Idosa morre em acidente na BR-316, na cidade de Bom Jardim

A vítima era a única ocupante que não fazia uso do cinto de segurança.

Uma idosa de 63 anos, identificada como Raimunda Maia da Silva, natural de Bragança-PA, morreu em um acidente na BR-316, na cidade de Bom Jardim, no Maranhão.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão (PRF-MA), por volta das 12h20 desta terça-feira (11/07), um veículo VW/Gol de cor preta, de placa OTU-2576/MA, saiu de pista no km 241 da BR-316, no povoado Tirirical, zona rural da cidade de Bom Jardim.

Ainda de acordo com a PRF-MA nos bancos da frente do carro viajavam o motorista e a mulher, já no banco de trás estavam os dois filhos do casal e mais a vítima, que era avó das crianças e, diferente dos demais ocupantes do Gol, não fazia uso do cinto de segurança e acabou morrendo quando o carro saiu da pista. Os outros quatro ocupantes do veículo sofreram algumas lesões e foram encaminhados para o Hospital Municipal de Bom Jardim. A família estava vindo de Belém do Pará para a cidade de Araioses.

Sobre as causas do acidente, a PRF-MA informou que, possivelmente, o motorista do veículo dormiu ao volante, pois o mesmo alegou que não sabe como teria acontecido o acidente. Ainda segundo a PRF-MA, não havia buracos nem marcas de frenagem no asfalto.

Fonte: Imirante.com

O que muda com a aprovação da reforma trabalhista

O projeto que altera a reforma trabalhista aprovado no Senado nesta terça-feira altera mais de cem pontos da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), publicada em 1943. O eixo central da proposta é permitir que as negociações entre empresas e empregados, ou entre sindicatos e empregados, tenham valor legal, o chamado “acordado sobre o legislado”.

Para os críticos da reforma, essa liberalidade permitirá negociações que reduzem direitos dos trabalhadores. Já os defensores da reforma alegam que ela atualiza uma legislação envelhecida e protecionista, abrindo caminho para um ambiente de maior geração de empregos.

Além de dar força para as negociações, a reforma permite altera limites já estabelecidos, como duração de contratos temporários, trabalho autônomos e atuação dos sindicatos, além de criar novas regulamentações – para home office e trabalho intermitente.
Especialistas contrários à proposta dizem que o espaço maior para a negociação, na verdade, desprotegerá o trabalhador, e apontam que as mudanças na lei também vão restringir o acesso a reparações através da Justiça do Trabalho.

O texto, encaminhado ao Congresso no início do ano, ainda vai para sanção do presidente Michel Temer antes de ser publicado e entrar em vigor. As mudanças começam a valer quatro meses após a publicação no Diário Oficial da União. 

A seguir, as principais mudanças da lei trabalhista, segundo especialistas consultados por VEJA:
Acordado sobre legislado A lei diz que pode haver negociação das condições de trabalho entre representantes dos trabalhadores e empresas, mas não diz quais. A Constituição tem artigos que servem de limite a essas negociações Especifica quinze pontos em que a negociação coletiva, se houver, se sobrepõe à CLT (como jornada de trabalho, grau de insalubridade e registro de horas) e lista trinta que não podem ser mudados (como salário mínimo, direito a férias e licença-maternidade). Os limites presentes na Constituição permanecem válidos
Férias Pode ser dividida em até dois períodos sendo que um deles não pode ser menor que dez dias Poderá ser divida em até três períodos, se houver concordância do empregado, sendo que um deles não pode ser menor que 14 dias
Invervalo intrajornada (almoço) De 1 hora, no mínimo, em jornadas com mais de 6 horas de duração Poderá ser reduzido a até 30 minutos, se houver acordo coletivo, para jornadas com mais de 6 horas de duração
Banco de horas Deve ser compensado em até 1 ano, e negociado em acordo ou convenção coletiva Deverá ser compensado em até 6 meses, e são permitidos acordos individuais
Horas em deslocamento (in itinere) O tempo em que o trabalhador está no transporte fornecido pela empresa é considerado como trabalho, se não houver transporte público disponível Será apenas contado como tempo de trabalho o período a partir do qual o trabalhador estiver em seu posto de trabalho
Contrato intermitente Não existe Será possível contratar trabalhadores sem carga horária fixa. O empregador deverá convocar o empregado com três dias de antecedência, e ele poderá recusar o trabalho. Se aceitar e faltar sem motivo justo, deve pagar multa de metade do valor que receberia
Trabalho temporário De até 25 horas, sem possibilidade de fazer hora extra e com férias entre 8 e 18 dias, dependendo da carga horária Até 30 horas (sem possibilidade de hora extra) ou 26 horas (com hora extra). Férias iguais às dos trabalhadores em tempo integral
Trabalho autônomo O trabalho autônomo não pode ter características de exclusividade, eventualidade e subordinação. Senão, pode ser considerado pela Justiça como um vínculo trabalhista Desde que haja um contrato formal, um trabalhador autônomo que preste serviço continuamente e com exclusividade não é considerado como empregado
Acordo para demissão Não há. Se o trabalhador se demitir ou for demitido por justa causa, não tem direito a sacar FGTS, seguro-desemprego e não recebe multa. Se for demitido sem justa causa, recebe multa de 40% sobre os depósitos do FGTS, pode sacar o fundo e tem direito a seguro-desemprego Além das regras anteriores, empregador e empregado podem chegar a acordo para demissão. Nesse caso, o trabalhador recebe multa de 20% do FGTS, pode movimentar até 80% do fundo e não tem direito a seguro-desemprego
Contribuição sindical É descontado obrigatoriamente no mês de março o equivalente a um dia de trabalho como contribuição sindical Cada trabalhador deverá indicar se autoriza o débito da contribuição sindical
Grávidas Não podem trabalhar em ambientes insalubres Poderão trabalhar em ambientes de insalubridade média ou baixa, exceto se apresentarem laudo médico recomendando o afastamento
Home office Não há regulamentação As regras do chamado “teletrabalho” deverão constar no contrato. Os contratos antigos poderão ser alterados se houver concordância das partes
Quitação de obrigações em caso de PDV e PDI Não há regulamentação específica sobre o caso, sendo possível que o trabalhador que participe de um plano de demissão voluntária (PDV) ou incentivada (PDI) recorra à Justiça em busca de reparações A adesão ao um PDV ou PDI significará a quitação de direitos trabalhistas. Em tese, eles não poderão ser reclamados posteriormente na Justiça
Demissão em massa Embora não haja lei, a Justiça considera que os sindicatos devem ser incluídos no processo Não será necessário que o sindicato autorize, faça acordo ou convenção coletiva
Livre negociação por faixa salarial e nível superior Não há. Todos os contratos devem seguir as regras da legislação ou, se houver, de acordos coletivos O acordo entre empresas e tralhadores com nível superior que recebem acima de dobro do teto da previdência (atualmente, de R$ 11.062,62) se sobrepõe a negociações coletivas
Intervalo antes de hora extra Os trabalhadores têm direito a uma pausa de 15 minutos antes de fazer hora extra Não há direito a pausa antes de hora extra
FONTE: CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO E PLC 38/2017; ESPECIALISTAS CONSULTADOS: THIAGO DE CARVALHO E SILVA E SILVA, SÓCIO DO PLKC ADVOGADOS; ADRIANA MARCOLINO, SOCIÓLOGA DO DIEESE;  HORÁCIO CONDE, PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DIREITO EMPRESARIAL DO TRABALHO DA OAB/SP; PATRICIA CENCIARELI PINHEIRO, SÓCIA DO ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA FILHORINI, BLANCO E CENCIARELI

Fábio Braga pede melhorias na BR 222 e “MAIS ASFALTO” para a cidade de Vargem Grande

O deputado Fábio Braga, subiu na tribuna hoje (11), pediu melhorias na BR-222 no trecho que corta o estado do Maranhão. A estrada atravessa os estados do Pará, Piauí, Maranhão e Ceará.
Fábio destacou a relevância da obra para a região. “É uma obra federal da mais alta importância, porque liga três capitais, passando pelo território Maranhense, é uma obra de integração”, declarou.
O deputado aproveitou, e pediu ao secretário Clayton Noleto, que disponibiliza-se o quanto antes, “MAIS ASFALTO” para o município de Vargem Grande.
“Eu faço aqui também, um pedido ao Secretário Clayton Noleto, esse pedido feito também ao Governador, para que seja feito o Mais Asfalto na cidade de Vargem Grande. Na realidade não é mais, é muito mais asfalto na cidade de Vargem Grande, que está em estado de calamidade na questão de infraestrutura, principalmente das praças e principalmente do asfalto nas principais vias de comércio da cidade, de moradia das pessoas, onde estão os Bancos, onde estão todo o comércio de Vargem Grande”completou. Fonte Neto Weba

Acabou: Polícia Federal confirma que Lula é o dono do sítio de Atibaia

De acordo com o jornalista da Veja, Augusto Nunes, a Polícia Federal chegou à conclusão que o #sítio de atibaiapertence ao ex-presidente #Lula. A confirmação veio através de um longo e cuidadoso estudo dos peritos da Polícia Federal.

O laudo da Polícia Federal

Conforme o laudo, foram encontrados muitos pertences particulares ligados ao ex-presidente Lula [VIDEO] e a sua mulher falecida, Marisa Letícia Lula da Silva. Esses pertences foram encontrados na casa principal onde fica a suíte número 01. Além disso, foram encontrados também mais pertences pessoais ligados aos funcionários da segurança do ex-presidente.

Ainda de acordo com a perícia da Polícia Federal, o órgão afirma que o sítio ainda sofreu várias adaptações para o ex-presidente Lula, como a construção de uma adega para estocar centenas de garrafas de bebidas alcoólicas.

Tinha ainda um forte sistema de segurança para proteger o Sítio inteiro e um local específico para o ex-presidente Lula depositar seus objetos que estavam sendo colocados para sua mudança.

As inscrições nos objetos dá mais suporte ao laudo

Além de ter modificado o Sítio, outros objetos usados foram descobertos para a decoração do local, como uma canoa com o registro “Lula & Marisa”, e também um emblema com as inicias do nome do ex-presidente e da sua esposa “LM”. Também foi encontrada uma maleta destinada a Marisa Letícia Lula da Silva, que tinha arquivos que se destinavam à mudança da cozinha e a edificação da casa 01, sugerindo que a ex-primeira-dama esteve envolvida com as mudanças feitas no sítio.

Os donos que nunca visitaram sua propriedade

A Polícia Federal investigou, mas não foi encontrado nenhum pertence vinculado a Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna Filho.

De acordo com o laudo, foram achados somente poucos croquis descobertos na parte de dentro da maleta que pertencia a ex-primeira-dama, Marisa Letícia Lula da Silva.

Dessa maneira, a Polícia Federal não foi capaz de identificar o usufruto do sítio por Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna Filho.

Conclusão

Parece que a situação do sítio de Atibaia já está cada vez mais perto de ser resolvida. No entanto, o ex-presidente Lula ainda tem pela frente mais 4 processos. Sempre comparecendo à Justiça e também sempre negando todos os crimes, Lula estará numa situação menos confortável depois desse laudo, que, diante das provas, confirmou ser o ex-presidente o verdadeiro dono do sítio. #Lula dono do Sítio

“Ele matou dois e se for solto, vai matar mais”, diz coronel PM sobre executor de agente penitenciário

Para o comandante da Cptur, Coronel Roberto, o réu confesso da morte do agente penitenciário, Jorge Luis Lobo da Cunha, 36, tem que ficar preso para não fazer outras vítimas. “Ele já matou dois e, portanto, tem que ficar preso. Do contrário, vai matar mais outros”, alertou o oficial da PM-MA. O assassino Idael Melo Roxo, que encontra-se preso em Pedrinhas, já foi encarcerado outras vezes, inclusive por crime de morte, mas demora por pouco tempo na prisão.

O coronel Roberto lembrou que o assassino do agente penitenciário já matou um taxista em frente ao Bar Matuttus, na Avenida Daniel de La Touche, Cohama, em 2016. Foi preso e não demorou muito já estava em liberdade e que o bandido possui várias passagens pela polícia por roubos e porte de armas ilegal.

A Delegacia de Homicídios continua investigando o crime praticado por Idael Roxo, no último domingo, dia 9, na Avenida Litorânea, A vítima, Jorge Luis, que havia saído de um bar e andava de mãos dadas com a esposa no calçadão, foi alvo de três tiros disparados frontalmente pelo criminoso.

Há rumores de que partiu de dentro do presídio da Pedrinhas a ordem para a execução do agente penitenciário, que residia no bairro Bequimão, onde moram traficantes pesados.

URGENTE: Palocci delatou a Rede Globo; Moro vai aceitar a delação?

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, contou aos procuradores da Lava Jato como concedeu benefícios fiscais à Globo, segundo informa o jornalista Maurício Lima, na coluna Radar; não se sabe, no entanto, se este anexo de sua colaboração será aceito, uma vez que a Globo mantém parceria informal com a equipe da operação; em abril deste ano, Palocci afirmou que poderia revelar como instituições financeiras e empresas de comunicação pressionavam o governo para obter vantagens tributárias.

247 – O jornalista Maurício Lima, que edita a coluna Radar, revela que o ex-ministro Antônio Palocci preparou um anexo sobre a Rede Globo. “Prestes a ser concluída, a delação de Antonio Palocci tem um anexo que entra e sai da versão final — sobre questões fiscais da Rede Globo. Em junho, Moro condenou o ex-ministro a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro”, diz ele, na edição de Veja desta semana.

Não se sabe, no entanto, se este anexo de sua colaboração será aceito, uma vez que a Globo mantém parceria informal com a equipe da operação.

Jovem morre eletrocutada em Jenipapo dos Vieiras

A jovem Cleitiany dos Santos Sousa Nepomuceno de 30 anos, morreu no ultimo domingo (09) vítima de uma descarga elétrica quando limpava a geladeira em sua residência.

Cleitiany, era casada com o professor Roberto Nepomuceno, ex-jogador do Cordino, deixa uma filha de 1 ano e 6 meses.

O prefeito Moisés Ventura, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Cleitiany, que era agente administrativa da Prefeitura Municipal de Jenipapo dos Vieiras.

Informações: blog do Pedro Jorge.

Equipe Morita! Polícia civil recupera moto e prende bandido

Tá assustado QQ?
Hoje, 10-7-17, por volta das 14:00 horas, a Polícia Civil de Itapecuru Mirim-MA, recuperou mais uma motocicleta, furtada de frente à um local onde acontecia uma festa no bairro Trizidela.
A moto pop, cor preta, estava estacionada, próximo ao local da festa.
Quando a proprietária saiu percebeu que haviam levado a mesma.
Moto pop recuperada.
Após investigações realizada pelos policiais, a referida motocicleta foi encontrada no bairro da Torre, na casa do elemento conhecido por Queirós, que já havia a escondido no quintal de sua casa.
Na oportunidade a moto foi encontrada e Queirós foi detido e levado para a Delegacia Regional para ser responsabilizado pelo seu ato criminoso.
EQUIPE MORITA!!!

Senador Roberto Rocha chama governador Flávio Dino de “buchudo” e “papudo”

O senador Roberto Rocha (PSB), tem deixado claro que não é mais aliado do Governo do Maranhão, porém o socialista está perdendo a medida nas críticas e correndo um sério risco de cair na vala comum daqueles políticos que vociferam críticas pessoais e ataques que acabam o tornando figuras caricatas. Em recente entrevista concedida ao radialista Eliézio Silva na cidade de Timon, Roberto Rocha classificou o governador Flávio Dino (PCdoB), de buchudo e papudo.

“O Flávio Dino é um governador comunista, o único do Brasil. Em 2014, ele não tinha o apoio do PT. O PCdoB apoiava o PT, mas o PT não apoiava o PCdoB no Maranhão. Por isso, ele não tinha sequer condições de ser candidato, por que somente pelo PCdoB, ele não teria viabilidade. Ele não tinha apoio da Dilma nem 2010 e nem 2014 pelo PT. Pra ele viabilizar sua candidatura, ele precisava ter o apoio do outro campo político, seja do Aécio Neves, seja do Eduardo Campos em 2014. E como ele conseguiu isso? Por que ele é um governador buchudo e bonito, papudo? Não. Ele conseguiu isso, por que ele tinha Roberto Rocha na chapa”, declarou em entrevista.

A crítica é perfeita e pertinente, uma vez que é evidente a conveniência política de Flávio Dino naquela oportunidade, porém Roberto Rocha sai do patamar do bom debate, ainda mais por conta do cargo que ele ocupa. E acaba buscando um debate raso, nivelado por baixo.

Roberto Rocha demonstra muita inteligência em suas conversas com políticos e jornalistas, mas para avançar na disputa do Governo do Maranhão vai precisar deixar para trás essas picuinhas e o baixo nível que vem sendo aplicado até o momento em sua fala.

Continuando dessa forma, Roberto Rocha só vai favorecer Flávio Dino e seus asseclas…

Assaltantes matam cabo PM e vigilante em agência do Banco do Brasil

Assaltantes fortemente armados mataram agora de manhã o cabo PM Marcos Marques da Silva com um tiro de fuzil na cabeça, fato presenciado por outro colega militar. A outra vitima foi um vigilante do Banco do Brasil, sem identidade revelada, que morreu a caminho do hospital, em Santa Margarida, Minas Gerais.

Confira abaixo o militar morto, o desabafo de um colega de farda, dois vídeos sobre a ação dos bandidos:

Fonte Luis Cardoso

 

Comunicação de Coroatá está de luto pela morte de Zé Buhatem


Zé Buhatem ao lado do filho Junior Buhatem (Imagem: repordução facebook)

Faleceu nesta segunda-feira (10), no Hospital Macrorregional de Coroatá, o locutor Zé Buhatem, pai do vereador Junior Buhatem.

“Zezinho”, como era carinhosamente chamado pelos mais íntimos, fez história na comunicação local virando referência para muitos profissionais da área.

Em seu perfil no facebook, Junior Buhtem publicou uma mensagem muito linda em homenagem ao pai, ressaltando o legado deixado por Zé Buhatem. Confira a seguir:

“E hoje Deus levou para morar ao seu lado o homem que foi o meu maior exemplo de como ser um cidadão íntegro e trabalhador. Não medi esforços para cuidar do senhor, eu e minha família fizemos tudo que estava ao nosso alcance para restabelecer a sua saúde, mas foi feita a vontade de Deus. A sua missão foi cumprida aqui na terra e o seu legado jamais será esquecido, pois enquanto vida eu estiver, a sua voz jamais se calara. Obrigado por me apresentar o amor pela comunicação, obrigado por me ensinar à amar, ajudar e respeitar o próximo, obrigado por ser o responsável pelo homem que me tornei, obrigado por ser o meu pai. Tenho orgulho de ter o seu nome e sobrenome e de ser o seu filho! Muito obrigado a todos pela força. Descanse em paz meu velho! Eu te amarei por toda a minha vida!”