Juíza solta ladrão e é assaltada por ele na saída do Fórum

” Uma juiza da cidade de Nova Toquio , no interior do Paraná,  ficou em apuros na tarde de ontem. a mesma resolveu soltar um assaltante que constava com 10 passagens pela policia por roubo, furto, homicídio, latrocínio e sequestro, dizendo que o rapaz não apresentava risco, e que a justiça não deveria mantê-lo preso, pois suas condutas tinham um reduzido grau de reprovabilidade.
Resultado de imagem para Juiza solta ladrão e é assaltada por ele na saída do Fórum
 
Após decretar a soltura do jovem, o mesmo não tendo como ir para a casa, munido de uma pistola ponto 40 , assaltou uma mulher que estava entrando em seu veiculo.  Até ai tudo normal, porém a mulher assaltada tratava-se da própria juíza que o havia liberado… 
A juiza ficou surpresa com a atitude do rapaz que fugiu e até o momento não foi localizado.
“O que me espantou foi o fato de eu ter liberado ele, e em menos de 10 minutos ele conseguiu uma pistola ponto 40 , arma essa que é restrita . Essa juventude anda muito violenta. Eu não imaginava que ele fosse tão perigoso. Se ele for preso vou meter a caneta nele” disse a juiza enfurecida.
Uma das vítimas do ladrão alertou quanto a periculosidade do mesmo. ”  ele ja me robou 3 vezes ,  eu avisei  pra juiza que ele era perigoso e ela não acreditou. … nossas leis, tratam bandidos como santos, depois que inventaram esse tal de DIREITOS HUMANOS, o Brasil virou refém de bandidos, desabafou dona Cleydiane.
Até o fechamento dessa noticia o jovem não havia sido localizado.

Porquinha volta para a cadeia

Anderson Lima da Costa, mais conhecido no mundo do crime pela alcunha de Porquinha, foi preso pela polícia militar no início da manhã de hoje na residencia de seus avós na rua São Miguel, bairro do mesmo nome. A Polícia vinha monitorando os passos do delinquente desde o início da semana quando ele retornou as suas atividades criminosas na cidade. Porquinha conforme noticiamos aqui, entrou na residencia de uma vereadora no início da semana. Muitas vítimas do acusado disseram as autoridades policiais que em algumas noites dessa semana, Porquinha chegou a entrar em cinco ou seis residências. De ontem para hoje, três vítimas registraram a presença de porquinha em atos delituosos em suas residências.No ato da prisão, porquinha dava demonstrações de está sob o efeito de drogas. Anderson não esboçou reação, foi levado a delegacia de polícia de Vargem Grande para os procedimentos legais, para em seguida ser encaminhado ao presídio de Itapecurú-Mirim. Com uma extensa lista de delitos desde quando era menor, porquinha continua dando trabalho a polícia e a Justiça, com suas ações delituosas apesar de já ter adquerido maioridade. Quando menor foi interno da Canaã em São Luis, depois que adquiriu maioridade foi preso em Chapadinha por assalto a mão armada e cumpriu pena de um ano e seis meses na Penitenciária Agrícola de Pedrinhas, portanto a nosso ver, trata-se de um elemento perigoso e sem recuperação. .

“Livre, leve e solto”: Acusado de agredir ex-namorada diz que comemorou a liberdade

Ex-namorado nega as agressões (Crédito: Reprodução)
Ex-namorado nega as agressões (Crédito: Reprodução)
A polícia ainda investiga o caso em que a estudante Karinny Beatriz afirmar ter espancada pelo ex-namorado na última sexta-feira no bairro Macaúba, na zona sul de Teresina. O namorado da vítima, que chegou a ser preso, causou revolta ao postar em uma rede social que estava “livre, leve e solto”.
De acordo com a vítima, o ex-namorado teria ficado com ciúmes após ela receber uma mensagem de um amigo. Ela, que havia sofrido um acidente de motocicleta horas antes às agressões, disse ter sido convencida pelo homem a deixar o hospital antes de ser atendida por um médico.
“Mais cedo ele tinha visto uma mensagem de uma amigo meu no status do whatsapp em que ele falava: “nossa, está bonita. Pena que está namorando”. Aí, ele ficou estranho o dia inteiro por causa desta mensagem. Eu tenho marcas no meu corpo todo por conta da barra de ferro. Ele me tirou do hospital, eu estava esperando o médico cirurgião, porque eu fraturei o nariz e ele me convenceu a ir embora do hospital junto com ele, quando chegou em casa começou toda essa confusão. Os policiais chegaram em minha casa, ele estava com uma barra de ferro, me agredindo. Ele foi pego em flagrante e os policiais tiveram que arrebentar o cadeado”, disse a jovem.
Vítima diz ter sido espancada pelo ex-namorado (Crédito: Reprodução)
Vítima diz ter sido espancada pelo ex-namorado (Crédito: Reprodução)

Ex-namorado nega
Em entrevista exclusiva ao Jornal Agora, o torneiro mecânico Jonhy Pessoa, acusado das agressões negou as afirmações da ex-namorada e disse que os hematomas que a jovem tem no corpo são oriundos do acidente que ela sofreu.
“De forma nenhuma eu agredi a Karinny, ela tem consciência desse fato. O hematomas no rosto dela é de decorrência do acidente de moto, porque ela não sabe pilotar moto e ainda por cima estava embriagada. Teve o atendimento dela no Samu, a entrada dela no HUT, tem todo o prontuário. Os policiais que chegaram lá, acompanharam todo o processo para tentar me tirar de dentro de casa, porque na hora em que eles chegaram viram que eu queria sair de casa e tentaram abrir o portão com o cacetete deles e tinha lá uma barra de ferro e eles viram quando eu peguei para tentar abrir. Em nenhum momento eu agredi ela”, disse.
Sobre a frase que postou na rede social, Jonhy Pessoa afirmou que não quis ofender ninguém, apenas comemorar o fato de ter sido posto em liberdade após ter sido “preso injustamente”. “Eu coloquei essa frase sem nenhuma intenção de ironizar ninguém, nem para ofender ninguém. Eu como uma pessoa de quase 40 anos, nunca fui em uma delegacia, nunca fui preso, só quis expressar minha sensação de liberdade. Estar preso injustamente e sair é uma sensação muito boa”, disse.
Jonhy Pessoa ainda afirmou que irá processar as pessoas que o criticaram nas redes sociais. “Eu acho melhor as pessoas se informarem direito para puder julgar as outras, porque as pessoas não sabem o que aconteceu realmente. Ainda não saiu nenhuma prova de minha agressão contra ela e vai ser esclarecido. A maioria das pessoas não sabem, mas existe uma delegacia virtual para este tipo de crime e elas vão ter que responder por isso”, afirmou.

Estudantes da Faculdade Pitágoras vivem momentos de terror em São Luis

Na noite desta terça-feira (14) estudantes da Faculdade Pitágoras, localizada na Avenida São Luís Rei de França, no Turu, em São Luís, viveram momentos de terror na instituição. Segundo as primeiras informações colhidas pelo Blog, homens adentraram na faculdade com a desculpa de vender uma rifa, mas quando entraram em uma das salas, anunciaram o assalto.
Estudantes, que são policiais e consequentemente andam armados, reagiram ao assalto e trocaram tiros com os bandidos. Muitos alunos, professores e demais funcionários correram e se trancaram nas salas com medo dos disparos. Há informações de que um assaltante foi baleado, bem como um policial.

Aguardem mais informações.