Chega a Vargem Grande, Imagem e Relíquia de São Francisco

Vindo da Paróquia de São Mateus, sendo acompanhada pelo pároco daquela cidade, padre Waldecy Leitão, chegou a Vargem Grande, pontualmente as 5 hs da tarde de hoje, 06/05, a imagem e relíquias de São Francisco de Assis. Após a chegada, muitas manifestações de fé e devoção.

Os Franciscanos de Vargem Grande, estavam presentes em sua quase totalidade para receber e venerar o santo que deu a sua vida em defesa dos menos favorecidos. Apesar da chuva forte que caiu após a chegada das relíquias e imagem do santo, ainda assim, a população, saiu em procissão até a igreja Matriz onde as 19hs e 30 min foi celebrada a missa.

Amanhã como estar previsto, a imagem visitará os enfermos em suas residências, depois retorna a Igreja Matriz, onde à tarde, os devotos poderão venerar o Santo. No final da tarde, haverá a procissão de luzes, com destino a Capela que leva o nome do Santos, e depois vai pára a Casa das Irmãs Doroteias filhas do Sagrado Coração de Jesus, onde ficará na Capela. Na terça feira, depois da missa de despedida na casa Paroquial, as relíquias e a imagem seguem para a cidade de  Chapadinha.

Flávio Dino entrega kits do Mais Renda e anuncia construção de novo Socorrão em Imperatriz

O sábado foi de festa e novas ações do Governo do Maranhão em Imperatriz. Em visita ao município para entrega de kits para venda de alimentos e montagem de salões de beleza do programa Mais Renda a 150 microempreendedores individuais, o governador Flávio Dino também visitou obras em conclusão e anunciou a construção de um novo Hospital de urgência e emergência para a cidade.

“São 150 empreendedores aqui de Imperatriz, no setor de alimentos e beleza que estão recebendo apoio, equipamentos, treinamento e capacitação. Nós estamos terminando a reforma do Hospital Materno Infantil da Região Tocantina, e vamos construir um novo Socorrão na cidade de Imperatriz, um hospital de urgência e emergência de porta aberta”, declarou o governador Flávio Dino.

De acordo com Flávio Dino, o novo estabelecimento de saúde vai aumentar a capacidade do atual Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) – Socorrão: “A gente sabe do esforço da equipe do atual Socorrão, mas o prédio não suporta mais”, completou.

O governador ainda vistou obras na Escola Nascimento de Moraes, uma das maiores escolas estaduais de Imperatriz.

Mais Renda

Para quem foi contemplado com um dos 150 kits do Mais Renda, o sentimento era de festa, de felicidade: “Eu estou muito feliz! É mais renda para ajudar na nossa casa”, disse a dona Maria Azenir Santos, 54 anos, vendedora, trabalha há 25 anos vendendo salgados e com o programa poderá vender outros tipos de alimentos.

Dona Tereza Mônica, de 53 anos, se admirou da oportunidade oferecida. “To ganhando carrinho, tenda, cadeiras, tô ganhando tudo para trabalhar, é uma benção de Deus!”, declarou agradecida.

Oportunidade

Iniciativa do Governo do Maranhão presente em 13 municípios, a ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) e já alcançou 1.215 equipamentos entregues .

“Graças a experiência exitosa iniciada com 400 famílias em São Luís, hoje nós já temos mais de 2 mil famílias beneficiadas com os equipamentos e capacitação”, informou o titular da Sedes

Além da capacitação, os beneficiários recebem kit de negócio composto por fardamento oficial, utensílios e equipamentos, como carrinhos adequados à venda de churrasco, cachorro-quente, salgados, ou ainda tendas, fritadeiras ou chapa a gás, e equipamentos para salão de beleza, a depender da finalidade da venda e que ajudarão a potencializar as atividades a serem desenvolvidas.

BANDIDO PRESO: MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A MORTE DO DELEGADO DA PF, ASSASSINADO A GOLPES DE FACA E DISPAROS EFETUADOS DA SUA PRÓPRIA ARMA

O latrocida Wanderson Baldez foi preso na UPA da Vila Luizão.Os outros dois latrocidas foram identificados como David Castro Martins e Leandro, que continuam foragidos. Os três envolvidos têm passagens pela polícia por prática de tráfico e roubos. A pistola do delegado, usada pelos criminosos, ainda não foi encontrada.
O delegado da PF Davi Farias Aragão, de 36 anos, que foi assassinado na noite de sábado (5), no Araçagi, ainda chegou a travar luta corporal com dois dos três assaltantes que invadiram a residência da família. No momento da ação criminosa, estava sendo comemorado o aniversário da filha do delegado.
Segundo informações do delegado Jefrey Furtado, que responde pelo plantão na Delegacia de Homicídios, os três assaltantes, que residem na região da Vila Luizão, saíram, por volta de 21h, para praticar assaltos. As passarem pela Avenida Atlântica, na Praia do Meio, Araçagi, depararam-se com a movimentação na residência de praia da família do delegado e decidiram realizar a ação criminosa.
Para terem acesso à residência, dois deles foram por uma casa abandonada, ao lado da residência do delegado, e entraram pelos fundos. O terceiro escalou o muro da frente. Ao anunciarem o assalto, determinaram que os homens ficassem deitados, e passaram a fazer um raspa, tomando celulares, bolsas e outros objetos pessoais de quem se encontrava no terraço e área externa da casa.
No momento em que eles ameaçaram adentrar a parte interna da residência, houve reação dos presentes por causa das crianças. Eles chegaram, então, a exigir que um dos homens saísse da casa com eles, dirigindo um dos carros. Como demoraram a encontrar a chave, a situação ficou mais tensa, com o delegado passando a travar luta corporal com dois assaltantes.
Eles queriam tomar uma pistola 9mm. A luta foi terminar no campo de futebol da residência. O delegado foi surpreendido com facadas nas costas desferidas pelo terceiro assaltante. Um deles se apoderou da pistola e disparou um tiro no abdômen do delegado, que foi socorrido, mas morreu ao dar entrada no hospital.
No local, foram encontrados objetos pessoais dos assaltantes e um simulacro de arma de fogo. Como um dos assaltantes foi atingido por um tiro, policiais federais encontram o mesmo na UPA da Vila Luizão. Inicialmente ele disse que teria se envolvido em uma confusão na Choperia Marcelo, mas, depois de saber das imagens do videomonitoramento da residência, terminou confessando participação no crime.
O latrocida preso foi identificado como Wanderson de Moraes Baldez, de 21 anos, residente na Travessa Santa Luzia, na Vila Luizão. Ele foi levado para a delegacia para prestar depoimento, mas vai retornar ao hospital para ser submetido a cirurgia no braço. Quando estiver de alta, será encaminhando para o Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas.
A festa de aniversário da filha do delegado foi iniciada ao meio-dia. No fim da tarde e início da noite, muitas pessoas já haviam saído, mas familiares decidiram continuar comemorando durante o restante da noite, pois iriam pernoitar, sendo surpreendidos pela chegada dos assaltantes.
O delegado Davi Aragão comandava o Departamento Fazendário da Polícia Federal no Maranhão. Fonte Francisco Vale

VIII Vargem Lama recebe um número recorde de participantes

Desde cedo, a população de Vargem Grande, começou a posicionar-se em frente a Arena Motos para assistir a largada dos motoqueiros participantes do 8º VargemLama. A avenida José Magalhães onde fica localizada a Loja que sedia o evento, ficou completamente tomada por motoqueiros e populares, sendo preciso o trabalho da Guarda Municipal, para poder organizar o trânsito na área.

Motoqueiros de todo o estado estão presentes nesse evento, com suas motos, seus triciclos e quadriciclos, numa grande festa do motociclismo da região do Baixo Parnaíba e do Iguará. O mais importante como dizem os próprios participantes, é a integração e a troca de experiência de quem participa dessas competições.

Esse ano, o evento tomou maior proporção graças a divulgação do parceiro Marcial Lima, que em seus programas divulgou e nos ajudou para que o VargemLama tomasse essa proporção gigantesca. Marcial, era para se fazer presente, juntamente com Dário Rubens,mas devido problemas de ordem particular,de ultima hora, não pode vir e trazer em sua companhia o forrozeiro e seresteiro conterrâneo, o que com certeza, fará na edição de Nº 9 do VargemLama.

Delegado da Polícia Federal é assassinado quando comemorava aniversário da filha

O delegado da Polícia Federal, Davi Aragão, foi assassinado na noite deste sábado (5), quando comemora o aniversário de sua filha na região da Praia do Araçagi e do Meio. Três indivíduos invadiram a casa para praticar assalto, ocorrendo luta corporal e sendo desferidos três golpes de faca na região do abdômem, além de tiros.

Davi Aragão foi socorrido e levado a UPA do Araçagi, logo em seguida ao Hospital São Domingos, onde já chegou em óbito.

Foram roubados alguns pertences do delegado da Polícia Federal, entre eles os celulares e a arma de uso pessoal. Os praticantes do latrocínio ainda não foram capturados.

Davi Aragão era filho de Pedro Aragão e Vânia, ambos médicos e proprietários da Clínica São Marcos.

Recompensa: R$ 1 mil para quem indicar o paradeiro do homem que assassinou professora

Familiar da professora Neurivânia Barbosa dos Santos, assassinada na madrugada de ontem pelo ex-marido (foto abaixo), Edvan Carneiro Macedo, 43 anos, oferece recompensa no valor de R$ 1 mil para quem indicar o paradeiro do criminoso, fornecendo a informação pelo disque 190. A professora foi assassinada na frente dos filhos do casal ( um de 08 anos e outras de 14 anos), na cidade de Formosa da Serra Negra, no Maranhão. 

Edvan estava separado uns 11 meses de Neurivânia (foto abaixo) e insistindo sempre para que a ex-companheira aceitasse reatar a relação, o que ela não concordava. A professora chegou a registrar três ocorrências contra o ex-marido por causa dos ciúmes agressivos dele.

O ato crimino foi uma surpresa para familiares e vizinhos, uma vez que o ex-companheiro nunca foi violento com a professora.

Mãe denuncia precariedade da UPA de Codó com foto de filha internada deitada numa poltrona

Uma mãe, identificada como Suanny  Vitória Salazar, usou sua página no facebook na tarde deste sábado, 5, por volta das 15h, para postar uma foto da filha, Maria Vitória, que tem problemas cardíacos, segundo sua postagem, deitada numa poltrona da UPA de Codó por falta de leito (cama).

A garota está, conforme a mãe, com infecção intestinal. Há 4 dias tenta ver a filha sadia e nada aconteceu até agora. Diz na legenda da fotografia que ‘só deram um remédio que nunca fez efeito”.

Na sequência diz que a filha estava numa cama, agora já não está mais. Suanny diz que a filha está correndo sérios riscos de pegar uma bactéria, além do próprio desconforto que é estar doente e numa poltrona da Unidade de Pronto Atendimento.

“Ela tá correndo o risco de pegar bactérias. Num lugar que a capacidade é de 3 crianças estão com 8”, escreveu

Abaixo, leia a íntegra da postagem da mãe no facebook:

Eu já to cansada da falta de um bom atendimento na saúde de Codó… 4 dias com a Maria Vitória internada na Upa , com infecção no intestino, e nunca foi resolvido nada . Só deram um remédio q nunca fez efeito . Pra fazer exame de sangue demora quase um dia todo se faz demora entregar, se entregam não levam pro médico ver , se ele ver passa o mesmo remédio q não resolve .

Maria Vitória pelo menos tava numa cama , já não Ta mas , está deitada numa poltrona sem a mínima condições de higiene, Eles sabem q ela é cardíaca .Eu q tive q passar um álcool gel.
Ela tá correndo o risco de pegar bactérias. Num lugar q a capacidade é de 3 crianças estão com 8.

Eu sinceramente to entregando só nas mãos de Deus.
Só ele pra proteger minha filha de todos os males e da falta de uma necessidade básica q é ter uma saúde digna. Q está cada vez mas precária.Maria Vitória guerreira do Senhor .Vai vencer mas essa .
Fé em Deus sempre!!! Fonte Blog do Acélio

ELEIÇÕES 2018: PRÉ-CANDIDATOS PODERÃO RECEBER DOAÇÕES ELEITORAIS A PARTIR DO DIA 15 DE MAIO

As eleições de 2018 terão novidades em relação às doações de campanha. Os pré-candidatos poderão receber doações financeiras antes mesmo do efetivo início do período de campanha eleitoral. As resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o pleito deste ano já regulamentaram o assunto e permitem que as contribuições se iniciem a partir de 15 de maio, por meio de financiamento coletivo, as chamadas “vaquinhas online”.
A nova forma de doação foi criada pela alteração na lei das eleições no ano passado. As doações serão feitas mediante operação bancária, nas instituições financeiras que se cadastrarem, previamente, no TSE e tiverem atendido às regras eleitorais e a regulamentação expedida pelo Banco Central do Brasil.
As resoluções do TSE permitem a utilização da internet e aplicativos para a arrecadação, mas proíbem as moedas virtuais. As doações serão restritas às pessoas físicas e terão que respeitar todos os critérios gerais das doações, como: identificar quem estará doando e quem será o recebedor; e a instituição financeira tem que disponibilizar todos os dados para fins de fiscalização e publicidade.
As empresas de financiamento coletivo poderão ser contratadas por pré-candidatos para começar a arrecadar recursos a partir do dia 15 de maio, mas os pré-candidatos beneficiados só receberão os recursos para suas campanhas após a apresentação de seus registros de candidatura à Justiça Eleitoral. Caso isso não aconteça, os recursos arrecadados devem ser devolvidos aos respectivos doadores.
O advogado Márcio Endles, especialista em Direito Eleitoral, explica como será esse tramite. “O pré-candidato que tiver interesse no novo formato de doação, deve procurar uma das instituições financeiras que fizeram seu cadastramento no TSE, e celebrar a contratação do serviço de arrecadação para fins eleitorais. Por sua vez, a empresa arrecadadora ficará na guarda dos recursos e só poderá repassar ao beneficiado se o mesmo apresentar seu registro de candidatura”, esclareceu.
Os que fizeram a contratação de arrecadação e não tiverem a candidatura registrada, não terão acesso aos valores doados, devendo a empresa arrecadadora realizar o estorno dos valores às pessoas físicas que doaram. Já os registrados deverão providenciar, logo após o registro, a abertura da conta com o CNPJ eleitoral que for emitido pela Receita Federal para a campanha.
O professor e advogado faz um alerta para essa possibilidade de estorno da doação. “O pré-candidato e o doador devem estar cientes de que a empresa arrecadadora está prestando um serviço. Então, se não for feito o registro de candidatura, vai ser feito o estorno do valor doado para o doador e poderá haver um desconto das tarifas cobradas pela instituição financeira”, afirmou Endles.
Do mesmo modo, o candidato lançará em sua prestação de contas o valor bruto arrecadado. E os custos dos serviços da instituição financeira serão considerados despesas de campanha eleitoral e lançadas na prestação de contas. “Os valores repassados pela arrecadadora ao candidato devem, obrigatoriamente, ser transferidos para a conta bancária específica de doações para campanha, já que nessas eleições teremos contas diferentes, dependendo da natureza dos recursos”, complementou.
Todas as condições da relação entre o pré-candidato e a empresa arrecadadora devem ser estabelecidas em contrato de prestação de serviços. Nele, inclusive, devem estar previstas as formas de pagamento dos serviços à instituição financeira, levando em conta as hipóteses de candidatura e de não ser apresentado o registro do pretenso candidato.

Fonte: Gilberto Léda

OS POBRES RICOS

Aconteceu lá nos EUA: a professora Angela Strube foi presa por furtar o dinheiro da merenda de seus alunos. Enquanto isso, com US$ 2.700 no bolso, um cidadão de nome Robert Mitchell foi preso por furtar de dada loja uma lata de sardinhas que custava US$ 1,98. A propósito, li que naquele país a cada 90 segundos um carrinho de supermercado é furtado. Aliás, furtos em estabelecimentos comerciais respondem por quase metade dos crimes lá cometidos – representando um prejuízo para a economia estimado em US$ 30 bilhões a cada ano.

Do outro lado do Oceano Atlântico, na sisuda Alemanha, autoridades policiais divulgaram a ocorrência de 391.000 casos de furtos praticados em lojas ao longo de 2014, totalizando US$ 2,4 bilhões em prejuízos. Apurou-se, segundo as autoridades, que este é o perfil médio dos culpados: “crianças, adultos, idosos ou quem você quiser”.No Reino Unido, inicio pelo caso de David Davies. Aos 68 anos de idade, este senhor teve um ataque cardíaco. Foi carregado às pressas para um hospital. Enquanto as equipes de emergência tentavam ressuscitá-lo, seu relógio foi furtado! Vem daquele país, também, o caso de Harry Hankinson, sentenciado a 16 meses de prisão após ter cometido seu furto de número 521! Sim, foram 521 furtos cometidos em estabelecimentos os mais diversos. Há também o registro de duas crianças de três anos de idade surpreendidas furtando em lojas – uma prática que, no total, sangra a economia em robustos US$ 4 bilhões a cada ano.

Na Noruega, o padre John Olav Hodne teve sua carteira e celular furtados dentro da igreja de Melhus, enquanto lá realizava uma missa. Algo parecido aconteceu em Portugal, onde uma jovem fiel foi surpreendida afanando a caixa de doações de uma igreja. Em outro templo, no Japão, a vítima foi uma imagem de Buda. Na Bulgária furtaram um banheiro de uma rodovia – enquanto que na Rússia carregaram toda a pavimentação de outra. Na Turquia, uma ponte inteira. Na Jamaica, toda uma praia.

Vejam que só citei sociedades educadas e de bom nível econômico – estão fora os “furtos famélicos” praticados em comunidades miseráveis. No entanto, os números e exemplos chocam! Como explicá-los, em um mundo no qual é politicamente correto dizer-se que “o crime é fruto da pobreza”? Sim, como explicá-los diante destes pobre ricos?

Pedro Valls Feu Rosa é desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

ELEITORADO SUJO

A hipocrisia brasileira leva os intelectuais a endeusarem o povo – sempre inocente e puro – e isentarem os eleitores da corrupção que domina o sistema político-eleitoral. Para não perder votos, a maioria dos políticos finge que tudo está normal.
Não está. O jogo é muito sujo. Parte da sujeira vem do próprio eleitor, viciado e pedinte, sem coragem para ganhar a vida com o suor do próprio rosto.
Um pseudopastor me pediu esta semana telha, tijolo e areia, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Fui obrigado a dar-lhe uma resposta dura.
Uma mulher de classe média alta me procurou pedindo o complemento de um valor para colocar silicone no glúteo. Respondi que ainda não estou dando isso, não.
Os pedidos são inúmeros: contas de água, luz, telefone, aluguel, enxoval para crianças, cirurgias e dinheiro. É como se, ao anunciar uma pré-candidatura, o pretendente se transformasse numa máquina de obrar tudo.
Tudo crime eleitoral. Depois, esses mesmos eleitores vão caçoar do político que depenaram, chamando-o de ladrão e ficha suja, quando, na verdade, são os legítimos representantes dos corruptos pedintes.

Miguel Lucena é Delegado de Polícia Civil do DF, jornalista e escritor.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com