VEJA TODO O CASO DO LINCHAMENTO EM TUTÓIA: CABEÇA É DECAPITADO E APÓS ATEARAM FOGO NO BANDIDO

Nas primeiras horas desta quarta-feira 04/10, um assassinato e um linchamento provocaram pavor na população de Tutóia. De acordo com informações, após uma briga generalizada ocorrida em uma bar no povoado Bom Gosto, um elemento, que não teve o nome identificado, conhecido apenas pela alcunha de Negão ou Melk, efetuou vários disparos com uma arma de fogo, onde um dos tiros, ceifou a vida do jovem Paulo Vitor Cardoso Pinto, 24 anos, que tentava fugir do local dos disparos, sendo atingido na cabeça, morrendo no local.
Vítima Paulo Vitor Cardoso Pinto
Com a morte do jovem, populares revoltados, seguiram o elemento, que fugiu rumo a estrada do povoado Estiva, no município de Tutóia, sendo alcançado na altura de um matagal, onde o linchamento foi concretizado, com ateamento de fogo no corpo do elemento e decapitação. A cabeça de “Negão” ficou exposta em uma estaca de um dos terrenos da localidade.
Corpo do Meliante “Negão” após decapitação 
Cabeça do meliante exposta em estaca
O Delgado Rubem e o Tenente Sergio, do Destacamento Policial de Tutóia, concederam entrevista ao Blog Neto Pimentel e para o repórter Victor Almeida da central de Notícias. O delegado Rubem, falou que o meliante degolado, pertencia uma quadrilha formada recentemente no município, responsáveis pelos últimos assaltos ocorridos (aos Correios, Comércio do senhor Pedro do Viveiro, Comercial Santo Antonio no bairro Paxicá, onde o proprietário foi baleado e Comercial Bandeirantes, assaltado na noite anterior a tragédia de Bom Gosto).
Delgado Rubem (DP de Tutóia)
O Tenente Sergio, disse que logo após o ocorrido, a polícia Militar e Civil, fizeram os procedimentos necessários, realizando buscas na região, autuando em flagrante Gabriela Cruz Silva, esposa de “Chupa” (foragido) e Edenilson Nascimento Oliveira. No dia 27/09, já havia sido retido, o menor L.C.S.J., irmão de “Chupa”. Para a polícia, ambos faziam parte do mesmo bando. Segundo o Tenente Sergio, com as prisões, a quadrilha foi desarticulada e os detidos ficarão a disposição da justiça.
Repórter Victor Almeida e Tenente Sergio
O delegado Rubem, destacou que tudo que tiver ao alcance da Polícia para garantir a segurança dos cidadãos tutoienses, será feito diuturnamente. O corpo do meliante será enterrado como indigente em um dos cemitérios do município, pois não há informações de familiares, apenas que veio da cidade de Vargem Grande para Tutóia, porém, não tinha residência naquela cidade.  O Bar onde aconteceu o inicio da tragédia, será interditado por tempo indeterminado, por realizar evento em horário inapropriado e sem licença, conforme explicou o delegado.
O carro tomado de assalto na estrada de Porto de Areia, não tem envolvimento do meliante morto e nem dos detidos, sendo um outro caso, que também segue sendo apurado com apoio das delegacias das cidades vizinhas. Todas as diligências continuarão até que todos os envolvidos sejam presos e entregues para a justiça. Finalizou o Tenente Sergio.



Fonte blog do Neto Pimentel

Lavrador é assassinado a tiros de espingarda no interior de Tuntum

A violência é crescente no interior do município de Tuntum, nesse último domingo (1º), no povoado Caxixi, localizado a cerca de 100 quilômetros da sede, por volta das 15h, o lavrador Francisco Fontinele da Silva, 30 anos, atendido por Francisquinho, teve sua vida ceifada a tiros de espingarda.
Em conformidade com o depoimento de testemunhas, Francisquinho estava em um bar bebendo e proferindo ameaças de morte contra o lavrador conhecido por Silvinha e seu filho, chamado de Marcos. Com fortes sintomas de embriaguez, a vítima dizia à populares presentes que naquele dia iria matar Silvinha e toda sua família a golpes de faca, o que possivelmente teria despertado o conhecimento de pai e filho. Após deixar o bar em sua motocicleta, armado com uma faca, Francisquinho parou em frente a casa de Silvinha se dirigindo até a porta, mas antes de entrar foi surpreendido com um tiro, supostamente efetuado por Marcos, atingindo a região de sua cabeça. O pai de Marcos ainda teria efetuado, a queima roupa, um segundo tiro na  altura do pescoço, consumando assim o assassinato.
RIXA
A motivação do homicídio, ainda conforme as informações de testemunhas, foi uma antiga desavença com o filho de Silvinha. Francisquinho teria disparado um tiro contra ele, atingindo somente a motocicleta em que andava, nascendo, assim, uma inimizade e posteriormente ameaças que culminou na tragédia. Os dois suspeitos após o ocorrido tomaram rumo incerto. A vítima foi sepultada ontem (03) no povoado Marajá.