Taxista desaparecido em Mineiro-GO é natural de Nina Rodrigues-MA

Familiares de José Augusto Reinaldo de Moura, 27 anos, procuraram a Polícia Civil de Mineiros (GO), para registrar o seu desaparecimento desde esta segunda-feira (07), quando fez contato com sua esposa por volta das 19h30.

A Polícia Civil já ouviu familiares para tentar achar alguma pista que leve ao seu paradeiro.

Um outro detalhe que chama atenção é que o veículo utilizado por José Augusto é o mesmo que foi roubado em dezembro e utilizado no roubo de uma fazenda em Costa Rica (MS). José Augusto não era o condutor naquela ocasião.

A PC ainda não tem uma linha de investigação, por isso não descarta nenhuma possibilidade.

José Augusto é natural do município de Nina Rodrigues, no Maranhão, trabalha atualmente como taxista na cidade de Mineiro-GO. Caso alguém tenha qualquer informação do seu paradeiro ligar imediatamente para o número 190 da Polícia Militar. Fonte Sergio Roberto

Bolsonaro comemora alta da Bolsa e queda do dólar

Presidente afirmou que seu governo está resgatando a confiabilidade do investidor no país

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro comemorou o desempenho da Bolsa e otimismo do mercado financeiro este ano.

Em sua conta no Twitter, Bolsonaro afirmou que seu governo está resgatando a confiabilidade do investidor no país.Desde início do ano, a Bolsa acumula alta de mais de 4,72%.  Ontem, o Ibovespa bateu um recorde e fechou acima de 92 mil pontos pela primeira vez na sua história.

Já o dólar segue o caminho oposto e acumula desvalorização frente ao real. A moeda americana iniciou o ano sendo vendida na casa dos R$ 3,80. Hoje, a moeda era negociada na casa dos R$ 3,70.

Dois dos suspeitos de participação na morte do prefeito Ivanildo Paiva são colocados em liberdade

Foram colocados em liberdade no fim de semana, dois dos oito suspeitos de envolvimento no assassinato do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva.
Foram eles: Gean Dearlem dos Santos Neres e Carlos Ramires Lima Ramos, que não foram indiciados. Nas investigações, ficou provado que Gean Dearlem foi convidado para participar do crime mas não aceitou, enquanto que Carlos Ramires, que emprestou o revólver calibre 38 para o cabo da Polícia Militar, Francisco de Assis Bezerra Soares, o ‘Tita’, e que foi usada para executar o prefeito, confirmou que tinha emprestado a arma, mas não tinha conhecimento para qual seria a finalidade.
Com a liberação de Gean e Carlos Ramires, agora são seis os suspeitos de envolvimento no crime. O cabo da Polícia Militar do Pará, Francisco de Assis Bezerra Soares, o ‘Tita’, o sargento da Polícia Militar do Maranhão, Willame Nascimento Silva, que foram os executores do crime; José Denilton Feitosa Guimarães, o ‘Boca Rica’, um dos agenciadores dos pistoleiros; Douglas Silva Barbosa, suspeito de ter fornecido o carro para levar os dois policiais no local do crime; José Antonio Messias, o ‘Messias do Pneu Zero’, agente financiador que forneceu os R$ 200 mil, custo da execução do prefeito, e José Rubem Firmo, mandante do crime.
Prisões preventivas
O delegado Praxisteles Martins informou a O PROGRESSO que nesta terça-feira (8)  representou pelo pedido de prisão preventiva de Francisco de Assis Bezerra Soares, o ‘Tita’, Willame Nascimento Silva, José Denilton Feitosa Guimarães, o ‘Boca Rica’, Douglas Silva Barbosa, José Antonio Messias e José Rubem Firmo. Todos incursos no artigo 121, por homicídio triplamente qualificado, ou seja, motivo fútil, por meios que não ofereceram qualquer defesa à vítima e ainda por emboscada.
Decretadas as prisões preventivas, a autoridade policial remete o inquérito à justiça, onde será feita toda tramitação, culminando com a audiência de instrução e julgamento.
 
Fonte: O progresso

Vídeo mostra Sérgio Moro sendo atacado por petistas, mas Ministro dá lição mesmo sendo atacado, Ministro Sérgio Moro se manteve educado. Homem estava com bandeira do Brasil e outra vermelha no ombro.

Nesta quarta-feira, 9 de janeiro, um vídeo que mostra o Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro,  sendo atacado em um supermercado de Brasília, acabou viralizando nas redes sociais. O vídeo foi publicado por uma página na internet que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso após investigações da Lava Jato.

Sérgio Moro,  antes de ser Ministro, era o coordenador da Lava-Jato e juiz responsável pelas decisões de segunda instância. O vídeo divulgado mostra Moro sendo atacado por manifestantes petistas, que, entre outras coisas, questionam a divulgação do polêmico áudio de Lula conversando com a ex-presidente Dilma.

Sérgio Moro pede educação e se mantém sereno, mesmo diante de graves ataques

Nas imagens, apenas um homem aparece, mas dá para ouvir a voz de uma mulher gritando a favor do povo nordestino. Já o homem questiona a falta de pauta de Moro em torno deFabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) citado em relatório do Coaf que indicou movimentações atípicas na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Mesmo diante de tão grave ataque, a única fala de Moro no vídeo é pedindo educação ao homem, que além do Ministro ofende outros clientes do supermercado. Os clientes defendem Sérgio Moro e acabam sendo hostilizados por, supostamente, serem ricos. O manifestante aparece nas imagens carregando uma faixa vermelha ao lado da bandeira do Brasil. A bandeira vermelha simboliza o Partido dos Trabalhadores.

Veja abaixo o vídeo que mostra manifestantes petistas criticando Sérgio Moro em um supermercado:

Polícia Federal é chamada para fazer segurança de Sérgio Moro, após ameaça grave

O Ministro da Justiça e Segurança Público, Sérgio Moro, está recebendo fortes ameaças. Enquanto o gabinete de segurança e inteligência do governo ainda tenta identificar a potencialidade dessas ameaças, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, já toma as primeiras medidas para evitar que o pior aconteça.

Nesta quinta-feira, 8 de janeiro, a partir do Diário Oficial da União ficou publicado que Sérgio Moro e sua família terão a segurança reforçada. O apoio será feito por agentes da Polícia Federal. Atualmente, o ex-juiz da Lava-Jato é um dos principais ministros do governo Bolsonaro.

No texto do Diário Oficial, a justificativa do pedido de Bolsonaro está de que há evidências de que Sérgio Moro e sua família correm perigo. Para evitar maiores problemas, a segurança dele foi reforçada por meio do decreto oficial. Algo parecido já havia acontecido com o próprio Bolsonaro, pouco depois dele levar uma facada enquanto estava em campanha eleitoral.

Esta não é a primeira vez que Sérgio Moro necessita de reforço em sua segurança. Quando ainda era Juiz Federal, em Curitiba, Paraná, o agora ministro comandava as ações da Operação Lava Jato. Sérgio Moro ficou conhecido por coordenar a operação que acabou prendendo vários políticos, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Comentarista não se contém e sarcasticamente “parabeniza” os advogados de Lula (Veja o Vídeo)

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estão de ‘parabéns’ na opinião do comentarista Caio Coppolla da Rádio Jovem Pan. Não pela defesa técnica, mas pela torpeza.

Cristiano Zanin e sua trupe de mais nove causídicos conseguiram escrever 1643 páginas numa petição de Alegações Finais do processo do Sítio de Atibaia, sem dizer absolutamente “nada”, ou pelo menos algo que pudesse ser aproveitado em benefício do cliente.

Um documento imprestável, sem nenhuma consistência e juridicamente pobre, onde predominam ataques ao juiz que atuou na causa (na realidade, o ex-juiz Sérgio Moro), ao atual presidente da República e, pasmem, a própria juíza que deverá julgar o caso, Gabriela Hardt, algo inédito na advocacia criminal, advogados atacando a juíza da ação, provável prolatora da sentença, de maneira desrespeitosa e infame.

A atitude é demonstração inequívoca de que a defesa de Lula, diante de um arsenal de provas que demonstram a sua atuação criminosa, age buscando gerar fatos para expor a questão politicamente, sem qualquer preocupação com a questão técnica.

A rigor, não são ‘advogados’, são patéticos ativistas políticos.

Veja o vídeo:

SAIBA COMO CONSULTAR O VALOR DO IPVA 2019 E A DATA DE VENCIMENTO

As consultas dos valores do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019 no Maranhão já podem ser feitas no portal da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), clicando no menu IPVA, e também no site do Detran.

O pagamento do tributo poderá ser feito em cota única ou parcelado em até três vezes. O contribuinte que optar pelo pagamento antecipado, em cota única, até 28 de fevereiro próximo, terá 10% de desconto no valor do imposto.

Os pagamentos poderão ser efetuados no Banco do Brasil (Mais BB; Correios, caixa eletrônico, na opção pagamento sem código de barras; ou via internet banking, para correntistas), Banco Bradesco, Banco Itaú, Banco Santander, além do Banco Cooperativo do Brasil S/A (BANCOOB) e seus correspondentes.

Os proprietários de veículos que optarem pelo parcelamento do IPVA 2019 realizarão o pagamento da primeira cota de acordo com o final da placa dos veículos.

Isenções

Em dezembro do ano passado, o governador Flávio Dino (PCdoB) determinou a ampliação de isenções do pagamento de IPVA para motocicletas de até 110 cilindradas. Com isso, os proprietários desse tipo de veículo não precisarão mais pagar o imposto. A medida foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Maranhão dentro do Pacote Anticrise enviado pelo comunista à Casa, que acabou aumentando outros impostos.

Nota Legal

Os usuários cadastrados no Programa Nota Legal, da Sefaz, podem utilizar os créditos para abatimento do IPVA 2019. O resgate pode ser feito até o dia 26 de abril.

Para ter acesso ao resgate, o consumidor deverá acessar o site do Programa Nota Legal e selecionar a opção “Acessar Sistema”, informar o CPF e a senha de acesso.

Em seguida, clicar na guia “Utilizar créditos” > “Crédito de Notas” >, “Abatimento IPVA” > “Selecionar o Renavam do veículo cadastrado” > informar o valor a ser abatido. O usuário poderá usar os créditos até o limite de 50% do valor do IPVA.

Tabela IPVA 2019

Final de placa 1 e 2:
08/02/2019 (1ª Cota); 08/03/2019 (2ª Cota ou Cota única); 08/04/2019 (3ª Cota); 08/05/2019 (Início da Fiscalização);

Final de placa 3 e 4:
11/02/2019 (1ª Cota); 11/03/2019 (2ª Cota ou Cota única); 11/04/2019 (3ª Cota); 11/05/2019 (Início da Fiscalização);

Final de placa 5 e 6:
15/02/2019 (1ª Cota); 15/03/2019 (2ª Cota ou Cota única); 15/04/2019 (3ª Cota); 15/05/2019 (Início da Fiscalização);

Final de placa 7 e 8:
18/02/2019 (1ª Cota); 18/03/2019 (2ª Cota ou Cota única); 18/04/2019 (3ª Cota); 18/05/2019 (Início da Fiscalização);

Final de placa 9 e 0:
26/02/2019 (1ª Cota); 26/03/2019 (2ª Cota ou Cota única); 26/04/2019 (3ª Cota); 26/05/2019 (Início da Fiscalização)

Fonte: Atual7

China quebra paradigmas e assume liderança

LUIZ DEPINE DE CASTRO

Em curto espaço de tempo a China será a maior produtora mundial de hidrogênio a baixo custo e, de quebra, vai baratear ainda mais o seu custo industrial de produção, tudo com uma única tacada. As células a combustível, que utilizam o hidrogênio para produção de energia limpa, poderão substituir o diesel e a gasolina muito antes do que as pessoas imaginaram.

“We didn´t leave the Stone Age because we ran out of new stones. We created new materials, and that´s what we´re doing here. We´re creating a future. (Nós não saímos da Idade da Pedra por falta de pedra. Nós criamos novos materiais, e isso é o que estamos fazendo aqui. Nós estamos criando o futuro. Deborah Wince-Smith, President & CEO, Council on Competitiveness

No dia 29 de setembro de 2018 foi testado com sucesso, na China, o gerador de vapor do primeiro reator nuclear de IV geração, última etapa a ser vencida antes da sua entrada em operação para produção de energia. É um reator nuclear de alta temperatura (700 – 900ºC) refrigerado através do gás hélio e moderado à grafite. É um reator intrinsicamente seguro, ou seja, mesmo que por uma falha catastrófica ele fique sem refrigeração (como aconteceu em Fukushima – Japão, quando a bomba de refrigeração foi atingida por uma tsunami) ele se apaga por si, sem a necessidade de qualquer intervenção externa. Isso ocorre porque a grafite suporta até 3000ºC sem perda das suas propriedades mecânicas e, com o aumento da temperatura (ao redor de 1700ºC), os nêutrons se tornam rápidos e, em consequência, incapazes de produzir a fissão nuclear, em outras palavras o reator se apaga por si mesmo.

Além das vantagens na área da segurança, o combustível nuclear que alimenta o reator tem a forma esférica, similar à uma bola de tênis e, em seu interior, estão milhares de micro partículas de óxido de urânio cercadas por duas camadas de carbono, sendo uma porosa e outra pirolítica, além de uma camada de carbeto de silício. Essas camadas reterão os resíduos oriundos da decomposição do combustível nuclear. Essas bolas, conhecidas como “peeple bed”, circulam dentro do reator sendo alimentadas por cima e retiradas e testadas na sua saída, na parte inferior. Isso permite que falhas na produção de uma ou outra esfera sejam insignificantes em relação ao volume total de combustível presente no reator, além de permitir a sua substituição imediata, ou seja, não se fazem necessárias paradas para recarga de combustível, reduzindo seu custo operacional. Com os reatores atuais, cujo combustível nuclear é alimentado em varetas, a falha na confecção de uma delas pode ser catastrófica, além disso, de tempos em tempos, é necessário interromper a operação do reator para troca das mesmas, ou seja reabastecimento. Os dois itens principais do reator chinês, as bolas “peeble bed”, contendo o óxido de urânio, e a grafite, usada como moderador da reação de fissão, foram fornecidos pela Alemanha e pelo Japão, respectivamente.

As usinas geradoras de hidrogênio funcionarão lado a lado com esse reator (HTR) uma vez que se aproveitarão não somente da sua energia, mas também da sua elevada temperatura. Diversos estudos têm mostrado, sendo um dos mais recentes o da INTERNATIONAL ATOMIC ENERGY AGENCY VIENNA, 2018 – “EXAMINING THE TECHNOECONOMICS OF NUCLEAR HYDROGEN PRODUCTION AND BENCHMARK ANALYSIS OF THE IAEA HEEP SOFTWARE”- que a produção de hidrogênio, utilizando-se reator nuclear de alta temperatura, é economicamente vantajosa se comparada com as tecnologias convencionais (“water electrolysis, high temperature steam electrolysis, steam reforming, thermochemical cycle and hybrid cycle”), mesmo quando se utiliza energias renováveis. Nesta avaliação da economicidade foi incluído o custo da construção, o comissionamento e a desmontagem (decommissioning) do reator. Se é economicamente mais conveniente construir esse tipo de reator para, especificamente, produzir hidrogênio, imagine se o hidrogênio for um subproduto da geração de energia elétrica para uma cidade, principalmente nas horas de baixo consumo elétrico.

Se a produção de hidrogênio para alimentar células de combustível, já não fosse razão suficiente, o reator de alta temperatura deverá se situar nas proximidades de uma enorme área industrial que se aproveitará, a custo quase nulo, do calor gerado pelo mesmo nas suas instalações. Em outras palavras, além de produzir hidrogênio barato, os produtos industriais chineses poderão chegar ao mercado ainda mais baratos do que atualmente. Poderá ser o “tiro de nuca” na indústria de muitos países, principalmente dos emergentes.

Esses reatores de alta temperatura, moderados a grafite e refrigerados a gás, além de modulares, podem ser instalados em qualquer lugar do país, uma vez que não necessitam de grandes volumes de água (como os reatores em operação atualmente) e, portanto, podem ser instalados ao lado do local de consumo, evitando a construção de linhões de transmissão, com todos os problemas que esses linhões geram, seja na área ambiental ou na insegurança do fornecimento elétrico.

Considerando que ENERGIA será a commodity mais importante do Século XXI, além desse reator (HTR) experimental, que é modular, com dois módulos de 210 MWe cada um, já existem 45 outros reatores nucleares em operação na China e 15 em construção, de vários tipos diferentes. A previsão do país é ter 58 GWe de energia nuclear instalados até 2020 e mais 30 GWe em construção (http://www.world-nuclear.org/information-library/country-profiles/countries-a-f/china-nuclear-power.aspx – atualizado em 2018). Em paralelo, a China anunciou este ano que em 2020 atingirá a capacidade de 210 GW gerados em energia eólica (maior do mundo) e que já possui uma capacidade instalada 130 GW gerados por energia solar (também a maior do mundo).

Para efeitos comparativos, a capacidade instalada de energia eólica no Brasil é de 13 GW esperando-se que chegue a 19 GW em 2023, a solar é de 2 GW e a nuclear é de aproximadamente 2 Gw.

Nunca a frase atribuída à Napoleão se tornou tão verdadeira: “Quand la Chine s’éveillera le monde tremblera” (quando a China despertar o mundo tremerá).

Pequeno resumo histórico do reator de alta ou muito alta temperatura (HTGR ou VHTR) que entrará em operação em 2019 na China.

A história desse tipo de reator remonta aos Estados Unidos, mais especificamente em Peach Bottom (40 MWe) e Forte St Vrain (330 MWe), mas uma série de incidentes, principalmente ligados às varetas de combustível que alimentavam esse último reator, provocou o abandono da ideia (1989). Em 1977 e 1980, a Alemanha depositou duas patentes com o sistema “peeble bed”, já mencionado, para alimentação do urânio no reator e duas plantas de pequena potência entraram em operação, mas com a decisão alemã de não mais utilizar energia nuclear, elas foram abandonadas em 1989. O Japão foi o terceiro país a se envolver com os reatores de alta temperatura e em novembro de 1998 um reator de teste de 30MWt atingiu a criticalidade, mas o acidente de Fukushima não permitiu que o país avançasse para o passo seguinte, um reator experimental. Quem acabou fazendo isso foi a China, com o reator mencionado no texto acima, na baía de Shidao, na província de Shandong.

Vários países, incluindo os Estados Unidos e o Japão, aguardam ansiosamente a entrada em operação comercial do reator chinês, já com toda a infraestrutura de pesquisa e desenvolvimento preparada, para construir e operar o segundo reator HTR (high temperature reactor) ou VHTR (very high temperature reactor) do mundo. Será uma corrida já com data marcada para ter seu início em 2019.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com