Elementos são presos com moto roubada no centro de Vargem Grande

Destacado

Dois elementos bastante conhecidos da polícia por suas práticas delituosas voltaram a delinquir e foram presos pela polícia militar na noite de ontem 09/03.

Os dois assaltantes, Leandro dos Santos Medeiros e Thayllon Ericeira Guimarães, ambos residentes em Vargem Grande, trafegavam em uma moto de cor preta, pelo centro da cidade, quando foram vistos pela polícia que pediu parada para abordá-los, uma vez que são pessoas de índole má. . Os criminosos não obedeceram a ordem e os policiais em perseguição conseguiram interceptá-los na Rua Maia de Carvalho no centro de Vargem Grande. Na abordagem, foi encontrada com os acusados, além da moto que fora roubada dia 06 deste, na cidade de Nina Rodrigues,um revolver calibre 38 municiado. Os dois acusados foram presos e juntamente com a moto e a arma apreendidas, encaminhados a Delegacia Regional de Itapecurú onde foi lavrado o flagrante e encaminhados para o presídio daquele município onde ficarão a disposição da Justiça. O que chama a atenção das autoridades policiais, é que o Thayllon saiu a poucos dias do presídio por praticas de assalto.

Homem não aceita fim de relacionamento e tenta matar ex-mulher com 4 facadas em Loreto

Destacado

A tentativa de feminicídio aconteceu na sexta-feira (8) na Rua 15, na cidade de Loreto, sul do Maranhão, a 714 km de São Luís. Uma mulher identificada por Geórgia Aparecida Lopes foi esfaqueada diversas vezes por seu ex-companheiro e também primo, conhecido como Daniel.
Segundo informações de amigos da vítima, a motivação para o crime teria sido o rompimento do relacionamento entre os dois. Daniel, que mora no povoado Batateiras, chegou a residência da vítima logo cedo da manhã querendo conversar.
“A vítima deixou claro que não queria mais nada com ele, que ficou insistindo, chegou a empurrá-la e achou que deveria matá-la. Ela pediu para ele ir embora e entrou no banheiro para tomar banho. Quando saiu, foi atacada por trás traiçoeiramente e ele começou a esfaqueá-la”, disse um amigo da vítima que não quis se identificar.
Foram quatro facadas mais graves que atingiram os órgãos vitais: pulmão, fígado e esôfago, além de um ferimento no pescoço. Geórgia foi transferida para o Hospital Balsas Urgente, onde passou por cirurgias.
Na manhã deste sábado, familiares informaram que ela está fora de risco e que respondeu bem ao tratamento, já tendo sido transferida para uma enfermaria do hospital.
Informações que circulam em grupos de whatsapp da cidade de Loreto noticiam que Daniel teria dito que se Geórgia não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém.  “Eu mato ela e me mato”, teria declarado ele que teria cometido suicídio.

POLÍCIA DE CODÓ PRENDE DOIS HOMENS ACUSADOS DE TOMAREM DE ASSALTO CAMINHÃO DE COMBUSTÍVEL NA BR 316

Destacado

O SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DE CODÓ, JUNTAMENTE COM O SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DE CAXIAS e FORÇA TÁTICA DE CODÓ, realizaram a prisão de dois homens identificados por: Marcos Viveiros Miranda e Francisco Viveiros, pelo fato dos mesmos serem os principais suspeitos de terem tomado de assalto um caminhão de combustível na BR 316 na madrugada do dia 05/02/2019.

O fato ocorreu na BR 316, no Posto AZUL no povoado Pau Cheiroso. Os suspeitos foram apresentados à Delegacia de Polícia Civil para que sejam tomadas as providências cabíveis.

ASSCOM  17ºBPM

Distanciamento de Bolsonaro provoca estado de desinformação da mídia

Destacado

Lorotas nos jornais são produto da desinformação garantida pelo presidenteR

O presidente Jair Manchetes sobre ‘inquietação dos militares’ se deve ao silêncio das fontes, inclusive Bolsonaro. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Diante de notícia sobre “inquietação dos militares”, desconfie, mas se a manchete destaca “generais preocupados com recuos do presidente”, tenha certeza: é mentira. Muitos jornalistas sem fontes não deveriam fazer isso, mas optam pela fantasia aparentemente porque não falam com ninguém no Planalto. Eles mal sabem que, disciplinados, militares batem continência e todos – todos – têm Bolsonaro como ídolo. Mas há um culpado pela desinformação na grande mídia: o próprio presidente. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Bolsonaro se incomoda demais com a imprensa para alguém que a despreza. Seria mais inteligente ocupar seus espaços.

“A mídia é feita para governados e não para governantes”, diz o vice Mourão, que usa bem o espaço “naturalmente reservado” na mídia.

Bolsonaro recebeu 11 jornalistas para uma conversa promissora, mas o barato dele é outro: redes sociais, onde se sente bem mais à vontade.

À aproximação de Bolsonaro, no quotidiano do Planalto, militares de qualquer patente até se emocionam. A cada contato, a cada “bom dia”. Fonte Claudio Humberto

JOSÉ MÁRCIO COUTO O brasileiro anda muito mal acostumado

Destacado

É, o brasileiro anda muito mal acostumado, mesmo. Uma década e meia recebendo, calado, as atrocidades cometidas pela esquerda vermelha que se assenhoreou do País e, numa ditadura velada, fazia o que queria com o povo, apoiado pelos amigos do rei e pelos interessados em ‘nacos’ de poder.

Todo santo dia eram absurdos atrás de absurdos que os governantes praticavam e ai daqueles que discordassem, eram execrados e chamados de retrógados, fascistas, conservadores e desprovidos de visão já que, tudo era para um Brasil melhor no futuro.

Muito bem, o futuro chegou e o que aconteceu? O Brasil ficou estagnado no ranking de desenvolvimento humano das Nações Unidas, que mede o bem-estar da população considerando indicadores de saúde, escolaridade e renda. Dentre um conjunto de 189 economias, segundo dados recentes divulgados pelo PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o país se manteve na 79ª posição, atrás da Venezuela, de Cuba (tantos recursos brasileiros ali aplicados), do Panamá, de Trinidad & Tobago, da Sérvia e Croácia (ambos pós-guerra), do Cazaquistão, do Uruguai e outros.

O Brasil segue com elevada taxa de desemprego que se reduz, sim, mas, lentamente. Segundo o IBGE, 12,8 milhões desempregados (PNAD-IBGE, trimestre maio-julho 2018).

Agora, aparece um mandatário que fala abertamente sobre o que é destituído de sentido, de racionalidade, o que, simplesmente, não se enquadra em regras e condições estabelecidas de comportamento social e recebe uma enxurrada de protestos. Ah…

Calma aí gente, se nunca antes na história desse País alguém falou sobre o que era (ou estava) errado, agora vai se falar. É melhor já ir se acostumando.

Oposição para discutir reformas (necessárias, diga-se de passagem), aceita-se. Contestar o comportamento abjeto de uma geração que traz consigo o reflexo da falta de educação é, porém, inadmissível. Se há um desvio de conduta ele tem que ser apontado, sim, até para que uma cabível punição sirva de elemento impeditivo para uma reincidência. O que é que há? Então, porque vivemos uma democracia pode-se atacar e perverter costumes civilizados? Invoquemos, pois, o dito popular que proclama: “o direito de uns acaba onde começa o dos outros”. Isso envolve o bom senso, a ética, os valores morais e, também, direitos e deveres assegurados em Lei. Tudo tem um limite.

Nem pensem em me calar e me obrigar a ver mulheres ou homens desnudos, em praça pública, manifestando-se com gestos agressivos pelas obscenidades. Que respondam, de alguma forma, pelos seus atos.

Faz muito bem o Senhor Presidente da República em demonstrar seu repúdio a toda essa grosseria gratuita que nos impõe certa turma de desqualificados. Não aprenderam educação e limites em casa, que aprendam pelo rigor da Lei que se lhes deve aplicar.

José Márcio Couto é advogado.