Preso acusado de pedofilia

pedofilo 037

Depois de receber denuncias anônimas policiais e o Conselho tutelar se deslocaram até a rua projetada II para efetuar a prisão de José Etaide Barros da Cruz, acusado de pedofilia. Ao chegarem ao local, que é a residencia do acusado encontraram o mesmo com três menores na cama e com as luzes apagadas. Elas são nascidas em 04/11/1998, 15/07/2003 e 12/02/2005. A mãe das menores declarou que é usuaria de drogas e que José Etaide mantinha relação com uma das menores a algum tempo o que foi confirmado pela própria vítima. José Etaide disse que era pastor evangelico até algum tempo e que não se encontrava mais exercendo essa atividade. Nesse momento, ele se encontra sendo autuado em fraglante e ficará recolhido na delegacia de polícia de Vargem grande a disposição da Justiça. A qualquer momento passaremos outras informações.

Detentos fogem do Presídio São Luís II, em Pedrinhas

A fuga aconteceu na tarde desta quarta-feira (8), por volta das 14h.

Imirante
08/05/2013 16h52 – Atualizado em 08/05/2013 18

SÃO LUÍS – Três detentos fugiram do Presídio São Luís II, em Pedrinhas. A fuga aconteceu na tarde desta quarta-feira (8), por volta das 14h.

Os presos teriam serrado as grades da prisão. A polícia já fez a contagem dos detentos e foi confirmado que apenas três fugiram. Os nomes já foram divulgados: Alberon Laurindo Flores, João Francisco de Souza e Airton Amanso de Araújo.

Em nota, a Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informa que diligências estão sendo realizadas para recapturar três presos que fugiram do Presídio São Luís II, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Veja a íntegra da nova nota

A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informa que diligências estão sendo realizadas para recapturar três presos que fugiram do Presídio São Luís 2, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Os detentos Alberon Laurindo Flores, João Francisco de Souza e Airton Amanso de Araújo fugiram, na tarde de quarta-feira (8), após cerrarem a grade da cela 17, do pavilhão C, do referido presídio. Eles cumpriam pena nesta cela.

Segundo o diretor do Presídio São Luís 2, Marcio Cutrim, os detentos foram avistados por seguranças da guarita quando saíam das dependências do estabelecimento penal. Ainda foram feitas tentativas para contê-los, mas os três conseguiram fugir. Imediatamente uma equipe da Sejap e da Polícia Militar iniciou diligência para localizá-los. Fonte Imirante.