Rancho Bambu recebe celebridades

Destacado

Prefeito Rodrigues da Iara, ao centro com Professor Silva, Zé Orlando Seu Dico

O professor Silva e família, atuais arrendatários do Rancho Bambu, foram anfitriões de um grupo de respeitável saber literário, turismólogos e professores,que visitaram na manhã de hoje 22/03, a cidade de Nina Rodrigues, para além de um bom papo de cardápio variado, degustarem os sabores dos pratos deliciosos da culinária maranhense, que são servidos com maestria pela equipe do Rancho.

Ali, naquele ambiente de notáveis, com certeza correu solto um cardápio regado a política, resgate histórico, e o aporte de Nina Rodrigues no Calendário Turístico do estado do Maranhão.

O prefeito Rodrigues da Iara sempre muito receptivo e defensor ardoroso do crescimento de seu município, esteve presente abrilhantando esse momento em que se busca a inclusão do município no cenário turístico do estado.

Com certeza, antes do almoço, uma boa dose de Capotira foi provada e aprovada por anfitriões e visitantes como uma saudável desinibidora de apetite. Presentes também os professores Zé Orlando e Raimundo Barroso (Seu Dico), grandes amigos apreciadores e defensores dos sabores da nossa respeitável culinária.

CRAS de Nina Rodrigues promove ações

Destacado

A prefeitura Municipal de Nina Rodrigues, através do Centro de Referência e Assistência Social – CRAS – vem desenvolvendo diversas ações que visam prioritariamente o fortalecimento do conjunto da sociedade para o fortalecimento de vínculos e o contínuo aprendizado.

Dentre as atividades de aprendizado, a Secretaria de Ação Social, através do CRAS promoveu uma oficina de salgados com o grupo de mulheres do PAIF.

Dentre os principais objetivos do PAIF, destacam-se o fortalecimento da função protetiva da família, a promoção de ganhos sociais e materiais as famílias, promoção de acesso a benefícios, programas de transferência de renda e serviços sócios assistenciais, além do apoio a famílias que possuem indivíduos que necessitam de cuidados, por meio da aprovação de espaços coletivos, de escuta e troca de vivência familiar.

E no dia 21 de março quando se comemorou o dia internacional de luta pela eliminação da discriminação racial, o CRAS também realizou uma sessão de cinema com as crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Morre em Nina Rodrigues Ex-vereador Clécio do Carmo Costa

Destacado

Depois de sofrer um AVC a alguns anos atrás, o comerciante do ramo de medicamentos por mais de 40 anos em Nina Rodrigues e 5 vezes vereador, além de vice-prefeito de Ariston Carvalho de Mesquita, morreu às 5h e 30 min da tarde de ontem em sua residência, o Sr. Clécio do Carmo Costa.

Não se pode falar da história recente de Nina Rodrigues sem mencionar o nome do Sr. Clécio. Era uma figura bastante conhecida, tanto na Zona Urbana, quanto na Rural.

Por muito tempo, quando existia a dificuldade de médicos em nossa região, Clécio, com sua inteligência e habilidades no ramo farmacêutico, aliviou a dor de muitas pessoa com doenças com características comuns.

Portadores de doenças às mais diversas, não poupavam elogios e agradecimentos ao farmacêutico, que por possuir essa propriedade de aliviar as dores e enfermidades dos seus munícipes, foi convidado a participar da vida pública, tendo se elegido por cinco vezes vereador no município de Nina Rodrigues. Foi também vice-prefeito do Sr. Ariston Carvalho de Mesquita, por quem nutria um grande respeito e era por aquele amigo, admirado.

Depois de cansar dessa vida de comércio, e ver esvair-se as forças para a labuta diária do atender as pessoas em sua farmácia, vendeu para o Empresário do grupo de Farmácias Wilson, tudo o que tinha em medicamentos, iniciando alí, sua aposentadoria empresarial e política.

Em nome dos titulares do Blog e dos colaboradores e leitores deste espaço noticioso,, elevamos o nosso pensamento a DEUS para que conforte a família e possa reparar essa grande perda.

,

Presos suspeitos de participação no assassinato de professor em Pinheiro

Destacado

Dois homens foram detidos, e um adolescente apreendido. Duas mulheres também foram levadas ao 10º BPM e podem ter participado do crime.

 Corpo do professor Algenir foi encontrado em Presidente Sarney.

Dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido na noite desta quinta-feira (21), no município de Pinheiro, a 333 km de São Luís, por suspeita de participação no assassinato do professor Algenir dos Santos Ferreira, que teve o seu corpo encontrado na última terça-feira (19), em Presidente Sarney.
As prisões foram confirmadas pelo delegado Oseias Ferreira Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Pinheiro.

De acordo com informações preliminares, os dois suspeitos de participação no assassinato foram identificados como Ítalo e Wellington, conhecido como “Ganzelão”. 

As facadas que ceifaram a vida do professor teriam sido desferidas por Ítalo. Já Wellington teria apoiado na logística do crime e dirigido o carro da vítima. Os outros envolvidos seguraram a vítima para que fosse esfaqueada.

Os homens, junto com o adolescente apreendido, eram conhecidos de Algenir dos Santos Ferreira e frequentavam a casa dele.
Na casa do adolescente, os policiais encontraram pertences do professor, como notebook e roupas. A mãe do menor teria revelado à polícia que sempre costumava levá-lo à casa do professor para conversar.
Duas mulheres também foram conduzidas ao 10º BPM suspeitas de participar da ação criminosa.

A polícia está à procura de outro suposto envolvido, identificado apenas como Fernando.
Assim que souberam da notícia da prisão dos suspeitos de assassinarem o professor Algenir, populares se aglomeraram na Delegacia de Pinheiro, que teve a segurança reforçada.
O crime
O corpo de Algenir dos Santos Ferreira foi encontrado, com várias perfurações de faca, na manhã de terça-feira (19), em um povoado do município de Presidente Sarney. De acordo com informações policiais, o corpo foi achado por um morador, que acionou a polícia.
Algenir Santos era professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e ex-secretário de Cultura e Turismo de Pinheiro.

De acordo com o delegado Oseias Ferreira Cavalcanti, investigações preliminares apontam que Algenir Ferreira foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte). O professor foi assassinado em sua casa, em Pinheiro, na noite de segunda-feira (18).
Após cometerem o latrocínio, os criminosos enrolaram o corpo do professor Algenir em um lençol e o desovaram no mato na cidade de Presidente Sarney. 

O carro de Algenir, um Fiat Cronos de cor branca e placa PTD-6677, foi subtraído na ação criminosa.

Adolescente morre atingida acidentalmente por uma faca em Coroatá

Destacado

A faca estava sendo usada pela mãe da menina que limpava a geladeira quando a mesma sacou e atingiu o peito da garota. 


A tragédia aconteceu na noite desta quarta-feira (20) no bairro Vila Teresa Murad, em Coroatá. Uma menina identificada como Janaina Costa da Silva, de 13 anos, estava na cozinha de casa quando foi atingida no peito por uma faca. A arma branca estava com a mãe da garota, Dona Maria Aparecida, que limpava o congelador da geladeira. A faca sacou e lamentavelmente atingiu o peito da adolescente.

Janaina foi socorrida pelo pai e levada ao Hospital Macrorregional, onde passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu ao ferimento falecendo na manhã desta quinta-feira (21).

A mãe da garota está em choque devido a tragédia.

Informações: Blog do Antonio Silva

BLOQUEIO DE CELULARES IRREGULARES COMEÇA DOMINGO NO NORTE, NORDESTE E SUDESTE

Destacado

WhatsAppFacebookTwitterPrintCompartilhar

No próximo domingo 24 terá início o bloqueio dos celulares sem certificação em quatro estados da região Norte (Amazonas, Roraima, Pará, Amapá); na região Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia); e em dois estados da região Sudeste (Minas Gerais e São Paulo).

A medida vale para aparelhos habilitados a partir de 7 de janeiro deste ano.

A ação faz parte do projeto Celular Legal, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e se encontra em sua última etapa. Já foram bloqueados 244.217 celulares em todo o Brasil e foram enviadas 531.446 mensagens de aviso a celulares irregulares até o momento.

O celular irregular é aquele que não tem o selo da Anatel que indica a certificação do aparelho e garante ao consumidor a compatibilidade com as redes de telefonia celular brasileiras, a qualidade dos serviços e a segurança do consumidor. O selo normalmente está localizado no corpo do aparelho, atrás da bateria, ou no manual. Um celular sem certificação pode aquecer, dar choques elétricos, emitir radiação, explodir e causar incêndio, pois não passou pelos testes necessários. O bloqueio de celulares irregulares, além de proporcionar a segurança do usuário, acaba também reduzindo o número de roubos e furtos de aparelhos celulares, combatendo a falsificação e clonagem de IMEIs (número de identificação do aparelho).

Mensagens de alerta sobre o bloqueio foram envidas a partir do dia 07/01. O usuário do serviço móvel que recebeu as mensagens deverá procurar a empresa ou pessoa que vendeu o aparelho e buscar seus direitos como consumidor. É possível consultar a situação do aparelho no site do projeto Celular Legal.

O bloqueio já foi iniciado na região Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul); em três estados da região Norte (Acre, Rondônia, Tocantins), em dois estados da região Sudeste (Espírito Santo e Rio de Janeiro) e na região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

Fonte: Atual7

Três pessoas morrem em naufrágio no Maranhão

Destacado

Embarcação levava cinco pessoas naufragou nesta quarta-feira (20) no povoado São Cristóvão, em Viana. Entre os mortos, estão duas meninas de dois anos e seis meses de idade.

Uma embarcação de pequeno porte com cinco pessoas naufragou na noite desta quarta-feira (20) no povoado São Cristóvão, no município de Viana, localizado a 217 km de São Luís. Duas crianças menores de cinco anos e um adulto morreram no naufrágio.
De acordo com a Polícia, a embarcação seguia por volta das 21h, do povoado Prequéu para o povoado São Cristóvão quando o acidente aconteceu. Chovia bastante na região no momento do naufrágio.
Na embarcação estavam Vanilde Jansen Costa e Mendes Pereira Sousa, com as duas filhas Maria Fernandes de Costa Sousa, de dois anos; Maria Eduarda de Costa Sousa, de seis meses, e o sobrinho do casal, identificado como Gleik, de 20 anos.
Segundo o Major Fábio, do 36º Batalhão de Polícia Militar, no momento do naufrágio o casal conseguiu se salvar nadando até a margem do lago. Já as duas crianças e o homem desapareceram. Nenhum dos ocupantes usava colete salva-vidas.
Equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram encontrar logo pela manhã o corpo das duas meninas, já o sobrinho do casal continua desaparecido. Buscas ainda estão sendo feitas na região para tentar localizar o corpo.
“Os bombeiros estão na localidade fazendo as buscas, na tentativa de localizar essa terceira vítima, mas até o momento não foi localizada. É um episódio triste, um fato lamentável, mas infelizmente as pessoas aqui ainda utilizam muito esse tipo de embarcação, sem coletes salva-vidas. É uma situação desfavorável a noite, as condições climáticas não eram favoráveis, muita chuva, muito vento e infelizmente ocorreu essa tragédia na nossa região”, disse o Major.

SERGIO MOURA Será que deputado sabe para que ele serve?

Destacado

“Estou pensando em adiar a indicação do relator. Ninguém do governo, nem o ministro Paulo Guedes (Economia), me procurou. Então eles não estão com tanta pressa assim.”

Esta declaração, segundo o jornalista Tales Faria na Folha de 21/3/19, é do deputado Felipe Franceschini (PSL-PR), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Triste afirmação. Revela que Felipe, alçado a presidente da comissão mais importante da Câmara dos Deputados, apesar de ainda não ter feito dois meses como deputado federal, já incorporou os vícios de seus veteranos e não sabe o que significa ser representante do povo nem qual é sua obrigação para conosco pelo alto volume de dinheiro que ele e a organização a qual ele pertence nos custa.

Vou ensinar-lhe: sua obrigação é defender os interesses da maioria dos brasileiros, não esperar que o presidente da República, ou seu subordinado, tome a iniciativa de procurá-lo para conversar sobre questões que são de responsabilidade dos congressistas, mais especificamente, no momento, do presidente da Comissão de Constituição e Justiça.

O presidente da República fez o seu papel: enviou para o Congresso Nacional sua proposta de alteração da previdência social. Pela Constituição, cabe agora aos deputados deliberar sobre essa proposta. Qualquer iniciativa, portanto, sobre essa matéria cabe exclusivamente ao deputado Felipe. Ele parece que acha que o presidente da República tem um problema e os deputados estão fazendo-lhe um favor de ajudá-lo a resolvê-lo.

Se é verdade, engana-se o deputado Felipe, quem tem problema são os brasileiros que estão a cobrir prejuízos do sistema previdenciário público sem serem beneficiários dele, e, agora, é de responsabilidade dos membros do Congresso Nacional resolver essa injustiça.

Caro deputado Felipe Francescini, não siga o mau exemplo do presidente da Câmara dos Deputados, que, pela imprensa, afirma que espera que o presidente da República dê atenção a pedidos clientelistas dos seus liderados para cuidar do bem-estar do povo que representa. Aja, é sua obrigação constitucional.

Sérgio Moura é advogado, ex-executivo da IBM Brasil, ex-consultor em formulação de políticas públicas, autor dos livros Chega de Pobreza (edição do autor, 2006) e Podemos ser prósperos – se os políticos deixarem (edição do autor, 2018), Fellow do Institute of Brazilian Issues da George Washington University