Polícia prende suspeito de manter relações sexuais com menor em troca de dinheiro em santa Luzia – MA

Destacado

Polícia prende suspeito de manter relações sexuais com menor em troca de dinheiro em santa Luzia – MA

Manoel Azevedo da Silva, de 53 anos, foi preso nesta terça-feira (21) acusado de oferece dinheiro em troca de favores sexuais, para o menor de 15 anos A.C.C.R.

A vítima relatou que desde os 13 anos de idade tem uma relação com o suspeito e sempre em troca de dinheiro, após busca na casa do suspeito (autorizado pelo mesmo), foi encontrada uma arma de fogo em posse do conduzido.

Segundo testemunhas o suspeito vem ameaçando de morte a vítima e sua família, inclusive quebrando o celular da mãe do menor. 

Manoel Azevedo foi conduzido para delegacia de Santa Luzia para procedimentos legais.

Agente penitenciário é preso suspeito de assassinar professora no campus da Ufma

Destacado

Policiais do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoas (SHPP) prenderam, na noite desta terça-feira (21), Márcio Jorge Lago Marques, agente penitenciário temporário da ativa, suspeito de ser o autor do assassinato da professora Rosiane Costa.
Ele foi preso, em cumprimento a mandado de prisão temporária, no Bar Capitão do Mar, localizado na Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com informações da delegada Viviane Azambuja, o agente penitenciário ainda será interrogado, mas já confessou a autoria do crime.

Márcio Marques será apresentado à imprensa nesta quarta-feira (22), às 10h, no auditório da sede da Polícia Civil, na Avenida Beira Mar, no Reviver, em São Luís.
O crime

A professora Roseane Costa, de 45 anos, foi encontrada morta, na segunda-feira (13), nas proximidades da TV Ufma, no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na área Itaqui-Bacanga.

Roseane Costa, que foi espancada e estrangulada até a morte, era professora de uma escola municipal no povoado Itamatatiua, na cidade de Alcântara.

MIGUEL LUCENA Os suicidas pedem socorro

Destacado

Quando a mídia quer chamar a atenção para determinado assunto, ignora completamente outros de igual relevância, levando as pessoas comuns a aceitarem a pauta como o assunto principal da sociedade.

Reportagens seguidas sobre feminicídio dão a impressão de que as mulheres do Distrito Federal estão sendo mortas diariamente pelos maridos, companheiros ou amantes.

Um homem transtornado invadiu o trabalho da ex-namorada, na manhã desta segunda-feira, dia 20, em Brasília, matou-a com um tiro no rosto e em seguida se suicidou, com um disparo na boca. Quem lê apenas a manchete fica achando que somente a mulher morreu pelas mãos do homem, também vítima dos problemas que afligem os seres humanos, como os ciúmes doentios, as humilhações sofridas pelos antigos provedores diante da pressão dos familiares pela manutenção do padrão de vida perdido ao longo dos anos, os assédios morais no ambiente laboral e a falta de reconhecimento pelo papel de cada um na sociedade.

O feminicídio é um crime horrendo, porquanto praticado por alguém muito próximo da vítima, mas o suicídio ocorre com mais frequência, vivemos uma catástrofe no Distrito Federal, com mais de mil suicídios por ano, e quase ninguém se pronuncia sobre o fato. A falta de pressão leva o Estado a negligenciar os programas de prevenção, largados por conta de entidades privadas que se dedicam a salvar vidas diariamente.

De janeiro a maio, ocorreram nove feminicídios no DF. Ano passado, foram registrados 29, entre 400 homicídios e mais de mil suicídios.

Entendo que a discussão sobre a violência doméstica é fundamental, porque atinge a família e causa traumas permanentes, mas sugiro que o episódio de hoje acenda o sinal de alerta das autoridades para as mortes silenciosas que ninguém divulga e arrasam inúmeras famílias. Os suicidas também precisam de socorro.

Cadeirante e comparsa matam idoso em Vargem Grande

Destacado

Acusados de serem os assassinos do idoso Francisco Rodrigues

Um crime com requinte de crueldade aconteceu ontem no povoado Boca do Campo Zona Rural de Vargem Grande.

Segundo informações, na noite de ontem o senhor Francisco Rodrigues, conhecido como Manguita de 60 anos, fora assassinado no povoado Boca do Campo Zona Rural de Vargem Grande onde residia.

Os familiares informaram que a vítima bebera durante a noite em companhia de dois elementos que depois a polícia conseguiu localizá-los e prende-los. Um deles, o acusado Lucas da Conceição, conhecido com Luquinha de 19 anos, confessou o crime e que praticara em companhia de Wellison dos Santos Assunção de 24 anos que residia no mesmo povoado que a vítima e onde foi preso.

A vítima foi assassinada a pedradas, mas até o momento, não se sabe o que motivou tamanha crueldade. O fato curioso é que um dos criminosos é cadeirante.

A pós prestarem depoimento a autoridade policial, foi lavrado o Flagrante que foi remetido a justiça. Os acusados foram encaminhados ao presídio de Itapecuru onde aguardarão julgamento.

Urgente! Homem suspeito de ter assassinado ex-companheira acaba de se suicidar em Barra do Corda

Destacado

O homem identificado como Manoel da Silva Nascimento, de 30 anos, suspeito de assassinar a ex-esposa, acaba de recorrer ao suicídio em Barra do Corda, a 444 km de São Luís, nesse domingo (19).
De acordo com informação do delegado Renilto Ferreira, Manoel foi encontrado morto em uma fazenda, na zona rural de Barra do Corda. 

Tudo indica que o suspeito se suicidou. O delegado está indo ao local e passará mais informações em instantes. “Estou indo ao local, uma fazenda, de onde passarei mais informações. Tudo indica que foi suicídio mesmo”, disse o delegado.
Elissandra da Silva Brasil de Araújo, de 23 anos, foi encontrada morta dentro de casa.
Manoel Nascimento fugiu da cidade, em uma motocicleta, logo após a ex-esposa ser encontrada morta.

Comerciante é assassinado dentro de casa e suspeito morre em confronto com policiais militares em Codó

Destacado

O comerciante Antônio Austríaco, de 83 anos, foi assassinado dentro de sua residência na noite desse domingo (19), por volta das 19h, na Rua 4, no Conjunto Mutirão, bairro São Francisco, em Codó, a 306 km de São Luís.
Popularmente conhecido como “Tunico”, o comerciante foi encontrado pela própria filha morto em sua cama. Ele estava seminu e com sinais de asfixia e de que teria travado uma luta com o assassino. O celular do comerciante não foi encontrado por familiares
O suspeito do crime, Jhones Damasceno Sousa, de 31 anos, morreu em confronto com policiais militares nesta segunda-feira (20), por volta das 11h, na casa de uma irmã, na 4ª Travessa Goiânia, bairro São Antônio, em Codó.

De acordo com a PM, Jhones Sousa não aceitou se entregar. Ele estava armado com um revólver calibre 38 e atirou na direção dos militares, que reagiram e também efetuaram disparos.
Alvejado com tiro no pé e dois no tórax, o suspeito morreu no local. Nenhum policial foi alvejado.
Com informações de Marco Silva/Emanuela Carvalho

Assaltante morre no Socorrão 2 após ser atingido por tiro na cabeça ao tentar roubar mulher

Destacado

O assaltante identificado como Wanderson Silva Dias, conhecido como “Greg”, de 19 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo, no momento em que assaltava uma mulher, na área da 3ª Companhia do 8º BPM, no Araçagi.
Pelas informações, o disparo foi feito por um homem que estava passando em um carro e presenciou a ação criminosa. O tiro atingiu a testa e transfixou, saindo na nuca. 
“Greg”, que estava em uma motocicleta, foi socorrido e levado ao Hospital Clementino Moura, o Socorrão 2, mas terminou morrendo. Ele residia na Rua São Conrado, no bairro Vila Nova, na cidade de Raposa, na região metropolitana de São Luís.
No local, foram apreendidos um revólver calibre 38; uma motocicleta Honda Titan 150cc, de placa NHL-2403, sem registro de roubo; e um aparelho celular.
De acordo com informações da polícia, “Greg” era considerado de alta periculosidade e sempre realizava assaltos na região.
Segundo relatos de um PM, há 15 dias ele roubou um celular nas proximidades da Currascaria Tchê Picanharia, na Av. dos Holandeses, no Araçagy. Os PMs o perseguiram até a Raposa e conseguiram recuperar o celular roubado, mas ele conseguiu fugir.
A polícia não conseguiu identificar quem fez o disparo de arma de fogo que atingiu “Greg”, mas deve recorrer a imagens de videomonitoramento ou de vigilância na área.

Segunda idosa é espancada e morta em Coroatá por bandidos que buscam dinheiro de aposentadoria

Destacado

WhatsApp

Este vídeo, feito por populares e divulgado pelo site COROATÁONLINE,  mostra a movimentação no bairro União, em Coroatá, na rua onde a idosa, identificada até agora apenas como Maria Antonia, de 65 anos, foi encontrada morta dentro da própria casa com sinais de extrema violência.

A Polícia de Coroatá, até o momento,  pouco revelou à imprensa a respeito de mais este crime contra idosos na cidade.  Mas já é certo que o corpo foi encontrado com hematomas que demonstram espancamento e também investiga-se se a idosa foi ou não abusada sexualmente antes de ser morta uma vez que havia sangramento nas partes íntimas da vítima. Os bandidos aproveitaram que a idosa morava sozinha e, possivelmente, procuravam por dinheiro da aposentadoria dela.

Já é o segundo assassinato de idosos num espaço de mais ou menos 30 dias.

O caso anterior é de Raimunda Ferreira Lima, de 81 anos, que morreu no hospital macrorregional de Coroatá após sete dias internada.

Ela e o marido, que sobreviveu, também tiveram a casa invadida por bandidos dia 15 de abril que procuraram o dinheiro da aposentadoria , só que na zona rural, foram espancados brutalmente e ela não resistiu aos ferimentos. No caso dela, dois suspeitos foram identificados e detidos, um deles menor de idade.

Urgente! Jovem é assassinado em Vargem Grande

Destacado

Imagem Ilustrativa

O jovem  Fred da Conceição dos Santos, conhecido como o “Gordo”, 21 anos,  foi morto a tiros no início da noite desta quinta-feira(16), por volta das 19:40m, no bairro Soldadinho, em Vargem Grande. Segundo informações, a vítima  foi abordada por dois elementos até o momento desconhecidos, que estavam armados em uma motocicleta.

Quando a vítima se aproximou da moto, os criminosos que efetuaram os disparos que o levaram a óbito ainda no local.

O corpo foi levado para o necrotério do Hospital Benito Mussolini para exames cadavéricos e posteriormente entregue aos familiares para o velório.

A Polícia Militar esteve no local fazendo os primeiros levantamentos sobre o crime e colheu informações que serão usadas nas primeiras linhas de investigação.

Até o momento, ninguém foi preso, mas a polícia continua o seu trabalho de investigação para descobrir o autor ou autores e a motivação do crime.

29 presos não retornam da saída temporária do dia das Mães

Destacado

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), 29 presos não retornaram às unidades prisionais após a saída temporária de Dia das Mãe no Maranhão.
O balanço foi divulgado nesta quarta-feira (15), ao todo, a Justiça concedeu o benefício a 707 presos do regime semiaberto.
Na última quarta-feira (8), os internos foram liberados e deveriam retornar aos estabelecimentos prisionais até às 18h de terça-feira (14). Os que não retornaram são considerado foragido da Justiça.

Assaltante que colocou arma na cabeça de criança ao roubar moto é preso em Itapecuru Mirim

Destacado

Em foto maior o acusado Rodrigo Lima da Silva nas três fotos menores a equipe de Dr. Murita com a moto recuperada no mato.

O assaltante identificado como Rodrigo Lima da Silva, de 21 anos, foi preso em flagrante por policiais da Delegacia Regional de Itapecuru Mirim, a 117 km de São Luís, por roubo qualificado de uma motocicleta.
A ação criminosa ocorreu na terça-feira (14) no bairro Torre.  O assaltante estava em companhia de um comparsa, que ainda não foi preso, e portavam arma de fogo.
Eles chegaram a colocar a arma na cabeça de uma criança, que se encontrava nos braços da Mãe.
A prisão do assaltante e a recuperação da motocicleta ocorreu nesta quarta-feira (15). Ainda pela manhã, a moto foi localizada dentro de um matagal, encoberta por galhos de árvores. O delegado Samuel Morita comandou a ação de recuperação da motocicleta. 

À tarde, Rodrigo Silva foi preso no Bairro Roseana Sarney. Ele foi reconhecido por vítimas e testemunhas.