Ah, mas que surpresa! Esquerdalha é contra bônus por mérito para professores!

Proposta está no documento “Travessia Social”, que vai orientar o governo Temer

Por: Reinaldo Azevedo

Alguém está surpreso? Cantei a bola aqui nesta manhã. A Folha foi ouvir sindicalistas e alguns “especialistas” em educação — que costumam achar, em suas pesquisas, aquilo que já haviam encontrado em seus preconceitos — sobre a proposta de pagar bônus por mérito a professores.

O documento “Travessia Social”, proposta pela Fundação Ulysses Guimarães para a gestão Temer, traz essa proposta.

Os companheiros petistas — e esquerdistas genéricos afins — são contra, claro!

Esquerdistas não reconhecem “mérito”, só luta. Sabem como é… Eles querem uma grande revolução no ensino — que não sabem qual é —, e, enquanto isso não acontece, inviabilizam qualquer reforma.

Para a casta sindical, o importante é manter o professor mobilizado e ganhando pouco. É a penúria da categoria que garante o poder dos valentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *