Carro supostamente usado por bando em assalto é encontrado incendiado

 

Por volta das 13 horas deste sábado (14) a Polícia Militar foi informada, via celular, que na estrada que dá acesso ao povoado Alto Fogoso, zona rural de Bacabal, encontrava-se um veículo incendiado, sendo que o mesmo estava aproximadamente a uns 150 metros da pista.

Uma guarnição do destacamento do município de Alto Alegre do Maranhão com o apoio da Força Tática, do 15º BPM, se deslocaram até o local, onde constataram a veracidade do fato.

De acordo com a Polícia Militar, trata-se de um dos veículos usados no assalto ao carro-forte da transportadora de valores Prosegur, ocorrido por volta das 19 horas da última quinta-feira (12), quando, cerca de dez bandidos fortemente armados chegaram a trocar tiros com os vigilantes e usaram explosivos para arrebentar a porta do carro-forte.

Os bandidos fugirem levando os malotes com o dinheiro.

O assalto aconteceu na rodovia BR-316, próximo ao antigo posto fiscal do povoado Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão.

Acusado de matar o próprio filho é condenado a 35 anos de reclusão no MA

A juíza Sheila Silva Cunha, titular de Parnarama, presidiu na última quarta-feira (11) uma sessão do Tribunal do Júri que teve como réu Ronildo da Conceição Ribeiro. Ele estava sendo acusado de ter matado o próprio filho, que na época do crime tinha apenas um mês de vida, e ter tentado contra a vida de Maria Cleane da Conceição e Antônio da Conceição.
O conselho de sentença considerou o réu culpado pelos crimes e a pena imposta foi de 35 anos de reclusão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.
De acordo com a denúncia, os crimes ocorreram em 17 de agosto de 2013, no Bairro Redenção, em Parnarama. Ronildo teria matado o próprio filho, bem como tentado contra a vida da ex-companheira Maria Cleane e de Antônio da Conceição.
O réu suspeitava não ser o pai biológico da criança, após tê-lo registrado como filho. Ele ainda tentou matar Maria Cleane, só não conseguindo porque Antônio da Conceição (irmão de Cleane), interveio, sendo ferido também. Ronildo foi imobilizado por dois homens que chegaram na hora do fato.
Ele estava sendo acusado de homicídio qualificado praticado contra a criança, de homicídio tentado qualificado praticado contra Maria Cleane e de homicídio tentado contra Antônio. Ronildo da Conceição estava preso desde os crimes. Ele não poderá recorrer em liberdade.
Além da magistrada, atuaram na sessão do Tribunal do Júri o promotor de Justiça Nélson Nedes Ribeiro, na acusação, e o defensor nomeado Fernando Sabino Tenório. A sessão do Tribunal do Júri foi realizada na Câmara de Vereadores de Parnarama Fonte Neto Weba

SUSPEITO DE COAGIR EMPRESÁRIO, TEN. CORONEL DO CORPO DE BOMBEIROS É PRESO EM PINHEIRO

Te. Coronel, Hilton Nogueira

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (Seccor), prendeu, nesta sexta-feira (13), o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros do Estado Hilton Nogueira Júnior. A ação ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, decretado pela 2ª Vara da Comarca de Pinheiro.
A representação pela prisão preventiva contra o bombeiro foi feita pelo 2º Departamento de Combate à Corrupção, que investiga crimes cometidos pelo militar quando ele esteve no comando do 8º Batalhão de Pinheiro.
Segundo o delegado Roberto Fortes, titular da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), o tenente-coronel é investigado por suposta coação ao empresário responsável pelo fornecimento de alimentação do batalhão, que era obrigado a superfaturar suas notas fiscais para que o comandante pudesse desviar o valor.
Além disso, também cobrava vantagens indevidas para a concessão de certificados de funcionamento/licenças e pedidos de supostas “doações” a empresários e representantes de prefeitura que, de acordo com a polícia, eram denominados por ele de padrinhos.