Vargem Grande: motorista bebado atropela menor

O Sr. Antonio José Costa da Silva, de 42 anos, natural de Presidente Dutra neste estado. atropelou ontem o menor João Vitor de Jesus Coata, quando o mesmo se encontrava na porta de sua residência na rua José Magalhães, centro da cidade de Vargem Grande. A polícia Civil, foi informada através da Guarda Municipal, que um homem apresentando visível estado de embriaguez alcoólica se encontrava internado no hospital municipal e que alí se encontrava um menor que teria sido por ele atropelado. Após os primeiros levantamentos a polícia constatou que além de embriagado, Antonio não possuia também Habilitação. Na manhã de hoje 13/12 a mãe do menor esteve na delegacia prestando esclarecimento.

Homens são presos por furto e receptação de caprinos

 

A polícia Civil de Vargem Grande e Nina Rodrigues, prenderam ontem Celso Santos Mendonça por roubo de animal semovente, caprino, e Raimundo Rodrigues por receptação do mesmo. Segundo a vítima que não teve seu nome revelado, Celso é acusado de subtrair dela e outros criadores mais de 50 cabeças de caprinos.em Presidente Vargas. Ambos foram autuados em flagrante na delegacia de Vargem Grande e depois encaminhados para a delegacia regional de Itapecuru, que com certeza os encaminhará para a Unidade Prisional daquele município.

POLÍCIA DE COROATÁ PRENDE DOIS HOMENS ACUSADOS NO DESAPARECIMENTO DE UM ADOLESCENTE DE 14 ANOS

Os mandados de prisão foram expedidos pela primeira vara da comarca de Coroatá. A prisão é decorrente de uma investigação declinada para solucionar a suposta pratica de homicídio em desfavor do adolescente.

A mãe de Gabriel, disse a imprensa de Coroatá que não tem duvidas que o filho foi assassinado, e que a já tinha provas que Gabriel foi vítima de um crime cruel. Moradores do bairro falam que o menino foi “esquartejado, e o resto mortais do corpo foi queimado”.  A qualquer momento traremos mais informações deste caso. Veja abaixo as fotografias dos acusados que foram presos ontem à noite:

Justiça apreende 381 cheques de Escolas nas residencias do Secretário e da coordenadora de Educação de Arame

Atendendo ao pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), a Justiça deferiu mandados de busca e apreensão nas residências do secretário de Educação de Arame, Pedro José Ribeiro Conceição, e da coordenadora de programas de Educação do município, Cleane Albuquerque Conceição.
Além de talões de cheque das caixas escolares municipais, o mandado abrange aparelhos celulares, tablets, computadores e quaisquer itens que permitam o acesso irrestrito aos dados existentes em equipamentos eletrônicos e de telefonia em posse dos dois gestores.
Foram apreendidos 386 cheques, sendo 351 em branco, 18 já assinados e 17 canhotos de cheques emitidos.
A determinação judicial atende à solicitação feita pelo promotor de justiça Hélder Ferreira Bezerra, em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa.
A manifestação ministerial foi motivada pelo uso ilegal de recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) pelo secretário municipal e pela coordenadora.
ENTENDA O CASO
Cleane Conceição (cunhada do prefeito) levava os diretores das unidades escolares municipais – responsáveis legais pelas caixas escolares, à agência bancária para receber talões de cheque e, em seguida, tomava posse dos talões, sob ameaça de exoneração. A ameaça era reforçada pelo secretário municipal.
Uma mensagem de áudio comprova a exoneração de um servidor, responsável por fornecer esclarecimentos sobre o programa aos diretores. Nela, o secretário afirma que Cleane Conceição era a única responsável pelos esclarecimentos.
INVESTIGAÇÕES
Como parte das apurações, em agosto de 2018, 13 diretores da zona urbana de Arame confirmaram ao MPMA que não possuíam informações sobre como o programa funcionava e ainda não haviam feito nenhum gasto com os recursos do programa. Também afirmaram não haver mais de uma conta e que os talões não eram fornecidos aos diretores.
Em 1º de outubro, o MPMA solicitou que o secretário informasse os números de todas as contas bancárias de todas as unidades com caixa escolar. Pedro Conceição informou que cada unidade escolar possuía somente uma conta. Entretanto, tais unidades têm, no mínimo, duas contas.
No mesmo mês, a diretora da Unidade Escolar São Sebastião, Antônia Silva, justificou o atraso no pagamento de professores pelo fato de os talões de cheque do caixa escolar não estarem com ela.
SAQUES
A diretora da Escola Municipal Zuleide Mendes, Regina Mota de Souza, confirmou que havia entregue diversas folhas de cheque em branco a Cleane Lima, sob ameaça de exoneração. Posteriormente, foi verificado que haviam sido retirados mais de R$ 5 mil da conta da escola.
O MPMA requereu ao Banco do Brasil informações sobre a movimentação bancária de contas de 37 escolas com caixa escolar. As informações fornecidas sobre 10 escolas demonstraram que a coordenadora sacou 20 cheques, totalizando R$ 14,7 mil, retirados das contas das unidades escolares São Sebastião e Zuleide Mendes.
A Promotoria de Justiça de Arame também verificou que, dos recursos da Escola Zuleide Mendes, Cleane Conceição usou o valor de R$ 720 em favor de uma empresa com inscrição nula junto à Receita Federal, indicando desvio, em decorrência de simulação de negócio com empresa irregular.

Vale abre vagas do Programa Jovem Aprendiz no Maranhão

Itabira, Minas Gerais (MG), Brasil, 30/08/2016 – Mina Cauê – Oficina de subconjuntos. Os empregados Renato Souza (mecânico especializado, calça mais clara, à esquerda), Leonardo Lopes e os estagiários Nayara Gomes Coimbra e Luís Martinez (direita). Foto: Ricardo Teles
Ficam abertas de 12 de dezembro até 10 de janeiro as inscrições para o Programa Jovem Aprendiz da Vale no Maranhão. No total, são 249 vagas, sendo 219 para São Luís e 30 para Açailândia.
Na capital maranhense serão oferecidos os cursos técnicos em Eletrônica (manhã e tarde), Eletrotécnica (tarde), Logística (tarde), Segurança do Trabalho (manhã), Edificações (tarde), Eletromecânica (manhã) e Soldagem (tarde). Já em Açailândia as vagas são para o curso técnico em Eletromecânica (tarde).
Para participar do processo seletivo o candidato deve ter de 14 a 21 anos de idade, estar matriculado no 2º ou 3º ano do Ensino Médio ou ter concluído. Não há limite de idade máxima para pessoa com deficiência.