População protesta contra fechamento do Hospital Geral de Matões do Norte

Centenas de pessoas se concentraram na entrada de Matões do Norte, na BR 135, protestando contra o fechamento do Hospital Geral que fica naquela cidade. Eles interromperam o trânsito e prometem novas manifestações.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, informou que será feita apenas uma reforma no hospital, mas servidores que foram mandados pra casa e estão exonerados não acreditam nas palavras do secretário. O Sindicato do Enfermeiros emitiu nota lamentando o fechamento do Hospital Geral.

Acidente na BR-222 em Santa Luzia/MA

Acidente na BR-222 em Santa Luzia/MA

Um acidente envolvendo um carro de passeio modelo não identificado, deixou um casal de evangélicos feridos na BR-222, em Santa Luzia/MA. De acordo com informações repassadas a nossa equipe trata-se do pastor Silvestre e sua esposa Débora Santana. As vítimas do acidente foram levadas ao Hospital Municipal (SPA), onde passaram por exames preliminares que não atestaram fraturas nos corpos, sendo requisitados exames mais específicos a serem realizados em Santa Inês. O casal lidera a pouco tempo uma congregação protestante no distrito de Faisa, município de Santa Luzia e tem familiares em Vitorino Freire/MA.

Entenda

No período da tarde desta quinta -feira, um caminhão trafegava na via já citada carregado de milho, em determinado ponto o motorista perdeu o controle tombando na pista e espalhando grãos do cereal por toda a parte, o veículo dirigido pelo pastor ao se aproximar não teve como diminuir a velocidade forçando o pastor a direcionar o carro para o acostamento, perdendo o controle e batendo em troncos de madeira de uma cerca às margens da BR. O fato foi registrado próximo ao povoado Santo Onofre.

O casal sofreu forte impacto com a batida, no tórax e cabeça. Fonte Francisco Vale

A ligação espúria: Renan e Joesley (Ouça o Áudio)

Renan trabalha incansavelmente para ser eleito nesta sexta-feira (1º) presidente do Senado Federal.

Na votação interna, dentro da bancada do MDB, conseguiu um importante trunfo, vencendo a senadora Simone Tebet. 7 a 5.

Em se confirmando o favoritismo do candidato oficial do MDB, será um duro baque para o novo governo.

Perde o povo brasileiro que votou por mudança no pleito de 2018.

O áudio abaixo mostra o tratamento e a relação de intimidade havida entre Renan e Joesley Batista. Eram parceiros.

Aliás, Renan é um eterno parceiro da maracutaia.

O Planeta das Mentiras e o Macaco do Asteroide

MIGUEL GUSTAVO DE PAIVA TORRES

Reza a lenda que a aproximadamente 350 milhões de quilômetros do planeta terra, se você olhar, indistintamente, para a direita ou para a esquerda, poderá distinguir, com clareza, o vulto de um enorme macaco acocorado no topo de um asteroide ovalado, fumando um daqueles típicos cachimbos compridos e rombudos, considerados objetos de divinação  pelo  chefes das tribos dos Sioux, Navajos, Tupis e Guaranis. A missão do macaco do asteroide é enviar, para o grande Guardião do Universo, mensagens de fumaça sobre os acontecimentos do planeta que foi destinado à sua guarda e proteção. Lá no Olimpo o planeta é conhecido como o planeta das mentiras. Até porque o azul que se vê na distância estelar é mera ilusão de ótica. No planeta, os seus habitantes acostumados com a vermelhidão do barro e da lama que o envolve, o chamam  carinhosamente de planeta terra. Os astrônomos do Monte Vesúvio  detectaram nos últimos anos inusitado aumento na intensidade da fumaça abanada pelo rabo do macaco do asteroide. A intensidade é equivalente ao aumento da emissão de mentiras, maldades, perversidades e crueldades, no distante pontinho azul avermelhado, sob observação, que, segundo o macaco protetor, está mudando para a cor de lama marrom escura numa velocidade estonteante. O macaco do asteroide também registrou intenso aumento de ruídos na comunicação social dos enlameados terráqueos mentirosos. Trata-se de uma avalanche de postagens imbecis e mentirosas, na opinião transmitida pelas ondas de fumaça do asteroide, sobre o bem e sobre o mal, todas mentirosas e falsas, os maus acusam de maus os do bem e os do bem acusam de maus os do bem e vice versa, num jogo sobre a verdade aristotélica de que o que é, é  o que é , e o que não é,  é o que não é, disseminado na forma sofista, falsa e mentirosa, de que o que não é,  é  aquilo  que é, e vice-versa. O Guardião do Universo, pela primeira vez na história de sua Criação, duvida de si mesmo e do acerto de sua onisciência, infalível, em dar vida à um planeta que não sabe cuidar de si mesmo e ameaça agora toda a harmonia do acorde universal de sua música infinita.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.

Senado escolhe entre o sentimento das urnas e o ‘sinistro’ apontado por jurista

Senadores articulam frente contra candidato do MDB no Senado

Tudo pronto no plenário do Senado para a eleição dos membros da mesa diretora. (Foto: Waldemir Barreto)

Apesar de envolver apenas 81 “eleitores”, a disputa pela presidência do Senado mobiliza as atenções dos meios políticos em razão da ameaça de retorno de Renan Calheiros (AL) ao cargo, como candidato do MDB escolhido nesta quinta-feira (31) em votação apertada. Essa eleição para a mesa diretora fez um dos juristas mais admirados do País, Modesto Carvalhosa, gravar vídeo apelando aos senadores para declararem seus votos contra o que há de “corrupto e sinistro”. Deu certo: todos os demais candidatos se reuniram e decidiram que vão orientar suas bancadas a declarar seus votos, caso o renanzista José Maranhão (MDB-PB), que vai presidir a eleição, rejeite o pedido de votação aberta. Esses candidatos ainda tentam uma solução consensual, numa espécie de frente para disputar o cargo contra o nome do MDB. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Contra velhas raposas políticas concorrem senadores como os novatos Major Olímpio (PSL-SP) e o novato Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Entre os mais experientes estão Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Álvaro Dias (Pode-PR), que se apresentam com opção ao nome do MDB.

Com propostas que o deixam isolado, porque preveem o fim de regalias dos senadores, Reguffe (DF) acha que só terá o próprio voto.

Esperidião Amin (PP-SC) e Angelo Coronel (PSD-BA) “correm por fora” em candidaturas a presidente do Senado que tendem a ser retiradas.