Recém-nascido é abandonado em estrada no Maranhão

Destacado

Bebê foi resgatado e levado para o Hospital de Nova Olinda, mas não resistiu e morreu na noite de domingo (20) no Hospital da Criança em São Luís.

Resultado de imagem para Recém-nascido é abandonado em estrada no Maranhão

Um recém-nascido do sexo feminino foi encontrado abandonado na manhã de sábado (19) às margens da rodovia BR-316, no município de Nova Olinda do Maranhão, a 350 km de São Luís.

De acordo com a polícia, o bebê foi encontrada por um andarilho que caminhava pela rodovia e parou quando ouviu um choro distante e abafado, segundo seus relatos, ao que procurou saber do que se tratava, quando se deparou com a criança enrolada em panos.

Inicialmente o bebê foi levada para o Hospital de Nova Olinda, onde recebeu os primeiros socorros, em seguida foi encaminhada para o Hospital Regional de Zé Doca, de onde foi transferida para a capital. No entanto, o recém-nascido não resistiu e morreu na noite de domingo (20) no Hospital da Criança, na capital.

G1 Maranhão.

Jornalista é agredido por vereador no interior do Maranhão

Destacado

Por; Blog do Zé de Fátima

O jornalista e blogueiro William Vieira, natural da cidade de Pinheiro, foi agredido pelo presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Palmeirândia, Raimundo André Souza Soares, popularmente conhecido como “Dico de Dedeco”. O caso de agressão física e moral, aconteceu no último sábado (19), por volta das 10 horas da manhã na cidade de Pinheiro, na rua ‘Hélio Costa’, nas proximidades da escola Pernat Jhonson.



Em nota, o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, repudiou o caso.

NOTA DE REPÚDIO – SINDICATO DOS JORNALISTAS Mais um caso de agressão física e moral com ameaças a um comunicador é registrado no interior do estado. Desta vez na cidade Pinheiro, na Baixada, onde um sujeito de vulgo “Dico de Dedeco”, vereador presidente da Câmara Municipal de Palmeirândia , sem argumentos para responder as críticas à sua administração, do alto da sua truculência, agrediu o apresentador Willian Vieira a quem dirigiu pesados insultos e o agrediu fisicamente, não se registrando uma tragédia em face a interveniência de pessoas sensatas.Dessa forma, observa-se que no Maranhão, em pleno Século XXI , ainda se pratica a teórica do posso e faço, ao arrepio da lei em prol dos desmandos, conduta que atinge gravemente a democracia, o direito da população à informação e a liberdade de expressão. O nosso repúdio a este tipo de conduta. Nossa solidariedade ao profissional de imprensa covardemente agredido.

Assaltantes invadem shopping em São Luís e roubam cofre de cinema

Destacado

Informações G1

Segundo a polícia, três bandidos participaram do crime por volta das 22h40 dessa quarta-feira (9). Cofre do estabelecimento foi o alvo da ação criminosa.

Assaltantes roubaram o cinema do Golden Shopping, no bairro Calhau, em São Luís, na noite dessa quarta-feira (9), por volta das 22h40. As primeiras informações dão conta de que os bandidos roubaram R$ 7 mil direto do cofre do estabelecimento. Funcionários foram feitos reféns e ficaram amarrados durante o crime. A Polícia Militar foi chamada, mas quando chegou ao local os bandidos já tinham fugido. Ninguém foi preso até o momento.

Além do dinheiro, os assaltantes levaram 400 ingressos que já estavam impressos. Segundo informações apuradas pela polícia, eram três assaltantes, sendo que dois entraram no shopping para cometer o crime e um ficou dando cobertura do lado de fora. O trio não entrou com o carro no estacionamento e, por isso, as câmeras do shopping não registraram a placa do veículo.

Além do dinheiro do cinema e dos ingressos, os assaltantes roubaram ainda os pertences pessoais dos funcionários que foram mantidos como reféns.

G1 entrou em contato com a administração do shopping e aguarda resposta.

Polícia Militar foi ao Golden Shopping, mas não localizou nenhum suspeito — Foto: Divulgação / Polícia Militar

Polícia Militar foi ao Golden Shopping, mas não localizou nenhum suspeito — Foto:

Divulgação / Polícia Militar

Encontrado corpo da terceira vítima do naufrágio nos Lençóis Maranhenses

Destacado

Corpo de Danrlei de Sousa Albuquerque estava desaparecido desde o naufrágio e foi encontrado nesta quinta-feira (10) por agentes do Grupo Tático Áereo (CTA).

Danrlei de Sousa Albuquerque, de 22 anos, é a terceira vítima da embarcação que naufragou nos Lençóis Maranhenses — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Danrlei de Sousa Albuquerque, de 22 anos, é a terceira vítima da embarcação que naufragou nos Lençóis Maranhenses — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Grupo Tático Aéreo do Maranhão (CTA-MA) encontrou na manhã desta quinta-feira (10) o corpo de Danrlei Sousa Albuquerque, que estava na embarcação que naufragou no Rio Preguiças em Barreirinhas, na terça-feira (8). O corpo do jovem 22 anos foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Danrlei de Sousa Albuquerque e mais quatro pessoas estavam na embarcação ‘O Marinheiro 66’, que saiu de São Luís com destino à Barreirinhas, localizado 252 km de São Luís. De acordo com as primeiras investigações da Capitania dos Portos, ao tentar entrar no Rio Preguiças, uma onda forte teria atingido a embarcação que naufragou.

Embarcação com cinco pessoas naufragou na foz do Rio Preguiças, em Barreirinhas (MA) — Foto: Divulgação/Capitania dos Portos do Maranhão

Embarcação com cinco pessoas naufragou na foz do Rio Preguiças, em Barreirinhas (MA) — Foto: Divulgação/Capitania dos Portos do Maranhão

José Pires Ferreira Filho e José Eudes Santos Albuquerque conseguiram ser resgatados com vida. Ednaldo Silva e Silva e José Berto Henrique ficaram desaparecidos até esta quarta-feira (9) quando foram encontrados por agentes do CTA. O corpo de Danrlei de Sousa seguia desaparecido até ser encontrado nesta quinta.

Participaram da operação agentes da Marinha, do Centro Tático Aéreo (CTA), da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Um helicóptero da Marinha saiu de Belém-PA para reforçar os trabalhos.

Ednaldo Silva e Silva, José Berto Henrique e Danrlei de Sousa Albuquerque são as três vítimas do naufrágio nos Lençóis Maranhenses — Foto: Reprodução/G1 MA

Ednaldo Silva e Silva, José Berto Henrique e Danrlei de Sousa Albuquerque são as três vítimas do naufrágio nos Lençóis Maranhenses — Foto: Reprodução/G1 MA

Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na casa do apresentador Toninho Abreu

Destacado

WhatsApp Image 2019-09-19 at 13-58-27

O apresentador não se encontrava na residência no momento da operação.

Policiais civis da delegacia regional de Itapecuru, deram cumprimento na manhã desta quarta-feira (02), na cidade de Vargem Grande, a um mandado de busca e apreensão, expedido pela Comarca de Itapecuru, à residência do apresentador Toninho Abreu, preso no último dia 19 de setembro pelo não pagamento de pensão alimentícia.

toninho3
Momento em que policiais entram na casa de Toninho Abreu em Vargem Grande. Foto: Divulgação

De acordo com o delegado regional de Itapecuru, Samuel Murita, responsável pela operação, a busca se deu em razão da suspeita do apresentador possuir em sua residência arma de fogo não registrada. No momento da operação Toninho não estava em casa. 

Fonte Portal JG

Pescador é resgatado após ficar quase 20 horas à deriva em alto mar

Destacado

Um pescador identificado como Francisco das Chagas dos Santos Pinto, de 45 anos, foi resgatado com vida na noite da última terça-feira (1º), às 22h, após ter caído do barco Pesqueiro “RAMON” no mar, por volta das das 2h50 da madrugada, a aproximadamente 181 km de São Luís.

Um navio patrulha e uma aeronave do Núcleo de Implantação do Primeiro Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte, foram utilizados no serviço de busca e salvamento do pescador.

Além disso, foi realizada uma comunicação via rádio com as embarcações que estavam navegando nas proximidades e com colônias de pescadores, para ajudarem nas buscas.

Um navio tanque que se encontrava nas proximidades, resgatou o pescador e o conduziu para a baía de São Marcos. Francisco foi trazido para o aeroporto de São Luís, de onde foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da capital.

Um inquérito administrativo foi instaurado para apurar as causas do acidente. Os tripulantes serão ouvidos e o pesqueiro “RAMON” será periciado.

Imparcial

STJ nega pedido de habeas corpus para motorista que matou cinco pessoas no Jaracaty

Destacado

Decisão que mantém a prisão preventiva de Victor Yan, alega que o motorista apresentava sinais de embriaguez, não teria realizado teste do bafômetro e exame de alcoolemia.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, que dirigia o veículo que capotou na Avenida Carlos Cunha, no bairro Jaracaty em São Luís. O acidente deixou cinco pessoas mortas.

De acordo com o ministro Nefi Cordeiro, a prisão preventiva de Victor Yan deve ser mantida pois ele apresentava sinais de embriaguez, teria negado realizar o teste do bafômetro e o exame de alcoolemia. A prisão do motorista havia sido determinada pela Justiça do Maranhão dois dias após o acidente.

Além disso, a decisão levou em consideração que o laudo pericial de embriaguez alcoólica foi realizado cinco horas após o acidente, o que pode ter influenciado no resultado. O laudo realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) apontou que o motorista não estava embrigado. Desde o dia do acidente, Victor Yan continua internado em um hospital particular de São Luís. O hospital não divulgou o estado de saúde dele.

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante

Victor Yan era o motorista que dirigia o veículo que atropelou várias pessoas no Jaracaty, em São Luís — Foto: Reprodução/TV Mirante

Victor Yan virou réu no processo feito pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) que acusa ele de ter causado o acidente. Segundo o juiz Gilberto de Moura Lima, a acusação preenche todos os requisitos previstos no Artigo 41 do Código de Processo Penal (CPP), com a exposição do fato criminoso, suas circunstâncias, qualificação do acusado e classificação do crime.

As investigações realizadas pela Polícia Civil e que foram anexadas na denúncia feita pelo MPMA, apontaram que Victor Yan já havia se envolvido em outro acidente de trânsito, onde ele atingiu uma motocicleta com duas pessoas. Segundo testemunhas, o motorista estava sob efeito de álcool e entorpecentes e fugiu do local sem prestar socorro.

Laudo do Instituto Médico Legal aponta que Victor Yan Barros de Araújo não estava embriagado no momento do acidente. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Laudo do Instituto Médico Legal aponta que Victor Yan Barros de Araújo não estava embriagado no momento do acidente. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O acidente

Em 8 de setembro, o carro que era guiado por Victor Yan Barros de Araújo se envolveu em um acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty, em São Luís. De acordo com a polícia, o veículo colidiu após ele ter perdido o controle e capotado em uma área residencial do bairro.

Cinco pessoas morreram por conta do acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty, em São Luís (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante/Rafael Cardoso/G1 MA

Cinco pessoas morreram por conta do acidente na Avenida Carlos Cunha no bairro Jaracaty, em São Luís (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante/Rafael Cardoso/G1 MA

Testemunhas contestaram a versão e afirmam que Victor dirigia em alta velocidade. Cinco pessoas morreram por conta do acidente. Dentre os mortos, duas estavam no carro que era guiado por Victor Yan. As outras três vítimas estavam em uma festa de aniversário que estava sendo realizada na área residencial do bairro Jaracaty. Veja que são as vítimas:

  • Carla Correa Diniz, agente penitenciária que deixou dois filhos
  • Tiana Alves Correa, prima de Carla
  • Henrique Martins Durans Neto, morador do Jaracaty
  • Maurício Andrey Soares, que estava no banco do carona do veículo envolvido no acidente
  • Ana Lourdes, passageira do veículo envolvido no acidente

Moradores do Jaracaty realizaram um protesto para reivindicar melhorias na área que aconteceu o acidente. A manifestação parou o trânsito nas principais avenidas de São Luís. Em seguida, foi realizada uma reunião da população com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) onde ficou acertada a construção de uma mureta para a proteção do lado direito da Avenida Carlos Cunha e a colocação de agentes de trânsito na região.

Moradores interditaram Avenida Carlos Cunha com pneus e galhos de árvore.  — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Moradores interditaram Avenida Carlos Cunha com pneus e galhos de árvore. — Foto: Reprodução/ TV Mirante

G1

Ex-vereador é preso por fraude em licitação no Maranhão

Destacado

Adão Nascimento Carvalho foi preso na terça-feira (10) em Imperatriz; Ele foi vereador da cidade de João Lisboa e foi presidente da Câmara de Vereadores.

Adão Nascimento Carvalho foi encaminhado a Unidade Prisional de Ressocialização em Imperatriz onde ficará à disposição da Justiça — Foto: Divulgação/Polícia

A Polícia Civil do Maranhão, através da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, por intermédio do Grupo de Pronto Emprego (GPE), prendeu na terça-feira (10) em Imperatriz, a 626 km de São Luís, o ex-vereador Adão Nascimento Carvalho, de 51 anos, pelo crime de fraude a licitação.

Segundo a polícia, Adão Nascimento é ex-vereador da cidade de João Lisboa, a 650 km da capital, e foi presidente da Câmara de Vereadores e após investigações foi demonstrado sua participação na fraude em licitações em João Lisboa.

Adão Nascimento Carvalho foi levado para a sede da Delegacia Regional de Imperatriz onde tomou ciência do mandado de prisão e encaminhado a Unidade Prisional de Ressocialização em Imperatriz onde ficará à disposição da Justiça.

G1

Vereador Diego segue realizando ações sociais

Destacado





Desde que se tornou representante do povo, o vereador Diego tem feito ações sociais, em beneficio principalmente dos mais carentes e isto tem “tirado o sono dos poderosos” que se incomodam e tentam proibir sua divulgação. Mas a nós, cabe a pergunta: É proibido ajudar a quem precisa ?”.

Deixemos de lado essas colocações e partamos para ações concretas. Quando a ponte Para Sempre, que liga os povoados Bela Vista as Cacimbas estava interditada, o vereador Diego fez a doação de uma canoa para beneficiar o povo. Isso já incomodou.

No período da Semana Santa, doou mais de 2.500 quilos de peixe para a Seia Santa de famílias carentes. E novamente causou desconforto aos adversários e aos próprios correligionários. O vereador também fez doação de 1.000 uniformes escolares e aí foi que incomodou mesmo.

Em menos de três anos,o Diego da Madeireira doou 19 cadeiras de rodas para pessoas com mobilidade reduzida. No último final de semana, doou mais duas, uma delas para o Bento que mora no Bairro Rosalina e a outra para a Átila que vive na Rua Tomás de Aquino no Bairro São Miguel, possibilitando assim, acessibilidade a mais duas famílias .

Imagine se todo político de Vargem Grande fizesse isso,o peso sobre os ombros do município seria bem menor. Independente do desconforto de alguns, Diego segue firme realizando ações sociais em beneficio das famílias humildes, que nele encontram o carinho e cuidado até então jamais vistos por políticos de nossa Vargem Grande.


Polícia prende dupla suspeita de desviar mercadorias de empresa em São Luís

Destacado

Genilson de Lima Medeiros e Lucas Mota Alves são suspeitos de realizar fraude e desviar mercadorias em supermercado de São Luís — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Mediante fraude, a polícia diz que eles faziam compras em nomes de terceiros e depois revendiam os produtos por preço abaixo do mercado.

A Polícia Civil prendeu em flagrante na manhã desta quinta-feira (1º) Genilson de Lima Medeiros, de 28 anos; e Lucas Mota Alves, de 21 anos. Eles foram identificados como integrantes de uma associação criminosa que, mediante fraude, desviava mercadorias de uma empresa de atacado e varejo em São Luís.

Segundo a polícia, Genilson fazia uso da função de caixa para fraudar créditos e realizar compras em nome de terceiros. As mercadorias eram recebidas por Lucas e outro indivíduo identificado como Lenilson Passinho Silva, que guardavam os bens e vendiam por valores abaixo de mercado.

A polícia também informou que uma grande quantidade de móveis e eletrodomésticos foram recuperados e que investiga a identificação de receptadores.

G1