarina, não as encarou com seriedade, mas contou aos pais dele num dia em que foi visitá-los. Ao invés de rir, o pai de Lutero começou a pensar sobre o fato. Lutero já não era tão jovem, e seu pai ainda tinha esperanças de realizar o sonho de ser avô. Aquilo tudo que começou como uma piada, foi ficando cada vez mais sério para Lutero. Casando-se com Catarina, Lutero lhe daria o status de que precisava, daria testemunho da fé contra a vontade do papa, e daria alegria e conforto ao seu velho pai. 

O casamento de Catarina de Bora com Martinho Lutero foi extremamente importante para o desenvolvimento da Igreja Protestante. O ato marcou o rompimento definitivo com os ritos e dogmas do catolicismo. Após o matrimônio, Catarina passou a administrar o Mosteiro Negro, a antiga instituição de freis católicos onde Lutero vivia. O casal teve seis filhos.

Por enquanto, é só espuma

Destacado

Janaína Paschoal1

Vocês me conhecem, sabem que eu não sou do tipo que se apega a teses formalistas, gosto de olhar (bem de perto) o mérito das várias situações. Justamente por isso pergunto: Onde estão as tantas mensagens anunciadas pelo site Intercept? Notem bem o nome do site!!!

Sim, quando o dramalhão começou, as manchetes diziam que o site Intercept iria publicar altas revelações a cada hora. Segundo anunciado, o enorme volume de material estava sendo analisado para tanto… OK, cadê?

Jornalistas me ligaram e enviaram mensagens, indagando o que eu estava achando de tudo isso. Eu só respondi que estava aguardando o material bombástico, para poder me manifestar. E sigo aguardando!

Hilário ler que o CNMP está discutindo em grupo de whatsapp o que fazer com os Procuradores que se falaram em grupo de whatsapp. Será que ninguém percebe o pitoresco da situação? Pena eu não ser uma escritora, fosse, não faltaria material.

Em um país em que parentes de Ministros advogam nos Tribunais Superiores; em que a nata da advocacia criminal faz jantar homenagem ao Presidente da Corte que julgará suas causas; em que o magistrado da causa oferece jantar de aniversário para a parte; em que um ex-Ministro de Estado se refere a um Ministro do STF como “nosso advogado” e ninguém se considera suspeito, DATA VENIA, parece piada querer fazer um carnaval por causa de três frases em um grupo de whatsapp. Faz-me rir!

Vejam, não estou pedindo para impedirem a divulgação do tal material. Sou uma defensora radical da liberdade de manifestação, expressão e do trânsito livre de informação. Só estou dizendo que o site dos psolistas não tem nada. Se tivesse, já teria publicado.

Se algo significativo for publicado, eu volto a avaliar e não tenho medo nenhum de mudar de opinião. Por enquanto, é só espuma! E digo mais, não acredito que esse carnaval tenha o objetivo de livrar Lula (muito embora possam querer usar para tanto).

Na melhor das hipóteses, querem prejudicar a reforma da previdência, que só ajudará o país e as camadas mais desfavorecidas da população. Mas PT e PSOL não se preocupam com o povo, preocupam-se com os sindicatos, com as Associações, com aqueles que têm representação e força.

Bora parar de firula e mostrar logo o que tem aí. O país precisa caminhar, não temos tempo para ficar esperando o show dos psolistas, que não deixam de ser petistas arrependidos.

Janaína Paschoal, advogada, é deputada estadual pelo PSL de São Paulo.

Casal de traficantes é preso com drogas e joias roubadas em Santa Inês

Destacado

Um casal de traficantes foi preso em flagrante por policiais da 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, sob o comando do delegado regional Elson Ramos, na manhã desta quarta-feira (12), com drogas e joias roubadas.
Paulo Ricardo Ribeiro, natural de Pinheiro, e Elza Maria Barbosa Silva, natural de São Bento, foram presos na Rua Tiradentes, no bairro Sabak, onde estava sendo realizada venda de drogas.
No local, os policiais encontraram crack, maconha, loló e um pó branco semelhante a cocaína, que foi levado para o Instituto de Criminalística para comprovar sua substância química. Além disso, foi encontrado dinheiro proveniente da venda das drogas.

Com o casal, foram encontradas joias em ouro roubadas de uma residência, há alguns dias. A vítima de dois assaltantes, que fugiram levando todos os produtos, foi uma revendedora de ouro.
O casal de traficantes foi conduzido para a Delegacia Regional de Santa Inês, onde foram autuados em flagrante e encaminhados ao sistema prisional, ficando à disposição da Justiça.
WhatsApp Denuncia da Polícia Civil (98) 99105-2002.

Dois homens são presos acusados de assaltar loja no centro comercial de Vargem grande

Destacado

Dupla de arrombadores em lojas do Centro Comercial de Vargem Grande.

Depois de tomar conhecimento que mais uma loja do centro comercial de Vargem Grande havia sido arrombada por ladrões, a polícia civil do município, iniciou suas investigações culminando com a prisão de dois elementos.

As 10hs e 30 min da manhã de hoje 12/06, foram presos os elementos conhecidos como Luan Bruno Bezerra Moreira e Agnaldo da Lima Costa por terem praticado crime de furto mediante arrombamento na madrugada de hoje em uma loja Mundo do Real no centro comercial de Vargem Grande.

Com a dupla foram encontrados objetos produtos do furto e arrombamento praticado pela dupla.

A polícia suspeita que essa mesma dupla seja responsável por outro furtos na mesma região da cidade. Os dois serão encaminhados ainda hoje para a Unidade Prisional de Itapecuru onde ficarão a disposição da Justiça.

Homem que tentou matar ex-mulher em motel vai a julgamento nesta quarta-feira (12) em São Luís

Destacado

Será julgado na manhã desta quarta-feira (12) no 1° Tribunal do Júri, no Fórum Desembargador Sarney Costa, Eliezer da Cunha Reis. Ele é acusado de tentar matar a ex-mulher, Weslayne Maiane Correa, dentro do Motel Wall Street, no bairro Areinha.
O crime ocorreu no dia 05 de abril de 2018, por volta das 18h30. Ele foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de tentativa de feminicídio e cárcere privado.

O julgamento será presidido pelo juiz Osmar Gomes dos Santos.
Relembre o caso
Weslayne Naiane Corrêa foi sequestrada e baleada pelo ex-marido porque ele não aceitava a separação.
Ele obrigou a ex-companheira a entrar em um veículo e partiu rumo ao motel. Os funcionários perceberam que algo estava fora do comum por conta dos gritos e chamaram a polícia. Ali ficou claro a situação de sequestro e cárcere.
Weslayne foi socorrida e levada para o Hospital Djalma Marques (Socorrão 1), em estado gravíssimo. De imediato foi levada para o centro cirúrgico do Hospital Municipal Djalma Marques, onde se submeteu a cirurgia para retirada dos projéteis que ficaram alojados na cabeça.
O sequestrador e assassino foi conduzido para o plantão da delegacia do Anjo da Guarda, onde foi autuado em flagrante e deverá responder pelos crimes de tentativa de feminicídio e cárcere privado.
Vizinhos contam que Eliézer e Weslayne tiveram um relacionamento de dois anos, mas haviam terminado há alguns meses. Inconformado, o assassino continuava seguindo a ex e cercando-a sempre.

Decreto ecológico

Destacado

Em 1961, o Presidente da República tinha uma certa competência legislativa exercida através de Decretos, graças à Constituição de 1946. Saulo Ramos incentivou muito Jânio a usar de tal competência, inclusive cometendo algumas inconstitucionalidades, até hoje não contestadas. Não era difícil provocar o entusiasmo de Jânio que, excessivamente inteligente, captava rapidamente ideias novas, sobretudo se fosse de interesse público.

Assim, Jânio e Saulo, numa conversa a sós, sem palpiteiros, discutiram longamente um decreto em defesa da ecologia e do meio ambiente, assunto desconhecido e misterioso, inclusive no exterior. Os dois, porém e atrevidamente, soltaram a imaginação e o pensamento criativo, concluindo que era preciso regulamentar a defesa do meio ambiente.

– Redija hoje, que eu assino amanhã! Hoje, sem falta, mas inclua tudo o que discutimos – Mas hoje é sábado e amanhã é domingo. É preciso colher a assinatura do Ministro da Agricultura para referendar o decreto. E talvez de outros Ministros.

– Não interessa. Quero o decreto amanhã. Talvez seja o domingo o dia em que os brasileiros menos estragam a natureza. Um bom dia para assiná-lo.

Claro que somente recebeu a minuta na segunda-feira e ele próprio, com extremo entusiasmo, redigiu muitos dispositivos. Editou-se o Decreto n° 50.877, em 29 de julho de 1961, um dos primeiros atos normativos, em favor do meio ambiente, editados no mundo!

Para se ter a ideia do pioneirismo, a lei de proteção às águas, na Itália, foi editada muito depois, é de 1976. No Canadá, a norma equivalente é de 1970 e na Suécia, é de 1969.

Na Bélgica e Holanda, o direito positivo passa a editar normas ambientais, sobretudo relativas à defesa das águas, na década de 1980, embora a Holanda tenha tratado, em Lei, da poluição das águas em 1969 e a Bélgica em 1971.

A França, que costuma se antecipar às legislações europeias, surgiu com o regramento ambiental somente em 1971 – Lei n° 76-633, de 19 de julho.

Na Alemanha, a Lei Federal, que apenas sugere precauções para evitar efeitos prejudiciais ao ambiente, é datada de 15 de março de 1974, aperfeiçoada pela lei de proteção às águas em 1976. No Japão, a disciplina legal para a punição dos crimes “relativos à poluição ambiental com efeitos adversos sobre a saúde das pessoas” é de 1970.

Nos Estados Unidos, as normas de proteção às águas datam de 1972 e, na Suíça, de 1971.

Na Argélia, a legislação ambiental é de 1983, quando a lei 83-03, cuida da poluição das águas, proibindo o “lançamento de substâncias sólidas, líquidas ou gasosas, agentes patogênicos, em quantidade e em concentração de toxidade suscetível de causar agressão à saúde pública, à fauna e à flora ou prejudicar o desenvolvimento econômico” (art. 99). Como se vê, o texto reproduz, vinte e dois anos depois, a norma brasileira, editada por Jânio Quadros em 1961.

Na Inglaterra, centro de tantos movimentos ecologistas, a Lei de Controle da Poluição surgiu somente em 1974 e cuida, sobretudo, de descarga e efluentes industriais nos esgotos públicos (art. 43), embora passe pela poluição atmosférica (art. 75) e pela poluição acústica (art. 57 a 74).

Impõe-se registrar, pela importância e pela larga previsão, o Decreto n° 50.877, de 29 de julho de 1961, do Presidente Jânio Quadros, dispondo sobre o lançamento de resíduos tóxicos ou oleosos nas águas interiores ou litorâneas.

O ato normativo de Jânio Quadros proibiu terminantemente a limpeza de motores de navios no mar territorial brasileiro e foi mais longe: regulou o lançamento “às águas de resíduos líquidos, sólidos ou gasosos, domiciliares ou industriais, in natura ou depois de tratados”, permitindo-os somente quando “essa operação não implique na POLUIÇÃO das águas receptoras”.

Neste decreto, a palavra “poluição” ingressou no direito positivo brasileiro com o sentido que tem hoje, diverso ou mais ampliado daquele adotado pelo verbo “poluir” do nosso Código Penal. Está definida pela própria norma em seu artigo 3°, verbis: “Para os efeitos deste Decreto, considera-se poluição qualquer alteração das propriedades físicas, químicas ou biológicas das águas, que possa importar em prejuízo à saúde, à segurança e ao bem-estar das populações e ainda comprometer a sua utilização para fins agrícolas, industriais, comerciais, recreativos e, principalmente, a existência normal da fauna aquática.”

Ironia do destino: quase trinta anos depois, Jânio Quadros era prefeito de São Paulo e Saulo Ramos Ministro da Justiça. Um dia Saulo visitou o ex-Presidente. Entre muitos assuntos, lembraram do decreto ecológico. E lamentaram: se aquele decreto houvesse sido respeitado e aplicado, São Paulo não teria perdido os rios Pinheiros e Tietê.

Nelson Valente é professor universitário, jornalista e escritor.

Congresso aprova projeto de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões

Destacado

Deputados e senadores aprovaram nesta terça-feira (11), em sessão do Congresso Nacional, o projeto que concede ao Executivo autorização para quitar, por meio de operações de crédito, despesas correntes de R$ 248,9 bilhões. A aprovação foi unânime entre os presentes, com 61 votos de senadores e 450, de deputados. A matéria segue para sanção presidencial.  

Segundo a equipe econômica do governo, a autorização do Congresso para o crédito extra é fundamental para garantir o pagamento de subsídios e benefícios assistenciais, sem descumprir a chamada regra de ouro, que impede o governo de se endividar para pagar despesas correntes, como salários. A votação foi possível após acordo entre os partidos e o governo federal. Somente nesta terça o texto foi aprovado na Comissão Mista de Orçamento e liberado para votação no plenário do Congresso.

Entre as demandas dos parlamentares estava a derrubada de quatro vetos presidenciais, que trancavam a pauta de votação. Além disso, parlamentares negociaram o retorno de repasses de R$ 1 bilhão para o Programa Minha Casa, Minha Vida; de R$ 330 milhões para bolsas de pesquisa científica; e de R$ 550 milhões para obras da transposição do Rio São Francisco.

Outro ponto reivindicado pelos congressistas, e garantido pelo acordo, segundo a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hassalmann (PSL-SP), vai assegurar que as universidades e os institutos federais tenham R$ 1 bilhão liberados e, assim, não correrão risco de ter as atividades básicas suspensas neste ano.

Vetos

Entre os vetos derrubados nesta terça-feira (11) por deputados e senadores está o dispositivo que dispensa a pessoa com HIV/Aids aposentada por invalidez de realizar reavaliação pericial. Atualmente, a Lei de Benefícios da Previdência Social (8.213/91) já permite que o segurado aposentado por invalidez seja convocado para avaliação das condições que motivaram a aposentadoria, concedida judicial ou administrativamente.

Os parlamentares também derrubaram o veto a trechos do projeto de lei de conversão da Medida Provisória 843/18, que isenta do pagamento de IOF e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de carros híbridos ou elétricos por parte de taxistas e pessoas com deficiência.

Congressistas derrubaram veto para permitir às fundações de apoio de universidades públicas e de centros de pesquisa gerirem os novos fundos patrimoniais criados pela MP 851/18. Esses fundos poderão ser abastecidos com recursos privados para projetos específicos.

Também foi rejeitado o veto ao Projeto de Lei 1321/19 para evitar que os partidos tenham de devolver ao Tesouro Nacional as doações ou contribuições feitas em anos anteriores por servidores públicos que exerçam função ou cargo público de livre nomeação e exoneração, desde que filiados a partido político.

Deputados e senadores mantiveram o veto em relação a dispositivo do Projeto de Lei 10.431/18, que determinava ao Executivo a adoção de procedimento célere, sigiloso e preferencial para internalizar resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas com sanções acerca de bens que financiam o terrorismo e pessoas envolvidas nesse tipo de crime. Para o governo, o trecho era contraditório com outro dispositivo da lei.

Reação

Logo após a aprovação da matéria no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro parabenizou o Congresso Nacional.

Jair M. Bolsonaro@jairbolsonaro

👍
🇧🇷

Por 450 x 0 votos na Câmara e 61 x 0 no Senado, O PLN 4 ESTÁ APROVADO! Com isso, poderemos garantir o pagamento de benefícios aos mais necessitados, como idosos com deficiência, BPC e Bolsa Família. Parabenizo o Congresso pela consciência e responsabilidade nesta aprovação! Fonte Agência Brasil.

Ainda em hospital, paciente tetraplégica realiza o sonho de se casar

Destacado

A cerimônia, que comoveu e ganhou repercussão na internet, aconteceu no hospital Macrorregional de Coroat|


Maria Solange da Conceição Lobão, de 41 anos, natural da cidade de Barra do Corda-MA, tinha o sonho de um dia se casar e viu esse sonho desmoronar quando há três meses sofreu um grave acidente que resultou em uma lesão irreversível na coluna. A ideia de estar tetraplégica parecia acabar com qualquer sonho, mas não para a direção do Hospital Macrorregional de Coroatá.

Comovidos com a história, funcionários da unidade de saúde organizaram uma grande surpresa: proporcionar a realização do sonho de Maria Solange.

Ainda em uma maca, ao lado do marido Enoque Chaves Filho, de 46 anos, Solange recebeu amigos, familiares e um pastor da Assembleia de Deus de Barra do Corda, que veio especialmente para realizar a cerimonia.

Para o diretor Administrativo do Macrorregional, Fanfan Bezerra, “essa foi a maneira de ajudar o casal a realizar o sonho, e que a união dos dois provam que o amor vence barreiras e dificuldades”.

PRF em Porto Franco prende suspeita de receptação de 121 celulares roubados na cidade de Goiânia

Destacado

Os 121 celulares estavam em duas malas no bagageiro de um ônibus interestadual

No dia 10 de junho de 2019, por volta das 18h10, em frente à Unidade Operacional da PRF em Porto Franco/MA, no Km 156 da BR 010, em abordagem de rotina, policiais rodoviários federais deram ordem de parada a um ônibus da empresa Satélite Norte que fazia a linha Goiânia/GO – Belém/PA.
Após revistas aos passageiros e verificação das bagagens, foram encontrados em duas malas a quantia de 121 celulares que estavam na posse de uma passageira de 25 anos, natural de Belém/PA. Ela informou que não tinha nota fiscal dos aparelhos e que comprou todos em Goiânia/GO, numa avenida próximo à rodoviária, de um homem desconhecido e que os revenderia em Belém/PA.

Devido a quantidade de celulares, muitos deles com restrição na Anatel, sendo todos usados, a maioria bloqueados com senha, e por se tratar de bem móvel de uso pessoal e sem comprovação de origem lícita, a passageira e os eletrônicos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil em Estreito/MA.
Fonte: PRF

Petrobras anuncia nova redução do preço da gasolina nas refinarias

Destacado

A Petrobras informou que vai reduzir em 3% o preço médio da gasolina nas suas refinarias a partir desta terça-feira (11). O valor médio do litro passará de R$ 1,8144 para R$ 1,7595, uma redução de 5 centavos. Já o preço do diesel foi mantido inalterado.

Trata-se da segunda redução da gasolina no mês. No dia 1º de junho, a Petrobras reduziu o valor da gasolina em 7,16% e o do diesel em 6%.

A Petrobras decide seus preços de combustíveis com base em fatores como a cotação internacional do petróleo e o câmbio, mas uma sistemática em vigor desde setembro prevê o uso de operações de hedge para permitir um espaçamento maior entre os reajustes.

Papa aprova oficialmente mudança na oração do Pai Nosso

Destacado

Papa Francisco aprovou oficialmente uma mudança na oração do Pai Nosso, descrita em Mateus 6:13, que substitui o trecho “não nos deixes cair em tentação” por “não caiamos em tentação”.

Segundo informações do site uCatholic, o Vaticano promulgou a mudança no dia 22 de maio, durante a Assembleia Geral da Conferência Episcopal da Itália.

O Papa acredita que a nova versão é melhor porque a primeira tradução implica que Deus leve as pessoas à tentação, uma ação que é contra a sua natureza como um Deus bom e santo.

“Um pai não faz isso, um pai ajuda você a se levantar imediatamente”, disse Francisco sobre o versículo em questão. “É Satanás quem nos leva à tentação, esse é o departamento dele”.

Durante anos, os cristãos lutaram com o significado real por trás de “não nos deixes”. Depois de mais de 16 anos de estudo, alguns pesquisadores bíblicos dizem que uma melhor tradução da escritura seria: “Não nos abandones quando formos tentados”.

O falecido teólogo Charles Spurgeon explicou durante um sermão em 1863 que a palavra “tentação” em Mateus 6:13, na verdade, contém dois significados: tanto a tentação do pecado como das provações e tribulações.

Embora Spurgeon concorde que Deus não nos tenta, ele argumenta que Deus nos envia provações e situações em que a tentação para com o pecado está sempre presente.

“Deus não tenta homem algum”, disse Spurgeon. “Para Deus, tentar no sentido de atrair ao pecado [é] inconsistente com a Sua natureza, e totalmente contrário ao Seu conhecido caráter. Mas para Deus, nos conduzir para os conflitos com o mal que chamamos de tentações, não é apenas possível, mas é habitual”.

A Igreja Católica está usando a Vulgata — a tradução para o latim da Bíblia — para tentar determinar o melhor fraseado. Mas Spurgeon argumentou em seu sermão que ele acredita que a versão original grega, que diz “não nos deixes”, é a melhor.

O Dr. Corne Bekker, da Escola de Divindade da Universidade Regent, em Virgínia (EUA), concorda com a análise de Spurgeon. Ele disse à CBN News que acredita que a grande questão é: “Qual é o propósito da tentação?”

“Deus permite que sejamos tentados, e eu acho que duas coisas acontecem: nós nos conhecemos um pouco melhor e, é claro, aprendemos que não temos nenhum recurso contra o pecado. Mas o mais importante é que conhecemos o próprio Deus. Nós temos que lembrar a próxima frase na oração do Pai Nosso — ‘mas livra-nos do mal’. Ele é capaz de fazer isso”, explicou Bekker.

Professor é alvo de tiro na Universidade Federal de Pernambuco

Destacado

O professor Sérgio Benício, da Universidade Federal de Pernambuco, publicou em suas redes sociais fotos da janela de sua sala, no campus da universidade, quebrada após, segundo ele, ter sido alvejada por um tiro.
Na postagem, Benício afirmou que um projétil foi disparado e por pouco não o atingiu.
“É com muita preocupação que relato o ocorrido hoje na minha sala da UFPE. Sei que “vivenciamos tempos muito estranhos”, mas nunca imaginei me deparar com a seguinte situação: Um projetil foi disparado conta minha sala. Como podem ver na imagem, penetrou a janela na imediação da minha mesa. Por pouco não me atingiu. Chamei a segurança institucional da UFPE imediatamente para que fizessem o boletim de ocorrência e tomassem as providências cabíveis. Espero que tenha sido algo aleatório, mas como professores da UFPE foram alvo de ameaças no começo do ano, não posso descartar a hipótese”, relatou o professor.

O superintendente de Segurança Institucional da UFPE, Armando Nascimento, pediu que a Polícia Federal fizesse uma perícia para determinar se houve um disparo ou se o ocorrido foi resultado de uma obra que está sendo feita ao lado da sala do professor.

No último fim de semana, circularam nas redes sociais informações sobre o plano de um ataque no Campus Recife, o principal da UFPE.
Em nota, a universidade disse que a articulação do ataque surgiu em um grupo da deep web e prints da discussão passaram a circular nas redes.

A Superintendência de Segurança Social da universidade informou que a Polícia Federal e a Secretaria de Defesa Social já estão monitorando o caso, com a própria segurança da UFPE.

Hoje na História: Travada a Batalha Naval do Riachuelo, umas da mais importantes da Guerra do Paraguai

Destacado

A Batalha Naval do Riachuelo, ou apenas Batalha do Riachuelo, ocorreu no dia 11 de junho de 1865 e é considerada uma das mais importantes da Guerra do Paraguai (1864-1870) por historiadores e militares. O confronto ocorreu às margens do Riachuelo, um afluente do rio Paraguai, na província de Corrientes, na Argentina. De um lado estavam as tropas do Paraguai e, do outro, as do Império do Brasil. PUBLICIDADE

Na época do conflito, o acesso aos rios na região da Bacia do Prata era estratégico, já que não havia estradas por ali até a segunda metade do século XX. O Paraguai não possuía uma saída direta ao mar, e a bacia era controlada por Argentina e o Uruguai. Este último, por sua vez, vivia ameaçado por tropas do Império do Brasil e da Argentina. 

Os paraguaios já haviam ocupado áreas do atual Mato Grosso do Sul, no Brasil, e caso ganhassem a batalha do Riachuelo, poderiam descer pelos rios e conquistar Montevidéu, no Uruguai, além de ocupar o atual Rio Grande do Sul. 

Para a batalha, a Força Naval Brasileira contava com nove navios e um total de 2.287 homens, chefiados pelo Almirante Francisco Manuel Barroso da Silva. No lado do Paraguai, havia oito navios armados e, aproximadamente, 1200 homens, sob o comando do Comodoro Mezza.

O confronto iniciou às 8h30 daquele dia e se encerrou às 17h30, com vitória do Almirante Barroso. A conquista foi muito importante para a Tríplice Aliança, que passou a controlar os rios da Bacia do Prata até os limites com o Paraguai, ganhando vantagem logística e também fechando os acessos paraguaios por aquela rota. Do lado dos derrotados, foram 351 mortos e 567 feridos, além de quatro navios afundados. Pelo Império do Brasil, morreram 104 pessoas, outros 142 foram feridos, além de 20 desaparecidos e um navio afundado.

Mesmo presos, traficantes comandavam a distribuição de drogas em bairros de São Luís; quadrilha foi desarticulada

Destacado

Os detentos Wendel Marcel Machado Urbano e Carlos Evandro Viana, que cumprem pena no sistema penitenciário, continuavam no comando do tráfico de drogas em bairros de São Luís. 
A informação é da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) que deflagrou, na manhã dessa segunda-feira (10), a Operação “Longa Manus”.
Além de Wendel Urbano e Carlos Viana, que já se encontram custodiados, foram presas Fernanda da Silva Urbano, Danyelle da Silva Urbano e Luana Lima Ribeiro.  Eles integram uma associação criminosa voltada para o tráfico de drogas com atuação dentro e fora dos presídios.

Os dois detentos, utilizando-se de aparelhos celulares adquiridos ilegalmente dentro do presídio, determinavam que terceiros realizassem a compra, venda e distribuição de drogas em toda a ilha de São Luís, a partir do Bairro Liberdade.
Após investigação, ficou contatado que, para a prática criminosa, Wendel se valia das suas filhas Fernanda e Danyelle. Já Carlos Evandro se utilizava da sua companheira Luana para executar os crimes.
Após cumpridos os mandados de prisão, os presos foram interrogados e, em seguida, encaminhados ao Sistema Prisional, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário

Direito de defesa

Destacado

Meu saudoso pai possuía pequeno revólver Smith&Wesson, calibre .32, com tambor para cinco cartuchos. O revólver niquelado, com coronha de madrepérola, ficava na cômoda, sob lençóis e cobertores. Jamais foi disparado. Em situação idêntica o avô materno mantinha antiquíssima garrucha de dois canos, calibre 320. Nunca saiu da gaveta, onde estava escondida, guardada a sete chaves.

No passado, em Capivari, minha cidade natal, eram incomuns episódios de violência. O delegado de polícia e os soldados da Força Pública pouco tinham o que fazer, salvo deter alguém embriagado, comparecer a jogos de futebol para impedir brigas entre torcedores, policiar quermesses. Acidentes de trânsito com vítimas, furtos, roubos, assaltos, homicídios, eram quase desconhecidos.        Naquela época, adquirir um revólver ou espingarda era simples. Bastava comprovar a identidade e a residência. A loja se encarregava do registro na Secretaria de Segurança Pública. Quem desejasse licença para portar arma enfrentava formalidades mais detalhadas. O interessado deveria explicar o motivo pelo qual considerava necessário transitar com arma de fogo na cintura. O controle exercido pelo serviço de segurança estadual, por meio das delegacias de polícia, bastava para evitar abusos. Flamínio Fávero, célebre autor de livro de Medicina Legal, mostrava estatísticas reveladores de que a maioria dos crimes resultava de casos passionais ou de alcoolismo. O consumo de drogas como heroína, cocaína, crack, maconha, viria a atingir níveis alarmantes a partir dos anos de 1970 transformando-se no grave flagelo social dos nossos tempos. O Rio de Janeiro nos mostra os níveis a podem chegar a corrupção desarmada e delinquentes munidos de pistolas, fuzis automáticos e metralhadoras contrabandeados.

A política do desarmamento não surtiu os resultados imaginados. Alcançou pessoas honestas, trabalhadoras, atemorizadas pela violência que tomou conta do País que reivindicam o direito de ter na residência, casa comercial ou propriedade rural, arma de fogo da qual possam se valer em situação de necessidade.

Resido na maior e mais rica cidade do País. Bairros elegantes, com residências de alto padrão, tornaram-se inseguros. Mansões foram desocupadas e não encontram quem deseje alugá-las ou adquiri-las. Os motivos são conhecidos e me abstenho de explicitar para não ser acusado de preconceituoso. Moradores de imponentes edifícios levantam muros onde são fixados fios eletrificados. Empresas de vigilância são contratadas. Há controle permanente de quem entra ou sai. Lojas, restaurantes e cinemas de rua perderam clientes para shoppings, onde frequentadores podem estacionar os veículos.

Homens e mulheres temem a violência. Defendo o direito de se armarem, para terem condições de, se necessário, exercerem a legítima defesa. Quanto ao porte, caberá a interessado formular requerimento justificado, e à Polícia Federal decidir em que circunstância o pedido será deferido.

Todos os dias, temos acidentes fatais de motocicletas. A ninguém ocorre a estapafúrdia ideia de proibir que sejam utilizadas. O trânsito, apesar de regulamentado e policiado, mata mais do que armas de fogo.

Sou pacífico e desarmado. Exijo, porém, para mim e para outros, em semelhantes condições, o direito de opção pela compra de arma de fogo. Participei da luta pela redemocratização e entendo que, no Estado de Direito, o cidadão tem o direito fundamental de se proteger. Respeito quem pensa em sentido contrário. Afinal, é assim que funciona o regime democrático.

Lembro, porém, que para destruição de uma vida ou de uma família não se faz indispensável o uso de arma de fogo ou de arma branca. A palavra maldosa, a calúnia, a mentira, bastam.

Almir Pazzianotto Pinto, advogado, foi Ministro do Trabalho e presidente do Tribunal Superior do Trabalho.

Polícia Militar de Codó já apreendeu 40 armas de fogo e recuperou 43 veiculos nos últimos 05 meses

Destacado

Ao todo, 40 armas ilegais foram apreendidas pela Polícia Militar e 43 veículos recuperados, só esse ano.

Se comparando com o ano passado, em que neste mesmo período foram retiradas de circulação 34 armas de fogo e recuperados 51 veículos.

Para ele, o trabalho de retirada de circulação de armas de fogo é valoroso no contexto de mitigação do comportamento criminoso. “Quando você tira uma arma de circulação, você evita uma série de crimes – roubos, homicídios, estupros. Temos apreendido muitas armas de fogo, o que enfraquece os ladrões, que vão ter ‘problema’ para prática de assaltos de mãos limpas”, exemplifica o coronel Juranddir

o Blog Codo Noticias parabeniza mais uma vez o brilhante trabalho da nossa policia em Codó, mesmo com dificuldades esta nas ruas 24 protegendo a nossa população.

Olhando a História: Morre o poeta Luís Vaz de Camões

Destacado

Luís Vaz de Camões, escritor, é considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa. Nasceu no ano de 1524 e faleceu em 10 de Junho de 1580. Sua obra situa-se entre o classicismo e o maneirismo de alguns de seus sonetos, como o conhecido Amor é fogo, que anunciava a aproximação do barroco. Hoje em dia o Prêmio Luís de Camões, instituído em 1988 pelos governos do Brasil e Portugal, é o mais importante em língua portuguesa. Entre as obras de Camões que se destacaram estão: Amor é fogo que arde sem se ver (1595),Verdes são os campos (1595), Que me quereis, perpétuas saudades¡ (1595), Sobolos rios que vão (1587), O Rei Seleuco (1587), Auto de Filodemo e Anfitrões (1587).

PM e namorada são baleados durante assalto no BB do Jaracati, em São Luís; um dos assaltantes é capturado

Destacado

Após o assalto, o PM reagiu e atingiu um dos assaltantes, 
Raphael Yuri, com vários disparos

Um policial militar, identificado como soldado Bernardo, e sua namorada foram baleados, na noite desse domingo (9), dentro da agência do Banco do Brasil do Jaracati, na Avenida Professor Carlos Cunha, em São Luís.
De acordo com informações divulgadas em áudios de PMs no WhatsApp, o casal entrou no estabelecimento para fazer um saque e foi surpreendido por dois homens, que anunciaram o assalto e pediram que fosse sacado todo o limite permitido.

No entanto, o militar disse que não tinha limite suficiente para fazer saques volumosos, o que impediu o roubo de um valor grande.
No momento em que os assaltantes deixavam a agência, o soldado Bernardo, que estava deitado no chão, sacou sua arma e efetuou vários disparos. 

Os bandidos revidaram e acertaram o joelho do policial e um tiro nas costas de sua namorada.
O PM informou que alvejou um dos bandidos com oito tiros. A pistola .40 usada pelo assaltante caiu dentro da agência.
Os bandidos fugiram em um veículo Palio, mas um deles foi capturado. Ele foi alvejado com vários tiros, principalmente nos braços e mãos, e teria sido identificado como Raphael Yuri Araújo Pereira, conhecido como “Yuri”, de 27 anos. 
Ele foi preso pela última vez no dia 10 de dezembro de 2018, mas foi liberado 18 dias depois.
O militar, que ingressou na PM em 2014 e é lotado no 9º BPM, está fora de perigo. A namorada dele foi encaminhada para o hospital UDI.

Ladrões na embaixada

Destacado

Na chefia do setor político e de imprensa da Embaixada em Santiago fui designado pelo Embaixador Jorge Ribeiro para acompanhar, em seu nome, a delegação de parlamentares da oposição brasileira, chefiada pelo Deputado Fernando Gasparian, que participaria de um Fórum pró-democracia, em um modesto hotel cêntrico da capital, a convite da aliança de partidos opositores ao regime do General Augusto Pinochet.

Jorge Ribeiro, o nosso embaixador tinha o perfil do que chamamos no Nordeste do Brasil de “cabra macho”. Tinha exercido a chefia do Cerimonial do General Ernesto Geisel, no Palácio do Planalto, e tinha fama de disciplinado e rigoroso. Em Água Branca, no sertão de Alagoas, quando o General Geisel foi ao lançamento das obras do canal do sertão, este mesmo que estão concluindo agora, depois de jorrarem centenas de milhões de cruzeiros, cruzados, cruzeiros novos e reais pela boca do ladrão de suas tubulações, foi confundido por sertanejos simples e observadores, como se fosse o Presidente da República. Jorge Ribeiro era quem dava as ordens ao General sobre onde se posicionar e mostrava o relógio para cumprimento do horário. Os meus conterrâneos tiveram a certeza, assim, de que aquele homenzarrão louro e com autoridade era o Presidente do Brasil, e não o pacato Geisel.

O embaixador, para desespero do governo pinochetista, ofereceu não só todo o possível apoio logístico à delegação chefiada por Gasparian, como também promoveu um jantar inesquecível reunindo nossa delegação com todos os partidos opositores e suas lideranças, no palacete que pertenceu à família Edwards e é patrimônio histórico chileno. A delegação brasileira tinha alhos e bugalhos. Políticos sérios e respeitáveis, como o próprio Gasparian, e os turistas sem vergonha que aproveitam essas missões para viajar e se divertir com o dinheiro público.

NotíciasRelacionadas

Orçamento impositivo dá caneta ao Congresso

As individuais

Terminado o jantar fui procurar, um a um, os nossos parlamentares para conversar sobre a agenda do outro dia. Choque: Um pequeno bando , liderado por um  deputado do MDB De São Paulo, que ganhou fama gritando impropérios contra o regime Pinochet, estava esvaziando  caixas de prata e roubando os caríssimos charutos cubanos, comprados do próprio bolso pelo Embaixador. Alguns também enfiavam pequenos artefatos de prata nos bolsos das calças e dos paletós. Não deram a mínima quando viram que eu vi. Mas saíram apressados da residência quando me viram ir conversar com o Embaixador e com sua esposa, a suave  e inteligente gaúcha Inês Lívia Pellegrini.

Decepção. Nosso Parlamento, nossa Embaixada, nossa bandeira.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.

Vereadora tem mandato cassado pela justiça e suplente assume em Santana do MA

Destacado

A Câmara de Vereadores do município de Santana do Maranhão teve uma troca de vereadores nesta semana.
Em cumprimento de sentença da Juíza de Direito Claudiane Morais de Oliveira, em Ação de Improbidade Administrativa formulada pelo Ministério Público, deixa a Casa Legislativa a vereadora Maria dos Milagres Coelho Silva, a Milagres do Cecílio (PRP) e assume Sebastião de Almeida Araújo, o Sebastião da Alzira (DEM).
Milagres tinha um processo em andamento ainda da época que foi presidente da Câmara, no entanto, o caso ainda não tinha sido julgado, o que permitiu que ela se candidatasse nas eleições de 2016 e, eleita, conseguisse assumir o mandato.
Acontece que nesse tempo o processo seguiu seu rito normal de tramitação na esfera judicial, e agora, veio a condenação da vereadora, que teve seus diretos políticos suspensos bem como a perda do cargo público.
Uma causa preponderante para Maria dos Milagres perder o mandato foi o fato dos advogados da vereadora terem pedido o prazo processual, e portanto, não conseguiram recorrer da decisão inicial.No despacho da Juíza Claudiane Morais de Oliveira, titular da Comarca de São Bernardo, a qual pertence Santana do Maranhão, a magistrada também manda oficiar o Município, Estado e União para que tomem conhecimento da condenação da vereadora Milagres do Cecílio e cumpram sentença no tocante à proibição de Maria dos Milagres em contratar com o Poder Público, bem como receber benefício e incentivos fiscais desses poderes executivos.
A Juíza determinou, ainda, a devolução dos valores [leia-se salários] recebidos pela parlamentar no exercício da função.

Confronto entre ciganos aterroriza população e deixa vários mortos no MA

Destacado

      

Uma confronto entre ciganos na manhã deste domingo (9) na cidade de Coelho Neto, aterrorizou a população. A intensa troca de tiros, terminou com 4 homens mortos e 5 pessoas feridas, entre elas uma criança. O confronto entre ciganos rivais aconteceu nas proximidades do Mercado Público Municipal de Coelho Neto em horário de grande fluxo de pessoas.

De acordo com informações de populares, acredita-se que a intensa troca de tiros pode ter sido motivadas por acerto de contas, já que um grupo de ciganos teria chegado em um carro já atirando à queima-roupa e as vítimas passaram a revidar; todos eram ciganos de Coelho Neto e região.

Um dos ciganos que estava no veículo morreu, os outros três ciganos mortos estava no mercado. Os corpos devem ser encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Timon e os feridos foram socorridos e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Coelho Neto. Nenhum popular foi atingido.

A Policia Militar faz buscas na região para prende os suspeitos, apenas um dos ciganos que se feriu foi preso. O resto do bando conseguiu fugir após abandonar o veículo.

Um ano sem Nini

Destacado

Eurídice Garret Barros (Nini)

Parece inacreditável. Mas por uma dessas desagradáveis surpresas que o tempo nos reserva, há um ano perdemos do nosso convívio, a adorável Eurídice Garret Barros, a nossa Nini.

Para quem a conheceu, Nini não é passado, está presente em todas as boas ações que praticamos. A sua voz incomum, chamava a atenção de todos, quando ecoava nos ares e lares de Vargem Grande, através da Voz do Santuário, que a notabilizou, como guardiã dos prestadores de serviços voluntários a comunidade.

Eu por exemplo, comecei a minha vida em locução plagiando a Nini. Uma determinada vez ao ler um aviso na Voz do Santuário,o nosso saudoso amigo Rubens Carvalho, me disse: Meu filho, você está falando igual a Nini. Lembro-me como se fosse hoje, como fiquei orgulhoso daquela comparação.

Nini sempre foi surpreendente no modo de servir. A alguns anos, num gesto simples e que parece pequeno, inaugurou sem alardes e sem propaganda um bebedouro em sua residência, para dar água aqueles que tem sede. E quantos seguiram seu exemplo? Não conheço ninguém. Ou me falta a memória, ou me falta o primeiro.

Era assim a Nini, sempre insuperável em sua maneira simples e gentil de ajudar os menos favorecidos, acolhendo sempre os mais necessitados. Foi e é uma referência para tantos quantos queiram praticar o bem.

Foi vivendo para os outros, que engrandeceu a sua alma para se sentir feliz na presença de DEUS.

Nini não está ausente mesmo estando distante. Ela está presente sempre que um sino badala chamando para as Missas, quando ecoa um aviso pela Voz do Santuário, ou mais nitidamente quando ecoa os dobrados pelos céus de nossa terra.

Obrigado Nini por tudo que foste para todos nós, e pelo muito que representas, para tantos quantos tiveram a felicidade de conhece-la, e partilhar de sua amizade. Fica com DEUS, você merece está junto dele.

Coronel Monteiro é recebido pelo vice-presidente da República em Brasília

Destacado

   

O superintendente de Patrimônio da União no Maranhão e coordenador do movimento político Endireita Maranhão, José Monteiro, ou Coronel Monteiro,  esteve na última sexta-feira (7) em Brasília.

Monteiro esteve no Ministério da Agricultura e na vice presidência com General Mourão apresentando algumas demandas do estado do Maranhão.

Já no Ministério da Agricultura, Coronel Monteiro apresentou o potencial agrícola do Maranhão e cobrou mais investimentos no setor.

De olho na história: Assassinato de Nero

Destacado

O imperador romano Lúcio Cláudio Nero nasceu em 15 de dezembro do ano 37 e morreu em 9 de junho de 68. No final do ano 67 ou princípios do ano 68, Caio Júlio Víndice, governador da Gália Lugdunense, rebelou-se contra a política fiscal de Nero. O imperador enviou Lúcio Virgínio Rufo, governador da Alemanha Superior para sufocar a revolta e Víndice, com o objetivo de procurar aliados, pediu apoio a Galba, governador da Hispânia Tarraconense. Virgínio Rufo, no entanto, derrotou Víndice e este suicidou-se. Galba, por sua vez, acabou sendo declarado inimigo público. Nero havia recuperado o controle militar do Império, mas em contrapartida foi utilizado por seus inimigos em Roma. Em junho de 68, o senado votou que Galba fosse proclamado imperador e declarou Nero inimigo público, utilizando para isso a Guarda Pretoriana, que havia sido subornada. Ante esta situação, Nero fugiu e pediu a um de seus secretários que o assassinasse com uma faca. Depois de sua morte o Império desapareceu numa série de guerras civis conhecidas como o Ano dos Quatro Imperadores.

Vereador de Codó usa caminhonete com registro de roubo; ele diz que veículo foi comprado legalmente em Brasília

Destacado

O vereador Leonel Filho, da cidade de Codó, a 307 km de São Luís, está utilizando uma caminhonete, placa QNO-6402, de Brasília-DF, com registro de roubo. A revelação foi feita pelo blogueiro Leonardo Alves, em consulta ao sistema do Denatran neste sábado (8).
A consulta foi feita após o veículo ser flagrado estacionado em frente a uma rampa de acesso para pessoa com deficiência, no Centro da cidade. A restrição e o alerta foram feitos ontem, sexta-feira (07), no sistema do Denatran.

Ao blogueiro Marco Silva, o parlamentar explicou que comprou o carro há cerca de seis meses e fez todo o procedimento legal para a transferência do veículo para seu nome. Ele disse que comprou o carro em Brasília e o levou ao Detran.
“Consultaram o veículo, tava todo legal, tanto que foi passado para meu nome. Não constava nenhuma irregularidade no carro e agora aparece isso. O Detran vai ter que explicar o que está acontecendo”, explicou Leonel
O vereador disse que sempre viaja com o veículo, que tem até seguro. Ele garantiu que não sabe explicar o motivo do carro constar como roubado/furtado
“O carro tá no meu nome. Somente eu poderia registrar o roubo. Então eu não sei explicar o que aconteceu e quem fez isso. O Detran vai ter que responder por isso, vai ter que ser responsabilizado”, acrescentou.
Leonel Filho explicou que neste domingo (9) vai procurar seu advogado e o delegado regional de Codó para saber que medidas deve tomar para resolver a situação.
Sobre estacionar o veículo na rampa de acesso para cadeirantes, Leonel disse que o carro estava ligado e ele desceu apenas para pegar uma pessoa.

Por um Pacto Suprapartidário pela Educação

Destacado

Maria José Rocha Lima0

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, clamou por um pacto suprapartidário pela educação. Depois de se pronunciar sobre o momento difícil que vive o Brasil, o ministro  afirmou que “ o novo presidente deve procurar denominadores comuns, consensos básicos capazes de unir todos os brasileiros”.
Para  o ministro,  são três:  a) um pacto de integridade para substituir o pacto oligárquico que tem prevalecido até aqui. Um pacto de integridade para elevar a ética geral do país envolve duas regras: (i) na ética pública, não desviar dinheiro nem ceder às chantagens fisiológicas da velha política; e (ii) na ética privada, não passar os outros para trás. O pacto de integridade precisa de uma reforma política capaz de baratear o custo das eleições, aumentar a representatividade democrática do Congresso e facilitar a governabilidade. Eu continuo a achar que deveríamos experimentar o voto distrital misto, no modelo alemão; b) um pacto pela responsabilidade fiscal. Foi o descontrole das contas públicas que nos trouxe a este quadro de recessão, desemprego e desinvestimento. A urgência da reforma da previdência não é uma questão ideológica, mas aritmética. Se não fizermos logo, vamos entregar um país arruinado para os nossos filhos. Também é preciso acabar com o aparelhamento político das empresas estatais com gente desonesta. Provavelmente, a melhor solução será vender boa parte delas;  c) um pacto suprapartidário pela educação.

Professores “são
músculos e ossos”
do sistema educacional

Chama-nos a atenção este ponto.  O ministro  Barroso relembra  quando da sucessão da presidente Dilma Roussef, pelo presidente Michel Temer, que a grande discussão entre os formadores de opinião era quem seria o ministro da Fazenda, quem seria o presidente do Banco Central, quem seria o presidente do BNDES. A educação, que todos dizem que é prioridade, entrou no racha geral. Precisamos dos melhores nomes, dos projetos que deram certo pelo mundo afora e precisamos blindar a educação do varejo da política. Tivemos cinco ministros da Educação em quatro anos e meio. Não há política pública que resista a essa descontinuidade.
Disse ainda, o ministro, que, ao contrário de outras áreas, em tema de educação já temos alguns diagnósticos precisos: (i) não alfabetização da criança na idade certa; (ii) evasão escolar no ensino médio; e (iii) déficit de aprendizado, isto é, os jovens terminam o ensino fundamental e o ensino médio sem ter aprendido o essencial. E há uma solução que tem sido chancelada por pesquisas recentes: a ênfase na educação infantil de zero a três anos, fase em que o cérebro da criança é uma esponja que absorve todas as informações que lhe são passadas. Esta é a hora de dar nutrição, afeto, respeito, valores e capacidades cognitivas”.
O ministro propõe o pacto, aponta soluções de alguns problemas e expõe a demagogia da maioria dos governantes, executivos e legisladores brasileiros, que discursam sobre educação como prioridade, mas a prática atropela o discurso. Eu achei admirável a denúncia acompanhada de proposta. Corroboramos a posição do ministro Barroso de que nos discursos a educação é prioridade, os professores “são músculos e ossos” do sistema educacional , mas nos atos políticos e legislativos são mantidas a dedicação de má qualidade e largas parcelas da população analfabetas.
Incrível que, sendo um profissional do Direito, recite com convicção os grandes males que afligem a nação, no campo da educação: a não alfabetização das crianças; a evasão, especialmente no ensino médio, o déficit de aprendizagem e o não atendimento na educação infantil, especialmente nos 1.000 dias de vida que decidem o futuro das crianças e  do país.
Tem razão o ministro quando aponta os problemas  e o que já sabemos sobre as soluções. No dia 15 de maio de 2018, o ex-ministro da Educação Rossieli Soares foi à Comissão de Educação do Senado e apresentou dados catastróficos sobre educação. Foram inimagináveis as taxas de insucesso escolar apresentadas pelo ex-ministro do Governo Temer:  no 3º ano do ensino fundamental, 370 mil crianças são reprovados ou abandonam a escola. No 6º ano, 570 mil crianças são reprovadas ou abandonam. No terceiro ano, no Norte e Nordeste, 70% das crianças de 8  anos são  analfabetas. E nas demais regiões do Brasil são analfabetas 50% das crianças, no 3º ano, isto é, não sabem ler e escrever com 8 anos.

Escola brasileira
é um depósito
de crianças

No 1º ano do ensino médio, 791 mil adolescentes são reprovados ou abandonam a escola. Temos perdido muitos jovens nesse percurso, que se encaminham para o subemprego ou para o tráfico de drogas. Também foi do senador Roberto Muniz a conclusão, acompanhada de desapontamento, de que escola brasileira é um depósito de crianças. O insucesso, o fracasso na alfabetização é um desafio gigantesco.
Desde 2011, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica –IDEB- brasileiro está estagnado. As taxas de insucesso na educação básica são assustadoras. Eu nunca tinha visto um ministro denunciar tantos problemas e com tanta elegância e desassombro como Rossielli.
Como afirmava um professor baiano, o catedrático Hermes Teixeira  Melo:  “Importante registrar que os problemas são seculares e profundamente conhecidos, suas soluções também, entretanto, entre os discursos elaborados pelos políticos e suas ações no exercício do poder, identificam–se as suas verdadeiras intenções. Corroborando as  afirmações de Hermes Teixera  de Melo(1994), cito um relatório do Império, de 1848, do Ministro José Carlos de Almeida Torres, no qual ele registra: O quadro da instrução pública primária oferece um aspecto melancólico e triste e isto tem quatro causas: falta de idoneidade e conhecimento dos mestres; o profundo descontentamento dos mestres por falta de proteção do poder público e de recompensa pecuniária; a deficiência dos métodos de ensino  e a inadequação dos prédios para as escolas. (LIMA apud Freire, 1994)
Qualquer pacto que trate da educação inclui quatro das condições:  formação sólida inicial e continuada dos professores, especialmente para as classes de alfabetização. Está mais do que claro que alfabetização não é tarefa para leigos;  condições salariais dignas e carreira atraente;  condições condignas de trabalho, com  jornada que inclua a reserva de horas para estudo, planejamento, atividades extra – classe; ambiente escolar e equipamentos e materiais adequados. Escolas nas quais os professores se sintam satisfeitos e os alunos tenham gosto de frequentá-las. Nenhuma dessas causas dos problemas e soluções  pode  ser considerada novidade, uma vez que já figuravam nos relatórios de ministros do império e da República.

Suplicy tem Carteira e Celular roubados em evento Lula Livre

Destacado

Mesmo com décadas de convivência com os coleguinhas petistas, o veterano Eduardo Suplicy – patrimônio tombado das hostes esquerdistas – não aprende.

Pela terceira vez – ao que consta – o performático ancião foi roubado em alegres festinhas dos amici.

Em 2013, roubaram sua carteira num show da gritante Daniela Mercury.

Em 2016, fazendo performance contra Temer nas ruas foi tungado novamente e perdeu a carteira.

Desta vez, foi no evento dos aloprados para soltar lula, baderna chamada altivamente de ‘lulalivre’ que aconteceu dia 30 de maio.

Suplicy se enfiou no meio de um show do Baiana System (o que será isso, baianices tecnológicas?) e novamente rapinaram sua carteira, CNH, dois cartões de crédito e o celular.

Suplicy já deveria ter aprendido, com sua extensa experiência, e por conhecer a índole de seus parceiros, que não se pode vacilar em evento petista.

Se o sabonete cair no chão, deixa ele lá.

Além disso,o que esperar de um evento de esquerda que pretende libertar um ladrão condenado e preso?

Honestidade?

No caso de Suplicy se pretende continuar no picadeiro, é melhor providenciar cópias dos documentos – algumas – e comprar vários celulares.

Bom prevenir.

Novos evento virão.

E petista prevenido vale por nenhum.

Fonte Jornal da Cidade

Polícia tenta localizar e prender assaltantes que explodiram a agência do Bradesco em Penalva neste sábado (8)

Destacado

Ação criminosa aconteceu durante a madrugada e destruiu o interior do banco. Os bandidos fugiram levando todo o dinheiro que estava na agência.

As Polícias Civil e Militar estão mobilizadas para tentar localizar e prender os integrantes de uma quadrilha que explodiu a agência do Bradesco na cidade de Penalva, a 135 km de São Luís, na madrugada deste sábado (8).
Os assaltantes, que estavam fortemente armados, chegaram à cidade e foram direto para a agência. Eles utilizaram explosivos e detonaram os caixas eletrônicos e o cofre.

O bando fugiu em seguida levando todo o dinheiro que estava na agência.
Não houve feridos e ninguém foi preso. Também ainda não há informações sobre a quantidade de dinheiro levada do banco.
Equipes especializadas já foram enviadas para investigar o caso. A Polícia Civil também declarou que, por enquanto, detalhes sobre a quantidade de assaltantes e o armamento usado não serão divulgados para não atrapalhar nas prisões.
Todo o aparato policial militar em Penalva e cidades do entorno estão mobilizadas para fazer o cerco e identificação dos suspeitos dessa ação criminosa.
Participam da ação os batalhões das regionais de Pinheiro e Viana, Grupo de Operações Especiais, Força Tática e de um grupamento treinado para contenção deste tipo de crime, o COSAR.
Outros ataques
Na semana passada, bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil na Avenida dos Holandeses, no Calhau, em São Luís.
No dia seguinte, o alvo dos ladrões foi a cidade de São Bernardo do Maranhão.  Armados de fuzis e metralhadoras, eles atacaram a base da Polícia Militar e em seguida explodiram simultaneamente as agências do Banco do Brasil e do Bradesco.

Até o momento, a polícia não conseguiu identificar e prender os autores desses assaltos.

POLÍCIA DE TIMON PRENDE “BABUÍNO” COM GRANDE QUANTIDADE DE DROGA

Destacado


A Polícia Civil do Maranhão, através da DENARC Timon, unidade vinculada à SENARC, efetuou na manhã de ontem (07), por volta das 10:30hs, a prisão em flagrante do nacional JOSÉ WILSON DE SOUSA, 34 anos, vulgo. “babuíno”,  abordado pela equipe da Denarc em via pública, ocasião em que foram encontradas na porta cédulas do mesmo 31 (trinta e uma) “sacolinhas”, contendo cocaína. Em seguida a equipe se dirigiu até a residência do mesmo, situada na Rua 100, Beco 02, Bairro Bela Vista, local em que se deparou com tabletes de COCAÍNA (aproximadamente 1,300kg) CRACK (aproximadamente 1,800kg) e MACONHA (aproximadamente 2,500kg), além de balanças de precisão e a quantia em espécie de R$18.800,00 (dezoito mil e oitocentos) reais.  A droga encontrada e apreendida estava dividida em tabletes e porções menores.  José Wilson de Sousa já havia sido preso pela Denarc no mês de Maio de 2018, pela mesma prática criminosa. O preso foi apresentado na  Central de Flagrantes de Timon visando a adoção das medidas legais cabíveis.

Ascom: Polícia Civil de Timon

Categorias:Geral

Luis Domingues | Poço com água super aquecida assusta moradores

Destacado

Uma situação inusitada tem chamado a atenção dos moradores da cidade de Luis Domingues á 364 km de São Luis. Nesta sexta feira (07) a água retirada de um poço é tão quente que uma família  não conseguia utilizá-la nem para tomar banho.

O fenômeno geográfico foi registrado na residência de dona Erica na travessa Brasil no bairro do porto. De acordo com ela o poço é a única fonte de água para matar a sede da família, tomar banho e usar nos afazeres domésticos como lavar louças, roupas etc.

Segundo informações repassadas ao blog do neto weba quando ela foi retirar a água percebeu que estava quente demais,então deixou o balde com água do lado de fora para esfriar um pouco. Então ela percebeu outro detalhe : a água demorava demais para esfriar.

A família chegou a pensar que o “aquecimento” exagerado da água fosse provocado por um problema no equipamento que faz o bombeamento da água para a caixa d’água.

Assista o vídeo…..

O secretário municipal de Meio Ambiente,Devanir, esteve no local e recomendou a não utilização da água e de imediato junto ao prefeito Gilberto Braga comunicou a Caema para coleta de material . Além disso realizou o monitoramento da temperatura da água de hora em hora na referida residência que chegou a 50 graus Celsius. Tais dados foram repassados para a companhia para realizar um estudo ampliado sobre o fenômeno.
Casos como este não são de frequente ocorrência principalmente em nossa região. “Logo que obtivermos respostas dos órgãos especializados tornaremos pública a resposta a essa problemática. Disse Devanir. 
Vale ressaltar que a temperatura da água ainda não voltou a sua normalidade.

Após quatro mortes na semana, PM realiza operação na região do Coroadinho, em São Luís

Destacado

Após o registro de quatro mortes desde segunda-feira (3) na região do polo Coroadinho, em São Luís, policiais do Batalhão Tiradentes deflagraram operação  “Bairro em Paz”, com o objetivo de coibir a perturbação da ordem pública. As ações estão concentradas no Coroadinho, Morro do Zé Bombom, Alto de São Sebastião, Vila Conceição, e adjacências.
Ao longo da operação, deflagrada após apelos da comunidade. serão realizadas abordagens, incursões e barreiras a pessoas, ônibus, veículos, bares, bocas de fumo e vias públicas. O objetivo é prender pessoas que estejam traficando drogas, praticando roubos, condutores de veículos que estejam alcoolizados ou sob efeito de substâncias psicoativas, apreender veículos roubados ou furtados, bem como a apreensão de armas de fogos, entre outros ilícitos penais.

 A operação está sendo realizada pelo policiamento motorizado, através de viaturas e motocicletas. Segundo a polícia, a ação visa garantir a preservação da ordem e a tranquilidade pública, o direito constitucional de ir e vir, das pessoas nas comunidades dos bairros que fazem parte da região do Coroadinho.
A terceira fase da operação foi realizada das 16h dessa sexta-feira (7) à 1h da madrugada deste sábado (8). As ações devem ter sequência neste fim de semana.
Quatro homicídio durante a semana

As vítimas de homicídios registrados no Coroadinho, nesta semana, foram Mateus Bastos Castelo Branco, de 21 anos, na segunda-feira (3), às 18h54; Reginaldo José Mendes Nunes, de 45 anos, na terça-feira (4), às 19h04; João Batista Escórcio, de 71 anos, na quinta-feira (6). Às 19h20; e Paulo Victor Silva Oliveira, de 17 anos, na sexta-feira (7). As quatro vítimas foram mortas a tiros.
Ao longo das operações na região, a policia espera identificar e localizar os autores desses crimes, que seriam ocasionados pela disputa entre facções criminosas rivais.

Hoje na História: Morre Maomé, o fundador do Islamismo

Destacado

No dia 8 de junho de 632, morria em Medina (atual Arábia Saudita), Muhammad ou Maomé, um dos mais influentes líderes religiosos e políticos da história. Ele morreu nos braços de Aishah, sua terceira e favorita esposa. Nascido em Meca, em uma família de origem humilde, Maomé casou com uma viúva rica aos 25 anos e trabalhou os próximos 15 anos como um comerciante sem grande destaque. Em 610, em uma caverna no Monte Hira, no norte de Meca, ele teve uma visão, na qual escutou Deus falando, por meio do anjo Gabriel, que ele deveria ser o profeta árabe da “verdadeira religião”. Assim, teve início uma vida inteira de revelações religiosas, em que ele e outros seguidores foram registrando no Alcorão. Estas revelações forneceram as bases para a religião islâmica. Maomé se considerava o último profeta da tradição judaico-cristã e ele adotou a teologia dessas religiões mais antigas e a introdução de novas doutrinas. Seus ensinamentos também trouxeram unidade às tribos beduínas da Arábia, algo que teve consequências abrangentes para o resto do mundo. Em 622, Maomé havia conquistado um grande número de seguidores em Mecca. Contrariados com isso, líderes da cidade, que tinham interesse em manter a religião pagã, planejaram o seu assassinato. Maomé fugiu para Medina, uma cidade a 320 quilômetros ao norte de Meca, onde ele recebeu uma posição de grande poder. Ali, construiu um modelo de estado e administração teocrática que rapidamente se transformou em um império. Em 629, Maomé retornou para Meca como conquistador. Ao longo dos 2,5 anos que se passaram, diferentes tribos árabes se converteram ao islamismo. Quando ele morreu, em 8 de junho de 632, ele era o líder de todo o sul árabe e seus missionários estavam em ação no Império do Leste, Pérsia e Etiópia. No século seguinte, os sucessores e aliados de Maomé obtiveram várias conquistas, e o avanço muçulmano seguiu até 732, quando ocorreu a Batalha de Tours, na França. Nesta época, o império muçulmano, entre um dos maiores já visto no mundo, se estendeu da Índia para todo o Oriente Médio, norte da África e península ibéria. A disseminação do Islã continou depois do fim da conquista árabe e muitas culturas na África e na Ásia adotaram esta religião. Atualmente, o Islamismo é a segunda maior religião do mundo.

Por que Bolsonaro incomoda tanta gente?

Destacado

Percival Puggina0

Quando leio críticas ao governo por ainda não haver formado sua base de apoio no Congresso Nacional, fico pensando se haverá alguém em  Brasília que não saiba como isso vinha sendo feito e qual o preço transferido à sociedade, pagadora que é de todas as contas.

Nosso sistema eleitoral combina eleição proporcional de parlamentares com eleição majoritária de governantes. A eleição proporcional estimula a criação de mais partidos e todo ano, de fato, aparecem alguns, novinhos em folha. Surgem do nada e por nada. Na maior parte dos casos, sem programa nem doutrina; quando muito uma ou outra vaga ideia porque mais do que isso atrapalha no jogo do poder. Ao mesmo tempo, a má fama produz, entre as velhas legendas, sucessivas trocas de nomes, numa quase lavanderia de razões sociais, apagando rastros e traços.

Salvo raras exceções, nossos partidos, pouco ou nada significativos, são desconhecidos da sociedade. Há no Congresso Nacional uma abundância de minorias.

NotíciasRelacionadas

Governo já soma votos para aprovar a reforma

‘Eleitorado’ eclético

O Presidente, por sua vez, se elege com metade mais um dos votos populares válidos, mas precisa conseguir 3/5 dos parlamentares nas duas casas do Congresso para poder governar porque só fará o que o Legislativo permitir. Deve buscar essa maioria dentro do corpo fluido, atomizado, difuso e confuso, que são as bancadas partidárias.

Em poucas e suficientes palavras: é um sistema político que quer ser democrático, mas é apenas burro, irracional, estabanado, desastroso, como bem demonstram seus resultados.

Pergunta-se, então: como se constrói maioria num sistema em que dezenas de siglas permanentemente se acomodam e reacomodam? Se não for a adesão ao programa vitorioso na eleição presidencial, o que será? Se não forem as evidentes urgências nacionais, o que será?

Há várias décadas, os presidentes têm usado o aparelho de Estado para atrair partidos à sua base, mantendo-lhes o metabolismo que processa, ingere e digere recursos públicos. O resultado mediu-se em corrupção, delações premiadas, fortunas acumuladas no Exterior, democracia fraudada e cadeia para muitos. O combate a esse mecanismo esteve entre as quatro turbinas propulsoras das vitórias eleitorais de 2018: combate à corrupção, desenvolvimento econômico, segurança pública e retomada dos valores tradicionais. E o Presidente, na percepção de muitos, comete dois erros imperdoáveis: não abre mão dessas plataformas e frustra as expectativas dos que – urbi et orbi – anunciavam seu governo como uma Caixa de Pandora, repleta de perversidades.

Também por isso insisto na necessidade de uma reforma política que enfrente esse desajuste estrutural das nossas instituições. Se separasse governo, Estado e administração, uma boa reforma eliminaria a apropriação partidária do Estado e da administração pelo governo (a economia para a nação seria imensa e o país despencaria no ranking da corrupção). Se adotasse voto majoritário para os parlamentos, com eleição distrital, por exemplo, o número de partidos passaria a ser contado nos dedos da mão, com ganho de operacionalidade para o sistema político, maiorias mais facilmente componíveis e enorme redução dos custos financeiros da democracia.

No modelo que se tornou vigente no Brasil, a mais numerosa força oposicionista vem daqueles que não conseguem viver sem abocanhar uma fatia do Estado.

Falso dentista que atuava no Maranhão é preso ao tentar registrar diploma no CRO, em Teresina

Destacado

Segundo o Conselho Regional de Odontologia do Piauí, o suspeito identificado como Valvan Paulino dos Santos apresentou diploma falsificado, comprado por R$ 5 mil.

Um falso dentista foi preso na tarde da última quinta-feira (6) quando tentava registro no Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO-PI) com diploma falsificado. Segundo a entidade, o suspeito identificado como Valvan Paulino dos Santos atuava há 30 anos na profissão na cidade de Caxias no Maranhão.

“Há 15 dias ele procurou o Conselho para fazer o registro de cirurgião-dentista. Nós desconfiamos e entramos em contato com a polícia. Aprofundamos a investigação e descobrimos que o diploma era falso ao entrar em contato com a faculdade de Parnaíba, onde o curso de odontologia está no segundo período, ou seja, nenhuma turma foi concluída”, contou o procurador jurídico do CRO-PI, Mariano Lopes.

Diante das provas, o Conselho marcou com o falso dentista a assinatura da carteira. Na oportunidade, os policiais disfarçados deram voz de prisão ao suspeito, que revelou ter comprado o diploma por R$ 5 mil.

“O que nos estranhou foi ele ser natural de Caxias e estar tentando registro no Piauí”, comentou Mariano Lopes. O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde foi autuado. Fonte G1 Pi.

Mulher é presa acusada de matar e esquartejar filho de três meses

Destacado

A Polícia Civil prendeu na cidade de Itapecuru Mirim -MA a mulher identificada como Patricia Maria dos Santos Pereira, 20 anos. Ela teve a prisão temporária decretada pela Justiça acusada de ter matado e esquartejado o próprio filho de apenas 3 meses. As informações são do site Repórter Silvana Alves.
O caso ocorreu no início do mês passado quando o corpo do bebê foi encontrado em uma sacola no povoado Vinagre naquele município. Durante a investigação a polícia concluiu que a sacola com o corpo do bebê havia sido deixado naquele local no carro de propriedade de Jackson Matos Pereira, pai da jovem. Em função disso ele foi preso juntamente com a sua esposa Marilene dos Santos Menezes.
Contradições
Como o carro dele é usado para fazer transporte de passageiros naquela região ele alegou que não sabia o que tinha na sacola e que pensou que fosse carne estragada esquecida no veículo por algum passageiro. Após a prisão dos pais Patricia Maria foi até a delegacia e confessou que havia abortado espontaneamente e que sem dizer nada pra ninguém colocou o bebê morto na sacola e botou dentro do carro do seu pai. A versão da acusada é contestada pelo peritos que constataram que o bebê foi morto e esquartejado. Maria Patricia foi presa e encontra-se recolhida na Unidade Prisional de Itapecuru Mirim.

Inflação cai 0,13% em maio no Brasil, seu menor índice em 13 anos

Destacado

O Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) no mês passado foi o mais baixo do ano, 0,13%, a menor inflação para maio desde 2006.

Em abril, o IPCA tinha subido 0,57%. O principal fator foi a queda dos preços dos alimentos (-0,56%), com melhoras do rendimento de colheitas e um clima favorável, apontou a consultoria Infinity Assets.

Em comparação com maio de 2018, o aumento de preços foi de 0,40%. Desde janeiro, o IPCA soma alta de 2,22% em relação ao mesmo período do ano passado.

A desaceleração de maio permitiu reduzir para 4,66% a inflação acumulada em 12 meses, aproximando-a do centro da meta estabelecida pelo Banco Central (BC), de 4,25%, com margem de tolerância de 1,5 ponto para baixo, ou para cima.

O mercado prevê inflação de 4,03% neste ano, segundo a mais recente pesquisa semanal Focus realizada pelo BC com mais de 100 analistas e investidores.

O controle inflacionário pode acentuar a pressão para que o BC reduza sua taxa básica de juros, a Selic. Apesar de estar desde março de 2018 em seu mínimo histórico de 6,5%, isso se mostrou insuficiente para incentivar o investimento e o consumo.

Advogado maranhense, Luis Vannucci, assume Secretaria Nacional de Juventude no governo Bolsonaro

Destacado

    

O advogado Luís Vannucci, que foi candidato a deputado federal pelo PSL, foi nomeado Secretário Adjunto Nacional da Juventude do Governo Bolsonaro. Convidado diretamente pela Ministra Damares Alves, Luís Vannucci demonstra que continua gozando de grande prestígio político e trânsito em Brasília.

Vannucci, como é conhecido em Brasília já tem vasta experiência no executivo federal, mais especificamente no Ministério do Turismo, pasta em que serviu por oito gestões.

Vannuci foi nosso entrevistado no programa Balanço Geral da TV Nova de Vargem Grande no mês de julho do ano de 2018, é amigo pessoal do médico Dr. Roberto, que trabalha no Hospital Municipal Benito Mussoline de Sousa.

Com sua ida para a Secretaria Nacional da Juventude, o jovem advogado fortalece a sua atuação junto à juventude Maranhense, uma de suas principais bandeiras de luta.

Conhecido por ser um companheiro fiel de luta, Luís Vannucci se consolida ainda mais como um representante promissor do projeto da direita Maranhense, tendo como uma de suas principais aliadas, a sua amiga pessoal Maura Jorge.

Informações Portal Do Gui Gui

Moto roubada no Piauí é apreendida em Presidente Vargas e entregue ao dono

Destacado

Bruno Pereira Xavier na delegacia de polícia de Presidente Vargas recebendo a moto

No dia 11 de outubro de 2016, o senhor Sandomoar Pereira Xavier em companhia de sua esposa Carmen Miranda, foram na moto Honda NXR Bros Mixs Ks, placa NIN 3645 – Miguel Alves -Pi ano 2010 de propriedade do seu irmão Bruno Pereira Xavier, até o rio Parnaíba na cidade de Miguel Alves, levar roupas para lavar, quando foram surpreendidos por dois homens armados, que anunciaram o assalto, e levaram a moto tomando rumo ignorado.

Depois de prestar queixas na polícia, os policiais iniciaram as buscas que culminaram com a apreensão do veículo na cidade de Presidente Vargas no estado do Maranhão, estando a mesma na posse do senhor José Francisco Ferreira Rodrigues que foi autuado em flagrante por receptação crime tipificado no art. 180 do CPB, e o inquérito encaminhado a Justiça na Comarca de Vargem Grande.

O proprietário do veículo agradeceu o empenho dos representantes das polícia Civil e Militar daquele município, e voltou feliz a sua terra com a sua moto.

Prefeito do Maranhão atravessa rio e vira pedreiro para ajudar famílias carentes

Destacado

Sidrack Feitosa cancelou a festa de aniversário da cidade quando soube que famílias inteiras estavam desabrigadas por conta das fortes chuvas no município

05/06/2019 23h29Atualizado há 1 diaPor: Eduardo Magalhães

Sidrack Feitosa a frente da sua equipe durante força tarefa da prefeitura
Sidrack Feitosa a frente da sua equipe durante força tarefa da prefeitura

Não era pra ser algo incomum, mas diante de tanto descrédito da classe política, quando surge alguém que realmente se importa mais com o povo do que com o próprio bolso acaba se tornando algo que salta aos olhos.  

No município de Morros, há poucos mais de 100 km de São Luis, um prefeito vem provando que quando existe força de vontade e boas intenções, é possível transformar a vida das pessoas. 

Sidrack Feitosa cancelou a festa de aniversário da cidade quando soube que famílias inteiras estavam desabrigadas por conta das fortes chuvas no município. O inverno rigoroso isolou algumas famílias, mas não impediu que uma força tarefa, liderada pelo prefeito, chegasse até elas.  

Com uma calça de estampa camuflada, camisa manga longa e um chapéu de palha na cabeça, Sidrack toma sempre a dianteira. É difícil alcançar o prefeito que com seu estilo militar vai desbravando nas lagoas formadas pelas chuvas nos povoados mais distantes de Morros levando, além das sacolas cheias de alimentos, esperança de dias melhores. O prefeito e sua equipe entregam de porta em porta as cestas básicas doadas pela prefeitura e de perto, Sidrack conhece a realidade de cada pessoa. 

Como um “enviado por Deus”, ele apareceu no momento mais difícil da vida da Dona Ana Maria. A casa dela, de barro, estava úmida e ameaçava cair. Mesmo com a insistência dos vizinhos, Dona Ana permaneceu na casa e diz que pressentia que algo iria acontecer. E aconteceu. 

Sidrack reuniu a sua tropa de funcionários e voluntários e em 15 dias construíram uma nova casa para dona Ana, agora com tijolos, mais segura e bem mais bonita. Sem marido e tendo que cuidar de 3 filhos, Dona Ana diz que nunca viu um prefeito fazer o que Sidrack fez. Ele não só forneceu todo o material para a construção, como também ajudou a construir.  

Casa da Dona Ana - Como era antes e como ficou

Essa não foi a única casa construída pelo prefeito desbravador. No total já são 15 famílias beneficiadas pela generosidade de Sidrack Feitosa. 

Em todas, ele trabalha ativamente e chega até a dormir no local da obra para que os trabalhos não percam o ritmo.  

Se alguém acha que ele faz isso para querer aparecer, se engana. O prefeito não tem nenhum contrato de publicidade. Mas o trabalho que ele faz é digno de muitas manchetes. O Brasil precisa de mais prefeitos como esse.

Nepotismo: STF suspende decisões que mantinham interinos em cartórios no MA

Destacado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu decisões do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJ-MA) que mantinham 23 designações de interinos em cartórios extrajudiciais do estado com vínculos de parentesco que se enquadravam nas vedações legais de nepotismo. A decisão foi proferida na Suspensão de Segurança (SS) 5260, ajuizada pelo desembargador do TJ-MA Marcelo Carvalho Silva, corregedor-geral de Justiça do estado.
O desembargador explicou que, na qualidade de corregedor-geral de Justiça, havia revogado as 23 designações, em cumprimento ao disposto na Resolução 80/2009 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que proibiu o nepotismo nas interinidades decorrentes das vacâncias de serventias ocupadas por nomeados sem concurso. Segundo o magistrado, as decisões proferidas em mandados de segurança impetrados no tribunal maranhense para manter os interinos pode gerar grave lesão à ordem pública, em razão das violações à Constituição Federal e ao poder de controle conferido ao CNJ, além de grave lesão à economia pública.
Suspensão
O presidente do STF verificou que o corregedor agiu dentro dos limites de suas atribuições e deu cumprimento a providências fixadas pelo CNJ ao revogar as designações dos substitutos mais antigos com vínculo de parentesco com o ex-titular para atuar interinamente nas serventias extrajudiciais. Segundo Toffoli, as decisões do TJ-MA afrontam diretamente a determinação do órgão de fiscalização e controle, e sua manutenção configuraria violação à ordem e à segurança públicas. “A jurisprudência do STF reconhece aos conselhos instituídos pela Emenda Constitucional (EC) 45/2004 a competência para promover a fiscalização dos atos administrativos dos tribunais a partir dos princípios constitucionais da administração pública, consagrados no artigo 37, caput, da Constituição Federal”, apontou.
Além disso, o ministro assinalou que o princípio da moralidade tem força normativa decorrente do próprio texto constitucional, cuja observância é obrigatória por todos os entes federativos e pelos agentes investidos em funções públicas. “A manutenção de interinos supostamente atingidos pelo nepotismo nas serventias pode comprometer o tênue equilíbrio da ordem pública imposta ao estado, bem como a segurança jurídica, por abarcar indicação de pessoas em desconformidade com o ordenamento jurídico constitucional”, concluiu.

Hoje na História: A Cidade do Vaticano se torna um estado soberano

Destacado

No dia 7 de junho de 1929, foi ratificado o Tratado de Latrão (tratado de Santa Sé ou tratado de Roma-Santa Sé), entre o Reino de Itália e a Santa Sé, que criou a Cidade-Estado do Vaticano. O Vaticano é um estado governado pelo bispo de Roma, o Papa. A maior parte dos funcionários públicos são clérigos católicos de diferentes origens raciais, étnicas e nacionais. Seu território é de aproximadamente 44 hectares (0,44 km²) e com uma população de pouco mais de 800 habitantes. Sua área é formada por um enclave murado dentro da cidade de Roma, na Itália.

Presos acusados de roubar carros de luxo para fazer assaltos em São Luís

Destacado

Dois homens foram presas acusadas de integrar um grupo criminoso que roubava carros de luxo para a prática de assaltos em São Luís. Eles agiam no bairro Renascença e no centro da cidade.
Os presos foram identificados como Helrion Rodrigues dos Santos, conhecido como “Zé”, de 23 anos, e Laylson Pereira Souza, conhecido como “Bomba”, de 21 anos.
As prisões preventivas foram em cumprimento a mandados expedidos pela Central de Inquéritos e Custódia da Comarca de São Luis. Eles responderão por roubo majorado, associação criminosa armada e corrupção de menores
Além das prisões, um adolescente de 17 anos também foi apreendido. Com ele a polícia apreendeu um colete balístico, munições e porções de crack. As detenções foram feitas na região do São Francisco.

Desde março de 2019, a Polícia Civil iniciou as investigações sobre o roubo de veículos e assaltos que estariam sendo cometidos pelo grupo criminoso, até que conseguiu deter, nesta semana, os suspeitos de praticarem os crimes.
Segundo a polícia, Helrion e Laylson já possuem passagem pela polícia por roubo majorado. Agora vão responder por roubo, organização criminosa e corrupção de menores, por envolverem um adolescente nas práticas delituosas.
O adolescente apreendido também tem passagem pela polícia, por porte ilegal de arma de fogo, roubo qualificado, furto e tráfico de drogas. Na residência dele, foram encontradas munições calibre .380, uma porção média de crack e um colete balístico com o símbolo de uma empresa de vigilância e transporte de valores.
Os investigados foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

EM SÃO LUÍS, JUIZ USA WHATSAPP PARA OUVIR PARTES

Destacado


Para dar mais celeridade aos processos, a Vara de Interdição, Sucessão e Alvará de São Luís está utilizando o aplicativo Whatsapp, com chamadas de áudio e vídeo, para ouvir pessoas com dificuldade de se deslocarem até a unidade judiciária, no Fórum Des. Sarney Costa (Calhau), para participarem de audiências e entrevistas. São casos de curatelandos que estejam doentes e sem condições de se locomover, pessoas com deficiência e idosos com mobilidade comprometida.

O juiz titular da Vara de Interdição, Hélio de Araújo Carvalho Filho, disse que a iniciativa visa a dar efetividade ao processo, atender ao princípio legal da duração razoável do processo, facilitar a acessibilidade das pessoas ao Judiciário e otimizar o tempo do magistrado em razão da sua sobrecarga de trabalho. O juiz ressaltou que a unidade judiciária é vara única e atende, muitas vezes, a demanda de toda a Comarca da Ilha. Ele destacou, ainda, que a medida gera economia aos cofres públicos e busca garantir o princípio da eficiência.

Atualmente tramitam na Vara de Interdição 3.118 processos judiciais eletrônicos e 817 em meio físico (que já tramitavam antes da implantação do PJe). A unidade tem competência para julgar os casos de sucessão, interdição e alvarás.

A titular da 10ª Promotoria Cível, Raquel Silva de Castro, que atua junto à Vara de Interdição, Sucessão e Alvará, ressalta que o uso da ferramenta do Whatsapp para ouvir pessoas nos casos de interdição é uma iniciativa inovadora que está contribuindo para dar maior agilidade aos processos. Segundo a promotora de Justiça, por meio da chamada de áudio e vídeo o juiz, o representante do Ministério Público e o defensor público podem conversar em tempo real com o curatelando, além de observarem o ambiente em que a pessoa vive. “Ganha-se celeridade: o juiz, o MP e a própria parte, evitando desperdício de tempo com deslocamentos desnecessários”, afirmou.

Para o defensor público Francisco Barbosa, o uso do aplicativo Whatsapp é positivo para os feitos de curatela, pois poupa o enfermo de se deslocar quando não pode comparecer ao Fórum. “Isso aproxima o Judiciário da população e do fim a que se propõe nos processos de interdição, que é proteger o curatelado, aquelas pessoas em situação de vulnerabilidade. Essa medida dá celeridade aos processos, o que é fundamental para as pessoas nessa situação”, afirma o defensor.

Fonte: Gilberto Léda

Alfabetização: o que esperar dessa geração?

Destacado

Estamos vivendo tempos sombrios em matéria de qualidade do ensino, em nosso país, especialmente se considerarmos a educação pública. Os resultados são catastróficos. Houve queda no desempenho em matemática. Na redação foi pior ainda. Vamos caminhando para o fundo do poço. Ou seja, são estudantes que concluíram o ensino médio, sabe-se lá Deus como, mas padecem dos males do analfabetismo funcional. São incapazes de raciocínios elementares. O que se pode esperar dessa geração?

A conclusão é óbvia: sem leitura, como escrever adequadamente?

Em famoso pensamento de Peirce, temos o entendimento de que o pensamento não está em nós, nós é que estamos em pensamento.

Desde os primórdios da humanidade, buscam-se explicações para o processo do conhecimento humano. Muito cedo, pensadores da antiguidade formularam hipóteses e geraram teorias que definiam a expressão humana como um processo representativo de suas formas de ver o mundo. Assim descobriram o signo, conceituaram-no e o decompuseram na intenção de, desta forma, compreender o conhecimento humano.

Concluíram então que, independentemente do instrumental usado, o homem manifesta suas ideias por meio de estruturações sígnicas em forma de linguagens. Deduziram do signo ora dois ora três componentes, mantendo, não obstante, significante e significado como integrantes indispensáveis à composição dessa entidade semiótica.

Considerando-se a língua como matéria-prima das interações sociais, verifica-se que, entre os signos, o linguístico (ou verbal) ocupa espaço privilegiado. A despeito de sua complexidade, é o signo linguístico que se impõe como domínio obrigatório e, em geral, impele o indivíduo a buscar a escola: espaço onde se aprende a ler, escrever e contar.

Qualquer um pode descobrir pela auto-observação que existem várias espécies de leitura, em algumas das quais não chegamos a compreender o que é lido. Quando estou lendo provas com a intenção de prestar atenção especial às imagens visuais das letras e de outros sinais tipográficos, o sentido do que leio me escapa tão inteiramente, que tenho de ler todas as provas novamente de maneira especial, se quiser corrigir o estilo.

Quando, por outro lado, leio um livro que me interessa, um romance, por exemplo, desprezo todos os erros de impressão; e pode acontecer que os nomes das personagens deixem apenas uma impressão confusa em minha mente – uma recordação, talvez, de que são longos ou curtos, ou contêm alguma letra inusitada, como um ‘x’ ou um ‘z’.

Quando tenho de ler em voz alta, e tenho de prestar particular atenção às imagens sonoras de minhas palavras e aos intervalos entre elas mais uma vez corro o perigo de me preocupar muito pouco com o significado das palavras e logo que me fatigo leio de tal maneira que, embora outras pessoas ainda possam compreender o que estou lendo, eu próprio não sei mais o que leio.

Em geral, quatro componentes da apresentação da palavra: a ‘imagem sonora’, a ‘imagem visual da letra’, a ‘imagem motora da fala’ e a ‘imagem motora da escrita”. Além disso, depois de falarmos, recebemos uma ‘imagem sonora’ da palavra falada. Enquanto não tivermos desenvolvido muito nossa capacidade de fala, essa segunda imagem sonora não precisa ser a mesma que a primeira, mas apenas associada a ela. Nessa fase do desenvolvimento da fala – a da primeira infância -, usamos uma linguagem que nós mesmos construímos. Comportamo-nos como os afásicos motores, pois associamos diversos sons verbais exteriores a um único som produzido por nós mesmos. (motora da escrita). Se uma criança não possui o gosto pela leitura na infância, na adolescência ou na fase adulta as coisas se tornarão difíceis. Criar o hábito (ou gosto) pela leitura é um primeiro passo que depende basicamente de pais e professores.

O bom professor, que estimula o gosto de ler, promove a leitura acompanhada, dialogada, comentada, leitura a dois etc., para identificar com os alunos a existência de uma obra de arte literária. Quando ocorre a descoberta, não há dúvida, estamos diante do intrincado e maravilhoso mundo da literatura.

Aprendemos a falar a língua de outras pessoas esforçando-nos por tornar a imagem sonora produzida por nós tão igual quanto possível à que deu lugar à nossa inervação da fala. Aprendemos dessa forma a “repetir” – dizer à imitação de outra pessoa.

Aprendemos a soletrar ligando as imagens visuais das letras a novas imagens sonoras, as quais, por seu lado, devem nos lembrar os sons verbais que já conhecemos. Imediatamente “repetimos” a imagem sonora que denota a letra, de modo que também se observa que as letras são determinadas por duas imagens sonoras que coincidem, e duas apresentações motoras que se correspondem.

Aprendemos a ler ligando, de acordo com certas regras, a sucessão de apresentações motoras da palavra que recebemos quando enunciamos letras isoladas, de modo a fazer surgir novas apresentações motoras da palavra. Assim que dizemos em voz alta essas novas apresentações da palavra, descobrimos por suas imagens sonoras que as duas imagens motoras e imagens sonoras que recebemos dessa forma, de há muito nos são familiares e idênticas às imagens empregadas no falar. Associamos então o significado ligado aos sons verbais primários às imagens sonoras adquiridas pela soletração. Agora lemos com compreensão.

Esses são fenômenos de atenção dividida, que surgem precisamente aqui porque uma compreensão do que é lido só ocorre de forma muito indireta. Se o processo da própria leitura oferece dificuldades, não há mais dúvida quanto à compreensão. Isso fica claro pela analogia com o nosso comportamento quando estamos aprendendo a ler; devemos ter o cuidado de não considerar a ausência de compreensão como prova de interrupção de um trato. A leitura em voz alta não deve ser considerada como um processo de algum modo diferente da leitura silenciosa, a não ser pelo fato de que ela ajuda a atenção da parte sensorial do processo de leitura.

Aprendemos a escrever reproduzindo as imagens visuais das letras por meio de imagens da mão, até que essas mesmas imagens visuais ou outras semelhantes apareçam. Em geral, as imagens da escrita são apenas semelhantes às imagens da leitura e associadas a elas, visto que o que aprendemos a ler é impresso e o que aprendemos a escrever é manuscrito. Escrever vem a ser um processo comparativamente simples e que não está tão sujeito à perturbação quanto a leitura.

Quanto à leitura, a ‘imagem visual da palavra’ indubitavelmente faz sentir sua influência em leitores dotados de prática, de modo que as palavras individuais (particularmente os nomes próprios) podem ser lidas sem que sejam soletradas.

O que fazer para os estudantes leiam mais? A resposta não é tão simples. Os professores podem, discretamente, variar a oferta literária, entendendo que literatura não é língua somente. A leitura da obra literária, luxuosa ou não, é o ponto de partida ou regra de ouro do ensino de letras, que lidará com gêneros ou tipos conhecidos desde Aristóteles. Assim são criados os fundamentos literários para trabalhar o lirismo, a narrativa ( conto, romance, epopeia etc.) e outros tipos, como as memórias, o diário, a máxima, identificar o gênero é um primeiro e fundamental exercício, a que se deve somar o exame da estrutura da narrativa: enredo, personagem, tempo, ordem de relato, suspense, apresentação e desfecho.

Ocorreu-nos proclamar da volta da caligrafia às nossas escolas. Nos bons tempos, ela era praticamente obrigatória, com os educandos levados a preencher as linhas paralelas com letras, sílabas e palavras que, como consequência, nos traziam o conforto de uma adequada expressão escrita.

Aos poucos, o hábito foi sendo superado e, para muitos, o exercício da caligrafia era a comprovação da obsolescência dos nossos métodos. Nada mais triste do que essa falsa visão de modernidade, hoje agravada pela fúria do acesso aos computadores de qualquer maneira.

O domínio de qualquer assunto – ou habilidade – requer doses gigantescas de informação, doses maciças de prática e, no caso de habilidades cognitivas superiores, boa capacidade de relacionar informações e de generalizar.

A tabuada não é exceção – depois da ideia de quantidade, expressa pelos números, ela é a pedra fundamental do conhecimento matemático.

Nelson Valente é professor universitário, jornalista e escritor.

EM SÃO LUÍS, PRINCÍPIO DE INCÊNDIO É REGISTRADO EM SUPERMERCADO

Destacado

Um princípio de incêndio registrado no início da tarde desta quinta-feira (6) no supermercado Makro, no bairro Angelim, em São Luís, assustou funcionários e consumidores. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo foi controlado rapidamente e não houve feridos.
Ainda segundo os Bombeiros, o fogo começou em um aparelho de ar-condicionado do estabelecimento e rapidamente passou para o forro, causando uma grande quantidade de fumaça. Segundo o Major Lisboa, uma equipe dos Bombeiros auxiliou no resfriamento das paredes e do teto que foi atingido pelo fogo.
Todos os equipamentos de combate a incêndio do restaurante estavam funcionando perfeitamente e em dias. Ainda segundo o Major Lisboa, após casos de incêndio em estabelecimentos, uma equipe da Diretoria de Atividades Técnicas deve ir ao supermercado para realizar uma inspeção de segurança.
 Do G1

Integrantes de facção criminosa são presos com drogas, dinheiro e armas em Timon

Destacado

Os traficantes identificados como Henrique Wesley da Silva Amaral, conhecido como “Lalá”, de 22 anos, e José Rodolfo Alves da Silva, de 18 anos, foram presos em flagrante por policiais do Departamento de Narcótico de Timon (Denarc), por volta das 14h de quarta-feira (05).
A dupla foi surpreendida no interior de uma casa pertencente a Henrique Amaral, situada no Beco 11, no bairro Centro Operário. No local, foram encontradas porções de cocaína, maconha, dinheiro, duas espingardas de pressão por ar comprimido, três unidades de mira ótica (Red Dot e lunetas), além de munições de calibre 22 e 38.

Segundo informações da polícia, os presos fazem parte de facção criminosa ‘Bonde dos 40’, que atua nos Estados do Maranhão e Piauí.
Nos últimos meses o Departamento de Narcóticos tem realizado prisões de vários criminosos ligados à facção criminosa, com apreensões de drogas e arma de fogo.
No dia 26 de abril, a Polícia Civil já havia efetuado a prisão Leonardo Oliveira da Costa, conhecido como “Léo Gordim”, apontado pelas investigações como sendo um dos líderes da facção criminosa na região.
A dupla foi apresentada na Central de Flagrantes de Timon para adoção das medidas legais cabíveis.

SEDUC – MA divulga dois Processos Seletivos

Destacado

Secretaria da Educação do Estado do Maranhão – SEDUC – MA, anuncia dois Processos Seletivos destinados à admissão de 152 profissionais que tenham Ensino Médio/ Magistério; Superior nas áreas exigidas.

As oportunidades do edital nº 20/2019 são para os seguintes cargos: Professor Interprete de Libras (67); Professor para Atendimento Educacional Especialzado – AEE (51); Professor Revisor Braille (11); Professor Transcritor Braille (14).

Quando contratados, os profissionais irão atuar nos municípios de: Açailândia; Alcântara; Aldeias Altas; Alto Alegre do MA; Alto alegre do Pindaré; Anajatuba; Apicum-açu; Araioses; Bacabeira; Balsas; Barão de Graja; Barreirinhas; Bela vista do Maranhão; Bom Jardim; Bom Jesus das Selvas; Bom Lugar; Brejo; Cantanhede; Carolina; Carutapera; Caxias; Central do Maranhão; Chapadinha; Cidelândia; Codó; Conceição do Lago Açú; Coroatá; Cururupu; Duque Bacelar; Formosa da Serra Negra; Fortaleza dos Nogueiras; Icatu; Igarapé do Meio; Imperatriz; Lago Verde; Lagoa do Mato; Lima Campos; Loreto; Marajá do Sena; Matões do Norte; Mirador; Miranda do Norte; Mirinzal; Monção; Nina Rodrigues; Olho d’Água das Cunhãs; Parnarama; Paulino Neves; Pedreiras; Pindaré Mirim; Pinheiro; Pio XII; Porto Franco; Presidente Dutra; Presidente Juscelino; Presidente Vargas; Riachão; Rosário; Santa Helena; Santa Inês; Santa Luzia; Santa Rita; Santo Amaro; Santo Antônio dos Lopes; São Bernardo; São Francisco do Brejão; São Francisco do Maranhão; São João do Paraíso; São João do Sóter; São João dos Patos; São Mateus; São Rdo das Mangabeiras; Timbiras; Tuntun; Turiaçu; Tutóia; Urbano Santos; Vargem Grande; Viana.

Já o edital de nº 21/2019, traz vagas para as funções de: Professor de Ensino Fundamental – EJA de: Ciências da Natureza Matemática e suas Tecnologias (1); Ciências Humanas e Suas Tecnologias (1); Linguagem, Código e suas Tecnologias (3); Professor de Qualificação Profissional Social – CNC Agrárias (4); Sala de Acolhimento.

Vale ressaltar que neste edital, os profissionais irão atuar nas cidades de: Itinga do Maranhão; Arame; Fernasdo Falcão; Santa Filomena do MA; Barreirinhas; Lagoa do Mato.

As inscrições serão realizadas a partir do dia 10 até o dia 14 de junho de 2019, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.educacao.ma.gov.br.

O salário base ofertado equivale a R$ 1.228,32 e a carga horária a ser cumprida é de 20 horas semanais.

Como método de seleção, será realizada Avaliação Curricular de Títulos e Experiência Profissional Docente, de caráter eliminatório e classificatório.

O prazo de validade destas seleções será de um ano, contado da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

Para mais informações, acesse o edital disponível em nosso site.

Ex-Prefeita de Bom Jardim é condenada a devolver quase R$ 10 milhões ao Município

Destacado

Uma sentença proferida pelo Poder Judiciário em Bom Jardim condenou a ex-prefeita Malrinete dos Santos Matos a devolver, junto com as empresas Contrex e J W Comércio e Serviços, o montante de R$ 9.733.211,33 (nove milhões, setecentos e trinta e três mil, duzentos e onze reais e trinta e três centavos), valor de contratos que foram celebrados com dispensa de licitação e/ou com direcionamento de licitação. A sentença foi proferida nesta terça-feira (4), pelo juiz Bruno Barbosa Pinheiro, titular de Bom Jardim, e traz ainda como réus Wilson Piaza Rodrigues e Lucas Fernandes Neto, sócios-proprietários das empresas.
A Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa, proposta pelo Ministério Público, relatou que em setembro de 2015 o Município de Bom Jardim passou a ser gerido por Malrinete dos Santos Matos. Ela, na condição de gestora municipal, iniciou o trabalho efetuando uma contratação em grande escala de várias empresas sem realizar licitação, com valores contratuais excessivos e incompatíveis com a realidade do Município de Bom Jardim, retratando eventual descaso com os recursos municipais. Destaca o Ministério Público, ainda, que assim que foi empossada como Prefeita de Bom Jardim, Malrinete Matos instaurou procedimento administrativo com objetivo de averiguar a situação do município e, com isso, justificar as futuras contratações com dispensa de licitação.
A gestora decretou estado de emergência financeira e administrativa em Bom Jardim, através de Decreto Municipal, determinando outras providências, entre as quais a autorização para que a administração pública realizasse contratação direta, com dispensa de licitação. Após isso, diz o MP, iniciou-se o esquema para beneficiar empresas contratadas, em princípio sem licitação e depois com direcionamento das licitações. O esquema de provável desvio de recursos públicos em Bom Jardim teria beneficiado as empresas CONTREX Construções e Serviços Eirele e JW Comércio e Serviços, favorecidas com procedimentos de dispensa de licitação e direcionamento das licitações, causando prejuízo ao erário e em desacordo com a legislação e princípios administrativos. Devidamente citados, somente as empresas J W Comércio e Serviços e Wilson Piaza Rodrigues não apresentaram contestação.
“Como se observa pelos documentos apresentados nos autos pelo Ministério Público, os atos administrativos se deram em sequência, todos eivados de ilegalidades. Decorridos apenas oito dias da instauração do procedimento administrativo para avaliar a situação do município, foram suspensos todos os contratos de pagamentos de empenhos, contratos e convênios expedidos ou firmados em exercícios anteriores e, por fim, o mais impressionante foi autorizar a dispensa de licitação em caráter excepcional para serviços essenciais (serviços básicos de saúde, educação, transporte, saneamento, limpeza pública, etc)”, observou o magistrado na sentença.
“Além disso, diante de depoimentos acostados ao processo, verificou-se que os contratos realizados, com a indicação da prefeita e com direcionamento às empresas demandadas, eram usados para o desvio de verbas públicas, sendo tais contratos de locação de veículos apenas de ‘fachada’ os quais, apesar de estarem à disposição da Prefeitura, nunca foram utilizados. Desta feita, conforme documentação juntada aos autos, restaram comprovadas as muitas irregularidades cometidas pelos requeridos nas licitações por eles vencidas e nas dispensas de licitações”, fundamentou o juiz.
Para a Justiça, foram forjadas licitações e até uma competição entre as empresas, chegando-se à conclusão de não restarem dúvidas dos atos de improbidade administrativa cometidos pelos demandados, haja vista que cada um era responsável por uma parte do esquema. A sentença conclui com as outras penalidades impostas aos requeridos, sendo elas: suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 5 (cinco) anos, a contar com o trânsito em julgado da sentença; Proibição de contratar com o Poder Público, bem como receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 5 (cinco) anos; E pagamento de multa civil equivalente ao valor do da

Bolsonaro e Macri se reúnem em Buenos Aires nesta quinta-feira

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro desembarca hoje (6) em Buenos Aires, na Argentina, em visita de Estado ao país, o principal parceiro comercial do Brasil na América Latina. Além do encontro com o presidente Maurício Macri, Bolsonaro se reunirá com as principais autoridades argentinas. É a primeira visita ao país vizinho e a segunda a um país sul-americano. Em março, Bolsonaro foi ao Chile, em um dos primeiros giros internacionais que fez depois que tomou posse. 

A corrente de comércio entre o Brasil e a Argentina (a soma de exportações e importações) atingiu US$ 26 bilhões em 2018. Embora tenha apresentado uma redução de 3,9% em relação ao ano anterior, a Argentina se manteve como o terceiro país com maior fluxo de comércio com o Brasil, atrás da China e dos Estados Unidos.

Programação

A previsão é que a comitiva presidencial desembarque na capital argentina por volta das 10h (horário de Brasília), onde será recebida com honras militares.

O governo brasileiro não informou os acordos que poderão ser celebrados entre os dois países, mas há a expectativa da assinatura de memorandos de entendimento em áreas como indústria de defesa, biocombustíveis, mineração e ciência e tecnologia.

O primeiro compromisso oficial de Bolsonaro é a deposição de flores na Praça de San Martín, onde deve ser respeitado  um minuto de silêncio em memória dos mortos em combate nas lutas pela independência da Argentina. Em seguida, o presidente segue para a Casa Rosada, sede do Poder Executivo, onde terá, inicialmente, encontro privado com Macri. 

Na sequência, as equipes ministeriais dos dois países fazem reunião ampliada. Bolsonaro será acompanhado por sete ministros: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), Fernando Azevedo (Defesa), Tereza Cristina (Agricultura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Também estão previstos na comitiva presidencial a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o assessor internacional da Presidência da República, Filipe Martins, além do senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS) e do deputado federal Marcel Van Hattem (Novo-RS). 

Após a reunião de ministros, Macri e Bolsonaro deverão fazer uma declaração conjunta à imprensa. A programação prossegue com encontros do presidente brasileiro com a cúpula do Congresso argentino e também com o presidente da Suprema Corte de Justiça do país. Depois, Macri oferece um almoço para a comitiva e autoridades. 

Bolsonaro também deve participar do encerramento de um seminário sobre indústria de defesa e se encontrar com empresários na embaixada brasileira em Buenos Aires. Às 19h, o presidente deve transmitir sua tradicional live semanal, pelo Facebook. O retorno ao Brasil está previsto para a manhã de sexta-feira. Bolsonaro e comitiva embarcam às 6h40 de Buenos Aires com destino ao Rio de Janeiro, onde o presidente participará de uma atividade no Comando da Marinha.

Eleições argentinas

Em meio a um agravamento da crise econômica da Argentina, Bolsonaro e Macri deverão tratar também de assuntos políticos, como as eleições no país vizinho marcadas para outubro.

O atual presidente argentino tentará sua reeleição e Bolsonaro não esconde a simpatia pelo colega. Em recentes declarações, o presidente brasileiro tem criticado a possibilidade de setores de esquerda voltarem ao poder no país.

A ex-presidente Cristina Kirchner, que governou antes de Macri, já anunciou a candidatura a vice-presidente na chapa que será liderada pelo peronista Alberto Fernández, que foi seu chefe de gabinete no mandato anterior. 

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, reforçou ontem (5) a posição de Bolsonaro em relação às eleições no país vizinho e reconheceu que o assunto deverá ser tratado durante a visita. 

“O presidente é a favor de governos de países que compactuam com os mesmo valores, valores estes que são fortalecidos pela democracia, pelo valor do livre mercado e das liberdades individuais que o Brasil tanto lutou para conseguir a partir da eleição do presidente Jair Bolsonaro. Já declarou também, por diversas vezes, o desejo de que a esquerda não retome o poder no nosso subcontinente sul-americano, como vemos hoje ainda na Venezuela”, afirmou em entrevista.

Hoje na História: Fim da Guerra das Laranjas

Destacado

A Guerra das Laranjas, breve conflito militar que opôs Portugal à Espanha e à França em 1801, chegou ao fim em 6 de Junho de 1801. O nome pelo qual se popularizou o combate deve-se a um gesto do primeiro-ministro e chefe militar espanhol, Manuel Godoy, que enviou um ramo de laranjeira colhido nos campos de Elvas à rainha de Espanha Maria Luísa, de quem se dizia ser amante, para a informar de que tinha tomado a localidade de Olivença.

Em 1801, Napoleão ordenou a Portugal que rompesse sua aliança tradicional com a Inglaterra e fechasse seus portos aos barcos ingleses. Nesta pretensão arrastou a Espanha (governada então pelo ministro Manuel Godoy), mediante a Assinatura do Terceiro Tratado de San Ildefonso. Segundo este tratado, a Espanha comprometia-se a declarar guerra a Portugal se esta mantivesse seu apoio aos ingleses. Ante a negativa portuguesa de submeter-se às pretensões franco-espanholas, desencadeou-se a Guerra das Laranjas.

O conflito terminou com a perda do território de Olivença por parte de Portugal. A paz entre as potências beligerantes foi estabelecida nos termos do Tratado de Badajoz, assinado entre Portugal e a Espanha, e do Tratado de Madrid, assinado entre Portugal e a França.

Mulheres são presas com documentos falsos no Mateus Eletro em Imperatriz

Destacado

As mulheres identificadas como Beatriz da Conceição do Nascimento, de 24 anos, e Fernanda de Oliveira Pereira, de 24 anos, foram presas por policiais do 3º BPM de Imperatriz, no momento em que tentavam conseguir o cartão de crédito do Supermercado Mateus usando documentos falsos.
A prisão das duas estelionatárias ocorreu no Eletro Mateus, na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, no Centro de Imperatriz, por volta das 18h30 de terça-feira (4).

Com elas foram apreendidos dois cartões Bradesco, dois CPFs, dois RGs, duas Certidões de Óbito, conta de energia e dois celulares.
Os PMs foram ao local após informações de que duas mulheres haviam sido dominadas por seguranças do Mateus após tentativa de estelionato, com uso de documentos falsos.
Chegando ao local, o gerente relatou aos policiais que as acusadas tentaram fazer o cartão de crédito do grupo em duas lojas. Na segunda tentativa, os funcionários perceberam o uso de CPF, RG, Certidão de Óbito falsos, entre outros documentos de origem duvidosa.
Mediante a constatação do fato, as acusadas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil, sem lesões corporais, para as providências cabíveis.

O Brasil, a educação e o progresso

Destacado

Mauro Aiello0

Nosso país se parece com uma criança malcriada cujos pais resolveram tomar a rédea da educação. Qualquer ato do governo atual resulta em gritaria, rebeldia, esperneamento. Você já viu aquelas crianças a quem os pais, ou qualquer adulto diz NÃO e a criança simplesmente vira uma fera quase que indomável? Pois é….parece com o Brasil atual.

Todo pai, mãe, educador sabe o quão importante é impor limites ao filhos, aos educandos. Deixa-los entregues à própria sorte resulta em tragédia. Qualquer educador que ame a educação sabe o quão difícil é educar, e principalmente, educar no Brasil de hoje.

O Brasil tem vivido ao léu nessas duas últimas décadas. Depois do tão criticado Governo Militar, a educação, a moralidade, a ética, se tornaram ferramentas para a manutenção de certo grupo no poder. O que mais funcionou foi o laissez faire (deixa passar, deixa pra lá, deixa estar para ver como é que fica), a frouxidão, o relaxo, a falta de disciplina e a ordem. Com grande probabilidade o relativismo, tão em voga nos dias atuais, seja aquilo que no inconsciente produza esse tipo de comportamento social de onde nasce todo tipo de anomalia, insubordinação, rebeldia, motim.

Sem ordem não há progresso! Eu sei que esse slogan não é bem vindo para muitos que não gostam da corrente filosófica chamada positivismo que tem como patrono Augusto Comte, mas sinceramente, NÃO HÁ PROGRESSO SE NÃO HOUVER O MÍNIMO DE ORDEM. Continuo entendendo que Ordem e Progresso ainda é melhor que “GOLPE, FASCISTA”, “HOMOFÓBICO”, etc…etc….

Como alguém disse em tom de humor, mas revelando a tragédia nesse país: O símbolo sexual feminino no Brasil é um homem. O símbolo sexual masculino no Brasil é uma mulher. O político mais honesto do Brasil está preso e o religioso João de Deus, é do Diabo.

Durante décadas o MEC se tornou um ambiente dominado por essa filosofia do “quanto pior melhor”, “do politicamente correto”. O MEC foi instrumento usado para acabar com a democratização no ensino. Em vez de adotar uma Política de ensino, enfiou garganta abaixo a Política (ideológica) no ensino. Esse afrouxamento acabou com o conceito tradicional de família, como se esse conceito fosse a raiz de todos os problemas da sociedade. Criou-se até a ridícula “lei da palmada”.

Os governos criaram facilidades para que mais pessoas entrassem para as Universidades, mas em vez das Universidades servirem como ambiente de pesquisa e de formação de mentes orientadoras, elas passaram a produzir soldadinhos de chumbo de uma ideologia única que insiste em tentar se impor com base no anarquismo.

Posso não admirar os pronunciamentos de alguns ministros atuais. Posso até achar esses pronunciamentos exagerados e desnecessários, mas é interessante notar que os dois últimos governos fizeram mais miserável o ensino e nos deixaram uma desgraçada herança, e também disseram muitas coisas igualmente desnecessárias, mas como a Ordem foi afrouxada houve uma acomodação estúpida, ridícula, medíocre.

É contra essa acomodação que, qualquer governo que se preste em fazer valer o axioma ORDEM E PROGRESSO, vai ter que lutar. E então enfrentará o esperneamento, a rebeldia e o motim. Como educar leva tempo, é um processo, muitas vezes doloroso, o Brasil terá que enfrentar os rebeldes e suas rebeldias se quiser chegar ao Progresso.

LULA NÃO QUER ‘FORA BOLSONARO’ PARA EVITAR ASCENSÃO DE MOURÃO

Destacado

Dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) se reuniram para debater rumos que a sigla deve seguir, baseando-se na opinião do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. A opinião do líder do PT foi colhida por um aliado dele que foi até Curitiba.Segundo informações de um dos aliados de Lula, divulgadas na coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o ex-presidente não quer que o PT bata na tecla do “Fora Bolsonaro”.A razão disso é que forçar uma decadência do presidente seria o mesmo que enaltecer e aclamar a ascensão do seu vice, o general Antonio Hamilton Mourão. Para Lula, o partido não deve defender a tese do parlamentarismo e a única saída seria uma “oposição propositiva”.De acordo com as informações, o ex-presidente avalia que é necessário fazer um contraponto ao Governo, apresentando projetos alternativos e apoiando manifestações nas ruas para pressionar o presidente.O ex-presidente ainda defende que o PT foque no programa de governo do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, buscando contrapor as ações de Bolsonaro com outras ideias. Uma proposta de reforma tributária está sendo cogitada a ser debatida e levada adiante pelo partido.

Depois de demissões, Globo diminui salário. É corte ou contingenciamento?

Destacado

Quem não caiu no ‘facão’ da Rede Globo, fatalmente vai enfrentar o martírio da redução dos salários.

É o caso de todos apresentadores, que terão um teto salarial.

Assim, por exemplo, Tadeu Schimidt e Poliana Abritta, que apresentam o Fantástico e ganham na faixa de R$ 200 mil mensais, passarão a receber apenas R$ 50 mil.

A única exceção com relação ao teto, será William Bonner, que, mesmo assim, sofrerá perdas consideráveis.

É a queda gradativa de um gigante.

Não é a toa que essa turma defendia com veemência o #EleNão. Fonte Jornal da cidade

Água desperdiçada no país equivale a quase sete sistemas cantareiras

Destacado

O volume de água que é perdida no sistema de abastecimento vem crescendo no Brasil e chega a mais de 6,5 bilhões de metros cúbicos (m³) por ano, segundo estudo divulgado hoje (5) pelo Instituto Trata Brasil e a consultoria GO Associados. A quantidade de água é equivalente a quase sete vezes o volume útil do Sistema Cantareira, principal manancial que abastece a Grande São Paulo. Em termos percentuais, significa que 38,3% da água tratada foi desperdiçada antes de chegar aos destinatários finais.

Em algumas partes do país, o problema é ainda mais crítico. O percentual de perdas na Região Norte chega a 55,14%. Em Roraima, a cada 100 litros fornecidos pelas companhias de abastecimento, apenas 25 litros chegam aos clientes. No Amazonas, o percentual de perdas é de 69% e no Amapá, de 66%. No Nordeste, 46,25% da água é desperdiçada. No Maranhão, o percentual chega a 60% e em Pernambuco, a 52%. Em São Paulo e no Paraná, é de 35%.

Para efeitos de comparação, o estudo destaca que na Dinamarca o índice de perdas é de 6,9%; nos Estados Unidos, de 10,3%, e na Coreia do Sul, de 16,3%. O Brasil apresenta resultados piores do que outros países latino-americanos, como o México, que desperdiça 24,1% da água tratada, o Equador, 31,1%, e o Peru, 35,6%.

Prejuízo crescente

As perdas de água também vêm tendo um ligeiro crescimento nos últimos anos. Os dados de 2015 apontavam para um índice de 36,7%, em 2016 ficou em 38,1% e em 2017, últimos números disponíveis e que embasam a pesquisa do Trata Brasil, chegou a 38,3%. Em valores, o total perdido pelas companhias distribuidoras fica em R$ 11,4 bilhões ao ano.

Alguns estados e regiões, no entanto, apresentam resultados muito melhores do que a média nacional. Em Goiás, as perdas ficam em 26%, e no Rio de Janeiro em 31%. Em Santos, no litoral paulista, o índice de perdas é de apenas 14,32%, em Limeira, no interior de São Paulo, de 18,62%, e em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, de 19,38%.

Falta de investimento

Para o sócio da GO Associados Pedro Scazfuca, o cenário demonstra um desinteresse em fazer investimentos que reduzam o desperdício nos sistemas de abastecimento. “Há uma falta de esforço para reduzir as perdas. Não tem sido feito o investimento necessário. A tendência natural de um sistema de abastecimento de água é aumentar as perdas, porque a estrutura vai ficando mais velha, sujeita a maior desperdício”, disse.

As cidades que conseguem os melhores resultados são aquelas que, segundo o especialista, focam não só na melhoria da estrutura de distribuição, como também no combate a fraudes e ligações clandestinas. “As perdas comerciais são muito representativas para as empresas do ponto de vista de receita. Reduzir as fraudes, melhorar a leitura dos hidrômetros, tudo isso contribui para a redução de perdas”.

Controle

O presidente da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), Hélio de Castro, avalia que uma melhoria no controle dos sistemas pode indicar que as perdas são ainda maiores. “A tendência é que os indicadores piorem”, ressaltou, ao lembrar que o Sistema Nacional de Informações de Saneamento, usado como base do estudo, é elaborado a partir de informações repassadas pelas pelas próprias empresas de distribuição de água.

O ex-presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) Gesner Oliveira, avalia que nos locais onde há grandes perdas, o retorno dos investimentos para reduzir o desperdício tende a recompensar as companhias. “Você cair de 68% para 48% é relativamente fácil e os retornos são elevados”, disse. Em sistemas onde as perdas são menores, o esforço das empresas, segundo ele, tem que ser maior.Fonte Agência Brasil

Motorista que atropelou e matou duas pessoas em Imperatriz é colocada em liberdade

Destacado

A motorista Viviane do Santos Silva, 19 anos, que atropelou seis pessoas e matou duas na noite de terça-feira (4), em Imperatriz, foi colocada em liberdade após audiência de custódia, que terminou por volta de 18h desta quarta-feira (5).
Ela terá que cumprir algumas medidas cautelares e usar tornozeleira eletrônica. Viviane tinha sido autuada em flagrante pelo crime de homicídio culposo, após ter sido presa em flagrante.

No acidente ocorrido por volta das 21h, na Avenida da Liberdade, causou a morte de Ruth Paz da Paixão e Ildemez da Silva Conceição. 
Três pessoas ficaram feridas e uma teve a perna esquerda amputada.
Viviane dirigia um HB 20 prata sob efeito de bebida alcoólica, segundo constatado no teste do etilômetro.
Esse é o segundo caso com mortes, em menos de 30 dias, em que o atropelador é colocado em liberdade. O outro acidente foi na BR-010, onde um casal morreu após ser atropelado em uma moto.

Com informações do Notícia da Foto

Polícia Civil prende 7 vereadores em Vitória do Mearim, acusados de tentar extorquir prefeita

Destacado

Na manhã desta quarta-feira (04), a Polícia Civil do Maranhão através do grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, estão cumprindo cinco mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão na cidade de Vitória do Mearim.

Os alvos da operação são vereadores da cidade que, segundo a Polícia Civil, estavam extorquindo a prefeita de Vitória do Mearim, Dídima Coelho, para arquivar uma CPI que está em andamento no parlamento municipal.

O marido da prefeita e chefe de gabinete, Almir Coelho, gravou as conversas com os pedidos de dinheiro feito pelos vereadores e denunciou o caso a Polícia Civil.

Os vereadores que estão sendo alvo dessa operação são: o presidente da Câmara de Vitória do Mearim, George Maciel (foto acima), Hélio Silva, Oziel Silva, Marcelo da Colônia, Nego Mauro, José Mourão e Nonato de Cheio.

Neymar pedirá licença da Seleção Brasileira e não jogará a Copa América, diz vice-presidente da CBF

Destacado

Após avisar que tem um novo vídeo bomba contra Neymar no caso da acusação de estupro feita por Nájila Trindade Mendes Souza, o vice-presidente da CBF, Francisco Noveletto, não tem a menor dúvida que o jogador brasileiro não terá condições psicológicas para disputar a Copa America e que irá pedir dispensa.

Em entrevista dada ao SBT-RS, o dirigente da CBF disse que será melhor para todos os brasileiros que Neymar peça licença e saia da seleção canarinha e que as pressões por parte da imprensa irão aumentar cada vez mais, ainda mais após a divulgação de um vídeo em posse da mulher que acusa Neymar de estupro.

“Seria um negócio bom para todos, para ele, CBF e para o espetáculo. Ele não vai render”, disse Francisco Noveletto.

Saúde bucal é tema de palestra da Secretaria municipal de Saúde de Nina Rodrigues

Destacado

A secretaria municipal de saúde de Nina Rodrigues realizou no dia de ontem 03/06 palestra sobre a saúde bucal. As palestrantes foram a doutora Alyne e a técnica em saúde bucal Aldacira, que enfatizaram a necessidade dos cuidados com a saúde bucal.

Durante a palestra foram mostrados aos participantes, os ganhos que temos para a nossa saúde, com os cuidados com a higiene bucal.

Os alimentos que ingerimos diariamente para o nosso sustento, devem ser objetos de cuidados que devemos ter com a nossa saúde. A saúde bucal começa com a escovação dentária, passando pela higienização dos alimentos

Sem esses cuidados imprescindíveis, notadamente perdemos a oportunidade de termos um corpo saudável.

Hoje na História: Senador Bobby Kennedy é assassinado

Destacado

Em um dia como hoje, no ano de 1968, o senador Robert Kennedy foi atingido por tiros no Hotel Ambassador, em Los Angeles, depois de vencer as eleições presidenciais primárias na Califórnia. Um pouco depois de ele ter anunciado aos seus entusiasmados partidários que o país estava pronto para acabar com facções rebeldes, Kennedy foi atingido várias vezes pelos disparos efetuados pelo jovem palestino Sirhan Sirhan, de 22 anos. O senador de 42 anos morreu no dia seguinte. Aquele verão de 1968 nos Estados Unidos estava fervendo na história norte-americana. Era o ápice da Guerra do Vietnã e também do movimento contra a guerra. Martin Luther King Jr. tinha sido assassinado, o que gerou revoltas em todo o país. Diante desse cenário espinhoso, o presidente Lyndon B. Johnson decidiu não concorrer a um segundo mandato na próxima eleição presidencial. Robert Kennedy, irmão mais novo de John e ex-procurador-geral dos EUA, viu toda esta situação como uma oportunidade e encontrou uma grande onda de apoio em sua jornada rumo à presidência dos EUA. Ele era visto como o único político naquele momento capaz de unir a população. Contudo, seu caminho foi bruscamente abreviado pelo crime cometido por Sirhan. O palestino confessou o crime e foi sentenciado à morte, no dia 3 de março de 1969. Contudo, desde que a Corte Suprema do Estado da Califórnia deu fim à pena de morte em 1972, Sirhan passou à prisão perpétua. Hubert Humphrey acabou concorrendo às eleições presidenciais pelos Democratas, em 1968, mas perdeu por uma margem pequena para Nixon.

Condenado a 27 anos de prisão por assassinato de idoso no Pará é preso em Chapadinha

Destacado

Izaquiel da Silva Alves é fugitivo do sistema prisional de Paragominas e foi condenado a mais de 27 anos de prisão pelo crime de latrocínio contra um idoso.O comerciante foi morto de forma extremamente violenta. Os bandidos colocaram uma sacola plástica na cabeça do idoso, matando-o asfixiado, não sem antes o agredirem física e moralmente.

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na manhã dessa terça-feira (4) Izaquiel da Silva Alves, que é fugitivo do sistema prisional de Paragominas, no Pará.
Segundo a polícia, Izaquiel foi preso no bairro Areal, em Chapadinha.
Izaquiel Alves, conhecido como “Pelado”, estava foragido do Centro de Recuperação Regional de Paragominas (CRRP) desde janeiro deste ano, quando fugiu em companhia de outros cinco detentos.

Ele foi condenado a 27 anos de prisão pelo brutal latrocínio que vitimou Wilson Soares da Silva, conhecido como “Seu Piauí”, de 78 anos, em janeiro de 2017.
Pelado e outros cinco detentos fugiram do CRRP em janeiro de 2019.
A polícia do Maranhão comunicou a prisão à polícia do Pará que está providenciando o retorno dele ao sistema prisional paraense.
Condenação dos assassinos do idoso ocorreu em julho de 2018
Em julho de 2018, o Juiz da Comarca de Paragominas, David Guilherme de Paiva Albano, condenou os acusados do assassinato do idoso Wilson Soares da Silva, de 78 anos, a penas que variam de 20 a 27 anos de prisão, inicialmente em regime fechado no Centro de Recuperação Regional.
Foram condenados:
Clebson Marcos Rodrigues dos Santos, vulgo “Bombado” condenado a  20 anos e 117 dias-multa.
Izaquiel Silva Alves, vulgo “Pelado”, condenado à 27 anos e oito meses e 164 dias-multa.

André Tiago Alves Paixão, vulgo “Loirinho”condenado `27 anos e oito meses e quinze dias de reclusão e 164 dias-multa.
O latrocínio, que teve como vítima o ancião Wilson Soares da Silva, conhecido carinhosamente pelo apelido de ‘Piauí’ e que residia na Rua Cícero Ávila, no bairro Promissão III, onde tinha um pequeno comércio, aconteceu no dia 13 de janeiro de 2017.
Os acusados premeditaram o crime no dia anterior e o consumaram de forma extremamente violenta, colocando uma sacola plástica na cabeça da vítima, matando-o asfixiado, não sem antes o agredirem física e moralmente.
Depois de investigações minuciosas comandadas pelo Delegado de Polícia Civil Pedro Rocha e sua equipe, os acusados foram encontrados em Paragominas e o principal deles, conhecido por ‘Loirinho’, numa cidade do Estado do Maranhão para onde havia fugido após o crime.

Quadrilha presa após assalto em Santa Rita planejava roubar residência de “Bita do Barão” e R$ 600 mil de empresário

Destacado

Uma quadrilha presa por policiais civis e militares após assaltar uma farmácia em Santa Rita, na segunda-feira (3), estava planejando outras ações criminosas.
Após a prisão, o delegado Ednaldo Santos descobriu que o grupo tentava realizar um assalto contra a casa do falecido babalorixá “Bita do Barão”. O pai de santo morreu há alguns dias no município de Codó. 

O delegado explicou que os celulares dos assaltantes foram periciados e encontradas provas do planejamento de futuras ações criminosas.
Em conversas em grupos de WhatsApp, o grupo deixa evidente que pretendia assaltar a casa de “Bita do Barão”, na cidade de Codó. No aplicativo, existem informações de que o babalorixá teria deixado dezenas de pulseiras, colares e anéis de ouro, além de pedras preciosas. Isso teria chamado a atenção do grupo.
O delegado informou, ainda, que haveria a participação de uma empregada doméstica da residência de “Bita do Barão”. Ela estaria repassando as informações para o bando, inclusive, o comportamento diário dos familiares e as os bens deixados por ele.

O bando estava com intenção de assaltar um empresário do ramo de postos de combustíveis, cidade de Peri-Mirim. De acordo com o delegado, a ação criminosa renderia aproximadamente R$ 600 mil.
Para a execução do crime, eles estavam recebendo informações de um parente da vítima, que seriam compadre do empresário. Ele estaria repassando a rotina do empresário para os bandidos.
Assalto em Santa Rita
A quadrilha foi presa em flagrante na terça-feira (3), em Santa Rita, após um assalto a mão armada contra a Farmácia Pague Pouco.
Eles responderão por roubo e associação criminosa. O quarteto criminoso foi identificado por Wanderson Lima Araújo, 34 anos; Claudenilson Costa Sales, 26 anos; Bruno Henrique Cruz de Sousa, 23 anos; e Jordam Felipe, conhecido por “Sabiá”. Este já responde a vários processos por roubo.
As investigações apontaram, que os suspeitos residem no bairro Estiva, em São Luís.
Os bandidos agem com agressividade e violência para se apossar de dinheiro, aparelhos celulares e outros itens pertencentes às vítimas. Eles sempre roubam com a posse de uma arma de fogo e mirando contra as vítimas.

Os presos foram apresentados na delegacia de Santa Rita para autuação em flagrante pelo delegado Ednaldo Santos.
Com informações de Mauro Wagner

O diálogo e a tolerância no Brasil

Destacado

Ney Lopes0

Percebe-se hoje no Brasil fenômeno sócio-político, que contraria as origens da filosofia do “radicalismo”, assim entendida como a prática de posições extremadas para alcançar as mudanças e reformas sociais imaginadas pelos governantes.

radicalismo sempre se opôs ao conservadorismo, em cujos fundamentos prevalecem valores e normas tradicionais.

O clima de absoluta intolerância, instalado no país e a cada dia mais agudo, origina-se na forma como os ânimos são exacerbados, em defesa de princípios e ideários.  Aí está o fator preponderante para retração dos investimentos, em razão da insegurança e o tumulto, gerados interna e externamente.

Não sabem o que dizem

O clima radical da Nação causa intranquilidades e tensões diárias. Certas mudanças – absolutamente necessárias, como a Reforma da Previdência – quando as propostas não são aceitas “in totum”, integralmente, quer sejam do governo, ou daqueles que negam a necessidade de fazê-la, provocam insultos e “epítetos” de ser contra o Brasil (governistas proclamam), ou “direitista contra os oprimidos” (usado pelo PT e seus seguidores).

Historicamente, a origem do radicalismo está na Revolução Francesa, através do combate ao chamado “antigo regime” (os jacobinos), contra os privilégios da nobreza e do clero. Note-se a semelhança com a expressão usada hoje no Brasil de “velha política”.

Foi o radicalismo que influenciou a obra de Karl Marx (a origem do comunismo), por meio da adoção do princípio do “determinismo histórico”, defendido por Feuerbach, filosofo materialista alemão. A tese era que as sociedades caminhariam irreversivelmente para a “luta de classes”, como forma de superação das injustiças do capitalismo, através de métodos radicais, que abririam chances para o proletariado tomar o poder da chamada burguesia (princípio da dialética: tese, antítese e síntese, herdados de Hegel).

O mercado deverá estar
a serviço do povo brasileiro
e não o povo brasileiro
a serviço do mercado

Pois bem, no Brasil atual o radicalismo, sinônimo de intransigência política, tem prosperado, mesmo estando no poder um governo conservador, que em tese não poderia adotar essa regra.

Quando se analisa a influência do “mercado” nas pressões favoráveis às reformas, tudo se complica.

Os segmentos econômicos passaram a ter um protagonismo útil no debate nacional. Não se pode debater os rumos do país, sem a presença necessária das classes empresariais, que pagam impostos e ofertam empregos.

Entretanto, a dosagem excedeu-se.

Certos segmentos representativos de tais classes assumem posições de notório “radicalismo” e denominam de “vermelhinhos”, “petistas”, “contra o Brasil”, quem pondera com sensatez que o mercado deverá estar a serviço do povo brasileiro e não o povo brasileiro a serviço do mercado.

Quem assim fala não é contra mercado, o que seria uma insensatez.

O mais grave é que o governo tem encampado esse radicalismo e vive o irrealismo de que a opinião pública lhe é favorável.

Pura ficção!

A opinião pública é favorável, por exemplo, a reforma da previdência, desde que a proposta oficial seja “palatável” e complementada rapidamente (ou simultaneamente) por outras reformas urgentes e inadiáveis, para não gerar injustiças, tensões políticas e sociais, em médio e longo prazo no país.

O que quer dizer palatável?

Aumentar a idade-limite para as aposentadorias é inquestionavelmente necessário. O mundo todo age dessa forma. Não se deseja que o Brasil mantenha a sua previdência como é hoje, após os avanços tecnológicos.

O não palatável, por exemplo, é que seja “aprovada a desconstitucionalização”, inserida na proposta oficial. O “povão” não tem consciência plena, de que essa “pegadinha” vai permitir no futuro, através de simples lei ordinária (facilmente aprovada pelos governos, por maioria simples) o aumento da idade-limite ao sabor da política dominante (uso do “gatilho”, escondido no texto), das alíquotas, revogação de direitos etc.

Embora se saiba e aceite, que a economia nacional corre risco e providencias urgentes terão que serem adotadas, não se justifica o “terrorismo oficial” de anunciar a desgraça da recessão, com atrasos de salários, proventos e a ameaça do Brasil transformado numa nova Venezuela.

Até para a possibilidade de liberar o FGTS (que é uma urgência social, diante do numero de sofridos desempregados), o governo “ameaça !!!!”, exigindo em troca a aprovação antecipada da reforma da previdência.

Afinal, o que tem a ver o trabalhador sem emprego, com a decisão futura do Congresso?

Se para liberar o FGTS for aguardada a aprovação da reforma da previdência, muitos necessitados já terão sucumbido, diante da triste realidade de não poderem sobreviver.

Portugal fez uma reforma previdenciária há mais de cinco anos e usou regras de transição de equilíbrio, gradativas, que não “sufocam” os assalariados, servidores públicos, beneficiários da previdência, em nome do combate ao déficit. Os portugueses adotaram a técnica legislativa da legislação temporária, que permite mudanças graduais e a possibilidade de manter a regra de mudanças, ou revoga-la, em período pré-determinado. Ainda hoje a idade limite cresce ano a ano, pela regra de transição adotada.

Na Reforma da Previdência, não se justifica rejeitar e considerar “ante Brasil”, o debate de alterações sensatas na proposta oficial, que não se significarão “farra fiscal”, tais como: em relação à pensão por morte; mudanças das rígidas e inflexíveis regras de transição (retira gratificações legais), que nivelam por baixo, punindo o servidor público, que ingressou por concurso e não desfruta de privilégios; regulação das aposentadorias especiais; normas cruéis para o trabalhador rural e BPC; novas alíquotas de contribuição para servidores, embora aceitável que os ganham mais, paguem mais, o que não se coaduna com a proposta escorchante, em tramitação; e o nefasto regime de capitalização, já revogado no resto do mundo e que nada mais é do que fortalecer o sistema financeiro.

Diante do quadro nacional confuso, a proposta do “pacto” foi uma boa ideia do Presidente Bolsonaro.

Depende como serão vencidas as barreiras daqueles que torcem pelo “pior melhor” e colocam barreiras, até em intenções como essa.

Nesse aspecto, o governo precisa ser fortalecido, para seguir adiante.

Isso não significa cooptação dos poderes.

O Judiciário, por exemplo, apenas irá compor a unidade nacional de aceitação da necessidade de reformas.

Não se pode interpretar tal posição, como incompatível com julgamentos futuros do STF.

Quem aprovará as reformas será o Congresso Nacional.

Se alguma inconstitucionalidade ou injuridicidade subsistir, jamais o STF terá compromisso de mantê-las. Ao contrário, continuará julgando com independência.

O mais grave seria os poderes constitucionais não caminhando unidos nesse momento de crise nacional.

Se tal situação anômala ocorresse, o “passado” poderia voltar no futuro, com a revolta das massas pelas injustiças cometidas.

Esse retorno, evidentemente ninguém deseja. Por tal motivo, o “radicalismo” que se dissemina, de forma epidêmica, deve ser evitado.

Sem diálogo e tolerância, não haverá saída para o Brasil.

Vereadora é presa por receptação, em Imperatriz

Destacado

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, por intermédio da equipe de capturas, prendeu em flagrante delito na tarde desta terça-feira (4), a vereadora em exercício da Cidade de Imperatriz. Terezinha de Oliveira Santos pelo crime de receptação.

A parlamentar foi surpreendida utilizando um aparelho de telefone SAMSUNG, modelo S9, que havia sido roubado por uma dupla no dia 27 de março do corrente ano ocorrido naquele município.

A vereadora Terezinha foi autuada em flagrante delito pelo crime de receptação, pagou fiança no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) e foi liberada para responder ao inquérito policial/processo penal em liberdade.

Mulheres são presas transportando droga em short de bebê na BR-010 em Imperatriz

Destacado

As mulheres identificadas como Michely Soares dos Santos e Ana Cleia Brito de Sousa foram presas em flagrante, na noite de segunda-feira 03), por policiais da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (Senarc/Itz).
Segundo informações da polícia, as prisões ocorreram após recebimento de denúncia de que estaria ocorrendo transporte de entorpecente entre as cidades de Açailândia e Imperatriz. 
A equipe de investigação se deslocou até o Posto da PRF de Imperatriz e passou a realizar abordagens a ônibus e vans que realizavam o itinerário.

Por volta das 19h40 foi abordada uma van onde se encontravam as conduzidas, as quais traziam consigo ainda o bebê de 1 ano, filho de Ana Cleia.
Após revista, foi observado um volume anormal no short do bebê. Foi feita verificação e encontrados 250 gramas de crack.
As mulheres podem ser “mulas” usadas por traficantes para o transporte de drogas. Geralmente elas se utilizam de crianças para não levantar quaisquer suspeitas. 
Com base em depoimentos das mesmas, a polícia espera chegar ao fornecedor e destinatário da drogas. 

As suspeitas foram presas e conduzidas para a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (Senarc/Itz) para os procedimentos de praxe. Fonte Gilberto Lima.

Famem consegue ampliar prazo para cidades municipalizarem trânsito

Destacado

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Erlanio Xavier, firmou acordo judicial com a Justiça do Maranhão para que os gestores municipais tenham prazo de até o final do ano para concluir a municipalização do trânsito. A assinatura do documento foi confirmada pelo juiz durante audiência com o presidente da Famem e da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (3) no gabinete do presidente Othelino Neto.

“Os municípios terão mais tempo para poderem se organizar. A Famem em parceria com o Detran-MA dará suporte para que os prefeitos consigam municipalizar o trânsito em suas cidades. Isso é muito importante para o dia a dia do município. Temos que agradecer ao juiz Douglas Martins e ao Ministério Público que sempre estiveram abertos para o diálogo”, afirmou o presidente da Famem.

O acordo, mediado pelo presidente Othelino Neto, destrava decisão anterior do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas Martins, proibindo o Estado a preceder com as transferências voluntárias aos municípios que ainda não haviam tomado a providência. A medida, segundo entendimento do juiz Douglas Martins, seria pressionar os prefeitos a entrar no Sistema Nacional de Trânsito.

“De alguma maneira, a decisão judicial acabou gerando injustiças pela complexidade de ingresso no sistema. O cumprimento de uma série de regras, alguma fora da raia de controle dos atuais gestores, como, por exemplo, dívidas acumuladas com a Previdência. Sabe-se que muitas das vezes o prefeito está preocupado em resolver a crise do dia”, assinalou o presidente da Assembleia, Othelino Neto.

Saúde e segurança

Para o juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas Martins, o acordo firmado será muito benéfico por ampliar direito à saúde e segurança no trânsito. “São vários assuntos somados resolvido em um único processo. Na verdade, é que a rede de saúde tanto dos municípios como do Estado, se encontra superlotada. E, um dos motivos, é o excessivo número de acidentes de trânsito. Especialmente, aquele envolvendo motociclistas sem capacete”, destacou o juiz.

No Maranhão, 58 municípios já fizeram adesão ao Sistema Nacional de Trânsito e pelo menos mais 30 iniciaram processo. A estratégia do acordo é que os municípios se integrem ao sistema, instalando órgão de fiscalização e organização do trânsito e façam campanhas educativas. De maneira que, assim consigam reduzir o número de acidentes e reduzindo a ocupação em hospitais por acidentados do trânsito. A redução também incide sobre os custos da Previdência Social, já que muitos dos acidentados passam a ser dependentes dos benefícios continuados.

“O presidente da Famem tem tido uma posição maravilhosa neste aspecto, estimulando as soluções de consenso. Acho que os diálogos são fundamentais para o aperfeiçoamento das instituições”, elogiou Douglas Martins.

Estreito, Porto Franco, São João do Paraíso, Carolina, ficarão sem energia em 16 de junho

Destacado

   

A Eletrobrás/Eletronorte fará uma manutenção em uma de suas linhas de transmissão, no dia 16 de junho, no trecho entre Imperatriz e Porto Franco, que provocará uma interrupção no fornecimento de energia elétrica, afetando parcialmente os municípios de Carolina, Estreito, Porto Franco e São João do Paraíso.

Essa interrupção terá início as 5 da manhã e está prevista para terminar as 3 horas da tarde.

A CEMAR alertar aos consumidores que desejam fazer algum serviço nas instalações elétricas neste dia, que desligue o disjuntor geral, pois a energia poderá voltar antes do horário previsto.

Um exemplo a ser seguido: Lionel Messi constrói o maior centro de câncer infantil na Europa

Destacado

Lionel Messi continua mostrando sua liderança dentro e fora de campo, e agora o atacante do Barcelona decidiu construir o maior hospital da Europa para combater o câncer infantil.
“La Pulga” conseguiu levantar US$ 33 milhões através da fundação que leva seu nome e outras organizações juntaram a nobre causa liderado pela lenda viva do clube blaugrana. O centro infantil de oncologia será chamado de ” SJD Pediatric Cancer Center ” e seu principal objetivo é ajudar milhares de crianças que lutam todos os dias para combater a doença.
Do pensar contemporâneo 
Além disso, as entidades colaboradoras do projeto também solicitam a colaboração econômica de qualquer cidadão, empresas e instituições do mundo para a construção do hospital. A fim de obter ainda mais orçamento econômico graças à colaboração da população, será lançada uma campanha de arrecadação de fundos.
O Hospital Sant Joan de Déu , que faz parte deste projeto de caridade, agradeceu o gesto de Lionel Messi através de um vídeo emotivo e terminou com um pequeno que imita o sinal de Leo sempre que faz um gol.

Hoje na História: Nasce Lampião, o Rei do Cangaço

Destacado

Resultado de imagem para Nasce Lampião, o Rei do Cangaço

Por;Blog do Zé de Fátima

O dia 4 de junho de 1898 seria uma das prováveis datas de nascimento de Virgulino Ferreira da Silva, mais conhecido como Lampião, o Rei do Cangaço. A exata data do seu nascimento gera muitas controvérsias, mas em sua certidão de batismo a data de 4 de junho consta como o dia do seu nascimento, em Serra Talhada (PE). Lampião começou a liderar um bando de cangaceiros em 1922 e, a partir daí, passou a viver de saques a fazendas e doações forçadas de comerciantes. Por conta dos seus atos, era procurado pela polícia. Em 1930, conheceu Maria Déia, a Maria Bonita, que ingressou no bando, tornando-se mulher de Lampião. Em 1932, nasceu a filha do casal, Expedita Ferreira. No dia 27 de julho de 1938, Lampião, Maria Bonita e outros cangaceiros foram capturados pela polícia em Poço Redondo, no sertão de Sergipe. Eles tiveram suas cabeças cortadas e expostas ao público para servir de exemplo.

Senado aprova MP que busca evitar fraudes no INSS; veja como votaram os senadores do MA

Destacado

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado  0    

O Senado aprovou, na noite desta segunda-feira (3), a Medida Provisória (MP) 871/2019, que visa a combater as fraudes no sistema previdenciário. A MP foi aprovada no último dia antes de perder sua validade e segue para sanção presidencial. Em uma segunda-feira, dia atípico para votações em plenário, 68 senadores registraram presença. Destes, 55 votaram a favor da MP e 12 contra, entre eles, Eliziane Gama do Maranhão. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), não registrou voto.

O texto aprovado nesta segunda-feira estabelece um programa de revisão dos benefícios com indícios de irregularidades e autoriza o pagamento de um bônus para os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para cada processo analisado fora do horário de trabalho. A proposta também exige um cadastro para o trabalhador rural feito pelo governo, e não mais pelos sindicatos, como é feito hoje e restringe o pagamento de auxílio-reclusão apenas aos casos de pena em regime fechado.

O texto prevê ainda que o INSS terá acesso a dados da Receita Federal, do Sistema Único de Saúde (SUS) e das movimentações do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O acesso aos dados médicos pode ainda incluir entidades privadas por meio de convênio. O governo avalia que a medida vai economizar R$ 10 bilhões por ano. No alvo, estão indícios de irregularidades em auxílios-doença, aposentadorias por invalidez e Benefícios de Prestação Continuada (BPC).

Caso haja algum indício de irregularidade, o beneficiário terá 30 dias para apresentar defesa, sendo 60 dias para o trabalhador rural, para o agricultor familiar e para o segurado especial. Se não apresentar a defesa no prazo ou ela for considerada insuficiente, o benefício será suspenso, cabendo recurso em até 30 dias.

Acordo para votação

O bloco de oposição do Senado, composto por Rede, Cidadania, PDT e PSB, fez um acordo com o líder do governo, Fernando Bezerra (MDB-PE), para registrar quórum e não obstruir a votação da MP. O acordo foi alinhavado em reunião, na tarde de hoje. Participaram da reunião senadores da oposição, além de Bezerra e do secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

Os senadores da oposição se mostraram insatisfeitos com o prazo considerado curto para que os trabalhadores rurais e pescadores se cadastrem junto ao Ministério da Economia e validem o tempo de serviço. Para viabilizar a votação, eles, conseguiram um compromisso do governo para alterar os prazos para cadastramento no texto da reforma da Previdência.

Com o acordo, o governo incluirá na reforma um dispositivo que aumenta o prazo para cadastramento dos trabalhadores rurais e pescadores, caso pelo menos 50% desses trabalhadores não se cadastrem em um prazo de cinco anos.

“Acertamos, os senadores da oposição, a contribuir com o quórum e sem pedido de verificação. Se ao longo de 5 anos não for viabilizado o cadastramento de pelo menos 50% dos trabalhadores rurais e pescadores do país, o prazo será renovado até um prazo exequível a ser atingido”, disse o líder da oposição, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Em sua fala no plenário, Fernando Bezerra garantiu o cumprimento do acordo por parte do governo. “Quero garantir o acordo, que foi apreciado pelo deputado Samuel Moreira [PSDB-SP], relator da reforma na Comissão Especial. E ele acordou com o conceito da proposta de criarmos um gatilho. O governo teve abertura para negociar, flexibilizar e atender muitas as preocupações colocadas”.

Quórum mínimo

O quórum mínimo para garantir a votação, de 41 senadores, foi atingido após as 17h, horário previsto por Bezerra para que isso ocorresse. Apesar dos oposicionistas selarem o acordo, ainda persistiam senadores contrários à MP como chegou da Câmara. 

Alguns senadores se queixaram do trecho que tira os sindicatos do processo de cadastramento previdenciário de trabalhadores rurais. Para eles, a exclusão dos sindicatos no processo dificulta que os trabalhadores rurais façam o cadastro, uma vez que precisam se deslocar, muitas vezes de localidades afastadas, para postos do INSS. “Estamos colocando sindicatos como se fossem organizações criminosas. E isso não é verdade”, disse Eliziane Gama (Cidadania-MA).

Durante as falas, senadores de vários partidos trouxeram à tona novamente a insatisfação com a Câmara dos Deputados, por entregarem ao Senado uma MP às vésperas do vencimento. Vários senadores afirmaram que não são “carimbadores” das decisões vindas da Câmara e criticaram o pouco tempo para apreciação dessa e de outras medidas provisórias.V

Mulher é presa com mais de 60 celulares e outros eletrônicos sem comprovação de origem em Imperatriz

Destacado

A mulher identificada como Ana Paula dos Santos Oliveira, de 38 anos, foi presa em flagrante, na manhã dessa segunda-feira (3), por policiais da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, a 630 km de São Luís, pelo crime de receptação qualificada.
De acordo com o delegado Ederson Martins, a mulher guardava um aparelho iPhone6S furtado, bem como mantinha expostos a venda diversos outros celulares e outros eletrônicos usados, sem comprovação de origem lícita, em seu estabelecimento comercial no setor do mercadinho da cidade.

Foram apreendidos 67 aparelhos de telefone celular, 4 tablets, um iPad, um vídeo game Playstation 2, dois notebooks, um vídeo game Xbox e uma uma televisão de 32 polegadas da marca LG.
A vítima que reconhecer algum objeto como de sua propriedade, poderá comparecer ao setor de capturas da Polícia Civil de Imperatriz, localizado na Rua Sousa Lima, no período da manhã, munido do registro da ocorrência (se tiver), documento ou caixa mesmo caixa do aparelho ou de outro documento capaz de comprovar a sua propriedade.

Sindicato dos Rodoviários desmente paralisação para esta terça-feira (04) e nega demissão em massa de cobradores

Destacado

Em nota, o Sindicato dos Rodoviários descarta a realização de paralisação nesta terça-feira (04), como tem sido amplamente divulgado em grupos de whatsapp. Acrescenta, ainda, que não haverá demissão em massa de cobradores.
A revolta da categoria tem sido manifestada em veículos de comunicação por causa do afastamento de cobradores, o que tem sobrecarregando motoristas, que vêm desempenhando dupla função. No entanto, o Sindicato afirma que não fez acordo com os empresários para demissão de cobradores.
O sindicato culpa o deputado Wellington do Curso que estaria em busca de promoção às custas dos rodoviários.
“O que vem ocorrendo, é que políticos mal-intencionados, como o Deputado Estadual Wellington do Curso, numa tentativa de se promoverem às custas dos Rodoviários, estão inflamando as discussões em torno do assunto”, diz a nota.

Confira a íntegra da nota divulgada nesta segunda-feira (03).
O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa que não existe nenhuma paralisação de trabalhadores, marcada pela entidade, para esta terça-feira (04).
Para que um movimento grevista seja deliberado, é necessário que primeiro, ocorram assembleias, para que os Rodoviários sejam ouvidos e votem pela deflagração ou não da paralisação.
O que vem ocorrendo, é que políticos mal-intencionados, como o Deputado Estadual Wellington do Curso, numa tentativa de se promoverem as custas dos Rodoviários, estão inflamando as discussões em torno do assunto.

É importante ressaltar, que em nenhum momento, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, fez qualquer tipo de acordo com o Sindicato Patronal, SET, para pôr fim a função de cobrador em São Luís.
Entre os meses de agosto e dezembro do ano passado, a entidade, por diversas vezes, se reuniu com os empresários, para discutir a Convenção Coletiva de Trabalho, com vigência para 2019. Nesses encontros, uma das propostas apresentadas pelo SET, era sim, de pôr fim a função de cobrador, o que em nenhum momento foi aceito pelos representantes dos trabalhadores.
Para o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão o que vale, é o que foi estabelecido em Audiência no Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão, em 19 de dezembro de 2018, em que foi estabelecida a nova Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, em que foi definido, entre outros pontos, reajuste salarial de 7%, aumento no valor do ticket alimentação, garantia do plano de saúde e a MANUTENÇÃO da função de cobrador nas linhas que circulam por São Luís.
De maneira equivocada, esses políticos, estão usando atas, de várias reuniões sem acordo estabelecido, mentindo para os usuários do transporte público e para os trabalhadores, que a entidade teria feito acordo com os empresários para acabar com a função de cobrador.
Por fim, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão ressalta, que o que vale, é o documento que firmou a nova Convenção Coletiva de Trabalho e que garante a permanência dos cobradores no sistema. Informamos mais uma vez, que não existe nenhuma paralisação, marcada para essa terça-feira (04), coordenada pelo sindicato dos rodoviários.
Ascom Sind. Rodoviários – MA

Terlin Pires garante: ” Não largo o grupo 15″.

Destacado

Ex- Vereador Terlin, a esposa e o filho Junior

Depois de terem sido veiculados nas redes sociais que o ex-vereador e pré-candidato a uma vaga na Câmara municipal de Vargem Grande, Terlin Pires estaria de malas e bagagens para o grupo político do atual prefeito Carlinhos Barros, Terlin foi enfático: ” Não sei de onde essas pessoas tiraram essas conclusão, Não abro mão do grupo a que pertenço. Sou 15 e não largo.”

Perguntei então ao ex-vereador se ele nos autorizava fazer essa publicação e ele disse que sim, e que nenhuma outra pessoa estava autorizada a falar em seu nome. Adiantou ainda que continua fazendo política com amigos e correligionários do grupo 15 para retornar a Câmara Municipal.

Portanto, não podemos tomar gato por lebre. Tem pessoas que acham conveniente mudar de grupo e de partido, e por isso mudam. Mas não se pode generalizar. Todos tem o direito de fazer suas escolhas.

Bandidos explodem Banco do Brasil da Avenida dos Holandeses, em São Luís

Destacado

Agência foi alvo de bandidos e sofreu com explosões na madrugada desta segunda-feira e ficou destruída

A agência do Banco do Brasil na Avenida dos Holandeses foi atacada na madrugada desta segunda-feira (3). Partes de um caixa eletrônico foi parar na calçada da agência devido a força da explosão. O pátio ficou completamente destruído.
Segundo informações policiais, a ação criminosa foi por volta das 2h30 desta segunda. A explosão comprometeu boa parte do prédio, que ficou com buracos nas laterais.
A ocorrência foi registrada no Plantão de Polícia Civil das Cajazeiras, no Centro de São Luís. A Polícia Militar foi acionada, mas até o momento não há informações de suspeitos detidos. Não há informação também sobre o dinheiro levado na ação criminosa.

Trio é preso por tráfico de drogas em Codó

Destacado

Por volta das 09:30h deste domingo, 02/06, a guarnição abordou os conduzidos em uma moto TWISTER vermelha de placa DPD-2030 na rua Francisco Bernardino e foram encontrados com eles uma grande porção análoga à maconha dentro de uma mochila, foi conduzido também um terceiro indivíduo que foi indicado como o vendedor dessa porção. Os 3 conduzidos foram apresentados na DP sem lesões corporais.

Os conduzidos são:

Antonio Célio Costa Moreira, 30 anos.
Rua Francisco Bernardino, n 1516, Codó Novo.

Antonilson Lima de Moraes Júnior, 23 anos.
Rua Francisco Bernardino, Codó Novo.

Raimundo Nonato Costa Moreira, 35 anos.
Rua Sebastião Murad, n 1128, Codó Novo

*ASSCOM 17º BPM*

Toda a população pode se vacinar contra a gripe a partir de hoje

Destacado

A partir desta segunda-feira (3), toda a população pode se vacinar contra a gripe, inclusive quem faz parte do público prioritário e que ainda não se vacinou. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação vai continuar enquanto durarem os estoques da vacina.

Até a última sexta-feira (31), quando terminou a campanha nacional, quase 80% do público prioritário foi vacinado, o que representa 47,5 milhões de pessoas. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.

 Dia D de vacinação contra a gripe no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

 Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade – Tomaz Silva/Agência Brasil

Durante esse período, foram priorizados 59,4 milhões de pessoas, entre elas, gestantes, puérperas, crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, idosos, indígenas, professores, trabalhadores de saúde, pessoas com comorbidades, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de profissionais de segurança e salvamento.

Até agora, seis estados já bateram a meta de 90%: Amazonas (98,5%), Amapá (98,5%), Pernambuco (93,6%), Espírito Santo (91,3%), Rondônia (90,4%) e Maranhão (90%). Os estados com menor cobertura são: Rio de Janeiro (63,7%), Acre (73%) e São Paulo (73,1%).

Segundo o ministério, a escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) por serem grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANTÉM CONDENAÇÃO DA EX-PREFEITA DE PENALVA

Destacado

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve a condenação da ex-prefeita do município de Penalva, Maria José Gama Alhadef, de ressarcimento integral do dano no valor de R$ 80.366,59, com juros e correção monetária, e de proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos. Os desembargadores do órgão entenderam que ficou caracterizado o ato de improbidade que resultou na sentença de primeira instância.

Na ação ajuizada na Justiça de 1º grau, o Ministério Público estadual (MPMA) alegou que a ex-prefeita teve sua tomada de contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos profissionais da Educação (Fundeb), referente ao exercício financeiro de 2009, reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado.

Segundo o documento do TCE/MA, a então prefeita incorreu em diversas irregularidades em processos de licitação, bem como pela prática de gestão ilegal à norma legal de natureza contábil que resultou em multas e danos ao erário.

O Juízo de 1º grau acolheu o pedido do MPMA para condenar a ex-gestora pela prática dos atos de improbidade administrativa, determinando o ressarcimento do dano e a proibição de contratar com o Poder Público.

A ex-prefeita, por sua vez, sustentou que não há prova das alegações do Ministério Público e que não há dolo ou má-fé na conduta, elemento necessário à caracterização da improbidade.

Hoje na História: Morre o ex-pugilista Muhammad Ali

Destacado

No dia 3 de junho de 2016 morreu, aos 74 anos, o lendário ex-lutador de boxe Cassius Marcellus Clay Jr., mais conhecido como Muhammad Ali. Um porta-voz da família informou que a causa da morte foi um choque séptico devido a causas naturais não especificadas. No início da década de 1980, o atleta havia sido diagnosticado com a doença de Parkinson.

Nascido em 17 de janeiro de 1942, Ali foi o primeiro lutador a conquistar o título dos pesos-pesados três vezes. Venceu 56 vezes em seus 21 anos de carreira profissional.  Foi eleito “O Desportista do Século” pela revista americana Sports Illustrated em 1999. Ele também era bastante atuante em causas humanitárias.  

Clay conquistou seu primeiro título mundial em 25 de fevereiro de 1964 ao bater o então campeão dos pesos-pesados Sonny Liston. Antes da luta, ele prometeu “flutuar como uma borboleta, picar como uma abelha”, prevendo o nocaute. Quando foi coroado com o título, Clay gritou: “Eu sou o maior!”. Pouco tempo depois, Clay confirmou os rumores de sua conversão ao Islã. Em 6 de março de 1964, ele mudou o seu nome para Muhammad Ali.

Com a Guerra do Vietnã em curso, Ali foi intimado a se apresentar às Forças Armadas dos EUA em 28 de abril de 1967. Citando suas crenças religiosas, ele se recusou. Ali foi preso, e a Comissão Atlética do Estado de Nova York suspendeu imediatamente a sua licença de boxe, revogando o seu cinturão dos pesos pesados. Condenado por evasão de divisas, Ali recebeu uma pena de cinco anos de prisão e uma multa de US$ 10 mil. Ele permaneceu livre enquanto fazia apelação da sua condenação. Banido do boxe por três anos, Ali se manifestou contra a Guerra do Vietnã em várias ocasiões. No dia 3 de fevereiro de 1970, o lutador convocou uma coletiva de imprensa para anunciar que estava deixando o boxe. 

Em dezembro de 1970, a Suprema Corte do Estado de Nova York ordenou que ele recebesse novamente sua licença de boxe, e, no ano seguinte, a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou sua condenação em uma decisão unânime. Desta maneira, Clay mudou de ideia em relação à aposentadoria e voltou aos ringues. Em 8 março de 1971, teve oportunidade de recuperar sua coroa de campeão dos pesos-pesados na luta contra o campeão Joe Frazier, no que foi chamada de “Luta do Século”. O invicto Frazier derrotou Ali, que sofreu a sua primeira derrota como profissional.

A recuperação do título aconteceu somente no dia 30 de outubro de 1974, quando Ali, então com 32 anos, enfrentou o então campeão George Foreman, com 25 anos. A luta em Kinshasa, Zaire (atual Congo), foi apelidada de “Rumble in the Jungle”. Ali venceu por nocaute no oitavo round e recuperou o título tirado dele sete anos antes. Em 15 de fevereiro de 1978, Ali perdeu o título para Leon Spinks. Sete meses depois, Ali derrotou Spinks em uma decisão unânime em uma luta de 15 rounds para recuperar a coroa dos pesos-pesados. O atleta se aposentou em 1981.

Taxista é atingido por tiros após assalto em São Luís; suspeitos são presos na Avenida Litorânea

Destacado

Os três autores do assalto foram presos na Avenida Litorânea após o veículo cair em uma ribanceira.

O taxista identificado como César Santos foi atingido com disparos de armas de fogo na região da cabeça e na nuca durante assalto, na tarde desse domingo (02), em São Luís.
Segundo a polícia, a vítima teve uma corrida solicitada por um casal e, chegando ao local, teve o veículo tomado por três homens.
De acordo com o sargento Fábio do 20º Batalhão da Polícia Militar, durante a ação criminosa, os bandidos seguiram para a Avenida Litorânea e abandonaram o veículo Corolla após cair em uma ribanceira.

“Nós estávamos finalizando uma ocorrência quando flagramos o veículo indo em sentido contrário na via. O veículo deu fuga e nós os acompanhamos até a Litorânea, onde eles abandonaram o veículo que caiu”, explicou o sargento.
Logo após o abandono do veículo, os três fugiram para a orla marítima, mas foram alcançados e presos pelos policiais do 20º Batalhão da Polícia Militar.
Eles foram presos e apresentados na Delegacia. Os nomes deles ainda não foram divulgados.
Mesmo ferido, após receber os primeiros socorros e com bandagens na cabeça, o taxista esteve no local onde o veículo caiu e acompanhou o trabalho da polícia.
Com informações do G1 Maranhão

O rádio e o atraso do Brasil

Destacado

Você sabe quem inventou o rádio? Em todas as nossas escolas ensina-se que foi um italiano, de nome Guglielmo Marconi. Já de Roberto Landell de Moura, um obscuro padre brasileiro, quase ninguém ouviu falar – perdeu-se este nome na poeira da história. No entanto, foi ele o verdadeiro inventor do rádio.Roberto Landell nasceu em Porto Alegre, no ano de 1861. Concluiu sua educação em Roma, formando-se em Teologia e ordenando-se sacerdote. Naquela época, iniciou seus estudos sobre física e eletricidade. De volta ao Brasil, continuou suas pesquisas sobre as ondas de rádio. E eis que em 1894 (ou seja, 2 anos antes de Marconi) Roberto Landell transmitiu a voz humana por 8 km em linha reta, da Avenida Paulista até o Alto de Santana, na zona norte de São Paulo. Detalhe: o invento de Roberto Landell transmitia a voz, enquanto que o de Marconi transmitiria apenas sinais telegráficos, e dois anos depois.

Em seu livro Brasil Actual, publicado em 1903, o escritor Artur Dias, sobre Roberto Landell, escreveu que “logo que chegou a São Paulo, em 1893, começou a fazer experiências preliminares, no intuito de conseguir o seu intento de transmitir a voz humana a uma distância de 8, 10 ou 12 km, sem necessidade de fios metálicos”.Depois desta experiência coroada de sucesso aguardava-o a fama ou a fortuna? Não. Roberto Landell passou a ser visto pela população como herege, impostor, feiticeiro perigoso, louco, bruxo e padre renegado. Sua genialidade custou-lhe muita dor, sofrimento e isolamento.No ano de 1900 Roberto Landell repetiu sua experiência, buscando conseguir auxílio para as suas pesquisas. A notícia repercutiu, mas não como ele esperava: alguns religiosos se indignaram com as bruxarias de um padre, e dois dias depois vários fiéis invadiram o seu laboratório, quebrando todos os aparelhos que lá estavam.Naquela época, mais precisamente no dia 16 de dezembro de 1900, uma reportagem publicada no jornal La Voz de España, que circulava em São Paulo, assim registrou: “quantas e que amargas decepções experimentou Padre Landell ao ver que o governo e a imprensa de seu país, em lugar de o alentarem com aplauso, incentivando-o a prosseguir na carreira triunfal, fez pouco ou nenhum caso de seus notáveis inventos”.Desiludido, Roberto Landell foi para os Estados Unidos da América, de onde somente retornou no ano de 1903. Ele ainda teve energias para solicitar ao então presidente da República, Rodrigues Alves, dois navios de nossa Marinha para demonstrar seus inventos – só para fins de comparação, quando Marconi fez igual pedido ao governo italiano, foi informado de que toda a esquadra estaria à sua disposição. A Presidência da República do Brasil, no entanto, reputando-o um maluco, negou o seu pedido. Roberto Landell nunca conseguiu ajuda privada ou governamental para continuar suas pesquisas, e nem para construir equipamentos de rádio em escala industrial. Amargurado, abandonou a ciência e passou a dedicar-se exclusivamente à vida religiosa.A vida de Roberto Landell veio-me à memória dia desses, quando lia uma reportagem sobre os brasileiros e suas invenções. Nela, há um quadro mostrando os Estados Unidos com 425.966 invenções anuais, seguido de perto pelo Japão, com 408.674. O Brasil amarga um 12º lugar, com 24.074 criações patenteadas. Mas não se anime: o próprio jornalista esclarece que destas 24.074 patentes apenas 3.803 são realmente invenções de brasileiros – as demais, ou seja, 20.271, são criações de empresas estrangeiras aqui registradas para fins de exploração comercial.É realmente difícil de entender: temos um dos povos mais criativos do planeta, mestres na arte da improvisação e da inovação, e não nos preocupamos em apoiá-lo ou estimulá-lo! O fato é que já passou da hora de termos um Centro de Apoio ao Inventor Brasileiro, uma instituição que incentive e ajude os nossos tantos inventores no desenvolvimento de suas idéias e no processo de patente das mesmas. Afinal, como exclamava Câmara Cascudo, “o melhor produto do Brasil ainda é o brasileiro”.

Pedro Valls Feu Rosa é desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Homem é preso pela policia militar por receptação em Codó

Destacado

A equipe de policiais da FORÇA TÁTICA, em parceria com o SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA do 17ºBPM de Codó, conseguiu efetuar a prisão de um indivíduo acusado de receptação na Rua Lea Archer, no Bairro São Sebastião. Durante a abordagem foi encontrado com o conduzido o celular tomado de assalto na manha do último sábado (01/06).

O conduzido relatou para a equipe de policiais, que comprou o aparelho celular de Francisco Erison, o ”baê”. Mediante a situação foi dado voz de prisão e o elemento foi apresentado na delegacia de policia para que os procedimentos cabíveis sejam adotados.

Os conduzidos :

Rafael Sousa Moreira, 20 anos
Rua Da Coheb, São Sebastião

José Domingos Dos Santos Muniz, 31 anos
Rua Lea Archer, Bairro São Sebastião

ASSCOM 17º BPM

Falso advogado é preso em Açailândia; ele já foi denunciado pela OAB do Pará em 2012

Destacado

Policiais do 26º BPM da cidade de Açailândia, a 563 km de São Luís, prenderam em flagrante, por volta de 1h da madrugada deste domingo (02), Ney Severiano de Oliveira Rocha, que se apresentou como advogado, mas estava portando carteira falsa da OAB.
Segundo informações da PM, após realização de abordagem e revista pessoal e no veículo de Ney Severiano, ele apresentou a CNH, mas ficou com uma carteira da OAB na mão. 
Após pesquisa sobre antecedentes, os policiais constataram que ele já havia sido autuado por utilizar uma carteira falsa da Ordem dos Advogados do Brasil.
Aos PMs, Ney Severiano afirmou que seria advogado e apresentou a carteira da Ordem. Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o caso.
A reportagem do blog do Gilberto Lima fez consulta ao Cadastro Nacional de Advogados (CNA) e constatou que Ney Severiano de Oliveira Rocha aparece com registro de estagiário, nº 6617-E, na Seccional de Castanhal, no Pará, e está com situação de cancelado.

Denunciado por atuar como falso advogado em Castanhal, no Pará

No final de agosto de 2011, a OAB/PA recebeu denúncia de que um falso advogado, chamado Ney Severiano de Oliveira Rocha, estaria distribuindo cartões profissionais oferecendo serviços de consultoria e pareceres, no município de Castanhal, nordeste paraense. Ele atendia à população no escritório “Sena Lima & Araújo – Advogados Associados’’. 
Na época, a Ordem certificou que o referido cidadão NÃO É ADVOGADO, assim como a Razão Social “Sena Lima & Araújo – Advogados Associados” não consta no Livro de Registro de Sociedade de Advogados da OAB/PA.

A conduta tem incurso nos crimes de Falsidade Ideológica, uso de documento falso e falsa identidade, previstos, respectivamente nos artigos 299, 304 e 307, do Código Penal Brasileiro. 
Providências da OAB/PA
No dia 31 de janeiro de 2012, a Ordem dos Advogados do Brasil seção Pará (OAB-PA) enviou ofício para a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP) solicitando providências urgentes em relação ao caso do falso advogado, Ney Severiano de Oliveira Rocha, que usando de falsa identidade tinha livre acesso às delegacias do nordeste paraense, atuando em especial na Delegacia de Polícia Civil de Castanhal.
O documento assinado pelo vice-presidente da instituição, Evaldo Pinto, foi endereçado ao Secretário de Segurança Pública Luiz Fernandes Rocha.

ENTIDADES EMPRESARIAS APRESENTAM PROPOSTA DE R$ 1 BILHÃO PARA O NORDESTE

Destacado

Entidades empresariais apresentaram no dia 28/05 ao presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, uma proposta de trabalho, com investimentos de R$ 1 bilhão para a recuperação econômica e o desenvolvimento de pequenas cidades do Nordeste.Os presidentes de diversas confederações foram recebidos no Palácio do Planalto e manifestaram apoio à reforma da Previdência proposta do governo federal.Segundo o presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, as confederações, pela maneira com que trabalham, podem fazer uma ação para melhorar um pouco o problema da pobreza do Nordeste, principalmente no meio rural.O presidente [Bolsonaro] está com um projeto para cidades acima de 50 mil habitantes e nós nos propusemos a trabalhar naquelas cidades mais pobres, do homem do campo, que são 14 milhões de pessoas que vivem no meio rural do Nordeste, disse.Entre as ações que podem ser executadas, Martins citou a capacitação de jovens e de profissionais de saúde e a modernização dos meios de trabalho, além de tornar mais competitiva a atividade de pequenos produtores e comerciantes.O presidente da CNA explicou que os recursos são adicionais aos que as entidades já investem na região. A proposta deve ser entregue em breve ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que, segundo Martins, vai alinhar os projetos das entidades ao que já foi anunciado pelo governo para o Nordeste.Na última sexta-feira (24), o presidente Bolsonaro fez sua primeira visita oficial à região e apresentou o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste, da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a ser implementado em quatro anos, a partir de 2020, em 41 cidades e nas nove capitais da região.Do NBO

Homem é assassinado por ex-cunhado ao tentar impedir agressão contra irmã em Santa Luzia

Destacado

O homem identificado como Raimundo Martins Soares, de 64 anos, foi assassinado no momento em tentava evitar que sua irmã fosse agredida pelo ex-marido dela.
O crime foi praticado por José de Ribamar de Araújo Carvalho Filho, de 47 anos, na Rua Tancredo Neves, em Santa Luzia, a 294 km de São Luís, na noite desse sábado (1º).
De acordo com informações de testemunhas, o assassino estava separado da esposa há poucos dias.  Eles estariam discutindo na residência do casal, quando Raimundo Martins Soares, irmão da mulher, pediu que parassem com as brigas.
O agressor voltou-se contra o ex-cunhado, ameaçando-o de morte. 

Raimundo Soares tentou deixar o local, mas foi perseguido até a porta da casa. Ele foi atingido por quatro golpes de faca. 
Raimundo morreu no local, antes de receber qualquer tipo de atendimento.
Após cometer o crime, o assassino fugiu e está sendo procurado pelo polícia. Fonte Gilberto Lima.

Os ministros investigados no quadrilhão do PT totalizam 18 nomes

Destacado

Foto montagem da Revista IstoÉ

Dezoito (18) ministros da “Era PT” estão sob investigação de desvio de recursos das mais diversas áreas, 4 de Lula, 10 de Dilma e outros 4 comuns aos dois governos.

Alguns já foram condenados e os processos remetidos às outras instâncias.

E ainda vemos petistas pedindo exoneração dos ministros do atual governo? Gente…

Estamos colocando a ponta do nariz para fora do buraco onde fomos enterrados, já temos ar nos pulmões, mas é só a ponta do nariz!!

Vamos demorar anos para nos recuperar e seria mais fácil se boa parte dos brasileiros não estivessem tão apegados ao partido que colocou toda essa gente aí…

Não precisa começar a gostar do atual governo, mas, pelo menos, entender o que aconteceu conosco para termos mudado radicalmente de direção.

Não adianta usar exemplos da história nazista para impressionar, se você não tem a mínima noção da história recente do teu próprio país.

É contemporâneo, você faz parte dessa história, interprete!

O povo não votou em Bolsonaro para “oprimir” alguém, votou por sobrevivência financeira!!!

Conheça os nomes e cargos dos investigados:

José Dirceu (PT, Casa Civil, Lula) Alfredo Nascimento(PR, Transportes, Lula e Dilma)

Paulo Bernardo (PT, Planejamento e Comunicações, Lula e Dilma)

Agnelo Queiroz (PCdoB, Esporte, Lula), Aloizio Mercadante (PT, Educação, Dilma), Antonio Palocci (PT, Casa Civil, Dilma), Edinho Silva (PT, Comunicação, Dilma), Edison Lobão (PMDB, Minas e Energia, Dilma),

Jaques Wagner (PT, Defesa-Civil, Dilma),

José Eduardo Cardozo (PT, AGU, Dilma), Mario Negromonte (PP, Cidades, Dilma),

Orlando Silva (PCdoB, Esporte, Lula).

Carlos Gabas (PT, Previdência, Lula e Dilma), Fernando Pimentel (PT, Desenvolvimento, Dilma)

Guido Mantega(PT, Fazenda, Lula e Dilma), Ideli Salvatti(PT, Dilma)

Silas Rondeau (Minas e Energia).

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Polític

Hoje na História: Rainha Elizabeth II é coroada

Destacado

No dia 2 de junho de 1953,  Elizabeth II foi formalmente coroada rainha do Reino Unido, em uma cerimônia repleta de tradições. Cerca de oito mil convidados assistiram à coroação na Abadia de Westminster, em Londres, e centenas de milhões acompanharam o evento pelo rádio e pela televisão. Após a cerimônia, milhões de espectadores aplaudiram a rainha de 27 anos e o seu marido, de 30 , o duque de Edimburgo, quando o casal passou fez uma trajeto de oito quilômetros em uma carruagem dourada puxada por cavalos.

Elizabeth assumiu o trono britânico após a morte de seu pai, Jorge VI. Na cerimônia, na Abadia de Westminster, a rainha jurou garantir o cumprimento da lei e governar a Igreja de Inglaterra, dentre outros compromissos relacionados com o trono britânico.

Conta de luz não terá taxa extra em junho, informa Aneel

Destacado

Bandeira tarifária está na cor amarela neste mês e passará para a cor verde em junho. De acordo com a Aneel, chuvas em maio superaram as expectativas, mantendo o nível dos reservatórios.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (31) que a conta de luz não terá cobrança extra em junho.
A bandeira tarifária de maio está na cor amarela, cuja cobrança extra é de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts/hora consumidos, e passará para a cor verde, sem taxa adicional.
Segundo a Aneel, as chuvas em maio superaram as expectativas, mantendo o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas.
Sistema de bandeiras
Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo da energia gerada, possibilitando aos consumidores reduzir o consumo quando a energia está mais cara.
O funcionamento das bandeiras tarifárias funciona nas cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2).
A bandeira indica se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O grande culpado

Destacado

José Maurício de Barcellos0

Quero falar das últimas manifestações de 26 de maio e do que elas representam. Inicio dizendo que, obviamente, ficou evidenciado que o fantástico movimento popular verdadeiramente revolucionário do ano passado, que costumo chamar de MRP 2018, permanece vivo, íntegro, determinado e tão forte como surgiu e, para desespero dos contras, muito mais experiente. Seu povo convicto e determinado está agora seguro de que ele próprio – e não uns segmentos pré-fabricados ou qualquer liderança que seja – foi quem elegeu o líder que vai levá-lo ao sucesso e à vitória irremediavelmente, por qualquer caminho que se fizer necessário. Que os contrariados e os inconformados entendam como melhor lhes aprouver. Tudo pode acontecer da forma mais fácil e suave ou difícil e sofrida, mas acontecerá. Brasil não volta para as mãos dos maus de forma alguma. É isto que o povo gritou nas ruas e nas praças dessa vez.

Ao longo da semana que antecedeu ao dia das manifestações a extrema imprensa, a classe política nociva e pérfida juntamente com os sempre desprezíveis intelectuais de esquerda e seus fanáticos seguidores, sem falar dos vendidos movimentos sociais, corporativos e sindicais, todos torciam no sentido de que a onda verde e amarela que tomou o Brasil de norte a sul mais esta vez, agora viesse a fracassar, para a partir deste fato gritar: morte ao Capitão!

O povão está atento,
podem ter certeza
os canalhas de sempre.

Estava tudo ardilosamente preparado e, solertemente, escondido. Vi deformador de opinião escrever nas entrelinhas de suas covardes detrações nos jornalões que Bolsonaro iria se arrepender de ter convocado o povo para se manifestar a seu favor, comparando-o ao ladrão esquizofrênico Collor de Mello. Vi chupim da máquina pública e nababo das corporações cochichar entre si que se este movimento das famílias e dos homens de honra fosse menor do que a passeata dos estudantes das “cracoversidades” estaria dado o sinal para o impeachment de Bolsonaro. Vi o sorriso maldoso transparecido nos escritos dos FHC’s da política ou dos patifes “uspinianos” sonhando com a oportunidade de se regozijar com a prematura derrocada de um governo que estão tentando impedir de começar. Nesta linha ouvi o bandidaço Renan (muitas vezes réu no STF) dizer que o governo Bolsonaro se ferrou na largada e que estaria prestes a se esborrachar, tanto quanto agora, já passada a incrível demonstração de força do povo nas ruas, vejo um “carcamano da esquerda esperta” do jornal “O Goebbels” se espremendo todo para convencer os incautos que denunciar o Congresso Nacional como corrupto e o Supremo como uma vergonha nacional é pura vontade de dar o golpe.

NotíciasRelacionadas

Aéreas e Anac usam lorota contra mala gratuita

Chegou a primeira

Pessoalmente eu sabia que avaliação daquela gente estava completamente equivocada. Não havia mesmo a menor chance que os quase 60 milhões de cidadãos que votaram em Bolsonaro o abandonarem e logo no primeiro embate. O povão está atento, podem ter certeza os canalhas de sempre. Não há um homem de bem que não tenha percebido as manobras encetadas pela classe política para garrotilhar o Presidente. Será que o imbecil Rodrigo Maia imagina que ninguém está vendo suas ressentidas vinditas contra a surra que ele e seu pai – brizolista de triste memória – levaram nas ruas dos filhos do Capitão. Nenhum cidadão medianamente aculturado acredita que o podre “Centrão” vai colocar os interesses da Pátria acima de seus códigos de vantagens. Esta turma que é assim chamada, com pouquíssimas exceções, é a mesma que participava da quadrilha de Eduardo Cunha. O povo não esquece. Igualmente, Haddad, Boulos, Ciro e a quadrilha petista estavam só esperando a hora de começar a gritar “Fora Bolsonaro”. Penso que não são somente sórdidos. São burros e pobres de espírito. Espero que o decreto das armas concorra, de alguma forma, para colocar a ferros essa gente e seus invasores. A Nação Verde e Amarela estaria vingada e seu povo sofrido teria alcançado alguma justiça.

A inconsequência dos
perdedores está conduzindo
o povo ao extremo

Não deu o que aquela trupe queria. E as ruas, que metem medo não somente aos políticos, mas aos vermes da vida nacional, também disseram, em alto e bom som, que o Bolsonaro é o povo e seu projeto para o Brasil é a esperança. É um deleite constatar como os Conglomerados das Comunicações e seus vendidos asseclas estão se roendo de ira e de inveja, sem falar de que como os petralhas com seu “Ogro Encarcerado” estão apodrecendo de despeito, ainda mais depois que a última passeata estudantil deu com os burros n’água. Como diria o velho Chico Anísio: vai comendo Raimundo!

Realmente, a cada dia que passa o governo mais se firma, os bandidos do Congresso mais se desmoralizam, os príncipes e mandarins da máquina pública mais se desesperam ao ver se aproximar o fim de seus privilégios. A esquerda ladra e inconsequente vê toda hora um núcleo ou um feudo ser destruído pela gente do Capitão. Desse modo Bolsonaro segue adiante, sofrendo muito embora, mas no comando de seu ministério de notáveis e competentes, para toda quinta feira às 19 horas, através da “Rede Mundial de Computadores”, prestar contas de seus atos à Nação agradecida, através das “live’s” semanais, que hoje alcançam milhões e milhões de pessoas, para desespero da vermelhada enlouquecida. É gratificante ver bandidinho da extrema imprensa bem como muitos babilacas metidos a besta todos ficando “pau da vida” porque suas mentiras são, em tempo real, desmascaradas pelo “Twitter do Mito”.

É “mito” mesmo seus vendilhões da Pátria! Assim, anotem se quiserem: o ódio contra o homem que vocês quase mataram na rua a facadas o está o transformando num herói mitológico, numa lenda viva. Igualmente escutem seus mequetrefes mal-intencionados o que a história ensina: “nenhum homem, entidade ou nação inimiga pisoteia a honra e o coração de um povo humilhado e sai ileso do outro lado”.

A inconsequência dos perdedores está conduzindo o povo ao extremo. Muito diferente de uma antiga e patética bazófia do “Ogro Condenado,” com a qual ele ousou ameaçar o Brasil com os terroristas do tal de Stédile do MST, a força real do Capitão nos dias de agora o permite levantar sozinho dezenas de milhões de cidadãos e patriotas por todo País para seguir seus propósitos. Se acham que tenho ou não razão, se pensam que podem esconder o fervor de nossa gente por Bolsonaro, confiram os fatos assistindo ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Cwa2NgAiW_A. É impressionante. É muito sério e mais perigoso ainda o que está acontecendo. Somente não vê quem não quer.

A lógica daquela gente se parece com a lógica da pregação dos puxadinhos do PT: o PSD, o PSOL; o PCdoB. Afirmam que a culpa do aumento da criminalidade é da polícia opressora que atira no sanguinário malfeitor para matar. O povo foi mais esta vez para as ruas contra a odiosa classe política e contra a banda podre do STF, que FHC, Lula e Dilma e Temer cevaram as nossas custas. No dizer dos maus, a culpa disto ou a motivação para toda essa revolta do povo nas ruas do Brasil inteiro provém de Bolsonaro, que insiste em não trair o povo; teima em não negociar com dinheiro e cargo público e não pactua com “Mandarim Solta Bandido”. Sabem que eles têm razão!

Motorista de transporte escolar é morto a facadas e degolado em Jenipapo dos Vieiras

Destacado

O homem identificado como Jeoglan Araújo de Sousa, motorista de transporte escolar, foi morto a golpes de faca, tendo sido inclusive degolado.
Ele foi vítima de latrocínio. Como deve ter reagido ao assalto, foi assassinado barbaramente. Ele teve uma motocicleta e um aparelho celular subtraídos.
O corpo de Jeoglan Sousa foi encontrado numa estrada vicinal, a cerca de 1 Km após o povoado Santa Maria, em Jenipapo dos Vieiras, ao lado direito da BR-226, sentido Barra do Corda/Grajaú.

Em consulta ao Sigo, a polícia constatou que a vítima não tem registro de  envolvimento em ações criminosas.
Segundo moradores do Povoado Copaíba, em Jenipapo dos Vieiras, onde residia com a esposa e uma filha de aproximadamente 7 anos de idade, Jeoglan era trabalhador e nunca se envolveu em nada de errado. Fonte Gilberto Lima

Quadrilha com armamento de guerra impõe terror em Pedro do Rosário MA

Destacado

Uma quadrilha fortemente armada realizou uma incursão na cidade de Pedro do Rosário durante a madrugada deste sábado (01).

De acordo com informações já confirmadas, o bando formado por aproximadamente 10 homens chegou com armamento de guerra, se dividiu em dois grupos, um responsável por atacar o destacamento da PM e o outro por realizar explosões no interior da agência do Bradesco.
Os bandidos fugiram após a ação, a gerência do estabelecimento informou que nenhum valor foi levado já que os caixas estavam desabastecidos.

Via Midia São Luis

Governo Federal quer ampliar faixas do Minha Casa Minha Vida

Destacado

Programa habitacional também vai mudar de nome, disse ministro

Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. (Foto: Agência Brasil)

O governo federal deve apresentar mudanças no programa Minha Casa Minha Vida na semana que vem, segundo informou hoje (30) o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Entre as alterações está a ampliação das atuais quatro faixas de financiamento e a troca de nome do programa habitacional, criado em 2009 no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“É um novo governo, um novo programa, ele está sendo reformulado. Então, não apenas mudar o nome por mudar. É uma nova visão”, disse o ministro após participar da cerimônia de lançamento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Pelo Minha Casa Minha Vida, famílias com renda mensal de até R$ 1.800 estão contempladas pela faixa 1, que tem zero de juros, financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A faixa 1,5 contempla famílias com renda bruta mensal entre R$ 1.800 até R$ 2.600, com taxa de juros de 5% ao ano, prazo de até 30 anos para pagar e subsídios que podem chegar a R$ 47,5 mil. A faixa 3 compreende famílias com renda até R$ 4 mil, com taxas de juros que variam de 6% a 7% e subsídios de até R$ 29 mil. Já a faixa 3 atende famílias com renda máxima de R$ 7.000.

“A nossa proposta é um maior número de faixas, maior número de categorias para atender as diferentes demandas”, justificou o ministro. Ele disse ainda que o programa, após 10 anos de execução, apresenta uma série de problemas que precisam ser corrigidos pelo governo, como comercialização irregular de lotes, invasão dos lotes por facções criminosas, conflitos sociais nos condomínios, problema de violência doméstica. “São questões que o governo não pode aceitar. A gente não pode ver uma situação dessa e não fazer nada”.

Os detalhes do novo programa de habitação popular do governo federal serão apresentados pelo ministro durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira (4).

PRESO UM DOS ACUSADOS DE EXECUTAR A TIROS VEREADOR DA CIDADE DE MARANHÃOZINHO

Destacado

A Polícia Civil do Maranhão prendeu nesta sexta-feira, (31) na cidade de Santa Luzia do Parua o vaqueiro Egídio Silva Pires, conhecido como “No Cego”. Ele seria um dos autores do assassinato do vereador da cidade de Maranhãzinho, João Pereira Serra, (PSD), conhecido como “Jango”. A vítima foi executada a tiros na manhã do dia 23 de abril deste ano. A vítima saia de uma fazenda de propriedade da família em uma caminhonete quando foi vítima de uma emboscada em uma estrada vacinal que dá acesso a BR-316 no município de Santa Luzia do Parua. A polícia está a procura de um outro homem que também estaria envolvido na execução do vereador. A prisão do acusado foi efetuada por policiais da Superintendência de Homicídios e  Proteção a Pessoa, (SHPP). A motivação do crime ainda está sendo investigada pela polícia que trabalha com a possibilidade de crime por motivação política e financeira. Fonte O municipalista.

Bolsonaro anuncia redução de 6,0% no preço do Diesel e 7,2% da gasolina

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), anunciou, ontem nas redes sociais, que a Petrobras vai reduzir os preços das gasolina e do diesel.

A estatal anunciou redução de 6,0% no preço do DIESEL e 7,2% no preço da GASOLINA.

Com a queda do preço internacional do petróleo, Petrobrás reduz o valor da gasolina e diesel amanhã em quase R$ 0,14.

C

10 presos são indiciados pelo assassinato de detento em presídio de Imperatriz; dois confessaram crime

Destacado

Detentos assassinaram o latrocida Daniel Silva,
 condenado a 21 anos de prisão, dentro do presídio de Imperatriz

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), autuou em flagrante delito 10 internos no Presídio Regional de Imperatriz, localizado no Bairro Itamar Guará, pelo crime de homicídio que teve como vítima o interno Daniel Pereira da Silva.
O corpo de Daniel foi encontrado por um agente do presídio na cela, na manhã de terça-feira (28). A princípio, pensava-se que ele havia recorrido ao suicídio. Após perícia e análise de outras circunstâncias, além do exame de necropsia, foi constado que Daniel foi vítima de homicídio.
Dos 10 internos da cela levados para prestar depoimentos na delegacia especializada, apenas dois, Antônio Nunes da Silva Filho, conhecido como “Marabá”, e Thallys Nogueira, confessaram participação no homicídio. 
Daniel Silva, o detento assassinado, cumpria condenação de 21 anos pelo crime de latrocínio e aliciamento de menor. A vítima de latrocínio foi o mototaxista João Paulo Uchôa, conhecido como “Panda”.

O crime ocorreu em 18 de dezembro de 2017, quando a vítima tentou fugir de um assalto no Parque Alvorada, em Imperatriz.
Com informações do Blog Notícia da Foto

Hoje na História: Criada a Companhia Vale do Rio Doce

Destacado

Em 1º de junho de 1942, Getúlio Vargas assinou o decreto-lei que criou a Companhia Vale do Rio Doce. A história da empresa remonta à extração de minérios na região de Itabira, em Minas Gerais. Antes de sua fundação, a exploração dos minérios estava nas mãos da Itabira Iron Ore Company, estabelecida em 1911 pelo empresário norte-americano Percival Farquhar. 

Os planos de Farquhar para a empresa eram ambiciosos: ele pretendia exportar 10 milhões de toneladas de minério de ferro por ano para os Estados Unidos. A ideia não deu certo. Mesmo contando com a simpatia do presidente Epitácio Pessoa, o projeto do empresário sofreu uma oposição feroz, principalmente de Artur Bernardes, então governador de Minas Gerais (que mais tarde seria eleito presidente do Brasil).

Devido a conflitos com autoridades de alto gabarito, o projeto de Farquhar nunca se concretizou. A pá de cal nos planos de Farquhar veio quando Getúlio Vargas assumiu o poder após a Revolução de 30. O presidente encampou as reservas de ferro pertencentes a Farquhar e criou com elas a empresa estatal Companhia Vale do Rio Doce, em 1942.

Nos anos seguintes, a nova empresa teve uma expansão lenta e gradual. Em seus primórdios, a principal função da Vale era fornecer matéria-prima para as empresas siderúrgicas brasileiras.  A partir dos anos 1960, a empresa se modernizou e conquistou novos mercados, como o japonês. Após a criação da empresa de navegação Docenave, em 1962, e a inauguração do Porto de Tubarão, em 1966, o crescimento da empresa foi estrondoso. Em 1976 a Vale atingiu a liderança mundial na exportação de minério de ferro.

Em 1997 a empresa foi privatizada durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Em 2007, a companhia passou a se chamar Vale S.A. Hoje, a Vale é uma empresa privada, de capital aberto. Ela opera em 13 estados brasileiros e nos cinco continentes. Além disso, possui mais de dez mil quilômetros de malha ferroviária e nove terminais portuários próprios.

Bacurau

Destacado

Segurando a mão da minha mãe, estávamos quase chegando ao final da ladeira da catedral, em frente à casa do Senhor José Barbosa, pai de três lindas meninas que sempre estavam na sacada observando o movimento da larga porta de entrada do Comércio de Maceió, a Praça da Assembléia. Alguém que vinha em sentido contrário, e ia começar a subida em direção ao bairro do farol falou, alto emocionado: o Brasil ganhou a Palma de Ouro em Cannes. Foi o Anselmo Duarte; o pagador de promessas. Minha mãe sorriu encantada e eu me arrepiei todo. Meu Deus!-pensei-; o Brasil é o melhor de todos no mundo inteiro. Palma de Ouro. 1962. Eu tinha nove anos de idade e já era um cinéfilo contumaz. Conhecido de todos os porteiros e comissários de menores de Maceió e interior. Penedo principalmente. UAU. Palma de Ouro na sétima arte. Batendo Hollywood, França e o mundo todo. Quem é que vai poder segurar um país desse e o meu futuro nas artes cinematográficas internacionais. Claro, já estou lá, no palco do Teatro do Centro de Convenções, em Cannes, segurando e mostrando ao mundo, a Palma de Ouro do Brasil. Não tenha dúvida. Chego lá. Já temos a Copa do Mundo da Suécia no bolso e vamos engolir Hollywood, mostrando como se faz cinema ao mundo. Foi nesse mesmo ano que assisti, ao vivo, e participei das cenas das filmagens finais de Os Três Cabras de Lampião, em Água Branca, sertão de Alagoas. Eu já sabia como se fazia cinema. Mesmo com os conselhos da minha nova amiga, Vanja Orico, em julho de 1962, para fugir da ideia de ser artista no Brasil, como o diabo correria da cruz, eu só conseguia ver a enorme Cruz do pagador de promessas se arrastando feito cobra no sertão, e o meu futuro fulgurante no teatro e no cinema. Eu também quero uma Palma de Ouro, -dizia ao menino que morava na minha cabeça. Para dar ao Brasil. Para entregar a todos os brasileiros. Para mostrar a Vanja Orico. O sinal abriu e eu segui com minha mãe em direção à Brasileira, elegante loja com todos os tipos de rolos de tecidos fabricados na Inglaterra e no mundo inteiro, e depois seguindo para a Tira Teima, em busca dos nossos queridos produtos nacionais de corte e costura.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.

NOTÍCIA URGENTE – Empresário Joelson Vasconcelos sofre acidente em trecho de rodovia que liga Anapurus a Brejo (MA)

Destacado

O Empresário Joelson Vasconcelos sofreu na manhã desta sexta-feira 31/5, por volta das 10h40, um acidente de Moto na BR-222, em trecho após Anapurus – MA, sentido Brejo – MA. De acordo com sua assessoria, ele mesmo estava pilotando sua moto 250cc no momento do acidente e, segundo populares presentes no local, considerado um trecho muito ruim da BR, o empresário possivelmente perdeu o controle da moto em um buraco na BR.

Seu estado de saúde é estável, Joelson está consciente e se encontra em hospital particular na cidade de Chapadinha/MA, onde já está confirmado duas fraturas, uma no punho esquerdo e outra no tornozelo direito.

EM ITAPECURU MIRIM, ASSALTANTE PERIGOSO É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL

Destacado

Na cidade de Itapecuru Mirim, RAFAEL DA SILVA NEVES,  18 anos, vulgo Tampinha, foi preso   pela polícia civil em flagrante delito pelo crime de roubo qualificado e apreendeu em flagrante delito de ato infracional análogo ao crime de roubo qualificado, o adolescente, F.T.S.B., vulgo N.B., 17 anos. 
O assalto ocorreu na quinta-feira, 30/05/19, pela manhã,  no centro, em Itapecuru Mirim, onde subtraíram a moto POP VERMELHA e um CELULAR. 
Criminosos audaciosos, fizeram vários assaltos nos últimos dias, utilizando-se de arma de fogo do tipo garruncha e também um revólver cal. 32,  dentre elas, as vítimas  do assalto ao  Posto Dragão, o roubo da moto branca e vermelha, no Bairro Torre,  dia 15/05/19, ocasião em que colocaram a arma na cabeça da criança, tendo sido recuperada pela Equipe da Polícia Civil a referida moto. 
Na ocasião, fora preso seu parceiro RODRIGO. Também subtraíram uma moto FAN  preta , na quinta-feira, 30, à noite, no Bairro Galeria, sendo que esta moto foi recuperada pela Polícia Militar, no Povoado Entroncamento. 
Todas as vítimas reconheceram os autores dos crimes. As prisões  preventivas e internações estão sendo providenciadas.

Correios passam a oferecer novos serviços com o Balcão do Cidadão

Destacado

Instituições públicas e privadas poderão usar a capilaridade dos Correios para levar serviços ao público por meio do Balcão do Cidadão. O projeto foi lançado hoje (31) pelos Correios e tem o intuito de ampliar os serviços disponíveis nas agências da empresa.

Atualmente, qualquer pessoa pode efetuar o pagamento de taxas e multas do serviço militar em uma agência dos Correios. Com a iniciativa, o objetivo é aumentar o leque de serviços.

“Uma concessionária de energia elétrica que, por determinação da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], tem que contar com uma estrutura física de atendimento, poderá utilizar a rede de agência dos Correios para ofertar, no Balcão do Cidadão, o serviço de troca de titularidade da conta de luz”, exemplifica o chefe de Departamento de Soluções ao Cidadão dos Correios, Washington Alves.

Segundo ele, a decisão dos Correios de expandir a variedade de atividades teve início no ano passado e reflete uma “vocação” da empresa.

“Quase 60% do CPF [Cadastro de Pessoa Física] emitido no país é feito dentro de uma agência dos Correios”, destaca Alves.

Caso deseje contratar o Balcão do Cidadão, a instituição ou empresa deve entrar em contato com o setor de vendas dos Correios pelo Fale Conosco no site da instituição

De acordo com Alves, em meados de junho, os Correios colocarão no ar um site contendo a lista de todos os novos serviços disponíveis no Balcão do Cidadão.

FILHO DE EMPRESÁRIO DE ITAPECURU MORRE AFOGADO

Destacado

O corpo de Bombeiros Militar do Maranhão informou que no final da tarde de quarta-feira (29), por volta das 17h15, o jovem estudante de Direito do Ceuma Renascença e filho de empresário de Itapecuru-Mirim, Jorge Marinho, morreu vítima de afogamento na Praia do Calhau, em São Luís.

Integrantes do Corpo de Salva Vidas e Bombeiros ajudaram a salvar dois dos três que estavam se afogando, mas o universitário ficou mais distante e foi alcançado ainda com vida e levado imediatamente para uma UPA do Araçagy, mas faleceu.

Jorge era filho do dono do frigorífico Baixa Verde, no município de Itapecuru Mirim. Ele sonhava em se tornar advogado e estava iniciando o curso de Direito no Ceuma do Renascença.

A CASA CAIU: POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS SUSPEITOS DE INTEGRAR QUADRILHA DE ASSALTANTES DE CARGAS EM CAXIAS E SANTA INÊS

Destacado

Dois policiais militares estão entre os presos na 2ª fase da Operação Cargas deflagrada nesta quinta-feira (30) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) da Polícia Civil do Estado do Piauí. Os PMs presos são suspeitos de participação em assaltos no Piauí e Maranhão.

No total, cinco suspeitos foram presos na operação, sendo um em Fortaleza-CE.

Eles foram identificados como Wanderley Rodrigues da Silva, cabo da PM; o pai de Wanderley, que não teve a identidade divulgada; Bruno Costa de Oliveira, soldado da PM; Josué Oliveira Santos, funcionário de uma transportadora em Teresina; e Adolfo Cícero de Alencar Neto.

No Piauí, desde o fim do ano passado, vem sendo registrado uma série de crimes envolvendo roubo a mercadorias. Em dezembro, cerca de 100 TVs e celulares foram recuperados após terem sido levados do depósito de uma loja. Em janeiro deste ano, o gerente de uma loja de departamento em Teresina foi sequestrado e levado a um depósito para liberar celulares e TVs. Em fevereiro, o Greco apreendeu uma carga de café e leite em pó roubada e avaliada R$ 1 milhão.

Os policiais militares presos atuavam na “linha de frente nos assaltos” e recebiam cerca de 50% do valor roubado. Em entrevista coletiva, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko, informou que, no momento da abordagem, o cabo W. Silva ameaçou os policiais e disse que “atirava se tivesse um fuzil”.

No momento da abordagem foram apreendidas três armas de fogo, dinheiro, entre outros objetos.

Os PMs entravam realizando as abordagens e aproveitavam que podiam utilizar arma de fogo para passar despercebido por abordagens policiais, se utilizando dessa condição para praticar os assaltos. Eles também realocavam o material em depósitos específicos. Após isso, comercializavam a carga para terceiros e saíam distribuindo todo o dinheiro”, disse o delegado Gustavo Jung, presidente do inquérito.

As investigações constataram que W. Silva e Bruno organizavam e escutavam roubos de cargas nas regiões de Caxias e Santa Inês no Maranhão. Constatou-se que Josué, funcionário de transportadora, passava informações privilegiadas para Abimael (preso em janeiro deste ano) e este indicava para seus comparsas qual caminhão ou empresa assaltar. Já o Adolfo ajudava na logística dos roubos“, completa o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes.

Gustavo Jung acrescenta que W. Silva também teria tido participação no sumiço de R$ 300 mil do Banco do Nordeste, em dezembro de 2017. Em 2018, o PM se envolveu em uma briga e acabou disparando contra o cantor Saulo do Gado.

Cada um tinha uma função específica. Um era responsável pelas informações dentro da transportadora que repassava para quem ia fazer as abordagens e estes entregavam o material para quem aguardava no depósito. Aos poucos, o material ia sendo retirado em carros menores para não serem percebidos. De fato, a organização criminosa está bem configurada”, disse Jung.

Os presos serão indiciados por roubo e organização criminosa.

Com informações do Cidade Verde,

Idoso é preso acusado de estuprar e transmitir doenças para três crianças, em Paço do Lumiar

Destacado

O idoso Sebastião Nogueira, de 74 anos residente no bairro Novo Horizonte, no município de Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, foi preso nesta quarta-feira, (29), acusado de abusar sexualmente de três crianças. As vítimas acabaram contraindo Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).
As crianças com idade de 3, 6 e 9 anos foram resgatadas pelo Conselho Tutelar cumprindo determinação da Justiça. Também foram presos os pais das crianças identificados como Josiel Gomes Brito e Elis Regina Costa Alves. Todos tiveram as prisões preventiva decretadas pela Justiça de Paço do Lumiar.
Estupro e abandono
As prisões foram efetuadas por policiais da Delegacia Especial do Maiobão. Pelo que foi investigado pela polícia, os pais das crianças saiam de casa e deixavam as vítimas na casa de Sebastião que cometia os abusos sexuais contra as crianças.
A polícia descobriu que o pais sabiam da violência sofrida pelas vítimas e que Sebastião pagava o pai e mãe para que as vítimas ficassem na responsabilidade dele. O casal teve a prisão decretada por abandono de incapaz e Sebastião foi preso por estupro de vulnerável.
De acordo com a polícia, as crianças estão recebendo todo o acompanhamento para tratarem as doenças sexualmente transmissível que acabaram contraindo. Os acusados foram encaminhados para o Presídio São Luís. 

Funcionário terceirizado da Cemar é preso na Raposa por furto

Destacado

F

O titular da Delegacia Especial de Raposa, Marconi Caldas, através de sua equipe de captura, efetuou a prisão de Waldeson da Costa Silva, funcionário terceirizado que presta serviços para a Companhia Energética do Maranhão – Cemar. 
O servidor foi autuado em flagrante pela prática do crime de furto contra a empresária Welina Mônica de Souza Dias.
Waldeson Silva foi preso pela polícia, acusado de furtar um aparelho celular
O delegado informou que o acusado adentrou na loja da vítima que fica localizado no bairro São Bernardo, em São Luís, e furtou um aparelho celular. Tomando ciência do ocorrido, Marconi Caldas determinou que sua equipe de captura formada por policiais civis saísse em busca do acusado pelo crime que já está preso e se encontra à disposição da justiça.
A ação policial que culminou na prisão em flagrante de Waldelson Silva aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), na comunidade Mangue Seco, no município de Raposa, na Grande Ilha. Fonte Neto Weba

Polícia prende assaltante e apreende carro usado em roubo no bairro Cohama, em São Luís

Destacado

Policiais do Grupo Tático Móvel (GTM) do 20º BPM prenderam Jordy Leonardo Costa e Silva Oliveira, de 26 anos, por participação em roubos na Lanchonete Karolícias, no bairro Cohama, em São Luís, na tarde de quarta-feira (29).
Segundo informações da PM, desde as 15h30, com base em vídeos de circuito de monitoramento, as guarnições se empenharam em estabelecer estratégias para capturar os cinco envolvidos no assalto. 
Os criminosos estavam em um veículo Celta, de cor vermelha, de Placa NNC-6721, dirigido na ação por Jordy. Eles conseguiram roubar um veículo Uno Vivace, de cor azul e placa NXO-8003.
Jordy foi capturado nas proximidades da sua residência no Planalto Anil II, na Chácara Brasil, às 21h30. Ele estava dirigindo o mesmo veículo utilizado na ação. Os comparsas não foram localizados.

Ele confessou sua participação no roubo e informou os nomes dos outros envolvidos.
O assaltante foi conduzido ao Plantão do Cohatrac para serem adotadas as medidas judiciais cabíveis.

Hoje na História: Morre Santo Inácio de Loyola

Destacado

Iñigo Oñaz de Loyola foi um militar castelhano, religioso católico, padroeiro de Guipúzcoa (menor província da Espanha) e poeta. Foi fundador da ordem religiosa da Igreja Católica Romana, Companhia de Jesus, e o primeiro general da ordem (título oficial do líder da congregação católica da Companhia de Jesus comumente conhecida como os Jesuítas. Costuma-se se referir a ele como Padre General). Foi elevado aos altares da Igreja Católica como Santo Inácio de Loyola. Nasceu em 24 de dezembro de 1491 e faleceu em 31 de maio de 1556. Em fevereiro de 1528 entrou para a Universidade de Paris, onde permaneceu por mais de sete anos, aumentando sua educação teológica e literária, e tratando de despertar o interesse dos estudantes em seus Exercícios Espirituais.

Escravos, doentes e linchamentos

Destacado

Pedro Valls Feu Rosa3

No já distante ano de 1618 um holandês de nome Dierick Ruiters deu um marcante testemunho acerca do que foram os anos de escravidão no Brasil: “Vi, certa feita, um negro faminto que, para encher a barriga, furtara dois pães de açúcar. Seu senhor, ao saber do ocorrido, mandou amarrá-lo de bruços a uma tábua e, em seguida, ordenou que um negro o surrasse com um chicote de couro.  Seu corpo ficou, da cabeça aos pés, uma chaga aberta, e os lugares poupados pelo chicote foram lacerados a faca. Terminado o castigo, um outro negro derramou sobre suas feridas um pote contendo vinagre e sal. O infeliz, sempre amarrado, contorcia-se de dor. Tive, por mais que me chocasse, de presenciar a transformação de um homem em carne de boi salgada e, como se isso não bastasse, de ver derramarem sobre suas feridas piche derretido. O negro gritava de tocar o coração. Deixaram-no toda uma noite, de joelhos, preso pelo pescoço a um bloco, como um mísero animal, sem cuidarem de suas feridas”.

Exatos 250 anos depois, Joaquim Nabuco alertava sobre o vírus da violência, da falta de piedade e de compaixão que os anos de escravidão inocularam na sociedade brasileira. A escravidão, escreveu ele, “vivendo com a sociedade intimamente, adaptou-se a ela, comunicou-lhe os seus vícios, carregou de sombras o seu futuro”.

Já nos nossos dias, o escritor Jean Marcel Carvalho França bem analisou o custo desta “herança de insensibilidade” que recebemos: “nunca é demais lembrar que o “flagelo do cativeiro de negros” durou mais de três séculos entre nós e foi, queiramos ou não, constitutivo daquilo que entendemos por sociedade e povo brasileiros. É difícil crer que, alicerçada em tais bases, esta mesma sociedade, tradicionalmente muito lenta em corrigir distorções e reticente em discutir e alterar padrões, pudesse ou possa produzir um “povo pacífico”, um povo de “bom coração”, como se costuma dizer”.

Estas palavras induzem – ou pelo menos deveriam induzir – uma profunda reflexão sobre algumas cenas que vemos em nosso dia-a-dia, as quais, apesar de chocantes ao extremo, têm sido tratadas com uma insensibilidade surpreendente.

Inicio pelas cenas de doentes depositados no chão de corredores imundos de alguns hospitais públicos, gemendo e suspirando pela oportunidade de simplesmente ocuparem uma maca. Não, não se diga faltarem recursos: um Brasil que gasta tanto com tantos supérfluos tem, sim, recursos para dar um leito de hospital aos seus filhos.

Somos mesmo um povo solidário? O que dirão nossos descendentes ao saberem que, em diversos hospitais particulares, muitas vezes seres humanos gemendo de dor são recebidos nos Prontos-Socorros com a pergunta “você trouxe a carteirinha?”, e apenas atendidos após estar garantido o pagamento das despesas?

Dia desses divulgou-se uma chocante pesquisa segundo a qual ocorrem no Brasil quatro linchamentos por semana. Constatou-se ainda que, dentre 20 mil linchamentos pesquisados, apenas uma pessoa foi punida. O autor da pesquisa, estimando que 50% da população suporte, ainda que não claramente, esta prática, concluiu que “já não somos um povo cordial”.

Em nossos morros e favelas diariamente morrem 20 crianças por falta de esgoto sanitário – apenas 25% dos brasileiros que residem em cidades são atendidos por rede de esgoto, e só 12% dos dejetos são tratados. Uma vez mais, não se fale em “falta de recursos” – um país riquíssimo como o nosso, que só em propaganda oficial gasta mais de R$ 1 bilhão a cada ano, poderia sim salvar as vidas destas crianças.

Talvez, neste início de milênio, mereça mesmo alguma reflexão a responsabilidade que temos de deixar para as futuras gerações de brasileiros a mensagem de que sentimentos como solidariedade e compaixão são nobres e devem ser cultivados. É, talvez seja o momento de nos perguntarmos se estão abalados os sentimentos de fraternidade e religiosidade que nos ensinaram serem tão típicos da nossa gente.

Pedro Valls Feu Rosa é desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

UFMA anuncia concurso público para Técnicos Administrativos para os campi dos municípios de Codó, Bacabal, Pinheiro, Balsas, Chapadinha, Grajaú, São Bernardo, São Luís ou Imperatriz.

Destacado

FacebookTwitterEmailWhatsApp

Um novo edital de concurso público foi anunciado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Desta vez, o certame é para o preenchimento de 3 vagas de nível superior em cargos Técnicos Administrativos em Educação, para os campi dos municípios de Codó, Bacabal, Pinheiro, Balsas, Chapadinha, Grajaú, São Bernardo, São Luís ou Imperatriz.

Segundo informações do edital, as oportunidades são para os cargos de:

  • Administrador;
  • Economista e
  • Farmacêutico-Bioquímico.

Para atuar nas funções é necessário graduação na área, além de registro no Conselho. A remuneração oferecida será de R$ 4.180,66,equivalente a carga horária de 40 horas semanais.

Inscrições

Os interessados poderão se inscrever a partir das 10h do dia 03 junho até às 23h59min do dia 19 de junho de 2019, no endereço eletrônico oficial da Universidade (www.concursos.ufma.br). A taxa de inscrição está no valor de R$ 100,00.

O certame contará com provas objetivas (de caráter classificatória e eliminatório) com previsão para o dia 28 de julho, das 9 horas às 13 horas, na cidade de São Luís/MA. O concurso público é válido por 2 anos, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Universidade Federal do Maranhão.

Hoje na História: Morre Joana d’Arc, heroína da Guerra dos Cem Anos e santa francesa

Destacado

No dia 30 de maio de 1431, Joana d’Arc morria na cidade francesa de Ruão. Ela foi queimada na fogueira aos 19 anos, acusada de bruxaria. Considerada heroína da Guerra dos Cem Anos, passou de feiticeira à santa padroeira da França. A mártir francesa foi canonizada em 1920, pelo Papa Bento XV, quase cinco séculos após sua morte. Dois anos depois, ela foi declarada padroeira da França. O Parlamento francês também estabeleceu uma festa nacional em sua honra no segundo domingo de maio.

Nascida no dia 7 de janeiro de 1412, na cidade de Domrémy-la-Pucelle, Joana d’Arc ficou conhecida por seus feitos durante a Guerra dos Cem Anos. Ela alegava ter visões divinas do arcanjo Miguel, de Santa Margarida e da Santa Catarina, que a instruíram a ajudar as forças de Carlos VII e livrar a França do domínio da Inglaterra. Ainda antes de sua coroação, Carlos VII enviou Joana junto com um exército para tentar solucionar o Cerco de Orleans. Após apenas nove dias de ação, a batalha terminou com um resultado favorável aos franceses e Orleans foi libertada, elevando assim a reputação de Joana à condição de heroína nacional aos olhos do povo francês. 

Seguiu-se uma série de vitórias militares para as forças de Carlos VII, que permitiram sua coroação como rei na Catedral de Reims. Como resultado, a moral da população francesa melhorou e a maré da Guerra dos Cem Anos começou a virar em favor dos franceses.

Após o fracassado Cerco de Paris, contudo, a popularidade de Joana dentre a nobreza francesa despencou. Em 23 de maio de 1430, ela foi capturada em Compiègne pelos Borguinhões, um grupo de franceses que apoiavam os ingleses. Eles a entregaram nas mãos do governo da Inglaterra, que colocaram seu julgamento nas mãos do bispo Pierre Cauchon, quando ela foi acusada de heresia e assassinato. Cauchon a declarou culpada e ela foi sentenciada a morte na fogueira. Sua morte, contudo, a elevou aos status de mártir e fez aumentar o fervor patriótico francês contra os ingleses.

Irmãos são mortos após deixarem a penitenciária de Pedrinhas, em São Luís

Destacado

Os irmãos Eronaldo Silva Ramos, de 18 anos, e Simão Silva Ramos, de 22 anos, foram mortos por espancamento no início da manhã desta quarta-feira (29), no bairro Estiva, na zona rural de São Luís.
Os dois eram da cidade de Santo Amaro, a 241 km de São Luís, e estavam presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Eles foram liberados no início da manhã desta quarta-feira. 
Pelas informações, os dois não tinham dinheiro para retornar a Santo Amaro, e estavam caminhando na linha férrea, onde foram atacados.
A primeira linha de investigação da polícia aponta que os jovens foram mortos por integrantes de uma facção que atua na região da Estiva, Vila Samara e Coqueiro, na zona rural.
Eles haviam sido presos em flagrante por roubo qualificado no município de Humberto de Campos, no último dia 12 de maio.

A cooperação entre o Brasil e a África

Destacado

É uma enorme satisfação e alegria contar com a presença de todos os senhores aqui para comemorarmos juntos o Dia da África, mantendo e reinaugurando uma tradição de diálogo e proximidade entre o Brasil e o continente africano nesta importante data.

Gostaria de começar assinalando que a política externa do presidente Jair Bolsonaro pretende aproximar-se do povo brasileiro e dos sentimentos que movem a nossa nação.

A maioria da nossa nação, a maioria do nosso povo se reconhece afrodescendente. Nós nos orgulhamos disso. O povo brasileiro se identifica profundamente com a África, como inclusive acabamos de ver no brilhante texto do embaixador Alberto da Costa e Silva.

Nesse momento em que o Brasil se esforça por se reencontrar consigo mesmo, isto significa necessariamente um impulso de nos reencontramos com a África, que é parte indispensável da nossa essência e das nossas raízes. Num mundo justamente de desenraizamento e de homogeneização das nações, contra o qual nos insurgimos, esse reencontro com as raízes africanas da nacionalidade brasileira é absolutamente fundamental. Nós buscamos não só um Brasil mais próspero, mas um Brasil também mais autêntico e mais conectado consigo mesmo. Na parceria com a África, nós queremos refletir essa mesma disposição, combinando o trabalho com a nossa identidade e a promoção de nossas relações econômicos e em tantos outros domínios. Entre nós, brasileiros, a África está presente na língua, na cultura, na religião, na dança, no DNA. O Dia da África, portanto, é também um pouco um dia nosso, do Brasil, se é que posso ousar dizê-lo. A África tem lugar sólido no edifício da nacionalidade brasileira.

Entre nós, brasileiros,
a África está presente na língua,
na cultura, na religião,
na dança, no DNA.

Esse Dia da África, que acaba de transcorrer, celebra um movimento de caráter libertador. Refere-se à criação da Organização da Unidade Africana, em 25 de maio de 1963. Desde então, a organização, que em 2002 se converteu na União Africana, cresceu e se afirmou: acolhe hoje dezenas de estados e desempenha papel central no reforço da institucionalidade do continente. Os países africanos aprenderam que caminhar unidos é a forma mais eficiente para realizarem seus objetivos – unidos, mas soberanos, dando um exemplo ao mundo, inclusive ao nosso esforço de integração na América Latina e na América do Sul.

O dia 25 de maio marca, dessa forma, a celebração dos mais caros valores regionais dos quais compartilhamos: a soberania, a igualdade entre os estados, a solidariedade e a integração regional em prol da construção de um destino comum – sem que, com isso, sejam feridas a liberdade e a dignidade de cada povo. É nesse espírito de liberdade que nos reunimos aqui hoje.

Gostaria de falar um pouco sobre o tema do comércio. Desde o início dos anos 2000, o mundo assiste ao “renascimento africano”. A África é polo econômico em ascensão, com grande atração de capitais e taxas de crescimento econômico em muito superiores à média mundial.

Entre 2000 e 2010, o continente apresentou 5,4% de crescimento anual do PIB, enquanto a média mundial foi de aproximadamente 3% no mesmo período. Para 2018 e 2019, estima-se que o crescimento econômico anual africano seja superior a 4%, número invejável, enquanto a economia global deve crescer em torno de apenas 3%.

Diante desses números vemos que estamos muito longe de realizar o potencial de comércio entre o Brasil e o continente africano.

Nossas trocas econômicas devem estar à altura das nossas relações firmemente ancoradas na história e num patrimônio cultural compartilhado. A África constitui mercado consumidor em clara expansão, com o qual o Brasil compartilha a vasta área comum do Atlântico Sul.

Nos últimos anos, após sensível redução na corrente de comércio entre Brasil e África, verificada em 2016, experimentamos uma fase de ainda modesta recuperação. Em 2017, as trocas foram da ordem de 14 bilhões, quase 15 bilhões de dólares. Em 2018, alcançaram novamente 14,7 bilhões de dólares. Precisamos trabalhar para redinamizar as nossas trocas comerciais, a partir desse patamar.

O perfil do comércio entre Brasil e África não corresponde mais ao de outros tempos, antes marcado por exportação de bens industrializados por parte do Brasil e importação de produtos primários com origem nos países africanos.

Vamos trabalhar com
o objetivo de que estejam
dadas as condições para
empresas africanas e
brasileiras investirem lá e cá.

Em 2018, manufaturados e semimanufaturados corresponderam a 58% das exportações brasileiras e 53% das importações brasileiras provenientes da África. É um novo quadro, que nos traz novos desafios, dentro do qual queremos e podemos atingir muito mais.

Seguindo o espírito do recém-firmado Acordo Continental Africano de Livre Comércio, queremos mais acordos comerciais. Já temos dois tratados em vigor que demonstram esse potencial, e queremos expandir essa dimensão. Temos o Acordo de Livre Comércio Mercosul-Egito – país para onde se destinam atualmente 26% [US$ 2,13 bilhões] de todas as exportações do Brasil para a África– e o Acordo de Comércio Preferencial [ACP] Mercosul-SACU [União Aduaneira da África Austral].

Quero enfatizar que, na nova visão de política externa que estamos implementando, a dimensão econômica e comercial das relações Brasil-África é fundamental. Convido nossos parceiros africanos a continuar a dialogar com o Brasil sobre formas e opções para aumentarmos o nosso comércio, para diversificá-lo, bem como para ampliarmos os investimentos de lado a lado, sempre com a participação crucial do setor privado.

O governo brasileiro tem toda a disposição para trabalhar com a iniciativa privada com o propósito de ampliar o fluxo de investimentos em direção à África. Vamos trabalhar com o objetivo de que estejam dadas as condições para empresas africanas e brasileiras investirem lá e cá.

Atualmente, os investimentos do Brasil na África concentram-se, principalmente, nos ramos da construção civil, agronegócio, mineração e petróleo, tendo como principais parceiros em investimentos Angola, África do Sul e Nigéria.

Mas também há significativos investimentos africanos no Brasil, fato desconhecido por muitos brasileiros. Esses investimentos acontecem nos mais diferentes campos – da produção de petróleo e fertilizantes até à extração e o transporte do minério de ferro, passando pelo mercado editorial e pela ligação, por cabo submarino de fibra ótica, entre os nossos continentes.

Nesse campo dos investimentos, como nos outros, queremos uma relação entre iguais, equitativa, explorando os diferentes modelos, conforme as necessidades e características de cada parceiro.

Canal privilegiado de diálogo entre o Brasil e a África é a União Africana. Enxergamos a União Africana como a janela pela qual os vários aspectos do continente se mostram ao mundo, na forma de uma só entidade e um ponto privilegiado para o exame das principais questões africanas.

A União Africana representa importante espaço de divulgação de projetos de alcance continental, como a área de livre comércio continental ou o passaporte continental unificado. Essas amplas e ambiciosas propostas apontam para uma vontade política voltada para a construção e o fortalecimento da arquitetura de coordenação e de cooperação africana. Complementarmente, instrumentos como a observação eleitoral, a garantia do resultado dos pleitos e o apoio ao funcionamento regular das instituições dos países-membros, têm contribuído para a prevenção de conflitos e o reforço da institucionalidade do continente, trabalho que muito admiramos.

Em abril, ainda de 2018, em reunião com autoridades da União Africana, em Adis Abeba, nós reiteramos a importância estratégica que atribuímos a essa relação com a União Africana, e ao continente africano de modo geral, na política externa brasileira. Um compromisso que agora nós reafirmamos. Queria nesse momento reiterar a proposta então feita de criação de um mecanismo de consultas políticas regulares entre Brasil e a União Africana.

A CPLP é um símbolo
do valioso patrimônio
humano, linguístico
e cultural que nos une

Gostaria de falar de maneira muito especial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, CPLP, cuja presidência no momento é de Cabo Verde, e que constitui importante elo de ligação entre o Brasil e o continente africano.

Seis dos nove membros da CPLP são países africanos, cuja língua comum é base sobre a qual se constrói a comunidade. A CPLP é um símbolo do valioso patrimônio humano, linguístico e cultural que nos une, do princípio da igualdade soberana entre estados e do forte adensamento das nossas relações em todos os domínios.

A partir dos três pilares da CPLP – a concertação político-diplomática, a cooperação em todos os domínios e a promoção e difusão da língua portuguesa –, surgem iniciativas concretas de cooperação e apoio em casos de crise, estreita coordenação dos nove países nos foros multilaterais, em questões como segurança alimentar e energética e construção da paz em situações pós-conflito.

Também é importante destacar a presença da CPLP no acompanhamento de processos eleitorais de estados-membros, sempre a pedido destes. O Brasil integrou todas as missões de observação eleitoral da Comunidade – cerca de 30 até hoje – desde que elas foram instituídas, tendo sido a mais recente aquela realizada na Guiné-Bissau em março corrente. Na visão brasileira, as missões de observação eleitoral contribuem para o desenvolvimento institucional em bases democráticas dos Estados membros.

A experiência da CPLP – como também a da União Africana – demonstra que os povos e as nações são mais fortes quando se unem.

A exemplo da CPLP, nos foros multilaterais, com frequência, o Brasil e a África convergem em posições relativas a temas como a promoção da segurança alimentar, a criação de mecanismos de defesa do sistema financeiro internacional contra crises, o fortalecimento dos mecanismos de financiamento ao desenvolvimento e a liberalização do comércio internacional de produtos agrícolas.

Aproveito a oportunidade para felicitar as nações africanas, que indicarão o presidente da 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas, desde já garantindo que o candidato que seja endossado pela União Africana para essa notável função terá o apoio do governo brasileiro.

No setor de defesa, nós compartilhamos visões similares, na medida em que acreditamos que a maior estabilidade de nossas regiões possibilita o desenvolvimento de nossos povos. Por isso, cooperamos de maneira intensa nessa área de defesa e segurança.

Mantemos acordos-quadro de cooperação em defesa com 12 estados africanos, que nos permitem compartilhar ideias, treinamento, doutrina militar e tecnologia.

Nossas Forças Armadas enviaram e receberam oficiais e praças para cursos e outras atividades de treinamento. Das escolas brasileiras de formação de oficiais já saíram militares africanos que hoje são motivo de orgulho para seus países e para o Brasil.

Várias forças aéreas da África já utilizam aeronaves Super Tucano da Embraer. Também cooperamos com países africanos na implantação de sistemas de controle terrestre, aéreo e naval.

O governo brasileiro acredita
na importância da coordenação
de esforços para a prevenção e
o combate à pirataria, ao tráfico
de drogas, de armas e de seres
humanos, à pesca ilegal

Outro importante aspecto é a cooperação técnica em matéria de defesa, que inclui pesquisa tecnológica e venda de material de alto valor agregado, área bastante frutífera e que permanecerá muito promissora.

Nesse sentido, destaca-se o desenvolvimento conjunto de tecnologia de mísseis com a África do Sul: o projeto do míssil ar-ar de quinta geração “A-Darter” está em fase final de testes.

Mantemos ainda importantes projetos de cooperação naval com países africanos, até mesmo por meio do estabelecimento de missões navais. Formamos mais de mil militares da Marinha da Namíbia em escolas navais brasileiras, o maior contingente de oficiais estrangeiros já capacitados no Brasil. A Missão Naval do Brasil na Namíbia contribuiu, ademais, para a criação do Curso de Formação de Marinheiros na Base de Walvis Bay.

Ainda outro exemplo de cooperação naval é a manutenção de um oficial da Marinha do Brasil no Centro inter-regional de coordenação entre os países do Golfo da Guiné, no Cameroun.

A África Ocidental, é importante assinalar, compartilha com o Brasil o Atlântico Sul, espaço que faz parte do “entorno estratégico” brasileiro. Nesse sentido, a intensificação da cooperação com o oeste do continente africano contribui para a consolidação de uma área de paz e estabilidade.

O governo brasileiro acredita na importância da coordenação de esforços para a prevenção e o combate à pirataria, ao tráfico de drogas, de armas e de seres humanos, à pesca ilegal e outros ilícitos transnacionais no Atlântico Sul.

No Golfo da Guiné, participamos, pela sexta vez, nas atividades da “Operação Obangame Express”, com o navio-patrulha oceânico “Araguari”, da Marinha do Brasil. O exercício envolve diretamente os 16 países do Golfo da Guiné, desde Senegal até Angola, e é patrocinado pelo Comando Militar dos EUA para África [AFRICOM] e facilitado pelas forças navais norte-americanas para Europa e África [“US Naval Forces Europe/Africa”].

Bienalmente, participamos dos exercícios navais IBSAMAR, que contaram com a participação da corveta Barroso, em 2018, gerando aproximação e intercâmbio de experiências entre as Marinhas do Brasil, da África do Sul e da Índia.

O Brasil acredita que exercícios conjuntos como esses capacitam forças de defesa brasileiras e africanas a incrementar seu grau de interoperabilidade e a fazer com que nós nos apropriemos da nossa própria segurança.

Além da cooperação em defesa, a cooperação técnica também é instrumento privilegiado para o adensamento das relações do Brasil com a África: intensifica nossos laços políticos, econômicos, sociais e culturais.

Focamos no desenvolvimento de capacidades, ou seja, na identificação, mobilização e expansão de conhecimentos e competências disponíveis no país parceiro, com vistas à conquista da autonomia local para a concepção e a implementação de soluções endógenas para os desafios do desenvolvimento.

Nos últimos vinte anos, o Brasil realizou 677 projetos de cooperação técnica com os mais diversos países africanos, destacadamente nas áreas de saúde, agricultura, pecuária, pesca, educação e formação profissional.

Notabiliza-se aqui o trabalho da Agência Brasileira de Cooperação, ABC, que, desde 1987, presta cooperação técnica como instrumento de desenvolvimento de países irmãos – entre eles, muito especialmente, os países africanos.

Atualmente, encontram-se em vigor 32 acordos de cooperação técnica entre o Brasil e países do continente e 78 projetos de cooperação técnica em andamento com a África.

Pretendemos que esses projetos se orientem cada vez mais pelas prioridades políticas definidas por nossos parceiros africanos. Queremos trabalhar para aquilo que é importante para os africanos.

Eu digo sempre que os diplomatas não devem fazer coisas que são apenas importantes para outros diplomatas, mas coisas que façam a diferença para pessoas comuns e para a realidade concreta de seus países, e queremos aplicar isto às relações com o continente africano. Queremos escutá-los e saber quais são as suas prioridades e, para isso, é extremamente valiosa essa oportunidade que temos aqui hoje. Já tive a oportunidade de escutar com enorme interesse e atenção as palavras do embaixador do Cameroun, Martin Agbor Mbeng, que já apontam diferentes ideias para o aprofundamento dessa cooperação e terei enorme prazer em escutar outras ideias de vossas excelências. Essa preocupação ilustra o interesse brasileiro fundamental em contribuir para o desenvolvimento econômico e social da África.

Essa cooperação técnica brasileira reveste-se, como sabem, de variados formatos.

Temos um lugar cada vez mais importante para a cooperação trilateral, com países desenvolvidos, que já resultou em inúmeros projetos, como a parceria com a Alemanha para o melhoramento do plantio do caju em Gana, para dar um exemplo, ou com o Japão para o fortalecimento do Sistema de Resposta ao HIV e SIDA em Moçambique, ou ainda no combate à lagarta do cartucho em inúmeros países africanos, em parceria com os Estados Unidos.

No âmbito da cooperação trilateral com organismos internacionais, cabe destacar o programa para o apoio no desenvolvimento de Programas Sustentáveis de Alimentação Escolar, implementado em parceria com o Programa Mundial de Alimentos por meio do Centro de Excelência contra a Fome, em Brasília.

No que diz respeito à cooperação com a CPLP, quero destacar aqui o programa de Fortalecimento da Capacidade Política e Institucional de Agentes Governamentais e Não-governamentais para a Promoção e Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência nos Países da CPLP, mais um exemplo das perspectivas da nossa cooperação.

Queria ressaltar também a perspectiva de aumento da nossa cooperação cultural. Como sabem, estamos criando um novo instituto, o Instituto Guimarães Rosa, para promoção da cultura brasileira no exterior, que permitirá uma presença mais estruturada do Brasil nessa área da cooperação cultural, e onde um destaque muito especial caberá à nossa cooperação com a África.

Estamos inaugurando um
novo tempo político, em que os
valores da transparência, da
honestidade e da liberdade nos guiam.

Nossa cooperação também toma a forma de resposta humanitária, a fim de contribuir para mitigar o sofrimento de populações em situações vulneráveis.

A propósito, gostaria de manifestar nossa solidariedade com Moçambique, Malawi e Zimbábue, onde o ciclone tropical Idai causou centenas de mortes, destruição e desalojamentos, que tanto lamentamos.

A resposta humanitária do Brasil, até o momento, materializou-se no fornecimento de imagens de satélite das regiões afetadas pelo ciclone, o envio de dois aviões de transporte Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB), com duas equipes de 20 especialistas em busca e salvamento, com carga de medicamentos e insumos básicos de saúde. O governo brasileiro também ofereceu contribuição com recursos – inclusive por meio da CPLP – para ações de mitigação e reconstrução.

No início de maio, nossa equipe humanitária brasileira, com efetivo de 29 especialistas, partiu para Moçambique, substituindo as anteriores e dando continuidade à assistência às vítimas dos ciclones.

Falando agora, e para terminar, do futuro das relações entre o Brasil e a África. Gostaria de dizer que o Brasil quer ser parceiro da África no desenvolvimento vertiginoso que atravessa o continente africano. Obras de infraestrutura e produção de alimentos se intensificam à luz da rápida urbanização que perpassa os países africanos. Podemos contribuir com capacidade técnica em infraestrutura e urbanismo, tendo em conta que compartilhamos muitos dos desafios que a África enfrenta e enfrentará.

Queremos participar da revolução agrícola pela qual passará a África, com nosso “know-how”, maquinário e programas de capacitação. Nos campos do urbanismo, infraestrutura e agronegócio, podemos empreender processos de transferência de tecnologia que proporcionem ganhos para o lado africano, em termos de desenvolvimento, bem como para o lado brasileiro, em termos de conquista de mercados.

Busquemos, juntos, construir um arcabouço jurídico que proporcione previsibilidade aos negócios entre brasileiros e africanos por meio, por exemplo, de novos acordos de cooperação e facilitação de investimentos. Ampliemos nosso trabalho conjunto no campo da defesa por meio de pesquisa compartilhada, capacitação de recursos humanos e transferência de conhecimentos. Fortaleçamos a cooperação educacional e cultural no contexto dos programas de intercâmbio de graduação e pós-graduação e no contexto do novo instituto ao qual me referia há pouco.

Senhoras e senhores,

Como os senhores que vivem aqui em Brasília sabem, o Brasil passou, nos últimos anos, por uma de suas maiores crises econômicas da sua história, marcada por desafios políticos, sociais e, não menos importante, desafios de natureza ética.

É sob essa ótica que buscaremos promover mais comércio, mais investimento e mais desenvolvimento para os nossos povos. Queremos reconquistar para o Brasil um lugar de destaque no mundo, um lugar que acreditamos ser o nosso destino, e esse trabalho passa muito especialmente pela construção de uma parceria vibrante e sólida com a África.

Agradeço novamente muito a presença de todos, e convido todos a passarmos para o debate e a troca de ideias.

Ex-prefeito de Esperantinópolis é preso por desvio de verbas

Destacado

Na manhã desta quarta-feira, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão, o 1º Departamento de Combate à Corrupção e a Superintendência da Polícia Civil do Interior realizaram a Operação Cidade Limpa, cumprindo três mandados de prisão temporária nas cidades de Imperatriz e Bacabal.
Foram alvos das prisões o ex-prefeito de Esperantinópolis Raimundo Jovita de Arruda Bonfim, conhecido como Dr. Raimundinho; o ex-secretário municipal de Administração Márcio Alencar Silveira e o sócio da empresa A. R. Locadora de Máquinas e Veículos, Rodrigo Túlio Freitas Viana, conhecido como Rodrigo Rico ou Rodrigo Ostentação.
Os mandados foram expedidos pela Justiça da Comarca de Esperantinópolis.
De acordo com a investigação do MPMA, no início do ano de 2015, a administração municipal de Esperantinópolis realizou uma licitação, no modelo pregão presencial, para a prestação do serviço de limpeza urbana, que resultou na contratação da empresa A. R. Locadora de Máquinas e Veículos, cujos sócios eram, à época, Rodrigo Túlio Freitas Viana e Samuel Karlos Araújo Nobre, pelo valor aproximado de R$1.230.000,00.
Conforme a apuração realizada até o momento, há fortes indícios de fraude na realização do referido procedimento licitatório, especialmente pela ausência de comprovação de publicidade e pela constatação de que os documentos foram juntados aos autos sem obedecer ordem cronológica e sem ter sido numerados adequadamente, demonstrando ter ocorrido uma montagem.
Foi apurado, ainda, que, embora o contrato previsse que todas as despesas com os empregados seria de responsabilidade da empresa, era utilizada mão de obra de vários servidores públicos, bem como de pessoas indicadas diretamente pelo ex-prefeito.
Com o aprofundamento das investigações, foi comprovado que a A. R. Locadora de Máquinas e Veículos, na mesma gestão, celebrou outros contratos com o Município de Esperantinópolis, sem que os serviços fossem efetivamente prestados, totalizando aproximadamente R$ 6.243.000,00, dos quais grande parte foi desviada e repassada a diversas pessoas, dentre os quais familiares do ex-prefeito, do ex-secretário, além de vereadores da época.
O Ministério Público tanbém atestou que a empresa A. R. Locadora de Máquinas e Veículos sequer detinha capacidade técnica para executar os serviços para os quais foi contratada, porque era proprietária de apenas três veículos, insuficientes para atender ao serviço de locação de várias secretarias e incompatíveis com a atividade de limpeza pública.
Além disso, a empresa investigada não tinha empregados em seus quadros, evidenciando ser verdadeira empresa de fachada, destinada apenas a intermediar o desvio de verbas públicas.

Delegado que acusa Jefferson Portela está de licença por enfermidades psiquiátricas

Destacado

Além do tratamento medicamentoso e psicoterapia, o delegado deveria evitar situações conflituosas e/ou outros estressores desnecessários. Pelo visto, com essa exposição desnecessária de confronto com Portela, a tendência é de agravamento do quadro de saúde do delegado licenciado.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, tem sido atacado fortemente por um delegado de polícia que, estranhamente, passou a publicar cartas em blogs maranhenses.
Quase que diariamente, o delegado publica uma nova carta com acusações duras contra o secretário que tem ajudado o governador Flávio Dino a revolucionar a segurança pública no Maranhão. 
É preciso entender o contexto em que as tais cartas são publicadas.

No ano passado, ao ser deflagrada uma operação de combate ao contrabando, a Polícia Civil e o Ministério Público acabaram descobrindo o suposto envolvimento do delegado Tiago Bardal, então chefe da poderosa Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) com o crime organizado.
Em seguida, acabaria preso preventivamente por ordem da Justiça. Depois de solto, voltou a ser preso, dessa vez por novas descobertas. Na Polícia Civil, responde a processo disciplinar, já com recomendação para a sua demissão, além do processo criminal que responderá.
Foi exatamente o enrolado delegado Tiago Bardal quem acusou o secretário Jefferson Portela pela primeira vez.

Eis que, já neste ano, surge outro delegado, Ney Anderson, a confirmar as mesmas acusações feitas por Tiago Bardal e, sem prova alguma, publica cartas criando novas acusações.
Descobre-se agora que o delegado Ney Anderson era assessor da SSP diretamente ligado a Tiago Bardal. Estranhamente, só resolveu acusar Portela quando passou a responder processo disciplinar na Polícia Civil e foi exonerado de suas funções na poderosa SEIC, possivelmente por envolvimento com a organização criminosa que teria cooptado o próprio Tiago Bardal.
Para além dos rolos criminais e disciplinares, o delegado Ney Anderson sofre de enfermidades psiquiátricas. É o que revela laudo psiquiátrico que o próprio delegado apresentou para justificar sua licença saúde, atualmente em gozo. Ele sofre de “enfermidade iniciada há mais ou menos 02 anos”, apresentando quadro de “labilidade emocional e isolacionismo”.
O laudo do psiquiatra que examinou o delegado Ney Anderson ressalta que havia aproximadamente “09 meses e em consequência de problemas conflitantes relacionados ao seu ambiente de trabalho na Polícia Civil, passou a apresentar também ‘revivescências, anedonia, avolição, desvalia, alterações autonômicas, hipervigilância e insônia”.
Após tantos sintomas, o psiquiatra cravou que ele apresenta “episódio atual grave”.
O problema é que o delegado não está seguindo as recomendações do médico. Além do tratamento medicamentoso e psicoterapia, o delegado deveria evitar situações conflituosas e/ou outros estressores desnecessários. Pelo visto, com essa exposição desnecessária de confronto com Portela, a tendência é de agravamento do quadro de saúde do delegado licenciado.

Um dos problemas apontados pelo psiquiatra foi a dificuldade na interação social e no trabalho.
Ney Anderson deverá ficar afastado das funções por 4 meses, a contar do dia 04 de abril. Se continuar descumprindo recomendações do psiquiatra, ele poderá ficar afastado por mais tempo.
O certo é que não se pode considerar como verossímeis as acusações contra o secretário Jefferson Portela que partem de dois delegados investigados por suposto envolvimento com o crime organizado, sendo que um deles atualmente está preso por ordem judicial, e outro que apresenta quadro “atual grave” de patologia psiquiátrica.
Com informações do Blog Marrapá

Carga de droga avaliada em R$ 500 mil é apreendida em Turilândia; apresentação será nesta quarta-feira (29)

Destacado

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Combate ao Narcotráfico (Senarc), apreendeu, nessa terça-feira (28), uma carga de 30 kg de crack, avaliada em R$ 500 mil.
A apreensão da droga e prisão dos traficantes ocorreu na cidade de Turilândia, a 180 km de São Luís.
A apresentação dos presos e de toda a droga ocorrerá na manhã desta quarta-feira (29), por volta de 10h da manhã, na sede da Senarc, no bairro de Fátima, em São Luís.
Na ocasião, os policiais que participaram da ação darão maiores detalhes sobre a prisão dos traficantes e apreensão da droga.

Hoje na história: Morre João do Pulo, ex-recordista mundial do salto triplo

Destacado

No dia 29 de maio de 1999 morria, em São Paulo, João Carlos de Oliveira, conhecido como João do Pulo, atleta e ex-recordista mundial do salto triplo. Nascido em 28 de maio de 1954, em Pindamonhangaba (SP), em 1973, ele quebrou o recorde mundial júnior de salto triplo no Campeonato Sul-Americano com a marca de 14,75 m. Em 1975, no Pan-americano da Cidade do México, conquistou a medalha de ouro no salto em distância com 8,19m e, em 15 de outubro, foi ouro no salto triplo com 17,89 m, quebrando novamente o recorde mundial. Era o favorito para a medalha de ouro na Olimpíada de Montreal, em 1976, mas acabou superado por Viktor Saneyev, da União Soviética, e pelo norte-americano James Butts. Em 1979, nos Jogos Pan-americanos de Porto Rico, tornou-se bicampeão tanto do salto triplo como do salto em distância. Em 1980, nas Olimpíadas de Moscou, era novamente favorito no salto triplo, mas teve que se contentar outra vez com o bronze: foi superado por Jaak Uudmae e Viktor Saneyev, ambos da União Soviética. Sua carreira foi interrompida de maneira trágica em 22 de dezembro de 1981, quando sofreu um acidente de carro e sua perna direita teve que ser amputada. Mais tarde, João do Pulo se formou em Educação Física e também se elegeu duas vezes deputado estadual por São Paulo. Ele morreu em 1999 por conta de uma cirrose hepática, infecção generalizada, sozinho e com dívidas.

Lobby das distribuidoras tenta usar a Câmara como palanque contra venda direta

Destacado

As distribuidoras não passaram de atravessadoras que apenas fazem aumentar o preço final do combustível para o consumidor.Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Whatsapp

As distribuidoras de combustíveis, que atuam como atravessadoras, tentam dar demonstração de força, usando aliados na Câmara para tornar uma “audiência pública”, na Comissão de Minas e Energia, uma espécie de palanque contra a venda direta de combustíveis aos postos. É a reação dos atravessadores à decisão que Jair Bolsonaro tornou pública de autorizar a venda direta para reduzir o preço do combustível. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O setor de distribuição torna o combustível bem mais caro, que em muitos casos dobra de valor. Pior: sem produzir uma gota de nada.

Bolsonaro explicou o absurdo que obriga o etanol “viajar” horas para ir e voltar do distribuidor e abastecer o posto próximo à porta da usina.

O caminhão vai aos distribuidor apenas para trocar a nota fiscal por outra, de valor bem maior, e seguir para entregar o produto ao posto.

Atravessadores reagem também a várias decisões judiciais, ao Cade e a parecer técnico da própria Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Wesley Safadão e Xand se emocionam ao velar Gabriel Diniz

Destacado

O último adeus ao artista está sendo marcado por muita comoção e lágrimas.

Wesley Safadão e Xand Avião são alguns dos artistas que estão em João Pessoa para velar o cantor Gabriel Diniz. O último adeus ao artista está sendo marcado por muita comoção e lágrimas.

Safadão foi um dos mais emocionados — ele chegou na tarde desta terça-feira (28) ao ginásio O Ronaldão e chorou copiosamente ao lado do caixão de Gabriel Diniz. Ao lado do cantor estava sua esposa, Thyane Dantas.

Xand Avião também esteve presente com a sua esposa, Isabele Temóteo: ele abraçou os familiares e amigos do cantor deu seu adeus a ‘GD’ com um beijo em seu rosto. Veja o vídeo

Agnaldo Timóteo está em estado grave e respira com ajuda de aparelhos

Destacado

Agnaldo Timóteo

Agnaldo Timóteo, de 82 anos, foi internado há uma semana após sofrer um princípio de AVC. O hospital comunicou, em nota nesta terça-feira (28), que o estado de saúde do cantor é grave.

Em nota oficial, divulgada nesta terça-feira (28), o hospital ressaltou que o estado de saúde do cantor se agravou nas últimas seis horas. “No presente momento, o mesmo está respirando sob ajuda de aparelhos e encontra-se instável”.

Ainda de acordo com a instituição, “familiares solicitam que todos os fãs mantenham vibrações positivas”.

Na tarde da última segunda-feira (27), Agnaldo chegou a fazer um vídeo afirmando que estava bem e que já tinha previsão de alta para a próxima quinta ou sexta-feira.

Na tarde do último dia 20, o artista falou que não ia mais se apresentar em um show que estava marcado. No início, a assessoria disse que ele foi internado por conta de um quadro de pressão alta. Ao ser atendido em Salvador, foi confirmado que ele sofreu um AVC.

Esquerdistas comemoram morte de cantor Gabriel Diniz na internet

Destacado

Linhares.Info

Causou comoção nacional a morte prematura do cantor Gabriel Diniz. Vítima de um trágico acidente de avião, o cantor morreu aos 28 anos após a queda da aeronave no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe. Perfis esquerdistas festejaram a morte do cantor.

Qual a razão de tanto ódio? Simples, GD, como era conhecido, era eleitor de Jair Bolsonaro. Comemorar a morte trágica e prematura de um expoente da música popular brasileira é apenas uma atitude do vasto repertório de ódio propagado pela esquerda no Brasil.

Nos últimos anos se tornaram comuns espancamentos de direitistas em universidades, bem como tentativas de homicídio de eleitores de Jair Bolsonaro. Nas salas de aulas é cada vez mais comum o flagrante de retaliações brutais de professores esquerdistas contra jovens e crianças que ousam discordar deles.

Negros e gays que desafiam a ideia de que seus espíritos são propriedade da esquerda também são atacados diariamente na internet e nas redes sociais pelos capitães do mato vermelho.

O fato é que o desdém pela morte de GD será mais uma evidência do mito da “esquerda paz e amor” jogada para debaixo do tapete pela grande imprensa.

Um dia a direita começa reagir. Aí vocês já sabem o que irá acontecer…

Dono do “Baião de Dois” é executado após tentativa de assalto em Governador Nunes Freire

Destacado

Informações repassadas ao blog, dão conta que o empresário e dono do Restaurante Baião de Dois em Governador Nunes Freire foi executado na madrugada desta terça feira (28) após  bandidos anunciarem o assalto dentro do próprio estabelecimento do empresário. Ainda segundo informações Roberval como era conhecido  teria reagido no momento do assalto.Após reação os bandidos alvejaram o empresário que não resistiu as perfurações de bala e veio à óbito.

Até o momento uma pessoa foi presa,um menor de idade.(Foto). Fonte Neto Weba.

Senado analisa nesta terça MP que reestruturou governo; destino do Coaf deve ser decidido no voto

Destacado

Editada por Bolsonaro em janeiro, medida já passou pela Câmara e vence na próxima semana. Governo diz que sancionará MP sem vetos se Senado preservar texto dos deputados.

Por Gustavo Garcia, G1 — Brasília


Agenda de votação do Congresso tem assuntos importantes para o governo

Agenda de votação do Congresso tem assuntos importantes para o governo

Senado analisará nesta terça-feira (28) a medida provisória (MP) editada pelo presidente Jair Bolsonaro que reestruturou o governo federal.

A MP está em vigor desde 1º de janeiro e precisa ser aprovada pelo Congresso e sancionada por Bolsonaro até o próximo dia 3 de junho, quando perde a validade.

Se os senadores mantiverem o texto da Câmara, a medida provisória seguirá para sanção de Bolsonaro. Se houver mudanças, os deputados terão de analisar o texto novamente.

Não há, contudo, consenso entre os parlamentares sobre o texto a ser aprovado. Com isso, deverá ser decidido no voto, por exemplo, o destino do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Responsável pelo combate à lavagem de dinheiro e a fraudes financeiras, o Coaf está subordinado ao Ministério da Justiça desde a edição da MP, mas a Câmara aprovou transferir o conselho para o Ministério da Economia.

Diante disso, há no Senado um movimento para manter o Coaf subordinado ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) já apresentou uma proposta para desfazer a mudança aprovada pelos deputados. Se a proposta for aprovada, a MP terá de retornar à Câmara.

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, porém, já disse que Bolsonaro sancionará sem veto a MP da reforma administrativa se o Senado mantiver o texto aprovado pela Câmara.

Governo do AM confirma 42 novas mortes em presídios; total chega a 57

Destacado

Parentes de presos bloqueiam a entrada de uma prisão em Manaus (AM).

Por Da Agência Brasil  Brasília

O governo do Amazonas informou que foram encontrados, nesta segunda-feira (27), 42 detentos mortos. De acordo com a secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), as mortes ocorreram no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1), no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), todos localizados em Manaus (AM). Os corpos apresentavam indícios de morte por asfixia.

As mortes ocorrem um dia após 15 detentos do Compaj terem sido assassinados. Ao todo, o número de mortos no sistema prisional chega a 57. 

Por meio de nota, o Ministério da Justiça e Segurança Pública disse que enviará uma Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) para atuar no complexo penitenciário. Segundo o comunicado da pasta, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) aguarda a formalização do pedido, mas já está tomando as providências para o deslocamento da equipe. O governo do Amazonas informou que já oficializou a solicitação de atuação de uma equipe de intervenção prisional para o estado.

Parentes de presos bloqueiam a entrada de uma prisão em Manaus (AM).
Parentes de detentos bloqueiam entrada de um presídio em Manaus (AM) – Reuters/Sandro Pereira/Direitos reservados

Mortes

Em nota divulgada nesse domingo (26), a Seap informou que as mortes ocorreram durante uma “briga entre presos” dos pavilhões 3 e 5, e que, após o acionamento do Batalhão de Choque da Polícia Militar, a situação no Compaj estava sob controle. Nenhuma fuga foi registrada e nenhum agente penitenciário foi ferido durante o tumulto de ontem. A briga começou durante o horário de visitação.

Segundo governo do estado, a Seap iniciou investigações para identificar os responsáveis pela ocorrência de domingo. As mesmas medidas serão tomadas em relação às mortes registradas nesta segunda-feira. Os resultados destas apurações serão encaminhados à Justiça. A secretaria também vai adotar medidas disciplinares nos presídios, a exemplo do que fez no Compaj. 

O Ministério da Justiça informou que alguns presos serão transferidos para penitenciárias federais.

Hoje na História: Pintura A Última Ceia volta a ser exibida ao público após 21 anos

Destacado

Após 21 anos de trabalhos de restauração, uma das pinturas mais famosas do mundo, A Última Ceia, Leonardo da Vinci, voltou a ser exibida ao público no dia 28 de maio de 1999, em Milão.

Já no final da década de 1970 a obra mostrava sinais de deterioração. Entre 1978 e 1999, Pinin Brambilla Barcilon guiou um grande projeto de restauração que se comprometeu a estabilizar a pintura e reverter os danos causados ​​pela sujeira e poluição. As tentativas de restauração dos séculos XVIII e XIX também foram revertidas.

Todo o trabalho foi realizado no local onde o afresco está exposto, na Igreja Santa Maria delle Grazie, já que seria impossível mover a obra de lugar sem danificá-la. Em seguida, foi realizado um estudo detalhado para determinar a forma original da pintura. Algumas áreas foram pintadas novamente com aquarela em cores suaves, indicando que ali não era trabalho original, ao mesmo tempo sem destoar do conjunto da pintura.

Quando o trabalho de restauração terminou e o resultado foi exibido ao público, houve muita controvérsia por causa das mudanças nas cores, nos tons e mesmo em algumas formas faciais.

A Última Ceia é uma pintura mural do final do século XV. Estima-se que o trabalho de Leonardo da Vinci começou entre 1495-1496 e foi encomendado como parte de um plano de renovações para a igreja por Ludovico Sforza, duque de Milão. A pintura representa a cena de a última Ceia de Jesus com seus discípulos, de acordo com a passagem do Evangelho de João, 13:21.

Suspeitos de tráfico são presos com armas e drogas na Vila Embratel, em São Luís

Destacado

Os suspeitos de tráfico Lucas Alberto Domingues Salgado, de 21 anos, conhecido como “Lucas Diabão”, e Suelton Jorllan dos Santos Soares, de 25 anos, conhecido como “Jorllan”, foram presos, na manhã dessa segunda-feira (27), por policiais do Grupo de Serviço Avançado (GSA) e do Grupo Tático Móvel do 1º BPM, no bairro Vila Embratel, em São Luís.
As equipes foram ao local após recebimento de denúncias anônimas informando sobre o comércio ilegal de entorpecentes na região. Os PMs realizaram diligências e constataram a veracidade das informações, culminando com a prisão em flagrante dos dois suspeitos.
No local, os policiais encontraram:- um revólver calibre 38 de marca Taurus,- uma espingarda calibre 12 de fabricação artesanal,- 33 trouxinhas de crack;- uma porção de 5 gramas de maconha,- uma porção de 12 gramas de cocaína;- cinco munições calibre 38 intactas,- quatro munições intactas de calibre 12
Os suspeitos, que já possuem passagens por vários ilícitos, são apontados como responsáveis pela comercialização de entorpecentes e por vários assaltos na área Itaqui-Bacanga.
Após a prisão, eles foram apresentados, juntamente com o material encontrado, no 16º Distrito Policial para autuação em flagrante.

Dinheiro que foi roubado é público, mas depoimento de Palocci da CPI será secreto

Destacado

Quem pagou imposto e foi roubado continuará sem saber como isso ocorreu

Dinheiro que foi roubado é público, mas depoimento de Palocci da CPI será secreto

Antonio Palocci foi ministro dos governos Lula e Dilma, do PT, e hoje é corrupto confesso.Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Whatsapp

No País onde investigados podem não responder a questões incômodas em comissões de inquérito, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou sessão secreta da CPI do BNDES, nesta quarta (29), para ouvir o ex-ministro Antonio Palocci. Continuará na mais absoluta ignorância o pagador de impostos cujo dinheiro foi roubado nos governos do PT para financiar a Odebrecht et caterva mundo afora.

O STF alega, para decretar sigilo do depoimento, a preservação do acordo delação do corrupto confesso que foi ministro de Lula e Dilma.

Já se conhece quase tudo dos três acordos de delação de Palocci com a PF e o MPF, o que torna o depoimento sigiloso ainda mais intrigante.

Os detalhes revelados por Palocci sobre o papel de Lula na ladroagem não devem ajudar no relaxamento da prisão do ilustre presidiário.

A deputada Paula Belmonte (Cida-DF), que requereu a convocação de Palocci para depor, queria sessão aberta da CPI do BNDES.

Cantor Gabriel Diniz morre em queda de avião

Destacado

Resultado de imagem para gabriel diniz

Um avião de pequeno porte caiu nesta segunda-feira, no povoado Porto do Mato, Zona Rural de Estância, na região Sul do estado de Sergipe.

De acordo com informações, quatro pessoas morreram no acidente. Entre as vítimas, está o cantor Gabriel Diniz de 28 anos, que ficou conhecido em todo o território nacional pelo hit “Jenifer”.

Até o momento não se sabe os motivos que levaram a queda do avião, que serão investigados pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

A informação que se tem é que a aeronave, um Piper de prefixo PT-KLO não tinha autorização para funcionar como táxi aéreo e só podia ser usada para voos de instrução.

Famosos e anônimos se manifestaram sobre a morte do artista.

“POPULAÇÃO FOI ÀS RUAS COM PAUTAS LEGÍTIMAS” DIZ BOLSONARO

Destacado

Em sua conta oficial no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, 26, que a maioria da população “foi às ruas com pautas legítimas e democráticas”, se referindo às manifestações de apoio ao seu governo, que ocorrem neste domingo pelo País. “Há alguns dias atrás, fui claro ao dizer que quem estivesse pedindo o fechamento do Congresso ou STF hoje estaria na manifestação errada. A população mostrou isso”, escreveu. “Sua grande maioria foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os fatos”, completou.

O presidente não participou das manifestações e também orientou ministros a não aderirem. Mais cedo, Bolsonaro havia postado vídeos de atos que aconteceram nas cidades do Rio de Janeiro, São Luís e Juiz de Fora (MG).

Apesar das afirmações do presidente, ao menos em Brasília e no Rio foram observados manifestantes pedindo o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF). Faixas e cartazes também pediam a instauração da CPI da Lava Toga, uma comissão parlamentar de inquérito para investigar o “ativismo judicial” em tribunais superiores.

Agência Estado

Hoje na História:Tem início as Farc, na Colômbia

Destacado

Pedro Antonio Marín, um agricultor da região oeste de Antioquia que havia participado das guerrilhas de libertação da Colômbia na década de 40, deu início no dia 27 de maio de 1965 a um movimento armado que mais tarde seria conhecido mundialmente: as Farc, Forças Armadas Revolucionárias, na Colômbia. Marín adotou o nome de Manuel Marulanda Vélez, mas seus homens o apelidaram de “tirofijo” por sua lendária pontaria. As Farc se transformaram em uma poderosa força que, atualmente, é o movimento terrorista mais antigo do continente sul-americano. Associado ao narcotráfico, esse movimento domina uma parte importante do território colombiano. Sua estrutura financia sequestros, extorsões e serviços de proteção a grupos criminosos. A morte de Marulanda, em março de 2008, afetou definitivamente a organização.

A voz do Alencar

Destacado

Inicio falando de um esquerdopata doente que foi assessor do “Ogro Encarcerado” e que por décadas viveu à tripa-forra sustentado por uma mesada que do bruto recebia, até que um dia o Capitão acabou com sua farra, retirando suas mãos sujas dos cofres públicos. Por este motivo, ao final da tarde de todo santo dia, destila um “veneno brabo” contra Bolsonaro pelas as Ondas FM de uma rádio vendida ao execrável “Sistema Goebells de Comunicação”. Seu nome não é relevante, prefiro comentar a advertência de um amigo que conhece bem a “figuraça” e que comigo estava quando fomos surpreendidos por sua voz num noticiário de alcance nacional. Aí, então, entre o revoltado e o enojado, me pediu com toda ênfase: amigo tira esse “Moleque de Alencar” daí! Este pulha de Lula, não vale o que come nem muito menos que se perca tempo ouvindo suas covardes detrações!

Trago este incidente à colação não em face de qualquer importância que se possa atribuir àquele tipo de medíocre trajetória, mas para dar um pequeno exemplo do conceito de que a imprensa hoje goza junto à maioria do povo deste País. Antes de atender ao pedido do velho amigo ainda ouvi o vagabundo gritar no dial da rádio deixando transparecer um ódio incomum, que o Capitão era um tosco, um ordinário sem compostura que desrespeitando o cerimonial e a liturgia do cargo ultrajava a função que ocupa, além de ser um mentiroso contumaz disposto a enganar o povo ao propagar que a classe política vinha tentando impedir as reformas que luta para implantar, chantageando-o com pedidos de cargos e de verbas, tanto quanto igualmente acusa os intelectuais de esquerda, as corporações e os corruptos apeados do poder de estarem determinados a lhe impedir de governar. Dizia que tudo isto é infamante.

Aqui, abro um parêntese. A propósito dos assuntos relativos à falta de compostura e à afronta à liturgia da função presidencial gostaria de ouvir daquele patife – e de alguns idiotas que insistem em debochar do Capitão – o que eles diriam de uma foto que rodou o mundo afora, do “Ogro” quando era Presidente do Brasil, ao lado da Dilma nos salões de Davos na Suíça sentado de frente com cara de bêbado, descabelado, com as pernas abertas e todo urinado. Mas vamos em frente.

O Movimento Revolucionário Popular de 2018 – MRP 2018 – derrotou sobretudo a imprensa brasileira, mormente sua parte canalha e adesista de muito tempo, qual seja quase toda ela. Considero que este segmento foi sempre um dos grandes culpados das condições atuais do país, mais do que as forças políticas que o dominavam em proveito próprio. Com desgosto registro que, diferentemente dos países desenvolvidos, nossa imprensa tradicional é covarde, corrupta, venal e apátrida, porém nos acalenta agora a “Rede Mundial de Computadores” que abriu uma nova estrada, um novo caminho onde estão ganhando força, crédito e confiança da Nação Verde e Amarela as mídias eletrônicas, como é o caso desta independente e corajosa Tribuna. Avalio como sofrem envergonhados com isso os jornalistas dignos, como por exemplo: Claudio Humberto, Alexandre Garcia, Arnaldo Jabor, William Waack, Caio Copolla e raros outros.

A extrema imprensa esconde despudoradamente o muito que o atual governo vem realizando e propondo nestes poucos mais de 100 dias de empossado. Tudo quanto sirva para tentar desmoralizar e difamar aqui e no exterior, Bolsonaro, sua família e sua fantástica equipe ministerial é logo virilizado de forma sorrateira, perversa e insidiosa. Quem dos caros leitores já não recebeu pelas redes sociais, uma matéria qualquer que denuncia, sem equívoco e com clareza, um roubo, uma malversação, um desfrute ou uma falcatrua praticada pela esquerda delinquente e pela direita usurpadora, no tempo em tinham o poder nas mãos, com a advertência no sentido de que devem divulgar incontinenti antes que sejam retiradas do ar ou legendadas pelo conhecido jargão: “isto você não vai ver na Globo Lixo ou na Foice de São Paulo”?

A explicação para aquele condenável procedimento é uma somente. A imprensa brasileira não sobrevive em virtude de seus méritos ou do mérito e dos talentos da grande maioria de seus profissionais medíocres e vendidos até a medula. A chamada grande imprensa se habituou a viver dos cofres públicos e a ser sustentada pelos políticos no poder que tiveram sempre que aderir, incensar e proteger garantindo o fluxo de dinheiro público para suas algibeiras. Os carteis e conglomerados que compõem a imprensa tradicional, tendo concorrido efetivamente para o caos em que o Brasil foi atirado por comparsas na classe política abjeta percebeu a chegada inevitável desta Nação à beira do precipício. Por mero instinto de autopreservação ou de sobrevivência enxergou que as quadrilhas de Lula a Temer estavam irreversivelmente fumadas e que outros vendilhões da Pátria tinham que por eles serem procurados. Servia qualquer um, menos aquele que lhes colocaria no seu desprezível lugar de solertes sanguessugas desta “Terra Brasillis”. O povo percebeu a tempo e os enfrentou destruindo sua maior arma: o monopólio da comunicação e, por conta própria, esbofeteou a impressa escrita, falada, televisada e suas vozes mais difundidas deixando-as com cara de taxo e elegeu o Capitão, em dois turnos, ou seja, primeiro deu-lhes um tapa no frontispício ou em suas esquisitas carantonhas e depois um “uppercurt” de baixo para cima que os levou ao “knockdown”. A luta deles não é ideológica; é por dinheiro. Assim, eles têm motivos de estarem furiosos e como são covardes tramam e urdem diariamente para melar o jogo. Como já avisei anteriormente nesta tribuna: vão morrer secos!

Não se combate o capeta invadindo seus domínios porque lá o tinhoso manda e há muito tempo, diz o ditado popular. A melhor forma de combatê-lo é criar fortalezas onde o mau não possa se estabelecer ou se propagar. As redes sociais são agora nossos fortes seguros contra aquela gente do mal.

Quando culpo a imprensa tradicional por ser uma das grandes responsáveis pela situação em que nos encontramos não exagero, não cometo injustiça e muito menos ataco a liberdade de informar. Ao contrário, quero preservá-la integra, correta, isenta, imprescindível que é para uma nação livre. Avaliem se, desde 1985, os governos civis que nos traíram e desgraçaram nossa gente fossem patrulhados, perseguidos ou fiscalizados como agora a extrema imprensa procede em relação ao governo atual. Com toda certeza o roubo no Mensalão não teria sido tão grande, tanto quanto o rombo na Petrobrás, nos Correios, na Eletrobrás, nos fundos de pensões e em outros órgãos da administração direta ou indireta, um dos quais ao final deste artigo deixarei mais do que evidenciado. A titulo de um pequeno exemplo ficará escancarada a malversação de dinheiro público, lá no norte de Minas Gerais.

Além daquilo tudo, se a imprensa tivesse cumprido sempre sua nobre missão, estou (e comigo também os patriotas) certo de que: FHC e sua trupe de “falsos comunistas arrependidos” não teriam tanto sucesso em esquerdizar a Nação Brasileira, colocando-a de joelhos ante o “Foro de São Paulo”; Lula e Dilma nem eleitos seriam e se fossem não nos roubariam tanto; Temer não chegaria à Presidência e a grande maioria da banda podre da política nacional ou o lado negro do Judiciário não seria levado ao poder.

Muito poderia a grande imprensa fazer pelo Brasil em retribuição a tudo que suga sem dó, direta ou indiretamente, do suor da população mais carente cativa de seus meios de comunicação e de entretenimento. Entretanto, preferiu tapar a visão e impedir a conscientização de nosso povo com o enorme crepe negro da desinformação, da dissimulação e da mentira tecido por seus meios de comunicação de massa, visando a vender boa e segura proteção para aqueles que destruíram o Brasil. Vou perguntar novamente, como a todo tempo faz o cidadão comum ao repassar uma escandalosa matéria denunciando mais um roubo ou uma malversação de dinheiro publico na era petista: você viu isto na Globo ou em qualquer meio da grande imprensa? Não! Então assista ao vídeo no seguinte endereço e se revolte mais uma vez, https://www.youtube.com/watch?v=aLkCU9sDKKg.

Na medida em que os “Moleques de Alencar” do pedaço escamoteiam a verdade, por inconfessáveis interesses, nós a divulgaremos com paixão à Pátria. Derrotamos oestablishement uma vez. Com punhos democráticos nocauteamos a vermelhada e a imprensa parasita nesta Terra de Santa Cruz. Não foi movimento social algum que nos liderou. Não foram os aliados de última hora do Capitão que nos convenceram, nem foi por qualquer aliado dele que lutamos em 2018. Foi o projeto Bolsonaro que nasceu de dentro do coração deste povo sofrido e enganado que derrotou a corja imunda que nos destruiu. De quando em vez temos que mostrar nossa cara nas ruas e nas praças do Brasil sem medo de ser esfaqueados, como ocorreu com o Capitão em Juiz de Fora. Bolsonaro é agora o povo e o povo é o velho Bolsonaro. No próximo dia 26 de maio vamos gritar isso por todo território nacional, para que os malditos de sempre não ousem tentar nos roubar a esperança.

Fim do mistério do Jovem desaparecido em Presidente Vargas

Destacado

Na ultima terça-feira, dia 21, Sebastião Aguiar, residente no povoado Boa Hora 1, Zona Rural de Presidente Vargas, saiu para um velório no povoado Olho D`agua,município de Itapecuru em companhia de outros amigos para um velório que estava acontecendo naquela localidade.

Até aí tudo bem. Porém no dia seguinte, retornaram ao povoado Boa Hora 1,que fica distante uns 5 Kms do povoado onde aconteceu o velório, apenas os dois amigos que foram em companhia de Sebastião.

A partir daí, começou a espera e depois de muito esperarem, conversarem com os companheiros de viagem e não encontrarem solução, buscaram então, a ajuda da polícia para desvendar o mistério.

O caso ultrapassou as fronteiras da DP de Presidente Vargas e chegou até a Delegacia de Polícia Regional de Itapecuru, onde começaram as investigações. Os dois acompanhantes de Sebastião foram conduzidos e ouvidos, sem contudo esclarecerem os fatos.

Graças a DEU, na manhã de hoje 26, depois da Regional de Itapecuru entrar em contato com a Delegacia Regional de Chapadinha, finalmente, Sebastião foi localizado no povoado Palestina município de Brejo de Anapurus.

Apesar de terem encontrado o desaparecido, ainda existem muitas dúvidas na cabeça da população da pequena Presidente Vargas., e uma delas é como Sebastião foi parar em um povoado de um município bem distante.

Diante de novas revelações de Palocci, Dilma parte para a sua única saída: “É mentira”

Destacado

Quem acredita em Dilma Rousseff?

Aliás, o povo brasileiro deve erguer as mãos para os céus e agradecer por Lula ter optado por essa incompetente para sucedê-lo.

Caso o sucessor do meliante preso em Curitiba fosse alguém inteligente – o próprio Palocci, por exemplo – certamente que presentemente estaríamos vivendo numa situação bem próxima da Venezuela, com o estado totalmente aparelhado e o PT no governo.

A ex-presidente, além de sua notória deficiência mental, tem enorme deformidade de caráter e no vazio de sua mente, subestima com frequência a inteligência das pessoas. Foi por isso que sofreu fragorosa e humilhante derrota na disputa senatorial em Minas Gerais.

Sem foro privilegiado, só lhe resta dizer que pessoas que outrora gozaram de sua extrema confiança, agora mentem.

Fez assim com Delcídio e repete com Palocci.

O ex-ministro revelou que André Esteves – aquele que foi preso juntamente com Delcídio – deu R$ 5 milhões para ser o ‘banqueiro do pré-sal’.

Porque Palocci mentiria a essa altura?

Dilma, por sua vez, em nota, alega que o vazamento da delação é pura tentativa de ‘manchar a sua honra’.

Que honra?

Otto Dantas

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 48 milhões

Destacado

Nenhum apostador acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal na Mega-Sena deste sábado (25), concurso 2.154. Os números sorteados foram 07, 25, 41, 47, 50, 53.

A estimativa da Caixa para o prêmio do próximo concurso, a ser sorteado na próxima quarta-feira (29) é de R$ 48 milhões.

O valor da aposta simples, em seis números, é de R$ 3,50. A possibilidade de acerta é de uma em mais de 50 milhões. A aposta mais cara é de R$ 17.517,50, em 15 números. Neste caso, a possibilidade de acertar é de uma em 10 mil.

CARTEIRA ASSINADA: Maranhão abriu 6.681 novos empregos no mês de abril

Destacado

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, mostram que o estado do Maranhão teve saldo positivo na geração de empregos em abril.

No período, foram abertos 6.681 novos postos de trabalho, uma variação de 1,45% em relação ao estoque do mês anterior.

Em abril, o destaque na geração de empregos na economia maranhense foi o setor de Serviços, com a abertura de 6,8 mil novos postos. Construção Civil e Administração Pública também tiveram saldo positivo no mês.

Desempenho Nacional – O Brasil registrou a abertura de 129.601 novas vagas de emprego com carteira assinada em abril, resultado de 1.374.628 admissões e 1.245.027 desligamentos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Este foi o melhor resultado para abril desde 2013. Na época, o Caged registrou a criação de 196.913 vagas. Terceiro ano consecutivo de saldos positivos e crescentes no mês, o número reflete a recuperação do contingente de empregos formais em abril desde 2017.  No acumulado do ano, de janeiro a abril, foram gerados 313.835 postos de trabalho e o estoque de empregos chegou a 38,7 milhões.

O resultado de abril de 2019 está diretamente relacionado aos setores de Serviços, Indústria de Transformação e Construção Civil, responsáveis pela maior parte da geração de empregos no mês. Destaca-se ainda que o saldo de emprego foi positivo nos oito setores econômicos.

Ministério da Economia
Secretaria Especial de Previdência e Trabalho

Motorista é espancado por assaltantes que moram em condomínio inacabado no Bequimão, em São Luís

Destacado

O motorista de um veículo Pálio Weekend, de cor branca, tomado de assalto na noite de sexta-feira, na região do Ipase, em São Luís, foi brutalmente espancado pelos assaltantes. O relato foi feito por uma filha, em áudio que circula em grupos de WhatsApp.
Por volta de 20h, segundo ela, três homens e uma mulher pegaram uma corrida na rodoviária para a região do Ipase, onde terminaram anunciando o assalto. Eles estavam com armas de fogo. A mulher carregava um bebê de aproximadamente quatro meses.

O motorista levou várias pancadas no rosto e quase teve traumatismo craniano. “Ele ficou com o rosto deformado. Na verdade, eles queriam era matar. Após ser espancado, meu pai teve os pés e mãos amarrados e foi colocado no porta-malas”, disse a filha.
Em seguida, os bandidos saíram para praticar assaltos na região do Ipase, Maranhão Novo e Bequimão, sendo que o veículo foi abandonado posteriormente.
O motorista foi levado ao Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão 2, e está fora de perigo, apesar da gravidade dos ferimentos provocados pelo espancamento.
Por volta de 23h30, graças ao rastreamento de um iPhone, feito pelo pai de uma das vítimas,policiais militares do Batalhão Tiradentes localizaram o esconderijo da quadrilha no condomínio inacabado, no bairro Bequimão.

Os assaltantes conseguiram escapar antes da chegada dos policiais, deixando no local somente uma adolescente, de 17 anos, que foi apreendida. Ela estava com o bebê sujo de sangue que espirrou do rosto do motorista, no momento das agressões.
No apartamento, foram encontrados os materiais roubados pela quadrilha.
Foram apreendidos cinco relógios, cinco celulares, R$ 1.805,00 em espécie e um cordão dourado.
Até o momento, a polícia não conseguiu prender os três assaltantes. Com base no depoimento da adolescente, a polícia já deve ter a identificação deles.
Segundo relatos da filha do motorista, a quadrilha é especializada também em assaltos a ônibus, com a adolescente sempre usando o bebê nas ações criminosas.

Hoje na História: 26.MAIO.1914 Nasce Irmã Dulce, a Beata dos Pobres

Destacado

No dia 26 de maio de 1914 nascia, em Salvador (BA), Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes, mais conhecida como Irmã Dulce, Beata Dulce dos Pobres ou Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. Ela foi uma religiosa católica, conhecida por suas obras de caridade e de assistência e chegou a ser indicada ao prêmio Prêmio Nobel da Paz pelo então presidente José Sarney, com o apoio da rainha Sílvia da Suécia. Em 2000, recebeu do papa João Paulo II o título de Serva de Deus. Em maio de 2011, foi beatificada em Salvador. A celebração da sua festa litúrgica é no dia 13 de agosto. Irmã Dulce trabalhou durante mais de 50 anos para a caridade. Entre suas obras, estão a fundação do Hospital Santo Antônio, do Centro Educacional Santo Antônio (CESA) e do Círculo Operário da Bahia. Mesmo com a saúde frágil, Irmã Dulce construiu e manteve uma das maiores e mais respeitadas instituições filantrópicas do país. No dia 11 de novembro de 1990, ela começou a ter problemas respiratórios e foi internada no hospital. Em 20 de outubro de 1991, recebeu no convento, em seu leito de morte, a visita do Papa João Paulo II para receber a bênção e extrema unção. Ela morreu em Salvador, de causas naturais, aos 77 anos, no dia 13 de março de 1992.

A catástrofe humana e a omissão da mídia e dos intelectuais

Destacado

Os cientistas sociais não se pronunciam, a maioria dos políticos muito menos, as Igrejas Cristãs históricas estão silenciosas, a mídia desconhece a gravidade do assunto.

Não haverá empregos para todos, por maiores que sejam os investimentos. No Brasil, com o atual numero de desempregados, desalentados e subempregados, cerca de 27 milhões de pessoas, apenas escassos milhões poderão vir a ser empregados caso tudo o que seja necessário ser feito aconteça – um milagre de bom tamanho…

Por que escondem o óbvio de uma população crédula que espera, um dia, ter seu emprego? Um desrespeito.

É evidente que outra forma de sociedade precisa ser construída com fundamento na solidariedade, virtude que deve presidir as relações livres e justas entre as pessoas e os povos.

Com as progressivas novidades da tecnologia – inteligência artificial, machine learnig e robôs – com o individualismo egoísta e a ganancia pelo poder presidindo a vida das sociedades, não há como gerar os milhões de empregos necessários: – a miséria e os desníveis na distribuição da renda aumentarão, resultando em crescentes níveis de tensão social.

Não estou me referindo à utopia do “pleno emprego”, mas a possibilidade de se propiciar, pelo menos, uma “pobreza digna” para a atual maioria dos pobres e miseráveis.

Com esta nossa displicente maneira de pensar e conviver, somada às consequências da deterioração ambiental, estamos construindo as pré-condições de uma imensa e incontrolável catástrofe humana.

Os homens e mulheres que têm acesso aos meios de comunicação parecem não perceber a realidade e se dedicam a comentar as superficialidades do momento. Beira a irresponsabilidade histórica tal atitude de não informar sobre o fato social mais importante que se desenrola sob nossos olhos. A imprensa e a televisão ainda são mais eficientes, para informar e esclarecer, do que o Facebook. É necessário transmitir um alerta global para o assunto da mais alta relevância e urgência para o futuro do nosso país e da humanidade, alertando a população e convidando para a reflexão e ação.

Eurico de Andrade Neves Borba, 78, aposentado, ex professor da PUC Rio e ex Presidente do IBGE

Homem preso em Imperatriz revela que já participou da morte de 50 pessoas na Região Tocantina

Destacado

Suspeito de cometer vários homicídios na Região Tocantina, foi preso ontem em Imperatriz Hilton Alves Bonfim, 53 anos, mais conhecido por Macarrão.A polícia informou que Bonfim é um elemento de alta periculosidade.  

De acordo com informações dos policiais, o criminoso revelou para a equipe já ter participado de 50 execuções de pessoas, notadamente em Imperatriz. Boa parte delas nunca foi comprovada o autor.

HILTON é uma pessoa de altíssima periculosidade, bastante conhecido no meio policial, investigado e já condenado por diversos crimes e contra ele havia um mandato de prisão por homicídios.

Macarrão tem notoriedade no mundo do crime, Nos anos 80 ele com o seu pai José Bom fim e a viúva Porcina, protagonizaram uma cena de filme ao fugirem da Penitenciária de Pedrinhas pela porta da frente, e só agora retorna as páginas policiais.

Pai abusa sexualmente da própria filha em hospital de São Luis

Destacado

Nesta sexta feira (24), a policia civil,por meio da Delegacia de Proteção á Criança e ao Adolescente (DPCA),prendeu em flagrante John Herberth Santos Borges,de 34 anos. Ele é acusado de violentar sexualmente a sua filha de 10 anos.
Segundo a polícia,o fato foi formalizado através de um hospital,onde os profissionais que trabalham no local presenciaram a violência sexual e comunicaram os órgãos de proteção.
A polícia foi até o local ,onde foram colhidos depoimentos dos funcionários, e logo após foi dada voz de prisão para o acusado. Jhon Herberth foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas,onde estará a disposição do Poder Judiciário. 

Traficante é preso com armas, droga e dinheiro na cidade de Bequimão

Destacado

O traficante Janiel Silva França, de 34 anos, foi preso por policiais militares no povoado Mojó, na zona Rural do município de Bequimão, a 83 km de São Luís, na manhã dessa sexta-feira (24).  
Os policiais se deslocaram ao povoado após recebimento de informações de que Janiel estaria traficando drogas e que teria armas de fogo em sua residência.
No local, os PMs encontraram: – duas espingardas, – cinco munições calibre .40 – uma munição calibre 380 – uma munição calibre.20 – 18 cabeças de crack- cordão dourado e relógio- uma quantia de R$ 2.600 em espécie- uma pedra maior de Crack
Além de disso, os policiais apreenderam dois aparelhos celulares que foram tomados de assalto na quinta-feira (16) na sede de Bequimão.
Janiel foi apresentado na Delegacia de Bequimão, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, crimes do estatuto do desarmamento e receptação dolosa.

Hoje na História: É criada a Agência Central de Inteligência, a CIA

Destacado

No dia 25 de maio de 1947 foi criada a Central Intelligence Agency (CIA) nos Estados Unidos. A entidade é responsável pela obtenção de informações fazendo uso de recursos como a espionagem de governos, corporações ou indivíduos, que possam ameaçar a segurança norte-americana. A sede da CIA fica na Virgínia, e a entidade foi inaugurada pelo presidente Harry S. Truman com o objetivo de substituir o Escritório de Serviços Estratégicos (OSS), usado durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1949, a CIA foi autorizada a realizar investigações sem permissão da Justiça ou de outros órgãos fiscais e administrativos.

PERCIVAL PUGGINA O que foi isso, Janaína?

Destacado

Estamos vivendo, no Brasil, um tipo de impasse do tipo clássico, previamente programado e configurado no modelo institucional que adotamos. Brigas de crianças se resolvem com mais facilidade do que a rinha entre cavalheiros. O governo quer algo; o Parlamento diz não; e nada acontece, seja no governo, seja no Parlamento.

Essa é uma das muitas disfunções e irracionalidades inerentes ao nosso modelo institucional e ao modo como vemos e fazemos democracia, temas sobre os quais muito já tenho escrito.

Estamos assistindo, nestes dias, a um confronto de opiniões que tem tudo a ver com isso. As eleições de outubro do ano passado refletiram a indignação da maioria dos cidadãos com as consequências de vícios institucionais que impulsionam condutas criminosas ou de moralidade imprópria. Multidões foram às ruas e muitos mandatos foram cassados pelo voto soberano do eleitor. No entanto, os males do modelo persistem e, como não poderia deixar de ser, continuam produzindo consequências.

A sociedade se sentiu frustrada e ameaçada ao ver o Presidente chantageado por congressistas que explicitavam seu desejo de estabelecer “negociações” cuja consequência seria o retorno ao velho regime e a vitória dos derrotados nas urnas. Se os projetos são de elevado interesse nacional, como justificar moralmente que uma oposição inicial seja revertida mediante favores políticos concedidos pela BIC presidencial?

É óbvio que congressistas podem divergir do Presidente. O poder lhes é dado para isso. O que esse poder não pode e a sociedade não mais admite é que as mesmas convicções mudem se o governo distribuir cargos, espaços de influência ou atender “interesses” municipais ou regionais. É tão evidente o desvioético dessa conduta que explicações se tornam supérfluas. Para tais práticas, que acabam em delação premiada, o eleitor disse sonoro não nos pleitos do último mês de outubro.

Recentemente, a professora e deputada estadual paulista Janaína Paschoal saiu em defesa do Congresso Nacional, disparando repreensões à mobilização prevista para o dia 26 de maio e acusando o Presidente de imobilismo. Segundo ela, negociações são inerentes à vida dos parlamentos e não há qualquer mal no fato de um parlamentar atender interesses de suas próprias bases. Horas depois, ela mesma desistiu de negociar e de formar opinião dentro de seu partido e rompeu com a bancada.

Quem tão bem lutou contra a corrupção durante o processo de Impeachment, como Janaína Paschoal, formando nesse embate e em cima dos carros de som suas bases eleitorais, surpreende ao atenuar, aparentemente ao menos, a rotina da formação de maiorias parlamentares. De fato, o que ela chama de imobilismo tem solução expedita. Basta seguir a velha receita. Mas aí estaríamos nos curvando ao modelo político ficha suja que tem regido as relações entre os governos e o Congresso Nacional, com apoio do establishment partidário. Bem preferível seria se suficiente maioria do Congresso entendesse e se posicionasse em conformidade com o bem do país.

Com menos de cinco meses de mandato, as raposas de ofício já falam em impeachment de Bolsonaro. Negar à opinião pública o direito de se manifestar a respeito, de apoiar o Presidente que vem sendo responsabilizado pelas dificuldades que enfrenta no Congresso, é abonar o modelo corrupto e corruptor. É fragilizar a coragem moral que, teimosamente, insiste em ter voz nas ruas.

PASSAGEIROS DA CISNE BRANCO, LINHA URBANO SANTOS A SÃO LUÍS, SÃO ASSALTADOS ENTRE SANTA RITA E BACABEIRA

Destacado

O ônibus da empresa Cisne Branco que faz linha entre a Cidade de Urbano Santos, 262 km distante da capital São Luís, foi alvo de uma quadrilha de assaltantes entre o trecho da BR-135, que compreende os municípios de  Santa Rita a Bacabeira.
O fato embora tenha acontecido durante a noite do dia 21, terça-feira, deixou muitas marcas no psicológico e emocional dos passageiros pela maneira que foram tratados dentro do veículo pelos criminosos, e para piorar ainda mais, segundo uma passageira que prefere não se identificar, a revoltar se potencializou devido ao descaso da empresa que os ignorou completamente sem disponibilizar nenhuma assistência psicológica e jurídica ao desembarcarem no terminal rodoviária de São Luís.
A passageira relata que um casal entrou no ônibus na cidade de Santa Rita, já saindo da cidade, sem demorar muito tempo anunciou o assalto de arma de fogo em punho; a mulher fez um verdadeiro raspa dentro de um período de aproximadamente 30 minutos e quando as vítimas acreditavam que o pior já havia passado, uma caminhote pára o transporte coletivo e três indivíduos entram e dão continuidade ao assalto, sempre com tom agressivo e bastante ameaçador.
A passageira expõe que, houve falha do motorista ao parar em um local, em tese inseguro; segundo ela os criminosos roubaram o que puderam: Celulares, dinheiros, carteiras com documentos, relógios, jóias dentre outros itens de valor.

Mais um suicídio em Vargem Grande

Destacado

Os moradores do Bairro São Miguel em Vargem Grande, mais especificamente os que residem próximos ou na rua Cesar Viana, foram tomados de surpresa nesta manhã com a notícia do suicídio de Francisco das Chagas dos Santos morador daquela rua.

É que segundo informações, Francisco das Chagas dos Santos, de 37 anos, recorreu ao suicídio no quarto onde dormia na rua Cesar Viana no Bairro São Miguel.

Segundo populares que o levaram até o Hospital Benito Mussoline de Sousa, francisco foi encontrado dentro do seu quarto enforcado com uma corda que estava presa a grade da janela.

Até o momento não se sabe o motivo que levou a vítima a esse tresloucado gesto, uma vez que até o momento não foi encontrado nenhum bilhete que explicasse o motivo,nem mesmo ele segredou a algum amigo.

Dia 22 deste, publiquei uma matéria do jornalista e delegado da polícia civil do distrito federal que ele chama a atenção das autoridades para programas que pudessem assistir a essas pessoas que demonstram interesse de dar fim a vida. O título do artigo é bem sugestivo ” Os suicidas pedem socorro”. Você pode ler a matéria completa no Blog do Zé de Fátima.

Jefferson Portela não se intimida com ataques e representa criminalmente contra agressores

Destacado

O Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, vem sendo bombardeado por representantes de ‘grupos organizados’ que almejam derrubá-lo do comando da Secretaria de Segurança do Maranhão. Talvez queiram alguém que seja conivente com práticas criminosas.
Ao longo de sua gestão na SSP, Portela tem adotado uma postura de enfrentamento duro contra o crime organizado. Tem cortado na própria carne, ao mandar para a cadeia integrantes da estrutura da segurança do Estado. 

Um exemplo foi o desbaratamento de uma quadrilha de contrabandistas que contava com o apoio de agentes públicos, policiais e do então superintendente da Seic, Tiago Bardal, que davam suporte ao grupo criminoso.

Entre os algozes de Portela estão o ex-delegado Tiago Bardal e o delegado licenciado Ney Anderson. Os dois, ao revelar supostas investigações de membros do Judiciário, têm jogado magistrados contra o secretário. Em nota, Portela afirma que nunca existiu tal determinação de investigação de magistrados.
Contra eles, o secretário representou criminalmente na Procuradoria Geral de Justiça (PGJ). A representação atinge também os blogueiros Neto Ferreira, Stênio Jonnes e o Iury Almeida. Eles responderão criminalmente por calunia, injúria e difamação.
Segundo Portela os três blogueiros, Neto Ferreira, Stênio Jonnes e o Iuri Almeida falsamente fizeram acusações sobre investigações ilegais contra membros do poder judiciário do Estado do Maranhão.

Segundo o secretário, as versões dadas pelo ex-delegado Tiago Bardal, que se encontra preso, e pelo delegado licenciado Ney Anderson foram replicadas de modo alinhado pelos blogueiros citado. Por isso, também foram processados.
Além desses, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho tem feito críticas ao trabalho de Portela, dizendo-se perseguido por investigações que nada comprovaram contra ele. Esses ataques do deputado contra Portela também têm sido publicados pelos blogueiros citados pelo secretário.
Prevalece a máxima: quem não deve não teme. O que Josimar e outro desafetos do secretário temem?

Acontece hoje a inauguração do bar Tapera em São Luís

Destacado

Acabou a espera, hoje (24) as 18 horas inaugura o melhor e mais novo ambiente de São Luís , o “Tapera”. Para começar com o pé direito, na noite dá estreia acontecerá show com forró pé de serra, Fernando e Franco e Parceiro Paz.

O bar Tapera promete ser um novo conceito de bar na capital, além do ambiente climatizado, possui uma excelente estrutura de som,iluminação e o melhor, uma equipe preparada para atender você. O bar está localizado na Lagoa e funcionará de segunda a sábado.

Não perde tempo é vai lá conhecer o Tapera!

Vargem Grande tem crimes que lhes são mais característicos

Destacado

Tem sido assim desde que me entendo como gente. O governo deflagra campanhas através de seus organismos e esses passam aos seus similares nos municípios. Nessa semana as secretarias municipais estão envolvidas com uma campanha de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes.Uma bela campanha sem sombra de dúvidas.

Mas em Vargem Grande qual o efeito prático dessa campanha? Quase nenhum. Porque esse não é um tipo de crime comum em nossa região, existem casos, mas são esporádicos, ou muito raros.

O que está mais evidenciado, e é mais comum em nossa terra, são os crimes de encomenda, execuções, assaltos e roubos a domicílios e particulares.

E o que estamos fazendo de prático para coibi-los, Nada. Estamos de braços cruzados porque graças a DEUS, o crime ainda não bateu em nossa porta.

Cobramos sempre da polícia, sem cobrar dos poderes executivos nas esferas estadual e municipal.

Quem dos que estão lendo essa postagem conhece a delegacia de polícia de Vargem Grande? Pouquíssimos, Pois saibam, ela está a beira da falência.

O Ministério Público do estado pediu a desativação dos serviços de carceragem porque não tinha mais condições de abrigar presos. Quando acontece alguma prisão correcional, os investigadores e o delegado, duplicam suas funções, além da função que lhe atribuída pelo cargo conquistado em concurso público, exercem também a função de carcereiro.

O número de policiais civis para o nosso município é infinitamente pequeno para a demanda. É preciso investigar os casos e não dispomos de número suficiente de profissionais nessa área. E se queremos realmente segurança pública, temos que aparelhar os instrumentos da área.

Continuemos com os programas e ações que nos são destinadas pelos poderes executivos Federal e Estadual, mas sem esquecer que o cidadão e os seu problemas, vivem é no município.

Polícia Federal deflagra Nêmesis no Maranhão e outros sete estados

Destacado

Operação tem como objetivo reprimir a prática de crimes de produção, armazenamento e distribuição de material pornográfico envolvendo crianças e/ou adolescente

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira 23, a Operação Nêmesis, com o objetivo de reprimir a prática de crimes de produção, armazenamento e distribuição de material pornográfico envolvendo crianças e/ou adolescentes.

Estão sendo cumpridos 28 mandados de busca e apreensão no Maranhão e em outros sete estados da Federação: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba e Sergipe. Cerca de 120 policiais federais participam da operação.

Segundo a PF, os suspeitos irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de pornografia infantil previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

A operação coincide com a semana do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que é celebrado anualmente em 18 de maio. A escolha dessa data é em memória do Caso Araceli, crime que chocou o país na década de 70. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Os culpados jamais foram identificados e punidos.

Foi denominada Nêmesis em referência à mitologia, na qual Nêmesis simboliza a indignação pela injustiça praticada e a punição divina diante do comportamento desmedido dos mortais. Sua função essencial era restabelecer o equilíbrio quando a justiça deixa de ser praticada.

Hoje na História:É instituída a Inquisição em Portugal

Destacado

Em 23 de maio de 1536, a pedido do rei João III, foi instituída a Inquisição em Portugal. Seu principal alvo foram judeus que haviam se convertido ao catolicismo. Estima-se que até o final do século XVIII cerca de 1.100 pessoas tenham sido queimadas vivas. Outras 25 mil foram condenadas a diversas penas.

Os “conversos”, também conhecidos como cristãos-novos ou marranos, eram suspeitos de praticar secretamente o judaísmo. Muitos deles eram originalmente judeus espanhóis que haviam se estabelecido em Portugal quando a Espanha os obrigou a converterem-se  ao cristianismo ou a irem embora.  Eles eram perseguidos pela Inquisição, tendo seus bens tomados pelo Santo Ofício. 

Originalmente destinada a questões religiosas, a Inquisição teve influência em quase todos os aspectos da vida portuguesa – política, cultural e social. Sob João III, a atividade dos tribunais foi estendida à censura de livros, bem como a casos de adivinhação, feitiçaria e bigamia. 

O Brasil, colônia portuguesa, também estava submetido ao Tribunal. A Inquisição enviava “visitadores” para investigar presencialmente como se encontravam a fé e o cumprimento dos dogmas católicos pela população. Desse modo, registraram-se três “visitações” à colônia brasileira: na Capitania da Bahia, na Capitania de Pernambuco e no Estado do Maranhão e Grão-Pará.

De 1674 a 1681 a Inquisição foi suspensa em Portugal: os autos-de-fé (rituais de penitência pública de hereges e apóstatas) foram interrompidos e inquisidores foram instruídos a não infligir mais sentenças de confisco de bens. A suspensão ocorreu após uma intervenção do padre Antônio Vieira em Roma, ação que tinha como objetivo encerrar a Inquisição em Portugal e suas colônias. O próprio religioso havia sido julgado e preso pelo Santo Ofício em 1665, acusado de heresia. Após dois anos encarcerado, acabou sendo perdoado.

O religioso, membro da Companhia de Jesus, havia se destacado como missionário em terras brasileiras. Depois de sua soltura, ele elaborou um relatório de duzentas páginas sobre os abusos de poder da Inquisição em Portugal. O material fez com que o Papa Inocêncio XI decidisse pela suspensão dos tribunais.

Antônio Vieira sempre teve compaixão pelos cristãos-novos. Ele insistiu para que o rei João IV não apenas abolisse o confisco de seus bens, mas também removesse as distinções entre eles e os velhos cristãos. Sua defesa dos oprimidos rendeu inimizades. Em 1671 ele acabou sendo julgado novamente pelo Santo Ofício, mas acabou absolvido.

Entre 1773 e 1774, as reformas promovidas pelo Marquês de Pombal aboliram os autos-de-fé e acabaram com os estatutos de “Limpeza de Sangue”, que discriminavam os cristãos-novos. Assim, a Inquisição acabou gradualmente ao longo do século XVIII, embora só em 1821 tenha sido formalmente extinta em Portugal.


Urgente! Três pessoas morrem em acidente grave na BR-316 em Timon

Destacado

Três pessoas morreram em um acidente grave na BR-316, no trecho entre as cidades de Timon e Caxias, por volta de 20h desta quarta-feira (22).
O acidente, que ocorreu a 8 km de Timon, envolveu os veículos Renault Sandero, de cor branca e placa PSA-4810, de São Luís, e um caminhão Mercedes Benz, de cor amarela e placa BUD-1659, de Teresina/PI.
Segundo informações do 7º Batalhão de Bombeiros Militar, em Timon, que atendeu a ocorrência, os três mortos estavam no veículo Renaut Sandero, que ficou com a lateral destruída.

Uma das vítimas ficou presa às ferragens e os bombeiros tiveram de cortar partes do veículo para retirá-la.
Os nomes dos mortos ainda não foram divulgados.
Segundo informação passada ao blog, mas não confirmada, o motorista do veículo Renault seria um advogado que residiria na cidade Codó.
Mais detalhes deverão ser divulgados pela PRF às primeiras horas da manhã desta quinta-feira (23).

Participantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição do Enem

Destacado

Termina hoje (23) o prazo para pagar a taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O valor é R$ 85 e pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas e Correios. A inscrição só é confirmada após o pagamento. 

As inscrições para o Enem foram encerradas na última sexta-feira (17), com 6.384.957 inscritos. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês. 

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida.

As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou de financiamento estudantil (Fies).

Estudo

Para reforçar o conhecimento dos candidatos, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) oferece várias estratégias gratuitas, como o Questões do Enem, no qual os estudantes têm acesso a um atualizado banco de dados que reúne provas de 2009 até 2018. O site permite a resolução das questões online, com o recebimento do gabarito. [LINK: http://questoesenem.ebc.com.br/] 

Pelo perfil EBC na Rede, é possível acompanhar a série Caiu no Enem. O desafio é responder, no fim de semana, à questão publicada na sexta-feira. Na segunda-feira, um professor responde ao questionamento. A série fica até a semana que antecede o exame de 2019. Fonte Agência Brasil

NENHUMA SURPRESA: JUSTIÇA MANDA SOLTAR MOTORISTA QUE ESTAVA EMBRIAGADO E ATROPELOU CASAL NO MA

Destacado

A Justiça mandou soltar na noite dessa segunda-feira (20), em Audiência de Custódia, o motorista suspeito de atropelar e matar o professor Antonio José da Sila e a amiga dele, Edileia Silva. Roberval Cardoso Campos ficou preso menos de 24h, após ter sido conduzido por ter provocado o acidente na noite desse domingo (19), na BR-010, próximo a Imperatriz.
A decisão de colocar em liberdade o empresário foi da juíza Ana Lucrécia, responsável pela Central de Custódia. A liberdade provisória foi concedida por medidas cautelares, como suspensão da CNH, proibição de frequentar bares e similares, comparecimento em juiz até o dia 10 de cada mês para informar e justificar suas atividades, entre outras medidas.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Roberval Campos estava embriagado no momento do acidente. Agora, o motorista deve responder em liberdade por duplo homicídio culposo, quando não há intenção de matar, pelas mortes das vítimas.
O professor e a amiga seguiam de moto, sentido Governador Edison Lobão, quando Roberval, em uma caminhonete, que estaria em alta velocidade, tentou fazer uma ultrapassagem, perdeu o controle e entrou na contramão, arremessando as vítimas para fora da pista. A caminhonete, após a colisão, desceu um abismo ficando mais de 50 metros do local da batida. Já a moto ficou completamente destruída.
Após o acidente, Roberval não fugiu do local, sendo preso em fragrante, e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Após matar professora, assassino fez compras e saques no total de R$ 11 mil com cartão da vítima

Destacado

Segundo a polícia, Márcio Jorge Lago Marques tinha uma dívida de R$ 2.500 mil com a professora Rosiane Costa, que vinha fazendo cobranças. No domingo (12), ela ligou e disse que não dava mais para esperar.No Supermercado Mateus, no bairro João Paulo, ele comprou, com o cartão da professora, 45 latas de cervejas, carvão, churrasqueira, whisky e grelhas. 

O agente penitenciário Márcio Jorge Lago Marques, apresentado na sede da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (22), confessou que uma dívida de R$ 2.500 foi a motivação do assassinato da professora Rosiane Costa, de 45 anos, em São Luís. Ela foi encontrada morta no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) na manhã de segunda-feira (13). 

De acordo com a delegada Viviane Azambuaja, que comanda o Departamento de Feminicídio da SHPP, Márcio Marques confessou o crime afirmando que, no domingo (12), a professora ligou para fazer cobrança da dívida e disse que não dava mais para esperar. Ele resolveu insistir para que ela fosse até a residência dele para que conversassem.

Ele disse à delegada que foi buscar a professora em casa e passaram a tarde juntos. Em seguida, ela foi levada para a casa dele, onde foi seduzida para terem uma relação amorosa.  A intenção dele era fazê-la desistir de cobrar a dívida, mas não conseguiu.
Na saída, antes de ela entrar no carro, ele a matou com um golpe conhecido como mata-leão (estrangulamento usado nas artes marciais japonesas, realizado pelas costas do oponente). De imediato, ele teria se apropriado do cartão do BB e da senha.
Após matar a professora, o assassino colocou o corpo no carro e o jogou no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O local foi escolhido porque ele estava indo buscar a esposa na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da área Itaqui-Bacanga.

Pelas imagens de videomonitoramento da Ufma, segundo a delegada, o veículo utilizado pelo assassino, um gol branco, saiu do campus em alta velocidade, no sentido Anjo da Guarda, por volta das 20h15 de domingo (12).
Por volta de 20h36, o veículo aparece adentrando o estacionamento do Supermercado Mateus, no bairro Cohama. Duas pessoas descem e vão fazer compras. O pagamento de R$ 691,00 foi feito no cartão de débito da professora, por volta de 22h10. Ainda no Mateus, o assassino sacou R$ 1.000,00.
No dia seguinte, Márcio Marques sacou R$ 1.500,00 na Caixa, no bairro Monte Castelo. No Supermercado Mateus, no bairro João Paulo, ele comprou 45 latas de cervejas, carvão, churrasqueira, whisky e grelhas. “Ele praticamente foi comemorar a morte da professora. Quando a fonte secou, ela foi descartada. Por isso, é crime de gênero e tratamos como feminicídio”, disse a delegada.
Márcio Marques continuou fazendo compras e saques até totalizar R$ 11 mil que estavam na conta da professora. 

A senha do cartão foi anotada pela professora em um pedação de papel, quando ele solicitou para comprar cerveja. Ela desistiu e colocou o papel no bolso. Após matá-la, ele se apropriou da senha.
O veículo gol branco, utilizado por Márcio Marques, está no nome do ex-marido da atual esposa dele.

A professora e o assassino se conheceram por meio do Badoo, um site de relacionamento. Eles mantinham um relacionamento amoroso há dois anos.

O assassino foi preso na noite desta terça-feira (21), por volta de 20h30, no Bar Capitão do Mar, na Avenida Litorânea, em São Luís. Ele está no Complexo Penitenciário de Pedrinhas por força de mandado de prisão temporária. A delegada Viviane Azambuja deverá representar pela prisão preventiva do mesmo.
Rosiane Costa, de 45 anos, era professora municipal no povoado Itamatatiua, em Alcântara, na região metropolitana. Ela era solteira, não tinha filhos e morava no bairro São Cristóvão, em São Luís.

Polícia prende suspeito de manter relações sexuais com menor em troca de dinheiro em santa Luzia – MA

Destacado

Polícia prende suspeito de manter relações sexuais com menor em troca de dinheiro em santa Luzia – MA

Manoel Azevedo da Silva, de 53 anos, foi preso nesta terça-feira (21) acusado de oferece dinheiro em troca de favores sexuais, para o menor de 15 anos A.C.C.R.

A vítima relatou que desde os 13 anos de idade tem uma relação com o suspeito e sempre em troca de dinheiro, após busca na casa do suspeito (autorizado pelo mesmo), foi encontrada uma arma de fogo em posse do conduzido.

Segundo testemunhas o suspeito vem ameaçando de morte a vítima e sua família, inclusive quebrando o celular da mãe do menor. 

Manoel Azevedo foi conduzido para delegacia de Santa Luzia para procedimentos legais.

Atendimento em postos de saúde poderá ter horário ampliado

Destacado

O Ministério da Saúde publicou na amanhã do dia (9) portaria que amplia o horário de atendimento de unidades básicas de saúde. De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, as opções de carga horária semanal a serem disponibilizadas aos chamados postos de saúde são 40 horas (esquema atual), 60 horas e 75 horas. Atualmente, a maioria das unidades funciona até as 17h. Com a mudança, elas poderão atender até as 22h.

Ainda segundo o ministro, a partir da publicação da portaria, prefeitos e secretários municipais de Saúde terão de se organizar para definir qual a carga horária a ser adotada em cada unidade básica de saúde do respectivo município. “Nós estamos dando para eles algumas coisas que eles nunca tiveram. Que as equipes possam ter propostas de trabalho de 40 horas, de 60 horas e de 75 horas. Que eles organizem os horários dessas equipes”, disse.

Outra novidade prevista na portaria, segundo Mandetta, é a possibilidade de cada unidade básica de saúde poder contar com até seis equipes de profissionais e não mais três, como funciona atualmente. A proposta do ministério é que os postos de saúde que aderirem à carga horária de 75 horas semanais possam organizar melhor seu esquema de trabalho tendo disponíveis mais equipes e, em alguns casos, triplicando a verba de custeio.

“A gente espera, com isso, desafogar muito as UPAs [unidades de pronto atendimento] e emergências”, disse o ministro, ao citar como exemplo mulheres que buscam atendimento médico para os filhos depois das 17h. “Parece que criança só piora de noite. E aí, o único local que essa mãe tinha era uma UPA. Às vezes, ela atravessava a cidade. Ter até as 22h também pode ser um momento para fazer a vacina, colocar tudo em dia, fazer o preventivo.”

Hoje na História: Entra em vigor o Convênio Internacional da Diversidade Biológica

Destacado

No dia 19 de dezembro de 1994 a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou o dia 22 de maio, data quando entrou em vigor o Convênio Internacional da Diversidade Biológica, como o Dia Internacional da Diversidade Biológica. A diversidade biológica, ou biodiversidade, é o termo com o que se faz referência à ampla variedade de seres vivos sobre a Terra e aos padrões naturais que a formam. Desde o começo da agricultura, há cerca de 10.000 anos, e até a revolução industrial dos últimos três séculos, as paisagens vem sendo modificadas a uma escala cada vez maior e irreversível. Os antigos métodos de colheita estão sendo substituídos por tecnologias mais intensivas, frequentemente sem nenhum tipo de controle que evite a supercolheita. Segundo a ONU, a cada dia aumenta a degradação do meio ambiente, e isso pode se traduzir depois no declínio das economias locais e das sociedades que sustenta.

TJ DO MARANHÃO QUER STF, CNJ E PGR INVESTIGUE DENÚNCIA CONTRA JEFFERSON PORTELA

Destacado

O Tribunal de Justiça do Maranhão encaminhou ofícios endereçados ao Supremo Tribunal Federal, Conselho Nacional de Justiça e Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão, pedindo providências sobre acusação do uso da Secretaria de Segurança Pública para monitorar desembargadores.

A informação foi confirmada pelo próprio Tribunal ao Blog do companheiro Neto Ferreira, que os pedidos foram feitos na segunda-feira (20), ao ministro Dias Toffoli, ministro Humberto Martins (Corregedor Nacional de Justiça) e Procurador-Geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho.

Desembargador José Joaquim, presidente da Corte maranhense, já havia se manifestado exigindo investigação rigorosa e imparcial (reveja) das denúncias do ex-delegado de Polícia Civil, Tiago Bardal, e do ex-chefe do Departamento de Combate ao Crime Organizado, delegado Ney Anderson, de que o secretário de Segurança Jefferson Portela deu ordem para uma equipe policial monitorar Guerreiro Júnior e interceptar de forma ilegal filhos e assessores de desembargadores.

Conforme publicado com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, o delegado Ney Anderson revelou que Portela mandou grampear o filho do desembargador José Bernardo Rodrigues, inclusive, Marcelo Mota e Fernanda Guerreiro, ambos genro e filha do desembargador Guerreira Júnior (reveja). O secretário de Segurança foi entrevistado pelo Blog e negou todas acusações (reveja).

Fonte: Neto Ferreira

Agente penitenciário é preso suspeito de assassinar professora no campus da Ufma

Destacado

Policiais do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoas (SHPP) prenderam, na noite desta terça-feira (21), Márcio Jorge Lago Marques, agente penitenciário temporário da ativa, suspeito de ser o autor do assassinato da professora Rosiane Costa.
Ele foi preso, em cumprimento a mandado de prisão temporária, no Bar Capitão do Mar, localizado na Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com informações da delegada Viviane Azambuja, o agente penitenciário ainda será interrogado, mas já confessou a autoria do crime.

Márcio Marques será apresentado à imprensa nesta quarta-feira (22), às 10h, no auditório da sede da Polícia Civil, na Avenida Beira Mar, no Reviver, em São Luís.
O crime

A professora Roseane Costa, de 45 anos, foi encontrada morta, na segunda-feira (13), nas proximidades da TV Ufma, no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na área Itaqui-Bacanga.

Roseane Costa, que foi espancada e estrangulada até a morte, era professora de uma escola municipal no povoado Itamatatiua, na cidade de Alcântara.

MIGUEL LUCENA Os suicidas pedem socorro

Destacado

Quando a mídia quer chamar a atenção para determinado assunto, ignora completamente outros de igual relevância, levando as pessoas comuns a aceitarem a pauta como o assunto principal da sociedade.

Reportagens seguidas sobre feminicídio dão a impressão de que as mulheres do Distrito Federal estão sendo mortas diariamente pelos maridos, companheiros ou amantes.

Um homem transtornado invadiu o trabalho da ex-namorada, na manhã desta segunda-feira, dia 20, em Brasília, matou-a com um tiro no rosto e em seguida se suicidou, com um disparo na boca. Quem lê apenas a manchete fica achando que somente a mulher morreu pelas mãos do homem, também vítima dos problemas que afligem os seres humanos, como os ciúmes doentios, as humilhações sofridas pelos antigos provedores diante da pressão dos familiares pela manutenção do padrão de vida perdido ao longo dos anos, os assédios morais no ambiente laboral e a falta de reconhecimento pelo papel de cada um na sociedade.

O feminicídio é um crime horrendo, porquanto praticado por alguém muito próximo da vítima, mas o suicídio ocorre com mais frequência, vivemos uma catástrofe no Distrito Federal, com mais de mil suicídios por ano, e quase ninguém se pronuncia sobre o fato. A falta de pressão leva o Estado a negligenciar os programas de prevenção, largados por conta de entidades privadas que se dedicam a salvar vidas diariamente.

De janeiro a maio, ocorreram nove feminicídios no DF. Ano passado, foram registrados 29, entre 400 homicídios e mais de mil suicídios.

Entendo que a discussão sobre a violência doméstica é fundamental, porque atinge a família e causa traumas permanentes, mas sugiro que o episódio de hoje acenda o sinal de alerta das autoridades para as mortes silenciosas que ninguém divulga e arrasam inúmeras famílias. Os suicidas também precisam de socorro.

Jefferson Portela nega investigação de magistrados e diz que Tiago Bardal e Ney Anderson serão responsabilizados

Destacado

Em nota, divulgada há poucos instantes, o Secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, nega que tenha determinado a investigação de magistrados. 
“Não houve em momento algum a efetivação de interceptações de comunicações telefônicas, de informática ou telemáticas”, diz o secretário.
Portela acrescenta que o preso Tiago Bardal e o delegado licenciado Ney Anderson Gaspar serão criminalmente responsabilizados.
Confira a íntegra da nota.
SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA
NOTA
Considerando as versões criminosas apresentadas pelo preso Tiago Mattos Bardal e pelo Delegado licenciado Ney Anderson da Silva Gaspar, acusando o Sistema Estadual de Segurança Pública de investigar ilegalmente membros do Poder Judiciário do Estado do Maranhão, a Secretaria de Estado da Segurança Pública afirma que nenhuma das Autoridades referidas figurou no polo passivo de investigações criminais, portanto, não houve em momento algum a efetivação de interceptações de comunicações telefônicas, de informática ou telemáticas.
Considerando que tais notícias ofendem a honra de Servidores Públicos Estaduais, os autores serão criminalmente responsabilizados.
São Luis/MA, 21 de maio de 2019.
Jefferson Miler Portela e Silva

Secretário de Estado de Segurança Pública

Cadeirante e comparsa matam idoso em Vargem Grande

Destacado

Acusados de serem os assassinos do idoso Francisco Rodrigues

Um crime com requinte de crueldade aconteceu ontem no povoado Boca do Campo Zona Rural de Vargem Grande.

Segundo informações, na noite de ontem o senhor Francisco Rodrigues, conhecido como Manguita de 60 anos, fora assassinado no povoado Boca do Campo Zona Rural de Vargem Grande onde residia.

Os familiares informaram que a vítima bebera durante a noite em companhia de dois elementos que depois a polícia conseguiu localizá-los e prende-los. Um deles, o acusado Lucas da Conceição, conhecido com Luquinha de 19 anos, confessou o crime e que praticara em companhia de Wellison dos Santos Assunção de 24 anos que residia no mesmo povoado que a vítima e onde foi preso.

A vítima foi assassinada a pedradas, mas até o momento, não se sabe o que motivou tamanha crueldade. O fato curioso é que um dos criminosos é cadeirante.

A pós prestarem depoimento a autoridade policial, foi lavrado o Flagrante que foi remetido a justiça. Os acusados foram encaminhados ao presídio de Itapecuru onde aguardarão julgamento.

Primeiro mês de Bolsonaro registra queda dos índices de criminalidade

Destacado

O número de assassinatos, latrocínios (roubo seguido de morte), roubo de carga, de veículo e outros crimes tiveram redução em janeiro, primeiro mês de Jair Bolsonaro à frente da Presidência da República.Os dados são do Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas). Esta é a primeira vez que os números são divulgados de forma padronizada e oficial.Nove crimes que integram o relatório: estupro, furto de veículo, homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo a instituição financeira, roubo de carga, roubo de veículo, latrocínio e tentativa de homicídio).Em janeiro de 2018, foram 58.059 registros. Em 2019, 44.207: redução de 23,85%. O único estado que não entrou nas estatísticas foi o Paraná, que não havia disponibilizado os dados. Os casos assassinatos caíram 20,63% (3.600), na comparação com janeiro de 2018. Os latrocínios tiveram redução de 11,87% (141 casos em 2019).Em 2018 o Brasil registrou uma média de 24,02 vítimas de homicídios dolosos a cada 100 mil habitantes. A média mundial é de 6,4 para cada 100 mil pessoas.O número de casos de estupro registrado caiu de 4.096 em janeiro de 2018 para 3.663 no mesmo mês deste ano, redução de 10,57%.Os roubos de veículo e cargas caíram 28,5% (16.172 casos) e 27,3% (1.521 casos), respectivamente.Já os furtos de veículo totalizaram 18.170 casos, apresentando redução de 13,55% no mês analisado.
Do R7

“PEC que amplia mandatos é inconstitucional e não será pautada na Câmara”, diz Maia

Destacado

Muitos prefeitos, principalmente aqueles com alta rejeição,como é o caso do Prefeito de Carutapera,André Dourado (PR), têm sonhado com a ampliação do mandato, até 2022, como propõe a PEC 49, que defende o fim das reeleições e propõe mandatos de cinco anos e eleições gerais em 2022.
De autoria do deputado federal Rogério Peninha (MDB-PR), a PEC foi protocolada na Câmara dos Deputados no dia 12 de abril de 2019. Porém, o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), durante entrevista na Globo News garantiu; “proposta é ilegal e inconstitucional e que sequer chegará a ser pautada na Câmara”.
Sobre o tema, consultamos o advogado Especialista em Direito Eleitoral, Gustavo Ferreira, e para o jurista o entendimento é parecido com o de Rodrigo Maia, tanto no sentido da inconstitucionalidade da PEC, quanto da inviabilidade e dificuldades de se operacionalizar uma eleição unificada em um país continental como o Brasil.
“Entendo também da inconstitucionalidade dessa matéria, tendo em vista que a previsão expressa que deve haver periodicidade de voto, então na hora que se faz a extensão, se altera as regras do processo eleitoral, e isso é algo muito severo, estendendo o mandato para o grupo que está no poder e quebra essa previsão de periodicidade com relação ao voto”, afirmou Gustavo Ferreira.
De modo, muito particular, o especialista ainda citou dois pontos que merecem atenção, o primeiro é de que “essas propostas sempre visam à ampliação do mandato, nunca a redução, porque não reduzir o mandato em dois anos para se enquadrar?”, indagou.
Além de defender a soberania popular, outro ponto em que o jurista chama atenção, diz respeito à operacionalidade de uma eleição unificada.

Urgente! Homem suspeito de ter assassinado ex-companheira acaba de se suicidar em Barra do Corda

Destacado

O homem identificado como Manoel da Silva Nascimento, de 30 anos, suspeito de assassinar a ex-esposa, acaba de recorrer ao suicídio em Barra do Corda, a 444 km de São Luís, nesse domingo (19).
De acordo com informação do delegado Renilto Ferreira, Manoel foi encontrado morto em uma fazenda, na zona rural de Barra do Corda. 

Tudo indica que o suspeito se suicidou. O delegado está indo ao local e passará mais informações em instantes. “Estou indo ao local, uma fazenda, de onde passarei mais informações. Tudo indica que foi suicídio mesmo”, disse o delegado.
Elissandra da Silva Brasil de Araújo, de 23 anos, foi encontrada morta dentro de casa.
Manoel Nascimento fugiu da cidade, em uma motocicleta, logo após a ex-esposa ser encontrada morta.

Comerciante é assassinado dentro de casa e suspeito morre em confronto com policiais militares em Codó

Destacado

O comerciante Antônio Austríaco, de 83 anos, foi assassinado dentro de sua residência na noite desse domingo (19), por volta das 19h, na Rua 4, no Conjunto Mutirão, bairro São Francisco, em Codó, a 306 km de São Luís.
Popularmente conhecido como “Tunico”, o comerciante foi encontrado pela própria filha morto em sua cama. Ele estava seminu e com sinais de asfixia e de que teria travado uma luta com o assassino. O celular do comerciante não foi encontrado por familiares
O suspeito do crime, Jhones Damasceno Sousa, de 31 anos, morreu em confronto com policiais militares nesta segunda-feira (20), por volta das 11h, na casa de uma irmã, na 4ª Travessa Goiânia, bairro São Antônio, em Codó.

De acordo com a PM, Jhones Sousa não aceitou se entregar. Ele estava armado com um revólver calibre 38 e atirou na direção dos militares, que reagiram e também efetuaram disparos.
Alvejado com tiro no pé e dois no tórax, o suspeito morreu no local. Nenhum policial foi alvejado.
Com informações de Marco Silva/Emanuela Carvalho

Othelino Neto pretende ser candidato ao Governo na sucessão de Flávio Dino

Destacado

Em entrevista ao Blog do John Cutrim, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA), Othelino Neto (PCdoB), revelou a possibilidade de fazer parte da chapa que concorrerá ao cargo majoritário em 2022. No ano em questão, as eleições majoritárias serão para Governo do Estado. Othelino deverá compor a chapa de sucessão do atual governador, Flávio Dino (PCdoB).

“Está muito cedo, mas é natural que eu veja com muita atenção a eleição de 2022. E, claro, sem descartar a possibilidade da minha participação na chapa majoritária em uma das posições que estarão disponíveis na sucessão em 2022”, afirmou o presidente da ALEMA.

Além dos planos futuros, Othelino fez questão de reforçar a unidade com o grupo político de Dino.

“O grupo permanece unido. É normal que se tenha pensamentos diferentes. Não precisamos pensar igual para que estejamos no mesmo grupo político. É natural que agentes políticos da cúpula do nosso campo tenham desejos para os pleitos futuros e nós vamos resolvendo isso com muita conversa pensando sempre no melhor para o Maranhão”, pontua.

Fonte- Imparcial

Hoje na História: Cientistas anunciam que o vírus da AIDS foi isolado

Destacado

Em 20 de maio de 1983, a equipe do cientista francês Luc Montagnier, do Instituto Pasteur, na França, publicou na revista Nature um artigo que detalhava sua pesquisa que conseguiu isolar o vírus causador da AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). O trabalho apontava um retrovírus, que eles batizaram de “vírus associado à linfadenopatia”, como a causa da doença.PUBLICIDADE

Mais ou menos na mesma época, o médico americano Robert C. Gallo anunciou que a causa da doença era um vírus chamado de HTLV-III. Pouco depois, descobriu-se que esse vírus era virtualmente idêntico ao isolado por Montagnier. Em 1986, o vírus foi oficialmente denominado como HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana, na sigla em inglês).

A AIDS enfraquece o sistema imunológico, tornando seu portador mais propenso a ter outros tipos de doenças, como infecções oportunistas e câncer. O HIV é transmitido principalmente através de relações sexuais sem o uso de preservativo, transfusões de sangue contaminado, agulhas hipodérmicas e de mãe para filho, durante a gravidez, o parto ou amamentação. 

Apesar de ainda não existir uma cura ou uma vacina, o tratamento antirretroviral pode retardar o desenvolvimento da doença e elevar a expectativa de vida do portador do vírus. Apesar de o tratamento reduzir o risco de morte e de complicações da doença, os medicamentos são de alto custo e estão associados a diversos efeitos colaterais. A prevenção da contaminação pelo HIV, principalmente através de programas de sexo seguro, é uma estratégia fundamental para controlar a propagação da doença.

Aposentadoria de policiais e professores entra em discussão na Câmara

Destacado

A Câmara dos Deputados retoma nesta semana as audiências temáticas da comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19). Entre os temas estão o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o abono salarial, a aposentadoria do trabalhador rural e de categorias com critérios diferenciados como professores, policiais e magistrados.

Na terça-feira (21), o colegiado convidou o assessor-chefe-adjunto da Presidência da República, Arthur Bragança Weintraub, o professor do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp), Pedro Rossi, a pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Luciana Jaccoud, e o diretor de programa na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Leonardo Rangel, para debater BPC e abono salarial.

A aposentaria do trabalhador rural será discutida na quarta-feira (22) com o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, com a advogada Jane Lúcia Berwanger, representante Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBPD) e com representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

As categorias com critérios diferenciados de aposentadoria serão debatidas na quinta-feira (23) com o secretário adjunto de Previdência no Ministério da Economia, Narlon Gutierre Nogueira, e com o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino (Contee), Gilson Reis.

Reforma tributária

Em paralelo à discussão sobre a mudança nas regras de aposentadoria dos trabalhadores, deputados também analisarão o texto da reforma tributária (PEC 45/19). Na quarta-feira (22), a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deve votar o relatório sobre a admissibilidade da PEC. O relator do texto, deputado João Roma (PRB-BA), apresentou seu parecer na semana passada. 

A proposta institui Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) que substitui três tributos federais – IPI, PIS e Cofins -, o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. O IBS será composto por três alíquotas – federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar diferentes valores para a alíquota do imposto. Fonte Agência Brasil

ROBERTO VELOSO Segurança e cidade desorganizada

Destacado

Entre os estudos que fazemos no Curso de Mestrado em Direito da UFMA, debatemos o problema relacionado à degradação de áreas urbanas como fator de aumento da criminalidade. O agora mestre Maurício Fraga, meu orientando, escreveu uma dissertação abordando tema tão caro para a população dos municípios, demonstrando que não cuidar da cidade é fator propulsor da insegurança.

Não à toa, cada vez mais, quem tem condições financeiras procura morar em condomínios fechados, de preferência onde existam todos os serviços para não se ter necessidade de sair às ruas. Há um pavor coletivo ante a mínima possibilidade de a segurança ser violada por delinquentes que vivem à solta na sociedade.

Mas, a situação é bem diferente para quem vive de parcos salários ou mesmo não está empregado. Não há alternativa a não ser a periferia ou áreas degradadas no entorno dos condomínios de luxo, estando à mercê da criminalidade e do tráfico de drogas, onde não há serviços ou políticas públicas voltadas para o bem estar da população.

É lógico que o desemprego, a falta de perspectivas para inserção no mercado de trabalho, a ausência de possibilidade de uma educação adequada para um posterior aproveitamento no comércio ou na indústria produzem um quadro social propício ao recrutamento de jovens pelas organizações criminosas, com a ilusão da melhoria da qualidade de vida e de prosperidade, que evidentemente nunca chegam.

Segundo Maurício Fraga, os moradores dessas áreas degradadas, além de estarem socialmente excluídos, estão expostos a uma exclusão espacial, pois são indesejados e incompatíveis com a realidade dos bairros nobres, obrigando-os a ocupar espaços onde não há escolas em número suficiente, atendimento médico compatível com a necessidade da população e oportunidade de emprego. Nessas localidades abandonadas, o agente público mais conhecido é o policial, em razão da inexistência de políticas públicas satisfatórias.

Essa realidade, no entanto, é possível de ser modificada, com a adoção de medidas simples a exemplo das tomadas em outras cidades da América do Sul, como é o caso de Medellin, que em 1991 possuía um índice de 381 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes e conseguiu reduzir, em 2006, para 28.

Primeiro, se fez uso sistemático de avaliações precisas das condições de vida na cidade, por meio de dois instrumentos: índice de desenvolvimento humano (IDH) e pesquisa de qualidade de vida. Depois, adotou-se a transparência dos gastos públicos como base da administração municipal, para possibilitar à população o acompanhamento da execução orçamentária.

A integração de todos os programas e projetos de maneira que toda ação fosse desenvolvida de forma a não haver discrepância entre os agentes públicos, em especial o urbanismo com a recuperação das áreas degradadas e a educação para que todos tenham consciência da necessidade de desmantelar a violência e construir espaços urbanos de convivência pacífica e ordeira.

Por fim, a participação popular para que as intervenções a serem realizadas tenham a legitimidade e o apoio das comunidades. A presença do poder público deve ser tomada como necessária e pacífica e não como inimiga. A população precisa ser envolvida de forma a influir decisivamente na formulação e na execução do projeto.

O município é o lugar apropriado para a realização de medidas, fora do âmbito da mera punição penal, para a modificação da realidade de insegurança e criminalidade a que estamos submetidos. E se todos estão atingidos, todos devem ser chamados ao enfrentamento e solução do problema.

Acidente com van do cantor Wesley Safadão deixa uma pessoa ferida no Maranhão

Destacado

Acidente foi na tarde de sexta-feira (17), na BR-316 em Peritoró. De acordo com a PRF-MA, apenas o motorista ficou ferido. Veículo era usado como apoio para venda de CDs e DVDs do cantor.

Um acidente envolvendo uma van do cantor Wesley Safadão foi registrado na tarde dessa sexta-feira (17) no km 436,4 da BR-316, no município de Peritoró, localizado a 236 km de São Luís. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA), o motorista do veículo ficou ferido. Ele não foi identificado.

Ainda segundo a PRF, o condutor perdeu o controle do veículo, que saiu da pista e tombou. Ele sofreu apenas escoriações no rosto, braço e perna.

A van com placa de Pernambuco é usada como apoio da equipe do cantor para divulgação e venda de CDs e DVDs.

Acidente foi registrado na tarde desta sexta-feira (17), no município de Peritoró (MA). — Foto: Reprodução/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

Acidente foi registrado na tarde desta sexta-feira (17), no município de Peritoró (MA). — Foto: Reprodução/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

G1 Maranhão

PERCIVAL PUGGINA Verdade roubada, mentira vendida

Destacado

Todo dia, toda hora, em algum lugar, alguém está falando a nós, o povo. Falam-nos nos meios de comunicação, nas redes sociais, nas tribunas, nos púlpitos, nos palanques sobre o que nós, o povo, queremos. E sempre há alguém acusando outrem, por estar fazendo as coisas de modo diverso daquele que nós, o povo, desejaríamos. Essa apropriação, que nos converte em gado do discurso alheio, é uma espécie de abigeato praticado cotidianamente. Muitas vezes, a verdade nos é roubada e a mentira vendida ao povo.

Há no povo homens e mulheres; há crianças, jovens, adultos e idosos (e também jovens idosos e adultos infantis); há pessoas instruídas e incultas, bem como sábios incultos e acadêmicos tolos; existem pessoas dos campos e das cidades, do febril anonimato das grandes metrópoles e das pequenas comunidades urbanas onde todos se conhecem; há pessoas de várias classes sociais e níveis de renda; há no povo uma diversidade cultural, racial e religiosa. Em cada grupo encontraremos bons e maus, trabalhadores e vadios, pessoas com e sem esperança, enfermos e sãos, cada qual com suas debilidades e fortalezas, vocações, inclinações e tendências políticas.

Tudo isso é povo. Como pode alguém, pois, apropriar-se de todos e de cada um, como enlouquecido aparelho de rádio que sintonizasse, simultaneamente, o conjunto das emissoras? Ninguém, a rigor, tem o “povo” nas mãos, seja governo, seja oposição. (Espero que me entendam, quando digo isso, aqueles que mais precisam entender).

Lembro-me do governo Olívio Dutra e do Orçamento Participativo (OP). Segundo seus promotores, aquilo era uma forma de atribuir ao “povo”, a decisão sobre o destino das verbas públicas. E o “povo” ia para lá e para cá nas assembleias do OP. Nelas o “povo” deliberava exatamente sobre os gastos não obrigatórios, as tais despesas discricionárias de que hoje tanto se fala. No final do processo, todo o “povo” convergia à Praça da Matriz para um grande comício com bandeiras vermelhas e palavras de ordem. Ali, testemunhavam algo insólito: a trepidante e inolvidável entrega do Orçamento do Estado à Assembleia Legislativa. Juro para vocês! Eu vi isso acontecer, mais de uma vez… As velhas entranhas do Theatro São Pedro, no outro lado da praça, roíam-se de inveja por nunca haverem reunido tanto público nem tantos talentos da nobre arte de representar. Ah! Claro, nenhum OP estadual gaúcho cumpriu, senão minimamente, o que foi deliberado pelo “povo”. O contingenciamento sempre pegou firme.

Na recente mobilização do “povo” pela Educação, que ganhou repercussão nacional, eu assisti a uma repórter da Globo sublinhando que o ato não era político nem partidário… Qualquer imagem em close ou microfone aberto mostrava justamente o contrário nos cartazes, nas cores, nos símbolos, nos discursos. A Educação, a pobre e deficiente Educação nacional, foi intensamente maltratada, aliás, na gramática, no desapreço à verdade dos fatos e no escancarado paradoxo de quem silenciou em todos os contingenciamentos promovidos pelos governos petistas (cumprindo a lei, diga-se de passagem), e sai aos berros quando outro governo adota o mesmo procedimento.

Existem políticos, jornalistas, sindicalistas, militantes, professores, que têm verdades de fabricação caseira. É uma produção barata, que conta com logística estruturada para circulação e distribuição.

Avião de pequeno porte cai sobre residência e deixa um morto em Belém

Destacado


Três pessoas foram resgatadas, todos eram tripulantes da aeronave e recebem atendimento médico. O piloto do avião morreu no local. Ainda não se sabe a identidade das vítimas.

Uma aeronave caiu sobre uma residência no bairro do Souza, em Belém, na manhã deste sábado (18). O avião de pequeno porte caiu em uma vila de casas próximo da avenida Almirante Barroso. Uma pessoa morreu.
Equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, da Aeronáutica e do Exército estão no local. O voo decolou no Aeroporto Brigadeiro Protásio, em Belém às 12h43 e caiu após três minutos, segundo informações do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) . O modelo da aeronave é Cessna 210.
Três pessoas foram resgatadas, todos eram tripulantes da aeronave e recebem atendimento médico. O piloto do avião morreu no local. Ainda não se sabe a identidade das vítimas.
Segundo caso
Em fevereiro deste ano, outro caso assustou moradores da capital. Um monomotor caiu também sobre uma residência, no bairro do Benguí. O copiloto morreu e duas pessoas ficaram feridas, o piloto e o um vigilante que estava na residência onde o avião caiu.

Queda de monomotor no bairro do Benguí, em fevereiro de 2019. — Foto: Reprodução/ TV Liberal

Por G1 PA

Assaltante morre no Socorrão 2 após ser atingido por tiro na cabeça ao tentar roubar mulher

Destacado

O assaltante identificado como Wanderson Silva Dias, conhecido como “Greg”, de 19 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo, no momento em que assaltava uma mulher, na área da 3ª Companhia do 8º BPM, no Araçagi.
Pelas informações, o disparo foi feito por um homem que estava passando em um carro e presenciou a ação criminosa. O tiro atingiu a testa e transfixou, saindo na nuca. 
“Greg”, que estava em uma motocicleta, foi socorrido e levado ao Hospital Clementino Moura, o Socorrão 2, mas terminou morrendo. Ele residia na Rua São Conrado, no bairro Vila Nova, na cidade de Raposa, na região metropolitana de São Luís.
No local, foram apreendidos um revólver calibre 38; uma motocicleta Honda Titan 150cc, de placa NHL-2403, sem registro de roubo; e um aparelho celular.
De acordo com informações da polícia, “Greg” era considerado de alta periculosidade e sempre realizava assaltos na região.
Segundo relatos de um PM, há 15 dias ele roubou um celular nas proximidades da Currascaria Tchê Picanharia, na Av. dos Holandeses, no Araçagy. Os PMs o perseguiram até a Raposa e conseguiram recuperar o celular roubado, mas ele conseguiu fugir.
A polícia não conseguiu identificar quem fez o disparo de arma de fogo que atingiu “Greg”, mas deve recorrer a imagens de videomonitoramento ou de vigilância na área.

Segunda idosa é espancada e morta em Coroatá por bandidos que buscam dinheiro de aposentadoria

Destacado

WhatsApp

Este vídeo, feito por populares e divulgado pelo site COROATÁONLINE,  mostra a movimentação no bairro União, em Coroatá, na rua onde a idosa, identificada até agora apenas como Maria Antonia, de 65 anos, foi encontrada morta dentro da própria casa com sinais de extrema violência.

A Polícia de Coroatá, até o momento,  pouco revelou à imprensa a respeito de mais este crime contra idosos na cidade.  Mas já é certo que o corpo foi encontrado com hematomas que demonstram espancamento e também investiga-se se a idosa foi ou não abusada sexualmente antes de ser morta uma vez que havia sangramento nas partes íntimas da vítima. Os bandidos aproveitaram que a idosa morava sozinha e, possivelmente, procuravam por dinheiro da aposentadoria dela.

Já é o segundo assassinato de idosos num espaço de mais ou menos 30 dias.

O caso anterior é de Raimunda Ferreira Lima, de 81 anos, que morreu no hospital macrorregional de Coroatá após sete dias internada.

Ela e o marido, que sobreviveu, também tiveram a casa invadida por bandidos dia 15 de abril que procuraram o dinheiro da aposentadoria , só que na zona rural, foram espancados brutalmente e ela não resistiu aos ferimentos. No caso dela, dois suspeitos foram identificados e detidos, um deles menor de idade.

Dirceu se apresenta à PF em Curitiba para cumprir pena na Lava Jato

Destacado

O ex-ministro José Dirceu deixa o Fórum Professor Júlio Fabbrini Mirabete, do Tribunal de Justiça do DF.

O ex-ministro José Dirceu se apresentou há pouco na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para começar a cumprir a pena de oito anos e dez meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Esta é a segunda condenação de Dirceu no âmbito da Operação Lava Jato.

A prisão foi determinada ontem (16) pelo juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba. A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, negar recurso da defesa de Dirceu e determinar o cumprimento da pena com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza prisão ao fim dos recursos em segunda instância.

Conforme a decisão de Bonat, o ex-ministro deveria ter se apresentado à PF até as 16h, mas ele não chegou no horário determinado. Segundo a defesa, Dirceu saiu de Brasília durante a madrugada de hoje, fez o trajeto até Curitiba de carro, mas, devido ao mau tempo na estrada, não conseguiu chegar no horário determinado pelo magistrado.

A primeira condenação de Dirceu na Lava Jato foi proferida pelo então juiz federal Sergio Moro, em março de 2017, quando o ex-ministro foi considerado culpado por ter recebido R$ 2,1 milhões em propina proveniente de contratos na Petrobras, entre 2009 e 2012.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), parte desse valor foi recebida por meio de 118 voos em táxis-aéreos. A pena inicial estipulada foi de 11 anos e três meses de reclusão. A condenação foi confirmada pela Oitava Turma do TRF4 em setembro do ano passado. A pena, porém, foi abrandada, sendo reduzida para oito anos e dez meses.

Em seguida, a defesa do ex-ministro apresentou diversos recursos em forma de embargos, prolongando o desfecho do caso na segunda instância.

Hoje na História: Nasce o Papa João Paulo II

Destacado

No dia 18 de maio de 1920 nascia em Wadowice, na Polônia, Karol Józef Wojtyla, que seria mundialmente conhecido mais tarde como o Papa João Paulo II. Seu papado foi um dos mais longos da história, com início em 1978 e término com a sua morte em 2005. Entre suas principais características estava a capacidade de falar vários idiomas como português, polonês, esperanto, espanhol, grego, latim, italiano, francês, inglês e alemão. Também tinha conhecimentos de checo, lituano, russo e húngaro, como outras línguas como japonês e idiomas africanos. Foi o primeiro papa a fazer grande uso dos meios de comunicação, em particular a internet. Outra característica era a busca por laços mais estreitos com os líderes de outras religiões como judeus, muçulmanos, ortodoxos e tibetanos (por meio de Dalai Lama). João Paulo II morreu no dia 2 de abril de 2005, no Vaticano. Aos 85 anos, ele foi vítima de uma septicemia e colapso cardiopulmonar irreversível, agravada pela sua doença de Parkinson.

SERGIO MOURA Caridade tem hora

Destacado

“Vou ajudar a aprovar o projeto dele”, declarou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sobre o pacote anticrime de Moro, de acordo com o Antagonista de 14/5/19.

Que condescendência franciscana! Caridade igual é difícil de se encontrar! Ah, se todos os brasileiros tivessem um espírito comunitário tão desprendido quanto o do deputado federal Rodrigo Maia! Parece que os fluminenses puseram uma bola dentro quando o elegeram.

O único senão é que ele não entende qual é o papel dele frente aos 209 milhões de brasileiros que ele devia, constitucionalmente, representar. Ele não tem o cargo que tem nem recebe de nós a fortuna mensal que recebe, nem os privilégios de que dispõe, para ser simpático com um ministro de Estado.

Ele está ali para defender o bem comum. Se temos um problema de insegurança – 60 mil assassinatos por ano, o 11º país em assassinatos no mundo, de acordo com a OCDE, para ficar só por aqui – e, se este problema vem-se agravando há décadas, é de responsabilidade dele, deputado federal há 21 anos e presidente da Câmara dos Deputados desde 14 de julho de 2016, resolvê-lo. Se não o fez até agora é por descaso, para não citar possíveis outros motivos.

Logo depois de o presidente Jair Bolsonaro ter enviado proposta de emenda à Constituição ao Congresso Nacional sobre medidas para aumentar a segurança, Maia declarou que o texto era um “copia e cola” do texto enviado ao Congresso em 8/5/18 por Alexandre de Moraes, atualmente ministro do STF. Fazia, portanto, quase um ano que os congressistas, Rodrigo Maia, inclusive, estavam de posse de alguma proposta para proteger melhor nossa vida e nossa propriedade, sem falar que deve haver muitas outras proposições semelhantes mofando nas gavetas das Casas do Congresso.

Por que o nosso presidente da Câmara dos Deputados há quase três anos não acelerou o andamento dessas proposições? Desinteresse. Por que ele não se interessa pela vida e propriedade dos brasileiros? Simples: porque a Constituição defende a irresponsabilidade dos políticos eleitos: eles podem fazer a besteira que fizerem com nossa vida e nossa propriedade, ou se omitirem, que por nada respondem. Põem a culpa sempre no presidente da República, como estão a fazer hoje com as diversas propostas do presidente Bolsonaro. E não deixam de ter alguma razão porque a Constituição cria na mente deles a percepção errônea de que o principal legislador do País deva ser o presidente da República.

Aí, eu pergunto: qual é o custo/benefício deste Congresso? O que recebemos pelos cerca de R$ 11 bilhões – R$ 21,5 milhões por cabeça – que gastamos todos os anos com senadores e deputados?

O que recebemos é miséria, pobreza ou mediocridade econômica, o que o rendimento médio mensal de R$ 1.330 de 112 milhões de brasileiros (IBGE) comprova. Vale a pena esse investimento?

Urgente! Jovem é assassinado em Vargem Grande

Destacado

Imagem Ilustrativa

O jovem  Fred da Conceição dos Santos, conhecido como o “Gordo”, 21 anos,  foi morto a tiros no início da noite desta quinta-feira(16), por volta das 19:40m, no bairro Soldadinho, em Vargem Grande. Segundo informações, a vítima  foi abordada por dois elementos até o momento desconhecidos, que estavam armados em uma motocicleta.

Quando a vítima se aproximou da moto, os criminosos que efetuaram os disparos que o levaram a óbito ainda no local.

O corpo foi levado para o necrotério do Hospital Benito Mussolini para exames cadavéricos e posteriormente entregue aos familiares para o velório.

A Polícia Militar esteve no local fazendo os primeiros levantamentos sobre o crime e colheu informações que serão usadas nas primeiras linhas de investigação.

Até o momento, ninguém foi preso, mas a polícia continua o seu trabalho de investigação para descobrir o autor ou autores e a motivação do crime.

29 presos não retornam da saída temporária do dia das Mães

Destacado

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), 29 presos não retornaram às unidades prisionais após a saída temporária de Dia das Mãe no Maranhão.
O balanço foi divulgado nesta quarta-feira (15), ao todo, a Justiça concedeu o benefício a 707 presos do regime semiaberto.
Na última quarta-feira (8), os internos foram liberados e deveriam retornar aos estabelecimentos prisionais até às 18h de terça-feira (14). Os que não retornaram são considerado foragido da Justiça.

NELSON VALENTE Reforma universitária já!

Destacado

NELSON VALENTE

Senhor ministro da Educação, Abraham Weintraub: Reforma universitária já!

Não se discute o ensino superior no Brasil, discute-se o acesso ao ensino superior, por isso, não existe uma política universitária, uma política educacional do ensino superior. Minha decepção nesse período é que não tenhamos discutido os objetivos do ensino superior no Brasil.

Vivemos um modelo de ensino superior nas Universidades e nas principais universidade do país que é o mesmo desde 1968 (Lei 5540/68), quando foi aprovado a Reforma Universitária. Valorizou a departamentalização e acenou com uma série de outras medidas, todas elas tornando por base a educação norte-americana ou que se pratica na Alemanha.

Uma estrutura pesadíssima, ultrapassada e decadente.

Qual será a universidade do futuro? Substituirão as atuais salas de aula? Cada escola terá a sua missão, que não se bastará com a simples transmissão do saber, pois deverá se identificar com as necessidades do mercado de trabalho. Esse registro é que dará força à palavra “tecnoestrutura”, criada por Galbraight para identificar a trilogia governo, empresa, escola. Nunca essa ligação será tão oportuna e, por isso mesmo, tão indispensável.

A universidade é uma instituição plurifuncional. A pesquisa é, ao lado da docência, uma das funções básicas dessa instituição. Recentemente, os autores subdividem, as funções da universidade em docência, pesquisa e extensão ou de serviços ou em missão cultural (transmissão e conservação do saber), missão investigadora (produção e progresso do saber), missão técnico-profissional (formação de profissionais de alto nível) e missão social (serviço social da universidade).

Se queremos projetar a universidade brasileira para os próximos trinta anos. Viveremos uma outra época, de incríveis conquistas científicas e tecnológicas, alimentadas pelo uso de computador e da Internet, e é claro que a indústria do conhecimento, representada pelos nossos pesquisadores, não poderá concorrer com os produtos de outras nações se não estivermos devidamente apetrechados, inclusive do ponto de vista dos recursos humanos qualificados.

Se a Universidade envelheceu, foi por se manter presa uma concepção das relações entre o ensino e a pesquisa, inadequada às realidades modernas. Somente analisando a fundo estas relações e estas realidades é que será possível chegar-se às verdadeiras soluções e traçar o caminho do futuro.

A Universidade hoje está de fato desacreditada. De toda parte afloram reivindicações e denúncias. Estudantes, ministros, jornalistas, pais, industriais e mesmo alguns docentes não se cansam de criticar publicamente a Universidade e de acusá-la de todo tipo de insuficiência. Não apenas as privadas, também as públicas, cujos resultados nos órgãos classificadores são ruins. Algumas dessas críticas não passam de inverdades, outras são perfeitamente justificadas e correspondem a carências reais. Mas, mesmo neste último caso, a opinião resvala para detalhes de importância secundária quando se trata de diagnosticar as verdadeiras causas do mal.

O tema mais importante que está agendado no CNE (Conselho Nacional de Educação) é sobre o credenciamento e recredenciamento de universidades, inclusive as federais, estaduais e municipais. Esse é um tema que está muitos anos atrasado.

O governo não providenciou esse recredenciamento e as universidades federais nunca se importaram se são credenciadas ou não. As universidades federais são criadas por lei, pelo Congresso Nacional, mas a lei não as credencia.

A LDBEN nº 9394/96 – diz que quaisquer universidades devem ser credenciadas. As novas universidades devem ser credenciadas e as antigas deverão ser “recredenciadas”. Elas apresentaram as exigências burocráticas para o MEC, mas isso não passa pelo escrutínio de uma reunião pública. Não menos importante será a discussão sobre o credenciamento e recredenciamento das universidades privadas, visto que nunca aconteceu no país este processo de recredenciamento universitário.

Ninguém vê o óbvio: a pirâmide está invertida. A maior prova disso é o abandono da primeira infância. É nela que o Brasil começa, e seu abandono é a maior das ameaças à pirâmide invertida que caracteriza nosso País.

Mesmo a educação é um exemplo do desequilíbrio da pirâmide invertida. O Brasil dá mais ênfase ao topo, o ensino superior, do que à base, o ensino fundamental. O resultado é outra manifestação de instabilidade: a qualidade do ensino superior vem sendo puxada para baixo por causa da má qualidade do ensino médio; e este também vem perdendo qualidade por causa da piora no ensino fundamental.

No ensino público: faltam 400 mil professores no ensino básico (fundamental e médio) no País. A maior carência é para as disciplinas de matemática, química, física e biologia. Há escolas que nem as têm na grade.

Mas, as universidades devem ensinar o quê?

É para continuar formando quais profissionais na graduação?

Nós queremos universidades de qualificação mundial no Brasil?

Queremos universidades de ponta comparadas às de outros países?

O que devemos ensinar aos estudantes universitários?

Não se discute o ensino superior no Brasil, discute-se o acesso ao ensino superior, por isso, não existe uma política universitária, uma política educacional do ensino superior.

A Coreia do Sul está lutando bravamente para constituir universidades de qualificação mundial. A China tem um plano de fazer 100 universidades de qualificação mundial até 2021. A Alemanha tem um programa de 2,5 bilhões de euros para a qualificação. O presidente francês deu autonomia para as principais universidades e exigiu que elas se qualifiquem. Portugal e Austrália também têm feito movimentos nessa direção. A Inglaterra tem pelo menos três universidades de classe mundial e os EUA tem um caminhão delas.

E o Brasil, quer o que com seu ensino superior?

Hoje na História em 16 de maio de 2001Manifestantes protestam contra Antônio Carlos Magalhães em Salvador

Destacado

Em 16 de maio de 2001, cerca de oito mil pessoas, entre sindicalistas e principalmente estudantes, foram às ruas de Salvador, na Bahia, para protestar contra o então senador Antônio Carlos Magalhães. O ato ficou conhecido como “Passeata de 16 de maio”. Naquele ano ganhou repercussão a denúncia de que o político teria cometido violação do painel eletrônico do Senado para ter acesso aos votos de seus colegas durante o processo de cassação do senador Luiz Estevão.

Seis dias antes, um outro protesto tentou chegar ao edifício onde morava o senador. A manifestação foi reprimida pela Polícia Militar, que foi acusada de cometer agressões contra os participantes. No dia 16, um novo ato foi convocado. A estratégia elaborada por uma comissão reunida na sede do Diretório Central dos Estudantes da UFBA era fazer com que a passeata seguisse pelo interior do campus da Universidade Federal, chegando à residência de ACM, através de um acesso próximo à Faculdade de Direito. 

No dia marcado, os manifestantes seguiram o trajeto escolhido. Ao chegarem ao então viaduto Nelson Sampaio, já se encontrava, em torno da Faculdade de Direito uma força composta por centenas de homens da Polícia Militar da Bahia, contendo tropa de choque e cavalaria. No período da tarde, após horas de espera por algum acordo, a Polícia Militar ofereceu aos líderes do movimento a opção de contornarem o bloqueio e se dirigirem ao Vale do Canela, descendo o viaduto.

Logo após tal medida, veio a ordem para que os PMs dispersassem os manifestantes, mas muitos deles, incluindo estudantes secundaristas, tentaram ultrapassar a barreira policial. A PM invadiu e jogou bombas de gás lacrimogêneo em cinco unidades da universidade. Depois de uma hora de confronto, pelo menos 25 pessoas saíram feridas. No dia seguinte, mais de 20 mil manifestantes, resolveram fazer um novo protesto. Eles marcharam até a residência de ACM, dessa vez com sucesso e sem confronto com a polícia. Em 30 de maio de 2001, o senador renunciou ao seu mandato, na esteira do escândalo da violação do painel.

Marília Mendonça leva calote e recebe cheque sem fundo no Maranhão

Destacado

Após se apresentar no último dia 5 de maio na cidade de Caxias, interior do Maranhão, a cantora Marília Mendonça ainda não recebeu o seu cachê que foi combinado.
Segundo informações repassadas ao Blog do Neto Weba, a artista sertaneja obteve uma parte da quantia acertada em dinheiro e outro montante em cheque. Porém, estava sem fundos.
Destinado à empresa Sentimento Louco Produções Artísticas, que está no nome da rainha da sofrência, o documento tinha como valor, um pouco mais de 130 mil reais. 
De acordo com a equipe da cantora, tanto o departamento jurídico quanto o responsável pela agenda da sertaneja já estão cientes e tentando resolver o problema da dívida.

SAIBA QUAIS SÃO OS 23 MUNICÍPIOS DO MARANHÃO QUE VÃO RECEBER R$ 100 MILHÕES DOS ROYALTIES DA MINERAÇÃO

Destacado

O pagamento dos royalties da mineração a que tem direito os 23 municípios maranhenses cortados pela Estrada de Ferro Carajás começaram a ser pago na quarta-feira (15).

Os municípios percorridos ou sob influência da Estrada de Ferro Carajás (EFC), vão receber recursos retroativos referentes aos meses de junho a dezembro de 2018 e de janeiro a abril de 2019. Só a capital São Luís, que passou a integrar o Consórcio no final do ano passado, receberá quase R$ 28 milhões.

Os recursos somam mais de R$ 100 milhões e irão beneficiar 26 municípios, 23 desses, pertencentes ao Maranhão, localizados às margens da ferrovia ao longo de 670 quilômetros de extensão.

Saiba quais são os municípios do MA contemplados com os royalties da mineração:

  1.  Açailândia,
  2.  Alto Alegre do Pindaré,
  3.  Anajatuba,
  4.  Arari,
  5.  Bacabeira;
  6.  Bom Jardim,
  7.  Bom Jesus das Selvas,
  8.  Buriticupu,
  9.  Cidelândia,
  10.  Igarapé do Meio,
  11. Itapecuru Mirim,
  12. Itinga do Maranhão,
  13.  Miranda do Norte,
  14.  Monção,
  15.  Pindaré-Mirim,
  16.  Santa Inês,
  17.  Santa Rita,
  18. São Francisco do Brejão,
  19. São Pedro da Água Branca,
  20. São Luís;
  21. Tufilândia,
  22. Vila Nova do Martírios,
  23. Vitória do Mearim.

Fonte: Domingos Costa

A esquerda “golpista”, o sonho do impeachment de Bolsonaro e a posição dos militares

Destacado

Que ilusão achar que conseguirão o impeachment de um governo integrado por militares e eleito pelo povo.

Não passa pela cabeça das pessoas que os militares deixaram de dar um “golpe militar” várias vezes durante os últimos anos, quando o povo implorava nas ruas pela intervenção.

Lembram da saída da Dilma e das greves dos caminhoneiros? O povo pedia pro exército assumir o poder e eles ficaram calados, sem mexer um dedo, deixando o caldeirão ferver para ver se o povo aprendia em quem NÃO VOTAR.

Eles podiam ter pego o poder à força naquela época, mas isso não seria bom economicamente por conta de sanções de outros países. Ninguém queria um país quebrado igual a Venezuela, mas eles sabiam que aquela indignação seria transformada em votos e que a porta seria aberta democraticamente.

Já eleitos, eles mexeram em tudo, são provocativos, sabem quais assuntos acertam o tendão de Aquiles dos poderosos e eles fazem o que? Falam! Mexem no vespeiro mesmo…

Pra quem ainda não entendeu, comece a perceber como eles agem; primeiro eles mudam as coisas com medidas provisórias, mostrando o que deve ser feito, depois deixam os opositores rasgarem a própria máscara e mostrarem quem está a favor do povo e quem está com medo de ser engolido pelas mudanças.

Acham mesmo que eles aceitariam deixar o poder por conta de manobra política de político corrupto? Sem nenhuma palavra? Nenhuma ação? Apenas iriam em suas salas buscar seus pertences e voltariam para casa chorar em suas camas porque o projeto de mudar o Brasil foi boicotado por deputados?

Me dá um único motivo para os militares esquecerem o patriotismo que os move, guardarem suas bandeiras, encaixotarem suas medalhas de bravura e aceitarem serem escorraçados do poder?

Santa inocência…

Raquel Brugnera

Assaltante que colocou arma na cabeça de criança ao roubar moto é preso em Itapecuru Mirim

Destacado

Em foto maior o acusado Rodrigo Lima da Silva nas três fotos menores a equipe de Dr. Murita com a moto recuperada no mato.

O assaltante identificado como Rodrigo Lima da Silva, de 21 anos, foi preso em flagrante por policiais da Delegacia Regional de Itapecuru Mirim, a 117 km de São Luís, por roubo qualificado de uma motocicleta.
A ação criminosa ocorreu na terça-feira (14) no bairro Torre.  O assaltante estava em companhia de um comparsa, que ainda não foi preso, e portavam arma de fogo.
Eles chegaram a colocar a arma na cabeça de uma criança, que se encontrava nos braços da Mãe.
A prisão do assaltante e a recuperação da motocicleta ocorreu nesta quarta-feira (15). Ainda pela manhã, a moto foi localizada dentro de um matagal, encoberta por galhos de árvores. O delegado Samuel Morita comandou a ação de recuperação da motocicleta. 

À tarde, Rodrigo Silva foi preso no Bairro Roseana Sarney. Ele foi reconhecido por vítimas e testemunhas.

Atingido por disparos de arma de fogo, homem perde o controle de moto e morre na BR-010 em Açailândia

Destacado

Uma equipe da PRF na Unidade Operacional da Lagoa Verde foi informada, na noite de quarta-feira (15), de um acidente com óbito na altura do Km 269 da BR-010, nove quilômetros após a base da PRF sentido Açailândia.
Chegando ao local, os policiais rodoviários federais se depararam com um homem morto, porém vítima de disparos de arma de fogo. O homicídio teria ocorrido entre às 19h e 20h.
Fábio Borges Damasceno, de 35 anos, morador da Vila Conceição, em Açailândia, voltava do trabalho para casa quando teria sido alvejado por tiros de arma de fogo no momento em que pilotava sua motocicleta Honda CG Start 150 pela rodovia federal.

A Perícia Técnica da Polícia Civil esteve no local e descartou a possibilidade da causa da morte ter sido provocada por acidente automobilístico, e sim que Fábio foi vítima de um homicídio. Ele foi alvejado por disparos de arma longa e, em seguida, por tiros de arma curta.
A polícia tenta identificar o autor dos disparos, além de descobrir a motivação para o crime, que está sendo investigado pela Polícia Civil em Imperatriz.
Fonte: PRF

MIGUEL LUCENA Usando os pobres

Destacado

“Por uma universidade em defesa dos trabalhadores e do povo pobre”, estampava a faixa segurada por uma mocinha bem vestida, pele macia, cabelos sedosos e pequeno pircieng no nariz, durante manifestação contra o corte de verbas não obrigatórias para universidades públicas brasileiras.
Em 1919, Lênin, o chefe da revolução comunista da Rússia, escreveu a brochura “Como iludir o povo”, na qual desencava falsas palavras de ordem.
Nada mais falso do que a palavra de ordem na faixa da estudante de classe média alta. O povo foi alijado do ensino público superior.
Pobre e trabalhador estudam na escola pública fundamental de péssima qualidade e não conseguem acesso ao ensino público superior, reservado ao vestibular dos que estudam nas escolas privadas caras e frequentam cursinhos pré-vestibular que custam os olhos da cara.
Para conseguirem uma graduação, os pobres e trabalhadores deixam de comer para pagar faculdade particular, porque a pública, mesmo que eles consigam passar no vestibular, tem uma grade horária diurna que inviabiliza a frequência de quem labuta para ganhar a vida.
Uma prova de que a universidade pública não é dos trabalhadores nem do povo é que 80% dos professores da educação básica  são formados em faculdades particulares.
Pobre continua pagando escola para ricos. Os falsos slogans não  nos enganam mais.

Miguel Lucena é Delegado de Polícia Civil do DF, jornalista e escritor.

Preso homem que tentou matar ex-companheira grávida que perdeu o bebê em Caxias

Destacado

O homem identificado como Leandro Viana Almeida, de 27 anos, foi preso ao se apresentar espontaneamente, com uma advogada, na Delegacia Regional de Caxias, na tarde desta quarta-feira (15). Após tomar conhecimento da ordem de prisão preventiva determinada pela Juíza da 3ª Vara Criminal, Marcela Santana Lobo, ele prestou depoimento ao delegado Jair Paiva.
Leandro Almeida foi preso por tentativa de feminicídio contra sua ex-companheira, Joyce Almeida da Conceição Silva, de 23 anos, com quem ele conviveu um ano. Ela estava grávida de 8 meses e foi espancada após uma discussão. Com as fortes pancadas e fraturas, o bebê morreu.
A tentativa de feminicídio ocorreu na madrugada de quinta-feira (02), na Rua Paulistano, no bairro Cabana da Serra. A vítima é moradora do bairro Volta Redonda.
Após o espancamento, ela teria pedido socorro e carona de moto a um conhecido, que também foi ferido pelo agressor com uma facada.
Em seguida, Leandro atropelou propositalmente, com seu veículo, sua ex-companheira e o amigo.
Segundo informação de familiares, a mulher era agredida constantemente. Joyce é mãe de duas filhas de outro relacionamento.

Projeto de lei que obriga preso a trabalhar para pagar despesas passa em comissão

Destacado

A proposição segue agora para votação no Plenário da Casa.

Beatriz Marks 0 28

trabalho na cadeia
 45.937 pessoas declararam apoiar o projeto por meio do canal e-Cidadania

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado aprovou nesta terça (14) um projeto de lei que obriga detentos a ressarcirem o Estado das despesas com a sua manutenção. A proposição altera a Lei de Execução Penal e segue agora para votação no Plenário da Casa.

Segundo o PLS 580/2015, de autoria do ex-senador Waldemir Moka, quando os detentos não possuírem recursos próprios, o pagamento deverá acontecer por meio de trabalho. Já o preso que tiver condições financeiras mas se recusar a pagar ou a trabalhar será inscrito na dívida ativa da Fazenda Pública.

 Senadora Soraya Thronicke (PSL-MS)

A senadora  Soraya Thronicke (PSL-MS), relatora da proposta e que deu voto favorável, ressaltou que 45.937 pessoas declararam apoiar o projeto por meio do canal e-Cidadania enquanto 1.428 cidadãos se mostraram contra a medida.

DETENTOS SEM CONDIÇÕES DE PAGAR

Para detentos sem condições financeiras, a senadora sugeriu que a exigibilidade do débito seja suspensa por até cinco anos, aguardando uma possível mudança em sua situação econômica. Após esse prazo, a obrigação de pagamento seria extinta.

A parlamentar destacou ainda que quando o Estado não tiver condições de prover oportunidades de trabalho para os encarcerados, não deve exigir que o detento sem recursos financeiros arque com os custos de sua manutenção.

Gazeta do Povo

PF deflagra operação para prender 21 por fraude previdenciária no PI e MA

Destacado

Uma operação da Polícia Federal para combater fraudes previdenciárias está sendo realizada nesta quarta-feira(15) em Teresina. Denominada “Grande Família” a ação visa cumprir 21 mandados de prisão e 31 de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Federal de Teresina. O cumprimento acontece no Piauí e Maranhão. Sete pessoas de uma única família foram presas.
Uma equipe da Polícia Federal está dentro da agência do INSS na avenida João XXIII, na zona Leste de Teresina. O local permanece fechado e deve ser aberto somente às 9h.
As investigações tiveram início em 2018, a partir de Relatórios produzidos pela Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia – órgão integrante da Força tarefa Previdenciária – que apontaram irregularidades em transferências de benefícios previdenciários do Maranhão para o Piauí.

A quadrilha, formada por estelionatários e servidores públicos, falsificava documentos em nome dos beneficiários falecidos, abria contas bancárias e, posteriormente, servidores do INSS integrantes da quadrilha transferiam os benefícios do Estado do Maranhão para Teresina.
De acordo com as investigações, 639 benefícios previdenciários fraudados foram identificados. A Justiça Federal determinou a imediata suspensão destes benefícios, medida que evitará um prejuízo futuro estimado em R$ 80 milhões.
Também determinou a apreensão de veículos, o bloqueio das contas bancárias dos presos e a suspensão do exercício da função pública para os servidores do INSS.
Desde às 5h30 da manhã, 125 policiais dos estados circulam Estados do Piauí, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco participam da operação.

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa (artigo 288 do CPB), estelionato qualificado (artigo 171, § 3º, do CPB), falsidade ideológica (artigo 299 do CPB), uso de documento falso (artigo 304 do CPB), corrupção passiva (artigo 317, §1º, do CPB) e corrupção ativa (artigo 333, p. u., do CPB).
Mesma operação no Sul
A Polícia Federal já havia deflagrado uma operação ontem (14) no Sul do país com o mesmo objetivo. A Operação Octopus, aconteceu nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, para desarticular uma organização criminosa (Orcrim) especializada em fraudar aposentadorias por idade, por tempo de contribuição e pensões por morte.
Com informações do Meio Norte

Senado aprova fim de carência de planos de saúde para emergência

Destacado

Casos de urgência e emergência de beneficiários de planos de saúde podem ficar fora dos prazos de carência. A mudança está prevista no Projeto de Lei do Senado (PLS) 502/2017, aprovado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) nesta quarta-feira (15). A iniciativa, da senadora Rose de Freitas (Pode-ES), também reduz para 120 dias o período de carência nas internações hospitalares.

Hoje a legislação define prazo de carência de 24 horas, para atendimentos de urgência e emergência; 300 dias, para parto; e 180 dias, para cirurgias. Apesar dos argumentos das operadoras de que a fixação de períodos de carência proteja as operadoras contra eventuais abusos e fraudes do consumidor, Rose argumenta que essa regra não pode inviabilizar o atendimento de saúde em circunstâncias excepcionais e imprevisíveis, que exijam solução imediata.

O relator, senador Mecias de Jesus (PRB-RR), considerou injustificável o plano de saúde não cobrir um problema de saúde que surja nas primeiras 24 horas do contrato e exija pronta intervenção médica.

“Retirar esse direito do usuário consumidor seria colocar em risco sua vida ou incolumidade física. Evidentemente, não se trata de permitir fraudes ao plano de saúde, que, no momento da contratação, poderá verificar se o potencial consumidor está em situação de urgência ou emergência previamente constituída”, explicou.

Como foi aprovado em caráter terminativo, caso não haja recurso da decisão da CAS, o projeto seguirá direto para a Câmara dos Deputados. Fonte Agência Brasil.

Casal é executado a tiros no Recanto dos Pássaros em Chapadinha.

Destacado

Por:Blog do Foguinho, 15 de maio de 2019.

Na manhã desta quarta-feira, 15, por volta das 8:00h um homem identificado por Silbane Silva e uma mulher identificada por Paula  Gomes foram executados com diversos tiros próximo ao Posto de Combustível do Bairro Recanto dos Pássaros.
De acordo com informações, tinha dois homens parados em uma moto próximo ao posto de combustível, quando o casal passou de moto os assassinos efetuaram diversos diversos disparos de arma de fogo contra as vítimas que foram a óbito no local.

Até o momento não se sabe o motivo das execuções. A polícia esteve no local, fez os primeiros levantamentos para iniciar as investigações.

Hoje na História: Dia 15 de maio de 2010 um Incêndio atinge o Instituto Butantan em São Paulo

Destacado

No dia 15 de maio de 2010, um incêndio atingiu o Prédio das Coleções, do Instituto Butantan, em São Paulo. O fogo acabou com 80% da coleção de cobras do Butantan – aproximadamente 85 mil exemplares – destruindo o material coletado em mais de 100 anos.

Também foi destruída a coleção de aracnídeos – em especial escorpiões e aranhas – causando a perda de 450 mil espécimes. Milhares deles ainda não haviam sido descritos pelos cientistas do instituto. Nenhum dos animais estava vivo.

O incêndio teve início por volta de 7h e 8h da manhã e só foi controlado pelos bombeiros às 10h. O laudo do núcleo de engenharia do Instituto de Criminalística da Polícia Técnico Científica de São Paulo aponta que o incêndio foi acidental, e o fogo começou por conta do superaquecimento de pedras de calor, usadas em ambientes artificiais para aquecer as cobras.

O Instituto Butantan foi fundado em 23 de fevereiro de 1901 e é um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, responsável por mais de 93% do total de soros e vacinas produzidas no Brasil, entre elas, as vacinas contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, influenza sazonal e H1N1.

O Instituto também desenvolve estudos e pesquisas na área de biologia e de biomedicina relacionadas com a saúde pública e realiza missões científicas no país e no exterior por meio da Organização Mundial e Pan-americana da Saúde, Unicef e a ONU.

A criação do Instituto Butantan ocorreu após um surto de peste bubônica que se propagava no porto do Santos, em 1899. A doença fez com que o governo adquirisse a Fazenda Butantan para instalar um laboratório de produção de soro antipestoso. Além de ser um centro de pesquisa, o Butantan também é um ponto turístico de São Paulo, com parque, centro de exposições, serpentário e os museus Biológico, Histórico, Microbiologia e Emílio Ribas. 

Urgente! Polícia desarticula quadrilha que furtava mercadorias do Supermercado Mateus em São Luís

Destacado

Uma operação desencadeada pela Superintendência de Policial da Capital (SPCC), por meio das seccionais e 12º DP, na noite dessa terça-feira (14), resultou na desarticulação de uma organização criminosa envolvida no furto de mercadorias do Supermercado Mateus. 

Dentre os integrantes do bando estão um empresário, um policial militar, um agente penitenciário e vários funcionários da rede de Supermercados Mateus.
Foram presos Antônio Marcos Cordeiro Guimarães, dono do mercadinho “O Barateiro”, localizado no Matões, na região do Turu; Antônio Marcos Cordeiro Guimarães, Pedro Ivo de Oliveira Filho, funcionário do Mateus, e Thiago  Silva Pereira. O agente penitenciário e o policial militar conseguiram escapar.
Um caminhão carregado de mercadorias foi apreendido pela polícia. Entre os produtos existe uma grande quantidade de arroz, leite e papel chamex. 
O empresário Antônio Cordeiro é acusado de comprar a maior parte das cargas roubadas e revender os produtos em seus estabelecimentos.
Pedro Ivo era um dos responsáveis pelo depósito do Supermercado Mateus e o papel dele era facilitar a entrada dos caminhões para levar a carga roubada.

A quadrilha chegou a alugar um galpão no bairro João Paulo para armazenar a mercadoria roubada.

O caminhão apreendido e os acusados presos foram encaminhados para o Plantão Central do Cohatrac.

As equipes da Polícia Civil trabalham ainda na madrugada desta quarta-feira (15) para prender os foragidos. Outros funcionários do Grupo Mateus envolvidos no esquema também deverão ser presos.
Mais detalhes dessa operação serão divulgados na manhã desta quarta-feira.

JUIZ MARCA PARA AGOSTO AUDIÊNCIA ENTRE FLÁVIO DINO E EDINHO LOBÃO

Destacado

O juiz Luis Carlos Dutra dos Santos, titular da 6ª Vara Criminal de São Luís, marcou para o dia 7 de agosto próximo, a partir das 10h, a audiência de conciliação entre o governador Flávio Dino (PCdoB) e o ex-suplente de senador Edison Lobão Filho, o Edinho (MDB).

Aberta desde abril de 2015, a queixa-crime diz respeito às declarações do emedebista à rádio Mirante AM, cerca de um ano antes, durante a disputa eleitoral de 2014, quando ambos concorreram ao comando do Palácio dos Leões, tendo o comunista sido eleito, no primeiro turno.

Segundo Dino, ao se referir ao período em que ele esteve na presidência do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Edinho usou as expressões “podridão dele”, “crime de má gestão”, “roubo” e “furto”.

As declarações foram dadas quando Edinho Lobão foi perguntado sobre uma antiga e suposta entrevista de Ayrton Senna ao programa do Jô, na qual o ex-piloto teria externado surpresa com a compra à vista de uma mansão em Miami pelo filho do então governador do Maranhão, Edison Lobão (MDB). Ao responder o questionamento, o emedebista disse que jamais teve casa em Miami e ainda propôs pagar R$ 20 mil a quem apresentasse denúncias contra o então adversário.

Essa foi a maior jogada viral criada contra a minha vida inteira. Aquela entrevista nunca existiu e foi espalhada de uma maneira impressionante. Então, já conversei com os meus marqueteiros, e estou com vontade, como empresário, de oferecer R$ 1 milhão para quem trouxer a gravação dessa entrevista”, disse Edinho, emendando: “E vou oferecer, em contrapartida R$ 20 mil para quem trouxer processos da Embratur onde há claramente crimes de má gestão, de roubo e furto”, disse.

PETRÔNIO SOUZA Milagre musical mineiro

Destacado

Minas Gerais é do ouro. Ao redor das minas, um novo povo nasceu e floresceu, em toda sua exuberância: nobre, distinto, precioso. Com a farta riqueza do ouro, uma sociedade urbana se formou ao lastro e à sombra de seus minerais, proporcionando a integração do que havia de melhor nas várias matrizes que habitavam e faziam o Brasil-Colônia.

Da tecnologia do Europeu, da espirituosidade do negro e da boa convivência dos indígenas a Era do Ouro produziu gênios improváveis e deixou um legado amparado no que havia de sofisticado no Brasil do século XVIII. A produção cultural da Era do Ouro foi o encontro dessas diferentes matrizes, um entrelaçar e somar de gêneros e estilos. Talvez por isso, impensada, inusitada, improvável e mágica; divinamente mágica.

A música pré-clássica europeia não foi simplesmente repetida aqui. Mas a ela se incorporaram os elementos que povoavam as minas, como a sonoridade rítmica e os cânticos dos negros e os instrumentos e vocalizes dos indígenas. Aqui a pauta não era plana com a geografia do Velho Continente, mas seguia o desenho do horizonte, em um sucessivo subir e descer montanhas de quem quer alcançar os céus e tem a sua frente o infinito. Podemos dizer que no cadinho do tempo, as várias formações musicais dos que aqui chegavam e viviam se fundiram harmoniosamente, gerando uma terceira arte.

Fato que ilustra bem essa constatação e já faz parte da história da música brasileira foi o episódio narrado em livro pelo maestro Júlio Medaglia, que enviou para uma das maiores autoridades em música pré-clássica da Europa a partitura de uma música composta no século XVIII, com a seguinte indagação: “Professor Sr. Hans Holm, o senhor que é diretor do Arquivo Nacional de Munique e a maior autoridade europeia em música pré-clássica terá tempo ilimitado para identificar o autor desta música, onde viveu e em que época”. A resposta veio de Munique: “É música de primeira qualidade, escrita por um ‘grande mestre’, estilisticamente o mais puro pré-clássico, e foi composta dentro dessa região” (indicou no mapa um perímetro geográfico que atingia mais ou menos o sudoeste alemão, noroeste da Áustria e norte-nordeste da Itália, proximidades onde circularam com frequência mestres como Johann Cristian Bach, Sammartini, Gluck, Vivaldi e Mozart). Medaglia lhe respondeu: “Quanto à primeira parte de sua reposta de pleno acordo, mas quanto à localização da obra houve um pequeno engano de quase 10.000km… Essa música foi escrita por um mulato em pleno sertão brasileiro”. Em que outro lugar do Brasil-Colônia um mulato poderia compor uma música com essa magnitude senão nas minas, no caminho entre a senzala e a sacristia?

Minas é a terra do improvável, do raio de sol que corta as nuvens antes da tempestade. E não da lama que desce a montanha para soterrar a nossa história. E o milagre musical do Mulato mineiro do século XVIII renasceu séculos depois, na confluência de suas esquinas.

Petrônio Souza é jornalista e escritor

Motorista de “táxi lotação” é morto a tiros na frente do filho em São José do Ribamar

Destacado

Na tarde desta segunda-feira (13), um homem identificado como Valdir Manoel da Silva Aguiar, foi assassinado a tiros em São José do Ribamar.
Segundo informações da Polícia Militar, a vítima que era motorista de “táxi lotação” foi morto dentro do seu veículo na frente do filho menor de idade, que estava no banco do passageiro. O crime ocorreu no bairro J. Câmara e teria sido praticado por dois elementos que até o momento não foram identificados. A motivação do crime é investigada.
Ainda segundo a polícia, Valdir Manoel da Silva Aguiar tinha passagem pela polícia pelos crimes de receptação e homicídio.

Hoje na História: Em 14 de maio de 2005 Estoura a crise política brasileira do “mensalão”

Destacado

No dia 14 de maio de 2005, chegava às bancas a edição da revista Veja que trazia o embrião do escândalo que ficaria conhecido como “mensalão”. O fato abalaria profundamente o primeiro governo do presidente Lula. A revista divulgou uma gravação de vídeo em que o ex-chefe do Departamento de Contratação dos Correios (DECAM/ECT), Maurício Marinho, ligado ao PTB, pedia e recebia vantagem indevida para, de maneira ilícita, beneficiar um empresário. Era somente o início de uma crise na qual ainda seriam divulgadas uma série de denúncias, em que estavam envolvidas figuras do primeiro escalão do governo. Semanas depois, em entrevista à Folha de S.Paulo, o deputado Roberto Jefferson (PTB) acusou o então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu (PT), de ser o mentor de um esquema de pagamento de propinas para deputados da base aliada. Dirceu foi afastado do cargo. De acordo com Jefferson, o PT havia prometido pagamentos mensais de R$ 30 mil a cada deputado federal do PTB, PP e PL em troca do apoio ao Executivo. O não cumprimento da promessa teria provocado o rompimento entre PT e PTB, que levou a várias denúncias de corrupção a partir de maio de 2005. O esquema de corrupção, batizado por Jefferson de “mensalão”, envolvia uma grande e variada quantidade de pessoas, entre elas vários membros do PT, da base aliada, publicitários, doleiros e empresários.

APÓS ASSALTAR UMA CLÍNICA EM PRESIDENTE DUTRA, HOMEM É PRESO PELA PM

Destacado

A Polícia Militar da cidade de Presidente Dutra, prendeu na manhã de ontem segunda-feira (13), um suspeito de ser  autor de um assalto a uma clínica na cidade.  O Centro Maranhense de Cardiologia fica localizado no centro da cidade.

O jovem foi Identificado como, Jackson, ele  foi detido em um terreno ao lado da própria clinica onde ele havia acabado de assaltar. A prisão do jovem  contou com o apoio do helicóptero do CTA ( Comando Tático Aéreo). Fonte Blog do de Sá.

Mulher é encontrada morta na Ufma, em São Luís

Destacado

Na manhã desta segunda-feira (13), uma mulher foi encontrada morta dentro do campus do Bacanga, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís.
Segundo informações preliminares, uma funcionária do setor de limpeza da UFMA achou o corpo, próximo ao prédio da TV UFMA e do Centro de Ciências Sociais (CCSO). A identidade da mulher ainda não foi divulgada.
Ao lado do achado cadavérico havia um vestido rasgado e um short. Equipes da polícia que se dirigiram ao local informaram que sinais de agressão foram encontrados no corpo da vítima.
Ainda segundo a polícia, tudo leva a crer que o crime não aconteceu no campus da UFMA, mas o corpo teria apenas sido desovado no local.
Uma equipe do Instituto de Criminalística (Icrim) está no local para realizar perícia e encaminhar o corpo ao Instituto Médico Legal (IML). Muita gente acompanha a movimentação na área.
Com informações do Imirante.com

O poder de destruição que tem secretários e assessores na administração pública de Vargem Grande

Destacado

Assim como na imagem, o assessor influencia na “fala” do administrador.


Você se lembra daquele “amigo” que tinha os mesmos sonhos seus, e que dividiam nos finais de semanas, partilhavam dos mesmos ideais e as mesmas cervejas? Ele hoje é secretário. E aquela sua amiga que trocavam figurinhas pelas redes sociais e até sonhavam os mesmos sonhos, e tinham idéias idênticas? Ela hoje é secretária. Pois saiba que os sonhos do passado, se transformaram em pesadelos presentes.

Isso tem sido a marca registrada, ou está contido no DNA de muitas figuras que você acreditou e que ocupou ou ocupa lugar de destaques nas administrações.

Essas pessoas quando estão fora do núcleo da administração, criticam os que ocupam os melhores cargos, mas ao ocuparem essas posições, repetem os mesmos erros ou até piores. Isso não é atual. Isso vem de longe.

Dos secretários e assessores que passaram 16 anos no poder se forem feitas avaliações de seus desempenhos, eles chegarão próximos ou até 100% na qualificação ruim ou péssimo. Ninguém chega perto de bom. No máximo, regular, isto porque sou bonzinho.

Atualmente esse quadro também não é muito diferente. Falo isso não por mim. Sempre fui tratado muito bem, bem, ou regular. Mas eu não sou a voz das ruas. Se algum político de qualquer lado mandar fazer uma pesquisa da aceitação pública em Vargem Grande, dos ex-secretários e dos atuais, verá que estou falando a verdade.

Mas se eles não acreditam em pesquisas e acham que eles ou elas tem cacife eleitoral, submeta-os ao vexame de serem candidatos a vereadores nas eleições de 2020. E aí terão a certeza do quanto eles e elas contribuíram negativamente nos índices de aprovação de suas administrações.

Não menciono aqui falcatruas ou coisas do gênero. Mas a maneira arrogante e desrespeitosa que muitos tratam os eleitores que acreditaram nos seus representantes maiores na política municipal.

Claro que aqui, não estou me referindo a totalidade dos secretários e assessores, mas em uma maioria desgastada e desastrosa, que esquecem os amigos, companheiros e correligionários de campanha e procuram fazer deles solado de seus calçados,pisoteando-os. Desculpem, mas é o que ouço nos quatro cantos da cidade.

Hoje na História: 13 de maio de 1981 O Papa João Paulo II é vítima de um atentado

Destacado

No dia 13 de maio de 1981, ao iniciar uma audiência na Praça São Pedro, em Roma, o Papa João Paulo II foi ferido por um tiro na barriga e na mão esquerda. Poucos minutos depois, a polícia prendeu o autor do crime, um terrorista turco de 23 anos chamado Alí Megôhmetro Agca. Além da arma usada no atentado, em seu bolso foi encontrado um bilhete em turco com a seguinte mensagem: “Eu, Agca, matei o Papa para que o mundo possa saber que existem milhares de vítimas do imperialismo”. Em julho do mesmo ano, Agca foi condenado por um tribunal italiano a prisão perpétua e a uma pena especial de “isolamento”.

Policial militar dispara três tiros contra amigo durante discussão em Bacabal; vítima está fora de perigo

Destacado

Um policial militar, identificado apenas como Flávio, conhecido como “JR”, disparou três tiros contra um amigo após discussão durante uma partida de sinuca, no sábado (11), na cidade de Bacabal. A vítima foi identificada como Moisés.
Nas redes sociais, um irmão de Moisés, Jardel Leite, disse que os tiros foram disparados durante uma simples discussão de amigos. Jardel afirma que já foi policial e lamenta o desequilíbrio emocional do amigo de longas datas.
“Esse rapaz foi criado com a gente, de almoçar lá em casa e jogar bola direto. Então, um despreparado e covarde desses que saca sua arma pra disparar contra um colega não tem equilíbrio emocional. Fui policial militar e tenho muitos amigos irmão da polícia militar até hoje e sei que não são coniventes a atos como”, disse o irmão da vítima.
Ele faz questão de deixar claro que está falando do agressor e não da Polícia Militar. “Pra deixar bem claro, estou falando desse covarde chamado Flavio, conhecido como JR, e não da Polícia Militar. Graças a Deus meu irmão está bem, mas tenho certeza que esse cara, onde estiver hoje, tá com a cabeça pesada e sentindo culpa, pois aprendi na polícia que temos que defender é nossa sociedade e não ir contra ela”, completou o irmão.
No facebook, um amigo da vítima que também já foi ameaçado pelo PM e que, depois dessa agressão contra Moisés, ele está assustado e vai registrar boletim de ocorrência.
“Ontem ele tava louco, louco. Parecia que estava drogado. Eu vou já registrar um BO contra ele. Fiquei assustado, agora. Ontem, ele me ameaçou, com ciúmes da mulher dele”, relatou Júnior Andrade.
Pelas informações, Moisés estava em um bar, jogando sinuca e apostando. O PM estaria apostando em outra pessoa e se encabulou na aposta. Ele começou a discutir com Moisés e terminou disparando três tiros.
Um dos disparos atingiu o iPhone da vítima, que foi socorrida e levada ao hospital. Pelas informações, Moisés está fora de perigo.
O PM deverá responder por tentativa de homicídio. Além disso, poderá ser aberto inquérito policial militar pelo Comando da PM.

INCÊNDIO DESTRÓI EMPRESA DO GRUPO NUTRILAR, EM PRESIDENTE DUTRA

Destacado

Na noite deste domingo (12), por volta das 23: 30 horas uma tragédia marcou a cidade de Presidente Dutra. Um fogo que ninguém sabe exato ainda como iniciou queimou e destruiu parte do Comercial Nutrilar, do empresário Nutria, dono dos produtos Nutrilar. De acordo com informações repassadas ao blog, a  tragédia destruiu a farmácia, o escritório e também o setor comercial. A qualquer momento traremos mais informações.

HILDEBERTO ALELUIA Malfeitores covardes

Destacado

Nos últimos dias venho sendo vítima de fakenews. Alguém, pessoa ou grupo, vem se dedicando a escrever e editar infâmias contra pessoas e instituições, copia o cabeçalho do meu blog, edita em cima desses textos porcos e os distribui nas redes como se fora eu. Impotente para reagir como gostaria diante de um fato como esse me dedico aqui a escrever sobre o assunto usando a arma que me resta: a palavra assinada.

Não costumo escrever na primeira pessoa. Minha modéstia impede. Não costumo particularizar análises políticas a menos que os fatos sejam supervenientes e assim mesmo quando considero estar acrescentando conhecimento e informações ao leitor. Não agrido fatos nem tampouco busco fulanizar meus escritos. Neles trato pessoas e instituições com respeito e coerência. Mas, como tenho visto e lido, ações judiciárias recentes incriminando pessoas por supostas fakenews, num conceito elástico e agressivo, estou a requerer aqui uma espécie de tutela antecipada na minha defesa contra esses malfeitores covardes.

Não é a primeira vez que sou vítima desse comportamento criminoso. Lá atrás, no ano de 2014 também fui vítima. Sobre o assunto escrevi um capítulo inteiro no meu livro O FUTURO DA INTERNET-O Mundo da Dúvida, editado pela Toopbooks. Também no meu blog www.aleluiaecia.blogspot.com já escrevi dezenas de artigos sobre o assunto. Invariavelmente tratam de ações de hackers e craquers na rede. Tratei também dos equívocos tanto do Executivo quanto do Legislativo brasileiro por ocasião da edição da Lei UM MARCO CIVIL PARA A INTERNET NO BRASIL. (https://aleluiaecia.blogspot.com/2012/08/uma-lei-para-internet-no-brasil-dia.html)

Daquela vez não consegui convencer o Google e o Face book de que eles haviam sido invadidos. Numa ação sem precedentes indivíduos entraram na área de buscas do Google escreveram declarações mim atribuídas e essas mesmas declarações chamavam para jornais impressos do Amapá, da Bahia e de São Paulo. A mesma coisa foi feita na linha do tempo do face book. No Google até hoje elas lá permanecem, sem que os órgãos de comunicação citados nesses referidos Estados tenham registrado se quer uma vírgula do que está postado na busca dos dois gigantes. Do face, a duras penas consegui retirar. Custa crer que não tenha havido participação de alguém de dentro para realizar a tarefa. Google e Face book, na época, admitiram ser uma tarefa quase impossível para um mortal. O certo é que lá está. Me deu um trabalho dos diabos para provar que eu não havia dito aquilo que me acusavam. Registrei queixa, formei processo e consegui identificar um grupo de um partido político que atuava em São Paulo para enxovalhar reputações na Internet. Mas não consegui penaliza-los. Desta feita, após a publicação sobre uma serie de artigos sobre o Movimento de 1964 volto a ser vítima desses porcos.

Atropelamento com morte na Zona Rural de Vargem Grande

Destacado

No início da noite de hoje (12) o senhor Antonio José de Oliveira Sousa, conhecido como Branco, caminhava tranquilamente pelo acostamento da BR 222 nas proximidades do povoado Fazendinha do Baz quando foi colhido por um veículo até o momento não identificado.

Antonio José de Oliveira Silva – vítima

De acordo com informações de populares, Antônio morreu no local, enquanto o motorista tratava de evadir-se para não ser identificado.

Até o momento, não se sabe a causa do acidente. Se o motorista tentou desviar de algum buraco na pista, se dormiu no volante, ou qualquer outro motivo. A qualquer momento atualizaremos as informações.

Tentativa de Homicídio em Vargem Grande

Destacado

Na noite de hoje (12) dois homens até o momento não identificados, chegaram em uma moto na rua Maria de Carvalho, no trecho entre as ruas Formosa e Tomaz de Aquino, e chamaram Ronilson Alves da Silva de 19 anos que estava na porta de sua residência.

Ronilson atendeu o chamado e ao se aproximar dos homens , esses lhe desferiram quatro tiros, sendo que até o momento sabe-se apenas que um dos tiros atingiu a vítima na altura do pescoço.

Populares socorreram a vítima que foi levada para o hospital municipal e devido a gravidade da perfuração, foi encaminhado imediatamente para o Hospital Socorrão II em São Luís.

A polícia está diligenciando no sentido de prender os acusados e saber os motivos que levaram a tentativa de homicídio.

Homem é assassinado a tiros na Vila Palmeira, em São Luís

Destacado

O crime aconteceu no início da manhã deste domingo, na travessa Feliz.Mailon Muniz Mineiro, de 20 anos de idade, foi morto a tiros.

No início da manhã deste domingo (12), o homem identificado como Mailon Muniz Mineiro, de 20 anos, foi morto a tiros, no bairro da Vila Palmeira, em São Luís.
Segundo o delegado Jefrey Furtado, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), a vítima havia saído da casa da mãe dele na noite desse sábado (11), para ir a uma festa.
Na madrugada, Mailon saiu da festa na companhia de algumas pessoas. Por volta das 8h deste domingo (12) ele estava caminhando pela Travessa Feliz, quando foi perseguido por três homens que efetuaram os disparos de arma de fogo. Ele morreu no local.
No momento do crime, conforme o delegado Jefrey Furtado, Mailon Muniz estava na companhia de uma adolescente, que já foi identificada e será ouvida.
Além disso, a polícia já tem a identificação de um dos suspeitos de ter cometido o homicídio.

Segundo parentes, Mailon morava na cidade de Santa Rita e, há dois dias, ele veio para São Luís visitar a mãe.
A polícia acredita que o crime tenha sido motivado por briga entre facções rivais. O caso está sendo investigado.
Com informações do Imirante

Prefeito maranhense constrói a primeira faculdade do Brasil feita com recursos próprios do município

Destacado

A enorme obra custou aos cofres do município aproximadamente 6 milhões de reais  0    

Motivo de orgulho para todos os maranhenses e para o Brasil sem duvidas é a construção de uma das maiores faculdades do Brasil construída por um prefeito maranhense, usando recursos próprios do município, obtidos através dos impostos municipais e doada ao Governo do Estado do Maranhão.

O enorme prédio de 15 salas de aula amplas, auditório, biblioteca, bloco administrativo, praça de alimentação, estacionamento, dentre outros custou aproximadamente 6 milhões de reais e foi construído pela Prefeitura Municipal de Estreito e doado ao Governo do Maranhão para sediar o campus da Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul) em Estreito.

A doação do prédio a UemaSul aconteceu em sessão ordinária na Câmara Municipal de Estreito, em março deste ano. Por unanimidade, os vereadores aprovaram o ato do prefeito.

O prefeito de Estreito, Cícero Neco, falou das dificuldades e da emoção em entregar um dos maiores marcos de sua gestão. Segundo ele, a obra foi construída aos poucos devido as dificuldades financeiras.

“Quando falei que iria construir uma faculdade com recursos do nosso município fui chamado de louco, ninguém acreditou, acharam que seria apenas mais uma promessa de campanha. Hoje entregamos ao Governo do Maranhão, este belíssimo prédio, construído aos poucos, com 20, 30, 50 mil por mês. Estou muito feliz em poder ver os filhos de Estreito e região, que antes não tinham oportunidade de cursar um curso superior e agora poderão”, comentou.

A entrega do prédio onde o novo campus da UemaSul irá funcionar aconteceu nesta sexta-feira (10). A entrega integrou as comemorações dos 37 anos da cidade e teve a participação do vice-governador do estado, Carlos Brandão, além de diversas outras autoridades.

O vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino na solenidade e falou dos investimentos em educação. “A prefeitura entrega um prédio belíssimo no valor de R$ 6 milhões e o Governo do Estado assume todas as despesas. Num momento em que no Brasil estão cortando verbas públicas, nós estamos ampliando, um exemplo para mostrar que a educação é a única maneira das pessoas progredirem na vida. Essa ação de doação de uma obra do Município para o Estado é a primeira vez ao longo dos seus mais de 40 anos na vida pública que acontece no Brasil ”, comentou.

Hoje na História: 12.MAIO.2016 Senado aprova abertura de impeachment e presidente Dilma Rousseff é afastada do cargo

Destacado

O Senado aprovou no dia 12 de maio de 2016 a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por 55 votos a favor e 22 contrários ao processo. Com a decisão, o processo de impeachment contra Dilma seguiu no Senado, e a presidente acabou afastada do cargo – por até 180 dias -, até que um novo parecer fosse elaborado, debatido e votado. Dilma era acusada de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal (as chamadas “pedaladas”).

 A sessão pela admissibilidade do processo de impeachment começou no dia anterior, na quarta-feira, dia 11, avançou por toda a madrugada e durou mais de 20 horas. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não votou – ele só votaria em caso de empate. Dois senadores se ausentaram por conta de licença médica: Jader Barbalho (PMDB-PA) e Eduardo Braga (PMDB-AM).  Com o afastamento, seu vice, Michel Temer (PMDB), tomou posse como presidente em exercício.

Detento beneficiado com saída de Dia das Mães é preso após assalto em Caxias

Destacado

Um detento da Unidade Prisional de Caxias, beneficiado com a saída temporária do Dia das Mães, foi preso nesta sexta-feira (10) por policiais militares na cidade de Caxias, a 36 km de São Luís. Ele cumpre pena pela prática de vários assaltos.
Francisco das Chagas Teles da Silva, conhecido como “Rolim”, de 24 anos, foi preso em flagrante na Avenida Alvorada, no bairro Mutirão, após uma tentativa de assalto a mão armada. A vítima foi o funcionário de uma distribuidora de gás.
Com “Rolim”, os policiais apreenderam uma motocicleta e uma arma de fogo que levadas para o 3° Distrito Policial. Instantes antes dessa tentativa de assalto, ele fez outra vítima no mesmo bairro.

Segundo o delegado Leonam Casimiro, além do auto de prisão em flagrante, a polícia vai investigar a procedência da motocicleta usada na ação criminosa e localizar a vítima que teve o celular roubado.

Preso homem acusado de abusar sexualmente de criança de seis anos em Monção

Destacado

O homem identificado como João Batista Câmara foi preso nesse sábado (11) pela Polícia Militar na cidade de Pindaré-Mirim, a 254 km de São Luís, por suspeita de abusar sexualmente de uma enteada de seis anos.
A prisão ocorreu após denúncia de que ele estava ameaçando de morte alguns moradores da cidade de Monção, a 54 km de Pindaré-Mirim.
Por conta do estupro, João Câmara tinha um mandado de prisão em aberto, mas estava foragido da Justiça. De acordo com a polícia, ele ameaçava constantemente os moradores da comunidade Furo da Bolívia, em Monção, onde mora.
A prisão foi realizada após a polícia ter sido informada de que o suspeito ia todos os dias vender peixe no cais do município de Pindaré-Mirim. Após a prisão, João Câmara foi conduzido à delegacia.
Segundo o comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, o coronel Mário Sérgio Cutrim, o acusado é altamente perigoso e já foi preso outras vezes, inclusive até por ameaça contra sua própria mãe.
“A própria comunidade de Furo da Bolívia já tinha sido ameaçada por ele, inclusive ficamos sabendo que ele estava com um mandado de prisão em aberto que fez com que nós tivéssemos êxito nessa operação”, explicou o tenente-coronel.
Com informações do G1 MA

MIGUEL LUCENA Mãe de verdade

Destacado

Mãe de verdade era Dona Emília, que teve oito filhos e criou José Lucena, o primogênito do meu pai, que veio para ela com 5 anos de idade, quando o velho Miguel ficou viúvo, ainda novo.

Meu pai era oito anos mais velho que minha mãe. Bonito e cheiroso, nascido nas Alagoas e criado em Pernambuco, aportou em Princesa, Paraíba, com uma máquina fotográfica e um filho pequeno. Quando viu Emília na janela de casa, apaixonou-se e pediu a mão da moça no mesmo dia.
Meu pai trabalhava muito para sustentar a família, mas também gostava de reunir os amigos em casa e no bar de Arlindo para festejar a vida. As farras, às vezes, varavam as noites. Minha mãe nunca falou mal do meu pai por causa disso.
Dona Emília cuidava dos filhos muito bem. Amamentou a todos. Eu mesmo mamei até os 4 anos. Ela nunca sonegou o leite aos seus rebentos.
Além de cuidar dos filhos, ela preparava comida para os trabalhadores da roça do meu pai. Levava as terrinas na  cabeça para alimentar os heróis da agricultura, como disse o poeta.
Ela vivia cantando. Até hoje me lembro das canções de Augusto Calheiros e Orlando Silva. Minha mãe só começou a chorar quando os filhos partiram para a cidade grande. Dona Emília viu, com orgulho, os filhos formados. Ela sempre foi a mesma na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Não competia para tomar o lugar do meu pai, mas para somar com ele e triunfar com o sucesso dos filhos, sua missão principal na terra.
Minha mãe, sim, foi uma mãe de verdade.

Prefeito Luciano e deputada Thaiza Hortegal anunciam separação após 9 anos de casamento

Destacado

O Prefeito de Pinheiro, João Luciano, e a Deputada Estadual, Dra. Thaiza, anunciaram nesta manhã de sábado (11) oficialmente a separação do casal.

Através de sua assessoria de comunicação, Luciano disse que a separação é amigável, de comum acordo e foi decidida há alguns meses. Ele também declara que é um momento difícil e em nome dos filhos pede privacidade.
“Estamos passando um período de transição amigável, mas ainda assim difícil; são anos de companheirismo, amor e amizade que permanecem os mesmos após nossa decisão. Nosso objetivo é tornar esse momento o menos traumático para os nossos filhos e pra isso estamos primando pela nossa privacidade. Nossa amizade e respeito construídos ao longo dos anos continuam a base da nossa relação e continuaremos amigos e companheiros como tem sido todos esses anos”, disse o Prefeito Luciano.

A Deputada Thaiza respondeu a assessoria que foi uma decisão de comum acordo, que o casal continua parceiro na política e na vida na criação dos filhos e pede privacidade nesse momento pessoal e de transição difícil.

O casal tem dois filhos e muitos projetos na política. Ambos declararam que continuarão a trabalhar juntos. Fonte Diego Emir