Acidente na Castelo Branco

acidente na Castelo Branco

No final da tarde de hoje um caminhão baú da empresa Transportadora Mesquita atropelou o comerciante Antonio da Conceição de 49 anos. O acidente aconteceu nas proximidades do posto Alvorada que fica próximo da entrada do parque do Buriti. A vítima sofreu fratura esposta na perna esquerda, um corte na perna direita e teve o braço esquerdo quebrado. Após o acidente a vítima foi conduzida para o Hospital Municipal de Vargem Grande onde recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado para São Luís. Segundo informações no hospital, o estado de saúde da vítima inspira cuidado apesar de não apresentar perigo iminente de morte.

Gil Cutrim será empossado presidente da FAMEM nesta quarta-feira (27/02).

gil cutrim e juran

O prefeito reeleito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), será empossado nesta quarta-feira (27/02) como presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) para o biênio 2013/14. A cerimônia acontece às 19h00min no salão de eventos do Rio Poty Hotel, na Ponta D´Areia, e reunirá, além de prefeitos e prefeitas, diversas autoridades do Estado.

A nova diretoria da FAMEM encabeçada por Cutrim é formada por prefeitos e prefeitas de todas as regiões do Estado e das mais diversas colorações partidárias, onde pode ser destacada a participação do prefeito de Presidente Dutra, Dr. Juran Carvalho (PV).

Agricultura familiar- O Secretário de agricultura do município de Nina Rodrigues, Alberto da Silva Araújo, promoveu ontem 26/02 no Centro de formação São Benedito, o Iº seminário sobre a agricultura familiar no município. O prefeito Riba do Xerém presidiu os trabalhos que teve a prticipação de representantes da Agerp, Banco do Nordeste do Brasil e SEBRAE. O secretário falou da importância dos parceiros, na aquisição de financiamento e técnicas que possam melhorar a qualidade e aumentar a quantidade da nossa produção agricola familiar. Como a vocação do município é agrícola, acredita-se que em médio prazo,teremos melhores dias para produtores e consumidores do município e região.

Prioridades de Nina Rodrigues – Sábado dia 23/02 o prefeito de Nina Rodrigues Riba do Xerém, reuniu-se no prédio da Câmara Municipal com vereadores, secretários, sindicalistas, presidentes de associações e lideranças comunitárias, para juntos selecionarem projetos que sejam prioridades imediatas para o desenvolvimento do município. Esses projetos segundo alguns participantes, tem que atender as demandas municipais e que estejam enquadrados dentro das possibilidades financeiras do município.

 

Mudanças no Governo- Desde ontem o empresário João Guilherme Abreu está ocupando a chefia do gabinete civil do governo de estado em substitução a Luis Fernando que foi efetivado na secretaria de infraestrutura. Para os analistas políticos, a efetivação de Luis Fernando na Infraestrutua vem fortalecer o seu projeto político de canditado ao governo do estado nas próximas eleições.

Reunião de autoridades – Esta marcada para as 15hs de hoje na prefeitura municipal de Vargem Grande uma reunião para tratar da segurança pública da região. Além do prefeito Edvaldo e do Superintendente da polícia rodoviária federal do maranhão, estão sendo aguardadas outras autoridades e empresários dos municípios próximos. Devido ao crescimento da violência na região, uma das prioridades da reunião será a reativação do posto da PRF de Vargem Grande para inibir o tráfico de drogas e outras práticas de ilicito que cresceram com a desativação do posto.

Concurso nulo – O Ministério Público Estadual da Comarca de Vargem Grande e a prefeitura municipal, assinaram um TAC (Têrmo de Ajustamento de Conduta) anulando o último concurso público municipal e elegendo o dia 31 de agôsto como limete máximo para a realização de um novo concurso para preenchimento das vagas existentes. Segundo o representante do Ministério Público o TAC foi acertado depois que um grupo de candidatos informou ao MP que inumeras irregularidades aconteceram quando da realização do certame. Uma nova data e um novo edital para o processo licitatório está sendo esperado por todos os que se candidataram as vagas de emprego.

Quase metade dos médicos do país não tem especialização

Vivian Carrer Elias, Veja

Quase metade dos médicos em atividade no Brasil não possui um título de especialista, que é emitido por sociedade de especialidade ou obtido com a conclusão de residência médica. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), as regiões do país que concentram o menor número de profissionais, como a Norte e a Nordeste, são as mesmas que possuem menos médicos especializados.

O CFM considera esse dado “preocupante”, já que, mesmo sem nenhuma especialização, os médicos podem exercer qualquer ramo da medicina, o que acaba expondo a população a um atendimento menos qualificado.

Feira ou lixão?

HPIM0185

Após nossa devoção, a primeira obrigação que temos é ir em busca do alimento para nossa mesa. E onde encontrá-lo é uma preocupação. Procuramos sempre lugares limpos que presume-se estejam imunes a qualquer tipo de bactéria. E como fazer essa escolha em Vargem Grande se a feira deixada por Dr. Miguel está acentada sobre um enorme lixão? Nada justifica essa falha. A reforma e ampliação do mercado ou centro de abastecimento, ultrapassou o período de um ano e continua sem condições de abrigar feirantes e consumidores. Ninguém explica essa demora. Ninguém fala se o dinheiro da reforma foi recebido em sua totalidade. Não se diz por que não foi concluido. Se alguém tenta questionar, é  acusado de inimigo do governo. E como vamos saber se ninguém vem a público explicar? Os feirantes reclamam que quando chove ninguém pode se aproximar dos boxes porque o terreno fica todo enlameado. O odor que exala da feira, deixa muitos lixões com inveja. Até quando vamos continuar assim? A Vigilância Sanitária não se pronuncia e está na hora do Ministério Público pedir a interdição do local por falta de condições para abrigar uma feira de alimentos.

O que e a quem incomoda as publicações de Chicocó?

As redes sociais são instrumento para se compartilhar nossas opiniões nos diversos campos da vida. O Vice-prefeito de Vargem Grande tem usado o recurso do Facebook para expor o que pensa. Isso de certa forma tem inquietado muitos dos seus antigos aliados e correligionários partidarios. Mas por que se incomodam tanto? O que causa constrangimento e mal estar nessas pessoas? Chicocó não está inventando a roda, nasceu em berço de ouro e não precisa mentir e enganar para sobreviver. O que chama a atenção é que alguns políticos usam a transparência como instrumento de retórica em palanques, mas, na prática, escondem suas verdadeiras intenções e não querem partilhar com o povo suas decisões. Em vez de ficarem chateados e incomodados com as divulgações de Chicocó, deveriam se tivessem interesse público, estudar as propostas do Chico e lapida-las para proveito próprio e da população. Mas porque tanta perplexidade diante do que diz ou escreve o Chico? Com o crescimento da comunicação o mundo diminuiu seu tamanho. Não cabe mais mentiras e invecionismos, agora é a hora da verdade, quem tenta mascará-la ou maculá-la, vai se dar muito mal. Que o Chico continue com a sua sabedoria de professor e intelectual nos dando rumos e orientações para vivermos uma vidade de dignidade e menos utopia. Se o que ele diz é de interesse público e se o governo governa é para o público, por que tanta incomodação, tanta perplexidade?

 HPIM0183

Ninguém nega que a saúde no Brasil é um caso de polícia. A maoiria dos admministradores reclama da falta de recursos. Usam este argumento muitas vezes para justificar suas falhas. O que não se concebe é que profissionais da area quando são responsáveis pelos recursos públicos destinados a saúde, ignore completamente a necessidade de sua aplicação. Em Vargem Grande temos mostrado casos que deixam qualquer pessoa estarrecida. Resolvemos mostrar mais um. O Caso da Unidade Básica de Saúde Centro de Atendimento a criança Camilla Bizoto. Os recursos foram recebidos no governo de Dr. Miguel que é medico de profissão, e com quase dois meses do fim do seu madato, a reforma continua inacabada. Uma vergonha para quem quer passar a imagem de bom administrador. Essa é só mais uma das obras que Dr. Miguel recebeu recursos e não concluiu no período de seu governo. Mostraremos outras obras que tiveram o mesmo destino: A falta de conclusão.

Transferência- Foi transferida ontem para o Centro de Detenção Provisória do Anil em São Luís, a jovem acusada de assassinar com uma facada no sábado de carnaval o jovem Berg de 22 anos.

Violência – A aposentada Maria das Graças Sousa Coêlho foi assaltada no final da tarde de ontem em São Luís. Graça Coêlho ao se dirigir para a residência de sua filha Camilla, foi interceptada por dois bandidos quando reduziu a velocidade proximo de um quebra molas. que fica por detras do colégio adventista, nas proximidades da Cohama. A polícia estranha a violência porque os bandidos depois de estarem de posse do veículo ainda deram cinco tiros na vítima. Graça foi socorrida por uma patrulha da polícia que a levou para o hospital São Domingos. Depois de  passar por diversas cirurgias ela foi transferida para o UTI do hospital onde se encontra conciente e em recuperação.

Imagem chocante

HPIM0181

Apontar defeitos e mostrar erros do passado foi o que dominou os quatro anos do ex-gestor de Vargem Grande Dr. Miguel. E como ninguém é o dono da verdade e para provar mais uma vez que Deus não dorme, muitos dos erros apontados por Dr. Miguel e seu grupo após a gestão da ex-prefeita Aparecida, tem se repetido e em números bem maiores agora após sua gestão. O próprio vice-prefeito Dr. Francisco de Assis Leal Mesquita tem feitos colocações que chamam atenção pela sua riqueza de detalhes, e pela sua conduta de homem sério e independente. Se ele é um crítico isso é o que menos interessa. O que é bom nisso é que Chicocó está realmente preocupado em ajudar a fazer uma administração que se diferencie das anteriores. Isso é bom e a população aplaude. De ontem para cá temos visto equipes trabalhando na recuperação da camada asfaltica das ruas. Se estão recuperando é porque estava ruim, ou pelo menos precisando de reparos. Hoje nos chamou a atenção um carro atolado em frente ao hospital municipal. A foto acima mostra a realidade que Edvaldo encontrou de Vargem Grande. Ela diz mais que qualquer texto. E essa realidade, foi a deixada por Dr. Miguel na sua administração.

Urubu na turbina faz avião abortar decolagem em São Luís

Ninguém saiu ferido do incidente. Os passageiros tiveram que sair do avião.

Imirante

Foto: De Jesus/ O Estado

SÃO LUÍS – Um avião que levantava voo no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís, teve que retornar à pista após um urubu atingir uma das turbinas, no início da tarde desta quinta-feira (21). Segundo informações, a aeronave da empresa TAM estava na área ao redor do aeroporto no momento do incidente. O voo 3183 estava saindo de São Luís com destino à Brasília.

Ninguém saiu ferido. Os passageiros tiveram que deixar o avião após o pouso não programado. Os passageiros com conexão em São Luís foram encaminhados para um hotel da cidade.

Questões processuais e falta de pessoal motivam lentidão da Justiça

22/02/2013 07h00
 BRASÍLIA – O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) começou o ano perguntando aos presidentes dos tribunais brasileiros quais os motivos da lentidão processual. A pesquisa foi respondida por 26 presidentes (do total de 59), que traçaram um panorama bastante diverso de causas e práticas que precisam ser combatidas.

Enquanto a Justiça Militar diz não ter problemas com lentidão – a única crítica é sobre a demora no cumprimento de pedidos encaminhados a outros tribunais –, a Justiça Estadual aponta uma série de gargalos para funcionar. Os problemas, segundo os presidentes ouvidos, vão desde questões processuais até a falta de pessoal.

As principais críticas são para o excesso de ações judiciais e a ampla possibilidade de recursos. Atualmente, o Congresso Nacional discute um novo Código de Processo Civil, que prevê alterações significativas. “Esperar trânsito em julgado para punir, após tantos recursos, é solidarizar-se com a procrastinação descabida e abusiva alcançada pelos mais poderosos”, avalia a presidenta do Tribunal de Justiça de Roraima, Tânia Dias.

Para Manoel dos Santos, presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro na época da pesquisa, o Judiciário virou o gestor do dia a dia das pessoas. “São as relações de consumo, a banalização do dano moral, as execuções fiscais, as insatisfações resultantes do pouco êxito das políticas públicas”, enumera. O tribunal é o segundo maior do país em volume de processos novos, e o primeiro quando o dado é cruzado com o número de habitantes.

Reforçando a diversidade de motivos para a demora, o presidente da maior corte estadual, Ivan Sartori (São Paulo), aponta como obstáculo os chamados processos de competência delegada. A Constituição determina que a Justiça Estadual julgue ações envolvendo a Previdência Social quando não houver vara federal no município do segurado. Segundo Sartori, a Justiça paulista tem 1,5 milhão de processos desse tipo.

Outros gargalos apontados, tanto na Justiça estadual quanto na federal, são a falta servidores, de juízes e de infraestrutura, burocracia, informática deficitária e os orçamentos limitados. Os dirigentes admitem que os problemas afetam mais as varas de primeira instância que os tribunais.

Na Justiça do Trabalho, são apontadas como dificuldades para execução das sentenças: complicações processuais e burocráticas e falhas no pagamento por parte dos devedores. fonte imirante