Vargem Grande :Blitz tira todo tipo de arma de circulação

Resultado de imagem para foto de armas

Ilustrativa

Por determinação do Comando Geral da polícia militar do Maranhão, está sendo realizado em todo o estado, blitz no sentido de tirar de circulação todo tipo de arma, para dar mais tranquilidade e segurança ao cidadão comum. Com base nessa determinação, o comandante do policiamento de Vargem Grande te. Rios, tem feito diversas incursões em todo o município, e com isso, desarmando os que ainda insistem em descumprir a Lei. No final da semana passada e início desta, além de recuperar motos roubadas, ten Rios e sua equipe apreenderam armas de fabricação caseiras, facões e facas, além de pistolas e simulacro de revólver. Com a proximidade do carnaval, essa operação fica ainda mais importante para os foliões que pretendem brincar o carnaval em paz.

Ator Dado Dolabella é preso em SP por falta de pagamento de pensão alimentícia

 Ator Dado Dolabella é preso em SP após não pagar pensão alimentícia a um dos filhos (Foto: Reprodução/TV Globo)A polícia Civil de São Paulo prendeu o ator Dado Dolabella na noite desta segunda-feira (5) após a Justiça do Rio expedir um mandado de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia.

Segundo a polícia, o ator deve R$ 196 mil de pensão. Se não pagar, pode ficar até dois meses na cadeia.

Na tarde desta segunda, uma mulher procurou os policiais do 5º Distrito Policial, na Aclimação, e apresentou o mandado de prisão. A denunciante disse saber onde Dolabella estava escondido.

Ela levou os policiais até um apartamento em Moema, bairro nobre na Zona Sul da capital paulista. Dado Dolabella foi preso e levado para a delegacia.

“Esse valor da pensão está errado, é um valor que eu não recebo mais. Eu queria poder dar mais pro meu filho”, afirmou Dolabella.

Ator Dado Dolabella é preso em SP após não pagar pensão alimentícia a um dos filhos (Foto: Reprodução/TV Globo)

Ator Dado Dolabella é preso em SP após não pagar pensão alimentícia a um dos filhos (Foto: Reprodução/TV Globo)

O ator foi preso por volta das 9h após ele sair do apartamento de um amigo na Rua Juquis para ir à academia. Os policiais ficaram esperando o ator na rua por três horas.

Segundo a polícia, ele não resistiu à prisão e chorou quando chegou à delegacia. Antes de ser preso, Dolabella foi levado ao IML (Instituto Médico-Legal) Central onde fez exame de corpo de delito e depois foi encaminhado para o 33º DP, em Pirituba, na Zona Norte.

“Os advogados vão recorrer. A gente vai tentar recorrer, tentar fazer um acordo com ela, é isso, a Justiça escolheu isso, vamos acatar”, disse o ator.

Dado foi condenado em dezembro do ano passado a pagar pensão alimentícia a um dos filhos dele. Ele chegou a ser preso em agosto, mas conseguiu uma liminar para não ficar na cadeia.

Não há informações se o ator será transferido para o Rio de Janeiro, onde foi condenado. Caso não pague a pensão, ele vai cumprir dois meses de prisão.

Fonte G1

Liberado o carnaval dos municípios com salários em atraso; norma só valerá a partir de 2019

Foi o que garantiu a procuradora-geral do Ministério Público de Contas, Flávia Gonzalez Leite.Ela disse que não existe nenhuma relação oficial de cidades impedidas de realizar o carnaval e que somente a partir de 2019 é que haverá restrições a municípios que contrariarem a instrução normativa. Ainda assim, os prefeitos que continuam com salários atrasados irão fazer a festa desafiando o TCE e Ministério Público.

O TCE não teve coragem de divulgar os nomes das cidades que o órgão sabe que permanecem com salários dos servidores em atraso, mas o Blog do Luis Cardoso fez levantamentos a partir de denúncias de sites e diulgou ao menos 58 municípios em situação de atraso salarial.

Alguns, é bem verdade, procuraram pagar o que devia e outros já estão se ajustando à nova regra, mas uma boa parte peitou a decisão do TCE e vai fazer a festa.

Gonzalez também desfez interpretações equivocadas que apontavam que os municípios maranhenses estariam impedidos de realizar os eventos em função da aprovação recente de Instrução Normativa.

“O efeito prático imediato é que o município irá priorizar o pagamento salarial. No segundo momento, deve estar voltado a ações de desenvolvimento de saúde e educação. A Instrução diz que a partir de 2019 haverá restrições a municípios que não atendam o percentual de 50% do índice de efetividade da gestão municipal. Eles também não poderão custear com recursos próprios as festividades. É importante dizer que esta restrição abrange apenas o custeio com recursos próprios do município. Isto não impede que o município realize com recursos de convênio estadual ou até privado, afinal, a iniciativa privada aufere tantos benefícios com a festividade neste município. O MPE e o TCE farão o levantamento de quem descumprir a Instrução Normativa e a partir de então representarão nos casos concretos contra os municípios quando da apreciação das contas anuais do gestor, que pode resultar na inelegibilidade além da aplicação de multas”, disse.

“O TCE regulamentou, via Instrução Normativa, que tem um caráter geral, abrangente, vinculado a todos os municípios do estado do Maranhão e que tem uma conotação preventiva, tem a função de alertar os gestores em quais situações ele considerará ilegítimos os gastos realizados atividades festivas. Logo, o Tribunal não trabalha com uma lista prévia ou uma lista oficial de municípios. Tampouco há uma proibição. Há uma regulamentação e orientação”,completou a procuradora.

Fonte Luís Cardoso

Outro acusado do latrocínio é encontrado morto

Um outro elemento acusado de participar do latrocínio ocorrido ontem no município de Vargem Grande na pessoa do taxista Antonio Celso Bezerra Linhares, foi encontrado morto no município de São Benedito do Rio Preto. Ele é conhecido apenas pela alcunha de Rodrigo Manga Rosa, e dizia residir em São Luís. Os outros três elementos, um de nome Alex Sousa Lima, foi morto em confronto com a polícia ainda ontem.  Enquanto que Adson Sousa Silva e Lenilson conhecido como mini-Hulk se encontram presos no presídio São Luís, no complexo penitenciário de Pedrinhas. O Dr. Rubert delegado que ouviu os acusados, informou que ambos foram enquadrados por latrocínio, que é o roubo seguido de morte.