Homenagens marcam despedida ao ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira

Familiares, amigos e políticos prestaram homenagem ao ex-governador e ex-senador do Maranhão Epitácio Cafeteira. O político maranhense faleceu aos 93 anos, no final da tarde do último domingo (13), em Brasília. Ele estava internado em sua casa, por causa do delicado estado de saúde. O corpo foi trazido para São Luís no início da noite desta segunda-feira (14). O velório foi realizado durante toda a madrugada no plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), no Cohafuma.

O governador Flávio Dino compareceu ao velório para prestar suas condolências aos familiares e amigos do político e ressaltou a importância da figura de Cafeteira. “O governador Cafeteira é uma figura muito experiente e muito marcante na política do nosso Estado. Ele exerceu seguidas funções públicas, de modo que todos nós lembramos do prefeito Cafeteira, o deputado Cafeteira, o governador e o senador Cafeteira. O fato de o nome dele sempre estar acompanhado ou associado à lembrança de um cargo que ele exerceu é a prova de sua relevância”, disse.

“Temos também a figura importante do nosso líder do Governo na Assembleia, o deputado Rogério Cafeteira, que é o continuador dessa liderança construída pelo Epitácio Cafeteira ao longo da vida”, acrescentou.

O deputado estadual e sobrinho de Epitácio Cafeteira, Rogério Cafeteira, aproveitou a oportunidade para agradecer em nome do tio. “Eu tenho certeza se ele pudesse ter feito um pedido antes de partir, seria deixar uma mensagem de agradecimento ao povo maranhense pelo carinho e confiança que teve com ele. Ele deixa diversos ensinamentos por ter vivido uma longa carreira na política. Depois que ele se afastou do embate político, ele conseguiu viver de forma pacífica com ex-adversários, com tranquilidade e respeito mútuo. E tudo isso graças a ele não ter deixado se contaminar pelo ódio, que muitas vezes permeia a política”, relembra.

O enterro de Epitácio Cafeteria está marcado para a manhã desta terça-feira (15), no cemitério do Gavião, na Madre Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *