Professora Netta Ribeiro morre no início da tarde deste domingo

 
 Colaboração -blog do Alpanir
Uma notícia muito triste abalou a sociedade vargem-grandense no início da tarde deste domingo (25). A professora  Netta Ribeiro, que atualmente exercia o cargo de diretora adjunta da Escola Santos Dumont, faleceu aos 48 anos de idade.
A causa da morte ainda é desconhecida. Tomamos conhecimento através de seu esposo o Cap. PM Marques, que a professora reclamava há dias de fortes dores na cabeça, mas que após ingerir medicamentos, as dores passavam e tudo voltava a normalidade. Porém a educadora que estava com consulta agendada para a próxima terça-feira, dia 28 em São Luis, para diagnosticar as causas das frequentes dores, deu entrada no Hospital Municipal na manhã de hoje, onde recebeu os primeiros atendimentos e em seguida foi transferida para São Luís, onde seguiria para o Hospital do Servidor, mas faleceu antes de dar entrada naquela unidade de saúde. Lamentamos a perda da docente, e enviamos nossos pêsames aos familiares e amigos.

Repórter Mirante faz uma viagem pela história da Balaiada

Programa que foi ao ar neste sábado (24), visitou o município de Nina Rodrigues que no passado, foi o cenário de uma das revoltas mais importantes da história do Brasil.

Repórter Mirante que foi ao ar neste sábado (24), fez um passeio pela história das maiores revoltas populares do Brasil, a Balaiada. Para contar os detalhes do movimento, a repórter Regina Souza viajou até o município de Nina Rodrigues, a 179 km de São Luís, local que foi palco da revolta.

Município de Nina Rodrigues no Maranhão, foi palco da revolta da Balaiada. (Foto: Reprodução/TV Mirante)Município de Nina Rodrigues no Maranhão, foi palco da revolta da Balaiada. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Município de Nina Rodrigues no Maranhão, foi palco da revolta da Balaiada. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O movimento da Balaiada aconteceu em 13 de dezembro de 1838 e reuniu escravos, sertanejos e prisioneiros de luta contra o monopólio político e econômico dos fazendeiros do Maranhão no século 19. Durante a visita a Nina Rodrigues, a atração refaz os caminhos dos revoltosos na chamada Vila da Manga Iguará e confere de perto os rastros deixados pelo combate.

Museu guarda as relíquias da revolta. (Foto: Reprodução/TV Mirante)Museu guarda as relíquias da revolta. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Museu guarda as relíquias da revolta. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Além disso, o programa visita o Recanto dos Balaios, um museu que foi construído pelo piauiense Baltasar de Carvalho Melo que se esforça para guarda relíquias e lembranças de um tempo que marcou a história do Maranhão.

Armas foram usadas durante o conflito em 1838.  (Foto: Reprodução/TV Mirante)Armas foram usadas durante o conflito em 1838.  (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Armas foram usadas durante o conflito em 1838. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

 Fonte;G1 Maranhão

Maranhão reduz pela metade número de mortos e feridos no trânsito

 

Um pacto pela vida que trouxe resultados para o trânsito. De acordo com dados divulgados pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), foi de 54% a redução no número de acidentes com vítimas no Maranhão, no comparativo entre 2014 e 2017.
Segundo a seguradora, enquanto em 2014 foram pagas 29.238 indenizações por mortes e feridos, no ano passado o número de ressarcimentos pagos foi de 13.524. A conta inclui as reparações feitas por óbito, invalidez e as Despesas de Assistência Médica Suplementares (DAMS).
O governador Flávio Dino comemorou os resultados e alertou para a principal questão, a quantidade de vidas salvas. “Os dados servem para chamar o debate para o principal: antes havia uma bagunça total, ineficiência, negligência. E agora cumprimos a lei. Esse é o certo”, completou o governador em postagem nas redes sociais.
Ainda no comparativo entre os dois anos, a redução no número de vítimas indenizadas por invalidez foi de 55%. O número de mortes no trânsito também teve redução, de 24%. Já as despesas médicas caíram mais de 70%.
Com a criação da Companhia Independente de Polícia Militar Rodoviária Independente (CPRV Ind), um grupamento da Policia Militar específico para prevenção de mortes e acidentes no trânsito, o número de blitzen da Lei Seca aumentou 39 vezes entre 2014 e 2017, passando de oito para 312. Também vêm sendo feitas diversas ações educativas.
Vidas salvas
A contagem de vidas salvas no Maranhão desde 2015 é ainda maior. Incluindo dados que apontam para a redução de índices de criminalidade, foram salvas 2.797 vidas de crimes violentos e acidentes de trânsito no Maranhão. O cálculo leva em conta o cenário que havia em 2014 em relação aos anos seguintes.
Em 2014, foram 987 mortos nos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem os homicídios, os latrocínios (roubos seguidos de morte) e as agressões fatais.
A partir de 2015, esse número foi caindo gradativamente. Em 2017, por exemplo, houve queda de 40% nos homicídios em relação a 2014.
Essas reduções pouparam 718 vidas em três anos. Na comparação com 2014, foram 77 mortes a menos em 2015, 245 a menos em 2016 e 396 a menos em 2017. Somados, chega-se aos 718.
Por:Neto Weba

Vargem Grande:Polícia cumpre mandado de prisão contra dois irmãos

Uma guarnição da polícia militar de Vargem Grande, sob o comando do ten. Rios, prendeu na manhã de hoje (25) cumprindo mandado de prisão preventiva, os irmãos:Raimundo da Silva Santos de 39 anos, e Daniel Siva de Andrade, de 37 anos. Eles são acusados de terem matado com um tiro de espingarda “bate bucha”, no dia 14 de outubro de 2017 a vítima Claudenor Costa Coelho, quando o mesmo saia de uma festa  no povoado Mocambo, Zona Rural de Vargem Grande. Segundo informações, a vítima ao sair do evento  por volta das19 hs, pegou por engano a moto do acusado Raimundo, sendo que o veículo do acusado  se encontrava próximo do veículo da vítima. Pensando que Claudenor estava roubando, Raimundo de posse de uma espingarda, e na “garupa” da moto de seu irmão Daniel, perseguiu a vítima e desferiu um tiro na mesma, que teve morte no local. Em seguida os acusados fugiram e foram localizados no início da manhã deste domingo, no povoado Serão, município de Vargem Grande, onde a polícia cumpriu o mandado de prisão preventiva expedido em desfavor dos acusados, pelo Dr. Paulo de Assis Ribeiro, Juiz de Direito, titular da Comarca de Vargem Grande. Os acusado foram encaminhados ao presidio de Itapecurú-Mirim,onde ficarão a disposição da Justiça.

Por;blog do Zé de Fátima