Duas crianças são mortas durante tiroteio no Maranhão

Duas crianças com idades de cinco e sete anos, respectivamente, morreram durante um tiroteio ocorrido na noite de segunda-feira (22), na praça cantor Evaldo Cardoso, na Vila Adelaide Cabral, situada na periferia do município de Santa Inês, a 250 km de São Luís. O tiroteio foi causado por dois homens que ainda não foram presos, de acordo com a polícia.

Ainda segundo a polícia, o tiroteio aconteceu por volta das 21h e o local estava cheio de crianças brincando em um parque que fica na praça. A polícia diz que dois veículos estavam circulando desde o início da noite no bairro, quando um dos carros parou em uma rua próxima da praça e dois homens, ainda não identificados, começaram a atirar na direção da praça cantor Evaldo Cardoso.

Durante o tiroteio, as duas crianças foram baleadas. Elas foram socorridas pelos próprios moradores e levadas para o hospital. Uma criança chegou morta ao hospital e a outra em estado grave. Ela foi submetida a procedimento cirúrgico, mas também não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Um adolescente de 17 anos que também estava no momento do tiroteio foi baleada em uma das mãos.

Após o tiroteio, a polícia foi acionada e fez rondas pelo bairro tentando encontrar os suspeitos. A polícia acredita que os atiradores estavam tentando atingir um homem que reside no bairro e que já tem passagem pela polícia. Os policiais ainda investigam se o adolescente que foi baleado seria um dos alvos dos atiradores.

Crianças de 5 e 7 anos são mortas durante tiroteio em Santa Inês — Foto: Reprodução/TV Mirante

Crianças de 5 e 7 anos são mortas durante tiroteio em Santa Inês — Foto: Reprodução/TV Mirante

Vargem Grande : Criança é atingida por pedra na região frontal da cabeça

Acusado do ato

Ontem domingo (21) por volta das 19 e 30, uma criança de 5 anos de nome (W.D.J.S), foi atingida por uma pedra, na região frontal da cabeça, provocando o afundamento do crânio. A fatalidade ocorreu no bairro do Soldadinho na cidade de Vargem Grande- Maranhão.

O acusado de provocar a lesão na criança é o adolescente (A.N.V) de 16 anos de idade. Após denúncia, a polícia militar conseguiu apreender o acusado nas proximidades do  Açude Paulo Ramos.

Ainda não sabemos a “justificativa” para a prática do ato de extrema violência .

A vítima foi encaminhada para o hospital em São Luis -Ma , o estado de saúde da criança permanece grave.

Após roubar motocicleta, assaltantes abandonam no local , outro veículo roubado

Na noite do sábado(19), por volta das 22h, dois elementos tomaram de assalto uma motocicleta nas proximidades do cemitério municipal, na avenida Castelo Branco, no centro de Vargem Grande.

O fato inusitado é que após o assalto,os dois elementos deixaram uma moto Biz no local na companhia da vítima. A motocicleta abandonada foi roubada, dia 13 de outubro, no Campo da Aviação.

A polícia estar na busca dos acusados.

Vigilante é assassinado dentro de escola no Maranhão

Um vigilante identificado como Jackson Douglas Oliveira, de 38 anos, foi morto dentro de uma escola municipal na madrugada deste sábado (20) em Imperatriz, a 626 km de São Luís.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os bandidos entraram pelos fundos do prédio e o crime aconteceu na cozinha da escola, onde Jackson Douglas foi morto a pauladas e facadas. As portas da secretaria e da coordenação foram arrombadas e os bandidos conseguiram levar um microfone, uma caixa de som amplificada, pequenas caixas de som e um notebook.

O corpo da vítima foi encontrado por uma servidora da escola por volta das 06:30h e foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) onde passou por perícia. O gestor da escola, José Sartunino teme pela falta de segurança por conta dos outros funcionários que trabalham no local.

“É muito triste para nós todos, a gente fica sem proteção até para trabalhar porque estamos todos sujeitos a qualquer um chegar e fazer o mal tanta para professores quanto diretores e principalmente para os vigias que trabalham no turno da noite”, diz.

Jackson Oliveira era servidor da prefeitura há 12 anos e não trabalhava armado como vigilante de escola. — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Jackson Oliveira era servidor da prefeitura há 12 anos e não trabalhava armado como vigilante de escola. — Foto: Reprodução/ TV Mirante

A escola municipal Maria Evangelista de Sousa não possui sistema de câmeras de segurança no prédio. Por isso não existem registros de imagens do momento do crime. Jackson Oliveira era servidor da prefeitura há 12 anos e não trabalhava armado como vigilante de escola.

O secretário municipal de educação, Josenildo Ferreira, esteve no local e afirmou que a prefeitura vai acompanhar as investigações. “Nós estamos aguardando o resultado das investigações, vamos dar apoio aos familiares naquilo que for preciso e esperamos que a justiça seja feita”, explica.

Segundo a PM de Imperatriz, um homem foi preso e um adolescente foi apreendido suspeitos de participação no crime.

G1

EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE DO MARANHÃO RICARDO MURAD É PRESO POR SUSPEITA DE DESVIO DE RECURSO PÚBLICOS

O ex-secretário de Saúde do Maranhão Ricardo Murad foi preso durante uma operação que apura desvios de recursos públicos. Ele se apresentou à Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (18). Murad é cunhado de Roseana Sarney (MDB), ex-governadora do estado, e foi secretário estadual entre 2012 e 2014, durante o quarto mandato de Roseana no Maranhão.
Trata-se da sexta fase da Operação Sermão dos Peixes, chamada de Peixe de Tobias.
A PF apurou indícios de que, entre os anos de 2011 a 2013, aproximadamente R$ 2 milhões destinados ao sistema de saúde estadual foram desviados para uma empresa sediada na cidade de Imperatriz (MA). A polícia verificou ainda pagamentos mensais a blogueiros.
O advogado de Ricardo Murad, Marcos Lobo, disse ao G1 que ainda não teve acesso à decisão judicial e que não pode responder sobre o caso.
A prisão de Murad já havia sido pedida em 2015, mas foi negada pelo juiz federal Roberto Carvalho Veloso.
Outra operação
A Polícia Federal também deflagrou uma nova operação para apurar vazamento de informações da primeira fase da Sermão aos Peixes. Ela é chamada de Abscondito II e foi iniciada em 2016. A PF avançou na investigação sobre o vazamento e reuniu prova de que os membros da organização criminosa conseguiram cooptar servidores públicos para a obtenção de informações privilegiadas. Depois, destruíram e ocultaram provas.
Além disso, violando medidas cautelares impostas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, um dos investigados teria dilapidado seu patrimônio e transferido seus bens para terceiros para impedir que fosse decretada a perda de tais bens.
Mandados judiciais
Ao todo, considerando as duas operações, foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão, 11 mandados de prisão temporária.
As pessoas investigadas poderão responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, dentre outros que possam ainda ser apurados. Após os procedimentos legais, os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário estadual, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.
As diligências estão sendo realizadas em seis cidades: São Luís, Imperatriz, no Maranhão, Parauapebas, no Pará, Palmas, no Tocantins, Brasília, no Distrito Federal e Goiânia, em Goiás.
Foi determinado o bloqueio judicial e sequestro de bens num valor total que supera R$ 15 milhões.
g1.globo.com/ma

Show com artistas locais e grupo junino, neste sábado (20), no Parque Ambiental de Codó

Neste sábado (20) tem programação no Parque Ambiental de Codó com apresentações gratuitas e diversificadas para públicos de todas as idades, incluindo diversas brincadeiras voltadas para o público infantil.

A quadrilha Junina Renascer do Sertão abre as atrações, a partir das 18h30, com dança e cultura. A festa continua com show Gilmário em Voz e Violão”, seguido da dupla Chico Nô e Zé Paulo com o show “Visões de Lampião.

Chico Nô e Zé Paulo, prometem misturar a diversidade cultural dos ritmos do Maranhão e do Nordeste ao som da sanfona, viola, zabumba, tambores, maracás e pandeirões. O show faz cadência a quadrilha, ao xote, xaxado e baião entrelaçados aos sotaques de bumba meu boi, cacuriá e tambor de crioula.

Desde que o Parque Ambiental de Codó foi inaugurado, a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), oferece uma programação cultural e permanente no local. O objetivo de descentralizar as ações culturais, ocupar o espaço público, criando opções de lazer e diversão para turistas e moradores do município.

Ônibus tomba e um idoso morre em acidente na BR-316 no Maranhão

Um ônibus tombou na noite de terça-feira (16) no Km 117 da BR-316, próximo do município de Santa Luzia do Paruá, a 370 km de São Luís, e causou a morte de um idoso identificado como Juvenal Fialho Brito, de 77 anos.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente, que aconteceu por volta das 20h, foi causado após o veículo ter batido em uma vaca na estrada. O motorista perdeu o controle, saiu da pista e acabou tombando deixando 19 passageiros feridos.

As pessoas feridas foram encaminhadas para os hospitais das regiões de Zé Doca e Santa Luzia do Paruá. Os envolvidos no acidente eram comerciantes da região do Alto Turiaçu que vinham de Fortaleza, no Ceará.

Envolvidos no acidente eram comerciantes da região do Alto Turiaçu que vinham de Fortaleza, no Ceará — Foto: Reprodução/TV Mirante

Envolvidos no acidente eram comerciantes da região do Alto Turiaçu que vinham de Fortaleza, no Ceará — Foto: Reprodução/TV Mirante

EX-MARIDO SE APRESENTA E CONFESSA TER MATADO EX-COMPANHEIRA MARANHENSE

O ex-marido da jovem Thaynara de Oliveira, de 25 anos, se apresentou na delegacia de Jarinu (SP) nesta segunda-feira (15) e confessou ter matado a vítima, que era de Itapecuru-Mirim (MA) e tinha um filho de 9 anos.
José Ribamar Martins da Silva, de 30 anos, foi intimado pela polícia e compareceu à delegacia acompanhado por um advogado de defesa.
A investigação já havia pedido e a Justiça decretou a prisão temporária dele. Em seguida, o servente foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista (SP).
O corpo da jovem foi encontrado enrolado em um lençol às margens de um córrego no dia 30 de setembro e sem documentos. A vítima foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e liberada à família para ser enterrado no dia 2 de outubro.
O crime
Quando foi achada às margens de um córrego na Estrada Juvenal de Sousa, no bairro Bom Retiro, Thaynara estava vestida com calça jeans e blusa na cor preta. A perícia identificou uma lesão na região do pescoço e o nariz estava aparentemente quebrado.
A tatuagem que Thaynara tinha no braço, com o nome “Thalyson”, é uma homenagem ao filho. Alguns amigos lamentaram a morte da jovem na internet.
“Uma moça tão linda, jovem e com a vida toda pela frente”, disse uma amiga. “Que você esteja em um bom lugar”, comentou outro perfil.
g1.globo.com/sp

PROCON/MA orienta o pagamento da meia-entrada para professores da rede pública e privada

Professor também se diverte! Mas, o que poucos sabem é que o lazer pode ser bem mais econômico. O PROCON/MA orienta acerca do pagamento de 50% do valor do ingresso em estabelecimentos culturais e de lazer pelos professores da rede pública e privada de todos os níveis de ensino.

“Será concedido o benefício mediante apresentação da carteira de identificação profissional emitida pelo respectivo sindicato, carteira funcional emitida pelo órgão empregador ou através do contracheque, juntamente com documento de identidade, no ato da compra e na portaria da realização do evento”, explica a presidente do PROCON/MA e do VIVA, Karen Taveira Barros.

Além disso, o contracheque deverá apresentar código de autenticidade ou similar, capaz de possibilitar que terceiros interessados possam comprovar as informações contidas nesse documento, conforme a PORTARIA n° 34/2015 do PROCON/MA.

Ainda de acordo com art. 4º da Lei Estadual n° 9.683/2012, os estabelecimentos deverão afixar em suas bilheterias, em locais de grande visibilidade, anúncio público contendo a seguinte informação: “É assegurado a todos os professores ativos e inativos o pagamento de meia-entrada neste estabelecimento”.

É importante lembrar que, de acordo com a Portaria do PROCON/MA, a venda de ingressos de meia-entrada valerá para todos os espaços internos do evento, não sendo cumulativa com outras promoções e convênios, salvo para estudantes (no âmbito do município de São Luís) e para professores (no âmbito do Estado do Maranhão), e que a limitação de 40% dos ingressos de meia-entrada não se aplica aos idosos, doadores de sangue e professores, devendo ser garantindo o benefício enquanto houver ingressos disponíveis para o público em geral.

O descumprimento da Lei resultará em multa no valor correspondente a 100 (cem) vezes o valor do respectivo ingresso, conforme art. 5° da Lei Estadual. Caso o consumidor tenha seu direito desrespeitado, pode formalizar a denúncia em uma das unidades físicas, pelo aplicativo, disponível para Android e IOS, ou por meio do site do PROCON Maranhão.