Acusados de praticarem assaltos em Itapecuru são presos em Vargem Grande

A polícia militar em sua ronda rotineira, na manhã de hoje (01/10) viu em atitudes suspeitas dois elementos nas proximidades da rodoviária. Ao aborda-los, os experientes policiais, apesar da negativa de ambos, perceberam que tratava-se de delinquentes e então resolveram conduzi-los a delegacia de polícia. Chegando lá, os investigadores postaram as fotos dos mesmos nas redes sociais e solicitaram que se alguém tivesse sido roubado ou assaltado por ambos, que fossem até aquele DP para fazer o reconhecimento. Não demorou muito e algumas vítimas da dupla os reconheceram.

Eles haviam feito assalto de celulares e por isto estavam tentando seu retorno para a cidade natal. Com o reconhecimento, não puderam mais esconder as suas identidades, que depois de checadas com a Regional de Itapecurú, descobriu-se tratar-se de Ygor e Herberth, ambos residentes no bairro da Torre daquela cidade e presos por diversas vezes por roubo de motos e celulares em Itapecuru. No início da noite foram encaminhados para a Regional para serem ouvidos e posteriormente levados ao Presidio daquele município onde ficarão a disposição da Justiça.. .

Animal provoca acidente na Ma-020 entre Vargem Grande e Nina Rodrigues

Resultado de imagem para pista de nina rodrigues maranhão

Foi registrado na noite de ontem, domingo (30), um acidente na Ma-020, que liga os municípios de Vargem Grande e Nina Rodrigues.

A fatalidade ocorreu, nas proximidades da fazenda do Ariston. Segundo informações de populares, o cavalo teria invadido a pista e o condutor do veículo Corsa Classic, Alex Dias, não teve como evitar a colisão.

Felizmente as vitimas Alex Dias, Raimundo Nonato Magalhães e a professora Conceição Monteiro passam bem e possuem apenas danos materiais.

Adolescente de 16 anos é degolada pelo ex-namorado no Maranhão

Uma adolescente identificada como Fátima Almeida, de apenas 16 anos, foi degolada pelo ex-namorado, reconhecido como Bruno, na madrugada de sábado (28), no bairro Alto dos Barros, no município de Fortuna, a 420 km de São Luís.

Segundo informações da polícia o homicídio aconteceu no momento em que a vítima estava dormindo em sua residência com a sua mãe. O suspeito estaria inconformado com o fim do relacionamento de acordo com os policiais.

A polícia está realizando buscas a fim de encontrar o ex-namorado da adolescente que desapareceu após a ação criminosa.

Fátima Almeida estava dormindo em sua residência com a sua mãe quando o crime aconteceu — Foto: Reprodução/TV Mirante

Fátima Almeida estava dormindo em sua residência com a sua mãe quando o crime aconteceu — Foto: Reprodução/TV Mirante

G1

Eleição será neste domingo; veja o que pode e o que não pode fazer

Guia da eleição – No dia das eleições é preciso ficar atento a algumas regras ou proibições eleitorais que devem ser cumpridas por todos os eleitores. Saiba o que é permitido e o que é proibido no dia das eleições:
O que pode fazer no dia da eleição
  • Demonstrar a sua preferência por um candidato ou partido com o uso de bandeiras, broches (bottons) ou adesivos. Mas a manifestação deve ser silenciosa e individual.
  • Usar camisa e boné pode ser permitido se forem feitos pelo eleitor. Mas se houver uma concentração de pessoas usando camisas, bonés ou outros tipo de publicidade de um candidato ou partido, isso pode ser entendido como propaganda, o que é crime eleitoral.
  • A fiscalização do partido ou coligação durante a votação na seção eleitoral.
  • Levar uma “cola” com os números dos candidatos para a urna de votação.
O que não pode fazer no dia da eleição
  • Concentração de pessoas, até o fim da votação, com camisas padronizadas, bandeiras, broches (bottons) e adesivos de candidatos ou de partidos.
  • Utilização de alto-falantes ou amplificadores de som.
  • Realização de comícios ou carreatas.
  • Oferecer alimentos ou transporte de eleitores.
  • Fazer boca de urna ou tentar convencer um eleitor a votar em um candidato ou a não votar.
  • Distribuir qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos.
  • Impedir que um eleitor vote.
  • Usar celular, máquina fotográficas, filmadoras ou outro dispositivo que prejudique o sigilo do voto.
  • Realização de debates na televisão e no rádio ou transmissão de propaganda eleitoral.
  • Venda bebidas alcoólicas das 6 horas até as 18 horas.
  • O eleitor que presenciar a ocorrência de alguma das proibições deve informar ao Juiz Eleitoral da zona onde o fato aconteceu.
  • Penas de crimes eleitorais
  • Impedir o voto de outro eleitor: reclusão de 4 a 6 anos e pagamento de multa (art. 302 do Código Eleitoral).
  • Oferecer ou dar alguma vantagem ao eleitor para ganhar votos: reclusão de até 4 anos e pagamento de multa (art. 299 do Código Eleitoral), pagamento de multa e cassação do registro de candidatura ou diploma de eleito, se for candidato (art. 41-A da Lei das Eleições).
  • Fazer boca de urna, propaganda política ou usar alto-falantes: detenção de 6 meses a 1 ano e pagamento de multa (art. 39, §5º da Lei das Eleições).

Campanha de Pedro Lucas Fernandes segue firme em Miranda do Norte, Turilândia e Governador Nunes Freire

Pedro Lucas Fernandes esteve em uma grande caminhada, promovida pelo líder político Antônio da Prestação, sábado  (29) em Miranda do Norte. Na ocasião, o candidato a deputado federal agradeceu os mirandenses por terem recebido de braços abertos à caminhada do 1414.

Pedro Lucas Fernandes em Turilândia

Também no sábado  (29) Pedro Lucas Fernandes, percorreu as principais ruas e avenidas da cidade, ao lado da população; do ex-prefeito Domingos Curió e do seu filho e grande representante, Paulo Curió, além dos demais membros políticos.

Pedro Lucas Fernandes em Governador Nunes Freire

O representante do 1414 esteve com o candidato a deputado estadual Edivaldo Holanda – 36123, em um grande encontro promovido pelo ex-prefeito da cidade, Marcel Curió. O evento foi realizado com o objetivo de planejar ações, visando o desenvolvimento social e econômico de Governador Nunes Freire.

 “O nosso propósito é fazer uma política séria, de qualidade e que envolva todos os maranhenses”, disse Pedro Lucas Fernandes.

Mulheres do Brasil: os dois X dessa questão

MARLI GONÇALVES

Igualdade. Em tempos que se dizem modernos, fico abismada em ver como a mulher ainda aparece só sempre mais como um reboque, acessório, ser inferior que sempre precisa de tutela, leis que obrigam, dizem, a resolver seus problemas e que acabam sendo usadas para nos manter por baixo. E mulher deveria estar sempre por cima, em todas as ocasiões. 

O mundo gira cada vez mais rápido é uma impressão. Mas os costumes parecem que usam ponteiros ao contrário. Para obrigar que se respeite a mulher forçam a barra com ordens vindas de cima para baixo e que até as formiguinhas do Himalaia sabem que não funcionam. Como a tal cota obrigatória de mulheres candidatas. 30% de obrigatoriedade. Vocês estão vendo no que está resultando? 

Um bando de mulheres que não têm a menor ideia do que fazem, dizem, propõem. Gente que nunca vimos, no horário eleitoral falando e propondo obviedades, isso quando as deixam aparecer como relâmpagos no meio da tempestade que vivemos nestas eleições. Um número absurdo de “vices”: 67 candidatas a vice-governadoras, cinco candidatas a vice-presidente, 83 à primeira suplência e 108 à segunda suplência para o Senado. Pior é que estão lá para cumprir o tal Fundo Partidário – e que até esses últimos momentos poucas receberam, ainda por cima. De malandragens estamos cheias. 

No entanto será o voto feminino que poderá decidir; somos 52,5% do eleitorado. O mais louco é que agora, a poucos dias da eleição, mais da metade das mulheres ainda se declara indecisa, e um outro bom punhado votará em branco ou nulo. “As mulheres são mais exigentes”, dizem as estudiosas da questão. Muito bem. Me sinto assim também. 

Mulheres são ligadas na realidade, no dia a dia e em questões específicas como o aborto, a disparidade salarial e a violência doméstica principalmente quando se trata de escolher os representantes do Legislativo. Infraestrutura, segurança, creches, educação, saúde – quem está propondo mexer nesse vespeiro, de verdade? 

Não é por menos que nos últimos dias a movimentação feminina, muito real, e que acompanho – seja a grande novidade, e que se firmará ainda mais de acordo com a movimentação prevista para as ruas na reta final dessa eleição já de antemão de terrível e triste memória. 

Para as mulheres esse momento nacional poderá ser historicamente importante, não só por seu visível poder de decisão, como para a compreensão de que devem tomar a frente de suas vidas, porque esse é o caminho da não-submissão. Foi preciso que um indigesto e seus agregados aparecessem falando asneiras de manhã, de tarde e à noite. Pode até acontecer que o indigesto se fixe, mas não restam dúvidas de que enfrentará problemas se não mudar. 

Se não entender, ele, na verdade, e todos, não entenderem que os nossos dois cromossomos X nos tornam diferentes em muitos aspectos dessa questão. 

Finalmente repara só que as mulheres aparecem como coadjuvantes até quando são companheiras deles, os tais candidatos. Quando aparecem. Dão tchauzinho, um sorriso, e olhe lá! 

Até a jovem Manuela D`Ávila, não me conformo, que teria tido uma campanha inteira para se firmar e ao movimento feminino aceitou fazer parte desse espetáculo circense petista que nos apresenta, por outro lado, um boneco ventríloquo de um líder e de um grupo que não sabe pedir desculpas, como oposição. 

A coisa está malparada de todos os lados para os quais buscamos horizontes. Vamos para o alto da montanha, já que a montanha não vem até nós.