Caso Marco Acher, execução ou cumprimento de promessa de campanha?

Pela primeira vez na história deste País, pelo menos do meu conhecimento, um brasileiro será executado (fuzilado) por tráfico de drogas na Indonésia. A sua execução está marcada para as 3hs da tarde , horário de Brasília. Muitas são as discussões. Muitos são a favor, outros contra. Quando foi preso em 2004 Marco Acher tinha 43 anos de idade e com certeza, consciente de seus atos. Se sabia que na Idonésia pagava-se com a vida o trafico de drogas porque tentou? A presidente Dilma apelou até para o presidente Joko Widodo que assumiu em outubro passado mas ele negou o pedido da presidente alegando que morte de traficantes em seu País, eram promessas de campanha e que lá, promessas de campanha são cumpridas. Foi com base nesta resposta que me insurgir para relatar esse fato. Não só da Morte de Marco Archer, mas do cumprimento das promessas de campanhas. E aí cabe para todos os políticos. Já nos acostumamos a ouvir em palanques vereadores dizerem que farão isso e aquilo, quando sua função como a dos deputados estaduais e federais é simplesmente legislar. Até quando vamos esperara que as promessas de campanhas no Brasil sejam cumpridas? O Executivo pode prometer que fará. Esse pode. E nós temos duas que esperamos que nosso governador Flávio Dino não esqueça. A de dobrar o contingente policial no estado e de garantir agua para todos.