HOMEM É PRESO EM FLAGRANTE COM DIVERSOS OBJETOS COM OCORRÊNCIA DE FURTO

Neste sábado (06), a vítima procurou a delegacia para fazer o registro da ocorrência e de imediato o investigador de plantão Albino, saiu em diligência e poupo tempo depois consegui encontrar em uma residência próxima os objetos furtados da vítima. No local além da cama e colchão diversos objetos foram encontrados em poder do acusado identificado Por Beto residente no Bairro Sarney, cerca de 8 caixas de cerâmica, um computador, centenas de carcaças de celular, bolças feminina, dentre outros pertences. O mesmo foi conduzido para delegacia de Polícia Civil de Coelho Neto onde deverá ser atuado pelo delegado de plantão Dr. Josemar Lima da Rocha, e ficar preso à disposição da justiça. Fonte Portal Coelho Neto

COMENTÁRIOS

Quase 17 mil cadastros do Bolsa Família foram fraudados no MA, aponta CGU

Relatório encontrou ainda diversas inconsistências cadastrais no estado. Foram cancelados 22.746 cadastros do benefício e bloqueados 78.704

Uma auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria-geral da União (CGU) nos benefícios do programa social Bolsa Família revelou fraude em quase 350 mil cadastros em todo o país.

Do montante, exatos 16.939 mil foram fraudados no Maranhão, segundo o levantamento, fez uma comparação entre as rendas registradas em outras bases de dados oficiais com aquelas declaradas no Cadastro Único, a fim de identificar famílias que teriam fornecido informações inverídicas.

A CGU também declarou no relatório que foram identificadas mais de 2,5 milhões de famílias com inconsistência cadastral.

Destas, 101.450 apenas no Maranhão.

Após o pente-fino, 22.746 tiveram o benefício cancelado e houve o bloqueio em outras 78.704 famílias cadastradas. Com a atualização, das 964.497 cadastradas no início do levantamento, apenas 32.638 famílias continuarão recebendo o Bolsa Família no estado.

O cruzamento de dados realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) utilizou uma nova metodologia, a qual foi proposta por um Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI), formado por representantes da Casa Civil da Presidência da República, do próprio Ministério do Desenvolvimento Social, do Ministério da Fazenda, do Ministério do Planejamento, da CGU, do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e da Caixa Econômica Federal.

Também ocorreram debates envolvendo a Polícia Federal (PF), o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

O Bolsa Família foi criado em 2003 para atender famílias em condições de extrema pobreza. Tem direito ao benefício a família que tem renda de R$ 170 por pessoa. Algumas famílias apontadas na fiscalização da CGU tinham renda de mais de R$ 1.900 por pessoa

Nas situações em que a irregularidade detectada pela CGU ficar comprovada, após a condução de processo administrativo, serão aplicadas sanções legais, tais como devolução de valor e impossibilidade de retornar ao Programa por um ano.

Mulher é morta a facadas por ex-companheiro que não aceitava o fim do relacionamento

Segundo informações o autor do homicídio é o vaqueiro Clodonei da Costa Pereira de 27 anos, que se desentendeu com Keila Maria, e após uma discussão entre os dois, o vaqueiro se armou de uma faca e desferiu os golpes fatais na vítima que ainda chegou a ser socorrida pela equipe do Samu local mais não resistiu aos ferimentos e faleceu quando recebia atendimentos no Hospital Maternidade Aderson Marinho em Porto Franco.
Testemunhas relatam ainda que um Policial Militar de folga conhecido por “Cabo Melo”, passava pela avenida na hora do acontecido e teria dado voz de prisão a Clodonei que ainda tentou reagir porém, foi dominado e acabou preso em flagrante.
Keila residia em Tocantinópolis (TO), na Vila Santo Antonio popular Vila das Olerias, onde a mesma tem uma casa no qual morava com um filho de 04 anos de idade que ficou órfão. Outras notícias dão conta de que este filho da vítima estava com ela em Porto Franco (MA), onde Keila costumava ir para a casa de seu pai, e no mesmo dia do crime, um irmão dela foi buscar a criança e trouxe para Tocantinópolis.
Conhecidos da vítima relataram que Keila havia tido um caso amoroso com Clodonei e após o término, este não aceitava o fim do relacionamento, quando transtornado de ciúmes acabou cometendo o bárbaro crime hediondo.
O corpo de Keila vai ser velado na Vila Santo Antonio na residência de sua mãe e deverá ser sepultado neste Domingo (06), em horário ainda não confirmado.

Imperatriz-MA: Homem é executado a bala no Parque Alvorada

Por volta das 20 hrs um homem foi vitima de disparo de arma de fogo no Parque Alvorada, vitima identificado por Francisco Carlos da Conceição, chegou a ser socorrida em um veículo particular mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a óbito em seguida.
O local do ocorrido foi na Rua das Flores , próximo ao Clube de Tiros, Parque Alvorada, informações que dois elementos chegaram no local do ocorrido e o garupa efetuou quarto disparos contra a vítima.

PREFEITO DE PRESIDENTE VARGAS PODE SER CONDENADO POR NÃO PAGAR 13° SALÁRIO

Por meio de Ação Civil Pública, ajuizada em 21 de dezembro, a Promotoria de Justiça de Vargem Grande requereu a condenação do Município de Presidente Vargas para que seja efetuado o pagamento da segunda parcela do 13º salário aos servidores que aniversariam em dezembro.
Presidente Vargas é termo judiciário da Comarca de Vargem Grande.
Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Vargas, a Prefeitura não efetuou o pagamento da parcela até a data limite estipulada (20 de dezembro). Ao sindicato, a administração municipal não apresentou nenhuma justificativa para o atraso.

De acordo com o promotor de justiça Benedito de Jesus Nascimento Neto, a receita para o pagamento dos salários está sendo creditada regularmente. “Não há, portanto, qualquer justificativa plausível para o atraso no pagamento dos servidores municipais”, observou.

A ACP requer, como medida preventiva, a fim de assegurar a resolução do vencimento dos trabalhadores: o bloqueio de 25% das cotas do Fundo de Participação do Municípios e o bloqueio de 25% das cotas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação do Município de Presidente Vargas.

Para dar efetividade ao pedido, o Ministério Público solicitou que sejam intimados o gerente do Banco do Brasil de Vargem Grande e o prefeito da Presidente Vargas, Wellington Costa Uchôa.
Em caso de não cumprimento, o Município poderá ter que pagar multa diária de R$ 5 mil

Fonte: Neto Ferreira