Governo federal exige crianças na escola, mas não fiscaliza

Demétrio Weber, O Globo

O Bolsa Família exige que os filhos de beneficiários frequentem a escola, mas não diz nada a respeito da qualidade do ensino nem da infraestrutura dos estabelecimentos. Falta de merenda, material didático defasado, cancelamento de aulas, atraso do início do ano letivo e queixas de pais e estudantes foram alguns dos problemas flagrados pelo GLOBO.

Em Timbiras (MA), a diarista Maria dos Santos Lima Costa, de 31 anos, diariamente, leva e busca os filhos de bicicleta na Escola Maranhão Sobrinho. As aulas começam às 7h15m e deveriam terminar às 11h30m. No último dia 17, contudo, por falta de merenda, os dois meninos saíram às 10h30m. Maria contou isso vem acontecendo desde o início do ano. Fonte Blog Ricardo Noblat.

Obs- Essa era uma prática comum no governo Miguel Fernandes e continuou no início do governo Edvaldo Nascimento. O governo federal precisa fiscalizar, e como precisa.

 

Após 17 anos começa o julgamento de acusados de morte de PC Farias

Renata Giraldi, Agência Brasil

Quase 17 anos depois da morte do empresário Paulo César Farias (foto abaixo), conhecido como PC Farias, e da namorada, Suzana Marcolino, em 23 de junho de 1996, em uma casa de praia de Guaxuma (Alagoas), começa amanhã (6) o julgamento de quatro envolvidos no caso. O casal foi morto a tiros. Na ocasião, os peritos concluíram que o crime foi passional, mas há controvérsias sobre essa interpretação. Os quatro acusados que irão a júri popular trabalhavam como seguranças de PC Farias.

A assessoria do Tribunal de Júri do Fórum de Maceió (Alagoas) confirmou à Agência Brasil que o julgamento começará às 13h de segunda-feira. A previsão é que a sentença seja proferida pelo juiz Maurício Breda, da 8ª Vara Criminal, no prazo de quatro a cinco dias. A primeira sentença de pronúncia do caso foi em 2002, segundo a assessoria do tribunal. A expectativa é que, ao longo da semana, o julgamento comece por volta das 9h e siga até as 20h. Fonte Blog Ricardo Noblat

 

 

SARNEY NÃO CONHECE A HISTÓRIA DO BRASIL

Sábado, num artigo na Folha, o ex-presidente garante: “O Senado, em defesa do Supremo, recusou os nomes de Barata Ribeiro, médico, e dos generais Everton Quadros e Inocêncio Queiroz, indicados para o Supremo. Quanta inverdade e desconhecimento.

Os três foram recusados pelo fato de Floriano Peixoto estar na Presidência de forma ilegítima. A Constituição de 1891 determinava que, se a Presidência ficasse vaga (por qualquer motivo), o vice assumiria e faria eleições em 30 dias. Deodoro renunciou (foi derrubado pelo vice, que era também ministro da Guerra), Floriano assumiu e não fez eleição alguma.

Um ano depois, o mesmo Floriano nomeou o mesmo Barata Ribeiro (excelente figura) prefeito do Distrito Federal. Nova recusa. Floriano tinha a força, ficou até o fim. Não passou o cargo a Prudente de Moraes em 1894. O mesmo que o general Figueiredo faria com Sarney em 1985, 91 anos depois. Fonte Tribuna da Imprensa

Deputado Antônio Pereira convida Aluísio Mendes para debater segurança na Assembleia.

deputado estadual Antonio Pereira, do DEM

 

O deputado Antônio Pereira (DEM) anunciou nesta segunda-feira (6/05), que vai convidar o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes a participar de uma sessão especial, para debater os avanços tecnológicos do Sistema de Segurança Pública do Maranhão na gestão da governadora Roseana Sarney (PMDB).

O convite a Aluísio Mendes será feito por meio de requerimento protocolado na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, nas próximas horas. Na sessão especial, o secretário deve esclarecer a todos os deputados detalhes do sistema de vídeo monitoramento e outras ações de combate à criminalidade no Maranhão.

O parlamentar pediu o apoio do presidente da Assembleia, deputado Arnaldo Melo (PMDB), para marcar a data e mobilizar  os deputados e a sociedade civil organizada para o debate. O foco principal será o sistema de vídeo monitoramento instalado em São Luís, que hoje conta com 110 câmeras espalhadas na cidade.

Antônio Pereira conheceu o vídeo monitoramento de São Luís, que hoje funciona com um sistema de fibra ótica próprio, contratado pela Secretaria de Segurança Pública (Segup). “Fiquei impressionado com a qualidade e com a praticidade do sistema de monitoramento, capaz de revelar mínimos detalhes”, confessou.

VISITA AO SISTEMA;

O democrata sugeriu ao presidente da Assembleia, deputado Arnaldo Melo, que logo após a sessão especial todos os deputados sejam levados, de ônibus, até a Secretaria de Segurança, para conhecer de perto o sistema de vídeo monitoramento de São Luís, considerado um dos mais avançados do mundo.

Na quinta-feira (25) o deputado Antônio Pereira anunciou que conseguiu junto à governadora Roseana Sarney e ao secretario Aluísio Mendes, a instalação do Grupo Tático Aéreo (GTA) e do sistema de vídeo monitoramento para a cidade de Imperatriz. O GTA atenderá, também, todos os municípios da Região Tocantina. Fonte Malagueta Notícias