Limites terrivelmente irresponsáveis

Destacado


Nossa paciência tem limites. O que podemos ou não fazer têm limites. Até a loucura tem limites. Nesse momento quem está dirigindo o país está brincando de testar os limites. E isso tem um limite. Não é política. É provocação.

Todo dia, toda hora, aqui, ali, em áreas técnicas, sociais, comportamentais: o presidente Jair Bolsonaro está abusando não só dos seus próprios limites, e ele têm muitos, limitado que é, como de nossa inteligência, paciência, honra e capacidade de suportar os ataques que desfere. Como se brincasse, parece. Como se não tivesse o que fazer e ficasse inventando. Como se estivesse se divertindo com nossa agonia. Não é agonia de ideologia, de direita, esquerda, de quem é a favor ou contra, esse insuportável debate no qual o país está mergulhado. Já são mais de seis meses que estouram em nós os limites do seu amadorismo, desconhecimento, pessoalidade.

Essas últimas dessa semana transbordaram. Primeiro, em encontro com pastores, a promessa verdadeiramente ameaçadora de indicação em breve de um ministro do Supremo Tribunal Federal, STF, “terrivelmente evangélico”. Como assim? Além de termos de buscar o máximo de laicidade nas instituições, o que isso significaria, especialmente na cabeça dele? Um ministro da Corte Máxima, seja o que for pessoalmente, homem, mulher, gay, católico, ateu, umbandista, evangélico, alto, baixo, magro, gordo, vegano, preto, branco, pardo, caboclo – o que for – deve seguir uma única luz: a Constituição Federal. O que é que Bolsonaro acha que alguém como ministro “terrivelmente evangélico” modificará? Descerá sobre nossas cabeças novas leis? Todas as imagens sacras serão execradas? Teremos de usar saias abaixo dos joelhos, como as mulheres-postes? Cortar cabelo nunca mais? Proibir unhas e batons vermelhos? O dízimo já pagamos.PUBLICIDADE

inRead invented by Teads

NotíciasRelacionadas

FNDE pode mudar de presidente mais uma vez

Montanha de dinheiro

Desculpem, mas respeito muito os evangélicos, e sei que entre eles há gente do bem, inclusive trabalhei com muitos que conseguiram que eu própria revisse meus preconceitos. Sei que até eles, em particular, não concordariam com muitos dos ideais e pensamentos bolsonarescos, porque sabem que estaria sendo celeremente criada mais uma terrível forma de descriminação contra eles próprios – aliás, já a caminho.

Para completar, o presidente resolveu dar um inesquecível presente de aniversário ao filho 03, Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL/SP. Sua indicação à embaixada brasileira nos Estados Unidos, em Washington, o mais importante cargo da diplomacia nacional, de estratégica importância política e econômica. As qualidades do moço? “ele fala inglês e espanhol”, “não é aventureiro” … entre outras que é melhor nem citar para não nos aborrecer ainda mais, a todos nós.

Mas o próprio Eduardo Bolsonaro foi ainda mais longe na sua própria apresentação, acrescentou que fez intercâmbio lá, e que fritou hambúrgueres. Disse acreditar que será melhor visto por ser filho do presidente, que não é nepotismo e acena com a aprovação logo de quem? Do doido chanceler sabujo de Olavo de Carvalho, Ernesto Araújo.

O prestigiado Instituto Rio Branco e o Palácio Itamaraty já devem ter começado a ter as paredes trincando, rachando, implodidas. Que o Senado nos livre de mais essa barbárie, recusando a indicação, furando bem furado mais esse balão de ensaio.

Não tem graça. Em seis meses está havendo um desmonte de toda uma organização, de todo um país, de conquistas fundamentais, qualquer coisa que se pergunte resulta em mostrar a total divisão do país, numa dialética maligna.

Mais: é cruel termos de dar atenção a assuntos de tanta ignorância em um momento do país em crise, com discussões envolvendo nossas vidas e nossos futuros, como a Previdência. Aliás, já fez os cálculos? Acha mesmo que será essa reforma que salvará a pátria? Só se a gente viver e sobreviver – e muito – para ver.

Isto não é política. É acinte. Passa terrivelmente de qualquer limite.

ONU: cerca de 1,7 milhão de pessoas foram infectadas pelo HIV em 2018

Destacado

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) divulgou hoje (16) que cerca de 1,7 milhão de pessoas em todo o mundo foram infectadas pelo vírus em 2018 – uma redução de 16% em relação a 2010. O documento Atualização Global sobre a Aids – Comunidades no centro revela que a queda foi impulsionada principalmente por progressos no leste e no sul da África.

O estudo, lançado em Genebra, na Suíça, e em Eshowe, na África do Sul, alerta, entretanto, que, enquanto alguns países têm avanços acentuados, outros observam o aumento de novas infecções pelo vírus e de mortes relacionadas à aids. O relatório aponta ainda uma desaceleração na redução de novas infecções por HIV.

“A epidemia do HIV pôs em foco muitas falhas da sociedade. Onde há desigualdades, desequilíbrios de poder, violência, marginalização, tabus, estigma e discriminação, o HIV toma conta”, avalia a diretora do Unaids, Gunilla Carlsson.

Segundo o documento, o panorama da epidemia no mundo está mudando: em 2018, mais da metade de todas as novas infecções por HIV foram em pessoas que integram as chamadas populações-chave, que incluem profissionais do sexo, pessoas que usam drogas, homens gays, homens que fazem sexo com homens, transexuais e presidiários – e seus parceiros.

Globalmente, as novas infecções por HIV entre mulheres jovens (com idade entre 15 e 24 anos) caíram 25% entre 2010 e 2018. 

“Esta é uma boa notícia, mas, é claro, continua a ser inaceitável que 6 mil meninas adolescentes e mulheres jovens sejam infectadas pelo HIV toda semana. A saúde sexual e reprodutiva e os direitos das mulheres e jovens muitas vezes ainda são negados”, aponta Gunilla Carlsson.

Países de língua portuguesa

O estudo inclui avanços para que se tenha, até 2020, 90% das pessoas com HIV devidamente diagnosticadas, 90% delas realizando tratamento com antirretrovirais e, deste grupo, 90% com carga viral indetectável. 

No primeiro indicador, Brasil, Cabo Verde e Portugal cumpriram ou estão a caminho de cumprir a meta. Os dois últimos países também estão em vias de alcançar o segundo indicador.

O Brasil é citado como o único país em vias de cumprir o objetivo de alcançar 90% de pessoas com carga viral indetectável, o que indica sucesso do método terapêutico aplicado no país.

A Guiné-Bissau é mencionada no estudo pelo alto número de mulheres que vivem com deficiência com maior probabilidade de serem soropositivas do que homens na mesma situação.

Moçambique é citada pelo sucesso em ações com base na comunidade, que podem resultar na garantia de direitos à saúde em um país de baixa renda com uma das maiores epidemias de HIV do mundo e vários desafios de saúde pública. Os recentes ciclones e o efeito no sistema de saúde são apontados no relatório, que cita outros agravantes como pobreza extrema, acesso desigual, escassez e fraca presença de provedores de serviços de saúde.

Já Angola é um dos sete países onde o número de infeções aumentou em crianças.

Populações

O documento mostra que as populações-chave e seus parceiros sexuais representam atualmente 54% das novas infecções pelo HIV no mundo. Em 2018, o grupo respondia por 95% delas, enquanto as regiões que precisavam de maior atenção eram Europa Oriental e Central, Oriente Médio e Norte da África.

O estudo revela ainda que menos de 50% das populações-chave foram atingidas com serviços combinados de prevenção ao HIV, problema relatado em mais da metade dos países pesquisados. Segundo o Unaids, isso seria um indicativo de que elas estão sendo marginalizadas e deixadas para trás na resposta ao HIV. Fonte Agência Brasil

EM SANTA RITA, SUSPEITOS DE ASSALTO EM BACABEIRA SÃO PRESOS COM ARMA DE FOGO

Destacado


Blog do Alex Ramos 

Alisson Sousa Oliveira, 32 anos, vulgo John. Residente  na Rua Nossa Senhora, S/N, Vila Samara e o comparsa Deivisson Nonato da Conceição dos Santos, vulgo Mambira, 18 anos. Residente  na Rua Nossa Senhora, S/N, Vila Samara foram presos no centro de Santa Rita.
Consta que as guarnições da PM e PC recebeceram informe, de que um veículo que teria sido roubado na cidade de Bacabeira no dia 14/07/2019 , teria sido visto, hoje, terça-feira, em direção a cidade de Santa Rita. 
A GU avistou dois indivíduos em  veículo com características semelhantes a informada, estes ao avistarem a vtr empreenderam fuga, mas após perseguição foram interceptados,  ao realizar a busca pessoal  fora encontrada em posse do Sr. Deivison o revólver cal.38 e três munições intactas, após realizar consulta da motocicletata foi constatado que se tratava de produto de roubo, foi dada voz de prisão e os acusados ilesos e os materiais apreendidos foram apresentados na DPC local.
Material Recuperado- Honda Bros. Preta. Placa NWZ 4271.- Revólver Taurus. Cal. 38. Três munições intactas. Numeração Raspada.

Novo presidente do BNDES pretende explicar “caixa-preta” em dois meses

Destacado

Montezano disse que o banco venderá serviços de assessoria financeira

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil  

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende explicar a “caixa-preta” na instituição financeira em até dois meses, disse hoje (16), o novo presidente da instituição, Gustavo Montezano. Ele disse que não tem opinião formada sobre as gestões anteriores, mas que precisa explicar decisões tomadas nos últimos anos pelo banco.

“O que a gente está se propondo a fazer é explicar a ‘caixa-preta’. Há uma duvida clara sobre o que há ou não no BNDES. Cada um me conta uma informação diferente da mesma história. Ao fim de dois meses, quero ser capaz de explicar esse conjunto de regulações, empréstimos, perdas financeiras que contextualizam a ‘caixa-preta’. O que sairá desse estudo, eu prefiro não comentar agora. Prefiro fazer o dever de casa e qualificar esse tema”, disse Montezano nesta terça-feira (16), na primeira entrevista coletiva após assumir o cargo.

Utilizada pelo presidente Jair Bolsonaro, a expressão “caixa-preta do BNDES” refere-se a financiamentos para a exportação de serviços a países em desenvolvimento, como Cuba, Angola, República Dominicana e Argentina. Atualmente, o banco divulga as condições dessas operações na página BNDES Transparente, mas Montezano disse ser prioridade número um da sua gestão prestar mais esclarecimentos à sociedade.

“Qualquer que seja a conclusão, a gente precisa ser transparente e trazer ela para a sociedade e para a mídia. Qualquer coisa que eu fale agora, pode ser leviano ou parcial. Esperem dois meses para a gente ter algo completo e conclusivo. É a prioridade um do banco. Aspecto de imagem, protocolo, a gente tem de analisar sobre todas essas óticas”, explicou.

Metas

Montezano tomou posse hoje (16) no comando do banco, substituindo o economista e ex-ministro Joaquim Levy, que pediu demissão em junho. Além da divulgação dos detalhes da “caixa-preta” do banco, ele anunciou quatro metas: a venda de ações de empresas em poder do banco; a devolução ao Tesouro de R$ 126 bilhões até o fim do ano e de R$ 144 bilhões até o fim de 2022; um plano de metas, orçamento e dimensionamento para os próximos três anos; e a prestação de serviços de assessoria financeira a órgãos do governo federal, a estados e municípios.

Em relação à venda de ações, Montezano disse que pretende acelerar a venda da participação do banco em empresas públicas e privadas. Hoje, o BNDESPar, ramo do BNDES que detém papéis de empresas, tem R$ 106,8 bilhões em ações, das quais R$ 53,3 bilhões da Petrobras; R$ 16,5 bilhões da Vale; R$ 9,3 bilhões da Eletrobras e R$ 9,26 bilhões da JBS. O banco ainda tem papéis em empresas de celulose e de empresas estaduais do setor elétrico, entre outras.

Montezano reconheceu que não pode desfazer-se de todos os papéis de uma só vez, para evitar que o preço das ações desabe no mercado e o banco tenha prejuízo. No entanto, comprometeu-se a acelerar as vendas, sem dar prazo. “Boa parte hoje são posições especulativas. Se o preço das ações sobe, é um mero ganho financeiro sem nenhuma entrega para a sociedade. É melhor tirar dinheiro daqui e colocar em outros ativos, como o saneamento, que também vai ter retorno financeiro, mas muito mais outros derivados disso para a sociedade como um todo”, disse.

Segundo ele, o BNDESPar pode até comprar ações de empresas, se comprovado que a participação renderá retornos para a sociedade, como investimentos em educação e saneamento básico.

Devolução

Depois de o banco ter devolvido R$ 30 bilhões ao Tesouro neste ano, Montezano comprometeu-se a devolver mais recursos até atingir o valor prometido de R$ 126 bilhões no fim do ano. Ele esclareceu que o ressarcimento não prejudicará a segurança financeira do banco, porque o dinheiro sairá do caixa da instituição, não do capital (dinheiro que precisa ficar parado para cumprir requisitos de segurança).

Segundo Montezano, a estratégia permitirá ao banco emprestar cerca de R$ 70 bilhões por ano. “Esse é o valor próximo da média histórica, antes de outros governos injetarem recursos no banco para emprestar para setores escolhidos”, esclareceu.

Além dos títulos públicos emprestados pelo Tesouro, o governo injetou R$ 36 bilhões em instrumento híbrido de capital e dívida (ITCD) no banco nos últimos anos. No entanto, Montezano disse que a devolução desses instrumentos, como está ocorrendo com a Caixa Econômica Federal, não tem prazo para ocorrer. “Somente depois que a gente reembolsar os recursos do Tesouro, vamos começar a discutir a devolução do ITCD”, explicou.

Assessoria financeira

Sobre a venda de serviços de assessoria financeira, Montezano explicou que o BNDES pretende auxiliar o governo federal, estados e municípios nas áreas de privatização, concessão, investimentos, parcerias público-privadas e reestruturação financeira. Os contratos serão vinculados ao sucesso de cada operação. “Caso a concessão ou privatização seja bem-sucedida, o banco recebe uma parte do resultado em forma de comissão”, disse.

O presidente do BNDES confirmou que os primeiros clientes do banco serão o Ministério da Infraestrutura, nos projetos de concessões; a Casa Civil, responsável pelo Projeto Piloto de Investimentos, e a Secretaria de Desestatização, Desinvestimentos e Mercados do Ministério da Economia, que coordenará as privatizações. O banco oferecerá assessoria técnica e conhecimento para o planejamento das operações. Numa segunda etapa, o serviço será estendido a prefeituras e governos estaduais.

CARRETA CARREGADA DE CERVEJA TOMBA NA BR 316 ENTRE CAXIAS E TIMON

Destacado

!   

Por volta das 7h40 da manhã desta terça-feira (16), uma carreta carregada de gradeados de cerveja tombou na BR-316, entre Caxias e Timon. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do veículo teve ferimentos leves.

O acidente aconteceu 15 quilômetros após o povoado Brejinho. Segundo o inspetor Lindomar Rocha, uma equipe da PRF esteve até agora a pouco  no local viabilizando a remoção do veículo e desobstrução total da pista, mas desde às 14h o fluxo foi restabelecido nos dois sentidos da rodovia. No vídeo, aparece muitas pessoas saqueando a carga de cerveja que estava espalhada por toda pista.

                                                               

Fonte: Noca

UFMT tem energia cortada por falta de pagamento

Destacado

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) teve a energia elétrica cortada hoje (16) por falta de pagamento, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição. O corte ocorreu por volta das 11h.

Segundo a assessoria da universidade, a instituição foi surpreendida porque estava negociando com a Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia no estado. Uma reunião estava agendada para quinta-feira (18), de acordo com a UFMT. Os cinco campi estão sem luz: Cuiabá, Rondonópolis, Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Sinop. 

Em nota, o Ministério da Educação (MEC) informou que o ministro Abraham Weintraub adotará medidas emergenciais para a “religação imediata” da energia elétrica na universidade. “O ministro irá ainda tomar as medidas cabíveis tanto administrativas como judiciais para a responsabilização dos envolvidos pela má gestão na UFMT”, diz nota divulgada pela Assessoria de Comunicação Social do MEC.

Segundo o texto, ao tomar conhecimento da situação na última quinta-feira (11), Weintraub chamou a reitora Myrian Serra ao ministério e autorizou o repasse de R$ 4,5 milhões para que a reitoria da UFMT, nomeada há três anos, quitasse a dívida das contas de luz. “Os valores, herdados no governo anterior, correspondem ao montante de R$ 1,8 milhão. A liberação do limite de empenho foi realizada na sexta-feira da semana passada com o compromisso da reitora para o pagamento imediato da referida dívida”, diz a nota.

A reitora da UFMT, que cumpria agenda em Sinop, está retornando para a capital. As negociações estão sendo feitas, no momento, pelo vice-reitor, Evandro Aparecido Soares.

A universidade tem hoje 26.938 estudantes na graduação e 2.446 na pós-graduação. Ao todo, são 106 cursos presenciais e oito a distância na graduação, além de 66 programas de mestrado e doutorado.

Este ano, o MEC contingenciou, em média, 29,74% do orçamento discricionário das universidades federais. Esses recursos, segundo a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior, são usados principalmente para o pagamento de energia elétrica e vigilância.

De acordo com a pasta, o contingenciamento pode ser revertido e não gera impacto imediatamente uma vez que as instituições ainda dispõem da maior parte dos recursos previstos para o ano.

Amanhã (17), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, apresentará o programa Future-se, que pretende, segundo a pasta, modernizar o funcionamento das universidades federais. A adesão das instituições será voluntária. Fonte Agência Brasil

Mais um feminicídio no Maranhão

Destacado

Nesta madrugada de hoje (16), um homem identificado como, Ivan da Silva Sousa, mais conhecido como “Vandinho”, atacou à facadas a ex-companheira, Jaqueline Rodrigues da Silva. O crime ocorreu na Rua São Joaquim, região da Baixada em Trizidela do Vale (MA). Segundo informações da polícia, o acusado teria reagido com violência ao ver Jaqueline na companhia de outro homem. Ele saiu em perseguição ao casal, derrubando os dois da motocicleta em que estavam. Ao ver Ivan com uma faca, o namorado correu do local, enquanto Jaqueline arremessou um capacete contra o agressor. A mulher foi alcançada e atingida com facadas no tórax, um dos golpes perfurou a região do baço. Após desferir os golpes de faca, o agressor foi cercado e agredido à pauladas por populares, recebendo fratura (afundamento) craniana. Ivan foi atendido no Hospital Regional de Pedreiras e transferido para o Hospital Macrorregional de Presidente Dutra. A vítima foi atendida no Hospital de Trizidela do Vale e devido a gravidade do quadro, foi transferida imediatamente para Peritoró. Ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Jaqueline só é uma da estatística de femenicídio no Maranhão, que sobe para 25 mulheres assassinadas no Maranhão. Os dados são do Departamento de Feminicídio, órgão da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP). Em todo o ano passado foram 43 crimes no estado, com média de quatro casos por mês.

ip

Secretário de Aldeias Altas-MA é preso suspeito de fraudar processo licitatório

Destacado

  0    

A Polícia Civil e o Ministério Público do Maranhão deflagraram uma operação na manhã desta terça-feira (16) que terminou com as prisões temporárias do secretário municipal de Infraestrutura de Aldeias Altas, Antônio José Sousa Paiva, e do presidente da Comissão Permanente de Licitação do município, Jaime Neres dos Santos, sendo que este também foi preso em flagrante por posso ilegal de arma de fogo. 

Segundo as investigações, o problema foi identificado na contratação da empresa M.L. Barroso Moura – ME para serviços de limpeza urbana na cidade de Aldeias Altas no ano de 2017. O contrato foi aditivado em 2018 e 2019. As autoridades disseram que todo processo foi superfaturado. 

Os investigadores apontaram ainda fraudes no processo licitatório envolvendo a empresa vencedora e as duas perdedoras. Para se ter ideia, a Impacto Construção Civil Ltda. recebeu recebeu mais de R$1 milhão da empresa vencedora M.L. Barroso Moura – ME. A empresa beneficiada com o repasse é de responsabilidade de Paulo Valério Mendonça.

A empresa M.L. Barroso Moura – ME transferiu dinheiro ainda para parentes do secretário de Infraestrutura, Antônio José Sousa Paiva, e do presidente da Comissão Permanente de Licitação, Jaime Neres dos Santos, como consta na investigação.

Além das prisões, a operação cumpriu também mandados de busca e apreensão em Aldeias Altas, Caxias e São Luís. A ação é resultado de investigações do Ministério Público do Maranhão por meio 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Caxias e das unidades do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas – GAECO, de São Luís e Timon, além da participação da Polícia Civil, por meio da Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) e da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI). Os mandados de prisão foram expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Caxias.Fonte Enquanto Isso no Maranhão.

HOMEM MATA AMIGO A PAULADAS POR CAUSA DE DÍVIDA DE R$ 10 EM TIMON

Destacado

Segundo a polícia, José Hildo já foi preso também por ter espancado um bebê — Foto: Divulgação/Polícia
 Segundo a polícia, José Hildo já foi preso também por ter espancado um bebê — Foto: Divulgação/Polícia

Um homem identificado como José Hildo foi preso na segunda-feira (15) pela polícia no município de Timon, a 450 km de São Luís, após matar a pauladas o seu amigo, que não teve a identidade revelada, por conta de uma dívida no valor de apenas R$ 10.
Segundo a polícia, o crime aconteceu no domingo (14), mas só na manhã da segunda José Hildo, que também é conhecido como “Ié”, foi preso ao se apresentar na delegacia de Timon. O corpo da vítima foi localizado próximo às margens do Rio Parnaíba.
Ao ser ouvido pelos policiais, José Hildo relatou que matou seu amigo por causa de uma dívida correspondente a R$ 10 e logo após confessar o seu crime ele levou os policiais para o local onde se encontrava o corpo.
De acordo com informações da polícia, esta não é a primeira vez que José Hildo é preso. Em outro momento ele foi preso por espancar um bebê. José Hildo foi autuado pelo crime de homicídio e vai ficar à disposição da Justiça.
Do G1

Preço médio da gasolina nas bombas cai pela 9ª semana seguida, diz ANP

Destacado

O preço médio da gasolina nas bombas caiu cerca de R$ 0,02 na semana passada, ou cerca de 0,48%, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (15) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com isso, o valor do combustível registrou a nona queda semanal consecutiva.

Segundo o levantamento semanal, o litro da gasolina terminou a semana custando ao consumidor, em média, R$ 4,378 por litro. O valor é uma média calculada pela ANP com base em dados coletados em diversas cidades. Os preços, portanto, podem variar de acordo com a região.

No ano, o preço da gasolina acumula alta de 0,78% para o consumidor. A variação está bem abaixo do dado mais recente da inflação oficial no país: até junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou alta em 2019 de 2,23%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os preços médios do etanol e do botijão de gás de cozinha também caíram na semana passada. Segundo a ANP, o valor médio do etanol nas bombas teve redução de aproximadamente R$ 0,01, ou 0,64%, para R$ 2,779 por litro. No ano, o combustível tem queda de preços acumulada em 1,56%.

A queda do preço do gás foi de cerca de R$ 0,12, ou 0,17%, para o valor médio de R$ 69,15. No ano, o produto tem queda acumulada de 0,08%.

Enquanto isso, o preço médio do diesel para o consumidor terminou a semana em alta. O aumento foi de 0,11%, o que representa menos de R$ 0,01, para R$ 3,555. No ano, há alta acumulada de 3%.

Assim como ocorre com a gasolina, os preços médios informados para o etanol, diesel e gás de cozinha são médias calculadas pela ANP com dados de diversas cidades, e portanto os valores podem variar regionalmente.

A foto e o fato da semana

Destacado

Quem teve acesso as redes sociais de grupos em Vargem Grande,viu a foto do ex-vereador Adailso Saminez estampada ao lado do prefeito Carlinhos Barros, e do secretário de Obras do município José Filho.

Alguns internautas mais ousados, acrescentaram a foto, a uma fala do ex vereador quando era comemorado o aniversário do ex-prefeito Chico Portela, na qual o ex-vereador dizia textualmente que não abandonaria Dr. Miguel, nem por um milhão de reais.

Circula a boca grande, que o ex-edil receberá durante o restante do mandato do atual comandante do poder executivo municipal, um valor que varia em torno de 5 e 4 mil reais mensais.

Segundo essas mesmas fontes, foi o que também fora acertado com o ex-vereador Jeová. Isso são boatos que circulam.Mas o fato é que ninguém troca um grupo político por outro, sem receber vantagens e benesses, em cargos ou em espécie.

Mas o que interessa mesmo a população, são os benefícios que esses posicionamentos políticos podem trazer para Vargem Grande e sua gente. Porque os ganhos ou perdas políticas só ficarão visíveis, quando forem contabilizados os votos da eleição do próximo ano. Até lá tudo o que disserem, são apenas especulações.

Muitos até acreditam que tanto Jeová da pesca como Adaílso poderão levar companheiros a sufragarem os seus nomes e o nome do prefeito na próxima eleição. Mas quem vai bancar as despesas de campanha? Será que isso também foi acordado entre as partes? Um experiente político e ex-vereador, diz que mesmo sendo 5 mil reais o que cada um vai ganhar mensalmente, isso daria apenas para as despesas pessoais, e não acrescenta nada em ajuda política.

O jogo está apenas começando, vamos aguardar o decorrer da partida e assim poderemos tirar nossas conclusões de quem ganhou ou perdeu nesse jogo do vai e vem da politicagem rasteira.

Três suspeitos presos por tráfico de drogas

Destacado


Os policiais, ao realizar a abordagem para prender um suspeito com mandado, encontraram outras duas pessoas com porções de substâncias entorpecentes

Na noite do último domingo (14), um trabalho realizado pela Polícia Militar, resultou na prisão de três pessoas suspeitas por tráfico de drogas no bairro Nova Imperatriz, em Imperatriz. Os trabalhos foram coordenados por homens do 3ºBPM, sendo detidos Henrique Fialho Araújo (29), Fábio Oliveira de Sousa (31) e Weslley Dhanilo Moura (29).

O Serviço de Inteligência do 3°BPM iniciou monitoramento de um indivíduo identificado por nome Henrique Fialho Araújo, para cumprimento de mandado de prisão em seu desfavor. Diante do fato foi desencadeada uma operação que contou com as guarnições da Rádio Patrulha, Malha 3 e Santa Rita. As equipes iniciaram acompanhamento a dois veículos que onde estaria o investigado.

Já na Avenida Bernardo Sayão realizaram sua abordagem, no veículo ainda foram abordados mais dois indivíduos e com eles porções de substâncias entorpecentes. Diante do fato, os acusados foram conduzidos e apresentados sem lesões para os procedimentos cabíveis. Ainda foram apreendidas 4 (quatro) porções de maconha, 1(um) aparelho de celular, joias, documentos pessoais e cerca de 150 reais em espécie. Fonte O Imparcial

Polícia divulga foto de suspeito de ter assassinado codoense por causa de desentendimento homossexual

Destacado

W

Vítima Raimundo

Raimundo Antonio Moreira, 65 anos de idade,  foi achado morto num campo de futebol próximo ao aeroporto, dia 25 de abril, com diversas perfurações de faca pelo corpo e com um golpe na cabeça que abriu seu crânio, o que demonstrou extrema violência.

Raimundo foi encontrado seminu, com sinais de crime passional consumado  após ato sexual consentido.

O delegado Rômulo Vasconcelos vem trabalhando no caso,  já ouviu um suspeito chamado Neném e esta semana foi ao povoado de nome Conceição, na zona rural de Codó, atrás do principal suspeito de ter golpeado fatalmente Raimundo Moreira.

Trata-se do jovem Francisco José Silva Filho, vulgo Tití. Ele conseguiu escapar ao cerco policial, correndo e embrenhando-se na mata do povoado Conceição, mesmo sendo alvo de 3 tiros da polícia, que, obviamente, não o atingiram, foram disparados na tentativa de intimidá-lo e fazê-lo parar.

Francisco está com ordem de prisão decretada pela Justiça

Rômulo Vasconcelos contou ao jornalista Sena Freitas (FCTV), que o crime se deu em meio à um relacionamento homossexual que a vítima e Francisco mantinham. O suspeito vivia pedindo dinheiro, levou Raimundo para atrás do aeroporto, fez sexo e como o homem não tinha dinheiro naquele dia, o matou friamente.

“Nós estamos sob investigação, o principal suspeito é o Francisco José Silva Filho, vulgo Tití. O Francisco tinha um relacionamento amoroso, tinha um caso com a vítima e tava extorquindo direto a vítima, aí ele tentou pedir dinheiro pra vítima, a vítima não tinha, ele arrastou a vítima dizendo que ia ter relação sexual com a vítima, por traz ali do aeroporto, e lá ele acabou matando a vítima”

Francisco José Silva Filho, vulgo Tití, tem uma ordem de prisão, expedido pela Justiça, em aberto e o delegado segue tentando prendê-lo

Hoje na História: No “Maracanazo”, Uruguai derrota Brasil na final da Copa

Destacado

:

No dia 16 de julho de 1950 o futebol brasileiro sofreu, provavelmente, uma das suas mais amargas derrotas da história. No primeiro mundial realizado após o encerramento da Segunda Guerra Mundial, os jogadores da seleção brasileira estavam diante da chance de conquistar, dentro de casa, o primeiro título de Copa do Mundo. Em uma partida em que era considerado favorito, o Brasil recebeu o Uruguai no estádio do Maracanã, diante de um público de 200 mil pessoas, sendo que entre elas estavam somente algumas centenas de uruguaios. Ao time local, bastava um empate, mas mesmo assim a equipe da casa se lançou ao ataque. No jogo, o Brasil marcou primeiro com o atacante Albino Friaça, que balançou a rede logo aos 10 minutos de partida. Contudo, no segundo tempo, os uruguaios empataram com Schiaffino e depois sacramentaram a vitória e também a conquista do título mundial com um gol de Ghiggia, que calou a imensidão de torcedores no Maracanã. Era o fim da festa brasileira que havia sido armada antes mesmo do jogo e que teve o Uruguai como convidado mais indigesto.

O direito de viver

Destacado

Ney Lope

A história da potiguar Carmelita Anunciada de Souza deu causa a uma decisão histórica do STF. Tudo começou em 2006, com ação ajuizada na 4ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal (RN).

Ela recorreu à justiça para pedir o direito de viver.

Sofria de miocardiopatia isquêmica e hipertensão arterial pulmonar. A doença evoluía e faltava dinheiro para comprar o remédio chamado “Revatio” (nome comercial do citrato de sildenafila), indicado no tratamento (preço médio 3 mil reais). Carmelita apelou ao estado do RN, que lhe negou acesso à medicação, alegando o alto custo.PUBLICIDADEi

Quase quinze anos depois, o STF julga  o pedido procedente, mas a sentença ainda não foi cumprida. A última notícia sobre Carmelita, divulgada em julho de 2018, menciona que ela estava com 81 anos de idade.

Na primeira instância da Comarca de Natal e no Tribunal de Justiça do RN (por unanimidade) o pedido foi acolhido. Entretanto, o estado do RN, ao invés de cumprir a decisão, incrivelmente impetrou recurso extraordinário ao STF, em 13 de agosto de 2007. O julgamento se arrastou, com adiamentos e diligências sucessivas.

No último 23 de junho, o STF fixou a tese de que há responsabilidade solidária dos entes federados (União, Estados e municípios) para o fornecimento de medicamentos e tratamento de pacientes sem recursos financeiros.

O pedido de Carmelita teve repercussão nacional. Deram entrada mais de 30 mil ações semelhantes no Brasil, na chamada “judicialização da saúde”.

Numa época em que, para justificar “reformas”, as pessoas humanas são transformadas em meros “números estatísticos” nas planilhas dos governos, nunca é demais lembrar o respeito devido aos “direitos sociais” assegurados na Constituição. Entre eles está o direito à saúde (art. 6º da CF), que é básico, por significar garantia ao nível mínimo de vida compatível com a dignidade da pessoa humana (artigo 1°, III) e o direito à vida (artigo 5°).

Quando se debate a questão da assistência estatal à saúde surge o argumento daqueles que se auto intitulam de “pé no chão”, “pragmáticos”, mais realistas do que o rei, e proclamam que esse direito dependerá unicamente de soluções econômicas. Não se nega a importância da economia.  Todavia, por tratar-se de “questão humana”, prioritária à cidadania, compete ao Estado (ente jurídico indispensável na manutenção da harmonia social) aplicar o princípio da solidariedade e cumprir a Constituição.

A propósito, cabe lembrar o debate no Sacro Convento de Assis (Itália), realizado em 2012, entre religiosos, políticos, economistas, empresários, na busca de soluções para a grave crise econômica que a Europa enfrentava.

Nas conclusões desse Encontro foi invocado o humanismo cristão, que sempre colocou “a preservação do bem comum” como prioridade social absoluta. O cardeal Henrique de Susa, no século XIII, precedeu os estudos econômicos sobre mercado, a importância da oferta e da procura, fazendo a distinção entre “juro legítimo” e “ganho desonesto”.

A grande diferença é que na ótica cristã os mecanismos da economia devem estar à serviço da pessoa humana e não do capital, sem negar a importância da liberdade de mercado. Desde o ano 1300, os seguidores de São Francisco e jesuítas são considerados os primeiros economistas, ao elaborarem a teoria das instituições econômicas e a concepção dos primeiros bancos.

O equivoco são os desvios individualistas, egoísticos, que procuram justificar o lucro, a qualquer preço social, sem limites, e para isso invocam o “livre mercado”, sem regulações e até defendem o absurdo de extinção do Estado (!!!).

No caso específico da potiguar Carmelita Anunciada de Souza, a decisão do STF garantiu o direito à vida das pessoas humanas financeiramente carentes e obrigou o Estado oferecer, com prioridade orçamentária, os medicamentos necessários à sobrevivência.

Prevalece a tese, de que havendo desigualdades sociais, os sacrifícios econômicos devem ser divididos proporcionalmente, para que cada classe social dê a sua contribuição justa.  A isso se chama, o dever do Estado Democrático recolher impostos e preservar o “bem comum”.

O pronunciamento do STF terá “repercussão geral”, que significa aplicação uniforme, de agora por diante, a todas as decisões judiciais futuras semelhantes, inclusive os casos em tramitação (artigo 1035 do CPC).

Sem dúvida, vitória da justiça. Mas, sobretudo, uma vitória humana!

Em tempo: Por incrível que pareça, na proposta inicial da Reforma da Previdência (já votada no primeiro turno) foi “introduzido de paraquedas”, pelo Ministério da Economia, o parágrafo 5° do artigo 195 da Constituição, com a seguinte redação:

“Nenhum benefício ou serviço da seguridade social poderá ser criado, majorado ou estendido por ato administrativo, lei ou decisão judicial, sem a correspondente fonte de custeio total”.

Com lucidez, a Câmara dos Deputados excluiu esse dispositivo, na Comissão de Constituição e Justiça.

O objetivo da “armadilha” seria tornar “letra morta“ a decisão do STF, de obrigar o Estado oferecer, com prioridade orçamentária, medicamentos àqueles comprovadamente carentes.

Trocando em miúdos: a intenção era “anular” o princípio fundamental da Constituição vigente, que define como objetivo fundamental da República Federativa do Brasil, a construção de uma sociedade livre, justa e “solidária” (artigo 3°, I).

A ousadia da proposta originária do governo chegou ao ponto de prever a negação do cumprimento de uma “decisão judicial”, o que tipifica inconstitucionalidade aberrante.

É o caso de lembrar, a exclamação de Cícero, nas “Catilinárias”: “o tempora, o mores”.

Ladrões levam 50 mil de empresário da porta do banco Itaú em Teresina

Destacado

Viaturas da PM e muita gente no local do assalto

Viaturas da PM e muita gente no local do assaltoFoto: Luiz Brandão

Um empresário foi assaltado por volta das 15 horas desta segunda-feira (15) na porta do da agência do Banco Itaú, na rua Areolino de Abreu, no Centro de Teresina.

O nome da vítima e valor levado pelos assaltantes ainda não foram divulgado pela Polícia. Mas testemunhas dizem que levaram R$ 50 mil que o empresário acabara de sacar.

Houve troca de tiros entre um dos assaltantes e o motorista e segurança do empresário.

Políciais militares estiveram no local do assalto. Os policiais pegaram dados sobre o assaltantes e desconfiam que o caso foi “uma parada dada”, ou seja, alguém informou  que a vítima iria sacar dinheiro em espécie no Itaú.

O ASSALTO – De acordo com testemunhas, o empresário andava em caminhonete Hilux, branca. Com ele estava o motorista que também faz o papel de segurança.

O empresário teria sacado R$ 50 mil e quando saiu do banco para entrar no carro um dos assaltantes sacou a arma e tomou um malote com o dinheiro.

O assaltante, vestindo uma camisa azul com marca da Oi, saiu correndo com o malote nas costas. O segurança do empresário sacou uma pistola e começou a atirar em direção ao bandido, que virou em direção ao carro em que estava o empresário e o segurança e também começou a atirar.

Ao notar que estava perdendo o controle da situação, o assaltante saiu correndo novamente e montou numa moto que estava com um comparsa no cruzamento das ruas Areolino de Abreu com Barroso.

O assaltante que montou no banco do carona quase caiu quando o colega dele deu partida na moto. Mas ambos conseguiram fugir levando o dinheiro.

Foram ao menos quatro tiros disparados de parte a parte. Por sorte, pessoas que estavam andando pela rua e na praça Rio Branco não foram atingidas por bala perdida.

Para tentar reverter o prejuízo e deter os bandidos, o empresário e o segurança dele entraram no carro e saíram em perseguição ao assaltantes, que fugiram em direção às Zona Norte da Cidade.

Do portal Piauí Hoje

Caixa contrata 174 empregados com deficiência

Destacado

José Cruz/Agência Brasil    Geral

Caixa contrata 174 empregados com deficiência

Novos funcionários começam a trabalhar nas agências após capacitação

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  

A Caixa Econômica Federal contratou 182 empregados aprovados em concurso realizado em 2014, dos quais 174 têm alguma deficiência. Os novos funcionários vêm fortalecer o quadro após uma série de demissões e irão ainda contribuir para que  o banco cumpra o percentual mínimo de 5% de pessoas com deficiência. Eles foram recebidos em cerimônia nesta segunda-feira (15), que contou com a presença da primeira dama, Michelle Bolsonaro, em Brasília.

“Esse concurso aconteceu em 2014 e, em 2015, em 2016, 2017 e 2018, ninguém foi chamado. Essa é uma demanda importante”, diz o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. De acordo com ele, nos últimos cinco anos, o banco perdeu 15 mil funcionários. Muitos deles aderiram a programas de demissão voluntária. A intenção agora é convocar, até o final do ano, no total, 2 mil novos empregados, sendo a maior parte deles pessoas com deficiência. 

Guarda Municipal apreende menor suspeito de planejar assaltos em Chapadinha-MA

Destacado

Do Portal  CN1

A Guarda Civil Municipal de Chapadinha apreendeu um menor suspeito de planejar assaltos. A ação aconteceu  durante uma ronda ostensiva na noite deste domingo (14/7), na Travessa Santo Antônio, no bairro Campo Velho.

A guarnição de serviço da equipe Charlie VTR 07 da GCM, interceptou e apreendeu o suspeito que segundo a Guarda Municipal, ao ser deparar com viatura saiu correndo em atitude suspeita e se escondeu numa área de  uma residência na Travessa Santo Antônio.

Após revista, os GCMs  encontraram com o menor uma arma de fogo (garruncha de fabricação caseira),  1 cartucho calibre 20 intacto e  uma touca balaclava. Segundo a Guarda Municipal, o suspeito confessou que iria ao encontro de um comparsa para praticar assaltos nas imediações da festa, que estava sendo realizada  casa de shows Arena.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Funcionários do TJMA são presos em operação do MP e da Polícia Civil

Destacado

Os funcionários eram lotados na Coordenadoria de Precatórios do Tribunal.

Por: Saulo Duailibe15 de Julho de 2019

Uma operação, realizada na região metropolitana de São Luís e na cidade de Goiânia-GO, onde quatro pessoas foram presas por suspeitas de envolvimento em um esquema de corrupção dentro do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

Das quatro pessoas detidas, três eram servidores do TJMA, sendo dois efetivos e um terceirizado. Eles eram lotados na Coordenadoria de Precatórios do Tribunal.

A ação foi deflagada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público e a Superintendência de Prevenção e Combate à Corrupção da Polícia Civil.

Os suspeitos foram presos através de mandados de prisão preventiva, decretada pelo Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís.

Os servidores detidos foram identificados como: Daniel Andrade Freitas e Thiago da Silva Araújo, além do prestador de serviço terceirizado Thiago Rafael de Oliveira Candeira.

Os três foram localizados e presos na sede administrativa do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), na manhã de hoje. Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão.

O três servidores do TJMA já vinham sendo monitoradas pelo Tribunal, por meio da Coordenadoria de Precatórios, com o que se logrou prevenir prejuízos aos cofres públicos.

Prisão em Goiânia

Já na cidade de Goiânia, capital de Goiás, Wendel Dorneles de Moraes foi preso por também participar no esquema de corrupção.

Como funcionava o esquema

As investigações do Ministério Público do Maranhão e da Polícia Civil, suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção conseguiam informações sobre os credores de precatórios.

Após saberem das informações, entravam em contato com as pessoas que receberiam os pagamentos, buscando vantagens para que dessem preferência na ordem dos credores da Fazenda Pública.

Daniel Freitas, Thiago Araújo e Thiago Candeira encaminhavam à planilha de credores a Wendel. Com a lista em mãos, ele entrava em contato com as pessoas que seriam beneficiadas com os pagamentos.

O TJMA se pronunciou através de nota pública

O Tribunal de Justiça do Maranhão vem a público informar que, na manhã desta segunda-feira (15/07/2019), três servidores do Poder Judiciário do Maranhão – dois efetivos e um terceirizado – lotados na Coordenadoria de Precatórios do Tribunal, foram alvo de mandados de prisão preventiva decretada pelo Juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha de São Luís.

A investigação criminal foi iniciada após requisição do Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, em face de denúncias apresentadas perante a própria Coordenadoria de Precatórios, recebidas pelo Juiz Auxiliar da Presidência, coordenador da gestão de precatórios, André Bogéa.

A investigação criminal – que resultou nas prisões dos três servidores – foi desenvolvida pelo Ministério Público Estadual e pela Polícia Civil do Maranhão, com autorização judicial.

As ações desenvolvidas fazem parte de um conjunto de medidas que visam não apenas garantir a correta utilização dos recursos públicos destinados ao pagamento de precatórios, como também zelar pela proteção dos direitos dos respectivos credores, muitos dos quais idosos e portadores de doenças graves.

As condutas dos três servidores já vinham sendo monitoradas pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, por meio da Coordenadoria de Precatórios, com o que se logrou prevenir prejuízos aos cofres públicos.

Importante ainda esclarecer que a ordem cronológica das listas de pagamentos dos entes públicos devedores de precatórios persistem intactas, imunes a quaisquer interferências ilícitas, vez que são confeccionadas segundo protocolo único do Tribunal de Justiça, inacessível aos servidores em questão.

O Tribunal de Justiça do Maranhão reafirma seu inarredável compromisso de bem desempenhar suas atribuições constitucionais, sempre voltado à moralidade, legalidade, impessoalidade, publicidade e eficiência, conforme o art. 37, caput, da Constituição Federal.

A persecução criminal se desenvolverá aos cuidados das autoridades públicas constituídas e respeitando as diretrizes do devido processo legal e da ampla defesa.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos
Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

TSE vai definir primeiras cidades que vão emitir DNI

Destacado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve definir em novembro deste ano as cidades que vão participar do projeto-piloto para as primeiras emissões do Documento Nacional de Identificação (DNI), documento digital que reunirá informações da identidade (RG), CPF, título de eleitor e carteira nacional de habilitação dos cidadãos.

De acordo com o tribunal, responsável pela gestão do programa, técnicos trabalham na identificação das localidades que apresentam condições técnicas para iniciar a emissão do DNI. Cidades com maior número de pessoas cadastradas no sistema biométrico de votação das urnas eletrônicas devem participar do projeto inicial. 

Segundo a Justiça Eleitoral, mais de 100 milhões de pessoas já foram cadastradas pela biometria em todo o país. 

Em 2018, o projeto-piloto do documento único foi lançado pelo governo federal e pelo TSE, que fornecerá a base de dados da biometria dos eleitores para compor o banco de informações. No início de janeiro, o governo federal retomou iniciativas passadas para criar a base digital que unifique diversos documentos. Fonte Agência Brasil

Consumidor poderá bloquear ligações de empresas de telecom a partir de terça-feira

Destacado

A partir de terça-feira começa a funcionar o cadastro para o bloqueio de ligações de telemarketing das empresas de telecomunicações. Na plataforma on-line naomeperturbe.com.br será possível cadastrar o número de telefone para não receber mais chamadas de todas as empresas signatárias do acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel): Algar, Claro, Oi, Nextel, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo.

Os detalhes ainda serão fechados, nesta segunda-feira, em uma reunião entre a Anatel e o SindiTelebrasil (que reúne as empresas do setor), mas a proposta é que, no site do Cadastro Nacional de Não Perturbe, o consumidor possa bloquear as chamadas indesejadas tanto por operadora como por tipo de serviço — telefonia fixa, celular, internet e TV por assinatura. Mas ainda não se sabe se todas as funcionalidades estarão disponíveis já na terça-feira.

Segundo a Anatel, estudos de mercado estimam que ao menos um terço das ligações indesejadas no Brasil tem por objetivo a venda de serviços de telecomunicações.

— Já fui muito incomodado. Eles deveriam ligar para quem já demonstrou interesse em algum de seus serviços, não para os que já disseram não querer — queixa-se o aposentado Manoel Meirelles, de 72 anos.

Monitoramento contínuo

Não à toa, a Anatel pressionou o setor para apresentar uma solução para o problema. A plataforma é a primeira de gestão das empresas no país.

— A implementação da lista nacional de “não perturbe” busca proteger o consumidor do comportamento das empresas. O monitoramento da Anatel não será interrompido — afirma o presidente da agência, Leonardo Euler de Morais.

O descumprimento do bloqueio feito via cadastro é passível das multas regulamentares da agência, que podem chegar a R$ 50 milhões, de acordo com a gravidade.

Diretor executivo do SindiTelebrasil, Carlos Duprat diz que, pela primeira vez, as empresas sentaram-se à mesa para uma decisão conjunta relativa à estratégia comercial:

— Nosso setor é muito competitivo. Como o consumidor pode levar seu número para onde for, o tempo todo há mudanças, por isso existe uma briga muito grande entre as empresas para conquistar esse cliente. Mas percebemos que essa estratégia está afetando a nossa imagem. O cadastro é bastante simples e transparente, atendendo ao desejo do consumidor.

Para a advogada Bianca Macário, de 25 anos, bloquear as chamadas indesejadas terá efeito sobre a sua produtividade no trabalho:

— Já interrompi reunião para atender uma ligação insistente, e era telemarketing.

Para Luciano Timm, titular da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), que vem trabalhando em parceria com Anatel no tema, a solução apresentada para as empresas de telecomunicações poderá ser ampliada para outros setores.

FUNCIONÁRIO DE FAZENDA DEGOLA OUTRO COM GOLPES DE FOICE EM BERNARDO DO MEARIM

Destacado

Um funcionario de uma fazenda localizada no povoado Taboca, zona rural de Bernado do Mearim, foi degolado com um golpe de foice durante uma discussão na madrugada deste domingo (14).
Segundo informações, a vitima estava bebendo na companhia de três amigos, um dos homens teria ido dormir, ficando apenas um com a vitima. Por volta das 3h da madrugada, os dois começaram a discutir, o suspeito identificado como Frank desferiu um golpe de foice no pescoço da vítima, devido a violência a cabeça de Josinaldo se apartou do corpo, causando morte instantânea.
Apos cometer o crime barbaro o suspeito fugiu tomando rumo ignorado. O delegado plantonista juntamente com investigadores da Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras já estão apurando o caso para saber o que realmente motivou o crime e prender o principal suspeito. Há relatos que Frank é usuário de drogas.
Do Enquanto Isso no Maranhão

Homem é preso por homicídio após discussão por pedaço de melancia

Destacado

Francisco Pereira dos Santos foi preso em flagrante

Nesse domingo (14), foi preso o suspeito, identificado como Francisco Pereira dos Santos, de ter assassinado a facadas um homem, identificado como Josemir da Costa Amorim, na cidade de Davinópolis.

Segundo informações policiais, a briga teria começado em um bar, onde a vítima já teria agredido Francisco. De acordo com informações de testemunhas, o crime foi praticado no domingo (14), após uma discussão provocada por causa de um pedaço de melancia.

O suspeito fugiu após assassinar Josemir, mas acabou preso horas depois, sendo conduzido para a Delegacia Regional de Imperatriz. Ele foi autuado em flagrante por homicídio e agora está à disposição da Justiça. Fonte O Imparcial

Homem é preso por furtar loja no Centro de São Luís

Destacado

Suspeito tem 31 anos e foi autuado em flagrante.

Por: Thiago Marques15 de Julho de 2019

Na madrugada desta segunda-feira (15), uma loja de produtos ortopédicos da rua das Cajazeiras, no Centro, foi invadida. O suspeito, identificado como Elenilson de Jesus Oliveira, de 31 anos, foi autuado em flagrante por furto qualificado.

Segundo informações policiais, ele invadiu o estabelecimento e furtou um micro-ondas, um computador e material ortopédico. Um morador da região testemunhou a situação e chamou a polícia. Elenilson foi preso e encaminhado ao Plantão do Centro da capital.

TSE propõe já em 2020 voto distrital para vereador

Destacado


Um grupo de trabalho coordenado pelo vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, propõe mudar radicalmente a forma de eleger vereadores no ano que vem. Em documento entregue no mês passado para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o tribunal defende adotar, já em 2020, o sistema distrital misto em cidades com mais de 200 mil habitantes. A ideia é separar os municípios em distritos, que elegeriam seus representantes isoladamente. O modelo distrital misto, inspirado no sistema adotado na Alemanha, prevê a divisão dos Estados e municípios em distritos eleitorais – dessa forma, os candidatos a vereador em um bairro da zona sul de São , por exemplo, seriam diferentes daqueles dos eleitores de um bairro na zona norte. A divisão de cada cidade em distritos seria feita pelo próprio TSE, que convocaria audiência pública com representantes dos partidos políticos para definir os critérios e os limites de cada um.

Questionado, o TSE não informou até a conclusão desta edição sobre previsão para a audiência nem sobre estudos envolvendo a divisão das cidades em distritos. Um dos receios é de que a definição dos limites geográficos de cada região beneficie candidatos e leve a distorções no resultado das eleições – nos Estados Unidos, a polêmica chegou à Suprema Corte, que concluiu que não cabe ao tribunal decidir sobre a divisão dos mapas.

No sistema proposto pelo grupo de trabalho do TSE, metade das cadeiras na Câmara Municipal, assembleias legislativas e da Câmara dos Deputados seria definida conforme o voto distrital – ou seja, o voto nos candidatos de cada região. A outra metade seria eleita pelo chamado voto em legenda, em lista fechada, em que os candidatos de cada partido são informados em uma lista predeterminada, que já definiriam a ordem em que as vagas serão preenchidas. Neste caso, o eleitor escolhe uma lista, e não um candidato.

‘Difícil’ Rodrigo Maia, no entanto, disse ao Estado que vê a mudança no sistema eleitoral como difícil de ser aprovada a tempo de valer para o ano que vem. “É uma proposta muito boa. Não sei se tem voto (para passar no Congresso), porque mudar o sistema eleitoral é difícil”, afirmou.

Para o presidente da Câmara, o sistema atual vem gerando uma pulverização do quadro político, o que atrapalha a “governabilidade e a relação do Executivo com o Legislativo” pelo número excessivo de partidos.

As críticas ao atual sistema são endossadas por Barroso, que assumirá o comando do tribunal em 2020. Para o ministro, o Brasil precisa de uma reforma política capaz de baratear o custo das eleições e facilitar a governabilidade. “O sistema atual não está sendo bom para o País”, disse Barroso ao Estado.

A adoção do distrital misto encontra resistência entre parlamentares – para entrar em vigor em 2020, seria necessário aprovar as mudanças até o fim de setembro, um ano antes das próximas eleições. “Teríamos dois meses apenas, é impossível chegar a um acordo”, afirmou o presidente do Solidariedade, deputado Paulinho da Força (SP). O debate ainda dividiria as atenções no Congresso com as articulações em torno da reforma da Previdência.

As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Mais de 2.000 focos de queimadas são registrados no Maranhão

Destacado

são registrados no Maranhão

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), mais da metade dos focos de queimadas ocorreram na metade entre os meses de julho e julho.

Por G1 MA — São Luís


Mais de 2.000 focos de queimadas são registrados no Maranhão, diz INPE  — Foto: Reprodução/TV Mirante

Mais de 2.000 focos de queimadas são registrados no Maranhão, diz INPE — Foto: Reprodução/TV Mirante

O Maranhão já registrou mais de dois mil focos de queimadas em 2019, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). De acordo com o INPE, mais da metade dos focos de queimadas ocorreram na metade entre os meses de julho e julho.

Segundo o INPE, que faz o monitoramento por satélite diariamente, o Maranhão ocupa a quarta posição no ranking nacional das queimadas, ficando atrás apenas dos estados do Mato Grosso, Roraima e Tocantins.

As queimadas ameaçam reservas indígenas, as áreas de proteção ambiental e no Sul do Maranhão as áreas agrícolas, até mesmo nas lavouras que já foram colhidas. A maioria das fazendas são protegidas com aceiros, um tipo de estrada de terra entre a mata e a palhada.

Os restos das lavouras além de funcionar como uma espécie de cobertura para proteger o solo acabam se incorporando ajudando na adubação da próxima safra. Essa técnica é conhecida como “plantio direto”. Por isso, a palhada tem que ser protegida das queimadas.

O período mais crítico de queimadas coincide com a colheita da safra de milho. Por causa da falta de chuva, a palha seca faz aumentar o risco de incêndios. Em uma fazenda situada na região Sul do estado a colheita dos quatro mil hectares do milho safrinha é cercada de cuidados. Uma máquina com um reservatório de água acompanha as colheitadeiras o tempo todo.

Hoje na História:Lançado o Twitter

Destacado

No dia 15 de julho de 2006 era lançado o Twitter, uma das redes sociais mais populares do mundo. A sede da empresa fica em São Francisco, nos Estados Unidos.

Também considerado um microblog, o Twitter permite textos de apenas 140 caracteres, envio de fotos e vídeos. O serviço pode ser acessado via computadores, tablets e celulares. Os usuários registrados podem seguir outros usuários e também ter seus próprios seguidores para acompanhar as postagens em tempo real. Desta maneira, os usuários podem ler, retweetar, responder ou enviar mensagens privadas. Quem não é cadastrado na rede social também pode ler os posts no Twitter.

O Twitter foi uma criação de Jack Dorsey, Evan Williams, Biz Stone e Noah Glass. O serviço revolucionou a maneira como a informação pode ser divulgada. Diversas entidades, órgãos oficiais, veículos de mídia e personalidades fazem pronunciamentos e comunicados oficiais via suas contas no Twitter atualmente.

O Twitter ganhou grande popularidade e é uma das mais bem-sucedidas empresas do setor por conta do seu valor de mercado, receita, crescimento e impacto cultural e social.

O Casaquistão e o Brasil

Destacado

Pedro Valls Feu Rosa

Você já ouviu falar do Casaquistão? Trata-se de um país da Ásia Central, encravado entre a Rússia, a China, o Quirguistão, o Uzbequistão e o Turcomenistão. Este distante país, cuja capital chama-se Astana, é lar de cerca de 17 milhões de pessoas.Pois bem: de uns tempos para cá, o Casaquistão descobriu os milagres que um moderno sistema de ferrovias pode fazer pela economia. Tudo começou com uma análise profundamente simples: qualquer coisa produzida na China pode levar uns 60 dias navegando pelos mares afora até chegar no mercado ocidental – uma eternidade, pois.A partir desta constatação, chegaram à conclusão de que uma moderna ferrovia reduziria este prazo para apenas 14 dias – saindo de Chongqing, na China, até Duisburg, na Alemanha, um percurso de nada menos que 10.800 km. Estão relançando, assim, a clássica “rota da seda”, com um sensível impacto no comércio mundial.Para tanto, o governo daquele país está investindo, ao longo de cinco anos, nada menos que US$ 44 bilhões – não somente em ferrovias, mas igualmente em “portos secos”, capazes de processar o imenso fluxo de mercadorias que se prenuncia.Somente em 2012, graças a tal iniciativa, o número de contêineres de 40 pés transportados pelo país aumentou 60%, chegando a 6.600 – e alcançando 10.000 no final de 2014. Vamos aos frutos: malgrado os números ainda serem modestos, dado estar o projeto ainda em implantação, prevê-se que em 2020 somente a Yerkhat Iskaliyev, estatal responsável pela logística de transportes, auferirá lucros na casa dos US$ 3,5 bilhões.Dá para perceber, sem muito esforço, que o investimento feito ao longo de cinco anos estará quase que completamente pago em no máximo dez. Consideremos, em seguida, todos os benefícios adicionais de uma ferrovia – basta abrir qualquer livro de história que descreva o processo de desenvolvimento do oeste norte-americano e surgirá límpido o potencial econômico desta modalidade de transporte.Enquanto isso, na algo distante década de 1940, o Brasil contava com uns 38.000 km de ferrovias – hoje, são apenas 30.214 km. Ao encolhimento das ferrovias correspondeu uma ampliação das rodovias, que de 185.000 km em 1940 passaram a ter 1.600.000 km. Foi assim que chegamos ao incrível país que transporta 62% de suas cargas em caríssimos caminhões que percorrem igualmente caríssimas rodovias.Pare e pense: um caminhão leva até 30 toneladas de carga, contra três mil de um trem típico. Construir ferrovias custa caro – porém, falamos de um transporte 20% mais barato que o rodoviário, principalmente em distâncias superiores a 600 km, comuns em um país de dimensões continentais como é o nosso.O mais inacreditável é que uns 40% de nossas ferrovias estão em estado deficiente, causando a vergonha de nossos já poucos trens circularem a uma velocidade média de 20 km/h – contra, por exemplo, de 80 km/h nos EUA.Não nos esqueçamos, finalmente, que temos uma vasta rede fluvial e quase 8.000 km de litoral – e por onde anda nossa navegação? Vamos a mais números: com um litro de combustível e uma tonelada de carga, um caminhão consegue percorrer em média 25 km; um trem, 86 km; e um barco, 219 km.Recordemos, agora, uma frase: o que uma criança não conseguir entender, ninguém mais entenderá, pois a verdade é algo simples – eis aí um ensinamento que remonta à Antiguidade. Quero crer, pois, que criança alguma entenderia esta estranha opção rodoviária feita pelo Brasil.Precisamos, assim, explicar a elas o que houve! Teria sido obra de algum governo paralelo? Algo a ver com interesses inconfessáveis? Eu não sei. Só sei que quando conseguirmos explicar isto às crianças finalmente compreenderemos este tão rico, mas pobre, Brasil

“Segure a carteira vem aí reajuste do Bolsa Voto”

Destacado

“Relator do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020, o deputado Cacá Leão elevou de R$ 1,7 bilhão para R$ 3,7 bilhões.De acordo com o UOL O montante de dinheiro público a ser despejado na caixa registradora dos partidos.Depois disso  verba destina-se ao fundo de financiamento da campanha municipal do ano que vem.Mas Por que reajustar o Bolsa Voto numa hora dessas? “Foi solicitado pela ampla maioria dos partidos”, disse o deputado Cacá.Em conclusão Alega-se que a eleição de prefeitos e vereadores em mais de 5.500 municípios ficará mais cara do que a eleição de 2018, quando foram escolhidos deputados federais e estaduais, senadores, governadores e presidente da República. Será? Convém exibir as contas.” (Josias de Souza).Do nbo

Família é encontrada morta dentro de apartamento em Santo André; suspeita é de inalação de gás

Destacado


Dois adultos, um adolescente e uma criança foram encontrados pelo vizinho. Delegado suspeita de asfixia por inalação de gás.

Por G1 SP e TV Globo — São Paulo


Família é encontrada morta em apartamento no ABC — Foto: César Menezes/TV Globo

Família é encontrada morta em apartamento no ABC — Foto: César Menezes/TV Globo

Quatro pessoas de uma mesma família foram encontradas mortas, neste domingo (14), dentro de um apartamento em Santo André, no ABC Paulista. Segundo informações da polícia, a irmã, que também é vizinha, encontrou a família morta.

A família, dois adultos, um adolescente e uma criança de 3 anos, estava em um apartamento na Rua Haddock Lobo. O motivo da morte vai ser investigada, mas a polícia suspeita de asfixia por inalação de monóxido de carbono resultante da queima do gás.

Segundo o delegado do 1º Distrito , Roberto von Haydin o aquecedor a gás do apartamento estava sem chaminé e as janelas estavam todas fechadas. A perícia foi ao local e não havia sinais de arrombamento ou violência.

“99% de certeza que foi envenenamento por monóxido de carbono. O aquecedor a gás está sem a chaminé. Agora, vamos investigar quem tirou a chaminé do exaustor”, disse.

Ainda de acordo com Von Haydin, uma mulher adulta estava no box do banheiro, com o chuveiro ligado, o homem estava no sofá com a criança deitada sobre o peito, ainda coberta, como se estivesse dormindo, e a adolescente estava deitada na cama de cima de um beliche. Por volta das 15h30 deste domingo, os corpos ainda estavam no apartamento.

A família voltou da Disney na sexta-feira (12) e as malas ainda não haviam sido desfeitas. A suspeita é a de que as mortes tenham acontecido de sexta para sábado (13).

“A chaminé impedia o fechamento da janela e pode ter sido retirada quando a família foi viajar. O apartamento estava todo fechado e confinado. Quando ela [a mãe] foi tomar banho e ligou o aquecedor, porém com as janelas fechadas, o gás tomou o apartamento”, disse.

Foto da família encontrada morta neste domingo — Foto: Arquivo pessoal

Foto da família encontrada morta neste domingo — Foto: Arquivo pessoal

Aquecedor na casa da família — Foto: Cesár Menezes/TV Globo

Aquecedor na casa da família — Foto: Cesár Menezes/TV Globo

Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de altar durante missa em Cachoeira Paulista; veja vídeo

Destacado

A mulher furou a segurança, invadiu o altar durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.

Por G1 Vale do Paraíba e Região


Fiel empurra padre Marcelo Rossi durante missa na Canção Nova

Acesso gratuito

Mulher empurra padre Marcelo Rossi durante missa na Canção Nova

Mulher empurra padre Marcelo Rossi durante missa na Canção Nova

Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa em Cachoeira Paulista neste domingo (14). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar.

O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’ (PHN). Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura. (Veja o vídeo acima)

Mulher empurrou padre durante missa na Canção Nova — Foto: Reprodução

Mulher empurrou padre durante missa na Canção Nova — Foto: Reprodução

No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher está sendo encaminhada para a delegacia de Lorena para o registro do caso. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão.

A polícia informou que a mulher tem 32 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais.

Em nota a Canção Nova informou que lamenta o incidente ocorrido com o padre Marcelo Rossi durante a missa e informou que ele foi atendido pela equipe médica do evento e, após ser liberado, seguiu com a celebração até o fim.

Vídeo

Em um vídeo divulgado após a agressão, o Padre Marcelo Rossi diz que ‘Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente’. A imagem foi divulgada pela Canção Nova, ao final da celebração.

“Maria passou na frente, pisou na cabeça da serpente, estou ótimo”, disse. “Fiquem tranquilos, só umas dorzinhas, não quebrou nada”, acrescentou.

Pescadores ajudam a preservar meio ambiente durante período de defeso

Destacado

Jorge Oliveira Andrade é pescador há mais de 30 anos, junto com Barnabé Almeida, que também se dedica à pesca, passa horas no manguezal a catar caranguejos na região da APA, no recôncavo da Baía de Guanabara, que abrange os municípios de Magé, Guapimirim, Itaboraí e São Gonçalo. Mas quando chega o período de defeso, entre 1º de outubro e 31 de dezembro, quando a pesca do caranguejo fica suspensa, pescadores cadastrados, como os dois, recebem uma ajuda de custo do projeto desenvolvido pela ONG Guardiões do Mar para fazer a limpeza dos manguezais, e, assim, manter a recuperação das áreas.

O presidente da ONG, Pedro Belga contou que no ano passado foram recolhidas 22 toneladas de lixo. Entre eles pneus, colchões, sofás e televisores. “Foram recolhidos, entre outras coisas, 48 tubos de imagem e 23 TVs completas em dezembro de 2018”, afirmou.

Para Jorge, além de manter o sustento, o serviço é bom por conservar o lugar onde trabalha. “É um dinheirinho que ajuda muito a gente na época que fica parado e está limpando também a área que a gente trabalha e tira o lixo. Esse aqui [apontando Barnabé] trabalha comigo desde criança. Hoje, já tem dois filhos homens, mas começou comigo trabalhando”, disse.

Mulheres

A categoria, em sua maioria de homens, tem na região da APA uma forte presença de mulheres. Márcia Regina Correa Santos, mora em Suruí, 4º distrito de Magé, e conta que criou os três filhos catando caranguejo. Hoje, presidente da Associação de Caranguejeiros Amigos dos Mangues de Magé (Acam), sente orgulho da vida que escolheu ao se casar com Elias Almeida e entrar para a família dele, que é caiçara e tem tradição local na pesca. “A família toda dele é da pesca do caranguejo. É uma família tradicional da pesca aqui no Suruí. É caiçara mesmo. Família que faz cestos, rede, tarrafa, puçá. E eu continuei o ofício mesmo com o nascimento dos meus filhos”, revelou.

Caranguejos

Manguezais da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapi-Mirim e Estação Ecológica da Guanabara, região hidrográfica da Baía de Guanabara.

Manguezais da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapi-Mirim e Estação Ecológica da Guanabara, região hidrográfica da Baía de Guanabara. – Tânia Rêgo/Agência Brasil

Jorge e Barnabé também ficam felizes em ver a recuperação do manguezal. Já contribuíram muito para o replantio da região. “Tem carreira de mangue aí que foi a gente que plantou”, lembra.

A relação com a pesca é tanta que os dois constroem os barcos que usam. Jorge contou que a embarcação de madeira resiste até sete anos, quando então fazem a troca do fundo para as embarcações terem vida útil é de até 40 anos. A preocupação deles, é com o sumiço da profissão. As novas gerações buscaram níveis de escolaridade mais elevados e, os filhos, que antes seguiam o ofício dos pais, agora, se formam no nível superior para seguir outras carreiras. “Eles querem fazer informática, profissões ligadas a petróleo e gás”, acrescentou Barnabé.

“A riqueza de Itaboraí era a produção de laranja. Os filhos foram se formando e saindo e hoje acabou laranja em Itaboraí. Se arrumar um meio melhor de sobreviver não vai querer fazer. Isso aqui [a pesca] é uma aventura. Uma época ganha bem, outra não ganha nada. No verão vende bem, porque tem bastante caranguejo, mas nessa época o freguês some porque o caranguejo fica feio porque está mudando”, disse Jorge lembrando que a filha Niede que também foi pescadora, se formou em professora.

De acordo com Pedro Belga, apesar da recuperação atualmente restam apenas 23% das áreas de manguezal que foram encontradas pelos colonizadores quando chegaram ao Rio de Janeiro.

Currais

Uma outra região usada pelos pescadores para o seu sustento na Baía de Guanabara fica fora da área dos manguezais, em uma região mais aberta para a navegação onde existem 508 currais de pesca, que são armadilhas em que o peixe entra e não tem como sair. Este método era utilizado pelos indígenas, antes da chegada dos colonizadores e ainda é preservado. Este tipo de pesca foi proibido em 2008, assim não é possível construir novos currais. Na área, os pescadores instalaram marcações para identificação de corredores de navegação, cada uma tem a figura de um burrinho colorido.

“Eles fizeram essas marcações para facilitar a visão e evitar que as embarcações fiquem encalhadas. Eu mesmo já fiquei preso aqui durante umas quatro horas”, comentou durante o trajeto que conduzia a equipe da Agência Brasil na Baía de Guanabara.

Nas pontas dos bambus enterrados no fundo da baía, que formam os currais é possível ver alguns Trinta Réis de Bando, aves que migram no Canadá para o Brasil em busca de temperaturas mais quentes, mas parecem se ambientar bem e acabam ficando por mais tempo como os vistos no passeio feito pela reportagem. “Eles vêm passar o verão na Baía de Guanabara e alguns ficam até o inverno”, contou o pescador Aldeildo Malafaia, presidente da Cooperativa Manguezal Fluminense feliz em apontar mais uma ave que pode ser vista na região que ajuda a preservar. Fonte Agência Brasil

CTA resgata turistas após morte súbita de guia turístico no MA

Destacado


CTA resgata turistas após morte súbita de guia no Maranhão

CTA resgata turistas após morte súbita de guia no Maranhão

CTA resgata turistas após morte súbita de guia no Maranhão

Uma equipe do Centro Tático Aéreo (CTA) resgatou no sábado (13) um grupo de turistas que estava perdido dentro do Parque dos Lençóis Maranhenses, situado no município de Barreirinhas, a 252 km de São Luís, após um guia turístico identificado como Valter Mario dos Santos, de 51 anos, ter sofrido uma parada cardíaca fulminante, o que o levou a morte no local. Valter Mario estava acompanhando os turistas durante a visitação no parque.

Segundo a equipe do CTA após a parada cardíaca do guia turístico, os turistas pediram socorro à vítima por meio da frase “SOS” que foi escrita na areia por eles. Eles estavam em uma dimensão do parque, que é considerada uma área de difícil acesso.

O grupo do Centro Tático Aéreo iniciou as buscas com a ajuda de um helicóptero e após sobrevoar a área conseguiu localizar e resgatar os turistas, que foram levados para Barreirinhas, onde receberam cuidados médicos e posteriormente foram levados para a delegacia, onde prestaram depoimento sobre o caso.

Em seguida, o CTA realizou o translado do corpo do guia Valter Mario dos Santos, que foi entregue aos seus familiares. Uma equipe do Corpo de Bombeiros com o apoio da polícia local da cidade de Barreirinhas também participou da remoção do corpo do guia a fim de tomar as providências cabíveis. Fonte G1

Uma nova e revolucionária tecnologia é batizada de “MP3”

Destacado

Os representantes da Recording Industry Association of America (RIAA) não compareceram, em 1995, ao batismo de uma tecnologia incipiente que iria sacudir o seu modelo de negócios alguns anos depois e de forma definitiva. Com o nome de “MPEG-1 Audio Layer 3”, a tecnologia em questão foi um novo e eficaz formato para encodar áudio digital de alta qualidade, utilizando um algoritmo de compressão de dados altamente eficiente. Em outras palavras, foi um modo de tornar arquivos de música com qualidade de CD pequenos o suficiente para serem armazenados em um computador normal e transferidos de forma manejável pela internet. Lançado ao público uma semana antes, o mais novo formato MP3 recebeu seu nome e sua familiar extensão de arquivo, “.mp3”, em 14 de  julho de 1995. 

A importância do MP3, ou de qualquer outro arquivo de compressão de dados, foi alcançada através de uma aritmética simples. A música em um disco compacto é encodada de tal maneira que um único segundo corresponde a, aproximadamente, 176 mil bytes de dados, e um uma canção de 3 minutos a, em média, 32 milhões de bytes (32MB). Em meados dos anos 90, quando era comum que um PC tivesse uma capacidade total no HD de apenas 500MB, era impossível armazenar um único álbum de música em um computador doméstico. E dada a velocidade de conexão da época de 56K de linha discada em um modem, um único álbum levaria, literalmente, o dia inteiro para ser transferido. Dessa forma, a natureza do formato do CD e a condição dos computadores de meados dos anos 90 e das tecnologias de telecomunicação ofereciam à indústria da música uma barreira prática em relação à violação dos direitos autorais através da troca de arquivos pela internet. Mas, então, veio o MP3.

Ao longo dos anos 80 e início dos 90, várias equipes de engenheiros de som trabalharam para desenvolver, testar e aperfeiçoar o padrão de arquivos que viria a ganhar o nome de Motion Picture Experts Group (MPEG). A abordagem deles levou em consideração certas características físicas e cognitivas da audição humana, como nossa incapacidade de detectar dois sons silenciosos executados ao mesmo tempo. Utilizando um método de compressão “perceptual”, os engenheiros conseguiram eliminar mais de 90% dos dados em um arquivo padrão de CD de áudio, sem comprometer a qualidade do som como ele é percebido pelo ouvinte normal e tendo como suporte um equipamento standard de áudio.

De repente, a cópia digital de sua canção pop favorita passou a ocupar apenas 2-3 MB em seu HD, em vez de 32MB, o que, junto com o crescimento da capacidade de armazenamento dos drives e o surgimento da internet de banda larga, criou as condições para a violação desenfreada dos direitos autorais através do Winamp e do Napster, em 1999-2000, e para a distribuição comercial e legal de música digital através da internet. Para a RIAA, essas foram as condições que explicaram o declínio de 29% das vendas de CDs entre 2000 e 2006.

Populares reagem e assaltante acaba esfaqueado em Coroatá

Destacado

Um outro suspeito conseguiu se evadir do local com a motocicleta usada no crime. 


A polícia militar foi informada sobre uma tentativa de assalto nas imediações do Residencial Dom Reinaldo Punder por volta das 20h00 de sexta-feira (12), onde um dos criminosos, que é menor de idade das iniciais M. R. S, foi surpreendido por populares que perceberam o assalto e reagiram. O indivíduo acabou esfaqueado tendo sua ação frustrada.

O outro comparsa conseguiu se evadir do local com a motocicleta usada no crime.

O SAMU foi acionado assim como o Esquadrão Águia que esteve no local. O adolescente foi encaminhado para o Hospital Macrorregional de Coroatá onde passou por procedimento cirúrgico. Ele recebeu voz de prisão e foi entregue para o Agente de Polícia Civil de plantão, para que tomasse os procedimentos cabíveis.

No local a polícia ainda encontrou uma arma de fogo calibre 22 com 6 munições intactas e com numeração suprimida.

Em Codo o Serviço de Inteligência da Policia Militar prende dupla suspeita de varios arrombamentos

Destacado

Na tarde deste sábado 13/06/2019, O Serviço de Inteligência do 17° BPM conseguiu localizar e conduzir até a delegacia; Vinícius Vieira de Sousa e Walison Ferreira Rocha, os mesmos são suspeitos de estarem fazendo vários arrombamentos em estabelecimentos comerciais no centro da cidade, com eles foram encontrados uma (01) TV de LED de marca AOC (cor preta e de 32 polegadas) furtada do restaurante da RUTINÉIA localizado no centro da cidade e um (01) celular de marca positivo (cor preta) de procedência desconhecida. Os suspeitos foram entregues sem nenhuma lesão corporal na 4°DRPC para que as medidas cabíveis sejam tomadas pela autoridade competente .

*ASSCOM 17º BPM*

Boa Vista do Gurupi, Apicum-Açu e mais três municípios maranhenses têm FPM bloqueado

Destacado

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou um relatório com a lista de municípios que tiveram o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) bloqueado. Segundo a pasta, o bloqueio foi realizado devido a irregularidades junto à Receita Federal.
No Maranhão, cinco cidades tiveram os recursos deste dia 10 de julho bloqueados do FPM: Alto Alegre do Pindaré (prefeito Fufuca), Apicum-Açu (Claudio Cunha), Boa Vista do Gurupi (prefeito Batista), Conceição do Lago-Açu (prefeito Alexandre Lavepel) e Fortuna (prefeito Arlindo Filho).
O bloqueio do FPM dos municípios impede a liberação de recursos nos dias 20 e 30 de julho, até que a administração municipal realize a regularização junto à Receita.
De acordo com o parágrafo único do Artigo 160 da Constituição Federal, o repasse do FPM está condicionado a algumas normas. Débitos com o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a inscrição na dívida ativa pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) são alguns motivos que podem acarretar a suspensão das transferências.

90% dos casos de abusos de crianças e adolescentes do Maranhão são dentro da família

Destacado

1

Homem é preso em flagrante após estuprar criança no MA; Casal é preso suspeito de estuprar criança durante ritual no MA; Pai é preso em São Luís suspeito de estuprar a filha de 12 anos; Pai é preso após estuprar a própria filha dentro de hospital particular em São Luís; Polícia Civil prende dois acusados de estupro de vulnerável; Homem abusa da própria neta. Essas são só algumas das inúmeras manchetes que estamparam os noticiários locais desde o início do ano abordando os abusos e violência contra criança e adolescente. Somente nesta semana foram três casos no estado.

Quantas pessoas ao ler, assistir ou ouvir matérias desse tipo não ficaram com o coração apertado imaginando o que aquela criança passou? Quantas pessoas não ficaram estarrecidas, chocadas, com a violência, a brutalidade, a falta de humanidade para com uma criança ou adolescente? Só do início do ano até o mês de junho, já ocorreram 222 casos de violência contra criança e adolescente, somente na capital, segundo dados da Delegacia Proteção à Criança e ao Adolescente.

No último dia 10, a Polícia Civil prendeu dois homens acusados pelos crimes de estupros de vulnerável. Um deles identificado por José Ribamar Alves, 62 anos, foi preso no município de Icatu e teria abusado da sua própria neta de 11 anos, no último dia 9. O outro foi preso no município de Olho d’Água das Cunhãs e é o padastro da vítima.  Edmilson da Silva Marinho, 41, (foto abaixo) praticou o crime de estupro de vulnerável contra a sua enteada de 13 anos.

Em Barra do Corda, dois crimes chocaram. O primeiro deles ocorreu em fevereiro e o homem, Sebastião Alves de Sousa, de 32 anos, foi preso em flagrante após estuprar uma criança de apenas quatro anos.  Em abril, um casal foi preso suspeito de estuprar uma criança de 5 anos durante ritual, também em Barra do Corda. A criança era filha da mulher e os abusos cometidos na própria casa. Valdeir Fernandes Ferreira confessou que abusava da criança em companhia da mãe dela, Luana Cavalcante Alves, que negou a participação.

Em São Luís, Isaías Pereira da Silva foi preso em abril, suspeito de estuprar a filha de 12 anos. O crime aconteceu no povoado Tingidor, zona rural de Itapecuru-Mirim. Mais recentemente, em maio, o pai foi preso após estuprar a própria filha dentro de hospital particular em São Luís. Jonh Herberth Santos Borges, de 34 anos, foi preso em flagrante por policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) por crime de estupro de vulnerável, previsto no Artigo 217-A do Código Penal.

A vítima, de 10 anos de idade, estava internada. Funcionários do hospital presenciaram a violência sexual e comunicaram aos órgãos de proteção.

Perigo dentro de casa

A maior incidência do abuso sexual ocorre dentro da família ou com conhecidos. Isso representa cerca de 90% dos casos. As maiores vítimas têm entre 7 e 13 anos de idade e os bairros com maior ocorrências de casos são Cidade Operária e Cidade Olímpica, além de bairros da zona rural.

Segundo a delegada da DPCA, Ana Zélia Gomes, ameaça é o tipo de abuso mais frequente, seguido de lesão e abuso. “Mas não necessariamente os abusos são os que menos acontecem, são os que menos chegam ao nosso conhecimento. Porque esses crimes geralmente são praticados por alguém do ciclo dessa criança/adolescente e geralmente acaba não contando. Ou quando conta, a família às vezes não quer expor. Porque a partir do momento que a família se predispõe a ir a uma delegacia e relatar um  abuso, toda essa estrutura  familiar  desaba, embora seja de fachada porque está acontecendo uma abuso contra uma criança ou adolescente”, alerta a delegada.

Esses dados, segundo especialistas, geram uma questão: ou os casos de violência estão aumentando, ou as pessoas estão denunciando mais. De todo modo, revelam ainda o quanto ainda se está longe no combate à violência contra a criança e o adolescente.

Levantamentos do Disque 100 apontam que a maioria das denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes no Maranhão é de abuso sexual. Os números mostram ainda que o maior registro de notificações ocorre em maio, período de conscientização contra o abuso e a exploração sexual, e nos meses de janeiro, junho, novembro e dezembro, que coincidem com as férias escolares, festas e eventos populares.

Para a delegada Ana Zélia, o que facilita a prática desses crimes são as redes sociais, quando a criança e adolescente tem mais acesso e estão mais vulneráveis a abordagens externas. Mas dá para perceber os sinais de que algo está errado.  “Todo mundo hoje tem acesso a Internet, computador, celular, mas poucos são os pais que conseguem fazer um controle do conteúdo que esses filhos estão acessando. O primordial é o representante dessa criança ou adolescente prestar atenção. Porque 10% das vezes que a criança ou adolescente está sofrendo algum tipo de conduta criminosa ele dá sinais. Ou ele fica mais calado, irritado, o comportamento muda, mesmo ele não conseguindo verbalizar dá para perceber pelo comportamento. Esse é o primeiro passo”, constata a delegada.

Qualificação profissional

Recentemente a Prefeitura de São Luís e Canal Futura promoveram formação para enfrentamento à violência sexual contra crianças, com o curso Crescer Sem Violência, para profissionais de São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar que atuam na rede de proteção, defesa e promoção dos direitos da criança e do adolescente

De acordo com os dados da Secretária de Estado da Saúde, em 2018 foram registradas 119 ocorrências de violações de direitos em São Luís.

Os Creas realizaram 55 acompanhamentos no mesmo período. A maior incidência do abuso sexual ocorre dentro da família ou com conhecidos.

A violação dos direitos sexuais contra meninos e meninas trata-se de uma das expressões de violência e negação dos direitos humanos, tendo em vista, que viola a integridade física e psicológica de pessoas em fase de desenvolvimento e afetam o crescimento saudável.

A violência sexual pode ocorrer de duas formas: pelo abuso sexual ou pela exploração do corpo e da sexualidade de crianças e adolescentes.

A violência sexual contra crianças/adolescentes ocorre tanto por meio do abuso sexual intrafamiliar ou interpessoal, como na exploração sexual.

Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, podem se tornar mercadorias e assim serem utilizadas nas diversas formas de exploração sexual como: tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo.

Estupro de vulnerável

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos. A pena de reclusão é de 8 a 15 anos.

Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.

Se da conduta resulta lesão corporal de natureza grave a pena é  reclusão, de 10  a 20 anos; e se resulta em morte,  reclusão, de 12 a 30 anos.

Como denunciar

O Disque 100 é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes, especificamente, e contra os direitos humanos, em geral.

Ele funciona diariamente, de 8h às 22h, inclusive nos fins de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas por discagem direta e gratuita.

O que saber

  • O abuso e a exploração sexual são coisas distintas e fazem parte de um conceito mais amplo, que é a violência sexual;
  • O abuso sexual não envolve dinheiro ou gratificação e acontece quando uma criança ou adolescente é usado para estimulação ou satisfação sexual de um adulto, podendo ocorrer pela força, ameaça ou sedução, dentro ou fora do ambiente familiar;
  • A exploração sexual, por sua vez, pressupõe uma relação de mercantilização em que o sexo é fruto de uma troca, seja ela financeira, de favores ou presentes. Por vezes, crianças ou adolescentes são como objetos sexuais e mercadorias dos criminosos. Fonte O Imparcial

Diplomata e embaixador

Destacado

A carreira diplomática, seguindo os moldes da carreira militar, ambas carreiras de Estado, prevê uma progressão gradual de cargos que vai de terceiro-secretário a ministro de primeira classe.

Não existe o cargo de embaixador na carreira diplomática. Existe a função de embaixador, que é cargo de natureza política, por indicação privativa do Presidente da República em exercício, sujeito à dupla aprovação pela Comissão de Relações Exteriores e Plenário do Senado Federal.

Assim, muitos diplomatas que se auto-intitulam embaixadores são, na verdade, apenas ministro de primeira classe do quadro do Serviço Exterior do Brasil, como é o caso, por exemplo de Ernesto Araújo, atual Ministro das Relações Exteriores, que nunca passou pelo crivo do Senado Federal e não exerceu até o momento a função de Embaixador da república Federativa do Brasil.

Foi também o caso do ex-Secretário Geral do Itamaraty, Ministro de Primeira Classe Samuel Pinheiro Guimarães, que também nunca exerceu as funções de embaixador, mas exerceu, com muita influência, o segundo posto em importância na hierarquia funcional do Ministério.

Assim também muitos outros colegas que nunca chegaram a ser embaixador do Brasil, mas que, na maioria dos casos, por motivos políticos e, em poucos, por mérito, chegaram a ser promovidos a ministros de primeira classe passaram a se denominar embaixadores, de forma fantasiosa, e com grande irritação quando chamados apenas de ministros, o que era apenas a realidade legal.

As funções de embaixador são privativas dos ministros de primeira classe, preferencialmente, e também dos ministros de segunda classe, em comissão. Ambos, os de primeira e os de segunda classe, só adquirem legalmente o título de embaixador após a passagem pelo ritual de indicação do Presidente da República, sabatina e dupla aprovação pelo Senado Federal.

Sem a passagem por esse ritual, são ministros da carreira diplomática, e só. Não são embaixadores.

A Constituição prevê a possibilidade de indicação de embaixadores que não sejam da carreira diplomática, desde que sejam reconhecidos, ou reconhecidas, como pessoas de notável saber e com relevantes serviços prestados ao país, o que foi o caso de Delfim Netto, em Paris, de alguns generais no regime militar, e de Negrão de Lima, José Aparecido de Oliveira e Itamar Franco, em Lisboa.

Itamar quase passou pelo vexame de ter o seu nome reprovado na Comissão de Relações Exteriores por articulação de adversários políticos, e foi um excelente embaixador em Lisboa, dando continuidade ao trabalho de José Aparecido de Oliveira, o formulador e criador da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

A maioria dos colegas que são ministros de primeira classe, mas nunca foram e não são embaixadores, às vezes, de forma autoritária, ridícula e risível, punem subordinados que não se lembrarem de dar-lhes um título que não lhe cabe.

Ora, para tanta sensibilidade, por que não mudar a lei e dizer em novo texto que para ser embaixador é apenas necessária a promoção a ministro de primeira classe, sem indicação presidencial e sem intervenção do Senado Federal para aprovação neste cargo de representante pessoal do Presidente da República, do governo em exercício, e do Estado e do povo brasileiro?

“Sic Transit Gloria Mundi”, como diz um querido colega e amigo. Claro ou não claro.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.

PRESO EM CONDOMÍNIO DE LUXO ASSALTANTE ENVOLVIDO EM EXPLOSÃO DO BANCO DO BRASIL DO CALHAU

Destacado

1A polícia prendeu mais um dos envolvidos na explosão da agência do Banco do Brasil no Calhau.  O acusado identificado como Davidson Araújo da Silva,  conhecido como “Dimas”, foi preso em um condomínio de alto padrão no Altos do Calhau, onde reside com os pais. “Dimas” teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e foi preso por policiais do Departamento de Combate à Roubo a Instituições Financeiras da Seic. O ataque a agência do Banco do Brasil no Calhau ocorreu na madrugada do dia 3 de junho deste ano. Os bandidos usaram explosivos e deixaram a agência parcialmente destruída.  Após a prisão de “Dimas” a polícia segue nas investigações para localizar e prender os outros integrantes da quadrilha. O assaltante preso foi encaminhado para o Complexo Penitenciário São Luís.

10% das crianças no Maranhão estão obesas e com sobrepeso, diz Pastoral da Criança

Destacado

Dados das 30 mil crianças acompanhadas pela Pastoral da Criança foram processados por meio de um aplicativo usado pelo grupo, que avalia o modo com as elas se alimentam.

Por Sidney Pereira — São Luís, MA


Aplicativo da Pastoral da Criança no Maranhão monitora como as crianças se alimentamJMTV 2ª Edição00:00/03:29

Aplicativo da Pastoral da Criança no Maranhão monitora como as crianças se alimentam

Aplicativo da Pastoral da Criança no Maranhão monitora como as crianças se alimentam

No Maranhão o número de crianças obesas já é maior do que a desnutrição infantil, de acordo com os dados da Pastoral da Criança. Das 30 mil crianças maranhenses que são avaliadas pelo grupo, 3% estão obesas e quase 7% delas estão com sobrepeso.

Os dados foram processados por meio de um aplicativo usado pela Pastoral da Criança, que avalia o modo com as crianças estão se alimentando. As agentes conferem o peso e a altura das crianças, e em seguida, os dados são processados com o resultado final. O acompanhamento é realizado desde a gestação.

“Muitas vezes a pessoa não percebe que seu filho está passando por essa falta de nutrientes, falta de alimentação na sua casa. E ai muitas vezes a mãe dá certos alimentos que causam obesidade”, explica Adriana Aleixo, coordenadora da Pastoral da Criança no Maranhão.

Aplicativo da Pastoral da Criança monitora como elas se alimentam e se estão com sobrepeso. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Aplicativo da Pastoral da Criança monitora como elas se alimentam e se estão com sobrepeso. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Dona Gerusa, mãe de Carlos Antônio descobriu que o filho estava com sobrepeso aos sete meses. A criança deixou de mamar aos quatro meses e desde então, ele se alimenta com mingau feito a base de água e farinha de mandioca. Ao alimentar o bebê com a mistura, a mãe não desconfiava que a criança pudesse estar com risco de se tornar obeso.

As agentes da Pastoral da Criança, que completa este ano 35 anos de atuação no Maranhão, estão preocupadas com os números que são obtidos ao longo dos anos, já que a obesidade pode levar as crianças a desenvolverem doenças como o diabetes.

Mãe do bebê Carlos só descobriu que ele estava com sobrepeso aos sete meses de idade. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Mãe do bebê Carlos só descobriu que ele estava com sobrepeso aos sete meses de idade. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Fome oculta

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) a fome oculta afeta 1/3 da população mundial. O problema consiste na falta de vitaminas e minerais no organismo das crianças, que pode ocasionar no desenvolvimento de doenças graves. De acordo com a OMS, essa parte da população não tem acesso à comida como verduras e legumes, que são essenciais para o desenvolvimento saudável do ser humano.

O drama da fome nas regiões mais pobres do planeta, tem despertado o interesse de voluntários que tentam mudar o modo como as pessoas comem. No Maranhão, um projeto financiado pelo Banco Mundial e pela Fundação Bill e Melinda Gates, donos da empresa Microsoft, tem ensinado famílias de 30 municípios do estado a plantar e colher alimentos biofortificados e ricos em nutrientes.

Famílias do Maranhão estão reaprendendo a se alimentar através de projetos sociais.  — Foto: Reprodução/TV Mirante

Famílias do Maranhão estão reaprendendo a se alimentar através de projetos sociais. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Legumes como a batata, são enriquecidos e após a colheita é possível perceber a diferença. A cor alaranjada representa que aquele legume tem dez vezes mais betacaroteno, um poderoso antioxidante bem mais nutritivo que batatas comuns. Além do Maranhão, a experiência tem sido realizada nos estados do Piauí e Rio Grande do Sul e deve servir de modelo para projetos que serão implantados no Caribe.

A mudança tem agradado as famílias maranhenses que tem reaprendido como se alimentar da maneira correta. “As verduras e os legumes com mais vitaminas são os melhores. Fica até melhor para o nosso bolso, em vez de comprar, o que nós consumimos já tem a vitamina”, disse o lavrador Antônio Rodrigues.

Enquanto bairros ficam sem água, prefeitura de Santa Inês abastece piscina de vereador e causa revolta

Destacado

Moradores dos bairros mais afetados pela ausência do líquido precioso para beber, lavar e tomar banhos, estão revoltados com a Prefeitura de Santa Inês. Enquanto eles enfrentam o problema tendo que comprar água de carroceiros ou de caminhões pipas, um vereador tem a sua piscina abastecida por carro pipa da prefeitura. O vídeo abaixo mostra o carro pipa enchendo a piscina da casa do vereador Uchôa, no bairro Jardim Brasília.

POLÍCIA PRENDE HOMEM QUE MATOU A FACADAS EX-COMPANHEIRA GRÁVIDA EM ZONA RURAL DE ANAPURUS/MA

Destacado

O indivíduo EDMILSON DOS SANTOS, que matou a facadas sua ex-companheira Raimunda Ferreira Barbosa, 34 anos, foi preso por uma equipe da PM lotada no Destacamento de Anapurus. Ele estava escondido na localidade Facão, interior do município de Anapurus, a 45 km de Buriti-MA.

SOBRE O FEMINICÍDIO O crime brutal ocorreu na madrugada do último domingo 7/7, no povoado Recanto do Inferno, interior do município de Anapurus. Raimunda Ferreira Barbosa, de 34 anos de idade, foi assassinada com golpes de faca pelo o ex-companheiro EDMILSON DOS SANTOS.  Segundo familiares da vítima, o feminicídio aconteceu após uma discussão entre o autor e a vítima, durante uma festa.

Inconformado com o fim do relacionamento, Edmilson desferiu golpes de faca que atingiram a vítima nas costas, na nuca, no peito e na garganta. Raimunda veio a óbito por volta das 5h, no Hospital Municipal da cidade de Anapurus.Equipes da PM foi à captura do assassino, que se evadiu do local do crime. A vítima estaria grávida de três meses e o casal residia no povoado Carnaúba.

Motociclista morre ao colidir com caminhão na BR-316, no Maranhão

Destacado

Maranhão

Os dois veículos subiam um aclive quando o caminhão pegou uma faixa destinada a veículos lentos, causando a colisão traseira que matou o motociclista Flávio Júnior Pinto de Medeiros, de 29 anos.

Por G1 MA — São Luís


Acidente foi registrado na noite desta sexta-feira (13) na BR-316, no Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

Acidente foi registrado na noite desta sexta-feira (13) na BR-316, no Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

Na noite desta sexta-feira (12), um acidente entre uma moto e um caminhão terminou com uma morte no km 579,1 da BR-316, no povoado Breginho que fica localizado entre os municípios de Caxias e Timon.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 21h10. Os dois veículos subiam um aclive quando o caminhão pegou a terceira faixa (destinadas para veículos lentos). O motociclista, identificado como Flávio Júnior Pinto Medeiros, de 29 anos, acabou colidindo com a traseira do caminhão.

Flávio ficou gravemente ferido e acabou morrendo, mesmo após ter sido socorrido por uma ambulância e levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O condutor do caminhão foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil em Caxias para prestar depoimento.

Flávio Júnior Pinto Medeiros, de 29 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

Flávio Júnior Pinto Medeiros, de 29 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA)

Glenn recebe em Paraty o que doravante irá ocorrer onde estiver

Destacado

Foto ilustrativa

Se as autoridades não fazem nada para frear a escalada do pseudo jornalista Glenn Greenwald no submundo do crime, a população resolveu fazer, de forma altiva e organizada.

Assim ocorreu nesta sexta-feira (12) na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro.

Uma palestra do picareta americano estava prevista para começas às 19 horas. O povo não permitiu.

A manifestação incessante da sociedade de Paraty impediu que Glenn falasse no evento.

O ato de repúdio foi convocado pelas redes sociais e revestiu-se de pleno êxito.

da Redação

Já é tradição o lava pratos do São João em Nina Rodrigues

Destacado

A cidade de Nina Rodrigues se diferencia das demais, em função de diversos aspectos e um deles é o tradicional lava pratos de São João. A festa acontecerá hoje (13), na praça Rui Costa e terá atrações como a cantora Mayara Lins e o boi de Nina Rodrigues que é referência nos arraias do estado do Maranhão e leva o nome da cidade para além das fronteiras. Além disso, terá os bois Mocidade de Nina Rodrigues, Pingo de ouro e forró Resteg.


Sem dúvidas é um evento imperdível.

TIRO EM SANTA RITA: DUPLA É PRESA EM AÇÃO CONJUNTA ENTRE AS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR, APÓS ASSALTO

Destacado

Era noite de sexta-feira (12), quando a guarnição foi informada através da equipe de agentes da Polícia Civil, que dois indivíduos, Alessandro Guimarães 21 anos morador pov. Carionguinho e um menor das iniciais G . G 17 anos morador pov. Carionguinho, em uma moto Bros Preta efetuaram um assalto e fizeram um disparo de arma de fogo em via pública, na Travessa Bandeirantes.
A vítima informou que a dupla seguiu em fuga para o Bairro Gonçalo, em Santa Rita. A GU Juntamente com apoio da Polícia Civil fazendo ronda no referido bairro, avistou dois indivíduos em uma moto Honda  Bros Preta , que ao, avistarem  as viaturas empreenderam fuga,  e logo perderam o controle da moto e caíram, houve uma tentativa de fuga para um  Matagal , mais sem êxito.

Os mesmos estavam de posse dos pertences da vítima, e com a arma de fogo tipo garruncha; os conduzidos  foram apresentados na DP de Rosário sem lesões corporais, para as devidas providências.
Material Apreendido:1- Celular Samsung Preto 1- Celular Samsung Prata1- Garrucha1- Moto Honda Bros NXA4942

ITAPECURÚ-MIRIM: “DEDO DURO” É PRESO POR SUSPEITA DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL DE 11 ANOS DE IDADE

Destacado

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia Especial da Mulher de Itapecuru-Mirim, deu cumprimento na última sexta-feira (12) ao mandado de prisão preventiva decretado em desfavor de José Ribamar Siqueira, conhecido como “ Dedo Duro” pela prática do crime de estupro de vulnerável. 
De acordo com informações, “Dedo Duro” seria vizinho da vítima, uma criança de 11 anos, e teria praticado os abusos sexuais oferecendo pequenas quantias de dinheiro em troca da prática sexual.  
A operação policial ocorreu no Bairro Torre, Itapecuru Mirim/MA e foi comandada pela Delegada Tainara Mendes Cunha.

Vereador mata prefeito em briga por causa de cerca, em Minas Gerais

Destacado

sábado, julho 13, 2019 | Postado por Blog do Neto Weba | | 

Naque (MG) – O prefeito de um município mineiro distante 258 km da capital, Belo Horizonte, foi morto com seis tiros na manhã deste sábado (13/07/2019), após uma discussão com um vereador da mesma cidade. Segundo a Polícia Militar , Hélio Pinto de Carvalho (PSDB-Mg), o prefeito, discutiu com Marcos Alves de Lima (PSDC-MG) quando foi alvejado. O motivo, ainda segundo a PMMG, teria sido por conta de uma cerca que o tucano queria impedir que Alves instalasse, na intenção de demarcar territórios.
A PM de Naque (MG) disse ao G1 que Lima tem um lote no município. O prefeito quis impedir a demarcação, o que gerou o desentendimento. Segundo testemunhas, Carvalho teria agredido o vereador com chicotadas quando ele sacou a arma e abriu fogo.
O prefeito chegou a ser socorrido e encaminhado a um hospital em Ipatinga, cidade a 40 quilômetros de distância de onde ocorreu o crime. Apesar dos esforços, ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 9h50. Os disparos foram efetuados contra o tórax e as pernas da vítima.
Lima fugiu, mas foi detido em Governador Valadares (MG). Às autoridades, o vereador afirmou que atirou para se defender: ele apresentou as escoriações no corpo, que teriam acontecido durante uma luta corporal com Carvalho. O caso será investigado pela Polícia Civil de Ipatinga.
G1 MG

Presos suspeitos de executar homem em posto de Igarapé Grande, no MA; Veja vídeo

Destacado

Crime foi flagrado por câmeras da região. Cleberson Rodrigues da Silva ainda tentou fugir, mas morreu após bater o carro e receber mais tiros dos criminosos.

Por Rafael Cardoso, G1 MA — São Luís


Motorista é alvejado ao abastecer carro em Igarapé Grande — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Motorista é alvejado ao abastecer carro em Igarapé Grande — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (12) dois homens suspeitos de participar do assassinato de Cleberson Rodrigues da Silva, conhecido como “Cutia”. Ele foi morto a tiros no dia 1º de julho enquanto abastecia o carro na cidade de Igarapé Grande, a cerca de 235 km de São Luís. Confira no vídeo.

Vídeo mostra homem sendo alvejado dentro de carro em Igarapé GrandeG1 MA–:–/–:–

Vídeo mostra homem sendo alvejado dentro de carro em Igarapé Grande

Vídeo mostra homem sendo alvejado dentro de carro em Igarapé Grande

Após investigações, a polícia atribuiu o assassinato a Timótio Mendes de Meneses e Fábio de Sousa Silva, conhecido como “Fabinho”. Os dois foram presos na cidade de Pedreiras após mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela justiça. A polícia já sabe a motivação do crime, mas não quis informar para não atrapalhar as investigações.

Fabinho e Timóteo foram presos em Pedreiras nesta sexta (12) por suspeita de participação na morte de Cleberson em Igarapé Grande, no MA — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fabinho e Timóteo foram presos em Pedreiras nesta sexta (12) por suspeita de participação na morte de Cleberson em Igarapé Grande, no MA — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O crime

De acordo com o delegado Diego Maciel, o crime aconteceu por volta das 15h, quando Cleberson parou seu carro para abastecer em um posto de gasolina nas imediações da MA-122. Durante o abastecimento, dois homens em uma moto pararam em frente ao veículo. Um deles sacou uma arma e efetuou aproximadamente nove disparos contra a vítima.

Cleberson ainda tentou fugir, mas bateu o carro contra um poste. No local, os dois homens finalizaram a execução do crime. Após o caso, a Polícia Civil fez perícias e buscas pela região, identificou os suspeitos e conseguiu prendê-los nesta sexta (12).

A polícia diz ainda que foi Timótio quem efetuou os disparos. Ele e Fabinho serão encaminhados neste sábado (13) para a Unidade Regional Prisional de Pedreiras e responderão na Justiça pelo crime de homicídio qualificado.

A capacitação para o servidor público em Vargem Grande é urgente e necessária.

Destacado

O Instituto Legislativo Brasileiro e a Controladoria Geral do Distrito Federal, em parceria, assinaram um protocolo de intenções para fortalecer a capacitação dos servidores do DF. Em outros entes da federação, municípios estão promovendo capacitação para professores da educação infantil e fundamental, graças a avaliação que foi divulgada recentemente do nível da educação do Brasil comparado com outros países da América do Sul. E esses dados são de anos anteriores.

Essa preocupação desses governantes nos remete a uma reflexão sobre a qualidade e a habilitação do servidor público do município de Vargem Grande, na função que ocupa. Muitos estão nas funções que lhe foram concedidas, mais perdidos que cego em tiroteio. E pelo que se sabe, a qualidade administrativa, é uma necessidade para que o município se desenvolva e atinja níveis por todos desejados.

É prática comum no interior do Maranhão, não se verificar a competência ou a capacidade para um servidor exercer determinada função. O escolhido, quase sempre é pela sua capacidade de influência política,e poucas vezes pela sua aptidão e competência para o cargo.

Participei e acompanhei várias manifestações populares do Sindicato dos servidores públicos do município, e em nenhuma delas, vi o servidor manifestando o desejo de conhecer melhor a função que ocupa e a sua capacitação para o exercício da função.

Existem excelentes professores que não são bons administradores. Bons Doutores, que também não são bons gestores. Não necessariamente a capacidade profissional para o qual está habilitado o ser humano, é a mesma para a direção administrativa de órgãos ou entes federativos.

Por que não aproveitamos o momento, para qualificar e adequar o profissional às funções que ocupam no município? Estamos priorizando construções suntuosas e talvez, esquecendo quem nelas vai trabalhar. É claro que devemos enfeitar o boi, mas sem deixar de lado, o treinamento do brincante que veste a couraça e vai brincar debaixo.

O administrador em qualquer esfera, tem que ser antes de tudo corajoso e determinado, para que possa deixar impressa as suas digitais na história do município. Parodiando o que diz o padre Antonio , Ou o administrador toca fogo na sua administração, ou joga sua administração no fogo.

Hoje na História: A Primeira Copa do Mundo

Destacado


Em 13 de julho de 1930, a França derrotou o México por 4×1 e os EUA venceram a Bélgica por 3×0 nos primeiros jogos da Copa do Mundo de futebol, jogados simultaneamente na cidade anfitriã, em Montevidéu, no Uruguai. Desde então, a Copa do Mundo se tornou o evento esportivo mais assistido do mundo.

Depois da decisão de 1929, de excluir o futebol da programação dos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1932), o presidente da FIFA, Jules Rimet, ajudou a organizar um torneio internacional em 1930. Para a decepção de muitos futebolistas europeus, o Uruguai, vencedor consecutivo da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1924, em Paris, e de 1928, em Amsterdã, foi escolhido para sediar a Copa do Mundo inaugural.

Por causa da depressão na Europa, muitos jogadores desse continente, com medo de perder seus empregos diurnos, não foram capazes ou não quiseram participar do torneio. Como resultado, algumas das equipes mais qualificadas da Europa, como a Inglaterra (três vezes medalhista de ouro olímpica), a Itália, a Espanha, a Alemanha e a Holanda não puderam participar da primeira Copa do Mundo. No entanto, quando o Uruguai aceitou pagar as despesas de viagem, Rimet conseguiu convencer a Bélgica, a França, a Romênia e a Iugoslávia a atravessarem o oceano. Na Romênia, o rei Carlos II escolheu sozinho os jogadores da equipe, deu-lhes férias de três meses de seus trabalhos e lhes garantiu que estariam empregados ao retornarem.

Dos que participaram do torneio, Uruguai e Argentina eram os favoritos absolutos, enquanto França e EUA também eram adversários fortes. Na primeira rodada, o francês Lucien Laurent marcou o primeiro gol da história das Copas do Mundo. Na segunda partida, a França perdeu de 1×0 para a Argentina em meio a uma controvérsia: os árbitros terminaram a partida seis minutos antes do tempo normal. Assim que foi descoberto o problema, os árbitros tiveram que trazer os jogadores argentinos de volta ao campo para jogar os minutos finais. O Brasil venceu a Bolívia por 4×0, mas por ter perdido de 2×1 para a Iugoslávia na primeira partida, acabou não se classificando para a fase final.

Na primeira final de Copa do Mundo, realizada em 30 de julho, 93 mil espectadores foram assistir ao Uruguai derrotar a Argentina por 4-2 em uma reprise do jogo que valeu a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1928. O Uruguai veio a ganhar sua segunda Copa do Mundo em 1950, de forma traumática para a equipe brasileira, que perdeu de 2×1 em um Maracanã lotado e com o favoritismo ao seu lado.

A compra de votos e a corrupção

Destacado

Roberto Veloso

Um dos maiores problemas das eleições é a compra de votos, que desnatura completamente o conceito de representação popular, consagrada na Constituição Federal. Diz a Carta Magna, no parágrafo único do art. 1º, que todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente.

Se o voto é obtido mediante corrupção, o eleito não tem compromisso com o eleitor – detentor da soberania popular -, por isso a malversação do dinheiro público. Toda a administração fica contaminada e a população sofre com a falta de serviços públicos de qualidade. O dinheiro utilizado para a compra de votos é tomado de volta dos cofres públicos, muitas vezes em espécie na agência bancária.

A corrupção eleitoral é assim geradora da corrupção na administração pública, que se vê assaltada pelos inescrupulosos e malfeitores eleitos com o voto comprado, muitas vezes a preço vil. Por isso, várias entidades, ainda no ano de 1998, conseguiram inserir o art. 41-A na Lei 9.504/97, a Lei das Eleições.i

No que concerne à captação ilícita de sufrágio, o uso indevido do poder econômico e/ou político se destinará à dação, oferecimento, promessa ou entrega de bens ou promessa de qualquer vantagem, com o fim de obter o voto do eleitor.

Não vende o voto apenas quem recebe R$ 100,00 ou um remédio ou uma dentadura. Há também a compra quando alguém vota em um sujeito porque ele prometeu regularizar um lote clandestino em uma invasão. A cultura da compra do voto é tão forte, que muitos eleitores se acostumaram a só votar se houver o recebimento de uma vantagem.

Entre as condutas julgadas pela Justiça Eleitoral passíveis de ensejar a cassação do diploma por corrupção eleitoral podemos destacar: a) doação de cestas básicas; b) fornecimento de carteira de habilitação; c) distribuição de padrão de luz; d) manutenção em período eleitoral de “cursinho pré-vestibular” gratuito; e) oferta de emprego; f) depósito de quantia em dinheiro em contas-salário; g) distribuição de vales-compra de um supermercado; h) distribuição de dinheiro em espécie.

Desde a aprovação desse dispositivo até os dias atuais muitos mandatos foram cassados em razão da corrupção eleitoral, mas ainda é preciso avançar muito, porque a maioria das ações é realizada longe dos olhos da Justiça Eleitoral. Para isso é preciso o envolvimento de toda a população denunciando os corruptos e confiando na ação dos promotores e juízes na punição dos responsáveis.

O surgimento da possibilidade de ser cassado o registro ou diploma em razão da compra de apenas um voto representou um avanço enorme no ordenamento jurídico brasileiro. Essa possibilidade somente se tornou possível pela mobilização da sociedade brasileira, que, utilizando-se do exercício da democracia direta estabelecida na Constituição, propôs um projeto de lei de iniciativa popular, depois aprovado pelo Congresso Nacional.

Infelizmente, há ainda um movimento forte em defesa dos corruptos. A dificuldade para punir quem pratica desvio de dinheiro público no Brasil é imensa. Mobilizam-se autoridades, setores da imprensa e pessoas ligadas aos criminosos para criarem todas as dificuldades possíveis a fim de a velha prática continuar a campear, aumentando a pobreza e a má prestação dos serviços públicos.

A compra de votos é maior onde não há educação e acesso à informação. A pobreza e o analfabetismo são campos propícios para a propagação de condutas dessa natureza, muitas vezes acobertada pela ausência de estrutura da máquina fiscalizadora e controlada, no caso, polícia, corte de contas e Ministério Público.

Uma das formas de combater a corrupção eleitoral é aumentar a qualidade de vida da população, com educação, emprego e acesso à informação.

Roberto Veloso

Assaltantes invadem agência dos Correios e fazem reféns em Lago da Pedra

Destacado

edra; VÍDEO

Polícia precisou negociar com os dois assaltantes a libertação de um vigilante feito de refém.

Por G1 MA — São Luís


Dupla que assalto a agência dos Correios de Lago da Pedra na manhã desta sexta-feira (12) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Dupla que assalto a agência dos Correios de Lago da Pedra na manhã desta sexta-feira (12) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na manhã desta sexta-feira (12), dois homens invadiram uma agência dos Correios e fizeram um vigilante de refém em Lago da Pedra, a 245 km de São Luís. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 10h da manhã, dois homens entraram no local se passando por clientes. Eles renderam os vigilantes, anunciaram o assalto e exigiram do gerente a senha do cofre. Depois, ainda roubaram clientes e o dinheiro dos guichês.

Ao saber do caso, viaturas das polícias civil e militar conseguiram chegar ao local ainda durante o assalto e cercaram a agência. Testemunhas registraram o momento em que um dos assaltantes fez um vigilante e outro homem de refém, mas acabou se entregando após negociação com a polícia. Confira.

Momento em que os assaltantes se entregam durante roubo aos Correios de Lago da PedraG1 MA–:–/–:–

Momento em que os assaltantes se entregam durante roubo aos Correios de Lago da Pedra

Momento em que os assaltantes se entregam durante roubo aos Correios de Lago da Pedra

Após serem presos, a dupla foi encaminhada para a Delegacia de Lago da Pedra. O inquérito do crime será feito pela Polícia Federal.Fonte G1

INSS começa pente-fino em benefícios com suspeitas de irregularidades

Destacado

Meta é analisar 3 milhões de pagamenos suspeitos em 18 meses

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou hoje (12) a revisão de benefícios que apresentaram indícios de irregularidades  A meta é analisar cerca de três milhões de pagamentos suspeitos pelos próximos 18 meses. As regras foram publicadas nesta sexta-feira (12) no Diário Oficial da União (DOU).

A força-tarefa montada pelo órgão também vai permitir que pedidos de benefícios que estão pendentes de análise a mais de 45 dias possam ser avaliados. Segundo INSS, nas próximas semanas, os segurados que tiverem algum tipo de inconsistência receberão uma notificação por meio de seus bancos. Uma carta também poderá ser enviada à residência do segurado, caso seja necessário efetivar o contato.

No primeiro semestre, antes do início da revisão, 806 mil notificações foram enviadas para que os segurados esclareçam inconsistências encontradas no pagamento dos benefícios.

A revisão é fruto da lei de combate a fraudes previdenciárias, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no mês passado. Por Agência Brasil

Peão que foi pisoteado por touro na Expoimp em Imperatriz, ficou paraplégico

Destacado

Ainda em estado grave no Hospital Municipal de Imperatriz, Rodrigo Sousa de Melo, 31 anos, que caiu ontem à noite quando participava de um rodeio na Expoimp e foi bastante pisoteado por um touro bravo. De acordo com os primeiros boletins médicos, o jovem teve traumatismo na coluna e ficou paraplégico. 

Inaugurações em Vargem Grande e a festa nas redes sociais

Destacado

Acompanho com prazer a distância, os acontecimentos da minha amada cidade, e vejo com alegria, o sentimento que domina os amigos e correligionários do prefeito Carlinhos Barros, a cada obra que é inaugurada no município.

Resultado de imagem para festa redes sociais ilustração
Imagem ilustrativa

Vi nas redes sociais a inauguração da escola Tertuliano Torquato de Mesquita na Zona Rural do município. E para alegria dos estudantes, pais e professores daquela povoação, uma escola climatizada. Fiquei deveras feliz, e não podia ser outro o sentimento de quem ama a nossa Vargem Grande.

Confesso que recebi inúmeros telefonemas do contraditório, e por dever de ofício,fui obrigado a checaras informações. Vejam como os sentimentos de tristeza e alegria, nos dominam com frequência.

Fui informado que nos povoados Pedra Grande do Adelino, este primeiro semestre do ano de 2019, os alunos tiveram apenas 14 aulas. Outros povoados como Poço D`água e Aroeira, as aulas começaram na semana passada. E as desculpas para que isso tenha acontecido, alegam que foi o inverno.

Ora,inverno sempre tivemos e teremos. Essa justificativa aceita-se,mas não convence. Pois se foi o inverno o responsável pela falta de aulas na maioria das escolas da Zona Rural, não adianta construir nem reformar unidades escolares nessas povoações. De nada adiantarão, porque invernos todos os anos teremos, e por conseguinte, não teremos aulas no período invernoso.

A Zona Rural requer estradas que tenham condições de trafego durante todo o ano. Com dificuldades e problemas, as administrações anteriores atendiam a população rural e não buscavam justificativas no injustificável.

Prefeito Carlinhos, parabenizo-o pela coragem de construir escolas que oferecem plenas condições de melhoria de ensino. Mas essa competência também, tem que passar pelas nossas estradas vicinais, que reclamam urgência de melhorias,para que as escolas erigidas não sejam meros elefantes brancos e sim, locais de verdadeiro aprendizado..

Ação da PF em 5 estados mira esquema de desmatamento ilegal que movimentou R$ 80 milhões

Destacado

Operação cumpre 70 medidas judiciais contra 22 madeireiras suspeitas de envolvimento em esquema de fraude. PF identificou desmatamento de 260.000 metros cúbicos de madeira, o suficiente para encher 8 mil caminhões.


Ação envolve mais de 150 policiais federais em RR, AM, MA, PA e MT — Foto: Divulgação/PF

Ação envolve mais de 150 policiais federais em RR, AM, MA, PA e MT — Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou a operação Florestas de Papel em Roraima, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão e Pará nesta sexta-feira (12) A ação mira um esquema de desmatamento ilegal na Amazônia que movimentou pelo menos R$ 80 milhões.

Até as 12h (13 de Brasília), quatro pessoas já haviam sido presas e uma estava foragida. Entre os presos há um empresário que estava de férias em Fortaleza. Ele é apontado como um dos principais beneficiários do esquema e tem oito empresas em seu nome.

Ao todo, foram expedidos oito mandados de prisão 56 de busca e apreensão e quatro de suspensão de atividades econômicas. De acordo com a PF, há alvos com mais de um mandado de prisão por serem investigados em mais de um processo.

A operação mira 22 madeireiras que cometeram as irregularidades entre 2014 e 2017, principalmente no Sul de Roraima. Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara da Seção Judiciária do estado.

Nas investigações, a PF identificou o desmatamento de 260.000 metros cúbicos de madeira, o suficiente para encher 8 mil caminhões.

Polícia Federal faz operação em 5 estados contra o desmatamento ilegal da AmazôniaBom Dia Brasil–:–/–:–

Polícia Federal faz operação em 5 estados contra o desmatamento ilegal da Amazônia

Polícia Federal faz operação em 5 estados contra o desmatamento ilegal da Amazônia

Segundo a polícia, os donos das firmas usavam laranjas e empresas de fachada para conseguir a emissão de DOFs, licença exigida para transporte e armazenamento de produtos e subprodutos florestais de origem nativa, como toras de madeira e madeira serrada.

As fraudes eram feitas no SISDOF, sistema do IBAMA que gerencia a expedição dos Documentos de Origem Florestal (DOF).

“A PF identificou mais de 91.000 metros cúbicos de madeira serrada que teriam sido “regularizadas” mediante fraude. Convertidas em toras de madeira, este quantitativo se aproxima de 260.000 metros cúbicos, ou 120.000 toras, o suficiente para carregar aproximadamente 8 mil caminhões”, detalhou a PF.

PF cumpriu mandados em madeireiras  — Foto: Divulgação/PF

PF cumpriu mandados em madeireiras — Foto: Divulgação/PF

Dentre as espécies desmatadas encontravam-se Ipês, Cedros, Maçarandubas, Aroeiras e Jacarandás, dentre outras. No mercado, o valor das madeiras envolvidas na fraude poderia chegar a quase R$ 80 milhões Fonte G! Ma

Polícia cumpre mandado de prisão contra suspeito de explodir agência bancária no MA

Destacado


Valdenir Coelho Granja foi encaminhado  para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís — Foto: Divulgação/Polícia

Valdenir Coelho Granja foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís — Foto: Divulgação/Polícia

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) junto com o Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF) deu cumprimento na quarta-feira (10), em São Luís, a um mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Aparecida de Goiânia, no estado do Goiás, em desfavor de Valdenir Coelho Granja, também conhecido como “TG”. Ele é suspeito de ser um dos integrantes da associação criminosa responsável por explosões em agências bancárias e terminais de autoatendimento nos estados do Goiás, Pará e Maranhão.

Segundo a polícia, Valdenir Coelho foi preso em um condomínio, situado no bairro Forquilha, na capital , onde ele estava residindo há alguns meses. Na ocasião, ele também foi preso em flagrante pela posse de uma pistola calibre 380, com numeração suprimida e uso de documentos falsos.

De acordo com a polícia, após investigações os policiais conseguiram identificar o suspeito Valdenir Coelho como um dos participantes na explosão do Banco do Bradesco na cidade de Penalva, a 255 km de São Luís, ocorrido na madrugada do último dia 8 de junho deste ano.

Na ocasião da ação criminosa em Penalva os criminosos destruíram a referida agência utilizando-se de artefatos explosivos. As investigações continuam com o intuito de identificar, localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa.

Após os procedimentos legais, Valdenir Coelho Granja foi preso e encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital, onde ele ficará à disposição da Justiça.

Polícia apreendeu uma pistola calibre 380 com numeração suprimida que estava em poder de Valdenir Coelho Granja — Foto: Divulgação/Polícia

Polícia apreendeu uma pistola calibre 380 com numeração suprimida que estava em poder de Valdenir Coelho Granja — Foto: Divulgação/Polícia

HOMEM É PRESO NO POVOADO BAÚ, ZONA RURAL DE CAXIAS ACUSADO DE ATEAR FOGO EM UMA CASA

Destacado

L

Um homem foi preso suspeito de cometer um incêndio criminoso a um bar com pessoas, durante a madrugada desta quinta-feira (11), no povoado Baú, zona rural de Caxias.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem ateou fogo no local e em seguida teria se escondido em um matagal. Populares localizaram o suspeito e o entregaram à PM; esta, por sua vez, o conduziu à delegacia de Polícia Civil.

A guarnição militar se deparou com o bar totalmente destruído. As pessoas que estavam no local conseguiram fugir.

O suspeito é do município de Parnarama. Ele foi autuado em flagrante pelo delegado César Veloso, pelo crime de incêndio.

Fonte: Noca

Criminosos abrem buraco na parede e roubam armas em agência bancária de São Luís

Destacado

Bandidos violaram o circuito interno de monitoramento e com maçarico tentaram arrombar o cofre

Por: Thiago Marques12 de Julho de 2019

Por volta das 2h30 desta sexta-feira (12), uma agência da Caixa Econômica Federal, situada na avenida São Luís Rei de França, no bairro do Turu, foi alvo de arrombadores.

Policiais do 8º BPM constataram que os bandidos pularam o muro de um terreno baldio, abriram um buraco na parede e entraram pelos fundos da agência bancária. Eles tiveram acesso ao compartimento onde ficam as armas dos vigilantes, de onde roubaram três revólveres e dois coletes.

Há sinais de tentativa de arrombamento no cofre, em que foi utilizado um maçarico, mas os criminosos não tiveram êxito. O circuito de segurança também foi violado pelos bandidos. Ninguém foi preso até o momento

Arcaismo da legislação trabalhista

Destacado

Há um melhor direito e um processo rápido para amparar e fazer subsistentes as relações de trabalho e sua convivência indissociável com o capital. A já longeva legislação trabalhista brasileira, que consolidou as até então obrigações derivadas do vínculo jurídico que ponderavam os serviços de natureza trabalhista, nada evoluiu após sua criação se comparável ao concerto universal das relações do trabalho. Após a Lei Áurea, a popular CLT foi, sem dúvida, o segundo e gigantesco passo no reconhecimento dos direitos naturais e à configuração do país como nação. São tais direitos oriundos das referências e intercorrências relativas ao trabalho humano no contexto mundial. A CLT, então, nasceu da criação gloriosa da legislação consolidada (1943), e distamos dela 75 anos, e neste período progressista da história, grandes conquistas podemos enumerar. Ao arremesso do homem à lua e ao espaço sideral, nestes decênios inauguraram-se ainda os meios eletrônicos de comunicação que superou o domínio do tempo, a biologia moderna aproximou-se de Deus com a descoberta do DNA, que serve à nossa saúde e ao nosso destino, enquanto a quase centenária CLT continuou intacta aonde parou (salvo ligeira mas benfazeja reforma no governo Temer), desafiando o universo dos acontecimentos sociais e econômicos que esbarram em obstáculos no encontro de soluções que viriam impulsionar nosso desenvolvimento.

Para evitar choques com propostas ideologicamente opositoras, o direito do trabalho, em si, pode assumir grau matemático, sem reserva, permitindo conclusões igualmente lógicas, sem refutação. Com este princípio respeitado, o sindicalismo não poderá levantar questões de afrontamento a recomendação estratégica quando o Estado pretender criar novas condições de trabalho com a adoção de cláusulas de interesse recíproco. Não seriam tomadas como cláusulas ameaçadoras a direitos conquistados, como maus sindicatos costumam intervir para justificar sua presença, mas aonde, tal qual europeus e americanos, erguer-se-ia uma legislação trabalhista compatível com a realidade atual de  mercados, sempre empunhando a bandeira da liberdade das partes para negociarem, sem constrangimentos.

Ilustra-se a cena com o trabalhismo inglês, que acompanhando a organização do trabalho, enseja comodidade nas relações entre empregado e empregador, permitindo segurança jurídica aos atos e evitando atritos e rebeldias para com o Estado. Para comparação entre o atual mecanismo vigente na Inglaterra, as partes naquele país dispõem de ampla liberdade para decidirem com força de lei, e advogados que assumirem prestação fantasiosa de feição intimidativa são pecuniária e severamente punidos. Não se discorre aqui somente sobre as relações empregatícias, o terra a terra, a legislação dos direitos contraídos no exercício das tarefas rotineiras, mas propõe-se questão que envolve a macrorelação da economia com entes internacionais, como a terceirização, por exemplo, instituto recente mas valiosíssimo no comércio multinacional e de sua presença no Brasil, e mais negócios de interesse recíproco que podem surgir e que requeiram liberdade de contratação sem ameaças de construção de passivo de natureza trabalhista. Não é que o empresário esteja acima da lei, mas que o governo ouse contribuir para uma evolução de investimentos quando o ambiente negocial saúda o investidor estrangeiro com liberdade, com cláusulas que favoreçam a necessária segurança jurídica, até homologada pelo governo, em casos especiais.

Na verdade, o que deve prevalecer no diálogo entre as partes trabalhistas ? É a liberdade no diálogo, em síntese. É esta liberdade que movimentará os mercados, todos os mercados. É ela que sustentará a legitimidade das vontades. Ora, não é assim que se criam as leis ? Não é no salão parlamentar onde partem as leis para a obediência pública ? É um exercício jurídico de mútuo. A flexibilização (termo moderno para traduzir a antiquíssima liberdade), é vital que surja, porque só com seu intenso exercício é que a tradição as valida. Há que se fazer uma troca do complexo mecanismo da exigência das ações parlamentares para as permutar por assembleias livres, longe de qualquer intervenção corporativa e de interesses estranhos ao caso. Só a liberdade e seus filiados estarão presentes.

Ou será que o Brasil depende de autorização dos sindicatos ou de qualquer órgão corporativo para a mudança ?

José Maria Couto Moreira é advogado.

Hoje na Historia: Brasil perde a final da Copa do Mundo para a França

Destacado

O dia 12 de julho de 1998 deixou uma amarga lembrança para os brasileiros na disputa da Copa do Mundo de 1998, na França. Neste dia, o Brasil entrou em campo para brigar pelo título do campeonato, mas mostrou um futebol apático e foi derrotado pelos franceses por 3 a 0, com gols de Zidane (2) e Petit. Antes do jogo, Ronaldo, principal destaque do time brasileiro, sofreu uma convulsão em um episódio que abalou todo o time e que gera polêmica até os dias de hoje. Antes de chegar à final, o Brasil fez um campeonato empolgante e confirmou a sua condição de favorito. Na primeira fase, derrotou a Escócia por 2 a 1, bateu o Marrocos por 3 a 0, mas caiu inesperadamente diante da Noruega por 2 a 1. A equipe se recuperou diante do Chile com uma vitória por 4 a 1 e depois passou pela Dinamarca por 3 a 2. O time brasileiro enfrentou um duro jogo contra a Holanda, nas semifinais. Após o empate por 1 a 1, o jogo foi para as penalidades, vencidas pelo Brasil por 4 a 2

Mulher morre em acidente de trânsito no Cohafuma, em São Luís

Destacado


Vítima foi identificada como Leila Maria Maciel Marques. Ela estava na garupa de uma motocicleta que foi atingida por uma caminhonete.

Por G1 MA — São Luís


Mulher morre em acidente de trânsito no bairro Cohafuma na capital

Mulher morre em acidente de trânsito no bairro Cohafuma na capital

Mulher morre em acidente de trânsito no bairro Cohafuma na capital

Na manhã desta quinta-feira (11), uma mulher identificada como Leila Maria Maciel Marques morreu durante um acidente de trânsito na Avenida Luís Eduardo Magalhães, no bairro Cohafuma, em São Luís.

Polícia esteve no local para investigar as causas do acidente de trânsito no bairro Cohafuma, em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante

Polícia esteve no local para investigar as causas do acidente de trânsito no bairro Cohafuma, em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante

De acordo com testemunhas, Leila estava na garupa de uma moto que foi atingida por uma caminhonete. O motociclista conseguiu pular, mas ela foi arrastada, bateu a cabeça e morreu na hora. A perícia esteve no local para investigar todas as circunstâncias do acidente. Fonte G1

STJ decide que apresentadora do Boletim Lula Livre vai continuar presa

Destacado

1385COMPARTILHARAM ISSO

A apresentadora do Boletim Lula Livre, Preta Ferreira, é acusada de cobrar aluguel de pessoas que vivem na rua em São Paulo, na ocupação dos destroços do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo Paissandu, que pegou fogo e desabou.

A espertalhona petista foi presa no dia 24 de junho e, desde então, tem a sua disposição, advogados tentando conseguir a sua soltura.

As evidências de seu envolvimento na falcatrua são fortes.

Nesta quinta-feira (11) a ministra Maria Thereza de Assis Moura, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, indeferiu novo pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa da ativista.

As acusações que recaem sobre Preta são graves. Extorsão qualificada, esbulho possessório e associação criminosa em ocupações promovidas por movimentos sociais de São Paulo

Alguém surpreso por ver petista explorando até a morte os pobres?

Velho conhecido da polícia é preso pela Força Tática com arma de fogo e munições em Codó

Destacado

Policiais militares da força tática durante rondas de rotina avistaram na noite desta quarta-feira, 10/07,Raimundo Nonato Costa Moreira, 35 anos, Vulgo “Lingua de Cobra” em atitude suspeita que ao ser abordado foi reconhecido de acordo com suas características de ser suspeito de ter realizado um assalto no ultimo domingo, 07/07, onde teria subtraído da vitima um aparelho celular de posse de uma arma de fogo que não foi localizada de imediato com o acusado no momento da abordagem. Questionado sobre a localização e propriedade da arma de fogo o acusado informou ser de um primo, onde direcionou a guarnição até o local que estava escondida.
A arma de fogo calibre 32 com 03 munições intactas foi apreendida e o acusado foi conduzido a delegacia por posse ilegal de arma de fogo.

Material apreendido:
01 arma de fogo calibre 32 com 03 munições intactas

ASSCOM 17º BPM

PAES vai oferecer mais de 70 vagas para Curso de Formação de Oficiais (CFO)

Destacado

Reprodução

Por: Da Redação11 de Julho de 2019130

A edição do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES) 2020 realizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) oferecerá um total de 75 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO).

As vagas serão divididas da seguinte forma: Para o curso de CFO Polícia Militar estão sendo oferecidas 33 vagas para o sexo masculino, sendo 8 delas para candidatos negros; e 4 são destinadas para o feminino, sendo uma integrando as cotas. Já para a formação do Corpo de Bombeiros, 24 vagas são para candidatos de ambos os sexos, e 6 para o sistema de cotas.

Além da prova, primeira fase para o ingresso no curso, o certame CFO possui outros critérios para ingresso, como a estipulação de idade e altura mínima, exigência de Carteira Nacional de Habilitação, entre outros, conforme a Lei Orgânica Militar.

Seguem-se as fases documental, exames odontológicos e médicos, exames físicos ou teste de aptidão física, psicológico ou psicotécnico, investigação sociológica e antropológica (para candidatos declarados negros) e o curso de formação que sendo aprovado dará acesso à carreira militar com duração de quatro anos – estas conduzidas pela Polícia Militar.

As inscrições começam na segunda-feira, 15, e seguem até o dia 9 de agosto, podendo ser feitas pelo site www.paes.uema.br. A taxa de inscrição é de R$ 85 e pode ser paga até 12 de agosto.

O CFO é um concurso público que dá acesso ao candidato formado adentrar a carreira militar – na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros – e obter ainda diploma de Bacharel em Segurança Pública. 

Processo vestibular

O Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES) 2020 da UEMA vai disponibilizar um total de 4.440 vagas, sendo 4.030 para os campi da UEMA e 910 para UemaSul. Haverá, ainda, 40 vagas para o curso de Medicina da UemaSul, além de vagas para Engenharia Agronômica Bacharelado, Ciências Naturais e Letras para o campus Estreito (novo campus da UemaSul). 

O concurso vestibular vai destinar vagas para o sistema universal e especial de reserva de vagas, sendo cota para candidatos negros e descendentes de comunidades (10%), portadores de deficiência (5%) e para negros, 20% das vagas para o CFO. 

Os mais de 35 mil candidatos que tiveram seus requerimentos de isenção deferidos devem efetuar a inscrição no PAES 2020. A listagem definitiva dos isentos, após a fase recursal, será divulgada em 12 de julho. As provas da primeira etapa serão aplicadas dia 20 de outubro. Mais informações e o edital no site da UEMA (www.uema.br).

Casa lotérica é assaltada por criminosos vestidos de garis

Destacado


Foi roubada uma renda de cerca de R$ 50 mil

Reprodução

Por: Da Redação11 de Julho de 2019113

Foi registrado um assalto à casa Lotérica Pedra do Sol, localizada na avenida Colares Moreira, no Jardim Renascença I, em São Luís, no início da tarde desta quinta-feira (11).

Segundo a informações da polícia, seis indivíduos ainda não identificados, portando arma de fogo, adentraram a Lotérica e renderam os funcionários e, em seguida, subtraíram a renda do estabelecimento, aproximadamente R$ 50 mil em espécie. O diferente era que os criminosos estavam vestidos com uniformes de garis.

Após o assalto, os criminosos fugiram em um veículo de cor cinza e placa não identificada. A polícia foi acionada e realizou diligências no sentido de localizar os assaltantes, mas não obteve êxito. O caso está sendo investigado. Fonte O Imparcial

BANDIDO MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA NA ZONA RURAL DE BEQUIMÃO

Destacado

Ao meio dia de ontem, quarta-feira (10), a polícia teve a informação de que Silvio Henrique Sodré Rodrigues de 25 anos de idade conhecido como Jhone, estaria junto com o elemento conhecido por Piaba, vindo em uma moto nas proximidades do povoado Paricatiua Zona Rural de Bequimão.
A polícia se deslocou para o povoado com intuito de prendeu o Jhone, que tem um mandado de prisão em aberto.

No caminho a PM se deparou com os dois indivíduos em uma moto Broz, cor vermelha, se dirigindo rumo ao centro do município.

Quando a dupla avistou a viatura com os policiais, eles desceram da moto e atiraram contra a polícia, que de imediato reagiu as agressões, respondendo com a mesma intensidade os ataques.

Nessa troca de tiros, Jhone foi atingido por um disparo, enquanto o seu comparsa Piaba, conseguiu fugir no matagal.

A ambulância foi solicitada para prestar socorro a Jhone que morreu ao dar entrada no hospital,

Com o criminoso Jhone, foi encontrado o revólver que foi usado para disparar contra a polícia.

IDOSO DE 77 ANOS É PRESO POR PM’S DO 27º BPM POR SUSPEITA DE TRÁFICO DE DROGAS EM ROSÁRIO

Destacado

Um idoso de 77 anos, morador do bairro Vila Pereira, Rosário, identificado como Raimundo Nonato do Nascimento conhecido no meio policial como Vovô do tráfico foi preso, uma vez que no quintal de sua residência foi encontrada mais de 100 cabeças de crack, já embaladas prontas para comercialização.Conforme o boletim de ocorrências, a prisão só foi possível após um levantamento minucioso por parte do Grupo de Serviço Avançado – GSA, da polícia Militar do 27º BPM de Rosário sob o comando do major Pereira que esteve envolvido diretamente na ação com mais seis policiais, incluindo a Força Tática.

Em cima de um móvel da delegacia regional de Rosário, uma balança, tesoura e saquinhos improvisados para embalar entorpecentes, a droga, relógio e uma quantia em dinheiro.

Jovem morre ao cair de van durante assalto no Maranhão

Destacado

Mikaelly Ashlley Rodrigues tinha de 18 anos e morreu na noite de quarta-feira (10), na MA-201, na Região Metropolitana de São Luís.

Uma jovem identificada como Mikaelly Ashlley Rodrigues, de 18 anos, morreu na noite de quarta-feira (10), na MA-201, também conhecido como “Estrada de Ribamar”, situada na Região Metropolitana de São Luís, após cair de uma van durante um assalto que estava ocorrendo no veículo em que ela estava.

Segundo os familiares da vítima, Mikaelly Ashlley estava voltando para a sua residência localizada na Vila Sarney Filho, na região do bairro Maiobão, na capital, quando os criminosos que estavam se passando por passageiros anunciaram o assalto.

Nervosa, Mikaelly Ashlley Rodrigues caiu do veículo que ainda estava em movimento ao tentar fugir da ação criminosa. Mikaelly Ashlley bateu com a cabeça no asfalto e sofreu um traumatismo craniano. Por conta da gravidade dos ferimentos, a jovem não resistiu e morreu ainda no local do acidente.

Mikaelly Ashlley sofreu traumatismo craniano e morreu no local do acidente — Foto: Reprodução/TV Mirante
G1

Numa absurda inversão de valores, querem blindar Glenn das investigações do COAF

Destacado

A obrigação do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) é investigar quando vê movimentos suspeitos em contas.

Existe um pedido do deputado federal José Medeiros (MT) para que essa investigação nas contas de Glenn Greenwald seja realizada, lastreado em fortes indícios.

Para Medeiros, é estranha a coincidência da renúncia a um mandato tão disputado seguido pela substituição pelo “marido de um ativista internacional”.

Entretanto, em sentido inverso, um grupo de políticos e advogados tentam barrar qualquer tipo de investigação que envolva o pseudo jornalista americano.

Coincidentemente, esse grupo é o mesmo que quer que o Ministro Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol sejam afastados de seus cargos com base em supostas conversas colhidas de maneira ilícita, em absoluta afronta a nossa Constituição.

Note-se que, mesmo em considerando que as supostas conversas sejam verdadeiras, não obstante serem imprestáveis como meio de prova, não denotam qualquer conduta ilícita, tanto do ex-juiz, quanto do procurador.

Muito pelo contrário, ressaltam a luta de duas autoridades pelo estabelecimento da verdade e da Justiça.

Fica evidente a maneira canhestra como advogados de réus na Lava Jato, corruptos inveterados e políticos envolvidos até o pescoço em práticas ilícitas, conseguem ter força e respaldo suficiente para barrar investigações contra um gringo que visivelmente atua no submundo do crime, usando dinheiro sujo.

Nesse sentido, o procurador da República Ailton Benedito deu uma verdadeira lição:

“Se o COAF realiza controle de movimentações financeiras de qualquer pessoa, inclusive militante político-partidário camuflado de jornalista, atendendo a uma solicitação da Polícia Federal ou do Ministério Público Federal, não cabe interferência ao MPC nem TCU; só ao Judiciário.”

O gringo não resiste a um ‘assopro’ do COAF.

Acusado de assaltos é preso pela polícia de Bequimão

Destacado

O acusado estaria praticando assaltos na MA-106 que liga o Porto de Cujupe a Bequimão-MA

Melquiades pode está envolvidos em outros assaltos na MA-106

 A polícia Civil do Maranhão, por meio da delegacia da cidade de Bequimão, deu cumprimento nesta quarta-feira, dia 10 de julho ao mandado de prisão preventiva expedido pela justiça, em desfavor de um jovem identificado por Melquiades França Sodré.
O rapaz é suspeito de estar praticando assaltos na MA-106, estrada que liga o Porto de Cujupe, no sentido Bequimão. Segundo a polícia, no dia 15 de maio deste ano (2019), Melquiades, na companhia de outro homem, teria praticado um crime de roubo, com arma de fogo, a um casal que estaria vindo do Cujupe para Bequimão.
De acordo com a polícia, o casal conseguiu reconhecer o suspeito por meio de fotos na delegacia de Bequimão, momento em que foi representada a prisão preventiva do acusado e cumprida nesta data. Melquiades é um velho conhecido da polícia e já tinha passagem por crime de roubo na capital maranhense. Fonte Neto Weba

Hoje na História: Hitler recebe uma visita do seu quase assassino

Destacado

Em 11 de julho de 1944, o conde Claus von Stauffenberg, um oficial do exército alemão, transportou uma bomba ao quartel de Adolf Hitler em Berchtesgaden, na Bavária, com a intenção de matá-lo. 

Assim que a guerra começou a se virar contra os nazistas e as atrocidades cometidas por Hitler a crescer, um número cada vez maior de alemães – militares ou não – passou a conspirar o assassinato do Führer. Como as massas não ficariam contra o homem a quem eles confiaram seu futuro, estava nas mãos dos oficiais mais próximos de Hitler liquidá-lo. Os cabeças da conspiração recorreram a Claus von Stauffenberg, que tinha sido promovido recentemente de coronel e chefe da equipe a comandante do exército de reserva, o que lhe dava acesso ao quartel de Hitler em Berchtesgaden e Rastenburg.

Stauffenberg estava no exército alemão desde 1926. Enquanto servia como oficial na campanha contra a União Soviética, ele ficou revoltado com o tratamento cruel dado por seu compatriota aos prisioneiros judeus e soviéticos. Ele pediu que fosse transferido para o norte da África, onde perdeu seu olho esquerdo, sua mão direita e dois dedos da mão esquerda.

Após se recuperar de seus ferimentos e se sentir determinado a tirar Hitler do poder por quaisquer meios necessários, Stauffenberg viajou a Berchtesgaden em 3 de julho e recebeu pelas mãos de um colega do exército, o major-general Helmuth Stieff, uma bomba com um fusível silencioso que era pequena o suficiente para ser escondida em uma maleta. Em 11 de julho, Stauffenberg foi convocado a Berchtesgaden para informar a Hiter sobre a atual situação militar do país. O plano era usar a bomba em 15 de julho, mas, no último minuto, Hitler foi chamado para o seu quartel em Rastenburg, na Prússia Oriental. Foi solicitado a Stauffenberg que o seguisse até lá. Em 16 de julho, houve um encontro entre Stauffenberg e o coronel Caesar von Hofacker, outro conspirador, no subúrbio berlinense de Wansee. Hofacker informou a Stauffenberg que os exércitos alemães haviam sido derrotados na Normandia e que a maré tinha virado contra eles no Ocidente. O plano de assassinato, então, foi adiado até o dia 20 de julho, em Rastenburg.

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência

Destacado

Proposta teve 379 votos a favor e 131 contra

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Depois de oito horas de debates, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. A proposta teve 379 votos a favor e 131 votos contra.

Agora, os parlamentares começam a votar os 20 destaques apresentados pelas bancadas. Mais cedo, os deputados tinham concordado em derrubar as emendas individuais e manter apenas as de bancada.

Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União.

A reforma da Previdência precisava de 308 votos, o equivalente a três quintos dos deputados, para ser aprovada. Se aprovado em segundo turno, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

debate do texto principal foi aberto por volta das 17h, quando a Câmara rejeitou o último requerimento de retirada de pauta da reforma da Previdência. Nas últimas horas, os líderes dos partidos estavam encaminhando as orientações para as bancadas.

Padrasto mata enteada de um ano e dez meses de idade, em Turilândia

Destacado

No dia ontem, 09, por volta das 21h00, a adolescente N.E.R., de 16 anos de idade, e seu companheiro Ernildo Sousa Silva, de 18 anos de idade, compareceram ao Hospital de Turilândia/MA, com o corpo da criança Kethelyn Rodrigues, de 1 ano e 10 meses de idade, filha dela e enteada dele.
Segundo o casal, a criança teria caído de uma rede e batido a cabeça no chão. Entretanto, o médico plantonista constatou que o corpo da criança apresentava marcas, no pescoço, compatíveis com sinais de esganadura, ocasião em que acionou o conselho tutelar e a polícia militar, sendo o casal conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena/MA, por volta das 22h30, para prestar os devidos esclarecimentos.
Ao tomar conhecimento do caso, o Delegado Regional de Pinheiro, Dr. Oséias Cavalcanti, determinou que o corpo da criança fosse encaminhado, imediatamente, para o Instituto Médico Legal de São Luís, para que fosse realizado o exame cadavérico pelo médico legista competente. 
Ainda durante a madrugada, um investigador de polícia civil se dirigiu ao IML, em uma ambulância municipal, com o corpo da criança, o qual foi submetido a exame necroscópico, tendo o respectivo laudo pericial atestado como causa da morte a asfixia por esganadura.
Inicialmente, o casal negou, veementemente, a prática de qualquer ato de execução do homicídio da criança, mas, diante das fortes e inequívocas evidências, o padrasto da criança acabou por confessar o crime, durante seu interrogatório, na Delegacia Regional de Pinheiro.
Segundo o autor do crime, ele resolveu ceifar a vida da criança, apertando o pescoço dela com as mãos, enquanto ela dormia na rede, porque não gosta do pai dela e tem ciúmes da sua companheira, mãe da criança.
Segundo a mãe da criança, no dia de ontem, por volta das 12h00, uma amiga sua falou que a criança parecia muito com o pai dela. Ouvindo isso, Ernildo não gostou e disse que a mãe da criança não deveria ficar falando do seu ex-namorado, ocasião em que se travou breve discussão, e, após alguns minutos, ela foi para a casa da mãe dela, que fica nas proximidades de sua residência, no Povoado Bacabeira, em Turilândia.
Por volta das 13h, a mãe da criança retornou para a sua casa e acreditou que ela estava dormindo, na rede. Por volta das 17h30, a adolescente estranhou o fato de a criança estar dormindo muito e, ao se dirigir até ela, encontrou-a, suspirando, ainda com vida, ocasião em que Ernildo alegou que a criança havia caído da rede, razão pela qual possuía algumas escoriações visíveis.
O casal, então, levou a criança para o Hospital de Turilândia, onde ela já chegou sem vida. Ernildo Sousa Silva, padrasto da criança, foi autuado em flagrante delito, pelo cometimento do crime de feminicídio qualificado pelo motivo fútil, pelo emprego de asfixia e pela impossibilidade de defesa da vítima, podendo pegar até 30 anos de reclusão.
Após a lavratura do procedimento, o autor do crime foi conduzido para o Presídio Regional de Pinheiro, onde permanecerá, à disposição da Justiça.
A mãe da criança prestou depoimento e foi liberada, visto que, preliminarmente, a autoridade policial competente não vislumbrou nenhuma participação dela no cometimento do crime. Entretanto, as investigações continuam, no sentido de esclarecer os fatos em toda a sua extensão.
Via Vandoval

Armas e munições são apreendidas durante “Operação Gurupi” no Maranhão

Destacado

Os suspeitos comercializavam armas de fogo, munições e também realizavam o tráfico de entorpecentes.

ReproduçãoPor: Da Redação com informações da SSP-MA10 de Julho de 2019

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão identificada como “Operação Gurupi”, realizada na última terça-feira, 9, resultou na prisão de 6 pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas, no município de Carutapera.PUBLICIDADE

A operação coordenada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e a Superintendência de Polícia Civil do Interior (Spci), se deu pelo cumprimento de mandados de busca e apreensão nos locais utilizados para a prática de crimes.

Os suspeitos comercializavam armas de fogo, munições e também realizavam o tráfico de entorpecentes. Diversos materiais usados durante os atos criminosos também foram aprendidos. A polícia trabalha para prender os demais envolvidos nos crimes.

De acordo com o Superintendente da Senarc, Breno Galdino, “os envolvidos estavam vendendo munições, armeiros consertando armas para pessoas sem a posse e ou registro dos mesmos. Havia ainda o tráfico de drogas na região. As investigações continuarão para encontramos os fornecedores na região do Gurupi”, ponderou o superintendente.

Na manhã desta quarta-feira, 10, os delegados responsáveis pela operação Gurupi, receberam a imprensa e concederam uma coletiva no auditório da Senarc, explicando sobre a operação.

O delegado Albert Fontes da Senarc explicou:

A operação visou reprimir o tráfico de drogas e o comércio ilegal de arma de fogo. Durante a operação foram presas 06 pessoas: O Marcos Vinícius Pantoja, preso pelo comercio ilegal de arma de fogo. Ele seria de certa forma, um armeiro na região. Ele não somente era o armeiro, fazia a manutenção das armas, como vendia as armas; Katiane Pereira e o Jessé Borges. Estres presos por tráfico e associação. Na residência foram encontrados uma determinada quantidade de cocaína, onde era vendido em Carutapera. Outro preso foi o Antônio Vieira, ele foi preso pela posse ilegal de arma de fogo e pelo comercio de arma de fogo e munição. Ele possuía uma vasta quantidade de munições. Na sua casa foi encontrada uma arma de fogo, um revólver. Foram apreendidos no seu comércio, 05 armas de fogo. Presa ainda Maria Luíza de Sousa. Ele foi presa pelo tráfico de drogas. Na sua casa foi encontrada uma quantidade de cocaína. Outra presa foi a Maria de Lurdes Pereira, também presa pelo crime de tráfico de drogas.

Além das superintendências, participaram também as Delegacias de Carutapera, Eugenio Barros, Alcântara, Maracaçumé e Santa Helena.

Avô que estuprou e engravidou neta de 11 anos volta a ser preso em Icatu

Destacado

ICATU – A Polícia Civil do Maranhão por meio da 1ª Delegacia Regional de Rosário, efetuou na tarde desta terça-feira (9), no Povoado Mata, zona rural de Icatu, o cumprimento do mandado de prisão preventiva em desfavor de JOSE RIBAMAR Alves, (62), pela prática de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma neta de 11 anos, crime previsto no art. 217-A do Código Penal.
Tal crime tornou-se do conhecimento da Polícia Civil no plantão da Delegacia Regional de Rosário, no sábado(6), e desde então todas as providências foram tomadas para elucidar o fato criminoso, bem como os cuidados como encaminhar a vítima para atendimento no Centro de Perícias Técnicas para a Criança e o Adolescente CTPCA, para exames.
Com o resultado das investigações, em apenas 2 (dois) dias a Autoridade Policial titular da Regional de Rosário procedeu à representação pela prisão do investigado, a qual foi acolhida pelo Poder Judiciário de Icatu/Ma com parecer favorável do Ministério Público e dado imediato cumprimento pela Polícia Civil por policiais da Delegacia Regional de Rosário e Delegacia de Icatu.
JOSE RIBAMAR foi encaminhado ao presídio de Rosário onde encontra-se à disposição da justiça.

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim

Destacado

Jornalista que ficou conhecido por cumprimentar os telespectadores com o “Olá, tudo bem?” sofreu um enfarte

Por: Da Redação10 de Julho de 20191.1K

Na manhã desta quarta-feira (10), o jornalista Paulo Henrique Amorim faleceu aos 77 anos de idade. Ele trabalhou em diversas redações, inclusive na Globo e na Record, foi correspondente no exterior de revistas como o Veja.

Seu último emprego foi na TV Record, depois de ter sido dispensado da Globo e passado um bom tempo na Band, mas estava fora do ar desde o mês passado, quando foi afastado do programa Domingo Espetacular. O jornalista morreu de enfarte na capital fluminense.

Amorim estava na Record TV desde 2003 e deixa um legado para o jornalismo brasileiro, uma vez que passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país. 

Paulo Henrique Amorim deixa uma filha e a esposa Geórgia Pinheiro, também jornalista.

Segundo informações,ontem a noite o jornalista Paulo Henrique Amorim jantou com diversos amigos em um restaurante do Rio de Janeiro. 

Polícia fecha bordel onde menina de 12 anos era explorada

Destacado

Uma mulher, identificada como Nice dos Reis, foi presa em flagrante delito

Por: Thiago Marques

Na tarde da última terça-feira (09), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Regional de Bacabal, fechou uma casa de prostituição que funcionava no município de Bom Lugar que explorava sexualmente menores de idade.

Uma mulher, identificada como Nice dos Reis, foi presa em flagrante delito. Segundo informações da polícia, ela administrava o local e explorava a sobrinha de apenas 12 anos de idade.

Nice dos Reis

HOMEM É PRESO EM PINDARÉ ACUSADO DE AGREDIR A PRÓPRIA MÃE A PAULADAS

Destacado

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira, (9) no povoado Areias, município de Pindaré Mirim o homem identificado como Edilson Mendes Cutrim. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça em função de ter agredido a pauladas a sua própria mãe.  A vítima sofreu lesões na cabeça e teve que ficar internada no hospital daquela cidade.  Ao tomar conhecimento do caso a delegada Cláudia Maciel representou o pedido de prisão de Edilson. O acusado foi preso com ajuda de policiais da Delegacia Regional de Santa Inês e em seguida conduzido para a Unidade Prisional daquela cidade onde vai permanecer a disposição da Justiça.

MENORES SÃO APREENDIDOS EM COROATÁ APÓS ASSALTAREM CARTÓRIO

Destacado

Foram apresentados na DP em Coroatá dois suspeitos menores de idade, pelo fato de os mesmos terem participado de um roubo no cartório do 2 ofício, localizado na Av.Magalhaes de Almeida, centro da cidade, na data de segunda-feira (08),  por volta das 17hrs40min. Na ocasião,  os mesmos em posse de uma arma de fogo, tomaram sob violenta ameaça cerca de R$ 1.600,00 e três celulares.

  Em posse de tais informações e de reconhecimento das vitimas a PM do 24° BPM conseguiu na manhã de ontem terça-feira (09), localizar o primeiro conduzido de iniciais “L.F da S.F.C, onde em posse do mesmo estava um dos celulares roubados. O mesmo assumiu a autoria do ato infracional, erelatou que junto a ele estava o conduzido de iniciais “P.J da C.S” e um indivíduo conhecido por “tchou”.

  Os mesmos foram apresentados sem lesões corporais para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Ascom: 24° BPM

Hoje na História: Boris Yeltsin assume como primeiro presidente eleito da Rússia

Destacado

Em 10 de julho de 1991, Boris Yelstin tomou posse como o primeiro presidente eleito da Rússia após o colapso econômico da União Soviética. Ele ficou marcado como uma figura controversa. No início do seu governo, o político era muito popular. Mas sua reputação foi prejudicada pelas crises econômicas e políticas. Quando deixou o cargo após ter sido reeleito, era amplamente impopular junto à população russa.

Membro do Partido Comunista da União Soviética de 1961 a 1990, Yelstin mais tarde se classificou como um político independente, quando se alinhou ideologicamente com o liberalismo e o nacionalismo russo. Em 12 de junho de 1991, Yeltsin obteve 57% do voto popular nas eleições presidenciais democráticas, derrotando Nikolai Ryzhkov, o candidato preferido de Mikhail Gorbachev, o último líder soviético. 

Durante seu governo, Yeltsin transformou a economia socialista estatal da Rússia em uma economia de mercado capitalista, implementando uma terapia de choque econômico, taxa de câmbio de mercado do rublo, a privatização em todo o país e a suspensão dos controles de preços. Como resultado, o país enfrentou colapso econômico e inflação. 

Em meio à mudança econômica, um pequeno número de oligarcas enriqueceu, enquanto os monopólios internacionais passaram a dominar o mercado. Durante a crise constitucional russa de 1993, Yeltsin ordenou a dissolução inconstitucional do Parlamento Soviético Supremo, que reagiu tentando removê-lo do cargo.

Em 1996, Yeltsin foi reeleito presidente. Nessa época, ele apresentou diversos problemas cardíacos. De acordo com muitos relatos, ele também era dependente de álcool. Em 31 de dezembro de 1999, em meio a denúncias de corrupção e problemas de saúde, ele anunciou de surpresa a sua renúncia. Em seu lugar, assumiu interinamente o premiê Vladimir Putin, que seria eleito presidente no ano seguinte.

Aborto

Destacado

Eurico Borba

Sem muitas palavras, pois não há o que debater. Esse assunto de justificar o aborto é uma discussão idiota e velha. Havendo a fecundação de um óvulo por um espermatozoide, a partir desse momento há uma vida humana a ser protegida e promovida, um cidadão ou cidadã com direitos historicamente assegurados que, deixado quieto e seguro no útero da mãe, nove meses depois nascerá. Eliminar o embrião, em qualquer momento da sua natural evolução, é UM ASSASSINATO.

Não se trata de uma questão religiosa – trata-se de uma conclusão lógica.

Tal discussão só prospera num mundo como o nosso, intelectualmente medíocre, que exibe, cada vez mais, parte expressiva da sua população agindo de maneira irresponsável – a falsa noção da liberdade sem limites, movidos pela obsessão do prazer imediato – grupos progressivamente expressivos e ativos de mulheres e homens ignorantes, desvairados e cínicos.

Ensine-se como evitar a concepção, forneçam-se os meios para impedir a fecundação, mas tratemos de respeitar e proteger a sacralidade da vida quando ela se manifesta no útero de uma mulher.

Novos postos de recarga de passagens do SET são inaugurados em São Luís

Destacado

Os novos postos de recarga, além de facilitar a vida dos usuários, surgem como uma oportunidade de emprego para os cobradores demitidos.

Por: Ana Maria Bruzaca09 de Julho de 201943

O SET (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de São Luís) entregou na manhã desta terça-feira, 9, três novos postos de venda de bilhete eletrônico e recarga de passagens.

Os três novos postos entregues estão localizados no Viva Beira-Mar (Centro), no Viva Shopping da Ilha (Cohama) e no Viva Shopping Pátio Norte (Estrada de Ribamar). Esses postos fazem parte da primeira fase de expansão do postos de venda e emissão de cartões de vale transporte, que se iniciou em 02/07/2019 nos 5 Terminais de Integração de São Luís, e seguirá para novos postos físicos e, principalmente, na venda virtual (através de aplicativo de smartphone).

Os novos postos de recarga atendem a uma antiga reivindicação dos usuários de transporte público da capital e a uma antiga pauta de Duarte Jr, que já havia tentado implementar a iniciativa quando foi presidente da rede Viva, do Procon Maranhão e Procon Nordeste. O deputado falou sobre a importância do acordo firmado entre os órgãos e sobre a importância dos novos postos para os usuários do transporte público e para o combate ao desemprego dos cobradores.

A promessa do Superintendente do SET, Luis Cláudio Siqueira, é que no mês de agosto, o aplicativo “Recarga Pay” seja lançado, contribuindo com a melhoria do sistema e a comodidade dos usuários.

O aplicativo é um projeto do SET e da SMTT que vai permitir que o usuário recarregue seu cartão de passagem através de qualquer tipo de smartphone.

Os novos postos de recarga, além de facilitar a vida dos usuários, surgem como uma oportunidade de emprego para os cobradores demitidos. Os funcionários deverão passar por um curso de capacitação realizado pelas empresas ou pelo SET, de maneira gratuita, garantindo capacitação para as novas funções.

Mulher dispara na Globo ao vivo: “Lula roubava, mas ajudava o povo”

Destacado

A opinião de uma entrevistada deixou o repórter do MGTV – 1ª edição, telejornal da Globo Minas, Carlos Eduardo Alvim, sem reação. Em uma parte da entrevista, a mulher identificada como Viviane disse que “Lula roubava, mas ajudava o povo”.

A saia justa ocorreu quando Carlos repercutia com os usuários de transporte público o reajuste aplicado pela prefeitura de Belo Horizonte – de R$ 2,40 para R$ 2,90. Foi quando ele questionou a mulher, que respondeu sem medo.”[O aumento] está pesando muito para os trabalhadores. Aumenta o valor da passagem, mas o salário não aumenta. [O metrô] está péssimo, só anda cheio. Isso daqui virou uma bagunça. Quando era o Lula ainda era melhor. O Lula roubava, mas melhorou o povo”, disse ela, revoltada.Desconcertado, o repórter destacou que tratava-se da opinião da entrevistada e não da emissora. Fonte Alex Ramos

Após ficar 31 anos no regime fechado, homem é preso por tentativa de estupro durante saída temporária

Destacado

Após permanecer 31 anos preso no regime fechado, progredir para o semiaberto e receber direito a saídas temporárias, Luiz Augusto Félix dos Santos, 51 anos, foi detido na tarde desta segunda-feira (8), no Centro Histórico de Porto Alegre. De acordo com informações repassadas à Brigada Militar por pessoas que o teriam capturado, ele estaria tentando estuprar uma adolescente. Suas condenações somam 357 anos, principalmente por abusos sexuais cometidos na década de 1980.

Por conta da vasta ficha criminal e pela região de atuação, Félix ficou conhecido como Monstro do Partenon.  Segundo ele próprio, sua infância e adolescência foram marcadas pelo cometimento de atos infracionais, violências sofridas, internações na antiga Fundação Estadual do Bem Estar (Febem) e fugas.

Félix havia sido tema de reportagem de GaúchaZH em dezembro de 2017. Na época, havia dito que a “literatura havia lhe transformado”. No cárcere, foi alfabetizado e escreveu dois livros. No final dos anos 1990, teve publicado Diário do Diabo — Quando os Anjos se Prostituem que, segundo ele, é autobiográfico. Em 2000, no interior da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), como atividade da Feira do Livro de Porto Alegre, teve sessão de autógrafos do romance A Morte Depois da Paixão.

Dos 18 aos 20 anos, cometeu uma série de crimes graves, como homicídios, estupros, roubos e formação de quadrilha, a maioria no bairro da zona leste de Porto Alegre. Em entrevista concedida em 2017, quando estava na ala do regime semiaberto da Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ), em Charqueadas, Félix contou que, antes mesmo de receber sua primeira condenação, ouviu do servidor que o encarcerara um presságio: só sairia dali (da prisão) dentro de um caixão.

Recentemente, Félix foi transferido de estabelecimento penal, saindo da PEJ e indo para o Instituto Penal Irmão Miguel Dario, no bairro Agronomia, na zona leste de Porto Alegre. Sua situação, por lei, permitia saídas temporárias, e foi por isso que passou o final de semana e esta segunda-feira fora da prisão. Deveria se reapresentar nesta terça-feira (9) no Miguel Dario.

Nesta segunda-feira (9), entregue à BM pelas pessoas que o capturaram, Félix foi levado para a 2ª Delegacia de Pronto Atendimento (2ª DPPA), no Palácio da Polícia.

Segundo o delegado Rodrigo Reis, o suspeito foi preso em flagrante por tentativa de estupro. A vítima é uma adolescente, de 17 anos.

— Se não houver vaga no sistema prisional, ficará em uma cela da 3ª DPPA exclusiva para presos com antecedentes por crimes contra a dignidade sexual.

Motoqueiro tem cabeça esmagada por caminhão em São Luis

Destacado

Na manhã desta terça-feira (09), um homem foi vítima de um acidente na Avenida dos Portugueses, em São Luís. O homem, que transportava gás, teve a cabeça esmagada por um caminhão e morreu na hora.
O caminhoneiro informou que tentou desviar de um buraco e acabou colidindo com a vítima. O Instinto Médico Legal foi acionado e a polícia esteve no local. Fonte Ma 10

Plenário da Câmara começa a discutir reforma da Previdência

Destacado

 O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6433/13, que permite ao delegado de polícia adotar medidas de urgência para proteger mulheres vítimas de agressão.

Por Heloísa Cristaldo – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O plenário da Câmara dos Deputados começa nesta terça-feira (9) a discussão da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Aprovada na madrugada de sexta-feira (5) na Comissão Especial, após 16 horas de debates, o texto precisa do voto favorável de pelo menos 308 deputados em dois turnos de votação para ir à análise do Senado.

Com a aprovação na comissão, as negociações para votação no plenário se intensificaram. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem recebido líderes partidários, após um fim de semana de conversas na residência oficial da Presidência da Casa. Nesta terça, às 9h, será realizada uma reunião do colégio de líderes.

Otimista com a aprovação da matéria, Rodrigo Maia afirmou que a elaboração do texto que será analisado a partir de hoje se deve à capacidade de diálogo e ao equilíbrio do Congresso.

“Vamos viver uma semana decisiva. O grande desafio nosso é a votação no plenário. Temos que mobilizar um número enorme de parlamentares, deputados, deputadas, para um tema que é fundamental e decisivo, mas a gente sabe que foi uma construção”, disse Maia em um podcast publicado em suas redes sociais.

No domingo (7), após encontro com Rodrigo Maia, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, também demonstrou otimismo com a possibilidade de aprovação da PEC. Na análise do ministro, a proposta deve receber cerca de 330 votos favoráveis.

“Temos um cálculo realista ao redor de 330, com o pé bem no chão, caminhamos para ter algo em torno de 330 e pode ser até mais do que isso. É uma margem que a gente acredita ser possível”, afirmou.

Tramitação

Para acelerar o processo de tramitação da reforma, é possível que os deputados aprovem um requerimento para quebrar esse interstício. “Dependendo de quando começa o processo de discussão, talvez não seja necessário [a quebra]. Se for necessário, os partidos da maioria e o partido do governo têm votos para quebrar [o interstício] e vamos trabalhar para ter votos para a aprovação da emenda”, disse Rodrigo Maia.

Entre o primeiro e o segundo turno de votação também é necessário um interstício, de cinco sessões. Segundo Maia, caso haja “vitória contundente” no primeiro turno há “mais respaldo político para uma quebra [do interstício] do primeiro para o segundo [turno]”.

Se validado pelos deputados, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Economia

Pelo texto aprovado na comissão especial, o impacto fiscal corresponderá a R$ 1,074 trilhão no período de 10 anos. A estimativa inclui a redução de despesas de R$ 933,9 bilhões e o aumento de receitas (por meio de alta de tributos e fim de isenções) de R$ 137,4 bilhões. A proposta original, enviada pelo governo em fevereiro, previa uma economia de R$ 1,236 trilhão em uma década, mas não incluía elevação de receitas.

Oposição

Apesar do otimismo do presidente da Câmara e do governo, partidos de oposição trabalham para inviabilizar a aprovação da medida. Na avaliação da líder da minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), ainda não há o número necessário de votos para aprovação da medida no plenário. 

“Na nossa avaliação, eles não têm mais de 260 votos. Estamos mapeando todas as bancadas e todos os partidos e temos hoje uma posição muito favorável a não aprovação da reforma. Nós estamos trabalhando para garantir a não aprovação e o alargamento desse cronograma”, afirmou Jandira. 

Parlamentares de partidos da oposição já adiantaram que usarão o “kit obstrução” para tentar adiar a votação da proposta. O objetivo é inviabilizar a análise do texto antes do recesso legislativo, que começa no dia 18 de julho.

PSB

Nessa segunda-feira (8), o PSB Nacional anunciou o fechamento de questão contra a proposta. A decisão vincula a votação dos 32 deputados que compõem a bancada na Câmara e também se estenderá aos três senadores da sigla. O parlamentar que descumprir a decisão pode sofrer sanções que vão desde a censura até a expulsão do partido. 

Pela resolução aprovada por ampla maioria, o partido considera que a proposta “imporá medidas cruéis aos trabalhadores mais sofridos e às classes médias de nosso país”, “diminuirá o poder de compra dessa parcela da população” e “agravará o principal problema brasileiro, que é a acintosa desigualdade que se verifica entre os brasileiros”. Fonte Agência Brasil

Fernando Pimentel, sem mandato e sem foro privilegiado, pode ter prisão decretada

Destacado

Com inúmeros problemas com a Justiça, o cerco está apertando para o ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel.

Num dos processos em que é réu, Pimentel responde por Falsidade Ideológica para Fins Eleitorais. Os fatos pelos quais é acusado ocorreram na campanha eleitoral de 2010.

O Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais acaba de requerer a prisão do petista.

Além da prisão, o MPE cobra uma indenização aos cofres públicos de R$ 5 milhões de reais.

Segundo a denúncia, o ex-governador omitiu dolosamente em sua prestação de contas para a Justiça Eleitoral a quantia de um milhão e quatrocentos mil reais.

O dinheiro teria sido repassado para a empresa Pepper Comunicação Interativa. A proprietária da empresa Danielle Fontelles fechou acordo de delação premiada e entregou mais essa falcatrua de Pimentel.

O pedido de prisão deve ser analisado ainda esta semana. Fonte Jornal daCidade

PRIMEIRO DECÊNDIO DO FPM DE JULHO SOMA MAIS DE R$ 2,2 BILHÕES E SERÁ CREDITADO NA QUARTA-FEIRA (10)

Destacado

29012019 FPM

As prefeituras receberão na quarta-feira, 10 de julho, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao primeiro decêndio do mês. O valor total será de R$ 2.218.710.490,71, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

De acordo com dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o primeiro decêndio de julho de 2019, comparado com o mesmo decêndio do ano anterior, apresentou crescimento de 13,04%. No acumulado do ano, o total repassado aos Municípios no período de janeiro até o repasse de 10 de julho tem crescimento de 3,33% em relação ao mesmo período de 2018. Nos dois casos, já foi considerada a inflação do período.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza, por meio de nota técnica, os valores que serão creditados por coeficientes e por Estado. Nas tabelas constam os valores brutos do repasse do FPM e os seus respectivos descontos — 20% do Fundeb, 15% da saúde e o 1% do Pasep.

Coeficientes
A maioria dos Municípios têm coeficientes 0,6 na distribuição dos recursos do FPM. São 2.460 nesta faixa — que vão receber, juntos, R$ 551.796.608,07. Há diferença dos valores repassados para cada Estado. Por exemplo, um Município 0,6 do estado do Amazonas receberá neste decêndio o valor bruto de R$ 196.731,25. Já em Roraima, um Município com o mesmo coeficiente vai acumular, também sem os descontos, R$ 95.586,21.

A CNM alerta os gestores locais sobre a inconstância na distribuição de transferências. Na avaliação mensal, notam-se dois ciclos distintos. No primeiro semestre, estão os maiores repasses do FPM, concentrados em fevereiro e maio, mas, entre os meses de julho a outubro, os repasses diminuem significativamente. Nesse período, com destaque para setembro e outubro. Por isso, é importante que os gestores municipais mantenham cautela ao gerir os recursos. A Confederação ressalta que é preciso planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas.

Hoje na História: Avito é proclamado como melhor imperador de Roma

Destacado

Marcus Maecilius Flavius Eparchius Avitus, ou Avito, foi imperador romano do Ocidente entre 9 de Julho de 455 e 17 de Outubro de 456. De origens galo-romanas e de família com antecedentes no Senado, foi magister militum como o também imperador Petronio Maximo. Em 9 de Julho do 455, foi proclamado pelo imperador romano Marciano, como o melhor imperador de Roma. A população italiana nunca aceitou completamente sua proclamação. No ano de 456 iniciou uma campanha na qual reconquistou a Panonia (região da Europa central) e conseguiu uma meritória vitória naval contra os vândalos (grupo de povos germânicos) em colaboração com o magister militum Ricimero. No entanto, não conseguiu acabar com o poderio naval dos vândalos que submeteram Roma a um bloqueio naval, o que fez sua posição cambalear. A fome em Roma forçou-o a dissolver sua guarda pessoal de mercenários godos (grupo germânico). Mas eles tinham que ser pagos, e sua popularidade caiu quando ele destruiu várias estátuas de bronze para lhes pagar seus salários. Alguns de seus pares utilizaram este descontentamento para iniciar uma revolta popular e conseguir finalmente destroná-lo como imperador em 456.

O grito dos maus e o silêncio dos bons

Destacado

Percival Puggina

Atribui-se a Martin Luther King o mérito de haver resumido o sentimento de tantos ao afirmar que o silêncio dos bons o preocupava mais do que o grito dos maus. Não obstante, criei-me ouvindo que o bem não faz alarde e isso me parecia, de fato, adequado à bondade, à virtude, à caridade.

Foi muito a contragosto, então, que, enquanto as décadas se sucediam, fui vendo o mal, travestido de bem e fazendo toda a gritaria possível, ampliar seus espaços, avançar e tomar posições indicativas de consistente hegemonia. Há 34 anos, quando comecei a escrever e a gritar contra isso, éramos poucos, dispersos e mal vistos.

O grito dos maus fez o Brasil afundar em complexo de inferioridade. Ensinaram-se alunos a desprezar nossa história e raízes e a afirmar que nossos males correspondem a culpas alheias. Ao mesmo tempo, foram sendo destruídos os valores morais, incentivado um conceito libertino de liberdade e promovida uma decadência estética. Bandidos foram mitificados, os crimes tolerados e a criminalidade expandida. Agigantou-se o Estado e o valor do indivíduo foi reduzido a dimensões liliputianas. Propagou-se tanta mentira e pós-verdade que os fatos ficaram irreconhecíveis. Tudo gritado e difundido como essência do Bem.

O silêncio dos bons aplainava a estrada e fornecia água ao longo do caminho para a gritaria dos maus que avançavam. Não me diga o leitor destas linhas que pode ser o contrário. Não me diga que o bem para uns pode ser o mal para outros e vice-versa, pois tal é o relativismo moral, árvore má bem conhecida por seus péssimos frutos. Para vê-los basta abrir a janela.

Foram as redes sociais que deram potência sonora à voz dos bons. É verdade que elas democratizaram o direito de dizer besteira, de mentir e de promover o mal, que sempre foi privilégio de alguns grandes veículos de comunicação. Mas democratizaram, também, a busca e difusão da verdade, da sabedoria, dos valores. Lembro-me que inúmeras vezes ouvi de cientistas políticos advertências no sentido de que, nas redes sociais, “falávamos para nós mesmos” porque elas agregavam as pessoas por afinidades. Não deveríamos, portanto, nos deixar iludir em meio às concordâncias que colhíamos àquilo que escrevíamos ou falávamos. Bendita agregação por afinidade! Foi dela que, mesmo no ambiente caótico e babélico das redes sociais, a voz dos bons começou a mudar o Brasil.

Resumindo: as redes sociais agregam por afinidade; agregam bons e agregam maus. Sendo aqueles muito mais numerosos do que estes, as redes se revelaram preciosas à democracia, tanto por reduzirem a influência de certos veículos e formadores de opinião quanto por, dando voz à maioria, estarem alterando peças no tabuleiro da política. Martin Luther King, se vivo fosse, estaria muito satisfeito.

Concurso do IBGE oferece 400 vagas; salários de até R$ 4 mil

Destacado

São 400 vagas para diversas áreas, todas para Analista Censitário. O processo seletivo será realizado pelo Instituto AOCP.

Reprodução

Por: Da Redação08 de Julho de 2019

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística publicou o edital que objetiva a contratação temporária de pessoal para realização do Censo Demográfico 2020. O processo seletivo será executado pelo Instituto AOCP.

Estão sendo oferecidas 400 vagas, todas para o cargo de Analista Censitário (AC), função de nível superior que será distribuída em diversas áreas. Os aprovados terão remuneração mensal de R$ 4.200,00 referente a jornada de 40 horas semanais.

Vagas

Todas as 400 vagas são para a função de Analista Censitário, serão distribuídas nas seguintes áreas:

  • Análise de Sistemas (Desenvolvimento de Aplicações,  Desenvolvimento de Aplicações Web Mobile, Suporte a Comunicações e Rede, Suporte à Produção e Suporte Operacional e de Tecnologia);
  • Análise Socioeconômica, Biblioteconomia e Documentação;
  • Ciências Contábeis;
  • Ciências Sociais;
  • Desenho Instrucional;
  • Gestão e Infraestrutura;
  • Jornalismo;
  • Letras;
  • Logística;
  • Métodos Quantitativos;
  • Planejamento e Gestão;
  • Produção Gráfica / Editorial, Programação Visual / Webdesign;
  • Recursos Humanos.

As oportunidades são temporárias e o contrato será de até 12 meses. Para concorrer a uma das vagas é necessário possuir ensino superior na respectiva área e não ter sido contratado pelo IBGE nos últimos 24 meses.

Locais das vagas e cidades de realização das provas

As vagas são destinadas aos seguintes municípios: Aracaju – SE, Belém – PA, Belo Horizonte – MG, Boa Vista – RR, Brasília – DF, Campo Grande – MS, Cuiabá – MT, Curitiba – PR, Florianópolis – SC, Fortaleza – CE, Goiânia – GO, João Pessoa – PB, Macapá – AP, Maceió – AL, Manaus – AM, Natal – RN, Palmas – TO, Porto Alegre – RS, Porto Velho – RO, Recife – PE, Rio Branco – AC, Rio de Janeiro – RJ, Salvador – BA, São Luís – MA, São Paulo – SP, Teresina – PI e Vitória – ES.

Inscrições

As inscrições serão realizadas entre os dias 08 e 23 de julho de 2019, apenas via internet, através do endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 64,00.

Provas

Este processo seletivo será composto apenas por prova objetiva, etapa de caráter eliminatório e classificatório, a ser realizada na data provável de 01 de setembro de 2019, das 13 às 17 horas.

Validade

O prazo de validade deste processo seletivo simplificado será de dois anos, a contar da data de divulgação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

Edital

Para mais informações sobre este processo seletivo, consulte o edital publicado no site do Instituto AOCP.

Ministros serão exonerados para votar reforma da Previdência

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro vai exonerar ministros que detêm mandatos na Câmara dos Deputados para que possam votar a reforma da Previdência, que deve ir a plenário, em primeiro turno, ainda nesta semana. A informação foi confirmada hoje (8) pelo Palácio do Planalto. Atualmente, quatro ministros do governo são deputados federais: o chefe da Casa Civil, Onyx Lorezoni (DEM-RS); a titular da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS); o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) e o titular da pasta da Cidadania, Osmar Terra (MDB-RS).

“Os ministros que têm mandato já estão liberados para participarem da votação. O senhor presidente entende que a presença deles em plenário há de reforçar a presença do governo em plenário, no sentido que a Nova Previdência é essencial para o futuro do nosso país”, disse o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros, em entrevista a jornalistas.

O suplente de Onyx é o deputado Marcelo Brum (PSL-RS); a suplente de Tereza Cristina é a deputada Bia Cavassa (PSDB-MS); o suplente de Álvaro Antônio é Enéias Reis (PSL-MG); e o suplente de Osmar Terra é Darcísio Perondi (MDB-RS). O governo não informou se vai exonerar todos os quatro ministros para votarem a reforma.

Confiança

O porta-voz da Presidência da República disse que o governo está confiante na aprovação da reforma da Previdência e ressaltou que os dois turnos da votação da medida – uma exigência para propostas de emenda constitucional – podem ser votados ainda essa semana.

“O deputado Rodrigo Maia também está esperançoso, e ele inclui nessa esperança a possibilidade de votar os dois turnos da Nova Previdência ainda essa semana. Então, é um sinal de que o esforço conjunto entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo, na pessoa do presidente da República e seus representantes, os ministros Onyx e o ministro Ramos, e na pessoa do deputado Rodrigo Maia, estão se mostrando adequados”, afirmou.

Mudanças

Sobre eventuais mudanças no texto da Previdência, como regras mais brandas para agentes de segurança, o governo prefere deixar nas mãos dos próprios parlamentares. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro chegou a fazer um apelo público para que revindicações dessa categoria fossem atendidas na comissão especial da Câmara, o que acabou sendo rejeitado pelo colegiado. Pelo texto aprovado, policiais federais e legislativos se aposentarão aos 55 anos de idade, com 30 anos de contribuição e 25 anos de exercício efetivo na carreira, independentemente de distinção de sexo.

“Sob o ponto de vista do presidente, existem percepções que podem ser melhoradas, nós já tocamos aqui nos assuntos referentes aos policiais federais, mas ele gostaria de reforçar a importância que atribui à decisão da Câmara nesse momento”, afirmou Rêgo Barros. Segundo ele, o Congresso “tem capacidade de avaliar mudanças, pequenas ou grandes, em cima do relatório, a partir da percepção de cada um daqueles legisladores”.Fonte Agência Brasil

Moro terá licença de uma semana para tratar de ‘assuntos particulares’

Destacado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ficará afastado do cargo na próxima semana “para tratar de assuntos particulares”. A licença do ministro será tirada no período e 15 a 19 de julho e foi autorizada por despacho presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública explicou, por meio de sua assessoria, que o afastamento do ministro se trata de uma licença não remunerada prevista em lei.
“Por ter começado a trabalhar em janeiro, o ministro não tem ainda direito a gozar férias. Então está tirando uma licença não remunerada, com base na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (Art. 81. Conceder-se-á ao servidor licença, VI – para tratar de interesses particulares)”, informou a assessoria do ministério.
Segundo um auxiliar no ministério, isso já estava sendo planejado desde que o ministro assumiu, e não tem a ver com o cenário atual de pressão relacionada às supostas trocas de mensagens com procuradores da Lava Jato, que vêm sendo divulgadas pelo site The Intercept Brasil.
As conversas teriam acontecido quando Moro atuava como juiz federal em Curitiba. Moro não reconhece a autenticidade das mensagens e tem negado condutas indevidas. Fonte Neto Weba

PRF TROCA TIROS COM ASSALTANTES DE ÔNIBUS E RECUPERA PARTE DOS BENS DOS PASSAGEIROS NO MA

Destacado

 Ônibus que fazia linha da cidade de Coelho neto para Chapadinha levava 37 passageiros — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) trocou tiros com bandidos no início da tarde de domingo (7) que estavam assaltando um ônibus próximo da Unidade Operacional do bairro Pedrinhas (UOP), na zona rural de São Luís.Segundo a PRF, por volta das 13h uma equipe PRF realizava abordagens na área daquela UOP, quando recebeu, de um usuário, a informação que um ônibus que fazia linha da cidade de Coelho neto para Chapadinha com 37 passageiros estaria sendo alvo de assalto em um local próximo da UOP. De imediato a equipe iniciou deslocamento para averiguar a situação.
De acordo com os policiais rodoviários, ao chegarem nas proximidades de um comércio algumas pessoas relataram ter visto um ônibus entrando na rua ao lado do comércio, seguindo a equipe para o local. No final da rua o ônibus foi avistado pelos policiais e na tentativa de abordá-lo a equipe foi recebida a tiros por quatro assaltantes. Ao desembarcar da viatura a equipe policial respondeu também com tiros e os bandidos após serem surpreendidos pelos policiais rodoviários fugiram em direção a um matagal sem deixar pistas.
Após buscas na região, os policiais encontraram uma mochila com vários pertences das vítimas, sendo todos devolvidos a seus respectivos proprietários. Durante o assalto, o cobrador do ônibus ficou levemente ferido após ser atingido por uma coronhada desferida por um dos assaltantes.

Anapurus: Mulher grávida de três meses é assassinada a facadas pelo ex-companheiro.

Destacado

Raimunda Pereira Barbosa foi assassinada a facadas pelo ex-companheiro na madrugada deste domingo (7) na zona rural do município de Anapurus, localizado a 291 km de São Luís. A vítima estava grávida de três meses.
De acordo com a Polícia Militar, o casal teria discutido durante uma festa e em seguida, Edmilson dos Santos desferiu vários golpes de faca na ex-mulher. Após o crime, a vítima chegou a ser levada para o Hospital Municipal de Anapurus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Segundo a polícia, o suspeito fugiu logo após o crime. Buscas estão sendo realizadas na região para tentar localizar o criminoso. Fonte.G1 Maranhão

Foragido da Justiça é recapturado no Maranhão

Destacado


Joel Ramos Costa é acusado do crime de homicídio qualificado ocorrido no Povoado São Lucas, em Cururupu.

A polícia recapturou na última sexta-feira (5) o foragido da Justiça Joel Ramos Costa. Ele é acusado do crime de homicídio qualificado ocorrido no Povoado São Lucas, situado no município de Cururupu, a 465 km de São Luís.
Segundo a polícia, Joel Ramos Costa estava foragido da cidade desde o ano de 2012, onde com as informações dos investigadores de Cururupu, o acusado foi encontrado pela equipe de investigadores na sua residência localizada no bairro Amendoeira.
De acordo com os policiais, Joel ainda tentou fugir no momento da abordagem, mas foi surpreendido pela equipe policial que vigiava o quintal da sua casa. Joel Ramos Costa foi preso e encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, em São Luís, onde ficará à disposição da Justiça.

G1 MA

Envenenamento em massa de animais domésticos deixa moradores de São Luís em alerta

Destacado

á se somam 18 mortes de bichos de estimação em São Luís nas últimas semanas. Segundo os donos, o veneno teria sido jogado para dentro da casa por cima do muro

Por: Giovana Kury08 de Julho de 2019149

Já se contabilizam 18 animais domésticos – somando-se gatos e cachorros – mortos por envenenamento nas duas últimas semanas em São Luís. Segundo moradores de três diferentes bairros da ilha, pacotes de raticida foram jogados por cima do muro de suas casas com o objetivo de matar os bichos de estimação. A recorrência da situação deixou donos de animais em estado de alerta.

Os relatos dos três moradores que passaram pela situação foram similares: o veneno para ratos da marca Nitrosin, com aroma de carne, teria sido jogado para o interior da casa e atraído os animais de estimação. O caso mais marcante foi no bairro do João Paulo, onde 17 gatos do mesmo dono morreram após ingerirem a raticida. Os outros dois foram registrados no Renascença I e Planalto Vinhais II.

“Não tem como resolver, pois já perdi minha cadela. Mas quero descobrir quem está fazendo isso”, afirmou a esteticista Amanda Matias, do Renascença I. Na noite de 27 de julho, perdeu sua cadela da raça American Bully para o veneno. O Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia do bairro. Segundo ela, não poderiam ter sido vizinhos, pois estavam viajando.

“Uma coisa dessa não tem como descrever. Tenho 10 cachorros, agora 9. Participo de várias ONGs e é triste”, desabafou a esteticista. “Sinceramente, acho que foram pessoas que não gostam de bicho, que querem exterminar. Principalmente nesses lugares que ajudamos, o que mais vemos é isto: gente perversa, que faz isso só para maltratar o animal. Sem nenhuma razão aparente”.

Larissa dos Santos, advogada, passou por uma situação similar na manhã do dia 30. Ao acordar, encontrou seis pacotes do mesmo pesticida abertos e espalhados pelo chão de seu quintal. Por sorte, seu gato não chegou a comê-lo.

“Peguei o Simba [nome do gato] e saí correndo, gritando e chorando”, relatou Larissa. Mesmo que não tenha havido morte neste caso, o B.O. foi registrado na Delegacia do Vinhais pela tentativa. “Se ele tivesse lambido, ele já tinha morrido. Eu vi porque acordei cedo. E se eu tivesse uma criança em casa?”, questionou.

Pacotes de Raticida encontrados na casa de Larissa. Nos três casos, a mesma marca de veneno foi utilizada. Foto: Arquivo Pessoal/Larissa Santos

A advogada Camilla Maia, membro do Núcleo de Defesa dos Animais da OAB, orienta que o ideal é levar o corpo do animal ao hospital veterinário para que se possa comprovar a morte por veneno e registrar o ocorrido na Delegacia do Meio Ambiente (DEMA), no Calhau.

“Já foi comprovado que pessoas que cometem maus tratos com animais tem potencial de fazer isso com seres humanos”, alegou a advogada. De acordo com ela, a delegacia deverá apurar o caso a partir de possíveis registros feitos por câmeras na rua, além da união com os casos similares. Na investigação, deverá ser constatado o número de pessoas e o objetivo por trás do ato.

A assessoria da Polícia Civil informou que todos os casos relacionados à morte de animais são encaminhados à Delegacia do Meio Ambiente para a devida apuração.

Jean tenta se esconder atrás da causa LGBT para justificar ataques do Pavão

Destacado

Dia 30 de junho Jean Wyllys resumiu assim todas as denúncias contra eles:

“Apenas ataques contra 3 gays”.

Fica o questionamento: Não importa o que eles façam, só o fato de ser gay já justifica crimes?

Desde quando isso é um serviço à causa LGBT?

Estão criando um abismo intransponível e aumentando o preconceito deliberadamente para justificarem a necessidade do movimento.

Deveriam seguir o exemplo das feministas. Aliás, algumas até tentaram justificar o caso “vítima do Neymar”, mas as próprias mulheres se revoltaram e não aceitaram ligar o nome de uma golpista ao movimento.

Quem está envolvido em acusações de venda de mandato não é o Jean, David e o Glenn GAYS. É o deputado eleito, o suplente de deputado e o jornalista.

Ninguém liga para o jeito que vocês transam!!

Raquel Brugnera

Hoje na História: Brasil leva 7×1 da Alemanha e é eliminado da Copa em casa

Destacado

A data de 8 de julho de 2014 vai ficar marcada para sempre, de uma forma trágica, na memória do torcedor brasileiro. Foi o dia do chamado “Mineiraço”, quando a Seleção Brasileira, comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, foi atropelada pelo time da Alemanha pelo elástico placar de 7×1 nas semifinais da Copa do Mundo no Brasil.

A partida no Mineirão, em Belo Horizonte, lembrou (salvas as devidas proporções), a derrota na final da Copa do Mundo de 1950, em que o Brasil perdeu o título para o Uruguai por 2 a 1, no Rio de Janeiro, no duelo que ficou conhecido como “Maracanaço”.

O vexame mais recente, em 2014, no entanto, entrou para a história como o maior da seleção brasileira em copas do mundo. O time entrou em campo sem seu principal goleador, Neymar, afastado por lesão. Além disso, o meio campo brasileiro praticamente inexistiu no primeiro tempo, o que obrigava os zagueiros a chutar diretamente para os atacantes. Desta forma, a bola caía nos pés dos defensores alemães que faziam a saída de bola para o melhor meio campo do mundo.

O resultado dessa deficiência não demorou a aparecer. Antes dos 30 minutos de jogo, o Brasil já havia levado 5 x 0 da Alemanha e estava completamente perdido dentro de campo. Na primeira etapa, os gols foram anotados por Müller (11 min), Klose (aos 23 min), Kroos (aos 24 e 26 min) e Khedira (aos 29 min).

Ainda abalados pelo placar, os brasileiros retornaram do vestiário para o segundo tempo com a marcação mais reforçada e sofreram “apenas” outros dois gols dos alemães, com Schürrle, que marcou duas vezes. O Brasil descontou com Oscar, nos minutos finais. Após o encerramento do jogo, boa parte dos torcedores brasileiros havia deixado o Mineirão e os que restaram bateram palmas aos alemães.

O Brasil disputou o terceiro lugar com a Holanda e foi derrotado por 3 a 0, em Brasília. Já a Alemanha foi a dona da festa ao conquistar o título na final diante da Argentina, por 1 a 0, no Rio de Janeiro.

O sol é para todos

Destacado

Uma deputada governista disse esta semana que os militares, tanto os das Forças Armadas quanto os das polícias estaduais, merecem tratamento especial na Reforma da Previdência porque trabalham no sol, ao contrário dos policiais federais, rodoviários federais e civis, que vivem no ar-condicionado.

Na mesma noite em que ela engulhou essa fala, fui dormir à meia-noite, me acordei às 2h30, participei de uma reunião às 4h e às 4h30 segui para uma operação policial em Luziânia, enquanto outros colegas partiram para Goiânia/GO e Campinas/SP, com o objetivo de prender membros de uma organização criminosa que desviou R$ 7 milhões do Consórcio Corumbá III, do qual a Companhia Energética de Brasília (CEB) é acionista majoritária.

A Polícia de Investigação trabalha em todos os lugares, as pessoas é que não percebem. Os policiais não têm hora de voltar para casa. As campanas duram noites e dias. Muitos casamentos se acabam. Em 2000, um agente da DTE II/PCDF virou carroceiro para desmantelar um grupo criminoso de tráfico de drogas e receptação de produtos roubados e furtados em uma favela do Distrito Federal.

NotíciasRelacionadas

Comando do Exército não usa sede há três anos

Mais gastos

Os mandados de prisão e busca e apreensão, após requeridos pelo delegado e deferidos pelo Judiciário, com parecer do Ministério Público, são cumpridos nos mais diversos lugares pelos policiais federais e civis. Muitos são recebidos a bala. Nas cadeias, quem corre todo o risco são os agentes penitenciários.

Os militares brasileiros, não obstante os relevantes serviços prestados à Nação, enfrentam guerras de tempos em tempos. Da Guerra do Paraguai para a Segunda Guerra Mundial se passaram mais de 60 anos. Que eu saiba, os gabinetes dos quarteis funcionam com ar-condicionado também. No entanto, em alguns cafundós há delegacias que funcionam em casas caindo aos pedaços, escoradas por cupins.

Não defendo privilégio de ninguém, mas entendo que, em havendo tratamento diferenciado para militares, não há por que não estendê-lo às demais forças públicas de segurança, sob pena de estabelecermos regime militar em pleno governo civil. Em pouco tempo, não haverá estímulo para ingresso em uma carreira perigosa em que, se não morrer cedo,  o policial ficará idoso correndo atrás de criminosos sarados.

Nenhum deputado do Maranhão compareceu à votação da reforma da Previdência

Destacado

O novo relatório da reforma da Previdência foi aprovado na quinta (5) com 49 votos. Nenhum deles foi maranhense

Foto: Ilustração

Por: Giovana Kur

Na última quinta-feira (5), a Comissão Especial da Câmara dos Deputados votou o novo relatório da reforma da Previdência, que foi aprovada 36 votos a favor e 13 contra. Dos 49 membros titulares, dois eram maranhenses – Cléber Verde (PRB) e João Marcelo Souza (MDB) -, e nenhum compareceu.

Segundo o gabinete de Cléber Verde, o político teve que viajar ao Maranhão na véspera da votação. A assessoria ainda não sabe dizer o porquê. A assessoria de João Marcelo Souza informou que o deputado também teve que vir ao estado e, por isso, não pôde participar da votação.

No lugar dos dois deputados, votaram seus respectivos suplentes, Flaviano Melo (MDB-AC) e Lafayette de Andrada (PRB-MG). Ambos votaram a favor do parecer da reforma.

O deputado Bira do Pindaré (PCdoB) era o único maranhense entre os suplentes e também não esteve presente na sessão. Seu titular, Aliel Machado (PSB-PR), foi um dos deputados que votaram contra o texto.

A assessoria de Bira informou que o deputado não compareceu por ter recebido uma diligência da Comissão de Direitos Humanos para acompanhar o presidente, Elder Salomão (PT), na questão das comunidades de Alcântara.

Após a aprovação deste texto da reforma da Previdência, o próximo passo é a discussão e votação no plenário da Câmara em dois turnos. Será aprovada se obtiver, no mínimo, três quintos dos votos favoráveis dos deputados: 308 dos 513. Depois, será encaminhada ao Senado.

Câmara deve iniciar na 3ªfeira discussão sobre reforma da Previdência

Destacado

A semana na Câmara dos Deputados vai começar com a expectativa de o plenário iniciar a discussão sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/19) da reforma da Previdência nesta terça-feira (9).

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita que o texto poderá ser votado em dois turnos antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, após reunião na residência oficial da presidência da Câmara.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, considera que o texto da reforma da Previdência poderá ser votado em dois turnos antes do recesso parlamentar, que começa dia 18 de julho (Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) na comissão especial que tratou do tema foi aprovado na quinta-feira (4), e os destaques ao texto-base terminaram de ser apreciados pelos integrantes do colegiado na madrugada de sexta-feira (5).

Para o texto começar a ser debatido no plenário, o regimento da Câmara estabelece um prazo de duas sessões após a conclusão da votação na comissão especial.

Maia avalia que já tem votos necessários para aprovar a reforma no plenário. A expectativa do parlamentar é que a medida seja aprovada por pouco mais de 325 deputados.

Com a aprovação na comissão especial, a proposta seguiu para o plenário da Câmara. Por se tratar de uma PEC, o texto precisa ser aprovado por três quintos dos deputados, o correspondente a 308 votos favoráveis, em dois turnos de votação.

Aprovada pelos deputados, a matéria segue para apreciação do Senado, onde também deve ser apreciada em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 em um universo de 81 senadores.

Destaques

Após 16 horas de debates, a comissão especial concluiu, na madrugada da sexta-feira (5), a votação dos destaques com sugestões de mudanças no relatório.

Foram derrubados, em bloco, 99 destaques individuais e analisados, um a um, 17 destaques de bancadas – a maioria rejeitada.

Apenas dois destaques foram aprovados. Um deles, do bloco PP, PTB e MDB, retirou dois temas do relatório. O primeiro é a limitação para renegociação de dívidas junto ao estado em até 60 meses. Atualmente, os programas não têm limitação de prazo.

O segundo ponto excluído do parecer trata da cobrança de contribuições previdenciárias sobre a exportação do agronegócio. Com essa renúncia fiscal, o governo projeta uma redução da economia prevista com a reforma em R$ 83 bilhões nos próximos dez anos.

O outro destaque aprovado, do DEM, retira policiais militares e bombeiros do texto da PEC.

Os deputados aprovaram, por unanimidade, a retirada da aplicação a policiais militares e bombeiros das regras de transferência para inatividade e pensão por morte dos integrantes das Forças Armadas, até que uma lei complementar local defina essas regras.

O texto exclui ainda a possibilidade de que lei estadual estabeleça alíquota e base de cálculo de contribuição previdenciária para policiais e bombeiros militares.

Agentes de segurança e professores

A comissão especial rejeitou mudanças nas regras de aposentadoria para policiais que servem à União. Pelo texto aprovado na comissão especial, policiais federais e legislativos se aposentarão aos 55 anos de idade, com 30 anos de contribuição e 25 anos de exercício efetivo na carreira, independentemente de distinção de sexo. http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2019-07/comissao-rejeita-regras-especiais-de-aposentadoria-para-policiais

Por 30 votos a 18, a comissão rejeitou mudança nas regras de aposentadoria de professores. O destaque buscava manter as atuais regras de aposentadoria para professores, com 25 anos de contribuição para mulheres e 30 anos para homens, sem exigência de idade mínima.

Pelo texto do relator, as professoras poderão se aposentar com 57 anos de idade e 25 de contribuição; e os professores, com 60 de idade e 30 de contribuição. Os profissionais do magistério terão de comprovar efetivo exercício na educação infantil ou nos ensinos médio e fundamental. Fonte Agência Brasil

66 ANOS DE TRADIÇÃO Lava-boi encerra festa junina em Ribamar

Destacado

Brincantes e simpatizantes poderão aproveitar mais um fim de semana ao som das matracas, tambores e pandeirões, na cidade balneária de São José de Ribamar

Por: Patrícia Cunha

Depois da temporada oficial junina, a cidade balneária de São José de Ribamar se prepara para receber o público para a tradicional festa do Lava-bois. O evento, que já existe há mais de seis décadas, marca o encerramento das festividades juninas no município. A festa acontece com diversas apresentações musicais, além dos cortejos das brincadeiras na Avenida Gonçalves Dias, no centro da cidade.PUBLICIDADE

Na programação de ontem, sábado, dia 6, tinha na programação o Boi Meu Tamarineiro (sotaque de orquestra) e a Banda Energia.

Já hoje, o domingo (7), a programação começa às 13h, com o grupo Samba de Boa, em seguida, Dudu N’Gandaya. Para encerrar, o Grande Encontro dos Bois de Matraca. “Nesse dia, boieiro que é boieiro desce pra Ribamar. Depois de bater matraca no São Marçal, é lá que a gente se encontra”, convida o produtor cultural Carlos Araújo.

Em sua 66ª edição, a Prefeitura de São José de Ribamar montou um esquema para garantir a segurança do evento, com Polícia Militar, bombeiros, Guarda Municipal; e também para garantir a urgência e emergência do público, com equipes médicas e ambulâncias do Samu em pontos estratégicos do circuito.

No domingo os grupos se apresentam na Avenida Gonçalves Dias, seguindo em desfile ou cortejo até o Parque Municipal.

No ano passado, o evento reuniu um público gigante nos dois dias de festa, com a participação de milhares de brincantes que se divertiram ao som dos principais batalhões de matraca, orquestra e zabumba, além dos shows dos artistas locais.

Para este ano, a expectativa da organização  é de pelo 100 mil pessoas nos dois dias de festa.

O Lava-Bois é outra festa inédita no país. “É um grande encontro de grupos de bumba meu boi que acontece no primeiro fim de semana do mês de julho. Um espetáculo de cores, brilho e cultura. importante para todos os grupos de bois do Maranhão”, comentou Maria José, presidente do Boi de Maracanã.

Anos 1950: começa a história do Lava-Boi

A versão contada por moradores mais antigos de São José de Ribamar revela que a festa teve início nos anos 1950. O evento surgiu de um ritual promovido por boieiros que foram até o município pagar uma promessa de São João. Os primeiros batalhões que chegaram à cidade foram os de orquestra a convite de brincadeiras locais, mas também com o objetivo de pagar promessas.

O EVENTO COMEÇOU A GANHAR MAIORES PROPORÇÕES COM OS BOIS DE MATRACA

A concentração das brincadeiras acontecia em frente à Igreja Matriz. Segundo contam, os primeiros bois que participaram da festança foram os batalhões de Axixá, Rosário, Peri-Merim, Santa Rita e São José de Ribamar.

O evento começou a ganhar maiores proporções com as participações de representantes dos bois de matraca de São José dos Índios e Sítio do Apicum. Zé Camões, de São José dos Índios, Luis da Navó, da Maioba, e Lucas, do Sítio do Apicum, começaram a convidar outras brincadeiras para participar da festa. Desde então, o evento ganhou grandes proporções e tornou-se essa grande manifestação cultural que acontece hoje em dia.

O nome Lava-Bois foi dado devido ao fato do evento encerrar oficialmente a temporada junina no estado, assim como o Lava-Pratos que encerra o período carnavalesco.

A cidade balneária de São José de Ribamar

A sede de São José de Ribamar fica a 30km de São Luís, no extremo leste da Ilha, à beira da Baía de São José. A cidade acolhedora tem como atrativo suas paisagens naturais, que guardam praias de beleza singular e o turismo religioso, tradição que já fez da cidade um dos santuários mais importantes do Norte-Nordeste.

Durante todo o ano, a cidade recebe turistas que chegam para conhecer a cultura e se divertir nas festas populares de São José de Ribamar. O Carnaval Lava-Pratos, que acontece no fim de semana após o carnaval tradicional, arrasta multidões em dois dias de muita diversão.

Confira a programação

Domingo (7)

  • 13h – Banda Samba de Boa
  • 15 –  Dudu N´Gandaia
  • Encontro de Bois de Matraca Fonte O Imparcial

Uber agora vai validar seus dados na Serasa

Destacado

Além da Serasa, a Uber tem parceria com o Serpro para checagem de informações cadastrais dos motoristas parceiros em tempo real.

A U-Check utilizará a base de dados da Serasa Experian para colher informações adicionais via API. Dessa maneira, a verificação do cadastro também cobrirá todos os novos usuários que optarem por não adicionar um cartão de crédito no momento de se registrarem já a partir deste mês — a empresa ainda comenta que a parceria abre caminho para novas “verificações diversas” no futuro, sem indicar quais seriam.

“O compromisso com a segurança é a prioridade da empresa, por isso a Uber está permanentemente desenvolvendo e aprimorando soluções para tornar as viagens cada vez mais seguras e confiáveis”, explica o diretor do Tech Center da Uber no Brasil, Marcello Azambuja. Já Luiz Junqueira, diretor de produtos da Serasa Experian, diz que “dados precisos e confiáveis garantem a segurança e melhoram a experiência do usuário. A nova ferramenta, que integra a solução InfoMais da Serasa, irá facilitar as verificações cadastrais, tornando o sistema mais robusto”.

Além da Serasa, a Uber tem parceria com o Serpro para checagem de informações cadastrais dos motoristas parceiros em tempo real.

Em Codo assaltante é linchado por populares e em seguida entregue a Polícia no bairro Codo Novo

Destacado

Por volta das 03hs da madrugada deste domingo, 07/06, policiais militares do 17º BPM, foram acionados via COPOM após denuncia de populares que um homem teria tentado contra a vida de uma vítima durante um assalto na Rua Vieira Gomes no bairro Codo Novo.

Segundo populares dois elementos de posse de uma faca e uma garruncha teria abordado a vítima que estava acompanhada de sua namorada para tomar sua motocicleta. O casal reagiu ao assalto ocasionando numa briga corporal com um dos assaltantes que desferiu golpes de arma branca numa das vítimas. Populares que presenciaram a ação interviram no assalto vindo a capturar Rogério Nascimento Ribeiro, 24 anos, um dos elementos que foi bastante agredido a socos e pontapés, sendo que seu comparsa conseguiu se evadir do local por rumo ignorado.

A guarnição imediatamente se deslocou até o local e conseguiu prender o assaltante que se encontrava capturado pela população. A equipe do SAMU foi acionada e socorreu a vitima que foi encaminhada para a UPA em atendimento médico se encontrando em situação estável.

*Material apreendido*:
01 arma branca;
01 garruncha

*ASSCOM 17ºBPM*

Avô é preso por estupro de vulnerável após engravidar neta em Icatu – Ma.

Destacado

O homem identificado como José Ribamar Alves, de 61 anos, foi preso no povoado Mata, na cidade de Icatu, na noite dessa sexta-feira (05), acusado de estuprar a própria neta. A prisão ocorreu após denúncia feito por duas pessoas à guarnição da PM do 27º BPM. O avô paterno já vinha estuprando a neta, de iniciais K.M.S.A, há algum tempo. Ela está grávida de 4 meses.
Após a prisão, ele foi conduzido, juntamente com a vítima, para a Delegacia Regional de Rosário para que fossem tomadas as medidas cabíveis.
Na delegacia, ele teria confessado o estupro da neta. Ele responderá por estupro de vulnerável, crime previsto no artigo 217-A do Códio Penal. A pena é de 8 a 15 anos de reclusão.
No entanto, segundo informações passadas ao blog, na manhã deste sábado (06), José Alves, já está em liberdade.
Do Blog Gilberto Lima

Deputado Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara

Destacado

Afastado do cargo desde 5 de maio de 2016 por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciou nesta quinta-feira, dia 7 de julho, à presidência da Câmara dos Deputados. Ele também estava suspenso pelo STF do seu mandato parlamentar por tempo indeterminado. Cunha comunicou a sua decisão em uma carta dirigida ao presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA).

Ele anunciou sua decisão no Salão Verde da Câmara e disse que foi alvo de perseguição por ter iniciado o impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

“Estou pagando um alto preço por ter dado início ao impeachment. Não tenho dúvidas, inclusive, de que a principal causa do meu afastamento reside na condução desse processo de impeachment da presidente afastada. Tanto é que meu pedido de afastamento foi protocolado pelo PGR [procurador-geral da República] em 16 de dezembro, logo após a minha decisão de abertura do processo”, afirmou.

“Somente a minha renúncia poderá pôr fim a essa interinidade sem prazo”, continou, ao afirmar que a Câmara está acéfala.

O político é investigado na Operação Lava Jato e também é réu em duas ações no STF. Ele ainda responde a um processo disciplinar no Conselho de Ética da Câmara, que aprovou um parecer pela cassação do mandato.

Confira aqui a carta da renúncia de Cunha.

Novas eleições

Com a decisão de Cunha, a Câmara terá que convocar novas eleições no prazo de até cinco sessões plenárias – deliberativas ou de debates com o mínimo de 51 deputados presentes – para uma espécie de mandato-tampão, até as eleições para o presidente da Casa em fevereiro de 2017. 

As vitórias do governo Bolsonaro

Destacado

Ney Lope

Não se pode negar que o governo do Presidente Bolsonaro alcançou duas vitórias, nos últimos dias. Por justiça é necessário registrá-las, para legitimar as críticas já feitas e o direito de fazê-las no futuro. Afinal, o propósito não é julgar pessoas, mas sim como elas agem, em benefício do país.

Senão vejamos.

A reforma da previdência avança, com a aprovação do parecer do relator. Falta muito, ainda, Porém, o primeiro passo gera otimismo.i

Uma justiça deve ser feita à posição do Presidente Bolsonaro, ao anunciar respeito às decisões do Congresso Nacional. Sem dúvida, decisão corajosa, sobretudo por saber-se que nos bastidores, o Chefe da Nação contrariou “cercanias do poder”, que pregavam o endurecimento e até o fechamento do Legislativo.

 A vitória, portanto, tornou-se possível, a partir da hora em que o Planalto convenceu-se de que a proposta da mudança era do Executivo, mas a decisão final seria do Parlamento. É assim nas democracias. Não é assim no autoritarismo.

Nos primeiros momentos de tramitação congressual, a reforma previdenciária, embora absolutamente fundamental e necessária ao Brasil, parecia naufragar. As causas eram os sinais de confronto entre Executivo e Legislativo.

De um lado, o ministro Paulo Guedes, visivelmente irritado jogava o Congresso contra a parede e apregoava, em nome do tal “mercado”, que sem a aprovação do “seu” texto enviado ao Congresso, um “tsunami” destruiria inapelavelmente a nação.   Assemelhava-se ao drama hamletiano do monólogo “ser ou não ser, eis a questão“.

A posição ministerial colocava em dúvida, até a convicção do Presidente de ser a favor da Reforma, atribuindo vacilação. O fato acirrou as relações políticas do Planalto com o presidente da Câmara Rodrigo Maia, o presidente do Senado Davi Alcolumbre e alcançou até o Ministro Chefe da Casa Civil Onix Lorenzoni, cujo comportamento inegavelmente foi sempre de lealdade ao Presidente e em defesa das mudanças possíveis, ou sejam, aquelas aprovadas no Congresso.

A inadiável Reforma da Previdência somente passou a ser viável e dá os primeiros passos positivos, a partir da hora em que o Ministério da Economia deixou de ser protagonista do processo e o ministro Guedes desistiu de demitir-se e ir morar no exterior.

Afinal, o deputado Rodrigo Maia, juntamente com o senador Alcolumbre, assumiram o comando na área legislativa, com eficiência, experiência e espírito público.

Quem conhece o Legislativo sabe que as deliberações sobre temas polêmicos dependem de líderes firmes. É só relembrar, por exemplo, os papéis de Ulysses Guimarães, na Constituinte e Luís Eduardo Magalhães, nas reformas encaminhadas à época de FHC. O autor do artigo estava no Congresso em ambas às ocasiões e conhece por experiência própria.

Nesse particular, o deputado Rodrigo Maia está dando demonstração de inequívoca liderança, capacidade de transigir, respeitar os contrários, negociar com lealdade (sem reservas mentais).  Suas ações passarão à história do Parlamento.

Salvo algum percalço não previsível, ao final desse processo de mudança previdenciária, tanto o Presidente Bolsonaro se sairá bem, cumprindo a promessa de deflagrar o processo de mudança, quanto, igualmente o deputado Rodrigo Maia e o senador Alcolumbre, no exercício de lideranças legislativas legítimas e acatadas por seus pares.

Aprovado o Parecer do relator aguardam-se outras etapas decisivas. Por antecipação sabe-se que muitas mudanças no texto, ainda virão. Não se alegue “desidratação”, nem “força de lobbies” corporativos e/ou empresariais, embora esses dois fatos possam existir.

A desidratação poderá ocorrer e a reforma previdenciária terá que ser a “possível”, a ser consolidada por etapas, sem agonias ou tensões sociais, presentes ou futuras. Foi assim no mundo todo. Até hoje, países europeus ainda implantam suas mudanças na previdência.

Observe-se que o “furo” do PIB é de cerca de 6% e a reforma previdenciária contribuirá no máximo com 1%. Portanto, há mudanças até mais importantes a serem feitas, sobretudo na área tributária.

Após a aprovação da Reforma Previdenciária em tramitação caberá ao governo estimar o que ainda será necessária fazer para complementá-la.

É público e notório que a proposta previdenciária originária do Ministério da Economia foi de “mão única”. Não “divide sacrifícios”. As dificuldades surgiram, não por aqueles parlamentares que seriam “contra” a mudança, mas por quem entendeu, desde o primeiro momento, que outras fontes fiscais teriam que ser usadas para reduzir o déficit apregoado.

Com a evolução tecnológica e a globalização é impossível negar a absoluta necessidade de atualização das regras da Previdência Pública, sob pena de insolvência das nações. Isso, entretanto, terá que ser entendido num contexto social e não apenas econômico, com base exclusivamente no “lobbie” do mercado, tão nocivo, quanto os “lobbies” de outras corporações.

O texto enviado originariamente punia o serviço público e os beneficiários da previdência pública e privada, rural e urbana, civil e militar. Toda desgraça gerada pelo déficit era atribuída a esses segmentos. Invocou-se uma falsa meta de “igualdade” (confrontando presumidos privilégios de ricos contra pobres), que conspira contra o mérito das pessoas ao ascenderem na pirâmide social, por esforço próprio e competência.

Em nome de corrigir vícios e deformações, o texto proposto abrigou injustiças inomináveis, ainda pendentes da decisão final dos plenários da Câmara e do Senado.

O melhor caminho teria sido introduzir nesta Reforma em tramitação outras fontes fiscais para reduzir (ou eliminar) o déficit. E aí seriam discutidas medidas de retorno de bilhões desviados” na desoneração da previdência, uso indevido (e até criminoso) de subsídios, isenções e juros diferenciados (sobretudo no BNDES, cuja “caixa preta” envolve também as operações internas). Identificar outras fontes fiscais: mudar a “pejotização” que vaza receita pública; impostos sobre heranças e doações; lucros e dividendos.

Como a opção do Ministério da Economia foi não “tocar” nas fontes fiscais mencionadas, as mudanças serão adiadas para pós Reforma da Previdência, através da reforma tributária. A medida financeira dessa mudança será exatamente calculada em função da decisão final do Congresso na Previdência Social. O outro lado da moeda terá que contribuir também!

Ainda uma palavra final de análise: o acordo EU-Mercosul estava emperrado e enterrado. Sem dúvida, o presidente Bolsonaro reabriu a discussão e assumiu a liderança continental para aprová-lo. Mérito! Esse fato serve de alerta para o próprio governo, de que não se justificam “mudanças” abruptas e impositivas, com “mão única”, a pretexto de combater déficit (caso da reforma previdenciária).

Mudanças sim, porém graduais, com divisão de sacrifícios e soluções criativas, capazes de promover o crescimento econômico socialmente justo, como é exemplo o Acordo UE-MERCOSUL. O Brasil ganhará com esse Acordo, em que pesem as naturais reações de certos setores da economia. Em toda decisão desse tipo torna-se necessário avançar, recuar, perder e ganhar.

A conclusão é que, tanto a aprovação de uma reforma Previdenciária justa e possível, quando a implementação do acordo com a União Europeia, permitirão ganhos reais para o povo brasileiro, que ao final erguerá, como no Canto Geral de Neruda, “a taça da nova vida, com as velhas dores enterradas“.

TCU pede para Guedes informar se Coaf investiga Glenn Greenwald

Destacado

O ministro do Tribunal de Contas da União, Bruno Dantas, deu um prazo de 24 horas para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, informe se o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), ligado ao Ministério da Economia, está investigando movimentações financeiras do jornalista do Intercept Brasil Glenn Greenwald. O site tem divulgado troca de mensagens atribuídas a procuradores da Lava Jato e ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, então juiz da operação Lava Jato em Curitiba.

O despacho de Dantas foi baseado na representação do subprocurador-Geral do Ministério Público de Contas, Lucas Rocha Furtado, para apurar possíveis irregularidades no Coaf, que estaria verificando, a pedido da Polícia Federal, movimentações atípicas que pudessem estar relacionadas à invasão dos celulares de agentes públicos envolvidos com trabalhos da Lava Jato. “A motivação dessa investigação teria sido, mediante perseguição e abuso de poder, intimidar o jornalista”, diz o documento.

No argumento do Ministério Público de Contas e do ministro do TCU, se confirmada, a investigação do Coaf poderia caracterizar “grave desvio de finalidade” e dispência de recursos públicos. “Por óbvio, isso nada tem a ver com a prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo”, diz Bruno Dantas.

No despacho, o ministro também dá 24 horas para que o presidente do Coaf, Roberto Leonel de Oliveira Lima, se manifeste. Fonte Agência Brasil

Período de férias exige cuidados redobrados com a segurança das crianças

Destacado

As férias chegaram, tempo da criançada se divertir com os amigos e a família. Criança gosta da magia que é voar, não é à toa que empinar pipa é tão divertido. Mas, cuidado! As pipas devem ser empinadas longe da rede de energia elétrica! Dê preferência para parques, campos e locais abertos bem afastados da rede elétrica. Jamais se deve usar fios metálicos ou cerol, e caso a pipa fique presa na rede elétrica, jamais tente resgatá-la com varas ou subindo nos postes, pois pode ocasionar um grave acidente.

Só este ano já foram 724 ocorrências na rede elétrica provocadas por pipa presas nos fios de energia. E isto, além de deixar muita gente sem energia pode provocar situações graves de choque elétrico.

5 MUNICÍPIOS QUE MAIS TIVERAM OCORRÊNCIAS COM PIPA NA REDENO PERÍODO DE JAN À JUN DE 2019:
São Luís199
Timon74
Imperatriz69
São José de Ribamar49
Itapecuru Mirim22

No período de férias também aumenta a permanência da criançada em casa e os cuidados devem ser ainda maiores. Os jogos eletrônicos em celulares, tablets e videogames são os preferidos dos pequenos. A Companhia também orienta sobre a importância dos pais ficarem atentos na hora de carregar esses equipamentos ou ligar na tomada. Somente adultos devem manusear equipamentos elétrico – de preferência devem estar calçados com sandálias de borracha.

Ao carregar o celular, os cabos devem ser retirados totalmente da tomada e não apenas do aparelho. E os brinquedos que precisam de energia elétrica devem ser ligados somente por adultos calçados.

O técnico de segurança da Cemar, José Rogério de Oliveira, destacou que “em caso de acidente dentro de casa para ajudar uma pessoa vítima de choque elétrico, a primeira providência é desligar o disjuntor ou chave geral. Se não for possível tente afastar a pessoa da fonte condutora da energia usando objetos isolantes, como sandálias de borracha, plásticos e madeira seca. Em seguida chame o serviço médico de emergência como Samu 192 ou Bombeiros 193 e inicie a prestação dos primeiros socorros” alertou Rogério.

Nas ruas as pessoas não devem se aproximar de fios e cabos partidos. Situações dessa natureza devem ser comunicadas imediatamente por meio da Central 116, devendo-se informar o endereço com ponto de referência, para que a Cemar possa enviar uma equipe de plantão ao local e adotar as medidas técnicas necessárias.

Estas medidas simples podem proporcionar um período de férias sem sustos ou prejuízos com a energia elétrica. E lembre-se: muitas dicas podem ser aproveitadas para o ano todo. Para mais informações, a população deve entrar em contato com a Cemar por meio da Central de Atendimento 116, agência web www.cemar116.com.br ou pelas redes sociais.

Assessoria da Cemar

São luis agora é oficialmente a capital nacional do Bumba meu Boi

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto aprovado recentemente no Congresso Nacional que reconhece a capital maranhense, São Luís, como a Capital Nacional do Bumba Meu Boi.
A proposta foi aprovada no mês passado em Plenário pelo Senado, quando foi relatada por Roberto Rocha (PSDB-MA). Ele disse na ocasião que existem mais de 100 mil grupos de Bumba Meu Boi no país, com força principalmente em cidades no interior do Nordeste, mas o epicentro desta tradicional cultura popular “se dá, de fato, no Maranhão”.
“Estes grupos se expressam através de música, coreografias, vestimentas e instrumentos. Uma expressão da cultura, fé, devoção e das relações sócio-econômicas que remontam a tempos coloniais. Também conhecida como boi-bumbá, a dança folclórica gira em torno da ressurreição de um boi, envolvendo seres humanos e animais fantásticos. A cultura remonta ainda à tradições europeias, africanas e indígenas, misturadas com elementos católicos, vinculando-se umbilicalmente ao período das festas juninas”, descreveu Rocha na ocasião.
Ele ainda avalia que a oficialização de São Luís como a Capital Nacional do Bumba Meu Boi pode produzir impactos positivos no setor turístico.Eis a íntegra da lei:
DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO
LEI Nº 13.851, DE 4 DE JULHO DE 2019Denomina a cidade de São Luís, no Estado do Maranhão, Capital Nacional do Bumba Meu Boi.O P R E S I D E N T E D A R E P Ú B L I C AFaço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:Art. 1º A cidade de São Luís, no Estado do Maranhão, fica denominada Capital Nacional do Bumba Meu Boi.Art. 2º Esta Lei entra em vigor após decorridos trinta dias de sua publicação oficial.Brasília, 4 de julho de 2019; 198º da Independência e 131º da República.JAIR MESSIAS BOLSONAROSÉRGIO MORO
Por Aquiles Emir

Recém-nascido é encontrado dentro de caixa em São Luís

Destacado

Recém-nascido foi encontrado neste sábado (6) dentro de uma caixa de papelão ainda com o cordão umbilical na área do Complexo Esportivo de São Luis, no bairro Barreto.

Um recém-nascido foi encontrado no início da manhã deste sábado (6) dentro de uma caixa na área do Complexo Esportivo de São Luis, no bairro Barreto, na capital.
A criança foi resgatada em um terreno baldio por policiais militares do 9º Batalhão. O recém-nascido foi abandonado dentro de uma caixa de papelão ainda com o cordão umbilical. Os policiais encaminharam o bebê para a Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão, onde ele recebeu os primeiros atendimentos e foi submetido a exames.
Conselheiros tutelares estiveram na Maternidade ainda durante a manhã deste sábado para acompanhar o caso. A conselheira tutelar Hilsângela Damasceno revelou que se trata de um menino e que apesar das condições de abandono, o recém-nascido passa bem.
“Agora é tomar os procedimentos, caso não encontre os familiares. A própria direção do hospital vai entrar em contato com o Ministério Público, que é a 1ª Vara da Infância no caso, para tomar o procedimento de acolhimento, caso não encontre os familiares, finalizou Hilsângela Damasceno. G1 MA

Presos em Alto Alegre, Bandidos que assaltaram Loja em Vargem Grande

Destacado

Foram presos no bairro Santa Luzia em Alto Alegre do Maranhão, as 19 hs e 30 min do mesmo dia (4) que assaltaram funcionários e clientes da loja Inforcenter em Vargem Grande os assaltantes Pedro Henrique Sousa Silva, 20 anos, e Mateus Vitor dos Santos Mourão 19 anos, residentes em Teresina- Pi e os comparsas Johny Patrick 24 anos e Paulo Henrique Silva 23 anos, residentes em Alto Alegre, Maranhão.

O quarteto estava circulando em um veículo TrailBlazer, o mesmo que eles usaram na fuga após o assalto a loja Inforcenter.

Após o assalto em Vargem Grande, a polícia militar comunicou o ocorrido as companhias de todo o estado dando as características dos meliantes e do veículo que a quadrilha estava usando para as práticas delituosas.

A polícia informou ainda, que o veículo estava com placas clonadas pois foi furtado na cidade de Teresina no ultimo dia 2.

Ainda não se sabe se a quadrilha praticou assaltos em outras cidades, mas com os integrantes dela, foram encontrados celulares e dinheiro em espécie.

Todos foram encaminhados a delegacia de polícia civil de Bacabal para os procedimentos legais.

Hoje na História: John Lennon conhece Paul McCartney

Destacado

Na manchete de primeira página do Liverpool Evening Express, em 6 de julho de 1957, lia-se “MESEYSIDE SIZZLES” (algo próximo a Merseyside está ardendo), em referência à onda de calor que atingia não só o norte da Inglaterra, mas toda a Europa. A mesma manchete poderia muito bem ter sido usada para falar de uma história que não recebeu nenhuma cobertura naquele dia – a história do primeiro encontro entre dois adolescentes chamados John Lennon e Paul McCartney. Assim como a relação pessoal e profissional à qual levaria, o primeiro e histórico encontro dos dois foi repleto de excitação, rivalidade e respeito mútuo.

A ‘bic’ neles!

Destacado

José Maurício de Barcellos

A título de comentário acerca da última “live” semanal de quinta feira 27 de junho, transmitida pelo Capitão quando ele e sua equipe ainda estavam no Japão, recebi de um querido primo – antigo e competente engenheiro, homem de grande qualificação e de incomparáveis virtudes – uma mensagem que de forma direta, lisa e objetiva assim dizia: “Depois do último dia 30 de junho ele (Bolsonaro) sabe que o brasileiro continua com ele. Só que está demorando em usar a “bic” e invocar o artigo 142” (da Constituição).

Percebam a força e avaliem o grau de certeza e de legitimidade deste pensamento, bem como o quanto traduz tudo que está no coração dos patriotas nos tempos de agora. Sempre fico impressionadíssimo como nós brasileiros identificamos, com rara acuidade, os problemas do país e o tanto que acertamos, com precisão, ao identificar a solução necessária. Tirante os mal-intencionados, os ladrões e os vermelhos (uma minoria abjeta) que não estão nem aí para a sorte do Brasil, de um modo geral os cidadãos de bem que, sem equívoco, constituem a grande maioria da população desta Pátria, têm um diagnóstico corretíssimo em relação àquilo de que esta Nação carece com a maior urgência. Porém, nada acontece. Porque, meu Deus?

Penso que nem mesmo os contra, os fracos e os covardes, que convenientemente se renderam aos vendilhões da Pátria discordam daquele argumento. Duvido e faço pouco que alguém de sã consciência possa dizer que não identifica os responsáveis por 30 anos de destruição, de roubalheira, de incompetência que acabou levando o Brasil à beira do abismo social, econômico e político. Então, porque nada aconteceu até aqui? Como chegamos a este ponto? Porque levou muito tempo para começar a se prender os poderosos? Porque foi consentido que o comunismo, disfarçado em socialismo e aliado à direita corrupta conseguisse aquilo e durante tanto tempo?i

A ditadura dos maus e
dos corruptos é o que nos
aprisionou por décadas a fio

Separem dentre os nomes que compuseram as lideranças em quaisquer segmentos, das quadrilhas de Sarney a Temer, com ênfase para os malditos socialistas de FHC e para a petralhada de Lula e Dilma, um só nome que não possa ser acusado ou indiciado pela desgraça que se abateu sobre esta Terra de Santa Cruz. São todos conhecidos e estão muito ricos. São distinguíveis a olho desarmado, mas a maioria permanece em liberdade, pouquíssimos estão presos e todos estão de tocaia para destruir a derradeira esperança que o bravo Movimento Revolucionário Popular de 2018 – MRP2018 – trouxe para esse povo sofrido e humilhado. Não dá para aguentar mais, não enquanto houver um só brasileiro com fome nas favelas e nos guetos imundos e morrendo nas mãos dos bandidos protegidos pelo PSOL ou por outras quadrilhas de igual natureza.

Quando enveredo por essas sendas vem logo um “uspiniano” dos infernos ou um canastrão da extrema imprensa ou ainda um proxeneta de qualquer agremiação partidária dizer que estou demonizando a política, atentando contra a democracia e pregando a ditadura. Somente não dizem que o bando de demônios que tomou este País de assalto nas três últimas décadas, que a falsa democracia que nos impuseram como panaceia salvadora e que o regime perverso com o qual os maus mantiveram cativo o povo do Brasil, tudo há muito que deveria ter sido varrido da nossa sociedade. É isto que prego. A ditadura dos maus e dos corruptos é o que nos aprisionou por décadas a fio.

Ainda outro dia, um “cretinóide” do jornal “O Goebbels”, que pousa de imortal, disse que Bolsonaro teria que submeter aos caprichos e aos escusos interesses dos parlamentares da oposição para não ser taxado de ditador ou de fascista. O argumento é sórdido. Uma coisa é ouvir, com respeito, a oposição séria, outra é se submeter aos corruptos e aos bandidos que lhe procuram para pedir verba para a empresa do patrão daquele deformador de opinião.

Das ruas no Brasil inteiro vieram claros recados e nítidas determinações dos patriotas: o Brasil exige que a Operação Lava Jato – idealizada e sustentada, no peito e na raça, por Moro e sua valente equipe – além de não ser nunca arranhada julgue e prenda, em poucos meses, os ratos de todos os tipos e tamanhos e confisque suas odiosas fortunas ilegais. Assim, de “Renan Canalheiros” a Lobão e Jucá; da ré Gleise Hoffmann a Humberto Costa, Lindbergh ou Jaques Wagner; de FHC a Aécio Neves, José Serra ou Aloísio Nunes, passando por Dilma, Temer e Geddel; de Sarney a Collor sem esquecer-se de Ciro a Boulos – só para citar alguns – ninguém pode escapar.

Quanto mais
teremos que tolerar?

Das ruas chegou o aviso de que o País quer que a mais alta Corte do Judiciário fique livre dos “Mandarins Solta Bandidos” e daqueles cuja torta vida pregressa ou a duvidosa reputação são coisas públicas e notórias. A Nação brasileira disse, em alto e bom som, que o Congresso, como um todo, não lhe representa e que os canalhas que dirigem a Câmara e o Senado não podem continuar ocupando suas cadeiras. É isto que os donos do poder, ou seja, aqueles dos quais todo o poder se origina disseram, aos berros em praça pública, para o Capitão no sentido de que lhe cumpre e deve ser feito com base nas disposições do artigo 142, da Constituição Federal, para restabelecer a lei, a ordem e desencadear o progresso. Não é para chegar à situação que se apresenta que elegemos Bolsonaro e pronto. Estamos conversados. O povão quer ver as coisas mudando agora, nem que seja a fórceps. O pobre já não aguenta mais.

Quanto mais teremos que tolerar? Que outros planos sórdidos e audaciosos, do tipo que um terrorista internacional desafia a segurança nacional para atentar contra nosso paladino da Justiça, teremos que engolir? Quantas ações deletérias e impatriotas do tipo que sabotam a imagem do Brasil no exterior visando a impedir o ingresso de trilhões de dólares de investimentos estrangeiros dos quais se precisa urgentemente ainda se terá que suportar? O que ainda estamos esperando? Será que é preciso que os vermelhos tirem a vida do Presidente da República ou de alguém de sua família ou mesmo do Ministro Sérgio Moro? É isto que se está esperando para começar a agir?

Vou repetir para firmar. Penso que o atentado contra as instituições brasileiras, configurado pelo desafio ao Ministro Sérgio Moro e ao Procurador  Deltan Dallagnol, serviu para transbordar o copo que o vice-presidente Mourão disse estava quase cheio. Atenção compatriotas! Não consintam que façam pouco caso de nossa gente que já sofreu demais. Que respeitem o sentimento do povo brasileiro por sua terra e não continuem a desafiar o cidadão que, em praça pública, expõe um grande amor à Pátria e para com seus heróis, como se vê nas cenas do seguinte vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=k_yehDXI38g.

Volto a insistir, como outras vezes fiz desta tribuna corajosa e independente. Chega! A normalidade está quebrada. Depois que o Supremo, pela voz petulante de seu mal afamado Presidente, com o apoio de seus pares igualmente desmoralizados, ousou desafiar a vontade do povo brandida nas ruas ao debochar de suas críticas, ou seja, ousou escarnecer daqueles que são os verdadeiros donos do poder que usurpa em proveito próprio, forçoso é concluir que a Republica está sob grave ameaça e a democracia ultrajada.

A meu juízo, não há que se esperar pela aprovação dos bandidos do legislativo de qualquer projeto de reforma estrutural. Não temos que aguardar ser posto em prática plano algum de governo, por mais excelente que seja ou por mais urgente que se faça, nem mesmo por qualquer outra medida que vise a salvar um regime que se esbagaçou. Não há o que justifique ter que tolerar mais uma investida torpe, solerte e soez da vermelhada.

Não nos deixemos iludir pela armadilha do “stop and go” da classe política abjeta que hoje aprova qualquer coisinha para adiante fincar a faca no povo. Ou Bolsonaro age agora ou quando entender que será inevitável talvez seja tarde demais e tudo ocorrerá da forma mais sofrida e mais sangrenta. Quando vejo a “bic” no bolso da frente do paletó do Presidente tenho ímpeto de gritar bem alto: depois do último dia 30 de junho, quanto tempo de sofrimento ainda teremos pela frente, Senhor Capitão?

Carreta desce rampa e cai no mar no porto de Cujupe em Alcântara

Destacado

O caso aconteceu nesta sexta-feira (5) quando o motorista da carreta tentou impedir a saída do ferry boat

 Uma tragédia foi registrada na manhã desta sexta-feira (5) no Porto de Cujupe no município de Alcântara. Uma carreta da marca Ford, de placas OEB-0459 carregada de madeira, escorregou na rampa que dá acesso ao embarque e desembarque do Ferry Boat e acabou caindo no mar e desapareceu, sendo possivelmente arrastada pela correnteza.

De acordo com as informações, o motorista da carreta havia comprado a passagem do ferry boat Servi Porto para embarcar na rampa sul, mas o ferry boat só tinha vaga para no máximo 3 carros pequenos e não cabia uma carreta. O motorista havia se irritado por que os carros pequenos que estavam na fila atrás dele foram para a frente embarcar, o motorista tentou atravessar a carreta na rampa do ferry para impedir os carros entrarem e o ferry boat sair.

Só que quando o motorista desceu, o pneu traseiro colou na prancha do ferry boat, a embarcação desatracou e o motorista tentou acelerar para tentar subir, o eixo do caminhão quebrou. O motorista da carreta ainda tentou puxar o veículo da rampa com ajuda de uma retroescavadeira e outro caminhão, mas os cabos de aço quebraram e a carreta caiu no mar e desapareceu na água.

Nossa redação entrou em contato com as empresas Servi Porto e Internacional Marítima, mas até agora não obtivemos resposta sobre o acaso acontecido no Porto de Cujupe.
G7ma.com

Preso suspeito de envolvimento em desabamento de prédio na Muzema

Destacado

Prisão ocorreu em Nova Friburgo; outro suspeito segue foragido

Por Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

Um homem acusado de ser responsável pela venda dos imóveis do edifício que desabou na comunidade da Muzema, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, foi preso nesta sexta-feira (5), na Região Serrana do estado. Ele teve a prisão realizada por integrantes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco-IE) da Polícia Civil

Ele foi capturado no município de Nova Friburgo e já era alvo de investigações sobre sua participação na organização criminosa miliciana envolvida nas vendas de imóveis irregulares na Muzema e outras comunidades próximas.

Segundo a polícia, ele vai responder pelo crime de homicídio qualificado por 24 vezes, que é o número de mortos no desabamento do prédio, que não tinha qualquer autorização do município para ser erguido. O imóvel desabou na manhã do dia 12 de abril.

Em maio, outro suspeito já havia sido preso pela 16ª DP por envolvimento no crime. A justiça também decretou a prisão temporária de um terceiro homem supostamente envolvido, que continua foragido. As informações foram divulgadas em nota pela Polícia Civil.

Além dos Lençóis, Chapada das Mesas também está na mira da privatização

Destacado

Além dos Lençóis Maranhenses, o Parque Nacional Chapada das Mesas, em Carolina, no interior do Maranhão, também está nos planos de privatização do Governo Federal. A informação foi dada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na última quinta-feira (4), ao anúnciar o lançamento do edital do primeiro “pacote” de unidades de conservação que deverão ser concedidas à iniciativa privada.

O primeiro edital de manifestação de interesse deverá ser lançado em outubro. Nele, o intuito é de que quatro parques do Rio Grande do Sul sejam concedidos ao mesmo proprietário. Este documento ‘piloto’ servirá de modelo para o plano seguinte, de entregar à iniciativa privada os Lençóis Maranhenses e Chapada das Mesas (Maranhão), Jericoacoara (Ceará) e Chapada dos Guimarães (Mato Grosso).

Parque dos Lençóis Maranhenses. Foto: Reprodução

O objetivo do governo é privatizar, no total, até 20 unidades de conservação do país. Em abril deste ano, durante visita ao estado, o ministro já havia manifestado este interesse em relação ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

“O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses vale muito a visita. Se concedido ao setor privado então, se tornará um dos principais destinos de ecoturismo do mundo. Vamos em frente!”, escreveu em suas redes sociais.

Conservação não é prioridade

Salles disparou que as unidades de conservação “não estão entre as prioridades de destinação de recursos” do governo federal, “por mais valor” que tenham. Segundo ele, as concessões são uma resposta à restrição orçamentária, e que a prioridade do ministério é aumentar a possibilidade de arrecadação das empresas nos parques.

“Quanto mais possibilidade de faturamento, melhor”, disse Salles, em evento do Instituto Semeia, em São Paulo, organizado para discutir oportunidades de investimento em parques no Brasil. “Você (governo) abre a manifestação de interesse e recebe as propostas. Você dá as linhas gerais, aí você estabelece um mínimo que o operador tem de fazer. O máximo é ele que decide. Se ele quiser fazer mais coisas (no parque), ele pode.”

A privatização deverá alterar os planos de manejo florestal, que definem a área de cada unidade que poderá ou não serem usados pelas empresas. O ministro informa que o processo de revisão deste zoneamento para as quatro primeiras unidades do RS já está em andamento.

O governo também tem a intenção de permitir que os termos da concessão possam ser modificados com o passar do tempo, para que a empresa explore novas atividades se vir potencial na área. Fonte O Imparcial

Acidente na BR 222, com vítima fatal em Vargem Grande

Destacado

Fabiana Salgado de Sousa vitima de acidente

No início desta manhã, quando se deslocava do conjunto habitacional Canaã para o centro da cidade de Vargem Grande, a agente comunitária de saúde Fabiana Salgado de Sousa sofreu acidente vindo a óbito no local.

A vítima estava em uma moto POP preta de placa (OXS- 7090) Vargem Grande – Ma, que colidiu com um veículo gol de cor prata placas (OIN 5948) de Aurora – Ce nas proximidades da Pousada VIp na BR 222 Zona Urbana de Vargem Grande.

Após o acidente,o motorista abandonou o veículo e fugiu sem prestar socorro a vítima. A polícia esteve no local e levou os veículos para o pátio da delegacia de polícia civil,para os procedimentos cabíveis.

CORPO DE HOMEM É ENCONTRADO ENTRE URBANO SANTOS E SÃO BENEDITO DO RIO PRETO

Destacado

O corpo de um homem foi encontrado nesta quinta-feira (04) em uma área de matagal, possivelmente, entre os municípios de Urbano Santos e São Benedito do Rio Preto,( a confirmar o local do achado).
De acordo com informações obtidas pelo blog do Alex Ramos, o corpo pertence a um jovem que usa brinco e que se encontrava com duas pulseiras na mão esquerda.

Nenhum documento pessoal foi encontrado com a vítima que estava com sinais aparentes de perfurações de tiros, garganta cortada e o corpo queimado.
A polícia judiciária investiga o caso, para descobrir quem é a vítima, autoria e circunstância do fato.

A qualquer momento novas informações.

AGORA VAI! Concurso PRF: 1000 aprovados serão convocados

Destacado

O documento publicado prevê que caberá ao diretor-geral da PRF, verificar as condições para nomeação.

Foto: Divulgação

Por: Da Redação04 de Julho de 201918

Foi publicado nesta quinta-feira, 4, no Diário Oficial da União, um decreto que autoriza a nomeação de 1.000 novos policiais aprovados no concurso PRF 2018/2019; 500 a mais do que o quantitativo oferecido inicialmente no edital.

O presidente Jair Bolsonaro já tinha divulgado a informação em suas redes sociais na início da noite dessa quarta-feira, 3. O documento publicado prevê que caberá ao diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, verificar previamente as condições para nomeação, além de editar os atos necessários.

Além do presidente a autorização está assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

“Assinei hoje decreto que autoriza a PRF a chamar 1000 novos concursados, sendo 500 deles previstos no edital do concurso e outros 500 além da previsão inicial. Essa é mais uma medida de fortalecimento da segurança pública, em especial quanto ao patrulhamento de nossas rodovias”, disse o presidente em seu Twitter na noite da última quarta, 3.

O provimento dos cargos ficará condicionado à existência de vagas na data da nomeação e à autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, observadas as restrições impostas pela lei de diretrizes orçamentárias.

O edital do concurso da PRF foi lançado em novembro de 2018, com 500 vagas e salário de de R$ 9.473,57. Para ser um policial rodoviário federal, é necessário ter nível superior em qualquer área e carteira de habilitação no mínimo de categoria “B”

Novo concurso

Um novo concurso PRF pode ser autorizado nos próximos meses! A Polícia Rodoviária Federal enviou um pedido para realização de um novo certame com 4.435 vagas.

A solicitação de autorização de um novo certame foi enviada ao Ministério da Economia, seguindo os novos procedimentos previstos no Decreto 9.739/2019, que disciplina a autorização de concursos públicos.

Segundo a PRF, 4.360 vagas serão destinadas a novos Policiais Rodoviários Federais e 75 vagas para Agente Administrativo, cargo da carreira de apoio da corporação.

Muro de escola em Paço do Lumiar desaba e mata trabalhador

Destacado

Josiel era operário terceirizado da empresa Pilar Construções e estava trabalhando na obra de recuperação da escola.

Por: Ana Maria Bruzaca04 de Julho de 2019244

Josiel Batista Martins Pinheiro, de 52 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (4) após parte do muro da Unidade de Ensino Básico (U.E.B) Conjunto Paranã, no município de Paço do Lumiar, desabar sobre ele.

Josiel era operário terceirizado da empresa Pilar Construções e estava trabalhando na obra de recuperação da escola. O acidente ocorreu por volta das 11:30 e a vítima ainda chegou a receber atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu.

De acordo com as primeiras informações da Polícia, o trabalhador estava cortando uma árvore próxima ao muro da escola, retirando os galhos que estavam sobre o muro, quando este desabou sobre ele.

A equipe da SAMU encontrou o operário ainda com sinais vitais e tentou realizar o procedimento de reanimação, contudo, Josiel não resistiu e veio a óbito ainda no local do acidente.

A Prefeitura de Paço do Lumiar emitiu uma nota, afirmando que o ocorrido foi uma “triste fatalidade, uma vez que o operário já havia concluído a poda da árvore e estava terminando o recolhimento dos galhos”.

Loja correspondente bancária é assaltada no centro de Vargem Grande

Destacado

Mais uma vez a loja Infocenter de propriedade do empresário Jardel Prazeres é assaltada na rua José Alexandre, no centro de Vargem Grande.

Os bandidos de acordo com informações de pessoas próximas ao empresário, chegaram ao estabelecimento comercial aproximadamente as 14 hs e 30 min, e de posse de armas anunciaram o assalto, levando inclusive o proprietário e os funcionários para o fundo da loja onde ficaram trancados, até a chegada do pai que veio em seu socorro e abriu as portas.

Os bandidos levaram uma pequena quantia em dinheiro e três celulares, sendo dois de cientes e um do caixa da empresa.

As vítimas acreditam que um dos assaltantes já esteve na loja em uma outra oportunidade praticando o mesmo tipo de crime.

Segundo ainda algumas testemunhas, um carro de passeio dava suporte aos bandidos.

A vítima Jardel Prazeres ficou com o prejuízo. Enquanto isso,os senadores inclusive maranhenses, votaram contra o porte e a posse de armas de fogo por empresários e pessoas de bem. E os bandidos continuam armados.

EMPRESÁRIO COMETE SUICÍDIO EM EVENTO COM PRESENÇA DE MINISTRO E GOVERNADOR EM SERGIPE

Destacado

EMPRESÁRIO COMETE SUICÍDIO EM EVENTO COM PRESENÇA DE MINISTRO E GOVERNADOR EM SERGIPE

Empresário Sadi Gitz cometeu suicídio durante evento em Aracaju| Foto: Silvio Rocha/Prefeitura de Aracaju

O empresário Sadi Gitz cometeu suicídio nesta manhã de quinta-feira (4) durante um evento com a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do governador de Sergipe, Benivaldo Chagas (PSD-SE).
O fato ocorreu durante o “Simpósio de Oportunidades para o novo cenário do gás natural em Sergipe”, em um hotel, na capital Aracaju. Gitz teria tirado a própria vida com um tiro na cabeça durante a fala do governador. Segundo informações ele teria dito : Governador, o Sr. está mentindo, ato contínuo atirou em sua boca. Em nota, o governo do estado de Sergipe lamentou o ocorrido e cancelou o evento.

Dia 13 de outubro será a canonização de primeira pessoa nascida no Brasil

Destacado

Além de Irmã Dulce, serão canonizados quatro beatos

Por: Thiago Marques01 de Julho de 2019285

O Papa Francisco presidiu, dia (1), na Sala Clementina, no Vaticano, o Consistório Ordinário Público para a Canonização de cinco Beatos, dentre os quais Irmã Dulce Lopes Pontes.

Durante o Consistório, o Santo Padre anunciou a data de canonização dos cinco beatos. Será no domingo, 13 de outubro próximo.

Além de Irmã Dulce, serão canonizados os seguintes beatos: John Henry Newman, cardeal, fundador do Oratório de São Filipe Néri na Inglaterra; Giuseppina Vannini (no século Giuditta Adelaide Agata), fundadora das Filhas de São Camilo;  Maria Teresa Chiramel Mankidiyan, fundadora da Congregação das Irmãs da Sagrada Família e Margherita Bays, Virgem, da Ordem Terceira de São Francisco de Assis.

Irmã Dulce

Irmã Dulce, primeira mulher nascida no Brasil a virar santa, será canonizada no dia 13 de outubro, em cerimônia presidida pelo Papa Francisco no Vaticano. De acordo com informações divulgadas hoje (01), pelo “Vatican News”, o canal oficial de comunicação da Santa Sé.

O Vaticano anunciou a canonização em maio deste ano, quando, por meio de decreto, um segundo milagre atribuído à religiosa foi reconhecido. A cura de um paciente que estava cego.

Soteropolitana nascida em 1914, Maria Rita Lopes de Sousa Brito, conhecida como “Anjo Bom da Bahia”, se dedicou ao trabalho social nas ruas da capital baiana.

Começou prestando assistência à comunidade favelada dos bairros de Alagados e de Itapagipe e depois fundou a União Operária São Francisco, primeiro movimento cristão operário de Salvador e o Círculo Operário da Bahia, que proporcionava atividades culturais e recreativas, além de uma escola de ofício.

Em 1949, acolheu no galinheiro situado ao lado do Convento Santo Antônio cerca de 70 doentes recolhidos das ruas de Salvador. O episódio é considerado a origem da OSID (Obras Sociais Irmã Dulce), instituição filantrópica fundada por ela dez anos depois.

O primeiro milagre atribuído a ela e que lhe rendeu a beatificação aconteceu em 2001, quando uma mulher havia sido desenganada pelos médicos depois de dar à luz devido a um quadro grave de hemorragia.

Além de Irmã Dulce, outros quatro beatos serão canonizados no mesmo dia: John Henry Newman, Giuseppina Vannini, Maria Teresa Chiramel Mankidiyan e Margherita Bays.

A canonização de Irmã Dulce é a terceira mais rápida da história da Igreja Católica a partir da data da morte: 27 anos após seu falecimento, atrás da santificação do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento). Fonte Agência Brasil

Morre radialista atingido a tiro na Rádio São Luis durante atentado

Destacado

Resultado de imagem para ilustração de luto

Morreu, por volta das 23 horas desta quarta-feira (3), na UTI do Hospital do Servidor, o radialista Ederaldo Menezes, que, em 24 de maio de 1996, ficou tetraplégico após ser baleado por um pistoleiro, nas dependências da Rádio São Luis, na Areinha.

Dois pistoleiros pularam o muro da emissora, executaram o segurança conhecido por João Comprido e se dirigiram para o estúdio, com o intuito de matarem o radialista Tony Duarte, que conseguiu escapar.

Um dos bandidos rendeu Ederaldo e depois, irritado porque não encontrou Tony, detonou-lhe um tiro nas costas, rompendo a coluna vertebral. Desde então, Exeraldo ficou tetraplégico. Há uma semana, foi internado no Hospital do Servidor, com infecção urinária, vindo a falecer na noite desta quarta-feira.

O velório está sendo realizado na residência da família, na Rua Nossa da Vitória, na entrada do Parque Vitória, número 51. O episódio teve repercussão nacional, como se pode ver abaixo, pela Folha de São Paulo.

Fonte- Blog do Marcial Lima

A pálida foto da sucessão em Vargem Grande

Destacado

Resultado de imagem para ilustração paisagem preto e branco
Simbolizando a dificuldade que as figuras politicas tem de “Avançar” no cenário de Vargem Grande.

Em todos os municípios o assunto dominante é a sucessão municipal, mas em Vargem Grande, embora essa pauta queime como fogo de monturo, todo mundo está na moita, vendo o que pode acontecer. para então, se manifestarem.

As pedras do xadrez começam a se movimentar, mas nada com muita intensidade. Tudo de acordo com a natureza de muitos dos filhos de nossa terra, que na visão de Domingos Hilton de Jesus Costa, tem na covardia, a sua marca registrada. Existem até nomes novos para a Câmara municipal e que estão trabalhando nos bastidores.

O prefeito CB faz suas articulações através de seus braços políticos, que no comando tem o seu irmão e secretário Zé Filho. Ele é o responsável pela avaliação de novos quadros que devem compor o esquadrão Comunista.

O que chama a atenção nesse momento, são aqueles que aderiram recentemente ao grupo do prefeito, mas ainda não se sentem confortáveis no ninho do grupo. Basta olhar as fotos em que eles aparecem ao lado do prefeito. Alguns não sabem nem onde colocar as mãos, se no rosto para não ser visto, ou se no bolso, sinalizando o que buscam do administrador municipal.

Por outro lado tem o Dr. Miguel que sem sombras de dúvidas tem um forte cacife eleitoral e que é um concorrente nato e com chances de retornar ao palácio Hildenora Gusmão. Tem contra si, apenas o receio do eleitor, de que os mesmos secretários voltem a reinar, isso é fato. Basta fazer uma consulta popular.

Tem ainda correndo por fora e com independência os empresários Geraldo Rodrigues e Marluce Pinto, além do jovem bacharel em Direito e idealista Ferreirinha Neto, que se articula junto a ex-prefeita Maura Jorge para ocupar o comando do município.

Fala-se também, em Diegão da Madeireira, mas cabe a ele fazer a escolha, se continua no grupo do atual gestor,ou tenta voar sozinho.

Lembrando que nessa conjuntura política existem os que estão se afastando definitivamente da vida pública, como o Dr. vereador Farid e a vereadora Conceição, que manifestaram seus desejos de não mais disputar cargo eletivo.

Por hoje é só, amanhã se DEUS permitir, voltaremos com mais informações.

Hoje na História: Morre o escritor Monteiro Lobato, criador de O Sítio do Pica-pau Amarelo

Destacado

No 4 de julho de 1948 morria, em São Paulo, José Bento Monteiro Lobato, autor de literatura infanto-juvenil e também um dos grandes personagens da história recente do Brasil. Ele ficou conhecido pelo conjunto educativo de sua obra de livros infantis e também pelos contos, artigos, um livro exaltando o petróleo e o ferro no Brasil e seu único romance, “O Presidente Negro”. Entre suas obras mais conhecidas estão “Reinações de Narizinho” (1931), “Caçadas de Pedrinho” (1933) e “O Pica-pau Amarelo” (1939). A maioria das histórias de seus livros infantis se passavam no Sítio do Pica-pau Amarelo, no interior do Brasil. Além de escritor, Monteiro Lobato também fazia ilustrações para jornais. Nascido no dia 18 de abril de 1882, em Taubaté (SP), ele sempre foi polêmico e árduo defensor das próprias ideias. Em 1917, publicou o famoso artigo que criticava uma exposição da pintora Anita Malfatti. O texto, chamado “Paranoia ou Mistificação? , falava das influências dos “ismos”, como o futurismo, cubismo e surrealismo na arte de Malfatti que, apesar disso, tinha um “talento vigoroso, fora do comum”. O escrito, contudo, não aprovava essa proximidade da artista com a cultura europeia. Com isso, Monteiro Lobato, de início, ganhou antipatia dos artistas ligados ao modernismo em São Paulo. Anos mais tarde, no entanto, ele faria as pazes com alguns representantes do movimento, como Mario de Andrade. Nos anos seguintes, Lobato publicou seus primeiros livros. Em “Urupês” (1918), ele deu vida a um dos seus mais conhecidos personagens, o Jeca Tatu. Sua criação gerou muita polêmica, já que traçava um retrato pouco elogiável do “caipira” como um sujeito preguiçoso, que simbolizava a miséria do campo no Brasil. Outros livros de sua fase inicial são “Cidades Mortas” (1919) e “Negrinha” (1920). Em 1927, Monteiro Lobato mudou-se para os Estados Unidos. Ficou lá até 1931 e enfrentou problemas com o seu livro “O Presidente Negro e o Choque de Raças”, no qual contava a história da vitória de um candidato negro à presidência dos Estados Unidos. Apesar de não ter sido bem aceito nos Estados Unidos, sempre defendeu este país por conta do seu desenvolvimento, principalmente da infraestrutura. No seu retorno ao Brasil, em 1931, Monteiro Lobato defendeu com unhas e dentes um outro ideal: acreditava nas riquezas naturais do país e na produção de petróleo. Por conta disso, chegou a enviar uma carta ao presidente Getúlio Vargas, criticando o governo e foi preso. Em 1941, voltaria a ser preso pelo mesmo motivo. Esta luta pelo petróleo o deixou pobre e doente, resultando no derrame fatal que causou sua morte em 1948.

As 105 emendas à Constituição são legais?

Destacado

Sergio Moura

A competência exclusiva para escrever a Constituição conferida pela Emenda Constitucional nº 26, de 27 de novembro de 1985, ao criar a Assembleia Nacional Constituinte (ANC), foi claro sobre a quem a outorgava (“Art. 1º Os Membros da Câmara dos Deputados e do Senado Federal reunir-se-ão, unicameralmente, em Assembleia Nacional Constituinte, livre e soberana, no dia 1º de fevereiro de 1987, na sede do Congresso Nacional”) – referia-se ao eleitos em 1986 – e  por quanto tempo (“Art. 3º A Constituição será promulgada depois da aprovação de seu texto, em dois turnos de discussão e votação, pela maioria absoluta dos Membros da Assembleia Nacional Constituinte”)  – se a missão dos constituintes restringia-se a escrever a constituição, ela terminou no momento da sua promulgação. A EC nº 26 não autorizou os constituintes empossados em 1º de fevereiro de 1987, nem os deputados e senadores eleitos nos pleitos seguintes, a prosseguir os trabalhos constitucionais após a promulgação da Constituição, que ocorreu em 5 de outubro de 1988. Os trabalhos da ANC encerraram-se, portanto, naquela data e, por consequência, o poder constituinte exclusivo dos eleitos em 1986 extinguiu-se.

Em desrespeito à EC nº 26, talvez na ânsia de enterrar a vergonha da incapacidade de terminar um trabalho que já durava 19 meses, até então mal feito, com desleixo pela língua portuguesa e repleto de conflitos de princípios morais, os constituintes extrapolaram uma competência que havia sido limitada no mérito, nos mandatários e no tempo: delegaram o poder exclusivo que a EC nº 26, que vigeu até as 15h37 do dia 5 de outubro de 1988, lhes havia outorgado há quase três anos, tanto na redação do artigo 60 quanto na do 3º das Disposições Transitórias (revisão constitucional, que perdeu efeito em 1993).

Além de terem ignorado a Constituição então vigente, desprezaram dois dos seus próprios princípios que, ao mesmo tempo, incluíram no texto constitucional: o da separação de poderes e o da legalidade. Aquele aparece no artigo 2º, São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário”, este no artigo 37, “A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade…”.

A separação de poderes é mandatório para o regime presidencialista, escolhido pelos constituintes. Para ele, exige-se um sistema de freios e contrapesos pelo qual um braço do governo controla o outro e cada um deles depende do outro.

O princípio da legalidade não permite que um servidor público delegue um poder sem que seja explicitamente autorizado. É o que nos ensina Vitor César F. de C. Pires, em Administração Pública, Princípio da LegalidadeÉ na legalidade que cada indivíduo encontra o fundamento das suas prerrogativas, assim como a fonte de seus deveres”.

No entanto, eis o que diz o Art. 60 da CF:

A Constituição poderá ser emendada mediante proposta: (de congressistas, do presidente da República e das assembleias estaduais) …§ 2º A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros.

Pelo artigo 60, portanto, os congressistas escolhidos nas eleições seguintes passaram a ter competência exclusiva, sem limite de tempo, para criar direitos e obrigações para todos nós, sobre qualquer assunto, sem prestar contas do que fazem a outro braço de governo. Isso não é democracia no presidencialismo, regime de governo que os próprios constituintes de 1988 criaram.

Esse artigo extrapola o mandato contido na EC 26, agride o sistema presidencialista e despreza a legalidade. Como devemos considerar seus efeitos? Nulos?

O que diriam se esse poder exclusivo de legislar fosse dado ao presidente da República?

O artigo 60 da CF precisa ser substituído por um processo que dê legalidade a emendas à barafunda que é a CF 88 e que permita os freios e contrapesos inerentes ao sistema presidencialista.

Carro roubado em São Luís, é apreendido em Vargem Grande

Destacado

Ilutração

Um veículo Fiat Strada de cor prata e placa (HQZ 5266) de Belo Horizonte que havia sido roubado em São Luís na manhã da segunda (01), foi encontrado por populares abandonado na rua São Miguel, Bairro do mesmo nome.

Às 20hs de ontem (02) a polícia militar depois de avisada por populares, foi até o local onde se encontrava o veículo e em seguida levaram o mesmo para a delegacia para saber se havia registro de roubo ou furto.

Depois de feita a consulta, foi constatado que o veículo havia sido roubado em São Luis e o titular da delegacia de polícia civil do município fez os procedimentos inclusive comunicando a uma locadora que é a proprietária do veículo.

Até o momento ninguém foi preso, mas a polícia de posse de informações da proprietária fará investigações no sentido de prender o criminoso ou criminosos.

“PRESO TEM QUE SER OBRIGADO A TRABALHAR”, DIZ PRESIDENTE BOLSONARO

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta terça-feira considerar “bem-vindo” o projeto de lei que obriga o preso a ressarcir os gastos do Estado com sua manutenção na cadeia, que pode ser votado no Senado hoje. Proposto pelo então senador Waldemir Moka em 2015, o projeto de lei foi aprovado com aações no Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.Bolsonaro também defendeu que presidiários sejam obrigados a trabalhar, embora a Constituição Federal proíba esta medida, no inciso 47 do artigo 5º, no título dos direitos e garantias fundamentais. Esse dispositivo estabelece que “não haverá penas”: de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX; de caráter perpétuo; de trabalhos forçados; de banimento; crueis.- Bem-vindo. Se puder pagar. Qual o problema da nossa Constituição? Acho que no artigo 5º tem: não haverá trabalho forçado. Acho que o preso tem que ser obrigado a trabalhar. Sei que muitos trabalham por livre e espontânea vontade e [a pena] é abatida – declarou o presidente.A proposta, que altera parte da Lei de Execução Penal (LEP), prevê que o preso use recursos próprios ou, se não tiver condições econômicas, use parte da remuneração de seu trabalho durante o cumprimento da pena para ressarcir os cofres públicos.Em seu parecer na CDH, a relatora Soraya Thronicke (PSL-MS) fixou um desconto mensal de até um quarto da remuneração recebida pelo preso para custear as despesas. Caso tenha condição financeira de pagar suas despesas e não o faça, o preso será inscrito na “dívida ativa da Fazenda Pública”. Se comprovadamente não tiver como arcar com o valor, terá a suspensão desta dívida por cinco anos. Neste período, se a sua situação financeira não mudar, a obrigação de pagamento será extinta, segundo o projeto. Do NBO

Bolsonaro confirma vinda ao Maranhão para entregar obras da Rua Grande

Destacado

Em nota, o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) confirmou a vinda do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao Maranhão em meados do mês de agosto para entregar as obras de revitalização da Rua Grande, no Centro Histórico de São Luís. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, também virá para o evento.Publicidade

Requalificação Urbanística da Rua Grande abrange uma série de ações que somam mais de R$ 51 milhões em investimento. Desta quantia, R$ 38 milhões vieram do Governo Federal.Publicidade

Com a conclusão da reforma de quase 34 mil m² do Centro Histórico – trecho que vai do Largo do Carmo até o cruzamento com a Rua do Passeio, além do Complexo Deodoro -, a obra finaliza com a implantação de fachadas, revisão dos sistemas de saneamento básico e de sinalização.

A entrega dos espaços revitalizados acontecerá, oficialmente, durante a cerimônia em questão, organizada pela presidente do IPHAN, Kátia Bogéa. Os convites ao presidente da República e ao ministro foram feitos também por ela.

Parte da Rua Grande revitalizada. Foto: Divulgação

Uma possível vinda do presidente ao estado já havia sido sinalizada em maio, mas não acabou não se concretizando. Portanto, a visita de agosto será marcada como a primeira vez que Bolsonaro pisa em solo maranhense desde sua eleição.

oimparcial.com.br

POLÍCIA MILITAR PRENDE/APREENDE DUPLA PELA PRÁTICA DE ASSALTOS A MÃO ARMADA E PRENDE TRÊS PESSOAS POR RECEPTAÇÃO

Destacado

O 16º Batalhão de Polícia Militar através da Equipe Águia, com apoio do Grupo de Serviço Avançado-GSA, na manhã desta segunda-feira (01/07), efetuou a prisão de um maior e aprendeu um menor pela pratica de roubo a mão armada  e a prisão de três pessoas por receptação em Chapadinha/MA.

Na manhã desta segunda-feira (01/07), durante a realização de rondas ostensivas da equipe Águia da Polícia Militar, está avistou dois elementos em uma moto fan preta em atitude suspeita, solicitando que parasse, sendo que os elementos não atenderam os sinais, desobedecendo a ordem, momento em que foi inciado o acompanhamento tático, os suspeitos efetuaram um disparo de arma de fogo em direção a guarnição, em seguida foi realizada abordagem nos indivíduos, sendo encontrado com os mesmos foi um celular, que momentos antes tinham roubado nas proximidades da UFMA e uma arma de fogo artesanal (garruncha). O maior Joelmo Dias de Jesus “Nem” foi preso e o menor  R.C foi apreendido, estes relataram que vinham cometendo diversos assaltos a pessoas, subtraindo celulares das suas vítimas e apontaram quem estariam com esses objetos, que são produtos de roubo. Diante das informações repassadas pelos conduzidos, a equipe Águia juntamente com o GSA deslocaram-se até as pessoas que estariam com os celulares que foram roubados pela dupla, estes após subtraírem os bens das vítimas os vendiam por um preço muito abaixo do mercado, sendo que os compradores foram: Robenildes Oliveira foi encontrado um celular marca motorola , com Mateus Costa foi encontrado um celular motorola preto e com Wanderley Vieira foi encontrado um sansung dourado, o três foram presos e encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil, deverão responder pelo crime de receptação.
Objetos apreendidos/recuperados pelas equipes da Polícia Militar:
05 (cinco) celulares
01 (uma)n arma de fogo (garruncha)
01 (moto) fan preta utilizada nos assaltos
R$ 200,00 (duzentos reais)

“Orientamos as pessoas que tiveram seus celulares roubados/furtados nos últimos dias que procurem a DRPC em Chapadinha. As ações preventivas da Polícia Militar vem tirando de circulação vários elementos que cometem crimes das ruas, com isso aumentando a sensação de segurança de toda população”. Frizou o Major Wermeson comandante do Batalhão. Fonte Blog do Alex Ramos

Agência bancária é alvo de bandidos em Nova Olinda do Maranhão

Destacado

Durante a ação criminosa, os bandidos atravessaram caminhões nos acesso à cidade. Eles atacaram o cofre central da agência.

Por G1 MA — São Luís


Agência bancária do Bradesco foi atacada na madrugada desta terça-feira (2) — Foto: Cícero Ferraz

Agência bancária do Bradesco foi atacada na madrugada desta terça-feira (2) — Foto: Cícero Ferraz

Uma agência bancária do Bradesco foi atacada na madrugada desta terça-feira (2) em Nova Olinda do Maranhão, a 350 km de São Luís. Segundo informações, o cofre principal ficou destruído após a explosão, por outro lado os caixas eletrônicos não foram violados.

Os bandidos chegaram em dois veículos na cidade por volta de 3h40. Eles atravessaram caminhões próximos em rodovias de acesso à cidade. Colocaram ainda miguelitos (objeto perfurante) para impedir a passagem de veículos pelo local e pneus de viaturas foram danificados.

Em seguida, seguiram para agência bancária e a explodiram. Não há informações sobre reféns e pessoas feridas por conta da ação criminosa. A quantia levada pelo bandidos também não foi informada. Até o momento, o bando criminoso não foi localizado.

Cofre principal foi destruído durante ação criminosa em Nova Olinda do Maranhão  — Foto: Cícero Ferraz

Cofre principal foi destruído durante ação criminosa em Nova Olinda do Maranhão — Foto: Cícero Ferraz

Hoje na história: Salário mínimo passa a vigorar no Brasil

Destacado

O salário mínimo no Brasil passava a vigorar no país em dia como este, no ano de 1940. Getúlio Vargas foi o responsável pela instituição do salário mínimo no Brasil, regulamentada pela lei nº 185 de janeiro de 1936 e pelo decreto-lei nº 399 de abril de 1938. O Decreto-Lei nº 2162 de 1º de maio de 1940 fixou seus valores, que passaram a vigorar em julho. Valores distintos eram aplicados a cada região e sub-região do Brasil, totalizando 14 salários mínimos diferentes na época.

A festa do Estado-Espetáculo

Destacado

Gaudêncio Torquato

Há, na sociologia política, uma hipótese que pode muito bem explicar certos fenômenos que mexem com o estado d’alma da população. A sobrecarga das demandas sociais aumenta as frustrações com o desempenho do poder público, levando grupos a procurar mecanismos de recompensa psicológica. Não necessariamente por isso, mas certamente tendo alguma coisa a ver com essa abordagem, imensos contingentes nacionais são atraídos por conteúdos diversionistas que funcionam como contrapontos compensatórios em momentos de crise.

É jogar na loto, ir aos estádios de futebol ou mesmo abrir o riso com os programas populares na TV. Os olimpianos, perfis que o sociólogo Edgar Morin descreve como os figurantes que aparecem cotidianamente no topo da cultura de massas, chamam a atenção, brincando com as plateias, abrindo portas da esperança, “inventando milagres” em templos suntuosos, acenando com gestos simpáticos para torcidas futebolísticas, encarnando o perfil de xerifes contra a corrupção e mesmo caprichando na imagem de heróis “salvadores da Pátria”.

Quanto maior a falta de grana no bolso, maior será o sucesso dos personagens do Estado-Espetáculo: artistas de novelas, bispos reunindo multidões em suas igrejas, jogadores(as) de futebol, juízes, ex-juízes, procuradores e até políticos de visibilidade midiática, etc.PUBLICIDADE

inRead invented by Teads

NotíciasRelacionadas

Patrimônio de sargento da FAB sofrerá devassa

Não seria principiante

À fragilidade do Estado provedor do bem-estar contrapõe-se o Estado das Estrelas Individuais, com seu teatro de formas lúdicas, promessas e elementos ficcionais. E que está por trás dessa moldura? Entre outros fatores, instituições frágeis, conteúdos sociais amorfos, a banalização da violência, descrença geral na política e na justiça, carência de cidadania, um conjunto amalgamado festejado com pirotecnia pela mídia.    São visíveis os sintomas de profunda crise, expressa pela deterioração de programas sociais, principalmente nos capítulos da segurança, educação, saúde e habitação. As forças policiais não têm conseguido cumprir com rigor o policiamento ostensivo e preservar a ordem. As gangues se expandem por toda a parte. Exércitos privados se multiplicam. A marginália ganha volume e o medo se espraia por todos os segmentos.

Nesse vazio, abrem-se espaços para mecanismos catárticos que fazem o diversionismo das massas. A “marcha para Jesus” e a Parada Gay são exemplos de eventos de grande mobilização social, funcionando como estruturas de catarse. De um lado, o encontro místico, de outro, a liberação de identidades. Ninguém grava o que se ouviu nos palanques (semântica), mas a estética dos espetáculos é a própria mensagem, no conceito mcluhaniano. Todos se recordam das cenas que viram. A disfunção narcotizante, o efeito teatral sobre o psiquismo de milhares de pessoas e a alienação cívica são alguns dos efeitos provocados por esses ritos, signos e ensaios coletivos.

Que a liturgia dos atos é importante para criar estados de animação, não se discute. Transformá-la em anzol para “pescar” a fé de multidões é coisa típica do Estado-Espetáculo. A estampa litúrgica de credos é o retrato acabado de um tempo em que as coisas essenciais dão lugar ao acessório.

O resultado é a dormência da cidadania. Pois um cidadão que se acostuma a viver no mundo ficcional acaba transformando a versão em verdade e o meio em fim. Sem segurança, sem saúde, com educação precária, sem serviços essenciais básicos eficientes, as pessoas se tornam fragilizadas. Perdem autonomia. Mais parecem rebanhos famintos à procura de pasto. Vai embora a noção de direitos.

O debate em torno de ideias cede lugar ao ludismo. Os líderes das massas já não são figuras da esfera política portando valores essenciais, como decência, respeitabilidade, honra, moral, ética, compromisso. Esse acervo se perdeu. Hoje, o que vemos são atores do Estado-Espetáculo expressando promessas de salvação, elementos canhestros, tipos que dramatizam a vida cotidiana, ancorando-se na miséria das margens sociais para aumentar seus cofres.

A paisagem social é lúgubre. Remete-nos ao poeta Manuel Bandeira, que assim cantava: “que importa a paisagem, a Glória, a baía, a linha do horizonte? O que vejo é o beco”.

SANTA RITA: SUSPEITO É PRESO POR ASSALTO NO CENTRO DA CIDADE

Destacado

No dia 30, domingo, por volta das 23h40, José Alves Araújo Soares, 25 anos Residente na Rua Principal S/N,  Povoado Sítio do Meio, Santa Rita/MA, foi preso pela guarnição de serviço após uma ligação telefônica da vítima informando que a mesma acabara de ser roubada e que o indivíduo estava sozinho. Segundo relatos da vítima o suspeito puxou sua bolsa e correu, de imediato houve o deslocamento dos PM’S.
Diante das informações repassadas acerca das características do indivíduo, inúmeras rondas foram realizadas e logo José fora avistado empreendendo fuga, mas em vão, pois o mesmo foi perseguido e contido; ao ser realizado a busca pessoal fora encontrado todo material, foi dado voz de prisão. 
O conduzido foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil sem lesões corporais.
Material Recuperado:2 – Registros Gerais2 – Cartões do Banco Bradesco1 – Cartão do Banco  Caixa4 – Cartões de diversos (UNIHOSP, Talentus, Riachuelo e Next visa)1 – Óculos de grau1 – Bolsa Preta Fonte Alex Ramos.

às julho 01, 2019Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no Facebook

Touro ataca e mata homem em Chapadinha

Destacado

Por volta das 13hs de hoje 01/07 Valdeildes da Conceição de 41 anos, que voltava de uma pescaria na Zona Rural de Chapadinha em companhia de familiares, quando foi atacado por um touro que o atingiu no peito e no pescoço, morrendo no local.

De acordo com o seu pai Garreto, que é magarefe e no momento estava em companhia do filho na mesma pescaria, ele ainda avisou a vítima que o touro vinha em sua direção para atacá-lo, mas a vítima travou, segundo o seu próprio pai, sendo atingido em cheio pelo animal.

Manifestantes realizam carreata em São Luís em apoio a reforma, pacote anticrime e Operação Lava Jato

Destacado

Concentração foi realizada na Praça do Pescador e manifestantes seguiram até Palácio dos Leões.

Por G1 MA, São Luís, MA — São Luís


SÃO LUÍS, 10h: Manifestantes se concentraram na Praça do Pescador — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

SÃO LUÍS, 10h: Manifestantes se concentraram na Praça do Pescador — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

Manifestantes protestaram na Avenida Litorânea e em ruas de São Luís durante carreata, em defesa da reforma da Previdência Social, do pacote anticrime e da Operação Lava Jato. O ato foi organizado pelo movimento Vem Pra Rua.

Os manifestantes levavam cartazes e vestiam verde-amarelo. As lideranças do ato discursaram num carro de som e também mostraram apoio ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Os manifestantes se concentraram em frente à Praça do Pescador por volta das 10h, na sequência, às 11h20 iniciaram uma carreata pela Ponta D’areia, Beira-mar com destino ao Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado do Maranhão.

SÃO LUÍS, por volta das 11h: manifestantes vestidos com as cores da bandeira do Brasil — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

SÃO LUÍS, por volta das 11h: manifestantes vestidos com as cores da bandeira do Brasil — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

SÃO LUÍS, 11h20: manisfestantes seguiram em carreata até o Palácio dos Leões — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

SÃO LUÍS, 11h20: manisfestantes seguiram em carreata até o Palácio dos Leões — Foto: Elbio Carvalho/TV Mirante

País registra superávit de US$ 27,13 bi no primeiro semestre

Destacado

A queda do preço de várias commodities (bens primários com cotação internacional) exportadas e o leve crescimento das importações fizeram o saldo da balança comercial diminuir no primeiro semestre, em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo assim, foi o terceiro melhor da história para o primeiro semestre, de US$ 27,13 bilhões, só perdendo para os seis primeiros meses de 2018 (US$ 30,02 bilhões) e de 2017 (US$ 36,21 bilhões). O superávit é 9,6% inferior ao do mesmo período do ano passado.

Em junho, o Brasil exportou US$ 5,02 bilhões a mais do que comprou do exterior. Apesar da queda de 13,3% em relação ao superávit de junho do ano passado, o valor é o terceiro melhor para o mês, inferior apenas ao registrado em junho de 2018 (US$ 5,79 bilhões) e de 2017 (US$ 7,18 bilhões).

Commodities

Depois de fechar 2018 com superávit de US$ 58,959 bilhões, a balança comercial registrou recuo no primeiro semestre, provocado, principalmente, pelo desempenho das exportações, que caíram 1,8% pela média diária, somando US$ 110,89 bilhões nos seis primeiros meses do ano. A alta, de acordo com a Secretaria Especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, decorreu principalmente da queda média de 3,33% dos preços das mercadorias exportadas, o que não compensou o aumento de 1,58% no volume embarcado.

Na agropecuária, o preço médio das mercadorias exportadas caiu 10,9%, contra queda média de 4,7% no preço dos bens da indústria de transformação. Apenas os preços da indústria extrativa, beneficiados principalmente pela alta do petróleo no mercado internacional, registraram alta média de 5,1%.

As importações, em contrapartida, aumentaram. No primeiro semestre, o país comprou do exterior US$ 83,76 bilhões, valor 0,8% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. As compras de bens de capital (máquinas e equipamentos usados na produção) subiram 5,4% de janeiro a junho. As aquisições de bens intermediários aumentaram 1,9%.

O preço médio das mercadorias importadas caiu 5,92% no primeiro semestre, mas a quantidade comprada do exterior aumentou 7,14%.

Estimativa para 2019

Depois de o saldo da balança comercial ter encerrado 2018 em US$ 58,959 bilhões, o segundo maior resultado positivo da história, o mercado estima um superávit menor em 2019. Segundo o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, os analistas de mercado preveem superávit de US$ 50,8 bilhões para este ano. Até o mês passado, o Ministério da Economia projetava superávit de US$ 50,1 bilhões para o saldo da balança comercial em 2019. Fonte Agência Brasil

PM morre afogado em lagoa de Santo Amaro

Destacado

Na tarde de sábado (29), o cabo da Polícia Militar identificado como, Wender Serejo Martins, morreu afogado na Lagoa do Peixe, em Santo Amaro. Ele estava em viagem com familiares e amigos.
De acordo com informações, o militar teria atravessado a lagoa a nado, na companhia de amigos. Na segunda tentativa, quando já estava escurecendo, Wender Martins não concluiu a travessia. Os acompanhantes do cabo sentiram a sua falta no meio da lagoa, até mergulharem e encontrarem seu corpo no fundo.
De imediato foi levado ao Hospital Regional de Barreirinhas, mas já sem vida. O corpo foi transportado para o IML de São Luís no domingo (30).
Segundo a PM, soldado Martins era policial na companhia da cidade de Humberto de Campos, vinculada ao 27º BPM, com sede na cidade de Rosário. A Polícia Militar do Maranhão emitiu nota de pesar sobre o caso do militar.
“É com profundo pesar que o Comando da Polícia Militar do Maranhão externa seus sentimentos em nome dos oficiais, praças e funcionários civis, lamentando o falecimento do Cabo PM Wender Serejo Martins lotado no 27º Batalhão da PM. O policial ingressou nas fileiras da PM em 2014.
O militar veio a óbito por afogamento, quando estava em um momento de lazer com a família, neste sábado (29) no município de Santo Amaro.
A Polícia Militar do Maranhão se solidariza com os familiares do Cabo PM Wender Serejo Martins neste triste momento.”
Com informações do Estado do Maranhão

Flávio Dino anuncia quatro mudanças no Governo

Destacado

Governador anunciou as mudanças em seu secretariado por meio das redes sociais e anunciou os novos secretários de Cultura e de Governo bem como presidente do Iprev

Em meio a comemorações com o sucesso do São João do Maranhão, o governador Flávio Dino utilizou das redes sociais para anunciar uma série de mudanças em seu governo.

O secretário de Cultura, Diego Galdino, vai se tornar Secretário de Governo em substituição a Antônio Nunes que assume a presidência da empresa Maranhão Parcerias.

Por sua vez, o secretário adjunto da Secretaria de Educação, Anderson Lindoso, será o nome a continuar o legado de Galdino à frente da Secretaria de Cultura. Vale ressaltar que o nome de Lindoso vinha sendo sondado para a pasta desde a reeleição de Flávio Dino.

Além destas três mudanças, Flávio Dino também anunciou Mayco Pinheiro como novo presidente do Instituto de Previdência (Iprev). Ele vai ocupar o lugar deixado pelo paranaense Joel Fernando Benin que foi exonerado do cargo no último dia 22 de junho.

“As mudanças vão na direção do nosso esforço permanente de dinamizar a gestão, valorizar talentos, fortalecer novos projetos e suprir necessidades que surgem. Todos são servidores que já integram nossa equipe e têm ótimo desempenho”, explicou o governador em outra postagem.

O governador não explicou quando os novos nomes vão tomar posse nos cargos, nem se o efeito será imediato ao governo.

Além disso, Dino não explicou o que deve ocorrer com o Procon, já que ele mesmo anunciou o advogado Carlos Sérgio como novo presidente do órgão, mas até hoje a mudança não foi efetivada e Karen Barros permanece no cargo.

RESUMO

Diego Galdino – secretário de Governo

Antônio Nunes – presidente da Maranhão Parcerias

Anderson Lindoso – secretário de Cultura

Mayco Pinheiro – presidente do Iprev

Justiça determina afastamento de vereadores de Vitória do Mearim após investigação sobre corrupção

Destacado

Ao todo, oito vereadores da cidade do interior do Maranhão foram afastados de suas funções até que o processo seja concluído. Um dos vereadores foi preso de novo outro crime.

Investigação da Polícia Civil e do Ministério Público em Vitória do Mearim já chegou à Justiça — Foto: Divulgação

Investigação da Polícia Civil e do Ministério Público em Vitória do Mearim já chegou à Justiça — Foto: Divulgação

Por decisão das Justiça, oito vereadores de Vitória do Mearim foram afastados de seus cargos com suspensão da remuneração e posso imediata dos suplentes até o término do processo. A ação judicial é repercussão da investigação sobre crimes de associação criminosa e corrupção na Câmara de Vereadores referente a pedidos de propina para arquivamento de CPI contra a prefeita Dídima Maria Coêlho, com base em supostos crimes de responsabilidade.

A investigação da Polícia Civil e Ministério Público culminou com a prisão preventiva de vereadores no início do mês de junho. Eles foram liberados dez dias depois, mas agora o vereador Oziel foi preso novamente por outros crimes descobertos durante a investigação policial.

“O crime de comércio ilegal de arma de fogo foi descoberto durante esta investigação e a Justiça decretou a prisão preventiva do vereador Oziel por mais este crime”, disse o delegado Guilherme Campelo.

Oziel Gomes da Silva foi preso nessa quinta-feira (27) e já voltou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Além dele, os outros vereadores afastados por ordem da justiça foram George Maciel da Paz, que era o presidente da Câmara, Hélio Wagner Rodrigues Silva, Marcelo Silva Brito (Marcelo da Colônia), Mauro Rogério (Nego Mauro), José Mourão Martins e Raimundo Nonato Costa da Silva (Nonato do Chelo) e Benoa Marcos Rodrigues Pacheco (Bena).

Investigação

A operação foi deflagrada no dia 5 de junho, quando os vereadores de Vitória do Mearim foram presos depois de uma investigação policial referente a crimes de corrupção por pedidos de propina para arquivamento de CPI contra a prefeita da cidade, segundo a apuração da Superintendência Estadual de Combate a Corrupção e Organizações Criminosas (Seccor) e o Ministério Público do Maranhão.

Segundo a investigação, vereadores do município pediram propina para arquivarem uma Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) contra a prefeita do município, Dídima Maria Coêlho. Os vereadores teriam pedido a propina ao marido da prefeita, que é o chefe de gabinete, Almir Coêlho Sobrinho. A CPI teria por base o crime de responsabilidade da gestora municipal.

Segundo a Polícia Civil, as conversas foram gravadas pelo chefe de gabinete. Nos áudios, a polícia disse que os vereadores pedem R$ 320 mil, que poderia ser pagos de forma parcelada. No decorrer das investigações, a polícia descobriu que outros vereadores iniciaram novas chantagens no valor de R$ 70 mil. Teve um vereador que chegou a pedir R$ 100 mil.

Almir Coêlho Sobrinho disse em depoimento aos policiais que além da propina, ele descobriu que os vereadores pretendiam afastar Dídima Coêlho para que “a vice (Elzir Lindoso) assumisse e pudesse sacar a quantia correspondente aos royalties da mineração destinados ao município”. O valor chega a R$2,2 milhões.

G1 MA

Hoje na História: Nasce a princesa Diana

Destacado

No dia 1 de julho de 1961 nascia, em Sandringham, na Inglaterra, Diana Frances Spencer, mais conhecida como Diana, a princesa de Gales. Depois de completar os seus estudos na Suíça, ela trabalhou como professora em um jardim de infância. No final da década de 70, começou a se encontrar com o príncipe Charles, e o noivado dos dois foi anunciado no dia 24 de fevereiro de 1981. No dia 29 de julho do mesmo ano, eles se casaram na catedral de Saint Paul, em Londres. Daiana teve dois filhos com Charles, William (1982) e Harry (1984). A princesa viveu sob grande exposição na mídia e se tornou extremamente popular, principalmente por conta de seus trabalhos de filantropia pelo mundo. Contudo, no final da década de 1980, tiveram início as especulações sobre uma possível crise conjugal. Finalmente, em dezembro de 1992, foi anunciada a separação do casal real. Em fevereiro de 1996, Diana aceitou o pedido de divórcio apresentado em dezembro pelo príncipe Charles. Eles se divorciaram oficialmente no dia 28 de agosto de 1996. Depois disso, Diana seguiu com suas obras assistenciais, perdeu as regalias reais e recebeu uma compensação financeira. Ela morreu em 31 de agosto de 1997 em um acidente de carro em Paris. Diana estava com o seu namorado, o magnata egípcio Dodi al Fayed, que também morreu no local. A morte da ex-princesa comoveu milhões de pessoas no Reino Unido e ao redor do mundo. Por conta do seu carisma, ela recebeu diversas homenagens e entrou para a história não apenas por ter sido princesa de Gales, mas também por conta de suas ações sociais ao redor do planeta.

Novamente a menoridade penal

Destacado

É certo que a maioria dos países desenvolvidos adota uma idade penal menor da praticada no Brasil. Segundo trabalho publicado pela biblioteca digital da Câmara dos Deputados, de autoria de Ribamar Soares, a maioridade penal começa aos 10 anos na Inglaterra, País de Gales e Ucrânia. Aos 14 anos na Alemanha, Áustria, China, Itália e Rússia. Em países da América Latina, como Argentina, Chile e Cuba, aos 16 anos de idade.

Segundo levantamento realizado pelo Datafolha e apresentado em janeiro de 2019, para 84% dos brasileiros, a menoridade penal deveria ser diminuída de 18 para 16 anos. É o desejo de um expressivo contingente populacional e não pode deixar de ser levado em consideração por quem representa o povo no parlamento.

No Brasil não há a cultura da consulta à sociedade por meio de plebiscitos e referendos. Os brasileiros são completamente alijados das decisões políticas que interessam diretamente à comunidade, como é o caso da menoridade penal. E quando a população não é chamada para o debate público, o exercício do poder sempre fica reduzido aos corredores do Congresso Nacional, por meio de representantes.

A sociedade precisa ser esclarecida de problema tão grave. Por exemplo, li um estudo interessante sobre o tema do professor de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Cristiano Oliveira, que defende a redução da menoridade porque seria uma maneira de reduzir a criminalidade.

Para diminuir a criminalidade
não vai bastar diminuir a idade
penal, é preciso fazer mais.

Segundo Oliveira, quem comete crimes faz uma análise prévia do custo-benefício. Assim, a severidade da punição superior aos bônus dos crimes seria apropriada para inibir potenciais infratores.

A tese do professor gaúcho é correta quando fala da impunidade. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, menos de 10% dos crimes de homicídio no Brasil são levados a julgamento. Portanto, a punição, de fato, pode ser um fator inibidor da prática de crimes, não somente a diminuição da idade penal.

Entre os argumentos dos defensores da redução da idade penal estão o aumento da criminalidade e da violência juvenil, a impunidade das infrações praticadas pelos menores, a diminuta punição em caso de crimes hediondos e a pouca efetividade de recuperação dos estabelecimentos incumbidos de receber os infratores.

Alia-se, também, a alegação de que o Brasil de 1940, quando o atual Código Penal entrou em vigor, era extremamente diferente do atual em relação às informações a que têm acesso os adolescentes. Não havia internet nem as mídias sociais.

Para diminuir a criminalidade não vai bastar diminuir a idade penal, é preciso fazer mais. O problema não é apenas de legislação. Em outra oportunidade escrevi sobre o caso da lei dos crimes hediondos. Desde a sua entrada em vigor, em 1990, os crimes graves só têm crescido. O grau de ameaça com o agravamento das penas não surtiu o efeito pretendido.

Para diminuir a criminalidade juvenil, além da diminuição da idade penal como quer a maioria esmagadora da sociedade, é preciso, também, investimento social. Educação, saúde, formação profissional e cidadania são necessidades básicas que precisam ser efetivadas com urgência. O discurso do aumento da pena e da diminuição da idade penal não possui praticidade quando desacompanhado de propostas de alteração da realidade social na qual estão postos os adolescentes.

Prometer somente alteração da legislação para acabar com a criminalidade é ineficaz em um país que julga menos de dez por cento dos homicídios. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, em 2016 foram assassinadas mais de 60 mil pessoas no Brasil.

Os dados estatísticos falam muito alto, é necessária a discussão a respeito da diminuição da idade penal ou mesmo o aumento do prazo máximo de internação de três para oito anos, para isso já passou da hora de a sociedade ser ouvida em um plebiscito.

Roberto Veloso foi presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil – Ajufe (@robertoveloso_).

O que foi dito na conversa entre Flávio Dino e Sarney?

Destacado

Encontro entre o governador Flávio Dino e o ex-presidente José Sarney não foi apenas “conversa para boi dormir” – foi para valer e deve ter repercussões dentro da política maranhense

A pergunta básica sobre o encontro do governador Flávio Dino com o ex-presidente José Sarney é a mais óbvia possível e também a mais importante: “Qual o tema central dessa conversa inusitada, com tão forte apelo político?” Não foi sem motivo que o encontro obteve a mais ampla repercussão nacional e dentro das divisas do Maranhão. Afinal, José Sarney, com 89 anos, longe de qualquer mandato e sem o peso político que já carregou por longas décadas nos três poderes da República, mesmo assim, ainda tem simbolismo.PUBLICIDADE

Leia também: Flávio Dino se reúne com Sarney para discutir sobre crises do atual cenário político do país

Sarney foi e continua sendo o mais duro opositor de Flávio Dino. Este, por sua vez, nunca deixou por menos os contra-ataques desferidos nos embates que ultimamente têm ficado a critério do neto do ex-presidente, deputado estadual Adriano Sarney, na Assembleia Legislativa, hoje, o único da família com mandato eletivo. Nas duas eleições em que derrotou o seu grupo, tirou a filha Roseana Sarney da ribalta política e deixou o sistema sarneísta destroçado, Flávio Dino mereceu ataques raivosos do velho Sarney. Mas o momento é de amadurecimento e profissionalismo politico.

Tirana comparação

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em agosto de 2018, em plena campanha eleitoral, com a filha Roseana tentando voltar ao Palácio dos Leões e o filho Zequinha, ao Senado Federal, Sarney mostrou-se furioso ao saber que aproximadamente 100 vias e prédios públicos perderam o nome dele e da família por proposta de Flávio Dino à Alema, com base na Carta de 1988. Oficialmente, tais bens passaram a ser rebatizados com outras denominações. Sarney comparou o governador ‘comunista’ ao ditador Josef Stalin, “o maior tirano que a humanidade já conheceu”.

“Não estou irritado com isso. O que me fez avaliar até onde vai a mesquinharia foi querer tirar o nome de minha mulher da Maternidade Marly Sarney, que ela construiu com tanto amor”, escreveu Sarney em seu jornal, O Estado do Maranhão. Agora, ao se debruçarem, de forma amistosa, sobre o momento político nacional em que a “democracia corre risco”, Flávio Dino e José Sarney desanuviaram o ambiente encarrascado da política maranhense e abriram o horizonte nacional para o nome do governador, que se projeta como eventual candidato a presidente em 2022.

Lembrando Cafeteira

Nunca é tarde para tirar-se desse encontro lições do passado e apontar rumos para o futuro. A reunião, portanto, foi louvada e apoiada por deputados do MDB de Sarney, como Roberto Costa, que a classificou de conversa de “histórica”, até o presidente da Assembleia, Othelino Neto, do PCdoB. Para ele, o achegamento de Dino a Sarney “extrapola as divergências paroquiais, deixadas de lado, para buscar soluções para o país”.

Vale ressaltar que, no ramo da política, com Sarney não existe imponderabilidade. Quando o ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira morreu, um ano atrás, Sarney esqueceu todo o passado de homéricas lutas política entre ambos para destacar o lado bom do ex-inimigo histórico e depois aliado de confiança. “Tivemos, por essas vicissitudes da vida e da política, de muitas vezes estarmos separados, adversários duros, em partidos diferentes. Tive, entretanto, uma grande sorte, e ele também dizia a mesma coisa, de reencontrá-lo, e, depois de ser seu adversário, nós nos reaproximamos, e eu o indiquei para governador, quando era presidente da República, e nele votei”.

E qual foi a conversa, afinal?

O tema central que dominou a aproximação, já que Dino e Sarney não iriam perder tempo botando conversa fora – conversa pra boi dormir – deve permanecer com o carimbo de “sigiloso”. Com apenas 6 meses à frente do governo no 2º mandato, o governador do PCdoB tem se mostrado presente em todo o debate nacional, inclusive fazendo palestras em universidades americanas e inglesas sobre a situação do Brasil. Ele é crítico intransigente das políticas anunciadas e medidas tomadas no âmbito do Legislativo, pelo presidente Bolsonaro.

Foto: Reprodução

Antes de encontrar-se com Sarney, Dino conversou também com  os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em São Paulo, e Lula, na prisão em Curitiba. Dino é um dos líderes do Consórcio de governadores do Nordeste, cujos integrantes estão arredios sobre a Reforma da Previdência nos moldes pretendidos pelo Planalto. Ao procurar Sarney, Dino reconhece a sua importância histórica e a lucidez sobre o Brasil. E Sarney, que anda equidistante de Bolsonaro, tem uma considerável reserva política no centro.

A força do bolsonarismo

Dino hoje é a maior liderança nacional das esquerdas, fora Lula. Por isso, tem procurado o espaço franqueado com o desmantelamento do PT e dos partidos do mesmo universo continuarem sem uma estratégia unificada de ação. Além disso tudo, há o avanço da direita com Bolsonaro à frente no Planalto, fortalecido pela classe média e uma robusta bancada no Congresso.

A vitória de Bolsonaro em 2018 trouxe à tona nova situação política no Brasil. Como uma onda, o “Bolsonarismo” quebrou as expectativas políticas dos mais conhecidos partidos. Estribado nas redes sociais e suas inúmeras facetas, a “chamada nova política” continua firme perante o eleitorado que o elegeu, embora com a popularidade em declínio espantoso, apresentado nas pesquisas. O Ibope/CNI de quinta-feira passada deu-lhe apenas 32% de aprovação, o menor índice desde a posse.

É nesse ambiente de crise institucional na política, a economia arruinando a vida dos trabalhadores e levando de roldão também a classe média, que Dino se movimenta. Seu PCdoB é um partido minúsculo diante das bancadas que se uniram ao Centrão para decidir o destino das votações no Congresso. Por enquanto, Bolsonaro governa com um olhar no movimento de oposição e no segmento que ainda o segue devotando nas redes com o mesmo entusiasmo.

O risco do confronto

Foto: Reprodução

Quando Dino procura os líderes do PSDB, do PT e do MDB ele sabe que na conjuntura atual terá que formar uma frente que faça contraponto ao governo. Os três partidos cujas lideranças Dino procurou para discutir o Brasil são vozes que decidem e são capazes de passar ao Brasil uma visão abrandada da esquerda, longe do que a direita conseguiu enraizar na mente do público que carimbou a esquerda como o mal maior, graças aos governos do PT. Desmanchar isso é o maior desafio de uma eventual candidatura de Dino.

O analista político Valerio Arcay traça um rumo previsível para o que chama de “tática quietista” consiste em disputar o espaço de oposição e aguardar as próximas eleições. Quietismo deriva de ficar quieto, na moita. “A oposição deve aproveitar as posições institucionais que ocupa, nos governos estaduais, Prefeituras e nas Câmaras, Assembleias e no Congresso para a melhor redução de danos possível. A unidade de ação  com os partidos do Centrão, sob o mínimo denominador comum, deve ser priorizada! A esquerda não deve desafiar, frontalmente, o governo, porque pode provocar um endurecimento das tendências bonapartistas”, ensina.

Imparcial

Os novos “vazamentos” do site The Intercept e o impacto imediato no HC de Lula

Destacado

O que aconteceu durante o mais novo “vazamento” do tabloide The Intercept na madrugada de sábado (29) está sendo tratado de forma equivocada pelos veículos de comunicação. Há bons textos, mas passam longe da gravidade jurídica dos fatos verificados.

O impacto digno de destaque é no pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal sob o argumento de parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro à época da instrução e julgamento do caso.

Lembremo-nos: o HC ainda não foi julgado pelos membros da Segunda Turma do STF. Os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia já votaram por denegar o pedido, mas faltam os votos de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e do decano Celso de Mello. A decisão ficou para o segundo semestre de 2019 após a frustrada manobra jurídica para conceder uma inédita liminar em habeas corpus.

Em festival de entrevistas concedidas durante a semana (antes desse último vazamento) — Estadão e GloboNews, para ficar em dois exemplos —, o ministro Gilmar Mendes foi claro ao defender que “provas obtidas por meios ilícitos podem ser usadas em juízo” e que os vazamentos do tabloide “podem suscitar a nulidade dos processos da Operação Lava Jato”. Em resposta à jornalista Eliane Cantanhêde, Gilmar sugeriu, inclusive, que poderia haver “indenização do Estado” a quem ficou preso, caso haja nulidade dos julgamentos.

Noutras palavras, o material de Glenn Greenwald e sua equipe estava causando uma reviravolta no universo jurídico, com chance realista de liberdade para o ex-presidente Lula. Talvez a maior delas nesses 450 dias de cárcere.

Pois é… e agora?

Agora, o vento virou. Com as navalhadas do Intercept no último vazamento, os ministros do STF não podem mais usar o material em seus votos, nem mesmo em menções indiretas.

Não se trata mais de serem ou não provas obtidas por meio ilícito. Agora há a certeza factual de que o material sofre edições para publicação, pode conter alterações dolosas, erros brutais e não representar a transcrição fidedigna dos dados cibernéticos hackeados.

Deixou de ser informação jornalística, lastreada pelos melhores métodos profissionais. Tornou-se material de origem duvidosa, editado para ser panfleto político-partidário.

Para que possa ser utilizado como prova na confecção de um acórdão da Suprema Corte, todo o material, recebido por Glenn Greenwald através de “fonte anônima”, precisaria ser instruído ao processo, devendo ser requisitado e periciado em sua integralidade a pedido do juízo responsável.

Esses detalhes pouco importam para Gilmar e Lewandowski. Mas, eles terão peso no voto do ministro Celso de Mello. Basta observar todos os votos do decano em decisões de grande envergadura da Corte.

Ou vocês imaginam que Celso de Mello pode determinar a soltura de Lula baseado em matérias de imprensa onde não é possível verificar se o “Ângelo” é Ângelo Goulart Villela ou Ângelo Augusto Costa? Se “Monique” é a procuradora Monique Checker ou qualquer uma das 327 Moniques que constam nos quadros do Ministério Público Federal (MPF)?

Eu, particularmente, duvido que o ministro cairá nessa cilada restando poucos meses para sua aposentadoria.

Resumo da ópera: numa fração de minutos, os “erros de edição” do Intercept transformaram-se no maior tiro no pé para a defesa do ex-presidente Lula.

P.S.: Note-se que, em momento algum deste texto, foi utilizada a expressão “opinião pública”. Se considerada, o desastre é ainda maior para a narrativa de quem defende “Lula Livre”.

Bom domingo a todas(os)!

Helder Caldeira

Trocas de mensagens revelam ligação de traficantes com policiais no Morro do Dendê

Destacado

Grupo chefiado por Fernando Guarabu negociava informações, armas e equipamentos da polícia em troca de propina; diálogo mostra ameaça feita por policial que reclama atraso no pagamento.


Mensagens de texto revelam ligação entre traficantes e PMs corruptos

Trocas de mensagens obtidas com exclusividade pela Globo mostram os bastidores de negociações entre supostos agentes públicos e traficantes da Favela do Dendê, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio.

As mensagens de texto revelam que um homem que se identifica como Léo e se apresenta como policial exige o pagamento de R$ 300 mil por informações sobre uma operação do Bope, a tropa de elite da PM do Rio, na favela.

De acordo com a Polícia Civil, as conversas são entre um traficante conhecido como Tetê, que seria um homem de confiança do chefe do tráfico Fernandinho Guarabu, executado pela polícia nesta semana. Tetê é quem, segundo a polícia, negociava propinas, drogas e armas.

Fernando Gomes de Freitas, o Fernandinho Guarabu, era um dos traficantes mais antigos e mais procurados do Rio. Ele morreu esta semana durante uma operação policial. O corpo dele foi nesta sexta-feira (28).

Contra Guarabu havia 14 mandados de prisão que não eram cumpridos, segundo as investigações, graças ao envolvimento de policiais militares corruptos com a quadrilha do traficante.

Na troca de mensagens de texto que a Globo teve acesso, Tetê e um suposto PM, que se apresenta como Léo, pede R$ 300 mil para dar informações sobre operações policiais na favela do dendê e cobra o pagamento do valor integral.

“Já se passou muito tempo e o acordo ainda não foi cumprido. O chefe pediu para mandar os 200 mil restantes, que seja em 4 parcelas de 50 mil”, diz o suposto PM em uma das mensagens.

Em outro trecho, Léo reclama que se o Guarabu não comprar a informação, o resto do bando, que ele chama de funcionários, seriam os maiores prejudicados. Disse ainda que traficantes poderiam acabar presos ou mortos, em eventuais operações policiais. Ele faz uma ameaça contra Guarabu: a ideia é de que se não conseguir prender ou matá-lo, é levá-lo à falência.

No diálogo, o policial continua em tom ameaçador: “Você vai ver aquilo lá pegar fogo de verdade. Como te falei a paciência já esgotou. E lembra o que aconteceu com o traficante peixe da Vila Aliança, que teria rejeitado um acordo semelhante: 48 horas depois de rejeitar uma informação estava algemado, implorando para negociar”.

O traficante se mostra impotente diante da recusa de Fernandinho Guarabu em negociar com o policial e responde: “Mais fazer o que? Fernandinho quer isso pra vida dele”.

Em outra conversa, um suposto agente da área da segurança pública avisa a Tetê de uma operação do Bope

“Não tem como dar um jeito de intervir pra acalmar lá?”, pergunta o criminoso, diante do que o interlocutor responde: “Tá louco! Sem dinheiro????? Se eles pagarem à vista, tem como”.

Nesse diálogo entre o criminoso e a pessoa ainda não identificada, Tetê pede informações, que ele chama de visão, sobre operações policiais a mando, possivelmente, de outro traficante apelidado de “Lele”.

A pessoa responde que até o dia 17 não tem nada previsto e fala abertamente: “Da cúpula da segurança carioca não tem nada pra lá”, mas alerta que surgiram informações sobre Guarabu, que ele chama de fulano.

Entre a troca de mensagens há até o vazamento da escala de policiais civis que participariam de uma operação no Dendê.

As investigações mostram que as relações entre Fernando Guarapu e policiais corruptos envolvia também armas e até equipamentos da polícia.

Vídeos que o RJ2 exibiu na sexta-feira, gravados em abril de 2007, mostram o sargento PM Renato Alves da Conceição entregando um fuzil AK-47 para um dos criminosos da quadrilha. Em seguida, Fernando Guarabu aparece segurando a arma e colocando o carregador. O policial militar foi morto oito meses depois, em Jacarepaguá, no carro de luxo que ele dirigia.

Em outro vídeo, Carlos Alberto Cambraia Jr., apelidado de Metal, aparece em pé. A voz ao fundo, segundo a polícia, é de Fernando Guarabu, que diz quase nunca se arriscar a sair da favela.

“Tenho medo de sair do morro, na moral. Outro dia fui, quatro carros, lá no Pinheiro, 20 fuzil, fala aí, assim eu vou. Agora, vou ficar me arriscando, sabendo que chega lá, nego vê ele mesmo pode ligar, fulano tá aqui, igual aconteceu com Adriano aí, os caras lá”.

Metal morreu durante uma operação do Bope, em janeiro de 2017.


A polícia investiga agora imagens de um baile realizado na noite desta sexta-feira em homenagem a Fernando Guarabu e aos traficantes mortos na mesma operação.

Polícia Militar prende dupla acusada de roubar celulares em Presidente Vargas

Destacado

A Policia Militar de Presidente Vargas em conjunto com a Guarda Municipal de Vargem Grande, prendeu na manhã deste sábado(29), A.R.S, 14 anos e João Felipe Alves Costa, 18 anos, por roubo de celulares. As vítimas foram dois jovens.

O crime aconteceu na noite de ontem(28), na rua projetada, centro de Presidente Vargas. Os indivíduos foram presos em suas residências, e no primeiro momento, eles negaram autoria. Depois, quando foram reconhecidos pelas vítimas, ambos assumiram o crime.

A arma ultilizado no delito não foi encontrada. Diante dos fatos, os autores foram conduzidos para a Delegacia Regional de Itapecuru para as providências cabíveis. Com contribuições do Blog do Sergio Roberto

VEREADORES DE VITÓRIA DO MEARIM ACUSADOS DE CORRUPÇÃO SÃO AFASTADOS DO CARGO

Destacado

Por decisão das Justiça, oito vereadores de Vitória do Mearim foram afastados de seus cargos com suspensão da remuneração e posso imediata dos suplentes até o término do processo. A ação judicial é repercussão da investigação sobre crimes de associação criminosa e corrupção na Câmara de Vereadores referente a pedidos de propina para arquivamento de CPI contra a prefeita Dídima Maria Coêlho, com base em supostos crimes de responsabilidade.

A investigação da Polícia Civil e Ministério Público culminou com a prisão preventiva de vereadores no início do mês de junho. Eles foram liberados dez dias depois, mas agora o vereador Oziel foi preso novamente por outros crimes descobertos durante a investigação policial.

O crime de comércio ilegal de arma de fogo foi descoberto durante esta investigação e a Justiça decretou a prisão preventiva do vereador Oziel por mais este crime”, disse o delegado Guilherme Campelo.

Oziel Gomes da Silva foi preso nessa quinta-feira (27) e já voltou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Além dele, os outros vereadores afastados por ordem da justiça foram George Maciel da Paz, que era o presidente da Câmara, Hélio Wagner Rodrigues Silva, Marcelo Silva Brito (Marcelo da Colônia), Mauro Rogério (Nego Mauro), José Mourão Martins e Raimundo Nonato Costa da Silva (Nonato do Chelo) e Benoa Marcos Rodrigues Pacheco (Bena).

Investigação

A operação foi deflagrada no dia 5 de junho, quando os vereadores de Vitória do Mearim foram presos depois de uma investigação policial referente a crimes de corrupção por pedidos de propina para arquivamento de CPI contra a prefeita da cidade, segundo a apuração da Superintendência Estadual de Combate a Corrupção e Organizações Criminosas (Seccor) e o Ministério Público do Maranhão.

Segundo a investigação, vereadores do município pediram propina para arquivarem uma Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) contra a prefeita do município, Dídima Maria Coêlho. Os vereadores teriam pedido a propina ao marido da prefeita, que é o chefe de gabinete, Almir Coêlho Sobrinho. A CPI teria por base o crime de responsabilidade da gestora municipal.

Segundo a Polícia Civil, as conversas foram gravadas pelo chefe de gabinete. Nos áudios, a polícia disse que os vereadores pedem R$ 320 mil, que poderia ser pagos de forma parcelada. No decorrer das investigações, a polícia descobriu que outros vereadores iniciaram novas chantagens no valor de R$ 70 mil. Teve um vereador que chegou a pedir R$ 100 mil.

Almir Coêlho Sobrinho disse em depoimento aos policiais que além da propina, ele descobriu que os vereadores pretendiam afastar Dídima Coêlho para que “a vice (Elzir Lindoso) assumisse e pudesse sacar a quantia correspondente aos royalties da mineração destinados ao município”. O valor chega a R$2,2 milhões.

Fonte:  G1 MA

Polícia desmonta acampamento de criminosos em São Luís.

Destacado

Um acampamento de um grupo criminoso que atua na região da BR 135, foi desarmado por uma equipe de policiais do 21º BPM quando fazia ronda pelas proximidades da Vila Progresso aos fundos do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas Zona Rural de São Luís.

No acampamento além de drogas, armas, e dinheiro em espécie, foram encontradas mochilas com roupas que podem ser produtos de roubos ou assaltos a ônibus, prática criminosa muito comum na região.

Em uma das mochilas foi encontrado o RG em nome de Fernando José Melo daSilva de 18 anos de idade.

Nenhum bandido foi preso, mas a polícia continua diligenciando no sentido de prende-los. Todos os objetos encontrados, foram encaminhados a Delegacia da Cidade Operária.

Congresso dorme, mas ministro Barroso, diligente, impede o retorno da farra dos sindicatos

Destacado

Ministro Barroso cassa decisão que autorizava desconto em folha de contribuição sindical.

É essa a função do Supremo, que ultimamente dá uma no cravo, outra na ferradura. O congresso deixou de apreciar, e com isso caducar, a Medida Provisória 873/2019, que proibia o desconto automático em folha da contribuição sindical, que só poderia ser feita por boleto bancário e com autorização expressa de cada trabalhador.

PRF acha cerca de R$ 2,5 milhões escondidos dentro de carro em SP

Destacado

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de R$ 2,5 milhões que estavam escondidos dentro de um carro que transitava pela rodovia Régis Bittencourt, nesta sexta-feira (28), na altura da cidade de Registro, no interior de São Paulo. O motorista, que disse que o dinheiro não era dele e que só receberia pelo transporte, acabou sendo preso em flagrante por lavagem de dinheiro.

De acordo com a PRF, durante ações da Operação Copa América em São Paulo, os policiais pararam uma picape no km 430 da rodovia. O motorista, de 34 anos e morador de São Paulo, aparentava estar um pouco nervoso ao conversar com os policiais, principalmente, na hora da apresentação dos documentos.

O veículo e a habilitação do motorista tinham registros normais mas, desconfiados dele, os policiais rodoviários federais decidiram fazer uma verificação detalhada do veículo e encontraram, escondidos no painel do carro, diversos pacotes plásticos. Os policiais encontraram, dentro dos pacotes, notas de R$ 50 e R$ 100.

A contagem preliminar da PRF apontou que havia cerca de R$ 2,5 milhões escondidos no carro..

Ainda segundo a PRF, o motorista não tinha comprovação da origem do dinheiro. Ele disse aos policiais que o dinheiro não era dele e que só receberia pelo transporte do material. O homem ainda contou que retirou o veículo em um shopping, na capital paulista, e seguia para Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

O motorista foi encaminhado para a Delegacia de Registro e preso em flagrante por lavagem de dinheiro. O dinheiro apreendido também foi levado à delegacia. Um inquérito policial foi aberto para investigar a origem e descobrir quem é o verdadeiro proprietário da quantia.

Capitular? Jamais

Destacado

José Mauricio de Barcello

Foi por pouco. Passou perto desta vez. Tal como em 08 de julho de 2018, quando um Desembargador petista tentou libertar Lula, atendendo a um plano criminoso de seus advogados e seguindo na mesma linha de tantas outras solertes tentativas, o Supremo de Toffoli, Gilmar, Lewandowsk e Marco Aurélio neste último 25 de junho quase colocou em liberdade o maior ladrão da coisa pública da história contemporânea. Sob o aspecto técnico jurídico as possibilidades de se libertar o “Ogro Encarcerado” eram iguais a zero. Contudo quando pela undécima ou pela milésima vez a esquerda delinquente, ainda muito endinheirada, tenta por meio de suas longas mãos alcançar essa petulante façanha isto assusta, desestabiliza e atemoriza os homens de bem prejudicando a reputação do Brasil no exterior, justo nesta hora em que a Nação precisa demonstrar para o mundo toda estabilidade e toda segurança de um País que quer se habilitar aos trilhões de dólares de investimentos estrangeiros, ávidos de um lugar sério para aportar tanto capital.

Por conta disso, também, é que a libertação do bruto representaria uma derrota mais do que emblemática para a sociedade brasileira. Neste passo cabe um parêntese. Ponderem. Tem tanto bandido do colarinho branco preso (Zé Dirceu, Cabral, Cunha, Vaccari, Geddel, etc) e bem preso. Porque, então, essa loucura ou qual a causa dessa doentia obsessão para libertar o “Ogro Petista”? Será por que só ele tem a senha da grana que ainda está escondida no exterior?

Todavia, não nos deixemos enganar. A soltura do patife-mor, preso em Curitiba, não é definitivamente o grande problema do Brasil nem é o grande objetivo da vermelhada. A liberdade de Lula é tão somente uma das ações nefandas que os poderosos apeados do poder querem pôr em prática para retornar ao sistema corrupto, destrutivo e desumano que dominavam. Os contras querem e precisam, como ar para respirar, de: a) cercar Bolsonaro dentro do Planalto; b) imobilizar suas iniciativas e destruir suas propostas no nascedouro; c) bloquear suas mensagens no legislativo; d) judicializar suas proposições no STF e, com o apoio da extrema imprensa, destruir e desacreditar o Capitão junto ao povo.i

Tirante aí uns ladrões mequetrefes da laia de Gleise Hoffmann e caterva ou sabujos do “Analfa de Garanhuns” do tipo Amorim, Falcão ou Lindbergh, a vermelhada raivosa e doente a rigor não quer ver aquele abjeto e decaído psicótico que os dominava com mão de aço e muita grana, solto novamente. Esta situação me faz recordar a objeção ferrenha de Ulisses Guimarães e de seus comparsas que lutaram contra a anistia proposta pelos revolucionários de 1964, para evitar que os fujões FHCs e Brizolas da vida (exiliados uma ova) retornassem ao País porque sabiam que muitos não se reelegeriam com o retorno dos arqui-inimigos do Brasil, que acabariam por surrupiar seus votos. Agora também, Ciro, Boulos, Moulon, Feghali e outros porcarias semelhantes não querem Lula solto porque eles próprios almejam tomar o poder e botar a mão nos cofres públicos. Com Lula a grana fluía, porém a conta-gotas e somente em troca de muita vassalagem. Imagino que não haja novidade alguma nisto que falo. Segundo alguns grandes analistas das Forças Armadas, um interesse real em um Lula fora do xilindró só tem mesmo a banda podre do Supremo que sonha com a volta dos tempos em que, sem esforço algum, recebia, desviava, malversava e se locupletava do dinheiro do povo, sempre escondida atrás de suas capas pretas.

Quem está sublevando a ordem
e o progresso é o legislativo
que trama diariamente
para que o Brasil não avance

Este é o cenário que se apresenta no momento e que configura o grande drama vivenciado pelos patriotas nesta hora. Não há um só homem honrado neste País que possa dizer, com honestidade, que ignorava o que iria acontecer com a eleição do Capitão. Diante da fragorosa derrota que foi imposta à vermelhada pelo Movimento Revolucionário Popular de 2018 – MRP 2018 – aquela trupe imaginou que se Bolsonaro tomasse posse não ousaria governar sem o domínio das sociedades de bandidos travestidas de partidos políticos. Se nomeasse um ministério ao arrepio dos caciques ou dos chefes das tais quadrilhas não teria mais do que meia dúzia de parlamentares no Congresso inteiro para apoiá-lo. Se, com o apoio do povo, ainda assim conseguisse realizar alguma coisinha teria que guerrear diariamente para não ser emparedado ou “impichado”. Por fim, caso nada disso desse certo aterrorizariam o novo governo, desafiariam as instituições mais sólidas e confiáveis como as Forças Armadas e engessariam a máquina governamental até o limite da paralisia econômica e do aprofundamento do caos, provocando a desestabilização civil e a revolta popular, o que exigiriam uma inevitável intervenção visando à retomada da lei, da ordem e à instalação do progresso. O caos é iminente e a intervenção já surge como a derradeira saída. A rigor é tudo o que a esquerdalha quer e precisa para acusar de fascista e golpista o legítimo governo de Jair Bolsonaro. É isso que querem, pois é isto que terão.

Aqui vou me dirigir aos generais e lideres militares, que foram tão humilhados e perseguidos por FHC, por sua consorte comunista e por corruptos a eles ligados do tipo José Serra e só o faço porque espero que tenham aprendido a lição. Aquela gente ladra, desqualificada e petulante a cada dia que passa mais afronta o Brasil do bem. Não vai parar nunca. Desta feita, mercê de uma ação terrorista engendrada e vinda do exterior que comprometeu a “segurança nacional”, os contras cravaram nas costas de Sérgio Moro – o herói dos novos tempos – a mesma faca do ódio, da inveja e da vingança com a qual quase mataram o Capitão. Portanto, chega! Está na hora de dar o troco. Se render, jamais!

Não somos realmente como os americanos do norte, um povo beligerante, mas todas as vezes que o Brasil precisou de seus filhos eles não fugiram da luta. A última foi em 31 de março de 1964. Vamos repetir. Vamos outra vez – e quantas forem necessárias – dizer um não rotundo aos comunas, aos socialistas, aos corruptos, aos intelectuais da impostura, aos inimigos da família e da cultura judaico cristã, aos príncipes e nababos da máquina governamental, aos chupins do suor de nossa gente sofrida; aos deformadores de opinião e aos barões da comunicação, para que em definitivo entendam que basta de tanta ignomínia e desfaçatez nesta Terra de Santa Cruz. Os espertalhões do jornalismo mais abominável já enxergaram o que vem por aí e, em pânico, estão com grande dificuldade para explicar porque o povo – de quem todo poder emana – tem que se quedar silente enquanto os patifes manobram contra seus justos anseios e em detrimento do Brasil.

E pouco se me dá que digam que estou pregando sublevação da ordem ou conspurcando as instituições e afrontando a democracia. Não! Não sou eu quem está fazendo coisa alguma disto. Quem está sublevando a ordem e o progresso é o legislativo que trama diariamente para que o Brasil não avance. Quem desonra as instituições republicanas, principalmente as casas do legislativo e a mais alta Corte do País, são suas próprias facções mais negras e mais torpes que passaram a dominá-las. Quem afronta a verdadeira democracia são aqueles que se valem dos mandatos e das funções que o povo lhes concedeu para trair a vontade da maioria, tantas vezes brandidas de norte a sul do Brasil.

Logo que foi convidado para assumir a pasta da Justiça e da Segurança Pública, durante uma entrevista de rua, um desses “vagabundinhos” do jornal “O Goebbels” perguntou ao já consagrado paladino da Justiça, Sérgio Moro, se ele aceitando o cargo não temia ser acusado de faccioso ou de parcial por ter condenado e prendido Lula – “o pus da humanidade”? Com um leve sorriso de desdém o Juiz calou o “imbeciloide” dizendo: “quer eu aceite ou não vão falar isso de qualquer maneira” e, ato seguinte, deu as costas ao jornalista mal-intencionado. Pois bem, esta é a situação que agora se apresenta para os patriotas. Quer exijamos ou não o fechamento das instituições que estão mantendo o Brasil cativo da miséria e da fome dirão os contras, os bandidos e os vendilhões da Pátria que nosso objetivo sempre foi destruí-los. É verdade, pelo menos de minha parte sempre soube que aquela gente corrupta e perversa é contra o Brasil, isto é, contra os homens de honra desta Nação Verde e Amarela e que somente serão parados quando forem colocados a ferros. De outra maneira vão nos destruir.

Por derradeiro, mas não menos importante digo que se tudo não recomeçar agora no próximo domingo dia 30 de junho com o MRP2018 nas ruas vestido de Brasil, logo adiante virá e inevitavelmente acontecerá. Quanto mais demorar, mais a doença vermelha se alastrará pelo tecido social; mais desespero vai se impor aos desvalidos de Lula e Dilma, que nada mais têm para viver ou até dispor para ser enterrado; mais o Brasil vai se expor e ser humilhado perante a comunidade das Nações Livres e Soberanas e mais brasileiros de verdade, como o Capitão e sua equipe, serão alvo dos criminosos de Brasília, bem como das associações e das sociedades protetoras e sócias da bandidagem, aí inclusas as entidades que homiziam os advogados de bandidos e a imprensa profissional. Qual a saída que nos resta? É isto ou, então, capitular sem lutar.

Conheça o golpe em venda por anúncio na internet com vítimas em São Luís

Destacado

Em operação em três estados, a Polícia Civil conseguiu prender três estelionatários que ganhavam dinheiro com anúncios falsos de venda de carro.


Suspeitos são presos acusados de praticar crimes virtuais no MaranhãoJMTV 1ª Edição00:00/03:39

Suspeitos são presos acusados de praticar crimes virtuais no Maranhão

Suspeitos são presos acusados de praticar crimes virtuais no Maranhão

A Polícia Civil prendeu três pessoas suspeitas de receber dinheiro em fraudes de vendas de veículos em São Luís. Elzyo Jardel Xavier Pires e Gabriella Vanuzzi Pouso Gomes foram presos em Cuiabá/MT e Dani Israel da Silva foi preso em Ribeirão Preto/SP.

O golpe acontecia por meio de uma cópia de um anúncio na OLX nos seguintes passos:

  1. O golpista fazia um anúncio falso em um site baseado em um anúncio verdadeiro de venda de carro na OLX.
  2. Um interessado no carro entrava em contato.
  3. O golpista entrava em contato com o verdadeiro dono do anúncio e promovia o encontro do vendedor com o interessado para que se soubesse que o carro existia. Mas antes, o golpista treinava o vendedor e o interessado para não falarem sobre os valores.
  4. Após o encontro, o golpista voltava a entrar em contato com o interessado e começava a negociar os valores do veículo, como se fosse o verdadeiro dono do carro. Por fim, dava uma conta bancária para receber o dinheiro.
  5. O comprador dava o dinheiro e o golpista sumia.

Segundo a Polícia Civil, em dezembro de 2018, duas vítimas foram induzidas a erro por negociar e pagar por um carro vendido por um dos investigados, que resultou em um prejuízo de R$ 39.200,00 que foi transferido para contas bancárias da quadrilha.

Dani Israel da Silva, Elzyo Jardel Xavier Pires e Gabriella Vanuzzi foram presos por suspeita de integrar quadrilha de golpistas com atuação em São Luís — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Dani Israel da Silva, Elzyo Jardel Xavier Pires e Gabriella Vanuzzi foram presos por suspeita de integrar quadrilha de golpistas com atuação em São Luís — Foto: Divulgação/Polícia Civil

As prisões contaram com apoio do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO) do Mato Grosso e do Centro de Inteligência da cidade de Ribeirão Preto. A operação policial ainda constatou que Elzyo Jardel possui registros criminais no Acre, Pernambuco e Paraíba. Fonte G1

Filhos de funcionário do Banco do Brasil de Lago da Pedra são sequestrados

Destacado

Segundo a polícia, o funcionário foi obrigado pelos criminosos a facilitar o roubo na agência em troca da liberdade dos filhos. Crianças foram soltas na tarde desta sexta (28).


Fachada da agência do Banco do Brasil em Lago da Pedra (MA) — Foto: Reprodução/Google Maps

Fachada da agência do Banco do Brasil em Lago da Pedra (MA)

Os filhos do tesoureiro da agência do Banco do Brasil do município de Lago da Pedra, localizado a 312 km de São Luís, foram vítimas de um sequestro relâmpago na madrugada desta sexta-feira (28). Segundo a polícia, o funcionário foi obrigado pelos criminosos a facilitar o roubo na agência em troca da liberdade dos filhos.

De acordo com a Polícia Militar, os meninos com seis e 14 anos foram localizados no início da tarde desta sexta (28) próximo a MA-245 no povoado Santo Agostinho, na zona rural do município. Os policiais informaram que as crianças não estavam feridas e logo em seguida, seguiram de volta para casa. Fonte G1

O valor pedido pelos criminosos e o nome das vítimas não foram revelados. A polícia ainda não tem pista dos criminosos e segue realizando buscas na região.

Desemprego recua para 12,3% em maio e atinge 13 milhões de brasileiros

Destacado


A taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,3% no trimestre encerrado em maio, atingindo 13 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Trata-se da segunda queda seguida e da menor taxa desde o trimestre encerrado em janeiro (12%). No mesmo trimestre do ano passado estava em 12,7%.Evolução da taxa de desemprego

Na véspera, o Ministério da Economia divulgou que foram criados 32.140 empregos com carteira assinada no país em maio, o pior resultado para o mês desde 2016, quando houve fechamento de vagas. No acumulado no ano, foram gerados até maio 351.063 postos formais de trabalho.

Economia estagnada

Os principais indicadores de maio continuaram a mostrar uma cenário de economia estagnada, após uma queda de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no 1º trimestre.

Ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada na terça-feira (25), mostrou que o Banco Central não descarta a possibilidade de uma nova recessão. O BC destacou que a economia brasileira segue operando com “alto nível de ociosidade dos fatores de produção, refletido nos baixos índices de utilização da capacidade da indústria e, principalmente, na taxa de desemprego”. Fonte G1

CNMP arquiva sindicância contra Deltan, ataque de Glenn desmorona e OAB fica desmoralizada

Destacado

Gradativamente o jornalista Glenn Greenwald vai caindo no ridículo.

Nesta quinta-feira (27), o ‘picareta’ sofreu mais um revés.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mandou arquivar a sindicância aberta para averiguar as mensagens que teriam sido trocadas entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sérgio Moro.

O argumento utilizado pelo corregedor-geral do CNMP, Orlando Rochadel, para justificar o arquivamento, é justamente a impossibilidade de se verificar a veracidade do material.

A decisão desmoraliza ainda mais a partidária Ordem dos Advogados do Brasil.

A entidade, atualmente dirigida por um notório petista, tão logo surgiram as mensagens do pseudo jornalista americano, pediu, de maneira açodada, apressada, ilegal e anti-democrática, o afastamento de Deltan e do próprio ministro Sérgio Moro.

Lamentável a vergonha que Felipe Santa Cruz está impondo a uma entidade que já teve participação relevante em momentos importantes da história do Brasil.

Presentemente tornou-se uma marionete de interesses inconfessáveis.

Lívia Martins

Articulista e repórter

Mãe mata o próprio filho de 4 meses em São Luis

Destacado


A mulher ainda relatou que faz uso de remédios controlados.

Um bebê de quatro meses foi assassinado na tarde desta quinta-feira, 27, pela própria mãe, identificada como Zilpa Soares Silva, de 27 anos, no bairro da Cidade Operária, em São Luís. Zilpa procurou a polícia e confessou o crime.
De acordo com informações do delegado Lucas Smith em entrevista à rádio Mirante AM, após ouvir o relato de Zilpa, a Polícia Civil se dirigiu ao local e constatou que havia uma criança do sexo masculino em óbito dentro de uma lavanderia.
De acordo com a polícia, mesmo a criança sendo encontrada no pequeno com água dentro, ainda não havia a confirmação de que o bebê morreu vítima de afogamento. Peritos do Instituto de Criminalística (ICRIM) irão investigar a real causa da morte.
Ainda durante o depoimento, Zilpa confessou que estava sozinha em casa com o bebê no momento do crime. A mulher ainda relatou que faz uso de remédios controlados, indicando que pode ter algum problema mental.
“Ela disse que teria dormido depois do almoço e que, depois, teria refletido por alguns minutos que não estava apta para criar a criança e que o melhor que ela teria para fazer era ceifar a vida dela. ” disse o delegado em entrevista.
Após o depoimento, Zilpa foi encaminhada para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o atual companheiro dela também irá prestar esclarecimentos. O pai da criança foi localizado e também será ouvido.

Via o Imparcial

Hoje na História: Sinibaldo Fieschi foi eleito Papa da Igreja Católica

Destacado

Inocencio IV, cujo nome verdadeiro era Sinibaldo Fieschi, foi eleito Papa da Igreja Católica em 28 de Junho de 1243. Foi considerado como quem fez valer o domínio universal do papado ao ordenar a destituição do seu principal oponente, o imperador do Sacro Império Romano Federico II. Nasceu em Genova e estudou direito em Parma e Bolonha. Era um homem convencido de que o poder da Igreja, e em concreto da figura papal, devia estar acima dos governantes e dos reis. Seu confronto com o imperador do Sacro Império Romano, constituiu um importante capítulo no conflito entre o papado e o império. Recém eleito pontífice, foi pressionado por Federico II para que revogasse sua excomunhão, mas Inocêncio interrompeu as negociações, fugiu de Roma e se refugiou na França no ano 1244.

A fogueira do ativismo judicial

Destacado

Fabio Prieto

O Brasil não tem boa classificação nos rankings sobre segurança jurídica. Profusão de leis e normas administrativas redigidas em linguagem equívoca ou deliberadamente contraditória. Sobreposição de instâncias administrativas e judiciárias. Procedimentos de controle e fiscalização caros, que deveriam ser baratos; ou baratos, quando deveriam ser caros. Quebra constante e imotivada de contratos privados. Falta de efetividade das sanções, insignificantes ou draconianas, raramente ponderadas.

É preciso elevar os valores da previsibilidade e da confiança, duas variáveis necessárias para a fruição do progresso contemporâneo.

Nos estudos nacionais e internacionais, o grave problema da insegurança jurídica, com custos econômicos e sociais expressivos, tem capítulo de destaque para a insegurança judiciária. O sistema de justiça dá relevante contribuição para o ambiente normativo turvo e labiríntico.i

A estrutura de justiça – não apenas o Poder Judiciário – é cara, gigantesca e, o mais danoso, ferozmente intervencionista. Como muitas das instituições do País, diante da falta de controle cívico e social, as do sistema de justiça também têm a possibilidade de funcionar para si, por si e para os seus.

Premido pelas influências históricas da cultura geral, o sistema de justiça contribui para o adiamento infinito rumo ao país do futuro, que poderíamos ser, com democracia, livre iniciativa e valor social do trabalho, tudo selado pela lei votada por Parlamento escolhido em eleição módica e disputada por partidos políticos orgânicos.

Mas, para além dos problemas gerais, comuns a todas as instituições, o sistema de justiça está enredado numa crise particular: a da usurpação da democracia representativa, da intervenção desabrida na prerrogativa do povo de fazer escolhas entre várias políticas públicas.

No desejo de contemplar todos, a Constituição de 1988 projetou a mais libertária e rica das nações. É uma espécie de retomada do País dos bacharéis.

O governo de 64 conviveu com altas taxas de crescimento econômico. Mas a ordem jurídica tinha muito subproduto de atos institucionais, para o desprestígio dos bacharéis. Os economistas ganharam o protagonismo da liderança.

As crises do petróleo e a hiperinflação permitiram a virada. Depois de marcar os economistas com o epíteto de tecnocratas – não raro quando cobravam racionalidade e responsabilidade com o dinheiro público –, os bacharéis inscreveram na Constituição de 1988 as mais belas promessas.

Pouco depois, a queda do Muro de Berlim veio lembrar que os fatos da realidade cobrariam o seu preço. Só conseguimos alguma recuperação quando economistas notáveis puseram o Plano Real de pé e refundaram a ordem econômica. Isso sob o fogo cerrado de violenta guerrilha judiciária. O ministro da Fazenda Pedro Malan chegou a ser instado a pagar dezenas de bilhões de reais, só pelo fato de implementar o Plano Real. A URV, espinha dorsal do plano, foi julgada depois de 25 anos de sua criação.

Esses incidentes, independentemente do seu desfecho, demonstram que o sistema de justiça disfuncional tem a possibilidade de atacar, pesadamente, a autoridade de outro Poder de Estado, apenas pela execução de política pública afiançada pelo povo, no sistema democrático, e manter sob suspeição, por décadas, a iniciativa.

Mas a obstrução judiciária de políticas públicas definidas pela democracia é só parte do problema.

O sistema de justiça resolveu legislar abertamente. Não há mais nenhuma cerimônia na encampação das prerrogativas conferidas aos legisladores. Por intermédio das mais variadas modalidades de ações judiciais, certa “hermenêutica dos novos tempos” propõe e executa todo tipo de política pública. Faz “leis judiciárias” para todos os assuntos. Agora, à beira do precipício, vem o convite para o passo fatal: a criação de lei penal, por analogia, pelos juízes.

Centenas de milhares de brasileiros foram vítimas do genocídio das últimas décadas – negros e pardos, jovens e pobres, a maioria. Nem sequer a mais antiga das leis penais, a que sanciona o homicídio, foi aplicada com mínima eficiência. O Código Penal autoriza a pena máxima de 30 anos. Pouco importam o sexo, a raça, a cor da vítima. Portanto, não faltava, nem falta, lei punitiva com alto grau de severidade.

Todavia, estamos na iminência de cometer grave erro civilizatório, para regredir ao que Nelson Hungria chamou de a “mística hitleriana”. Depois de lembrar que o Código Penal comunista permitia ao juiz condenar por analogia – “se uma ação qualquer, considerada socialmente perigosa, não se acha especialmente prevista no presente Código, os limites e fundamentos da responsabilidade se deduzem dos artigos deste Código que prevejam delitos de índole mais análoga” –, Hungria registrou que “esta pura e simples substituição do legislador pelo juiz criminal era incomparável com a essência do Estado totalitário, corporificado no Führer”.

Hitler desejava mais, segundo Nelson Hungria: “Preferiu-se uma outra fórmula, que está inscrita no ‘Memorial’ hitlerista sobre o ‘novo direito penal alemão’: permite-se a punição do fato que escapou à previsão do legislador, uma vez que essa punição seja reclamada pelo ‘sentimento’ ou pela ‘consciência’ do povo, depreendidos e filtrados, não pela interpretação pretoriana dos juízes, mas (e aqui é que o leão mostra a garra…) segundo a revelação do Führer”.

A lançar um dos mais simbólicos direitos fundamentais na fogueira da insegurança jurídica alimentada pelo ativismo judiciário, será preciso saber quem vai incorporar a mística hitleriana, para revelar a nós, os juízes, os crimes do novo direito penal da analogia.

O vanguardismo messiânico, presente na Revolução Russa e no nazismo, tentou refundar o mundo sem passar pela ordem do direito burguês, liberal. Não deu certo. Nem dará. A barbárie nunca civilizou a barbárie.

Guedes fala em redução de até 50% no preço do botijão de gás

Destacado

Ministro disse que abertura de mercado vai baratear custo

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (27) que o preço do botijão de gás pode cair até 50% com a abertura do mercado do setor no país, por causa da maior competição entre empresas. Na última segunda-feira (24), o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou resolução com diretrizes para dar início à abertura do mercado de gás no Brasil.

Atualmente, a Petrobrás detém o controle tanto da produção como da distribuição do gás no país. Apesar deste monopólio estatal já ter sido quebrado na legislação em 1997, a abertura para novas empresas não havia sido concretizada até agora.

“Estamos dando um choque da energia barata, quebrando um duplo monopólio, tanto na extração e refino quanto na distribuição do gás. Vamos reindustrializar o país em cima de energia barata. Essa maior competição em petróleo e gás, aceleração do ritmo de extração desses recursos naturais vão acabar chegando no botijão de gás da família, diminuindo em 30%, 40%, até 50% o custo do gás lá no final da linha”, disse Guedes após se reunir com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

O ministro também comentou sobre outras iniciativas em curso para abertura da economia. “Tem uma agenda grande pela frente, estamos abrindo a economia. Estamos a semanas, possivelmente, de fechar um acordo que está há duas décadas parado, que é o acordo [do Mercosul] com a União Europeia. Estamos recomendados para entrar na OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico]. Vamos fazer a simplificação e redução dos impostos”, disse.

Vendedores de veículos roubados são presos após se passarem por policiais e tentativa de extorsão de vítimas em Imperatriz

Destacado

Policiais do Grupo de Serviço Avançados (GSA) do 3º BPM de Imperatriz prenderam três homens envolvidos em comercialização de veículo clonado. As prisões ocorreram por volta das 16h40 de terça-feira (25), na Rua H, esquina com Rua Santa Rita, na cidade de Imperatriz.
Os presos foram identificados como João Marques Vieira da Silva, de 33 anos, Antônio Marcos Lima Gentil, de 30 anos, e Francisco Cleiton da Silva.

De acordo com informações da PM, as vítimas relataram que estavam sofrendo extorsão por dois dos presos que lhes venderam uma moto clonada. Somente após a compra a vítima descobriu a irregularidade. Eles disseram que eram policiais e civis e queriam resolver o problema sem levar à delegacia.
Após a primeira abordagem, a vítima conseguiu visualizar a placa do veículo utilizado pelos acusados e, após pesquisa, foi constatado que o carro era produto de roubo.
Ao se deslocar para o endereço dos acusados, os policiais visualizaram um deles tando a moto Honda Biz sem capacete. Os outros dois estavam em um veículo gol. No momento da abordagem, um deles informou que o carro Kia Cerato, de cor preta, usado na abordagem à vítima, estava sua residência. De imediato, o veículo foi apreendido.
Com os presos, os policiais apreenderam:– Uma motocicleta Biz, placa NWZ-5756, clonada– Um veículo Gol, placa OJO-8555– Um veículo Kia Cerato, placa NWY-5860, com registro de roubo– Uma pistola PT .40, com coldre– 11 munições intactas para pistola .40– 02 celulares– R$ 161,00 em espécie– RG Militar da Polícia Militar do Pará em nome de João Marcos Silva– 01 CNH e uma porta-cédulas
Os presos foram entregues na Delegacia de Polícia Civil, sem lesões corporais, para os procedimentos cabíveis.
A polícia vai dar continuidade às investigações para tentar descobrir se eles fazem parte de uma organização criminosa especializar em roubo, clonagem e adulteração de veículos na região tocantina.

Empresário morre em grave acidente na BR-010 em Estreito

Destacado

O empresário Fernando Vieira Garcia, de 53 anos, morreu em um grave acidente no km 132 da BR-010, entre as cidades de Estreito e Carolina.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 7h15 desta quinta-feira (27).
O empresário, que dirigia uma caminhonete Toyota Hilux, invadiu a contramão e colidiu frontalmente com uma carreta Volvo, de cor branca, que seguia no sentido contrário.
Com o forte impacto, a caminhonete ficou com a parte dianteira destruída e o empresário ficou presos às ferragens, morrendo no local.
Os policiais rodoviários federais que atenderam a ocorrência ainda apuram qual o motivo que levou o empresário a invadir a contramão de direção.

O empresário era filho de Divino Garcia, ex-prefeito de Goiatuba (GO). Fernando Garcia era diretor administrativo da Câmara Municipal de Estreito, a 755 km de São Luís.
O velório está sendo realizado no Templo Central da Igreja Assembleia de Deus COMADESMA, na Avenida Santos Dumont, em Estreito.

Juiz da Lava Jato determina bloqueio de até R$ 78 milhões em bens de Lula

Destacado

F

O juiz federal Luiz Antonio Bonat, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba, determinou no último dia 18 de junho o sequestro de até 77,9 milhões de reais em bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A decisão de Bonat foi tomada em um pedido do Ministério Público Federal (MPF) relacionado ao processo a que Lula responde por supostamente ter recebido 12,4 milhões de reais em propina da Odebrecht por meio de dois imóveis.

O valor determinado pelo magistrado para o bloqueio não se baseia em algum levantamento sobre o patrimônio do petista, mas nos 75,4 milhões de reais que, segundo o MPF, foram pagos em propina pela empreiteira ao PT a partir dos oito contratos da Petrobras de que o processo da Lava Jato trata.

Para chegar aos 77,9 milhões de reais arrestados, Luiz Antonio Bonat diminuiu a multa estimada pelos procuradores de 13 milhões de reais para 3 milhões de reais e descontou ainda os 504.000 reais supostamente pagos pela Odebrecht pela cobertura vizinha à de Lula em São Bernardo do Campo (SP), um dos imóveis de que a ação penal trata, pelo fato de o imóvel já estar bloqueado.

“Cabe, portanto, a constrição de bens do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva até o montante de R$ 77.930.300,44”, escreveu Bonat.

Como se trata de “bens substitutivos”, que seriam utilizados para reparar o dano no processo, o magistrado sustenta que “não tem relevância se os bens foram ou não adquiridos com recursos lícitos”. A decisão de Bonat não atinge os bens deixados pela ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, morta em janeiro de 2017, na chamada “meação” do cônjuge.

Ao ingressar com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) no qual questiona aspectos do processo em primeira instância, na segunda-feira 24, a defesa do ex-presidente afirma que a decisão de Luiz Antonio Bonat é um “indicativo concreto” de que ele está prestes a assinar a sentença na ação penal referente aos supostos 12,4 milhões de reais em propina da Odebrecht a Lula – além do apartamento de meio milhão de reais no ABC paulista, o processo também trata de um terreno de 12 milhões de reais onde seria construído o Instituto Lula, em São Paulo.

No recurso ao STF, um agravo regimental, os advogados do ex-presidente alegam que tiveram acesso tardio ao acordo de leniência da Odebrecht, cujo conteúdo teria informações relevantes ao processo, e que a falta de tempo para analisá-lo prejudicaria o direito à ampla defesa do ex-presidente. Assim, os defensores pedem que o Supremo, por meio do relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, ou do plenário, suspenda o andamento do processo sobre a Odebrecht até que as provas possam ser estudadas.

A ação penal que apura a suposta compra de imóveis pela Odebrecht a Lula está pronta para sentença desde o dia 5 de novembro de 2018, há 233 dias. Bonat assumiu os processos da Lava Jato em primeira instância em 6 de março, há 112 dias. Ele substitui em definitivo o ex-juiz federal Sergio Moro, que assumiu o Ministério da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro.

O processo sobre o tríplex do Guarujá (SP), que terminou em primeira instância com a condenação de Lula a 9 anos e meio de prisão, foi sentenciado por Moro 21 dias depois de ficar pronto para conclusão; no caso do sítio de Atibaia (SP), que levou à segunda condenação de Lula em primeiro grau, a 12 anos e 11 meses de cadeia, a juíza federal substituta Gabriela Hardt levou 29 dias entre a conclusão dos autos e a divulgação da sentença.

FONTE veja

Folha recua e atesta que não houve condutas ilícitas de Moro e procuradores em conversas vazadas

Destacado

A Folha de São Paulo, parceira do crime com o The Intercept Brasil ao receber as mensagens hackeadas e não autentificadas supostamente atribuídas ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procuradores da força-tarefa da Lava Jato, agora resolve voltar atrás após todo o sensacionalismo que colaborou em criar com o caso.

Em matéria publicada nesta quarta-feira (26), intitulada “O caso Lula“, o editoral afirma que as conversas não demonstram condutas ilícitas de Moro e dos procuradores.

“As conversas até aqui divulgadas não mostraram, de modo inquestionável, condutas ilícitas de Moro ou dos procuradores.

Considere-se ainda que o ex-presidente foi condenado por corrupção em três instâncias judiciais, que na essência só divergiram no tamanho das penas aplicadas.

Por fim, e não menos importante, ainda não se atestou a autenticidade das mensagens, que de resto talvez tenham sido obtidas de forma criminosa. Da ilegalidade dessa prova decorreria sua inutilidade do ponto de vista jurídico.” – diz a Folha.

A Folha colaborou com toda a tempestade em copo d’água para, depois, e na maior sem-vergonhice, dizer o óbvio.da Redação

Hoje na História: Operação policial no Complexo do Alemão termina com 19 mortos

Destacado

Em 27 de junho de 2007, uma grande operação policial reuniu 1.350 policiais, entre civis, militares e soldados da Força Nacional no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Foi a maior operação realizada no local desde que a polícia ocupou as favelas, no dia 2 de maio de 2007. A ocupação foi motivada após a suspeita de que criminosos do Alemão teriam sido responsáveis pelo assassinato de dois policiais em Oswaldo Cruz, na Zona Norte da cidade.

Até o final dos XV Jogos Pan-Americanos, um grande cerco foi formado pela polícia na região – para garantir a segurança do evento, bem como a viabilização de obras sociais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Dezenove pessoas foram mortas e várias outras ficaram feridas durante a operação. Treze dos corpos foram recolhidos pela própria polícia, e outros seis foram deixados à noite numa van em frente à delegacia local, na Penha. Entre os feridos, sete foram vítimas de balas perdidas, além de um policial e cinco traficantes atingidos.

De acordo com uma nota publicada pela Ordem dos Advogados do Brasil, ao menos onze das pessoas mortas não tinham relação alguma com o tráfico. Um relatório publicado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH) revelou que houve execuções durante a operação. O Departamento de Segurança Pública do estado do Rio de Janeiro, respondeu ao relatório do governo federal dizendo que foi feito às pressas por pessoas interessadas em deturpar a causa justa dos direitos humanos. Philip Alston, relator especial das Organização das Nações Unidas especializado em Execuções Arbitrárias, Sumárias ou Extrajudiciais questionou a eficácia da operação policial em um relatório.  

Algum tempo após a operação, a violência voltou a reinar no local. O teleférico, que custou R$ 253 milhões, chegou a ser interditado em 2017. Além disso, fecharam as portas uma biblioteca, uma clínica da família, uma agência dos Correios, um espaço para formação de jovens e várias agências bancárias. Os conflitos também afastaram diversos empreendimentos da região. Cerca de 160 mil pessoas vivem nas favelas que compõem o Complexo do Alemão. A região concentra 40% dos crimes da cidade e boa parte do tráfico. Traficantes afugentaram dali quase toda a atividade produtiva. No passado, a região já foi o maior polo industrial do Rio.

Tragédia: Homem morre em explosão de cilindro de gás no bairro João Paulo, em São Luís

Destacado

O homem identificado como José de Ribamar Sobreiro Coelho, de 52 morreu na noite dessa quarta-feira (26) após uma explosão no momento em que enchia balão usando um cilindro de gás Hélio.
O acidente aconteceu na Rua da Vala, no bairro João Paulo, em São Luís.
Pelas informações de vizinhos, a vítima estava sozinha em casa. José Coelho teve o corpo dilacerado e acabou perdendo membros inferiores e as mãos devido à explosão.
Além da morte de José Coelho, a explosão provocou destruição de paredes e do telhado da residência.

O Corpo de Bombeiros e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para atender a ocorrência.
A movimentação de curiosos foi intensa no local, em busca de informações sobre o caso.

Polícia cumpre mandados de prisões contra assaltantes de cargas na zona rural de São Luís

Destacado

A Polícia Civil deu cumprimento, na manhã dessa quarta-feira (26), a oito mandados de prisões contra membros de facção uma criminosa que atuam na prática de roubo a cargas na capital maranhense.
As prisões ocorreram na região da BR-135, nos bairros Vila Maracujá, Estiva e adjacências. ´
As investigações contra o grupo criminoso foram iniciadas no dia 9 de abril deste ano, apósroubo de uma carga de eletrodomésticos da empresa Novo Mundo, na Vila Industrial, na região da Ribeira, na zona rural de São Luís. A carga roubada estava avaliada em R$ 100 mil.
Os presos foram identificados como Kelyson Ferreira Veloso, Lucas Henrique Moreira Santos, Joao Victor Diniz Pereira, Kelenilson Ferreira Veloso, Wemerson Silva Feitosa, Matheus Lisboa Pinto, Mairton Silva Feitosa e Bruno de Sousa Costa.
Além do cumprimento das prisões, os policiais apreenderam 53 papelotes de cocaína, uma porção de maconha, R$ 400,00 em espécie, em poder de João Victor, um veículo Corsa Classic, de cor preta, utilizado pelos autores quando da execução do crime. Além disso, em poder de Matheus Lisboa Pinto, foi apreendido um revólver calibre 38.

Os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça.

O outro Brasil

Destacado

Miguel Gustavo de Paiva Torres

Às vezes faz bem sair por aí para dar uma olhada na paisagem  da geografia natural e humana das terras e lugares que nos rodeiam. Ligados em mídias visuais e impressas, sob o bombardeio constante  de fatos e versões negociados e vendidos como qualquer outra mercadoria por profissionais que alugam cabeças e canetas; e ativistas com interesses particulares ou representando grupos sociais específicos, a tendência geral é terminar acreditando na mula sem cabeça e no  Saci Pererê.

Arma-se uma grande confusão para que os olhares sejam desviados do essencial: assassinos são assassinos, ladrões são ladrões, bandidos são bandidos., enganadores são enganadores. Não importa a cor da camisa, a crença, a ideologia ou a fé, que professem ou façam de conta que professam. Quando você desliga tudo isso e vai ao encontro da realidade, a realidade é outra. Em viagem de lazer que fiz, na semana das festividades do São João, à cidade paraibana de Campina Grande, tive a sorte de ser convidado a assistir a um “Workshop” dos professores e alunos da escola de Música da Universidade Federal de Campina Grande. A UFCG. O tema versava sobre os principais ritmos musicais do Nordeste brasileiro: Baião, Forró, Xote e Xaxado.. Assisti ali, por mais de três horas, a uma interação de interesses, conhecimentos, paixão e alma entre alunos e professores. Uma fruição espontânea de amor e respeito ao aprendizado e à música. Mais ainda, às suas origens e cultura.

No dia de São João fui conhecer a terra de Pedro Américo de Figueiredo e de José Américo de Almeida: Areia. Situada na bela e verde região do Brejo paraibano. O orgulho daquela gente de Areia por sua bela e histórica cidade resplandecia nas portas, janelas e calçadas do preservado e bem cuidado casario da cidade. Não lembro de ter visto patrimônio histórico guardado com tanto amor nas minhas viagens pelo Brasil. Parecia que a cidade estava sendo inaugurada naquele dia. Até mesmo  a singela mas imponente pequena Cadeia Pública tinha sua beleza e humanidade dimensionadas.  Seguindo viagem fomos conhecer, nas proximidades de Areia, a cidade de Alagoa Grande, antigo distrito de Areia e hoje município independente. Outra surpresa no roteiro: a terra que fez questão de homenagear com um   memorial, que inclui túmulo e museu do filho ilustre, Jackson do Pandeiro, tem um teatro construído em 1905, Repito, 1905. Um teatro bibelô. Uma joia rara. Reluzente e imponente na sua destacada posição no contexto urbano de Alagoa Grande. A madeira dos camarotes e plateia parecia que acabara de ser engraxada.  Em um país que se especializou nas últimas décadas no vandalismo e destruição do patrimônio histórico, com os exemplos que encontramos nas grandes e médias cidades  brasileiras, como se vê em Maceió, Recife, São Paulo, no Rio de Janeiro  e em outras capitais- a  Estação Leopoldina no Rio de Janeiro é um clássico do vandalismo cultural nacional-. No interior daquela sala mágica, no agreste  paraibano,  uma juventude simples e alegre ensaiava apresentações teatrais. Felizes e dignos naquela tarde de São João.  Viajando mundo afora por décadas não lembro de emoção igual e de perguntas íntimas tão fortes: Por que se é possível aqui neste microcosmo não pode ser possível em todo o  país.  Uma pergunta que surgiu do inesperado. D o inusitado de  uma realidade que não está nas mídias e no mundo virtual,  mas plantada ali,  no barro sertanejo, por gerações do passado que deixaram um legado de respeito e de amor  ao palco da vida das gerações futuras. Aquela que estava ali, naquela tarde de São  João, transformando o pequeno Teatro Santa Ignez, de Alagoa Grande, em um templo de esperança nos seres humanos, na sua arte e na sua gente.

Comissão encerra discussão do parecer da reforma da Previdência

Destacado

Relator apresenta amanhã a complementação de seu voto

Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil  Brasília

A Comissão Especial da Reforma da Previdência (PEC 6/19) na Câmara dos Deputados encerrou na tarde de hoje (26) a fase de discussões do parecer do relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). O relator vai apresentar a complementação de seu voto, com algumas alterações ao seu texto original, amanhã (27), a partir das 9h.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negocia com governadores a reinclusão de estados e municípios na PEC, ainda na comissão especial. Pela proposta enviada pelo governo federal, a PEC valeria automaticamente para servidores dos estados e dos municípios, sem necessidade de aprovação pelos legislativos locais, mas esse ponto foi retirado do relatório.

“O voto complementar do deputado Samuel Moreira já está pronto, no entanto, há um esforço final por parte do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia, de inclusão [na reforma] de estados e municípios. Portanto, nós entendemos que a possibilidade de reinclusão de estados e municípios justifica que a gente adie a leitura da complementação de voto para amanhã (27). O prejuízo de um dia é muito menor do que o prejuízo de não dar uma solução definitiva para todos os entes federativos”, disse o presidente da comissão, deputado Marcelo Ramos (PL-AM).

Segundo o presidente da comissão, após a leitura da complementação de voto, serão apreciados os requerimentos de adiamento da votação do parecer do relator no colegiado.

De acordo com Marcelo Ramos, dos 154 parlamentares inscritos para falar a favor ou contra o parecer, 127 participaram da discussão da matéria nos quatro dias de debates do relatório.

Após a votação do relatório na comissão especial, o texto será apreciado no plenário da Câmara e precisará de uma aprovação de três quintos dos deputados (308) em dois turnos. Caso aprovada, a proposta segue para análise dos senadores.

Alterações

Samuel Moreira fez diversas mudanças em relação à proposta original enviada pela equipe econômica do governo no fim de fevereiro. Dentre elas, retirou o sistema de capitalização da reforma, que determinava que cada trabalhador contribua para a própria aposentadoria. É possível que o governo insista no quesito posteriormente, apresentando uma nova PEC.

Moreira manteve a idade mínima de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens após o período de transição, mas alterou o tempo mínimo de contribuição para as mulheres, retornando para os 15 anos vigentes atualmente. O tempo mínimo de contribuição dos homens permanece conforme proposto pelo governo: 20 anos.

As alterações reduziriam a economia com a reforma para R$ 913,4 bilhões até 2029. No entanto, o relator decidiu propor a transferência de 40% de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para a Previdência Social e aumentar tributos sobre os bancos, o que reforçaria as receitas em R$ 217 bilhões, resultando numa economia final de R$ 1,13 trilhão, próximo do montante inicial de R$ 1,23 trilhão estipulado pela área econômica do governo.

Famílias maranhenses devolvem dinheiro indevido de Bolsa Família

Destacado


R$ 33 mil foram devolvidos por famílias maranhenses que recebiam dinheiro indevido do programa

Ministério da Cidadania recupera mais de R$ 377,4 mil indevidos de 299 beneficiários do Bolsa Família no Nordeste. Desse total, 30 famílias são Maranhenses, tendo que devolver R$ 33 mil.
Essa é a primeira vez que o governo consegue recuperar recursos que estavam sendo pagos indevidamente para pessoas que não atendiam mais aos critérios do programa, porém que ainda usufruíam de seus benefícios.
Essa cobrança de valores do Bolsa Família foi um resultado do estudo de dados realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) que teve início em 2018. Esse levantamento aponta que as famílias possuíam uma renda maior do que a declarada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
O ministro da Cidadania, Osmar Terra, aponta o empenho da iniciativa do Estado no combate a essas irregularidades com o objetivo de garantir que os recursos possam atingir as pessoas certas.
“É uma mudança na conduta em relação ao Bolsa Família, embora no universo do programa não seja uma quantidade muito grande. É uma ação educadora, inclusive, mostrando para a população que esse dinheiro é para ser aplicado em favor dos mais pobres, para quem não tem alternativa e, ao mesmo tempo, fazer justiça aos cofres públicos, não usando dinheiro público indevidamente”, afirma.
Segundo o ministro, o Governo Federal realiza todos os meses o cruzamento de informações com diversas bases de dados. Em todo Brasil, foram aplicados 2.663 processos administrativos para a cobrança, sendo até o momento, 748 casos pagos, o que representa R$ 927,3 mil, sendo esse montante direcionado novamente para os cofres públicos da União.
É necessário que as famílias apresentem defesa e paguem o Guia de Recolhimento da União (GRU), caso contrário, serão incluídas na Dívida Ativa da União, sendo impedidas de ingressar no Programa novamente, mesmo cumprido os critérios de elegibilidade. Caso dentro do perfil e com o débito quitado, as famílias poderão retornar ao Programa após um ano.
Valores devolvidos no nordeste:
UF Beneficiários Valor devolvido
AL 3 R$ 2.231,20BA 81 R$ 108.306,57CE 39 R$ 60.558,22MA 30 R$ 33.028,62PB 15 R$ 27.158,49PE 94 R$ 104.214,79PI 11 R$ 10.838,08RN 14 R$ 12.492,13SE 12 R$ 18.644,22Total 299 R$ 377.472,33

Professor é preso por falsificar diplomas em Institutos de Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras

Destacado

O empresário e professor Lázaro Mota de Sousa foi preso, nesta quarta-feira (26), durante uma operação da Polícia Civil que investiga possíveis crimes de falsificação de documentos públicos, bem como crimes de estelionato e associação criminosa quanto a oferta de cursos de nível médio e superior de forma irregular junto ao Conselho Estadual de Educação do Maranhão (CEE/MA) e ao MEC.
Foram cumpridos vários mandados de busca e apreensão em Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras, tendo sido apreendido computadores, celulares, livros ata, de frequência, arquivos, diplomas assinados em branco (alguns inclusive assinados sem apontar se quer o curso que o aluno estaria se formando), históricos escolares assinados em branco, bem como apreendido ainda uma arma de fogo com numeração suprimida.
De acordo com as informações, Lázaro seria o proprietário dos Institutos IES e CEPAP que são sediados nesta cidade de Barra do Corda e possuem extensões nas cidades de Jenipapo dos Vieiras e Poção de Pedras.

O professor foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo restrita (arma com numeração suprimida), bem como autuado pelo crime de falsificação de documentos públicos uma vez que, com a apreensão em sua residência de vários diplomas e históricos escolares assinados em branco, bem como depoimentos colhidos no curso das investigações, que afirmam que suspeito atuaria nesta cidade na venda de certificados e de diplomas falsos, a polícia entende que há indícios suficientes para a autuação do mesmo também pela prática desse delito.
Lázaro foi encaminhado a Unidade Prisional de Barra do Corda, onde ficará à disposição da justiça.

Via Neto Ferreira

Nêumanne acusa Gilmar: Ele sabia dos vazamentos e Zanin é uma espécie de “patrão” do ministro

Destacado

O jornalista José Nêumanne Pinto – figura extremamente respeitada, editorialista e articulista do jornal Estadão, autor de 12 livros, Prêmio Esso do jornalismo brasileiro – tido como um profissional sério e corajoso, além de profundo conhecedor da política nacional, publicou um vídeo bombástico nesta terça-feira (25), em seu canal no YouTube.

Para o jornalista, Gilmar tinha conhecimento prévio sobre os vazamentos criminosos do jornalista Glenn Greenwald.

Mais grave ainda, é a afirmação de Nêumanne que tudo isso faz parte de uma “estratagema de defesa do senhor Cristiano Zanin, que passou a ser uma espécie de ‘patrão’ de Gilmar Mendes”.

Os comentários do jornalista são estarrecedores e gravíssimos.

Otto Dantas

Articulista 

Corregedoria autoriza intimação via WhatsApp para todas as unidades judiciais do Estado

Destacado

A Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA) ampliou para todas as unidades judiciais do Estado, a possibilidade de intimação de partes via aplicativo WhatsApp. O Provimento n.º 34/2019, assinado pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, também autoriza os magistrados a realizarem oitivas de partes e testemunhas através do aplicativo de mensagens.
Para a edição do documento, o corregedor considerou a agilidade, economia e eficiência que o uso dessa ferramenta pode representar para o processo, reduzindo a expedição de correspondências tradicionais de alto custo operacional. “Cabe ao Judiciário zelar pela rápida solução dos conflitos apresentados, bem como promover o célere andamento da causa”, frisa o desembargador Marcelo Carvalho Silva.
O provimento também leva em consideração decisão proferida em 2016 pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ em procedimento de controle administrativo, que reconheceu válida a utilização do aplicativo como ferramenta de intimação em todo o Judiciário nacional.O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) regulamentou, por meio da Portaria Conjunta n.º 11/2017, a intimação de partes em processos judiciais no âmbito dos juizados especiais cíveis e da fazenda pública por meio do aplicativo. À época foram entregues 33 aparelhos celulares “smartfones” para todos os juizados do Estado.
Em 2018 foi a vez da intimação via aplicativo Whatsapp alcançar as Varas de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher do Maranhão, garantindo maior efetividade aos atos processuais em favor de mulheres em situação de violência doméstica. A medida foi objeto da Portaria Conjunta n.° 04/2018.
Até que as unidades jurisdicionais sejam contempladas com aparelhos e linhas telefônicas institucionais, os magistrados de todo o Estado poderão, mediante portaria a ser encaminhada à CGJ, designar um número de telefone específico para utilização do WhatsApp pela Secretaria Judicial para fins de intimação. “A utilização do aparelho celular institucional, quando fornecido pelo Tribunal de Justiça, será destinada exclusivamente para a realização de intimações e atos processuais, sendo vedado uso diverso”, determina o provimento.
FOTO DO PERFIL – Para fins de padronização, a CGJ determinou que a foto a ser utilizada no perfil da conta WhatsApp para fins de intimação, oitiva de partes e testemunhas, deve ser do Brasão do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, disponível na área “Downloads” da página da Corregedoria Geral da Justiça na internet.

Bandidos assaltam agência dos Correios na cidade de Icatu

Destacado

Segundo informações da Polícia Militar, a agência dos Correios da cidade de Icatu, a 109 km de São Luís, foi assaltada no início da manhã desta quarta-feira (26), A
A PM ainda não sabe quantos bandidos participaram da ação criminosa.
Pelas primeiras informações, um dos assaltantes adentrou a agência, com capacete na cabeça, anunciando o assalto. Em seguida, os funcionários foram amarrados.
A polícia ainda não tem informações do valor levado da agência. As equipes já estão em diligências para tentar localizar os assaltantes.
Com informações do blog SM

Suspeitos de tráfico são presos com arma e munição no Barreto, em São Luís

Destacado

Policiais da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) prenderam, João de Deus Marques Sousa Filho, conhecido como “Jhames”, e Washington Luís Souza Silva, suspeitos de tráfico de drogas. Eles estavam realizando a guarda de arma de fogo, acessório e munições em uma residência no bairro Barreto, em São Luís.
As prisões foram realizadas durante a operação “Raide” deflagrada, nesta quarta-feira (26), para cumprimento de mandados de buscas nas residências dos investigados.

As informações davam conta que “Jhames”, que é líder de associação criminosa voltada para o tráfico que atua no bairro Barreto, armazenava as armas utilizada nos crimes na residência de Washington.
Nas buscas, foram encontrados um revólver calibre 38, duas munições intactas calibre 38, um carregador de pistola calibre .40, entre outros objetos.

Os presos foram conduzidos à sede da Senarc, onde “Jhames” primeiro foi autuado em flagrante delito pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e porte de acessório de uso restrito.
Washington foi autuado pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse de acessório de uso restrito.
Após os trabalhos, os presos foram encaminhados ao Sistema Prisional, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

POLÍCIA DE CAXIAS RECUPERA VEÍCULO ROUBADO E PRENDE RECEPTADOR

Destacado


A Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Caxias, efetuou, na manhã dessa segunda-feira (24), a prisão em flagrante de Francisco Abidoral Sousa, de 41 anos, por estar na posse de uma pickup produto de roubo em José de Freitas (PI).

O veículo estava usando placa clonada (PIF-5033/PI), sendo que na verificação realizada pelos policiais civis identificou-se, através das numerações do chassi e vidros, que se tratava do veículo com características similares de placa PIE-4913, roubada em José de Freitas.

A diligência foi realizada com suporte de trocas de informações entre a Polinter do Piauí, Polinter do Maranhão e Delegacia Regional de Caxias.

Francisco Abidoral Sousa foi autuado em flagrante delito por receptação dolosa, pelo delegado titular do 3º Distrito Policial de Caxias.

Hoje na História: Imperador da China “patenteia” a primeira escova de dentes

Destacado

A higiene bucal tem muito a agradecer a um imperador da China, responsável pela “patente” da escova de dentes, no dia 26 de junho de 1498. Muito distante dos aparelhos elétricos usados hoje em dia, a primeira escova de dentes era um conjunto de tufos de pelo de porco ligados a uma peça de osso ou de bambu. Provavelmente, a primeira escova de dente foi inventada na China, durante a Dinastia Tang, com o uso de cerdas de porco. Em 1223, um professor zen japonês, Dogen Kigen, registrou ter visto monges chineses limpando seus dentes com escovas feitas de pelos de cavalo unidos a um osso de boi. Mais de dois séculos depois, em 1498, o imperador Hongzhi, da dinastia Ming patenteou a escova de dentes. Foi um importante avanço para a saúde bucal, já que as duras e espessas cerdas do porco, presas a um pedaço de osso ou bambu, ajudaram a fazer a limpeza da parte de trás da boca. Ou seja, graças a um punhado de cerdas, a um imperador criativo, os dentes bonitos deixaram de ser um artigo de luxo.

Polícia cumpre mandados de prisão contra assaltantes que explodiram o BB no Calhau, em São Luís

Destacado

Nesta terça-feira (25), policiais do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF/SEIC) deram cumprimento mandados de prisão temporária contra Paulo Roberto Gomes Silva, conhecido como “Seu Paulo”, de 35 anos, Joel Maia Reis e Alexsandro Falcão Olímpio, conhecido como “Sabão”, envolvidos em explosões de agências bancárias.  
Os três são suspeitos de envolvimento na explosão da agência do Banco do Brasil, no bairro do Calhau, no último dia 3 de junho.
As investigações apontam que os suspeitos são os responsáveis por planejar e executar a ação criminosa que resultou na destruição parcial da agência.
Os três presos são integrantes de uma facção criminosa com atuação em todo território nacional e responsáveis pela prática de diversos crimes ocorridos em São Luís, entre eles homicídios, tráfico de drogas, roubos a transeuntes, estabelecimentos comerciais e instituições financeiras.

Assaltantes presos na terça-feira (18) na Vila Conceição,no Altos do Calhau, em São Luís

A operação foi desdobramento das prisões ocorridas na madrugada de terça-feira (18), na Vila Conceição, no Altos do Calhau, quando foram presos Paulo Silva, Marcos Vinícius Alves Amorim, de 20 anos, e Gustavo de Jesus Galeno Pinto, de 19 anos. 
As prisões ocorreram no instante em que estavam se articulando para praticar mais uma empreitada criminosa. Na ocasião, foram encontrados um artefato explosivo e uma pistola calibre .40., de fabricação austríaca.
Joel Reis coordenava as ações criminosas de dentro do sistema penitenciário.
Alexsandro Olimpo foi preso na quarta (19), na Vila Conceição, após as investigações apontarem a participação no crime.
A polícia dará continuidade às investigações para identificar mais pessoas envolvidas nas ações criminosas dessa quadrilha.

Greenwald: o jornalismo em foco

Destacado

Mauro Sergio Aielo

Como líder tenho aprendido alguns princípios que são de muita valia nos embates naturais da vida. O primeiro deles é esse: Para teus verdadeiros amigos, qualquer coisa indecente que atribuam a você, será recebida com desconfiança e certo descrédito. Para teus inimigos, qualquer coisa indecente que atribuam a você, será aceito como uma verdade insofismável e até um axioma.

O segundo é: Teus verdadeiros amigos te amam, te respeitam e te suportam apesar dos seus defeitos. Teus inimigos irão te odiar sempre e querer te destruir, apesar de tuas virtudes.

Tenho acompanhado essa questão envolvendo o tal jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept e a ação de um hacker que invadiu as conversas de Deltan Dallagnol e Sergio Moro ambos diretamente envolvidos com a internacionalmente conhecida Operação Lava Jato. Esse tal jornalista está divulgando trechos de “conversas” entre o Juiz e os que investigavam o mar de corrupção a que um certo grupo de políticos e empresários se entregaram avidamente e enriquecerem às custas do erário.

A corrupção no âmbito da política, como já escrevi anteriormente, era, e é, como o cupim que come a madeira deixando a superfície intacta com apenas um furo por onde ele entrou na madeira e assim passa a falsa impressão de que tudo está bem.

Esse episódio envolvendo o tal site The Intercept é tão cheio de fumaça (Janaina Paschoal chamou de espuma) e poeira, tão eivado de sensacionalismo, que não dá para entender a contento o que realmente está acontecendo e nem definir ao certo qual ou quais as intenções do The Intercept e de Glenm Greenwald.

É um emaranhado e uma mistura de verdades com mentiras, que causa espanto e terror.

Procurei ler e ouvir todos os lados possíveis dessa questão. Ela tem polarizado o país. Sinto o Brasil como um paciente que geme, sente dores artroses. As pessoas estão tristes, inseguras, cheias de revolta. Há um sentimento de orfandade, pelo menos em meu coração, e nós que já andávamos desencantados com o Superior Tribunal Federal agora damos de cara com a divulgação desse lixo jornalístico que esse tal Glenn Greenwald vem divulgando de forma paulatina e gradativa com a aparente intenção que é se manter na crista da onda dos noticiários e destruir a reputação daquele sobre o qual os brasileiros, quando pensamos em justiça, depositavam, ou ainda depositam sua confiança – o Juiz Sérgio Moro. Ontem, dia 19.06.2019, o então Juiz, agora Ministro, ficou oito horas respondendo a questionamentos de Senadores da Comissão de Justiça do Senado.

Como já disse em meus muitos escritos, não tenho formação no Direito e agora, para propósito do que escrevo, informo que não sou formado em Jornalismo. Sou Pedagogo, Teólogo e Filósofo, ou, melhor dizendo, tenho essas formações em terceiro grau nessas áreas. Eu escrevo com base naquilo que julgo ser bom senso. Escrevo sem nenhuma convicção técnica. Faço isso como cidadão comum.

Gostaria, portanto, de fazer as seguintes considerações sobre as tais “revelações publicadas pelo The Intercept”.

Na realidade são questionamentos. Primeiro eu gostaria de saber qual é a motivação desse tal de Glenn Greenwald? Ao que se presta tais revelações? Visam fazer a verdade prevalecer? É isso? Mas se a questão é fazer a verdade prevalecer porque o The Intercept não contratou um cracker para invadir a conta da Dilma, do Lula, do José Dirceu, do Palossi, do Jean Wyllys com sua estranha saída do Brasil sob a alegação de que estaria sendo ameaçado de morte, de Renan Calheiros, de Gilmar Mendes, Toffoli, etc…etc…etc…Vamos e convenhamos….no Brasil o que não falta é gente para ter conversa interceptada. Assim repito o questionamento: Por que crackear as conversas do Procurador e do Juiz da Lava Jato? Que interesse havia por detrás dessa ação? Não há outras coisas mais importantes para se fazer na vida do que crackear conversas de autoridades? Isso é legal do ponto de vista da legislação? Quantas autoridades ele hackeou? Se só hackeou o Juiz e o Procurador e outros Juízes e Procuradores coincidentemente todos vinculados à Lava Jato; o que ele objetivava na época: Vulnerabilizar a Operação Lava Jato? Encontrar desvios de conduta e fragilizar os que investigavam e procuravam provas sobre os acusados? E porque na época não agiu? Quem financiou esse trabalho que não deve ter custado barato?

Hoje, dia 18.06.2019 eu ouvi a entrevista de Glenn Greenwald na  Rádio Bandeirantes e ele disse que seu interesse é jornalístico. Mas então aí as perguntas começam a ficar mais difíceis de serem degustadas.

Agora jornalista tem salvo conduto para cometer o crime de invadir conta de Telegram, crakear contas de autoridades? Jornalista tem carta de alforria para jogar no ventilador essas “conversas” ao torna-las públicas colocando em risco a própria segurança nacional? Aliás, mais grave: teria esse tipo de jornalismo algum valor ao fazer o sensacionalismo e ao mesmo tempo proferir juízo de valor sobre o que conteúdo das “conversas” hackeadas? Esse tipo de conduta a conta-gotas, mas parece um tipo de pressão, de ameaça. Isso é jornalismo? É isso que se aprende nas Faculdades de Jornalismo? O jornalista é um ser especial, inimputável que pode se valer de qualquer recurso ou meio para alcançar seus objetivos?

Interessante foi ouvi-lo dizer que fez isso pensando na democracia. O que é que ele entende por democracia? Ao que nos parece ele deve pensar que em uma democracia o pragmatismo deve ser absoluto, ou seja, não importa os meios e sim os fins. Por isso ele acha muito natural hackear conversas telefônicas de autoridades e tornar o seu suposto teor, públicas.

Na democracia vale tudo? Mas em um Estado Democrático de Direito o sigilo e a privacidade são garantidos pela lei. Veja bem: Torturar uma pessoa para arrancar dela informações não pode, com o que eu nao concordo, (antes que você me atire pedra), mas hackear uma conta de conversa particular de duas ou mais pessoas, com a agravante que se trata de autoridades, pode? Ora, que porcaria de senso de justiça é esse? Ora se a intenção é boa, a ação deve ser legal. Se a ação é legal ela se presta a um bom objetivo. Mas em se dando espaço para esse tipo de reportagem baseada em dados crackeados não me parece se prestar a um bom objetivo. E tudo para enlamear a reputação alheia, destruir a credibilidade de outras pessoas? Que tipo de jornalismo é esse? É para isso que se presta o jornalismo, repito?

Os documentos do The Intercept não têm valor nenhum em meu entendimento simplesmente porque eles foram produzidos de forma ilegal, imoral e indecorosa. Quem der razão a um ato como esse só pode estar, mal intencionado. Se a moda pega ninguém poderá reclamar se um dia for vítima do mesmo crime porque, afinal das contas, pau que bate em Chico, bate em Francisco também.

Outra pergunta que faço no afã de tentar clarear todo esse imbróglio é: Quando esse crackeamento foi realizado? Sim, porque o Lula, por exemplo, um dos que estavam no radar da Operação Lava Jato, já está na cadeia há um ano. Se o hackeamento foi feito naqueles tempos em que o ex-presidente era investigado, porque o hacker não agiu? Será que ele ficou tentando negociar com alguém para ver quem pagava mais por seus serviços.

Assim, parece-me que agora, num ato tresloucado, alguém resolver pagar pelo serviço sujo. E conseguiram uma via de acesso; Glenn Greenwald. Sim, um jornalista reconhecido e premiado. Um americano. Não poderia ser outro. Mas esse tal Glenn Greenwald é um sujeito digno de crédito? Pelo que li, trata-se de uma pessoa controversa, um oportunista e em meu entendimento, de tudo que li, o que ele quer é visibilidade e grana. Não sei se é verdade ou não (está difícil acreditar em quem quer que seja hoje em dia), mas li em outro órgão de imprensa na Internet, que ele ofereceu os tais grampos à Globo e que a Globo não aceitou porque não conhecia o teor da tal operação de hackeamento.Ao analisar todo o conjunto dessa obra cheia de espetáculo que mais parece uma novela, ou seja, o tal The Intercept informa que irá, à conta gotas, publicar mais do que tem em mãos e o faz de forma sensacional do tipo: – Vocês não perdem por esperar as novas revelações, os novos capítulos.

Aqueles que amam a legalidade dirão como eu: Não vou ler e nem ouvir uma vírgula disso. Isso foi conquistado de forma ilegal, imoral e indecorosa. Não leio cartas e nem dou créditos a documentos anônimos. Podem publicar dez quilos, não lerei, sequer, cem gramas.

Isso parece aquela história do moço que disse à moça na hora de pedi-la em casamento: – Amo você e nunca amei outra pessoa assim, desse jeito. Sou um sujeito trabalhador, ordeiro, bom filho. Pago minhas contas em dia, tenho boa condição financeira, sou um cavalheiro. Eu só tenho um pequeno defeito que espero, diante de tantas virtudes, você suporte. A moça então toda animada perguntou: – Mas que pequeno defeito é esse meu querido?  Bem – disse ele – eu tenho o hábito de mentir, mas estou mudando.

Lendo tudo e ouvindo várias partes e ângulos desse angu sem caroço, chego à seguinte conclusão: Esse cara, Glenn Greenwald devia ser preso e deportado. Deveria ser colocado para fora do país. Ele é um atentado contra a privacidade e a estabilidade política de uma nação. Ele é um terrorista. Ele não está nem aí para o povo brasileiro. Ele não quer justiça! Ele quer é aparecer. Então que apareça lá no país dele porque aqui ele não deveria ter nenhuma oportunidade de trabalho e nem visibilidade. Mauro Naves foi colocado no gancho no departamento de esporte da Rede Globo por bem menos e esse estrangeiro vem aqui, comete um crime, enchafurda ainda mais o país no caos e fica dando entrevistas para emissoras de rádio? É isso?

Repito: Prendam-no porque ele é um criminoso em minha opinião. Que Sergio Moro e todos os envolvidos cobrem indenização por danos e perdas morais e depois que ele pagar, coloquem-no em uma avião, algemado e acompanhado da Polícia Federal e descarreguem-no lá nos USA.

Podem ter a mais absoluta certeza que lá ele será tratado com muito juízo.

Quando alguma notícia provoca muitas perguntas, ela não é informação. A boa informação, a notícia feita pelo bom jornalismo, é aquela que não usa de subterfúgios, de maquiagem e nem de bijuterias. Alguém já disse com muita propriedade e isso eu aplico aqui nessa questão: Não basta você ser honesto…você tem que parecer honesto. Perdoe-me, senhor Glenn Greenwald, seus métodos não são honestos, então não tente se apresentar como jornalista porque em o fazendo, tu depões contra essa classe.

Aos 105 anos, idosa continua pregando toda semana: “Jesus em primeiro lugar”

Destacado

Hattie Mae Jimmerson Allen lê a Bíblia em sua casa em Temple, no Texas. (Foto: Josh Quinn/Telegram)

Aos 105 anos de idade, a pastora Hattie Mae Allen é uma tataravó que continua pregando sermões a cada semana. Já são 57 anos dedicados a ministrar a Palavra de Deus.

Allen foi homenageada por sua igreja na cidade de Temple, no Texas (EUA), no domingo, 9 de junho. Na ocasião, ela foi até o altar com a ajuda de um andador, sentou-se em uma cadeira e também fez uma pregação.

Ela exortou os cristãos a viverem em santidade. “Temos que estar separados de tudo o que não for Dele”, disse Allen. “Temos que colocar Jesus em primeiro lugar”.

A pregadora prosseguiu dizendo que o amor de Deus faz você amar as outras pessoas. “Ele quer que a gente esteja apaixonado”, disse ela. “O amor é algo lindo. Eu amo todo mundo. Eu tenho duas filhas, uma delas tem 84 anos e a outra tem 70 anos. Eu as amo, mas eu não as amo o suficiente para colocar Deus para baixo e segui-las”.

Hattie Mae Allen é recebida em um culto em sua homenagem. À esquerda está o bispo Aaron Toliver e à direita sua irmã, E.J. White. (Foto: Larry Causey/Telegram)

O bispo Aaron Toliver, que supervisiona a igreja de Allen e outras sete, disse que a idosa é pastora há quase 60 anos. Ela é filha de um bispo, que teve 12 filhos, cinco dos quais se tornaram pregadores.

Dois de seus irmãos ainda estão vivos. Seu irmão, de 95 anos, vive na Califórnia e sua irmã, E.J. White, de 96 anos, é pastora de uma igreja em Phoenix, no Arizona.

Allen se chama de professora, não de pregadora. Mesmo que não tenha um diploma formal, ela disse que tem um “PhD” em Jesus.

“Eu tenho o anseio de um coração puro, e é isso que Deus honrará no final”, disse ela. “Quando criança, eu era enviada para estudar no quarto e depois ia até a sala para contar [o que estudei] para minha mãe. Por isso e mais, aprendi a viver como exemplo de um membro do Corpo de Cristo. Eu fui criada com amor, respeito e boas virtudes”.

Ruth Freeman, uma das filhas de Allen, disse à Fox News que é lindo ver sua mãe vivendo com tanta dedicação à obra de Deus. “Para ela poder ainda fazer isso, e honrá-la aos 105 anos e ela ainda tem esse desejo… Isso foi simplesmente maravilhoso. Isso é uma benção!”, disse Freeman.

A matriarca ainda vive sozinha, ou como ela diz, “eu e Jesus”, onde ela hospeda cultos para a igreja às terças e quintas. Quando ela está se sentindo bem, na maioria dos domingos, ela ministra para quem for até o prédio da igreja.

Toliver, que é pregador há mais de 30 anos, diz que ao longo dos anos ele foi abençoado pelo conhecimento de Allen. Ele a descreveu como uma mulher “cheia de sabedoria e conhecimento”.

“Eu acredito que ela foi enviada por Deus para me ajudar. Ela é uma maravilhosa mulher de Deus”, disse o bispo.

Conselho aprova resolução para quebrar monopólio da Petrobras no gás

Destacado

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), órgão que assessora a Presidência da República para a formulação de políticas e diretrizes de energia, decidiu nesta segunda-feira , 24, aprovar uma resolução com objetivo de liberar o mercado de gás natural no país. Hoje o setor é dominado pela Petrobras.

Segundo o comunicado, as medidas buscam criar condições para o acesso aos gasodutos de transporte e dutos de escoamento, unidades de processamento e terminais de Gás Natural Liquefeito.

A resolução será encaminhada para aprovação da Presidência da República. O governo apresentará as recomendações no Senado nesta terça, 25, e na Câmara, na quarta, 26. Caberá ao Congresso analisar a apresentação e os dados e decidir o que pode se tornar projeto de lei.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, investimentos na instalação de infraestrutura para atender à demanda do novo mercado de gás natural podem movimentar 34 bilhões de reais até 2032.

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, ao apresentar as diretrizes de formação do novo mercado no Rio de Janeiro nesta segunda, o governo federal poderá incentivar estados e Distrito Federal por meio da transferência de recursos e de ajuste fiscal para mudarem a regulação dos serviços de gás canalizado ao promover, entre outros pontos, o fortalecimento das agências reguladoras.

De acordo com a resolução, os impactos dessas recomendações serão monitorados, com publicação trimestral de relatórios. A governança e as informações necessárias ao monitoramento das medidas serão encaminhadas ao CNPE em até 60 dias.

A resolução compreenderá outras medidas em discussão com outros entes para abrir o mercado. A principal delas é o do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que já vem discutindo o tema com o governo e deve julgar, nesta quarta, 26, um termo de compromisso com a Petrobras para a adoção de iniciativas no setor.

Para Guedes, as medidas levarão a uma quebra de dois monopólios, na produção e na distribuição, o que deve baixar o preço da energia. Segundo os cálculos dele, pode haver uma queda de 40% no custo da energia em dois ou três anos a partir do plano, que prevê também renegociações de fornecimento com Bolívia e Argentina.

“Nós vamos ter pelo menos três fontes diferentes, pré-sal, Bolívia e Argentina, vamos jogar tudo numa estrutura. Isso que deve reduzir o preço na energia. Pode ser que energia caia 40% em menos de dois anos. Se o preço da energia cair 40%, o PIB industrial aumenta 8,46%”, disse, acrescentando que a queda nos preços deve chegar também ao botijão de gás.

Guedes não vê motivo para que a Petrobras se oponha às medidas. “A Petrobras já foi monopolista. Se constitucionalmente ela perdeu o monopólio, será que o presidente da Petrobras pode ser contra isso? Ele vai dizer ‘vou manter o monopólio, independentemente da Constituição?”.

Bandidos assaltam agência dos Correios em Pinheiro e um morre em confronto com a PM

Destacado

Quatro bandidos assaltaram a agência dos Correios na cidade de Pinheiro, a 120 km de São Luís, nesta terça-feira (25).
Os assaltantes, que estavam em um veículo Kia Cerato, de placas NWY-9250, conseguiram fugir levando dinheiro e celulares de funcionários e clientes. Eles foram perseguidos e trocaram tiros com a polícia. 
Os assaltantes identificados como Nerisvaldo Campos Pereira e Fernando Silva Gomes foram baleados e presos. Outro assaltante identificado apenas como Wanderson foi ferido a tiros e morreu ao dar entrada no hospital. 
A polícia mantém o cerco na região para localizar e prender o quarto assaltante que se embrenhou no mato. O confronto com os assaltantes ocorreu no trecho entre as cidades de Olinda Nova e Matinha. 
No interior do veículo usado pelos criminosos, a polícia apreendeu armas e um malote com o dinheiro que havia sido roubado. Os dois assaltantes presos e o morto foram levados para a cidade de Pinheiro. 

Um helicóptero do Centro Tático Aéreo, (CTA) e o reforço policial da cidade de Viana foram enviados para o local com o objetivo de fechar o cerco e tentar localizar o assaltante que conseguiu fugir.
Com informações do Blog do Silvan Alves

Segunda Turma do STF decide manter Lula preso enquanto não analisar suspeição de Moro

Destacado

Mais cedo, colegiado negou outro pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente que questionava decisão do ministro Felix Fischer, do STJ. Julgamento foi suspenso mais uma vez.


Segunda Turma do STF decide manter Lula preso até julgar suspeição de MoroJornal GloboNews edição das 18h00:00/04:58

Dispositivo não suportado.

Infelizmente, não foi possível encontrar um vídeo compatível com o seu dispositivo.

Faça seu login grátis e tenha acesso ilimitado às exclusividades G1

Segunda Turma do STF decide manter Lula preso até julgar suspeição de Moro

Segunda Turma do STF decide manter Lula preso até julgar suspeição de Moro

Na última sessão do semestre, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu negar nesta terça-feira (25) liberdade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enquanto não conclui a análise de um pedido de suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, apresentado pela defesa do petista.

Por 3 votos a 2, os integrantes do colegiado rejeitaram proposta do ministro Gilmar Mendes para que Lula ficasse em liberdade até a decisão final sobre o habeas corpus.

A sessão desta terça-feira foi interrompida assim que os magistrados negaram a proposta de Gilmar Mendes. Não há data definida para a retomada do julgamento.

O pedido de liberdade que levanta suspeição aos atos de Moro na condução do processo que condenou Lula começou a ser julgado pela Segunda Turma em dezembro, mas foi interrompido antes de ser concluído. Na ocasião, os ministros Luiz Edson Fachin e Cármen Lúcia votaram contra o pedido para conceder liberdade a Lula.

À época, Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar o caso na hora em que ia votar. Ele liberou o habeas para julgamento no dia 10 de junho, seis meses depois de solicitar a suspensão. Além de Gilmar, ainda faltam votar os ministros Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

O pedido de liberdade que questiona o imparcialidade de Moro foi apresentado pela defesa de Lula no ano passado, na ocasião em que o então juiz responsável pelos processos da Lava Jato no Paraná aceitou o convite de Jair Bolsonaro para comandar o Ministério da Justiça.

A defesa do ex-presidente questiona a atuação do atual ministro da Justiça no julgamento do petista na primeira instância da Justiça Federal pelo caso do triplex do Guarujá (SP).

Moro condenou o ex-presidente da República a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Esse processo culminou na prisão de Lula após a condenação ter sido confirmada em segunda instância em janeiro do ano passado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Outro pedido negado

Segunda Turma do STF rejeita primeiro habeas corpus de Lula

Segunda Turma do STF rejeita primeiro habeas corpus de Lula

Mais cedo na mesma sessão, os cinco ministros da Segunda Turma negaram, por 4 votos a 1, outro pedido de liberdade apresentado pelos defensores de Lula. Nesta outra ação, os advogados do petista questionavam a conduta do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer.

No ano passado, Fischer negou, em uma decisão individual, o pedido de absolvição do ex-presidente apresentado ao STJ pela defesa do petista.

Inconformados com o fato de o relator da Lava Jato no STJ ter decidido apreciar a ação monocraticamente, em vez de ter submetido o caso ao plenário da Quinta Turma da Corte, os advogados do petista recorreram.

Ao analisar o caso, a Quinta Turma decidiu, por unanimidade, manter a condenação do ex-presidente, mas reduziu a pena de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), para 8 anos e 10 meses de prisão.

O pedido de habeas corpus julgado nesta terça-feira pela Segunda Turma que questionava a decisão de Felix Fischer já havia sido negado individualmente pelo relator da Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin.

Nesta tarde, Fachin e os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cármen Lúcia rejeitaram os argumentos dos defensores de Lula de que o relator da Lava Jato no STJ não poderia ter rejeitado sozinho o recurso que pedia a liberdade do petista.

Apenas o ministro Ricardo Lewandowski concordou com a defesa e votou a favor da soltura do ex-presidente da República. Portal G1

SÃO LUIS | Jovem mata amigo e tenta estuprar namorada dele

Destacado

Crime ocorreu no bairro do Sítio Natureza, em São Luís. Suspeito ainda está foragido

Um caso trágico abalou o bairro do Sítio Natureza, em São Luís, na madrugada desta segunda-feira (24). Um jovem de 26 anos, identificado como Bruno Rafael Silva, foi assassinado brutalmente em sua casa. O principal suspeito do crime é um rapaz conhecido como André Lucas que estava dividindo a casa com a vítima há quase uma semana.

O corpo de Bruno Rafael foi encontrado sem vida por seus familiares embaixo de uma caixa d’água vazia, coberto por plásticos.
Segundo informações, Bruno Rafael teria feito uma festa de aniversário para sua namorada Letícia Moura (19 anos) no domingo em sua residência com a presença de amigos e familiares. Após o fim da festa, ficaram na casa: Letícia (namorada), Bruno (vítima) e André (suspeito).
De acordo com o depoimento de Letícia, ela estava dormindo e acordou com o suspeito tentando abusar sexualmente dela. Ela também disse que não encontrou Bruno Rafael após o ocorrido. Ao perguntar para o André Lucas sobre o namorado, ele teria dito que a vítima estava amarrada. Letícia afirmou que conseguiu se desvencilhar do suspeito e que ele não conseguiu realmente abusar sexualmente dela.
Já de acordo com a família, Letícia teria ligado para a mãe de Bruno por volta das 11h desta segunda (24) contando que a vítima teria desaparecido. Relatou também que ele havia deixado o celular em casa e sua moto na frente da residência. Além disso, afirmou que André Lucas teria tentado estupra-la. Achando estranha a história, familiares foram até a residência e encontraram o corpo de Bruno Rafael.
Vizinhos contaram que o pai do suspeito foi até a casa da vítima também na manhã de segunda e relatou que o filho teria dito que havia feito uma “merda”.
De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML), Bruno Rafael foi estrangulado por volta das 4h da manhã desta segunda (24). A polícia de homicídios do São Francisco coletou os depoimentos da namorada da vítima.
Até o momento, o suspeito André Lucas está foragido.

Do Imparcial0 comentáriosEnviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no Facebook

Reportagem da GloboNews aponta Buriti (MA) com o menor gasto em educação do País; 43% dos municípios brasileiros gastam menos do que mínimo satisfatório em educação

Destacado

Todos pela Educação lança nesta terça-feira 25/6 o Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019. Estudo aponta os principais desafios a serem enfrentados para o país avançar na qualidade da educação.Do G1/GloboNews.Um investimento público total por aluno de R$ 4.300 por ano, considerando um estudante do ensino fundamental da zona urbana que estuda em tempo parcial. Esse é o patamar mínimo necessário estimado pelo Movimento Todos pela Educação para que uma rede pública de ensino atinja bons resultados em aprendizagem no país, como notas satisfatórias no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), por exemplo.De acordo com levantamento inédito feito pela ONG, em 2015, ano mais recente com dados completos sobre financiamento público, 2.372 municípios brasileiros (43% dos 5.570 existentes) e cinco estados (Amazonas, Pará, Maranhão, Paraíba e Minas Gerais) investiram menos do que isso.O município de Buriti (MA) aparece em gráfico como aquele que menos gasta por aluno ao ano, com o valor de R$ 2.900 (dois mil e novecentos reais). Por outro lado, o município gaúcho de Pinto Bandeira gasta anualmente R$ 19.500 por aluno. 
Assista à reportagem veiculada nesta terça-feira 25/6 no canal GloboNews:

A estimativa do Todos pela Educação considerou apenas o investimento realizado no ensino fundamental (1º ano ao 9º ano). O valor de R$ 4.300 por ano é o investimento considerado mínimo necessário pela estimativa da ONG, mas ficar abaixo disso, a rigor, não representa uma ilegalidade.Segundo os dados, enquanto algumas redes investem entre R$ 15 mil e R$ 18 mil por aluno por ano, mais de 40% das redes brasileiras estão abaixo dessa faixa de R$ 4.300, sendo que 25% estão abaixo de R$ 3.600.“Por isso, a discussão de um novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, o Fundeb, ainda mais redistributivo é tão central”, afirma Nogueira Filho.O Fundeb financia a maior parte da educação básica pública e, por lei, deixa de valer no fim do ano que vem.ANUÁRIO DA EDUCAÇÃOA entidade divulgou nesta terça-feira 25/6 a edição 2019 de seu Anuário Brasileiro da Educação Básica. Feito em parceria com a Editora Moderna, o estudo traz uma série de análises sobre os temas das 20 metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que nesta semana chega oficialmente à metade de seu período de vigência.O documento, que está em sua oitava edição, ainda destaca os principais desafios a serem enfrentados para o país avançar na qualidade da educação. Um dos destaques da pesquisa é o financiamento público da educação e a desigualdade entre os valores investidos pelas diferentes redes de ensino espalhadas pelo país.DESIGUALDADEO estudo aponta, por exemplo, que, em 2015, enquanto um município localizado no Rio Grande do Sul destinava cerca de R$ 19,5 mil por aluno, o valor mais alto contabilizado em todo o país, outro município, no Maranhão, dispôs de apenas R$ 2,9 mil. Ou seja, quase sete vezes mais. Esses dois extremos foram registrados pela cidade gaúcha Pinto Bandeira e pela maranhense Buriti.De acordo com Nogueira Filho, se o Fundeb não estivesse em vigor, essa proporção de quase 7 para 1 chegaria, em alguns casos, a 100.“O Fundeb tem um papel de redutor de desigualdade. Sem ele, caso cada Município e Estado só contasse com arrecadação própria, a diferença entre o financiamento público de dois Municípios poderia chegar a 100 vezes”, explica o diretor do Todos pela Educação.Ainda de acordo com o Anuário, enquanto os municípios maranhenses dispõem em média de R$ 3,4 mil por aluno/ano, em São Paulo, essa média é de R$ 6,5 mil. No Distrito Federal, unidade da Federação não dividida em municípios, o gasto médio por aluno é de R$ 11,5 mil. Todos esses dados se referem também ao ano de 2015.Verba por aluno chega a ser 7 vezes menor entre cidades do país.CLUBE DOS RICOSO estudo também aponta as diferenças entre o gasto anual por estudante no Brasil e na média da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), também conhecido como o “clube dos ricos”, por reunir as maiores economias do mundo. Em 2015, levando-se em conta as séries de ensino do ensino fundamental ao superior, o investimento por estudante no Brasil foi de US$ 4.451, menos da metade do realizado pela média da OCDE (US$ 10.520).Nos anos iniciais do ensino fundamental (1º ano ao 5º ano), o gasto por aluno no Brasil foi de US$ 3.762, enquanto na OCDE foi de US$ 8.631. Já no ensino superior a diferença foi bem menor: US$ 14.261 no Brasil e US$ 15.656 na média da OCDE.

Aos 9 meses, bebê é espancado, abusado e morto; detalhes são de cortar o coração

Destacado

Foto: Reprodução: Meia Hora

Um caso criminal acabou tendo repercussão em todo o país. O menino Ícaro, de apenas nove meses, acabou sendo vítima de uma série de ataques. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, onde o caso aconteceu, a situação teria envolvido o padrasto do menor, que é visto como o principal suspeito. Os detalhes do caso são de cortar o coração.

A morte do menino foi confirmada nesta segunda-feira, 24 de junho. O garotinho chegou ainda com vida ao hospital, mas com vários sinais de espancamento. Os médicos teriam tentado de fazer tudo para salvar a criança, mas infelizmente isso não foi possível.

As agressões contra o menor foram tão graves que o bebê não tinha nem mesmo mais as unhas dos pés e das mãos, que acreditam terem sido arrancadas em um possível ritual de tortura. O hospital não disse quem levou o menor para a unidade hospitalar.

Além do espancamento, o corpo do neném tinha sinais de violência íntima. Agentes da Polícia Civil realizam diligências durante esta terça-feira, 25 de junho, para encontrar o suspeito do crime, que não teve o nome revelado. Ainda também não se sabe como o nome dele apareceu como sendo o principal alvo das investigações e se há uma testemunha no caso.

Caso Rhuan também gerou revolta

Recentemente, outro assassinato de criança, o do menino Rhuan, acabou repercutindo em todo o território nacional. No caso do menino, as suas mães lésbicas acabam confessando a tortura e morte da criança. A motivação, de acordo com a polícia, é que as duas não aceitavam o fato de Rhuan ter nascido menino e não menina.

Fonte: 1 News

Com prédio em chamas menino de 9 anos se equilibra em ar-condicionado gritando ‘mamãe me ajude’

Destacado

Foto: Divulgação

Um menino de nove anos ficou gritando por socorro em cima de um aparelho de ar-condicionado a oito andares, depois que ele saiu para escapar de um incêndio na Rússia.

O jovem, que só foi identificado como Denis, foi ouvido gritando ‘mamãe, mamãe me ajude’ – mas sua mãe, Natália, o deixou sozinho em casa depois da escola.

Um morador do bloco de apartamentos na cidade de Samara disse “seus gritos partiram meu coração”.

Sufocando-se na fumaça, Denis foi forçado a subir do lado de fora de uma janela aberta depois de não conseguir abrir a porta externa do apartamento.

Imagens de vídeo assustadoras mostram o menino agachado em cima do arcondicionado e agarrando-se desesperadamente à moldura da janela. O garoto treinando como alpinista pode tê-lo ajudado enquanto lutava contra a queda.

O garoto não tinha mais nada a fazer além de subir pela janela e agachar-se no ar-condicionado. Temíamos que o ar-condicionado fosse cair.

Bombeiros primeiro tentaram subir uma escada até o menino, mas ela ficou preso em árvores ao lado do bloco.

Eventualmente, os salvadores entraram no apartamento e puxaram Denis para a sua segurança.

Bombeiro Evgeny Gulyaikin disse: ‘Meu parceiro e eu corremos para o quarto onde o menino estava fora da janela. Ele nos viu, eu agarrei-o com força. Eu estava com tanto medo de deixá-lo – a altura era de oito andares.

‘Eu o trouxe pela janela. Eu imediatamente tirei-o do bloco de apartamentos e entreguei-o aos médicos. O menino, claro, estava em choque.

Depois de ser alertado sobre o incêndio, o pai do menino correu para casa e deixou as equipes de resgate entrarem no apartamento.

Anastasia acrescentou: ‘Seus pais chegaram ao mesmo tempo que os bombeiros. Graças a Deus, a criança está bem, apenas muito assustada. Denis foi hospitalizado depois de sofrer séria inalação de fumaça no incêndio, e sua mãe correu para o seu lado. Acredita-se que os pais do menino estavam no trabalho quando o fogo começou.

No total, 31 moradores foram evacuados do bloco em chamas. Cerca de 67 bombeiros foram envolvidos na extinção do incêndio.

Fonte: Noticias Reais

Hoje na História: Morre o cantor e compositor Wilson Simonal

Destacado

No dia 25 de junho de 2000 morria, no Rio de Janeiro, Wilson Simonal de Castro, cantor que fez bastante sucesso nas décadas de 60 e 70. Nesta época, era um dos artistas mais populares e bem pagos do Brasil. Nascido no dia 23 de fevereiro de 1939, ele foi pai de três filhos: Patricia, Wilson Simoninha e Max de Castro, sendo que estes dois últimos também seguiram a carreira musical. Ente 1966 e 1967, apresentou o programa de TV Show em Si …monal, pela TV Record. Simonal foi o primeiro negro a apresentar sozinho um programa na televisão. A direção era de Carlos Imperial, um dos responsáveis pelo sucesso de Simonal. Em 1970, o músico acompanhou a seleção brasileira de futebol na Copa do Mundo, realizada no México. Ele tinha amizade com jogadores como Pelé, Carlos Alberto e Jairzinho. Quando estava no auge de sua carreira, um acontecimento envolvendo seu contador mudaria drasticamente a sua vida. No início da década de 1970, o cantor teria se sentido vítima de um desfalque e demitiu seu contador, Raphael Viviani, que moveu uma ação trabalhista contra o cantor. Em agosto de 1971, Simonal recrutou dois amigos militares para arrancar uma “confissão” do contador, que foi torturado nas dependências do Dops. O contador, por fim, assumiu a culpa no desfalque. Mais tarde, porém, Viviani deu queixa do espancamento e teve início um processo judicial que culminou com uma pena para Simonal de cinco anos e quatro meses de prisão, cumpridos em liberdade. Além disso, foi apontado como colaborador do Dops e ficou conhecido por ser “dedo-duro da ditadura”. Depois deste fato, Simonal caiu em esquecimento a partir da década de 1980. Ficou deprimido, tornou-se alcoólatra e morreu de cirrose hepática, no dia 25 de junho de 2000. Dois anos após a sua morte, a pedido da família, a Comissão Nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) iniciou um processo para investigar as suspeitas de colaboração do cantor com os órgãos de informação do regime militar. Em 2003, com o final do processo, Simonal foi moralmente reabilitado, em julgamento simbólico. Em 2009, foi lançado o documentário “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei”, dirigido pelo humorista Claudio Manoel, do Casseta & Planeta, Micael Langer e Calvito Leal.

Acusado de estuprar criança é preso em Itapecuru Mirim

Destacado

O homem identificado como Francisco de Almeida Costa, conhecido como “Chicico”, foi preso por policiais da Delegacia Especial da Mulher de Itapecuru Mirim, na tarde desta segunda-feira (24), em cumprimento a mandado de prisão preventiva.
Ele é acusado de estupro de vulnerável, conduta tipificada no art. 217-A do Código Penal Brasileiro.
A pena prevista é de 8 a 15 anos de reclusão.
“Chichico” foi encaminhado para a Unidade Prisional de Itapecuru Mirim, onde ficará à disposição da Justiça.
A equipe de capturas da Delegacia da Mulher foi comandada pela delegada Tainara Cunha.

Lorotas e Meias Verdades

Destacado

Por Guadêncio Torquato

De onde parte essa onda de falsidades, versões, simulações e dissimulações que se espraia pela paisagem? Nunca se ouviu um disse me disse tão farto quanto este do repertório de invencionices que usa gravações de conversas, edições de vídeos, vazamentos de mensagens, envolvimento de juízes e procuradores e até redes tecnológicas internacionais?

Fragmentos do que se ouviu nos últimos dias: Hacker russo, bilionário russo, pagamento em bitcoins; Gleen Greenwald, jornalista americano sediado no Brasil, articulador de vazamentos; disseminação de hashtags falsas; compra do mandato de Jean Wyllys para renunciar e dar lugar ao deputado David Miranda (PSOL). E mais: o russo da história seria Pavel Durov, 35 anos, criador do Telegram, que só se veste de preto e muda de casa com frequência com temor do manda-chuvas do Kremlin. Ao lado do irmão Nikolai, ele desenvolveu a plataforma Telegram para conversar sem risco de ser espionado pelo governo de seu país. A ideia surgiu quando os dois ainda eram donos da maior rede social da Rússia, a Vkontakte (VK), criada em 2006.

Lembre-se: a plataforma teria sido a usada pelo ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

NotíciasRelacionadas

Número de jovens cursando o ensino médio aumenta para 68,7%

Vazamentos pouco afetam o cartaz da Lava Jato

O que é verdade? Que houve muita conversa entre eles, não há dúvida. Mas é fato que o fingimento faz parte da nossa cultura, e se mostra forte nesses tempos de polarização, quando adversários se atracam nas redes sociais desfechando punhaladas recíprocas. O caráter nacional, como é sabido, é povoado de fingimento. A propósito, vai aqui uma historinha com essa faceta:

31 de março de 1964. Benedito Valadares se encontra com José Maria Alkmin e Olavo Drummond no aeroporto da Pampulha. Benedito, matreiro, pergunta à outra raposa:

– Alkmin, para onde você vai?

– Para Brasília.

   – Para Brasília, ah, sim, muito bem, para Brasília.

Os três saem andando para o cafezinho, enquanto Benedito cochicha no ouvido de Drummond:

– O Alkmin está dizendo que vai para Brasília para eu pensar que ele vai para o Rio. Mas ele vai mesmo é para Brasília.

Eis um despiste bem do jeitão brasileiro: vou enganar meu interlocutor, dizendo-lhe a verdade para tirar proveito da sua desconfiança. Envolve a sagacidade de um e a malandragem de outro. Eles querem dizer: “quando você pensa que está indo, eu já estou voltando”.

A esperteza não se restringe aos atores políticos. Faz parte do cotidiano das pessoas. Os comportamentos na esfera política costumam infringir normas, coisa que herdamos do passado. A clonagem na cultura política chega, hoje, ao mais adiantado grau de sofisticação. A Operação Lava Jato tem sido gigantesco duto por onde passam verdades, meias verdades, mentiras e lorotas. Estamos diante da maior escalada de pistas, muitas falsas, de nossa história, envolvendo atores políticos de amplo espectro, alguns presos, outros denunciados, enquanto adversários travam guerra na arena das redes sociais. Onde vamos parar?

Imensa confusão invade as mentes. Afinal, Lula está preso por ter cometido crime ou por ter sido injustiçado pelo então juiz Moro? Teve culpa ou não nas denúncias como favorecido nos casos do tríplex no Guarujá e no sítio de Atibaia? Houve ou não roubo nos cofres da Petrobras? Tudo foi obra da imaginação de delatores mancomunados com procuradores? Moro fez combinação ou não com Dallagnol?

A história da política é rica nas frentes da simulação e dissimulação. O cardeal Mazarino, ministro de Luis XIII, ensina em seu Breviário dos Políticos: “age com os teus amigos como se devessem tornar inimigos; o centro vale mais do que os extremos; mantenha sempre alguma desconfiança em relação a cada pessoa; a opinião que fazem de ti não é a melhor do que a opinião que fazem dos outros; simula, dissimula, não confies em ninguém e fala bem de todo mundo. E cuidado. Pode ser que neste exato momento, haja alguém por perto te observando ou te escutando, alguém que não podes ver”.

A descrição cai bem no momento que atravessa o país. A falsidade campeia, na tentativa de esconder a verdade. Até parece que os “inventores de causos” que emergem quase todos os dias nas redes sociais aprenderam com Nicolau Eymerich, frade dominicano espanhol que, em 1376, escreveu no “Manual dos Inquisidores”: falar sem confessar: responder às perguntas de maneira ambígua; responder acrescentando uma condição; inverter a pergunta; fingir-se de surpreso; mudar as palavras da questão; deturpar o sentido das mensagens; auto justificar-se; fingir debilidade física; simular demência ou idiotice e até se dar ares de santidade.

Hoje, há muito demônio disfarçado de santo.

Polícia prende líderes de movimentos por moradia em São Paulo

Destacado

Uma operação da Polícia Civil de São Paulo, derivada de investigação sobre o incêndio e desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, prendeu hoje (24) quatro pessoas, integrantes de movimentos de moradia, por suspeita de extorsão. Os movimentos sociais, no entanto, dizem que as prisões foram motivadas por perseguição e criminalização dos movimentos por moradia.

Segundo o delegado André Vinicius Figueiredo, da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações Criminais (DIG) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), as pessoas investigadas obrigavam os moradores do prédio a pagar uma taxa. “Quem não pagava era agredido fisicamente e ameaçado sob pena de sair do local”, disse o delegado.

Bombeiros trabalham na busca pelos desaparecidos e retirada dos destroços do prédio que desabou após incêndio da madrugada de ontem (1), em São Paulo, no Largo do Paissandu.
Após incêndio durante a madrugada, Edíficio Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu desabou em 1° de maio de 2018 – Rovena Rosa/Agência Brasil_02/05/2018

De acordo com ele, as prisões foram motivadas com base no depoimento de 13 testemunhas, após denúncias anônimas. “O que estava ocorrendo era desvio de dinheiro. Essas testemunhas estavam sendo extorquidas para pagarem, sob ameaça, uma quantia que estava entre R$ 200 ou R$ 400 para ficarem hospedadas no movimento. E colhemos informações de que ali havia ameaças, agressões físicas. Há testemunhas que mencionaram que o dinheiro que eles pagavam não era voltado a benfeitorias do movimento”, disse o delegado.

Sete pessoas morreram no desabamento do prédio e outras duas continuam desaparecidas até hoje. O edifício Wilton Paes de Almeida ficava no Largo do Paissandu, no centro da capital paulista.

Durante a operação de hoje (24), foram cumpridos também 17 mandados de busca e apreensão. A polícia chegou a pedir a prisão de 17 pessoas, mas a Justiça decretou a prisão de nove pessoas. Do total de mandados de prisão expedidos pela Justiça, apenas quatro foram cumpridos. Todos os mandados são de prisão temporária, por cinco dias. As prisões atingem principalmente membros do Movimento Sem Teto do Centro (MSTC) e do Movimento de Moradia para Todos (MMPT).

Na tarde de hoje, enquanto uma coletiva era concedida na sede do Deic, na zona norte da capital, para explicar as prisões, diversas pessoas se aglomeraram em frente ao local para protestar contra as prisões. As cantoras Ana Cañas e Maria Gadu e o cantor Chico César acompanharam a coletiva, além de políticos.

O delegado negou que as prisões tenham como motivação a criminalização aos movimentos sociais. “Em nenhum momento a investigação está voltada ao movimento sem teto. O que foi focalizado é uma parcela, algumas pessoas que estavam utilizando o movimento para desvio de dinheiro”, disse Figueiredo.

Outro lado

Por meio de nota divulgada nas redes sociais, o Movimento Sem Teto do Centro (MSTC) repudiou as prisões. “O MSTC repudia veementemente essa nova tentativa de criminalização dos movimentos sociais de moradia através da perseguição judicial de seus líderes e exige a imediata libertação de seus membros. Moradia é direito. Quem não luta está morto”, diz a nota.

Segundo o advogado Ariel de Castro Alves, que defende duas pessoas detidas hoje, nenhum dos quatro presos na operação desta segunda-feira tinham qualquer ligação com o prédio que desabou no Largo do Paissandu. “Nenhuma das lideranças do Wilton Paes foi presa. Tem duas que estão com prisões decretadas, mas não foram encontradas. As quatro pessoas que estão aqui são de outros movimentos de moradia e que, no nosso entender, estão sendo criminalizadas. É uma criminalização dos movimentos sociais”, disse Alves.

O advogado reclamou também que o delegado não conseguiu individualizar as condutas dos líderes dos movimentos que foram presos hoje. “Uma coisa eram os líderes do movimento do [edifício] Wilton Paes. Nós estamos aqui falando pelas lideranças dos demais movimentos que são ligados à frente de lutas por moradia. Que sabemos que são pessoas sérias e lutando pelo direito previsto na Constituição”, disse o advogado. Ele também contesta haver crime na cobrança de taxas pelos movimentos sociais: “Eu mesmo moro em prédio e contribuo todos os meses [pagando o condomínio]. Existem as partes que são comuns a todos e que todos precisam contribuir como extintor, limpeza, segurança, manutenção”.

Para o advogado Benedito Roberto Barbosa, que defende a União dos Movimentos de Moradia de São Paulo e o Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos, as prisões foram arbitrárias. “Entendemos que as prisões não tinham nenhuma justificativa, são arbitrárias e, inclusive, foram decretadas em um feriado. As lideranças dos movimentos de moradia já vieram várias vezes prestar depoimentos nesse inquérito, apareceram aqui sem problemas. Não estamos entendendo as prisões. Sequer tivemos acesso à totalidade das motivações das prisões”, disse ele. Agência Brasil

MOTORISTA É DETIDO EM CAXIAS COM DOCUMENTO FALSO AO PASSAR NA PRF

Destacado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve, na tarde desse domingo (23), um motorista com documento falso no Km 543 da BR-316, em Caxias.

Às 17h, policiais rodoviários federais abordaram o cavalo-trator da marca Iveco modelo Cursor450E33T, de placas JII-0012/BA, que tracionava os semi-reboques de placas MCK-5822/SP e MLR-1748/SP.

A Combinação de Veículo de Carga (CVC) era conduzida por um homem de 41 anos. Por se tratar de um veículo com dimensões excedentes, o mesmo necessitava de Autorização Especial de Trânsito (AET), que é expedida pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT).

Após a PRF consultar a autorização apresentada no site do DNIT, verificou-se que o AET havia sido adulterado. Foram inseridas no documento falso, as placas dos semi-reboques, aumento do número de eixos e a mudança da validade, a fim de ludibria r a fiscalização.

Indagado sobre a documentação apresentada, o motorista informou que trabalha há três meses no veículo tendo carregado em Camaçari/BA e estaria levando a carga para Castanhal, no estado do Pará. Ele disse que recebeu o caminhão do seu patrão com toda a documentação para a viagem.

A Combinação de Veículo de Carga ficou retida na Unidade Operacional da PRF de Caxias por irregularidades ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e o motorista foi conduzido ao plantão da Polícia Civil em Caxias.

Fonte: Noca

Bebê desparece enquanto dormia com os pais em Belágua, no Maranhão

Destacado


O pequeno Jonathan Alves dos Santos, de dois meses, está desparecido desde a sexta-feira (21). Criança sumiu misteriosamente enquanto dormia no mesmo quarto que os pais.

Um bebê de dois meses de idade está desparecido desde a última sexta-feira (21) no município de Belágua, localizado a 280 km de São Luís. O bebê Jonathan Alves dos Santos dormia com os pais no mesmo quarto, quando despareceu misteriosamente.
De acordo com a Polícia Militar, os pais dormiam em uma cama e a criança em uma rede, quando ele despareceu. A casa onde a família vive não há porta nos fundos e apenas uma cortina que é usada como porta. Os pais só deram conta que o bebê havia sumido quando acordaram, por volta das 6h30 da manhã da sexta (21).

A polícia trabalha com algumas linhas de investigação sobre o sumiço do bebê e uma delas, é que os pais poderiam estar envolvidos com o desaparecimento misterioso da criança. O casal chegou a ser hostilizado pela população, mas ambos afirmam que não possuem nenhuma relação com o sumiço da criança e estão desesperados em busca do filho.
Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros estão realizando buscas na região em busca do bebê. Além disso, o caso está mobilizando toda a cidade, que está realizando uma campanha nas redes sociais em busca da criança. Uma passeata também já foi realizada, e os moradores cobram respostas por parte das investigações da polícia.

Moradores de Belágua (MA) estão se mobilizando em busca de tentar localizar o paradeiro do bebê Jonathan. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Mais um caso de enforcamento em Vargem Grande

Destacado

Sem deixar nenhuma explicação para o gesto extremo a que recorreu, Carlos Alberto Silva Oliveira de 42 anos residente a av. Castelo Branco no centro de Vargem Grande, recorreu ao suicídio por enforcamento.

“Carlinhos” como era conhecido, era uma pessoa bem relacionada na cidade onde tinha muitos amigos. Um pessoa simples mas que na sua humildade sabia cativar a todos com quem se relacionava.

O fato chama a atenção da autoridades na cidade, na região e no estado, uma vez que em Chapadinha semana passada um jovem também morreu por enforcamento. Em Imperatriz em menos de uma semana, dois jovens deram fim a sua existência.

É mais do que urgente, direcionar os olhos do poder público para esses casos que vem deixando a todos confusos.

Hoje na História: Brasil inaugura o estádio do Maracanã

Destacado

No dia 24 de junho de 1950, o brasileiros celebraram a inauguração do estádio Mário Filho, mais conhecido como Maracanã, o mais famoso do país e um dos símbolo mundiais do futebol. O estádio na cidade do Rio de Janeiro começou a ser construído no dia 2 de agosto de 1948 com o objetivo de ser o maior estádio do mundo e também o palco perfeito para os jogos da Copa do Mundo de 1950. Quando foi concluído, o Maracanã tinha capacidade para receber 150 mil pessoas. Contudo, o estádio acabou se tornando cenário de um dos dias mais tristes do futebol brasileiro, quando o Brasil foi derrotado dentro de casa pelo Uruguai, por 2 a 1, diante de um público de 200 mil pessoas. Sua cor azul é por conta de uma promessa das autoridades brasileiras em pintar o local com as cores da equipe que vencesse a Copa de 1950.

Rapto do bebê em Belágua: Polícia pede calma à população e que evite a disseminação de informações falsas

Destacado

No início da tarde deste domingo (23), os comandantes da operação de buscas ao bebê que desapareceu misteriosamente de sua residência, na cidade de Belágua, reuniram moradores que acompanham o caso de perto e exigem uma solução imediata.
Em frente à casa da família, o comandante da equipe dos bombeiros disse que uma resposta será dada à população, mas, para que isso ocorra, depende do direcionamento correto da investigação. 

“O bombeiro não pode iniciar buscas nessa área de alagado, por exemplo, sem ter informações verdadeiras, sem ter um direcionamento, sem saber o que realmente aconteceu. É preciso que vocês esperem, sem tumultos”, disse.
O tenente Alan disse que, desde o rapto do bebê, a PM fez todo o procedimento de buscas no local, ainda ontem, e fez o comunicado à Delegacia Regional de Chapadinha e à Delegacia de Urbanos Santos. 
“Fiquem tranquilos. Estamos imbuídos em desvendar esse caso, e que a criança volte ao seu lar. Voltem para suas residências. Estamos trabalhando para dar uma resposta”, disse o tenente Alan.

O delegado Josimar disse que a polícia precisa de informações concretas, pois alguém viu o sabe de alguma coisa. Para ele, neste momento, nada está descartado – rapto ou violência do próprio seio familiar. 
“O que queremos é trazer a criança de volta. Não há necessidade de alguém molestar alguém da família ou mesmo depredar o BPM, que é patrimônio público. Colaborem com informações concretas e não façam nada com ninguém da família. Nada está descartado. A família está sofrendo, a mãe está passando mal”, disse o delegado.
Preocupado com os protestos que ocorreram no início da noite de ontem, o delegado reforçou o pedido para que a população mantenha a calma, pois uma resposta será dada em breve.
O desaparecimento do bebê
O bebê Jhonatan Alves dos Santos, de apenas dois meses, desapareceu misteriosamente da casa dos pais, na madrugada de sexta-feira (21), na cidade de Belágua, a 280 km de São Luís.
Moradores da localidade, revoltados com o caso, fizeram manifestação no início da noite de sábado (22), em frente à delegacia da cidade. O objetivo era pedir maior agilidade no trabalho de investigação.
Os moradores não acreditam que os pais possam estar envolvidos com o desaparecimento do próprio filho.

A avó do bebê chegou a passar mal, na manhã deste domingo, e precisou ser socorrido em ambulância. A Prefeitura de Belágua está dando todo o suporte à família e aos trabalhos da polícia.

Esse jeito Bolsonaro de ser

Destacado

Percival Puggina

Muitos analistas políticos têm batido na tecla da necessária interlocução entre o Executivo e o Legislativo. Afinal, o Congresso tem a legitimidade institucional para aprovar ou não os projetos do governo e os cidadãos devem ficar fora desses assuntos. O parlamento é o lugar onde se fala e onde se verbalizam opiniões divergentes. Portanto, “bora conversar” que tudo se resolve.

Resolve? Não. Contudo, ainda que resolvesse – e vota e meia não resolve mesmo – a política é só isso? É apenas um formulário institucional onde os poderes conversam e as opiniões, magicamente, se harmonizam porque todos querem o bem do país? Acumulam nossas instituições méritos que as façam merecedoras da confiança nacional? Novamente, não.

Tenho como verdadeira a clássica lição segundo a qual a política é possível pelo que as pessoas têm de bom e necessária pelo que nelas há de mau. Sociedades humanas, para um ou para o outro, precisam de elite e precisam de liderança.

Certa feita, comentando as habilidades de Lula como comunicador, registrei minha observação segundo a qual, sobre o mesmo assunto, ele tinha opiniões diferentes para públicos diferentes e, graças a isso, era aplaudido dizendo A e dizendo o contrário de A. Essa “habilidade” é uma das condições necessárias para identificar um trapaceiro, jamais um estadista. Estadistas não molham o dedo na saliva e o esticam ao ar para perceber de que lado sopra o vento no auditório.

Na política, liderança e, especialmente, liderança exercida sobre a massa, é um dom distribuído em proporções escassas. Bolsonaro tem esse dom e só ele explica a vertiginosa escalada que o levou à Presidência, contrariando a vontade explícita de quase todos os profissionais da opinião pública, aí incluídos políticos e comunicadores.

Não adianta atacar e fustigar Bolsonaro, apontando suas limitações porque elas nunca foram dissimuladas. Ninguém está a descobrir uma face oculta do Presidente. Tais limitações sempre fizeram parte do jeito Bolsonaro de ser, jeito que a população conhece e ao qual atribui valor elevado num mercado de baixas cotações.

Parcela significativa da sociedade sabe que Bolsonaro não é o príncipe perfeito, mas percebe nele sadia intenção de se sacrificar para fazer a coisa certa. Não tenho o costume de usar citações bíblicas em textos sobre política, mas é impossível não lembrar, aqui, das palavras de Jesus sobre tomar a própria cruz e segui-lo. Tirar o Brasil da situação em que está exige do governante esse mesmo ânimo para enfrentar aqueles que fogem como o diabo de qualquer cruz. Que dizer-se de carregá-la! Ela, a cruz, é parte do problema do governo com a base.

O empenho que se percebe em tantos meios de comunicação, visando a constranger as redes sociais ao silêncio, sustar as cívicas e civilizadas mobilizações de rua e diagnosticá-las como intrusivas e impróprias, outra coisa não é que tentativa de isolar o Presidente de seu principal e mais consistente apoio.

Foragido da Justiça do Pará é preso pela polícia Civil de Itapecuru- Ma.

Destacado

Paulo Ricardo Sousa Silva, foragido do Pará e preso em Itapecuru-Ma

O assaltante Paulo Ricardo Sousa Silva, que se encontrava em regime de prisão semi-aberto da Comarca de Marabá do estado do Pará, foi preso na manhã de hoje, 23/06 pela equipe de plantão da 2ª Delegacia Regional de Itapecuru – Ma, comandada pelo Delegado de polícia civil Dr. Souza.

Paulo Ricardo, apesar de está cumprindo pena em regime semi-aberto, ele fugiu de Marabá e se encontrava foragido na cidade de Itapecuru.

Como tinha mandado de prisão em aberto, policiais da Regional começaram a investigar o seu paradeiro até descobrirem que ele se encontrava escondido no bairro Voy da cidade de Itapecuru, onde foi preso e encaminhado a delegacia regional para os procedimentos legais, e depois encaminhado ao presídio de Itapecuru onde estará a disposição da Justiça de Marabá no Pará.

Assaltante morre e dois são presos após troca de tiros com PMs na Vila Cutia, em São Luís; arma e celulares roubados são apreendidos

Destacado

Um assaltante morreu e outros dois foram presos após confronto com policiais do 6º BPM na região do Conjunto São Raimundo, em São Luís. A ação policial ocorreu por volta de 21h30 de sexta-feira (21), na Rua do Muro, na Vila Cutia.
Os presos foram identificados como José Maurício de Sousa Teixeira, de 28 anos, e Tones Gabriel Moraes Aguiar, de 19 anos. O menor de iniciais M.B de O, de 15 anos, foi atingido por disparos e morreu ao dar entrada no Hospital Clementino Moura, o Socorrão 2. Os três residem no Conjunto São Raimundo.
Com eles, foram apreendidos um revólver calibre .38, municiado com três munições intactas e duas deflagradas; um veículo Corsa Classic, de cor azul, placa HQE-6532; quatro aparelhos celulares e uma carteira porta-cédulas.
Assaltos, perseguição e troca de tiros
Segundo informações da PM, a viatura do São Raimundo fazia rondas na área quando foi informada sobre uma tentativa de homicídio na Vila Cascavel. No local, a vítima informou que os elementos tentaram disparar, mas arma falhou. Em seguida, eles fugiram em um veículo Classic, de cor escura, modelo antigo.
No momento em que a vítima conversava com a guarnição, foi passada a informação, via rede de rádio, de que estava havendo outro assalto no mesmo local da ocorrência anterior, e que o veículo usado pelos bandidos tinha as mesmas características.

No bairro Pontal da Ilha, a guarnição avistou o veículo, que empreendeu fuga, ignorando os sinais de parada. Na Rua do Muro, na Vila Cutia, um dos criminosos, que estava no banco de trás do veículo, colocou a cabeça para fora e efetuou disparos contra a guarnição, que revidou. Os disparos acertaram o assaltante, que atentou contra a vida dos policiais, e o pneu traseiro direito do veículo.
Prisão, apreensão de objetos e socorro aos feridosEm seguida, o veículo parou e os assaltantes se renderam. No interior do carro, foram encontrados os celulares roubados durante o arrastão realizado na área.  O revólver estava na mão de um dos assaltantes atingido por disparos.
De imediato, os policiais prestaram socorro aos baleados. O menor não resistiu e morreu no Socorrão 2. Ele já havia sido autuado por ato infracional análogo ao art. 121 do CP por prática de homicídio.

Tones Gabriel Moraes Aguiar e José Mauricio De Sousa Teixeira foram conduzidos à Delegacia da Cidade Operária (Decop) para autuação em flagrante por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Fonte Gilberto Lima

Imagens da noite: Homem morre em grave acidente na Estrada da Maioba

Destacado

Um homem morreu num acidente grave na Estrada da Maioba, na região metropolitana de São Luís, na noite de sábado (22). Ele ficou preso às ferragens de uma caminhonete Ford Ranger após colisão contra um ônibus.
Pelo documento divulgado em grupos de WhatsApp, a vítima foi identificada como Lucas Evangelista Rocha Viana, servidor público do sistema penitenciário, em São Luís.
A pessoa que compartilhou a identidade funcional da vítima disse o seguinte: “informações do agente penitenciário Wagno que esse servidor acabou de falecer em um acidente de carro na estrada da Maioba. Já informei pro Santos da Fisioterapia. Se alguém puder repassar pro setor que presta apoio”, disse.
Segundo relato de pessoas que fizeram registros do acidente, Lucas Viana ainda estava com vida após o acidente, mas terminou morrendo devido à gravidade dos ferimentos.

Pelas informações passadas ao blog, ele era pastor da Igreja Batista em Anajatuba, na baixada maranhense.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local do acidente para retirar a vítima das ferragens do veículo, que ficou a lateral esquerda (lado do motorista) destruída.

Hoje na História: PC Farias é assassinado

Destacado

Em um dia como hoje, no ano de 1996, foi assassinado Paulo César Siqueira Cavalcante Farias, também conhecido como PC Farias. Ele foi o tesoureiro de campanha presidencial de Fernando Collor de Mello e Itamar Franco nas eleições de 1989. PC foi uma das personalidades chave do primeiro processo de impeachment da América Latina, em 1992. O empresário foi encontrado morto junto com sua namorada Suzana Marcolino, na praia de Guaxuma, em Alagoas, em 1996. Uma primeira investigação, que teve o relatório do legista Badan Palhares, apontou que Suzana Marcolino matou PC Farias e suicidou-se em seguida. Contudo, este relatório é cercado por polêmicas, e outros profissionais ligados à área criminal acreditam que o que aconteceu foi um assassinato. PC Farias seria uma das peças-chave de um esquema milionário de corrupção, que foi denunciado em 1992 por Pedro Collor, irmão de Fernando Collor de Mello.

O Brasil na II Guerra mundial

Destacado

Ney Lopes

A semelhança das comemorações que se repetem anualmente na Normandia (França), pelo final da Segunda Mundial, começa a ganhar forma à hipótese de igualmente serem preservadas as tradições nacionais, revivendo a participação heroica da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito e a importância estratégica no combate ao “Eixo”, das bases naval e aérea instaladas na década de quarenta, em território brasileiro.

O evento seria semelhante ao encontro dos presidentes dos Estados Unidos e da França, que se repete na Normandia (França), em homenagem ao Dia D, o desembarque aliado na praia de Omaha.

Quando se fala em II Guerra Mundial, não se pode negar a importância fundamental para a vitória “aliada” de dois locais: a praia de Omaha, na Normandia e as cidades de Natal e Parnamirim, no Brasil.

NotíciasRelacionadas

TCU quer Odebrecht devolvendo o que roubou

Bolsos cheios

 No chamado dia “D” morreram combatentes na Normandia.

No “Grande Natal” ações militares preventivas evitaram catástrofes fatais para o futuro da humanidade. Hitler já projetara invasão da cidade de Natal, como meio de montar “trampolim de apoio” no ataque maciço ao canal do Panamá, seguido do território americano.

A instalação de unidades militares (Base Naval e Parnamirim Field) – maiores bases das forças americanas fora dos Estados Unidos – abortou o plano nazista e viabilizou o apoio às centenas de aviões, que dia e noite pousavam e decolavam, transportando suprimentos para as frentes na chamada “guerra do deserto”, no norte da África, em resistência ao Eixo (união da Alemanha, Itália e Japão) que avançava.

A posição estratégica global da cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, atraiu o Presidente Roosevelt, que a bordo de um “destroyer” americano, atracado na “Rampa” (bairro das Rocas), em Natal, RN, firmou acordo com o Brasil, nascendo à heroica Força Expedicionária Brasileira (FEB).

A proposta em debate seria uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal, visando à realização em Natal, de um “Encontro dos presidentes do Brasil e dos Estados Unidos”, em homenagem à histórica “Conferência do Potengi”, realizada em 28 de janeiro de 1943, entre o presidente Getúlio Vargas e o presidente Franklin Delano Roosevelt.

O “encontro dos Presidentes em Natal”, em pleno século XXI atrairia o interesse de todo o mundo, principalmente os norte-americanos pela reverencia prestada a antepassados comuns, que ofereceram a própria vida, em defesa da liberdade.

Além disso, seria uma forma de resgatar a memória nacional, aliás, pouco lembrada, a partir do descaso com que, por exemplo, é cuidado o único Monumento do Brasil no exterior, o Cemitério de Pistóia (Itália), onde foram sepultados 462 brasileiros mortos em combate. Visitei o local e constatei o abandono total na conservação da área.

Resta aguardar se a proposta de homenagear a “Conferência do Potengi” sensibilizará os governos. A iniciativa significaria, uma forma de resgatar e preservar as tradições nacionais e exaltar o papel da nossa Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Idosa morre após ser abandonada pela família em Vargem Grande

Destacado

Francisca das Chagas Oliveira foi resgatada pela Rede de Proteção ao Idoso, mas morreu no Hospital Socorrão II neste sábado (22).


Idosa de 81 anos morre em São Luís após ser abandonada pela família em Vargem Grande

Idosa de 81 anos morre após ser abandonada pela família em São Luís

Francisca das Chagas Oliveira, de 81 anos, morreu na sexta-feira (21) no Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), em São Luís. Segundo informações, a idosa foi encontrada por vizinhos com feridas na pele e muito doente na cidade de Vargem Grande, a 120 km de São Luís.

De acordo com os órgãos de Justiça que atuam na defesa dos idosos, há quatro meses ela foi deixada por uma filha na casa de uma sobrinha, que abandonou a idosa. As duas estão sendo procuradas e podem responder por abandono de incapaz, maus-tratos e tortura.

Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada com feridas na pele e doente na cidade de Vargem Grande, no Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante

Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada com feridas na pele e doente na cidade de Vargem Grande, no Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante

A idosa ainda não foi enterrada porque ninguém da família apareceu para buscar o corpo no necrotério do Socorrão II. Equipes do hospital, da Defensoria Pública e da Secretaria Municipal de Assistência Social de São Luís iniciarão os procedimentos para que a idosa tenha um enterro.

A Defensoria Pública garante que uma rede de apoio vai investigar os culpados pelo crime que levaram a idosa a morrer.

Fonte G1

Hoje na História: Benjamín Franklin inventou o Para-raios

Destacado

Benjamín Franklin foi um filósofo, político e cientista americano, cuja contribuição à causa da guerra da Independência dos Estados Unidos e ao governo federal, instaurado depois da mesma, colocaram-no entre os maiores estadistas do país. Em 1747 Franklin iniciou seus experimentos sobre a eletricidade, adiantou uma possível teoria da garrafa de Leyden (dispositivo elétrico), defendeu a hipótese de que as tormentas são um fenômeno elétrico e propôs um método efetivo para o demonstrar. Sua teoria foi publicada em Londres, mas antes testou na Inglaterra e na França, e com isso ele veio a inventar o para-raios e depois apresentou a chamada teoria do fluído único, onde explicou os dois tipos de eletricidade: positiva e negativa.

Integrante de facção criminosa é assassinado no Bairro de Fátima em provável vingança por morte na Cohab

Destacado

Robenilson e Lailson haviam sido presos em abril do ano passado na “Operação Tabuleiro”, deflagrada pela Seic, em parceria com a Senarc.“Magrão” não resistiu depois que foi baleado na cabeça.

O homem identificado como Robenilson dos Santos, de 35 anos, conhecido como “Magrão”, foi assassinado com um tiro na cabeça, no Bairro de Fátima, em São Luís, por 11h30 desta sexta-feira (21). No ataque criminoso, Lailson de Jesus Rodrigues, de 39 anos, foi baleado e se encontra internado em estado grave.  
A ação criminosa seria decorrente da rivalidade entre facções criminosas que atuam na região metropolitana de São Luís.
O ataque seria uma retaliação pela morte de Danilo Costa França, de 23 anos, que ocorreu na calçada do Terminal de Integração da Cohab no início desta semana.

De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciop) e o 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), as vítimas estavam entrando em um carro Crossfox preto, de placa NXG-9265, quando foram surpreendidas pelos disparos de arma de fogo, na Rua Nossa Senhora Aparecida.
Segundo relatos de testemunhas, os assassinos ocupavam um veículo Fiat branco.
“Magrão” foi baleado na cabeça, enquanto Lailson recebeu tiros no peito esquerdo, coxa direita e costas. Ambos foram encaminhados no mesmo Crossfox ao Hospital Djalma Marques, o Socorrão 1, mas Robenilson não resistiu.
A polícia supõe que o assassinato de “Magrão” seria uma vingança pela morte de Danilo, que, segundo investigação policial, era integrante do Comando Vermelho (CV) e foi executado por Adão Carvalho Mendes Filho, membro do Bonde dos 40 da Vila Isabel Cafeteira.

Robenilson e Lailson haviam sido presos em abril do ano passado na “Operação Tabuleiro”, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), com o apoio da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).
Em áudios divulgados no WhatsApp, o dono do veículo usado pelos criminosos diz que foi dominado por cinco homens que estavam com três armas. “Eles me colocaram no banco de trás, ao lado de três deles. Disseram que iam cobrar a morte de um amigo, e que não iam fazer nada comigo. Deram uma volta perto da Seic. Eu tava de cabeça baixa. Fizeram um homicídio com meu carro”, disse.
Em seguida, ele diz não saber o que fazer. Se registrava ocorrência em uma delegacia ou não. Ele chega a perguntar se existe alguma delegacia no bairro João Paulo, onde deve ter sido abandonado pelos assassinos.

Traficantes são presos com quase 6 kg de maconha em Pinheiro

Destacado

Policiais da Força Tática da PM na cidade de Pinheiro, a 119 km de São Luís, prenderam três envolvidas em tráfico de drogas e fizeram a apreensão de quase 6 kg de maconha prensada.
Os presos foram identificados como Gilmara Sousa da Silva, Genilson Ribeiro Silva, conhecido como “Pretinho”, e Tamires Gabrielle Silva Madeira. 
As prisões ocorreram depois que policiais receberam a informação de que um casal em uma moto estava transportando droga no povoado Três Marias, naquele município. 
Assim que a equipe da Força Tática chegou ao local, o homem na moto acabou fugindo e deixando a mulher com uma sacola. Os policiais prenderam Gilmara, que foi encontrada com cinco tabletes de maconha.  
Ao ser presa ela disse que não conhecia o homem  que estava na moto e que iria entregar a sacola com a droga para outro homem conhecido como “Pretinho”. Os policiais determinaram que Gilmara entrasse em contato com ele e marcasse um encontro para a entrega da droga. 
O encontro foi marcado na praça Santa Luzia. No momento em que Genilson chegou em uma moto, juntamente com Tamires, os policiais se aproximaram e deram voz de prisão aos três. 
Os acusados, a moto e a droga foram encaminhados para a Delegacia Regional de Pinheiro. Eles foram autuados por tráfico de drogas.

Nas ruas, novamente

Destacado

Com o impeachment da “Anta Guerrilheira”, que surpreendeu e revoltou a sociedade brasileira, primeiro porque ficou escancarado o desastre que estava ocorrendo no País e, em seguida porque em função da petulante ação de duas figuras tão canalhas quanto execráveis que presidiram o processo de afastamento, a principal responsável pela bancarrota do País saiu impune e privilegiada como jamais algum cidadão do bem poderia imaginar. Por conta disso a honra dos cidadãos de bem somente restará lavada quando Dilma, Renan e Lewandowski pagarem por seus crimes. Um dia hão de pagar.

Começo falando daquela época de triste memória, mas não é propriamente desta página negra da história nacional que quero tratar. Quero falar é do período daquele sinistro 31 de agosto de 2016 para esta parte durante o qual o povo desta Nação Verde e Amarela amargava, ansiava, torcia e, com resignação, esmolava uma saída a lhe ser concedida, por misericórdia, pelos poderosos. Neste meio tempo, entretanto, com a vinda do “Corrupto dos Porões do Jaburu”, solução alguma foi adotada. Muito ao contrário, mais dor, desemprego, roubalheira, benesses e privilégios descaradamente foram impostos por aqueles que tomaram o poder. É daquela época que o Congresso, quase em sua totalidade, esgrimia com a Operação Lava Jato para continuar roubando o erário enquanto 15 milhões de pais de família permaneciam desempregados. Estão lembrados? É daquele tempo que o Presidente da República roubava no porto de Santos e recebia gordas propinas da JBS enquanto seus ministros “meirelhavam” a economia com vistas a se habilitar para mais quatro anos de malversações da coisa pública. É daquela ocasião que o povo desvalido via a fome se sentar à mesa e os nababos do legislativo e do Judiciário, tendo a frente o “Mistério Público” e o STF, aumentarem seus gordos salários em mais de 26%. Recordam-se?

Exaurido o povão foi para as ruas, desafiou o establishment, cuspiu na classe política abjeta, esbofeteou os petralhas e a esquerda delinquente, apontou o dedo para banda podre do Judiciário e, no peito e na raça, carregou com as próprias mãos a heroica e histórica campanha do Capitão para sozinho pendurar em seu ombro a faixa presidencial e lhe entregar o destino deste grande País.

NotíciasRelacionadas

Banco dos réus

Questão de tempo

A bandidagem tem
um único objetivo: impedir
Bolsonaro de governar
e ponto final

Fui daqueles que hoje pode se orgulhar daquele feito histórico. Dá-me muito prazer rever um vídeo, que transitou pelo território livre da rede mundial dos computadores, no qual aparece toda corja da grande imprensa, todos os caciques da nojenta classe política, todos os poderosos do pedaço dizendo que a candidatura de Bolsonaro era uma piada, bem como igualmente olhar nos olhos dos contras só pra que saibam que lhes vejo como vendilhões da Pátria.

Vencida nas ruas e nas urnas, a vermelhada ensandeceu. Até agora tenta juntar os cacos de seu poder destruído e ainda nem conseguiu entender o tamanho da pancada que o povo lhe deu. Por isso adoeceu de ódio e de desespero. Observem a cara de rancor dos Ciros e dos Boulos da vida. Somente não atentaram mais uma vez contra a pessoa do Presidente, porque estão sem dinheiro para encomendar o crime e porque são incompetentes até para praticar o mal. Porém, não se engane vão tentar. Neste ínterim dirigem seus esforços para tentar destruir a popularidade do Mito e incolumidade de sua família. Desde o dia da posse investem contra o Bolsonaro e sua equipe de grandes e competentes colaboradores. Desde quando os fantásticos planos e suas respectivas medidas regulatórias que transformariam o Brasil numa grande nação chegaram ao Congresso (passados pouco mais que 20 dias da posse), que o tal lado negro da politicagem mais ordinária almeja, por conta disto, “garrotilhar” o Capitão, em troca de cargo e de dinheiro público.

Fora isso tudo, vez por outra surge um ataque mais elaborado, com a participação covarde dos deformadores de opinião da vermelhada mais solerte, tais como: i) a vil campanha para criminalizar Flávio, o filho do Presidente; ii) a estúpida pretensão de intrigar Bolsonaro com seus companheiros de caserna; iii) o mal sucedido arremedo de levante da classe estudantil, ingênua e inexperiente, visando a continuar dominando a educação para formar militantes de esquerda e agora essa tola, atabalhoada e criminosa investida para arranhar a imagem do herói nacional Sérgio Moro.

A bandidagem tem um único objetivo: impedir Bolsonaro de governar e ponto final, nem que para tanto seja preciso destruir o Brasil. Somente não vê quem não quer ou aqueles que bem enxergam tudo, mas que por puro despeito, inveja, e rancor vão morrer secos se o Capitão levar seu projeto adiante.

Agora estão mirando na reforma da previdência. Com a solerte participação do ressentido imbecil Rodrigo Maia, visam a canibalizar a proposta do Professor Paulo Guedes a tal ponto que não se consiga fazer a propagada economia de trilhões para os cofres públicos que, em se aperfeiçoando, temem que seja o grande motivo para reeleger o Capitão daqui a quatro anos. Essa gente nem esconde mais seus torpes propósitos. Um vagabundo sindicalista que virou Deputado Federal – o ladrão paulista e réu na Lava jato que responde pela alcunha de Paulinho da Força – disse que seria melhor destruir o Brasil do que permitir Bolsonaro se reeleger.

Como venho sustentando nesta corajosa tribuna, temos que voltar para as ruas tantas vezes quanto se fizer necessário. Com a última manifestação a turma do mal tremeu nas bases, porém não foi o suficiente. Aquela corja tem o mesmo hábito dos morcegos vampiros viciados em sangue ou o do drogado em cocaína. Não pode viver sem roubar e roubar dos cofres públicos, direta ou indiretamente, nem que seja por estar abrigada em algum carguinho na máquina estatal. Se não for assim morrem, mas trabalhar honestamente jamais.

Estou consciente de que
se algo não for feito
de muito drástico,
a guerra civil eclodirá

Avaliem a situação surreal criada pelos contras. Quando o novo governo assumiu em janeiro deste ano, sua fantástica equipe já tinha tudo pronto, minudentemente estudado e preparado para revolucionar o País e promover o maior choque de progresso que este País jamais experimentou o qual, se não acabasse de vez com a pobreza no mínimo minoraria a inaceitável situação dos nossos desvalidos. Estava (e ainda está) tudo pronto para que fosse internado um incrível investimento estrangeiro que, por si só, reverteria a curva da miséria em que fomos jogados.

Até aqui, esta Câmara nociva não deixou nada acontecer e se mobilizou para arrasar o sonhado projeto contra a corrupção e o crime organizado. O Senado pôs-se de tocaia e, se as propostas do executivo por lá passarem, vão mutilar todas elas ao seu inteiro alvedrio. O Supremo escalou um grupo de “Mandarins Solta Bandidos” para cada um, de quando em vez, “judicializar” tudo que o Capitão decreta e de quebra aumentar seus odiosos gastos astronômicos, que o Brasil não quer mais pagar. Está um desespero! Não dá mais para aguentar! Estou consciente de que se algo não for feito de muito drástico a guerra civil eclodirá, porque os quase 60 milhões que elegeram o Capitão – e que hoje com toda certeza são muito mais – não suportarão a tragédia de lhe roubarem a derradeira esperança. A reivindicação absoluta daqueles que não aguentam mais esperar vai para as ruas no próximo dia 30 deste mês e a pauta é única como, por exemplo, clama um jornalista investigativo e ativista do Paraná no seguinte vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=uOkKZ8IGPvM, para o qual peço a atenção do meu caro leitor.

As enganosas e perversas objeções dos patifes de sempre da extrema imprensa, bem como a dos intelectuais da impostura e dos chupins do suor de nossa gente, sustentam que as proposições urgentes para tirar o País do atoleiro e colocar comida na mesa dos que mais precisam, devem esperar porque o legislativo, com suas casas do povo é que deve ser o senhor e arbitro da terrível necessidade da legião de indigentes que a esquerda criou no Brasil. Os espertalhões estão errados. Quem tem que decidir é o povo de quem o poder emana, pois quem tem fome tem pressa. Tem a última palavra quem está à mercê dos criminosos sanguinários protegidos pelo PT, pelo PSOL e pelo PCdoB, e que vê os seus morrerem todo dia assassinado nas favelas e nos guetos do Brasil, enquanto as Hoffmann, os Pimentas, os Freixos, os Molons e as Fegalis vivem à tripa-forra em Brasília. Quem deve decidir é quem pena e é humilhado nas filas dos SUS ou nas portas dos hospitais que o político do PT/PMDB saqueou, porque tem o direito de ao menos ser atendido imediatamente e com um pouco de dignidade.

Os calhordas de Brasília, encrostados no legislativo, no judiciário e os que ainda estão escondidos no executivo, justo aqueles que o destemido Senador Cajuru (terror de Gilmar Mendes), diz que são nossos empregados, empregados do povo que dizem representar, mas que, em verdade, apenas o desonram e dele desfrutam. Se representassem mesmo, se não o tivessem traindo ou se pelo menos tivessem um pingo de vergonha na cara, já teriam aprovado não somente o projeto da nova previdência, mas todos os demais que estão enfileirados esperando que os maus saiam da frente e não estorvem mais. O mais doído é que se de um lado assim procedem de outro, acolitados pela da imprensa profissional, alardeiam que o Capitão não sabe negociar com eles; que não tem projeto político para o Brasil e que, no íntimo pretende destruir a democracia.

“Pera aí!”. É uma estultice, uma imbecilidade negociar com bandido. Não leva a nada insistir com malfeitor. Isto, como diria um velho radialista, “é igual a relógio que atrasa, não adianta”. Não dá em nada continuar pensando que, depois de 30 anos de muita desilusão, as quadrilhas de Sarney a Temer agora vão se modificar. O Capitão engoliu o “dilmista” Levy no BNDES e o cara sentou em cima da caixa preta da corrupção naquele banco, justo aquela que o povão quer ver devassada a qualquer custo. Relevem o lugar comum, mas o único acordo que se faz com um tigre faminto é se deixar comer por ele. Libertem Lula, Zé Dirceu, Cunha ou concedam um pouquinho de espaço a FHC, a Dilma, a Ciro, a Boulos, a Haddad e a outros que tais e saberão do que estou falando.

O incrível Movimento Popular Revolucionário de 2018 (MRP 2018) que nos trouxe até aqui optou por consertar o Brasil e salvá-lo do precipício guardando as regras constitucionais vigentes. A vermelhada mal-intencionada entendeu esse elevado propósito dos patriotas como um sinal de tolerância e de fraqueza. Estão tão excitados que tentam todo santo dia emparedar o executivo e destruir a Lava Jato. Vamos dizer nas ruas que estamos dispostos a combater pelos ideais da Nação que amamos, sem medo da guerra, porque queremos a paz. É mais do que conhecido o velho provérbio latino atribuído ao romano do quarto ou quinto século Flávio Vegécio: “Si vis pacem, para bellum” – se quer paz, prepare-se para a guerra.

Jose Mauricio de Barcellos ex Consultor Jurídico da CPRM-MME é advogado. Email: bppconsultores@uol.com.br).

EM BELÁGUA, CRIANÇA DE 2 MESES É RAPTADA DE DENTRO DA CASA DOS PAIS

Destacado

Os primeiros levantamentos apontam que na cidade de Belágua, município distante 280 km da capital, São Luís, um bebê de apenas dois meses de vida foi raptado de dentro da casa dos pais.
A residência fica na rua da alegria. Os pais foram a delegacia da cidade vizinha, Urbano Santos, para registrar um B.O. (boletim de Ocorrência). Diante do fato, populares, autoridades policiais, pais, parentes e amigos estão a procura da pequena criança.
Até o presente momento ainda não há informações de quem teria raptado a criança e nem o destino do(s) envolvido(s).

O nome dos pais e nem da criança foram revelados.
O fato teria acontecido na noite desta quinta-feira(20)

SANTA RITA: BANCO DO NORDESTE REALIZA LIBERAÇÃO DE MAIS 100 CONTRATOS

Destacado

Existe uma parceria entre a prefeitura municipal de Santa Rita, através da secretaria municipal de Emprego e Renda e o banco do nordeste, parceria essa que já rendeu investimentos de mais de R$ 12.500.000,00 (doze milhões e quinhentos mil reais) com micro empreendedores e produtores rurais, a fim de incentivar no negócio e na economia local.

Hoje (21), o representante do Banco do Nordeste, Jonas França, esteve na secretaria municipal de emprego e renda, realizando a liberação de mais 100 contratos.

“Essa parceria já nos mostra resultados positivos, quando diz respeito ao incentivo direto no produtor e micro empreendedor, uma vez que a liberação do crédito ajuda também no crescimento da economia local. Agradeço em nome de toda nossa equipe da secretaria de emprego e renda ao prefeito Hilton Gonçalo que sempre apoia nossos projetos de forma incansável. Também agradecemos ao Jonas França, que sempre atende muito bem os nossos munícipes, buscando resolver da melhor forma possível as demandas dos mesmos”, Destacou o secretário Erickson Pinheiro. FonteAlex Barros

Nove adolescentes são recapturados após fuga da unidade da FUNAC em Imperatriz

Destacado

Nove adolescentes foram recapturados após fugirem nesta quinta-feira (21) do Centro Socioeducativo de Internação Provisória Semear, no bairro Três Poderes em Imperatriz, na região sul do Maranhão. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (21) pela Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).
Oito adolescentes foram recuperados após serem procurados com a ajuda de um helicóptero da Polícia Militar e outro interno se apresentou a sede da Polícia Civil em Imperatriz. Equipes da PM continuam as buscas na região a procura dos dez internos que fugiram.
Para conseguir sair da unidade, os adolescentes imobilizaram com pedaços de ferro os monitores. Após a fuga, alguns internos roubaram um carro e uma moto que foram abandonados logo em seguida no bairro Parque Alvorada, em Imperatriz. De acordo com a Funac, durante a fuga não houve servidores ou adolescentes feridos.
Pelo menos quatro fugas já foram registradas na Funac do bairro Ouro Verde, em Imperatriz e por conta de um motim registrado há duas semanas na unidade, alguns adolescentes foram transferidos para o Centro Socioeducativo Semear, que não é usado para cumprimento de medidas socioeducativas.

Após ser abandonada, idosa de 81 anos é achada sozinha e doente em Vargem Grande

Destacado

Francisca das Chagas Oliveira teria sido abandonada pela própria família. Ela está na ala vermelha do hospital Socorrão II, em São Luís, e corre o risco de morrer.


Idosa de 81 anos é encontrada doente e abandonada em Vargem Grande

Idosa de 81 anos é encontrada doente e abandonada em Vargem Grande

Uma senhora de 81 anos identificada como Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada por vizinhos com feridas na pele e muito doente na cidade de Vargem Grande, a 120 km de São Luís.

Segundo os órgãos de Justiça que atuam na defesa dos idosos, há quatro meses ela foi deixada por uma filha na casa de uma sobrinha, que abandonou a idosa. As duas estão sendo procuradas e podem responder por abandono de incapaz, maus-tratos e tortura.

Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada com feridas na pele e doente na cidade de Vargem Grande, no Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante

Francisca das Chagas Oliveira foi encontrada com feridas na pele e doente na cidade de Vargem Grande, no Maranhão — Foto: Reprodução/TV Mirante

Segundo a coordenadora do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência da Defensoria Pública do Maranhão, Isabel Lopizic, a idosa está em estado grave na ala vermelha do hospital Socorrão II, em São Luís, e corre o risco de morrer.

“Há risco de morte porque ela chegou bastante debilitada e com úlceras de pressão acentuada, fétida e com formigas”

Denúncias

As denúncias de violência contra idosos podem ser feitas à rede de proteção formada pela Delegacia do Idoso, Ministério Público Estadual, órgãos independentes e na Defensoria Pública do Estado, onde um centro de proteção do idoso dá orientação gratuita, além de oferecer visitas.

Na Promotoria do Idoso, três mil denúncias de maus-tratos contra idosos já foram recebidos entre 2018 e 2019 em São Luís. Fora as denúncias, 200 idosos já foram resgatados e levados para instituições de longa permanência. A maioria era vítima da violência familiar.

“90% das violências acontece dentro de casa, praticadas por filhos, por netos ou por pessoas que estão em volta, como vizinhos”, declarou o promotor Augusto Cutrim. Fonte G1

Jovem comete suicídio no Bairro Areal, em Chapadinha.

Destacado

Por: Blog do Foguinho, 20 de junho de 2019.
De acordo com informações um jovem identificado por Mauro Portela (filho do Chico Bomba) cometeu um suicídio em sua própria casa no Bairro Areal, próximo ao Conjunto Nota 10.
O corpo de Mauro foi encontrado pelos familiares por volta das 19:30h desta quinta-feira, 20.
Segundo informações ele usou um corda para cometer o suicídio.

IFMA anuncia abertura de novo processo seletivo

Destacado

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma) campi Bacabal, anuncia a abertura de novo processo seletivo para a contratação temporária de dois profissionais Tradutores e Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais – Libras.

Os profissionais de nível superior selecionados deverão ministrar os cursos no campus Bacabal com carga horária de 40h semanais.

Inscrições

As inscrições para o processo seletivo devem ser feitas no período de 24 de junho de 2019 e 22 de julho de 2019, por meio do site bacabal.ifma.edu.br, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 80,00.Para mais informações clique no extrato de edital de abertura 

Bolsonaro: abro mão da reeleição se Brasil passar por reforma política

Destacado

Presidente participou da Marcha para Jesus em São Paulo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse na tarde de hoje (20), após participar da 27ª edição da Marcha Para Jesus, na capital paulista, que abriria mão da reeleição se o Brasil passar por uma séria reforma política. “Agora, se não tiver uma boa reforma política e o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos”.
Durante seu discurso, Bolsonaro disse que o estado é laico, mas o presidente é cristão. “Vocês [evangélicos] foram decisivos para mudar o destino dessa pátria maravilhosa chamada Brasil. Todos nós compartilhamos dessa responsabilidade, onde primeiro Deus, depois a família respeitada e tradicional acima de tudo”.
Aos evangélicos, Bolsonaro disse que todos sabem que o Brasil tem problemas sérios de ética, moral e economia, mas entende ser possível reverter essa condição.
“Podemos ser o ponto de inflexão mas entendemos que é possível fazer com que um dia o Brasil seja colocado no local de destaque que merece”. Entrevista a jornalistas
Bolsonaro disse à imprensa que pegou o Brasil arrebentado economicamente e que o governo está trabalhando para reverter a situação. 
“Não há ato de corrupção no meu governo. Quem cria emprego não é presidente, é a iniciativa privada. Nós queremos que, uma vez que os empreendedores tenham confiança em nós, eles invistam”, disse o presidente.
Bolsonaro tornou a minimizar o caso de vazamentos de supostas conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, e disse que Moro é um patrimônio nacional, responsável por um excelente trabalho após o que chamou de saque no Brasil, resultado da corrupção. “O juiz conversa com ambas as partes. Se é que é verdade aquilo, não vejo nada demais. Eu jamais vou inquiri-lo”. 
Quando questionado sobre declarações do ex-ministro general Calos Alberto Santos Cruz de que há muita bobagem no governo, Bolsonaro disse que o general é página virada. “Ele integrou o governo por seis meses e nunca disse que tinha bobagem lá dentro.”
O presidente ressaltou ainda que sobrevoou a cidade de Miracatu, no Vale do Ribeira, e verificou a existência de montanhas de grafeno (substância extraída de camadas superficiais de grafite e que, pelas suas propriedades físicas tem diversas aplicações tecnonológicas), matéria-prima que o mundo inteiro quer. “Falta uma tecnologia um pouco mais apurada para que se tire o grafeno de lá”.Marcha para Jesus
A Marcha para Jesus é aberta à população e tem como objetivo reunir igrejas cristãs do país e do mundo. O encontro começou com uma caminhada que saiu do estação Metrô Luz, na região central da capital paulista, às 10h, e seguiu em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, próximo ao Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. 
Participaram do percurso de 3,5 quilômetros, 10 trios elétricos acompanhados por mais de 3 mil caravanas de várias partes do país. O evento recebeu dezenas de bandas, cantores e cantoras do segmento gospel.
Agência Brasil

Hoje na História: Brasil conquista o tricampeonato mundial de futebol no México

Destacado

No dia 21 de junho de 1970, a seleção brasileira de futebol conquistou, no México, o seu terceiro título mundial de futebol. A equipe também entrou para a história como uma das melhores de todos os tempos. O time verde-amarelo ganhou todas as três partidas da primeira fase: Tchecoslováquia (4-1), Inglaterra (1-0) e Romênia (3-2). Depois, venceu o Peru (4-2), o Uruguai (3-1) e a disputa na final contra a Itália, quando goleou o rival por 4 a 1. A Copa do Mundo no México também entrou para a história como a primeira a ser transmitida a cores e via satélite para todo o mundo. Curiosamente, pouco antes do Mundial, o então treinador do Brasil, João Saldanha, não havia convocado Pelé por conta de uma lesão e também porque o Rei do Futebol tinha miopia. Contudo, Saldanha foi demitido antes da Copa do Mundo e o seu sucessor, Zagallo, tratou de chamar Pelé para disputar o campeonato no México.

A sociedade em alerta permanente

Destacado

Percival Puggina,

Não passa um dia sem que editoriais, artigos e comentários em rádio e TV, se disponham a lecionar o público sobre o caráter negocial da democracia e sobre a impropriedade das mobilizações populares. Neste domingo (16/06), o Estadão volta ao assunto: “O alarido não é bom conselheiro. Decisões de Estado tomadas ao sabor da gritaria das redes sociais, como se tem tornado perigosamente comum, carecem dos elementos básicos de uma política madura”. E por aí vai o texto lastimando a circulação de informações por esses canais, o passeio das versões e das versões de versões, tudo em tempo real, impossibilitando a necessária reflexão.

Se o leitor destas linhas é, também, leitor de alguns dos mais destacados meios de comunicação do país, deve ter visto muito disso por aí. São afirmações que refletem saudosismo dos velhos tempos em que uns poucos iluminados opinavam e influenciavam a opinião pública. Esse tempo, felizmente, passou.

O ganho proporcionado pelo surgimento das redes sociais é imenso! A hegemonia esquerdista fora, até então, produto acabado, finalizado e desastrado desse monopólio. As redes sociais, apesar de sua natureza babélica e caótica, mudaram o país, desfizeram mitos, denunciaram mentiras e seus autores, protegeram a Lava Jato, impulsionaram o impeachment e trouxeram ao debate ideias relegadas às catacumbas. Libertaram os ideários conservador e liberal das desqualificações que os mantinham no anonimato das prateleiras inacessíveis.

Numa sociedade conduzida durante décadas, como manada, por políticos, economistas, professores, sindicalistas, autores, artistas e atores, de esquerda, descolados, moderninhos e revolucionários, de onde vinha “a voz do povo”? Vinha das massas de manobra. Portava bandeiras vermelhas e era mobilizada a favores de Estado, ônibus de sindicato e sanduíches de mortadela. Durante esses longos anos, dezenas de milhões de brasileiros viveram uma cidadania aleijada, hipossuficiente, sem direito a vaga no parking das opiniões, apartados que eram pela pretensa “superioridade moral” da esquerda. Deu no que se viu e nunca foi diferente.

Seria essa a “política madura”? Se o alarido não é bom conselheiro, presume-se que quem pensa diferente deva se sujeitar a um silêncio obsequioso. Espera-se que a nação creia que tudo andará bem se todos fecharem os olhos, deixarem as instituições “cumprirem seu papel” e a formação das opiniões retornar às antigas vozes?

Não! Impressiona que tantos profissionais da comunicação não percebam o imenso desalento dos brasileiros em relação às instituições do país! É por causa delas que tantos vão às ruas. Cobrar dos cidadãos que entrem em recesso para que a paz volte a reinar é propor um contrato entre ovelhas e lobos. É voltar à cidadania quadrienal, exercida apenas no dia da eleição. E é restaurar o ancien régime da corrupção. Foram as redes sociais e as mobilizações pacíficas dos cidadãos que influenciaram de modo decisivo todas as transformações positivas pelas quais o país passou desde 2014.

Querem ajudar realmente o Brasil? Querem tornar desnecessárias as mobilizações sociais? Ótimo! Ajudem a mudar as instituições. Exerçam nesse sentido o poder que ainda têm. As instituições que temos estimulam condutas irresponsáveis, exigem sociedade em estado de alerta porque fabricam crises com assiduidade e desenvoltura que, mesmo aos 74 anos, não cessam de me estarrecer.

Prefeito se envolve em acidente na MA-101

Destacado

Um casal ficou ferido ao se envolver num acidente entre a moto que ocupava e um carro, na tarde desta quinta feira (20), na Rodovia MA-101. A colisão entre a motocicleta  e o carro Hilux aconteceu por volta das 16h, em uma curva, na rodovia. O carro envolvido na batida era conduzido pelo prefeito de Luis Domingues, Gilberto Braga, que sofreu escoriações leves. Mas o homem e a mulher que estavam na motocicleta sofreram ferimentos graves, o casal fraturou o joelho e ambos foram socorridos por  equipes da Saúde do Município de Luis Domingues em duas ambulâncias  e levados ao Hospital Regional de Carutapera. O carro seguia para o município de Luis Domingues e a moto trafegava no sentido contrário. Com o impacto, a moto ficou destruída.

Em contato com o Blog do Neto Weba o prefeito Gilberto Braga disse que está prestando todo suporte aos envolvidos e que o casal após ser levado para o HRC foi transferido para São Luis em duas ambulâncias .
O prefeito disse ainda que esta acompanhando todo processo e que dará todo o apoio necessário.

TCE-MA publica relação de prefeitos e presidentes de câmara inadimplentes

Destacado

TCE-MA publica relação de prefeitos e presidentes de câmara inadimplentes
Da esquerda para direita Astro de Ogum,Germano Barros e Padre Domingos

Gestores não apresentaram à corte a prestação ou tomada de contas anual referente ao exercício financeiro de 2018

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão publicou em seu Diário Eletrônico, nessa quarta-feira 19, a relação dos prefeitos e presidentes de câmara de vereadores declarados inadimplentes pela corte.

Segundo o documento, divulgado pelo blog do Werbeth Saraiva, os gestores não apresentaram a prestação ou tomada de contas anual referente ao exercício financeiro de 2018.

Com a publicação, o próprio TCE-MA deverá agora instaurar tomada de contas sobre as gestões. Apenas caso comprovem a regularizam, eles terão os nomes excluídos da lista, sem prejuízo das sanções legais, mediante ato do presidente do tribunal, conselheiro Nonato Lago.

Foram declarados inadimplentes:

Prefeitos
Fernando Teixeira (MDB) – Cidelândia
Padre Domingos (PSB) – Matões do Norte
George Luiz (PRB) – Primeira Cruz
Ronilson Silva (PRB) – Primeira Cruz

Presidentes de câmara
Amarildo Paixão (PSD) – Bequimão
Eden Rodrigues (PROS) – Campestre do Maranhão
Jonhy Braga (PSDB) – Luís Domingues
Dico de Dedeco (PDT) – Palmeirândia
Astro de Ogum (PL) – São Luís
Germano Barros (PSD) – Vargem Grande
Cyreno Rezende (PTN) – Vitorino Freire
Edilson Romão (PR) – Zé Doca

A relação foi encaminhada à Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), Procuradoria-Geral da República (PGR), Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Governo do Maranhão, para as providências que entenderem necessárias.

Membros de facção criminosa são presos com drogas e armas na Vila Conceição, em São Luís

Destacado

Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) prenderam em flagrante, na tarde de quarta-feira (19), Alexsandro Falcão Olímpio, conhecido como “Sabão”, e Rafael Santos Soeiro, conhecido como “Toni Kross”, na Vila Conceição, em São Luís.
Com eles, foram apreendidos vários invólucros de maconha, uma porção de cocaína, balança de precisão, papel filme, anotações de contabilidade do tráfico, além de outros apetrechos utilizados no tráfico de drogas, além de um revólver calibre 38, com quatro munições intactas. 
Os presos são integrantes de uma organização criminosa, com atuação na região metropolitana de São Luís. Os policiais cumpriram mandado de recaptura, expedido pela 1ª Vara de Execuções Penais, contra “Sabão”, que fugiu do sistema prisional em 2017.
A polícia ressalta que a dupla está envolvida em roubos a estabelecimentos comerciais, instituições financeiras, homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo, em São Luís.

Após autuação em flagrante na Seic, eles foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição da Justiça.
A operação foi realizada pelo Departamento Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF) e Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO)

Motorista de Brejo passa mal e morre ao descer de van no bairro Zé Gomes

Destacado

Márcio de Carvalho Rosa, 33 anos, morreu no final da tarde desta quarta-feira, 19, vítima de um ataque cardíaco, no município de Brejo, distante 70 km de Chapadinha. 

O homem, que era bastante conhecido, trabalhava até pouco tempo na empresa Bandeira Verde Construções, exercendo a função de motorista. 
Márcio estava retornando de Chapadinha numa van, quando pouco antes de chegar ao ponto de descida passou mal, já sendo retirado do veículo desacordado.   
Ele foi levado as pressas para o hospital do município, mas já chegou a unidade sem vida. 
Deixamos nossos sentimentos de luto a família e amigos. 

Hoje na História: Neda Agha-Soltan: uma das mortes com mais testemunhas da história

Destacado

No dia 20 de junho de 2009, durante as eleições no Irã, a morte da jovem Neda Agha-Soltan, de 27 anos, foi gravada em um vídeo, se difundiu de forma viral na internet e se transformou, provavelmente, em uma das mortes com mais testemunhas da história da humanidade. Por conta disso, ela também acabou virando um símbolo para os oposicionistas ao regime vigente no Irã. Em 2009, os protestos por conta das eleições no Irã tiveram início no dia 13 de junho, quando milhares de manifestantes em todo o mundo contestaram a vitória do presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad e marcharam em favor dos candidatos de oposição, Mir-Hossein Mousavi e Mehdi Karroubi. A estudante de música, Agha-Soltan, não era uma ativista política, mas se sentiu atraída pelo movimento de contestação. No dia 20 de junho, ela estava presa no trânsito por causa das manifestações e, como era um dia quente, decidiu sair do carro para acompanhar, de certa distância, o que estava acontecendo na rua. Enquanto ela olhava, foi alvejada por um atirador membro da milícia Basij. Um anônimo gravou um vídeo momentos após Agha-Soltan ser atingida. O vídeo se espalhou na internet e logo chamou a atenção da imprensa internacional. Pouco depois, sua morte foi anunciada em um hospital em Teerã e Agha-Soltan foi enterrada no cemitério Behesht-e Zahra, no sul da cidade. Agha-Soltan e sua trágica morte se transformaram em um dos ícones de luta dos manifestantes iranianos.

“É um covarde que não tem coragem de ficar na minha frente”, diz Jefferson Portela em resposta às ameaças de Aluísio Mendes

Destacado

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, reagiu com indignação às declarações do deputado federal Aluísio Mendes, que o chamou de bufão e desequilibrado. Portela acusa o deputado de dar apoio a bandidos e de estar por trás da campanha contra o Sistema de Segurança do Estado.
Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, Aluísio Mendes prometeu prender Portela, caso o secretário falte com o respeito na Comissão de Segurança. “Ele é bufão e desequilibrado. Atacar as pessoas não vai resolver o problema. Ele que venha preparado. Se faltar com o respeito será decretada sua prisão. Eu pessoalmente a farei”, disse Aluísio.
Jefferson Portela e os delegados Thiago Bardal e Ney Anderson Gaspar serão ouvidos na Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados para falar de denúncias de espionagem de políticos, magistrados e autoridades.

Aluísio Mendes, autor da convocação, pretendia levar apenas os dois policiais que acusam o secretário, mas os deputados federais da base aliada incluíram no requerimento o secretário de segurança para apresentar a versão do responsável pelas prisões.
Segundo Portela, “ele (Aluísio) aparece abraçando criminosos e dando total crédito a esta história de interceptações. Será que ele é um analfabeto na condição de policial? Ele sabe que a interceptação só é implantada com a ordem de um juiz. A operadora não implanta com ofício de oficial. Se ele fala de interceptação ilegal ele deve saber algo sobre isso. Na nossa gestão, somente dentro da lei”
Para o secretário, toda a celeuma sobre supostos grampos a autoridades “é uma articulação do crime organizado, tanto para defesa processual quanto para intimidar o sistema de segurança. Só que entraram errado. Bandido não me intimida. E não tem quilate de bandido capaz de me intimidar. Nem pequeno, nem médio, nem grande. Pode ser cueca ou de gravata. Do jeito que vier vamos combater o crime. Ou o cidadão cometeu crime ou não cometeu. Se cometeu ele pode ter o nome que tiver, o dinheiro que tiver, o cargo que tiver mas ele vai responder perante a lei”

Jefferson Portela cobrou explicações de Aluísio sobre o processo na Polícia Federal em que é acusado de vazamento de informação para beneficiar investigado.
“Ele [Aluísio] deveria se explicar. Porque ele caiu em uma interceptação e a Polícia Federal pediu a prisão dele quando ele ligou para um investigado no Maranhão comunicando a operação e a pessoa estava interceptada. Por isso, à época, a PF pediu a prisão dele. Ele também deve explicar sobre a péssima gestão dele com o estabelecimento das facções na capital. De 2009 a 2014 o índice de homicídios no Maranhão aumentou 308%. Já diminuímos em 63%”, disse Portela.
Portela acrescenta que o ex-secretário não tem coragem de ficar à sua frente. “Este Aluísio, um covarde que não tem coragem de ficar na minha frente. Ele devia ter vergonha de como ex-secretário de segurança dizer que um bandido com prisões estaduais e federais decretadas está sendo perseguido. O papel dele seria elogiar a polícia do Maranhão”
E para concluir a entrevista concedida aos jornalistas Jorge Vieira e Clodoaldo Corrêa, ontem no hall de acesso ao plenário da Assembleia, voltou a desafiar o deputado federal.
“Eu espero que ele tenha coragem de escutar tudo que eu tenho para dizer olho no olho pra ele. Ele já fugiu covardemente aqui na Mirante. Ligou em uma sexta-feira, marcou o debate para segunda e combinou de chegar uma hora antes. Duas horas antes ele fugiu e desapareceu”.
Com informações do Blog do Jorge Vieira

Agricultura e Transportes na pauta nacional

Destacado

Duas comissões importantes da Câmara dos Deputados estão pontuando questões emblemáticas para a vida nacional. Presidida pelo deputado Fausto Pinato (PP-SP) a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural começou com reuniões extremamente positivas para o debate que vai pautar o setor nos próximos meses. A balança comercial brasileira e o PIB respiram o agronegócio e suas conquistas para o Brasil no mercado externo. Pinato garimpou algumas questões que estão colocadas na mesa para desenvolverem daqui para frente juntamente com os demais membros dessa representativa comissão parlamentar. O setor agrícola está cada vez mais deslanchando mundo afora com significados números econômicos que demonstram a potencialidade nacional. A pecuária segue o mesmo caminho. O comércio lá fora é consumidor voraz do nosso produto master. O frango e o suíno também são de valores muito positivos. Mesmo enfrentando uma carga tributária desfavorável , o setor empenha-se cada vez mais na busca de bons resultados . Essa Comissão está ai para captar necessidades do segmento e contribuir com decisões importantes salvaguardando sempre o melhor para todos. Junto está a Comissão de Viação e Transporte presidida pelo deputado Eli Corrêa Filho (DEM-SP) que compõe um núcleo que discute a questão da viabilidade econômica no transporte em geral. Na pauta da Comissão estão diversos assuntos para melhorar e dinamizar o setor no Brasil, tão castigado por uma malha rodoviária ruim e sempre discutida sua viabilidade funcional. Ora, se duas expressivas comissões trabalham próximas para o crescimento do Brasil , qual será o papel governamental? Será colocar na pauta nacional os problemas que circundam os setores da agricultura e do transporte. Criar políticas que façam com que o empresário que atua nesses setores não perca o animo em produzir. O Brasil é uma nação muito rica no campo e gera dividendos enormes no transporte de seus produtos. Comissões como essas e presididas por dois parlamentares jovens e preocupados com os argumentos diários que caem em suas mãos em forma de papel, possam sim encaminhar ao Brasil significantes decisões em prol de um franco  desenvolvimento. Que o governo sempre os ouçam.

João Carlos da Silva é articulista e consultor.

Michelle Bolsonaro anuncia que Caixa contratará 2 mil pessoas com deficiência

Destacado

Durante evento nesta quarta-feira (19) em São Paulo, a primeira-dama Michelle Bolsonaro anunciou que a Caixa Econômica Federal irá contratar 2 mil pessoas com deficiência através de concurso público.

Grande defensora de pautas humanitárias e, em especial, de pessoas com deficiência, Michelle foi amplamente aplaudida durante a cerimônia de assinatura de termo de compromisso entre a Caixa e o Comitê Paralímpico Brasileiro. Na ocasião, estava presente seu marido, o presidente Jair Bolsonaro, como também outras autoridades como João Doria e Bruno Covas.

Bolsonaro aproveitou a ocasião também para homenagear o trabalho de sua esposa:

“Ninguém faz nada sozinho. Agradeço à minha esposa, que ninguém nega que é uma pessoa de muito bom gosto, e que tudo que faz, faz com determinação e com muito amor. Ela se dedica, grande parte ao meu lado, à comunidade de surdos. Meu muito obrigado, Michelle”, disse.

Em fala destinada aos deficientes, Bolsonaro declarou:

“Servir à pátria é algo que vem do fundo do peito de todos nós. É motivo de satisfação em servir a pessoas especial como vocês, isso não tem preço. Juntos, nós colaboraremos no que for possível pra atender vocês. Vocês são mais que especiais, são nossos irmãos”.

Para a oposição que acusava Bolsonaro de que, se eleito, não trabalharia à favor da população com necessidades especiais, cai por terra mais uma vez essa falsa afirmativa tão disseminada pelos detratores do novo governo eleito. Fonte Jornal Hoje.

A mulher de César

Destacado

O importante não é o que a mulher de César é mas o que parece ser. Máxima da política imperial na Roma de Júlio César, é uma diretriz da política profissional em todos os lugares e em todos os tempos, marcados neste intervalo entre o império romano e os tempos bicudos de hoje.

A política profissional é uma arte que se baseia em princípios universais, como a pintura, a escultura ou a escritura. É uma representação da realidade  por um prisma que permite a combinação e a recombinação da luz em várias cores aparentes. Do vermelho ao verde e ao amarelo, passando pelo azul, tudo é possível na interpretação da arte política.

Essas ligeiras alterações na direção e na velocidade da luz permitem transformar heróis em vilões e vilões em heróis; realçar ou anular perspectivas, personagens e detalhes. O importante é que a obra acabada tenha sentido, no sentido de mensagem política.

Parece complicado, mas não é. Por exemplo: a Odebrecht, uma das maiores empreiteiras do mundo em todos os tempos, se dominasse a arte da política teria invertido a ótica do prisma que corrompeu a luz e a tornou reflexo da criminalidade nacional. Nada mais fez do que fornecer pincéis e tintas aos artistas da política e cobrar o preço que considerou justo pela venda dos seus serviços de “patronage”. Patrão de todos porque dona do dinheiro.

Na Índia, com quase dois bilhões de habitantes, dois empresários controlam todo o estoque de pincéis, paletas e tintas dos artistas da política nacional. No Brasil. México e Argentina, a confraria de patrões, no conjunto, não ultrapassa duas dúzias. Os agentes são muitos: milhares; mas os patrões são poucos.

O importante não é o que a mulher de César é mas o que parece ser. Entre os dias da Ágora ateniense, do Fórum romano e das redes sociais do século XXI nada mudou. Tudo permanece igual. Nada de novo sob o sol , já rezava o Velho Testamento. O importante é o convencimento da opinião pública pela opinião publicada. E sempre será assim: vilões podem ser transformados em heróis e heróis em vilões. O importante, mais ainda, é a combinação do meio com a mensagem. É tornar inteligível o que se quer colocar como verdade, mesmo que não seja verdade. Até porque o que é verdade para alguns para outros não é: alguns sofrem de miopia, outros são daltônicos e outros, simplesmente cegos. Lula não viu sangue na facada do Adélio em Bolsonaro. Bolsonaro não viu fantasmas e muito menos laranjas entre os seus discípulos. A Marielle é uma placa de rua. O Queiroz não passa de uma ilusão de ótica. Os bilhões em tintas, pincéis, quadros e moldura fornecidas pela Odebrecht aos artistas da política brasileira é uma invenção, sem provas e sem rastros. Culpado mesmo é o Moro, Quem manda ter um nome que se confunde com Mouro, esse arquétipo do demônio da cristandade. Com esse nome só pode ser culpado. É claro que é culpado. Por isso foi interceptado na hora certa: a hora da verdade.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.

Filho de deputada Flordelis confessa que matou pai a mando do irmão

Destacado

Um dos filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) presos na segunda-feira (17) confessou à Polícia Civil ter matado o pai adotivo a mando do irmão mais velho, que é filho biológico da pastora. Dois filhos foram detidos ontem por outras acusações e foram ouvidos por suspeita de participação na morte do pastor Anderson do Carmo.
Segundo informações da Record TV Rio, a motivação do crime seria vingança porque Anderson Carmo estaria tendo um caso com outra mulher.
O filho biológico do casal, de 38 anos, que foi preso por um mandado de violência doméstica, está na DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo) e não confirmou a confissão do irmão mais novo.
As investigações apontam que o jovem de 18 anos comprou uma arma de traficantes do morro da Cocada, mas não pagou. O rapaz já teve passagens por instituições de internação quando menor.
Ainda de acordo com a Record TV Rio, o jovem é usuário de drogas e teve brigas recentes com seus pais adotivos.
Ele foi detido na casa da família pela suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas do morro da Cocada, comunidade próxima à Pendotiba.
Embora dois de seus filhos tenham sido presos e a principal hipótese para o crime tenha sido de execução, Flordelis não acredita que algum de seus 55 filhos – quatro biológicos e 51 adotivos – tenha sido o responsável pela morte de Anderson.
“Isso não é verdade, isso é especulação. Eu não vou permitir que ninguém acuse um dos meus filhos sem ter provas”, disse a deputada federal durante o enterro de seu marido.

Integrante de facção é morto em frente ao Terminal da Cohab; crime foi articulado no Whatsapp por grupo rival

Destacado

Danilo Costa França, filho de um policial, morreu no local. O assassino, Adão Carvalho Mendes Filho, foi preso em flagrante.

O jovem identificado como Danilo Costa França, de 23 anos, foi assassinado a tiros em frente ao Terminal de Integração da Cohab, na manhã desta terça-feira (18). Segundo informações da polícia, ele era integrante de uma facção criminosa.
O crime foi praticado por Adão Carvalho Mendes Filho, conhecido como “Adãozinho da Isabel Cafeteira”. Ele foi preso em flagrante em seguida.
Segundo testemunhas, o assassino chegou disparando vários tiros contra Danilo Costa, que morreu no local, antes de receber qualquer tipo de socorro. Uma equipe Samu foi ao local, mas apenas confirmou a morte da vítima.  

Segundo informações policiais, o crime foi motivado por um acerto de contas entre facções rivais. 
Adão Carvalho foi conduzido à delegacia e, após autuação em flagrante, será encaminhado para a Penitenciária de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.
O crime foi articulado por integrantes da facção denominada Bonde dos 40, em grupos de WhatsApp.
Em um dos áudios, um dos integrantes avisa que a vítima, Danilo, estava sentado, esperando alguém, na Cohab. “É Danilo ou Daniel. O pai dele é polícia. Está sentado lá, esperando alguém. Esse cara não boia assim. É Danilo. Quem conhece ele tá ligado. Alemãozão da Rua do Peixe. Cadê os caras da Cohab, meus irmãos?”, diz um deles.

A resposta veio de outro comparsa, do Maiobão, em Paço do Lumiar, dando a entender que estava disposto a agarrar Danilo. 
“Cadê os irmãos com carro pra resgatar eu, aqui no Maiobão. Tá mais próximo. Eu tô aqui daquele jeito sem veículo. Senão, eu já teria me tacado pro lado daí. Se eu for daqui, voado, dar de agarrar esse cara aí, boiando”, responde.
Quando o crime foi cometido, outro integrante da facção comemora: “Mataram! Já foi. Tô vendo a foto aqui. É o Bonde dos 40, moleque. Bonde é bonde!”.

Mãe é assassinada no lugar do filho no Maranhão

Destacado

Na noite de segunda-feira (17), nas proximidades do mercado público do bairro Morada Nova, na cidade de Santa Helena, região da Baixada Maranhense, dois acusados, que estão foragidos, assassinaram a tiros Maria Antônia Costa Leite, de 37 anos, e balearam seu filho, Moisés Costa Leite, de 19 anos. Até ontem (18), polícia não havia conseguido prender os dois acusados de cometer esse crime.

A delegacia de Polícia Civil de Santa Helena está investigando o caso e há informações que o alvo dos criminosos era Moisés Leite. A polícia informou que as duas vítimas estavam em uma motocicleta quando foram abordadas pelos criminosos.

Os tiros foram efetuados em direção a Moisés, mas acabaram atingindo Maria Antônia que morreu no local. Os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e levaram Moisés Leite para o hospital da cidade. A polícia não informou a motivação desse crime.

Segundo informações da Assessoria da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Moisés Costa Leite preferiu se ausentar do hospital, por conta do hospital não ter segurança máxima para a garantia de sua vida. Mas as investigações continuam em andamento.

Iluminação pública é caso de polícia.

Destacado

Por; Blog do Zé de Fátima

Ilustração

É muito comum ouvirmos reclamações de consumidores sobre o valor da taxa de iluminação pública. Essas reclamações aumentam, quando nitidamente, o consumidor que paga a conta, ver a sua cidade parcial ou totalmente as escuras

Ninguém conhece onde fica o medidor dessa taxa de iluminação pública. O valor vem na conta. O consumidor paga, mais não sabe se o dinheiro fica com a CEMAR, ou se ela repassa ao município. O fato é que pagamos a conta, mas ninguém explica convincentemente, porque pagamos determinado valor.

Uns dizem que é um percentual do nosso consumo. Aí fica a pergunta: Porque pagamos sempre o mesmo valor quer tenha luz nas ruas ou não? Estamos pagando uma sobretaxa ou estamos mesmos é sendo enganados? Se pagamos 10% do valor do consumo, esse valor deveria ser debitado quando tivéssemos luz pública a contendo. Mas não, tanto faz ter luz nas ruas ou não, esse valor vem debitado.

Lembro-me na segunda gestão do prefeito José Pedro quando participei de uma reunião com os dirigentes da CEMAR de Itapecuru e a cúpula da administração do município de Vargem grande. Quando os diretores da CEMAR foram questionados como mediam a taxa de iluminação pública para cada consumidor, enrolaram o meio de campo, terminou a reunião, e ninguém soube explicar a aplicação dos valores nas contas.

Não seria interessante a empresa fornecedora de energia elétrica dizer onde está o medidor que afere o consumo da energia de Iluminação Pública em cada município? Afinal, não somos nós que pagamos a conta? Estamos pagando,o que? pra quem? e por que? E que tal fazermos uma paralisação geral para termos essas explicações?

Está na hora de nos preocuparmos mais com nossos problemas e esquecermos quem assaltou os cofres da nação, que não nos conhece e não teve o menor pudor em dilapidar as riquezas do nosso País.

Vamos buscar soluções mais urgentes para os problemas que nos afetam diária e diretamente, e esquecermos os quadrilheiros das celas da Policia Federal de Curitiba. Eles tem muito dinheiro que nos foi roubado, e por isso, muitos de nós se encontra sem condições de pagar o consumo de energia que consome, ainda mais, com essa fantasiosa taxa de iluminação pública.

Atiradores erram o alvo e matam mulher de 37 anos em Santa Helena

Destacado

Um crime bárbaro chocou a população de Santa Helena na baixada maranhense na noite desta segunda-feira (17), segundo informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 18:00 horas próximo ao mercado da Morada Nova.
Maria Antônia Costa Leite de 37 anos, e Moisés Costa Leite de 21 anos, (mãe e filho) estavam trafegando em uma motocicleta, momento em que dois indivíduos também em uma moto se aproximaram de Maria e Moisés, momento em que um elemento disparou varias vezes com o intuito de alvejar Moisés, só que os disparos atingiram a sua mãe Maria que morreu no local, moisés também foi alvejado com um disparo e encaminhado em estado grave ao Hospital.
O atirador e seu comparsa tomaram rumo ignorado, a policia ainda fez buscas na tentativa de prender a dupla mais não teve êxito.
O blog não foi informado por qual motivo os bandidos tentaram contra a vida de Moisés e acabaram matando a sua Mãe.
Via Daniel Santos

Hoje na História: Hitler e Mussolini se encontram em Munique

Destacado

Neste dia, em 1940, Benito Mussolini chegou a Munique com seu ministro das Relações Exteriores, Galeazzo Ciano, para discutir com Hitler planos imediatos envolvendo a Segunda Guerra Mundial. Envergonhado pela entrada tardia da Itália na guerra contra os Aliados, Il Duce se reuniu com o Führer determinado a convencer seu parceiro a explorar a vantagem que os nazistas tinham sobre a França, exigindo a rendição total do país e ocupando a porção sul ainda livre.

O ditador italiano queria claramente colher os frutos com um mínimo de risco. Mas Hitler, que também não queria se arriscar, estava determinado a apresentar condições bastante brandas para a paz com a França. Ele precisava garantir que a frota francesa ficasse neutra e também evitar a formação de um governo no exílio no norte da África ou Londres, decidido a prosseguir ainda mais a guerra. Ele também negou o pedido de Mussolini para que as tropas italianas ocupassem o Vale do Rhone, a Córsega, a Tunísia e Djibouti (adjacente à Etiópia, uma ocupação italiana).

Ciano escreveu em seu diário que Mussolini deixou a reunião frustrado e “muito envergonhado,” consciente de “seu papel secundário.” Nos escritos, o ministro também registrou um novo respeito por Hitler: “Hoje ele fala com uma reserva e perspicácia que, após essa vitória, é realmente surpreendente

Ministro do STF engrossa a fila que defende a prisão de responsáveis por vazamentos

Destacado

Nesta segunda-feira (17) o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, em rápida entrevista a jornalistas antes de palestrar em evento promovido pela emissora BandNews, defendeu que os responsáveis pelos vazamentos de supostas conversas atribuídas ao ministro Sérgio Moro e demais autoridades, sejam presos.

Alexandre argumentou que a veracidade das mensagens precisam ser verificadas e que elas não prejudicam a credibilidade da Operação Lava Jato.

“No atual momento temos que, primeiro, rapidamente apurar e prender os criminosos que invadiram comunicações de agentes públicos, colocando em risco a própria segurança dessas pessoas. Em um segundo momento, a partir do conjunto das informações, poderemos tirar algumas conclusões”, declarou.

Diferentemente de seu colega de corte, o ministro Gilmar Mendes afirmou que as conversas apontam que “quem operava a Lava Jato era o Moro” e chamou Dallagnol de “bobinho”. Fonte Jornal Hoje.

Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem

Destacado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (17) que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão especial que analisa o tema até o próximo dia 26. O parecer do relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) na comissão especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), foi lido na última quinta-feira (13).

O texto foi criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, segundo o qual, as alterações feitas na proposta inicial enviada pelo governo podem “abortar” a reforma. Para o ministro, entre os principais problemas, estão as mudanças nas regras de transição que reduziram substancialmente a economia projetada.

Rodrigo Maia disse que o posicionamento de Guedes teve efeito positivo. “A fala uniu o Parlamento, nos deu chance de estar mais próximos dos governadores e prefeitos. Tem crises ou críticas que vêm para bem. Essa é uma delas. Fortaleceu a certeza [de] que a Câmara e o Senado podem ter neste momento o papel [de] protagonista que nunca tiveram nos últimos 20 anos”, afirmou o presidente da Câmara depois de participar de um evento sobre transparências promovido pelo Grupo Bandeirantes. Fonte Agência Brasil

Homem acusado de matar companheira em Imperatriz é preso em Davinópolis

Destacado

Um homem identificado como Jorge Denis Feitosa Macedo, de 20 anos, foi preso na cidade de Davinópolis, por volta das 8h30 da manhã deste domingo (16), acusado de assassinar sua companheira, Delmira Istefany Silva Barroso, de 16 anos, na cidade de Imperatriz.
Jorge havia empreendido fuga depois de desferir vários golpes de faca na vítima com quem mantinha um relacionamento. O crime ocorreu por volta das 21h30 de terça-feira (11).
O casal convivia em um casebre situado em uma invasão no Bairro Bom Jesus. Os dois constantemente entravam em conflitos que resultavam em agressões mútuas.
Antes de ser morta, ela saiu da casa onde morava com o assassino e foi para a casa da avó. Ela chegou chorando muito por conta das agressões. O homicídio aconteceu ao lado da casa.
Durante todos os cinco dias em que o criminoso esteve foragido, os policiais do 14º BPM continuaram em incursões e levantamentos com o intuito de localizá-lo e prendê-lo.
Neste domingo, em mais uma tentativa de fuga, ao se deparar com a guarnição de Davinópolis, resolveu esse entregar.
Ele foi encaminhado à delegacia de plantão para autuação em flagrante porque a perseguição policial foi continuada desde o momento do crime.
Via Gilberto Lima