Homenagem ao dia dos Pais

Por;Thalissa Ambrósio

Ser pai é bem mais do que uma “mera presença paterna” e uma figura autoritária, é saber falar mas também ouvir e calar quando é necessário.É tomar pra si a dor e a felicidade de um “pequeno ser” digo pequeno, porque para os pais, seus filhos nunca crescem.

Acho injusto e importante comemorar “o dia dos pais” , Injusto porque as lutas de um pai ao lado de seus filhos são diárias,se calcularmos por ano, são exatamente 365 lutas . Mas também acredito que seja importante festejar este ÚNICO dia,porque as vezes é necessário um  choque para que possamos aprender o valor que tem um pai na construção de uma família .

Ao longo dos meus 21 anos eu com meu pai estabelecemos uma forte de relação de companheirismo  e sinceridade , me lembro que quando criança ao jogar bola meu pai sempre dizia que eu deveria procurar outra habilidade porque aquela, já não havia  jeito,já quando fiz a primeira leitura em público na igreja,ele disse:” Não tem jeito,essa é minha filha mesmo.” O tempo passou e hoje trabalhamos juntos,e justamente por isso nossos desafios são ainda maiores,não é fácil para ele entender que vivemos “a nova era do  jornalismo. ” Mas depois de nossas contradições,seus conselhos certos me ensinam ,beijo suas mãos e lhe digo,meu querido, meu velho, meu amigo.

Nós que fazemos o  blog do Zé de Fátima desejamos a todos os amigos e colaborados um  feliz dia dos pais, repleto de amor e proteção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *