NOTÍCIA URGENTE – Empresário Joelson Vasconcelos sofre acidente em trecho de rodovia que liga Anapurus a Brejo (MA)

Destacado

O Empresário Joelson Vasconcelos sofreu na manhã desta sexta-feira 31/5, por volta das 10h40, um acidente de Moto na BR-222, em trecho após Anapurus – MA, sentido Brejo – MA. De acordo com sua assessoria, ele mesmo estava pilotando sua moto 250cc no momento do acidente e, segundo populares presentes no local, considerado um trecho muito ruim da BR, o empresário possivelmente perdeu o controle da moto em um buraco na BR.

Seu estado de saúde é estável, Joelson está consciente e se encontra em hospital particular na cidade de Chapadinha/MA, onde já está confirmado duas fraturas, uma no punho esquerdo e outra no tornozelo direito.

EM ITAPECURU MIRIM, ASSALTANTE PERIGOSO É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL

Destacado

Na cidade de Itapecuru Mirim, RAFAEL DA SILVA NEVES,  18 anos, vulgo Tampinha, foi preso   pela polícia civil em flagrante delito pelo crime de roubo qualificado e apreendeu em flagrante delito de ato infracional análogo ao crime de roubo qualificado, o adolescente, F.T.S.B., vulgo N.B., 17 anos. 
O assalto ocorreu na quinta-feira, 30/05/19, pela manhã,  no centro, em Itapecuru Mirim, onde subtraíram a moto POP VERMELHA e um CELULAR. 
Criminosos audaciosos, fizeram vários assaltos nos últimos dias, utilizando-se de arma de fogo do tipo garruncha e também um revólver cal. 32,  dentre elas, as vítimas  do assalto ao  Posto Dragão, o roubo da moto branca e vermelha, no Bairro Torre,  dia 15/05/19, ocasião em que colocaram a arma na cabeça da criança, tendo sido recuperada pela Equipe da Polícia Civil a referida moto. 
Na ocasião, fora preso seu parceiro RODRIGO. Também subtraíram uma moto FAN  preta , na quinta-feira, 30, à noite, no Bairro Galeria, sendo que esta moto foi recuperada pela Polícia Militar, no Povoado Entroncamento. 
Todas as vítimas reconheceram os autores dos crimes. As prisões  preventivas e internações estão sendo providenciadas.

Correios passam a oferecer novos serviços com o Balcão do Cidadão

Destacado

Instituições públicas e privadas poderão usar a capilaridade dos Correios para levar serviços ao público por meio do Balcão do Cidadão. O projeto foi lançado hoje (31) pelos Correios e tem o intuito de ampliar os serviços disponíveis nas agências da empresa.

Atualmente, qualquer pessoa pode efetuar o pagamento de taxas e multas do serviço militar em uma agência dos Correios. Com a iniciativa, o objetivo é aumentar o leque de serviços.

“Uma concessionária de energia elétrica que, por determinação da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], tem que contar com uma estrutura física de atendimento, poderá utilizar a rede de agência dos Correios para ofertar, no Balcão do Cidadão, o serviço de troca de titularidade da conta de luz”, exemplifica o chefe de Departamento de Soluções ao Cidadão dos Correios, Washington Alves.

Segundo ele, a decisão dos Correios de expandir a variedade de atividades teve início no ano passado e reflete uma “vocação” da empresa.

“Quase 60% do CPF [Cadastro de Pessoa Física] emitido no país é feito dentro de uma agência dos Correios”, destaca Alves.

Caso deseje contratar o Balcão do Cidadão, a instituição ou empresa deve entrar em contato com o setor de vendas dos Correios pelo Fale Conosco no site da instituição

De acordo com Alves, em meados de junho, os Correios colocarão no ar um site contendo a lista de todos os novos serviços disponíveis no Balcão do Cidadão.

FILHO DE EMPRESÁRIO DE ITAPECURU MORRE AFOGADO

Destacado

O corpo de Bombeiros Militar do Maranhão informou que no final da tarde de quarta-feira (29), por volta das 17h15, o jovem estudante de Direito do Ceuma Renascença e filho de empresário de Itapecuru-Mirim, Jorge Marinho, morreu vítima de afogamento na Praia do Calhau, em São Luís.

Integrantes do Corpo de Salva Vidas e Bombeiros ajudaram a salvar dois dos três que estavam se afogando, mas o universitário ficou mais distante e foi alcançado ainda com vida e levado imediatamente para uma UPA do Araçagy, mas faleceu.

Jorge era filho do dono do frigorífico Baixa Verde, no município de Itapecuru Mirim. Ele sonhava em se tornar advogado e estava iniciando o curso de Direito no Ceuma do Renascença.

A CASA CAIU: POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS SUSPEITOS DE INTEGRAR QUADRILHA DE ASSALTANTES DE CARGAS EM CAXIAS E SANTA INÊS

Destacado

Dois policiais militares estão entre os presos na 2ª fase da Operação Cargas deflagrada nesta quinta-feira (30) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) da Polícia Civil do Estado do Piauí. Os PMs presos são suspeitos de participação em assaltos no Piauí e Maranhão.

No total, cinco suspeitos foram presos na operação, sendo um em Fortaleza-CE.

Eles foram identificados como Wanderley Rodrigues da Silva, cabo da PM; o pai de Wanderley, que não teve a identidade divulgada; Bruno Costa de Oliveira, soldado da PM; Josué Oliveira Santos, funcionário de uma transportadora em Teresina; e Adolfo Cícero de Alencar Neto.

No Piauí, desde o fim do ano passado, vem sendo registrado uma série de crimes envolvendo roubo a mercadorias. Em dezembro, cerca de 100 TVs e celulares foram recuperados após terem sido levados do depósito de uma loja. Em janeiro deste ano, o gerente de uma loja de departamento em Teresina foi sequestrado e levado a um depósito para liberar celulares e TVs. Em fevereiro, o Greco apreendeu uma carga de café e leite em pó roubada e avaliada R$ 1 milhão.

Os policiais militares presos atuavam na “linha de frente nos assaltos” e recebiam cerca de 50% do valor roubado. Em entrevista coletiva, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Luccy Keiko, informou que, no momento da abordagem, o cabo W. Silva ameaçou os policiais e disse que “atirava se tivesse um fuzil”.

No momento da abordagem foram apreendidas três armas de fogo, dinheiro, entre outros objetos.

Os PMs entravam realizando as abordagens e aproveitavam que podiam utilizar arma de fogo para passar despercebido por abordagens policiais, se utilizando dessa condição para praticar os assaltos. Eles também realocavam o material em depósitos específicos. Após isso, comercializavam a carga para terceiros e saíam distribuindo todo o dinheiro”, disse o delegado Gustavo Jung, presidente do inquérito.

As investigações constataram que W. Silva e Bruno organizavam e escutavam roubos de cargas nas regiões de Caxias e Santa Inês no Maranhão. Constatou-se que Josué, funcionário de transportadora, passava informações privilegiadas para Abimael (preso em janeiro deste ano) e este indicava para seus comparsas qual caminhão ou empresa assaltar. Já o Adolfo ajudava na logística dos roubos“, completa o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes.

Gustavo Jung acrescenta que W. Silva também teria tido participação no sumiço de R$ 300 mil do Banco do Nordeste, em dezembro de 2017. Em 2018, o PM se envolveu em uma briga e acabou disparando contra o cantor Saulo do Gado.

Cada um tinha uma função específica. Um era responsável pelas informações dentro da transportadora que repassava para quem ia fazer as abordagens e estes entregavam o material para quem aguardava no depósito. Aos poucos, o material ia sendo retirado em carros menores para não serem percebidos. De fato, a organização criminosa está bem configurada”, disse Jung.

Os presos serão indiciados por roubo e organização criminosa.

Com informações do Cidade Verde,

Idoso é preso acusado de estuprar e transmitir doenças para três crianças, em Paço do Lumiar

Destacado

O idoso Sebastião Nogueira, de 74 anos residente no bairro Novo Horizonte, no município de Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, foi preso nesta quarta-feira, (29), acusado de abusar sexualmente de três crianças. As vítimas acabaram contraindo Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).
As crianças com idade de 3, 6 e 9 anos foram resgatadas pelo Conselho Tutelar cumprindo determinação da Justiça. Também foram presos os pais das crianças identificados como Josiel Gomes Brito e Elis Regina Costa Alves. Todos tiveram as prisões preventiva decretadas pela Justiça de Paço do Lumiar.
Estupro e abandono
As prisões foram efetuadas por policiais da Delegacia Especial do Maiobão. Pelo que foi investigado pela polícia, os pais das crianças saiam de casa e deixavam as vítimas na casa de Sebastião que cometia os abusos sexuais contra as crianças.
A polícia descobriu que o pais sabiam da violência sofrida pelas vítimas e que Sebastião pagava o pai e mãe para que as vítimas ficassem na responsabilidade dele. O casal teve a prisão decretada por abandono de incapaz e Sebastião foi preso por estupro de vulnerável.
De acordo com a polícia, as crianças estão recebendo todo o acompanhamento para tratarem as doenças sexualmente transmissível que acabaram contraindo. Os acusados foram encaminhados para o Presídio São Luís. 

Funcionário terceirizado da Cemar é preso na Raposa por furto

Destacado

F

O titular da Delegacia Especial de Raposa, Marconi Caldas, através de sua equipe de captura, efetuou a prisão de Waldeson da Costa Silva, funcionário terceirizado que presta serviços para a Companhia Energética do Maranhão – Cemar. 
O servidor foi autuado em flagrante pela prática do crime de furto contra a empresária Welina Mônica de Souza Dias.
Waldeson Silva foi preso pela polícia, acusado de furtar um aparelho celular
O delegado informou que o acusado adentrou na loja da vítima que fica localizado no bairro São Bernardo, em São Luís, e furtou um aparelho celular. Tomando ciência do ocorrido, Marconi Caldas determinou que sua equipe de captura formada por policiais civis saísse em busca do acusado pelo crime que já está preso e se encontra à disposição da justiça.
A ação policial que culminou na prisão em flagrante de Waldelson Silva aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), na comunidade Mangue Seco, no município de Raposa, na Grande Ilha. Fonte Neto Weba

Polícia prende assaltante e apreende carro usado em roubo no bairro Cohama, em São Luís

Destacado

Policiais do Grupo Tático Móvel (GTM) do 20º BPM prenderam Jordy Leonardo Costa e Silva Oliveira, de 26 anos, por participação em roubos na Lanchonete Karolícias, no bairro Cohama, em São Luís, na tarde de quarta-feira (29).
Segundo informações da PM, desde as 15h30, com base em vídeos de circuito de monitoramento, as guarnições se empenharam em estabelecer estratégias para capturar os cinco envolvidos no assalto. 
Os criminosos estavam em um veículo Celta, de cor vermelha, de Placa NNC-6721, dirigido na ação por Jordy. Eles conseguiram roubar um veículo Uno Vivace, de cor azul e placa NXO-8003.
Jordy foi capturado nas proximidades da sua residência no Planalto Anil II, na Chácara Brasil, às 21h30. Ele estava dirigindo o mesmo veículo utilizado na ação. Os comparsas não foram localizados.

Ele confessou sua participação no roubo e informou os nomes dos outros envolvidos.
O assaltante foi conduzido ao Plantão do Cohatrac para serem adotadas as medidas judiciais cabíveis.

Hoje na História: Morre Santo Inácio de Loyola

Destacado

Iñigo Oñaz de Loyola foi um militar castelhano, religioso católico, padroeiro de Guipúzcoa (menor província da Espanha) e poeta. Foi fundador da ordem religiosa da Igreja Católica Romana, Companhia de Jesus, e o primeiro general da ordem (título oficial do líder da congregação católica da Companhia de Jesus comumente conhecida como os Jesuítas. Costuma-se se referir a ele como Padre General). Foi elevado aos altares da Igreja Católica como Santo Inácio de Loyola. Nasceu em 24 de dezembro de 1491 e faleceu em 31 de maio de 1556. Em fevereiro de 1528 entrou para a Universidade de Paris, onde permaneceu por mais de sete anos, aumentando sua educação teológica e literária, e tratando de despertar o interesse dos estudantes em seus Exercícios Espirituais.

Escravos, doentes e linchamentos

Destacado

Pedro Valls Feu Rosa3

No já distante ano de 1618 um holandês de nome Dierick Ruiters deu um marcante testemunho acerca do que foram os anos de escravidão no Brasil: “Vi, certa feita, um negro faminto que, para encher a barriga, furtara dois pães de açúcar. Seu senhor, ao saber do ocorrido, mandou amarrá-lo de bruços a uma tábua e, em seguida, ordenou que um negro o surrasse com um chicote de couro.  Seu corpo ficou, da cabeça aos pés, uma chaga aberta, e os lugares poupados pelo chicote foram lacerados a faca. Terminado o castigo, um outro negro derramou sobre suas feridas um pote contendo vinagre e sal. O infeliz, sempre amarrado, contorcia-se de dor. Tive, por mais que me chocasse, de presenciar a transformação de um homem em carne de boi salgada e, como se isso não bastasse, de ver derramarem sobre suas feridas piche derretido. O negro gritava de tocar o coração. Deixaram-no toda uma noite, de joelhos, preso pelo pescoço a um bloco, como um mísero animal, sem cuidarem de suas feridas”.

Exatos 250 anos depois, Joaquim Nabuco alertava sobre o vírus da violência, da falta de piedade e de compaixão que os anos de escravidão inocularam na sociedade brasileira. A escravidão, escreveu ele, “vivendo com a sociedade intimamente, adaptou-se a ela, comunicou-lhe os seus vícios, carregou de sombras o seu futuro”.

Já nos nossos dias, o escritor Jean Marcel Carvalho França bem analisou o custo desta “herança de insensibilidade” que recebemos: “nunca é demais lembrar que o “flagelo do cativeiro de negros” durou mais de três séculos entre nós e foi, queiramos ou não, constitutivo daquilo que entendemos por sociedade e povo brasileiros. É difícil crer que, alicerçada em tais bases, esta mesma sociedade, tradicionalmente muito lenta em corrigir distorções e reticente em discutir e alterar padrões, pudesse ou possa produzir um “povo pacífico”, um povo de “bom coração”, como se costuma dizer”.

Estas palavras induzem – ou pelo menos deveriam induzir – uma profunda reflexão sobre algumas cenas que vemos em nosso dia-a-dia, as quais, apesar de chocantes ao extremo, têm sido tratadas com uma insensibilidade surpreendente.

Inicio pelas cenas de doentes depositados no chão de corredores imundos de alguns hospitais públicos, gemendo e suspirando pela oportunidade de simplesmente ocuparem uma maca. Não, não se diga faltarem recursos: um Brasil que gasta tanto com tantos supérfluos tem, sim, recursos para dar um leito de hospital aos seus filhos.

Somos mesmo um povo solidário? O que dirão nossos descendentes ao saberem que, em diversos hospitais particulares, muitas vezes seres humanos gemendo de dor são recebidos nos Prontos-Socorros com a pergunta “você trouxe a carteirinha?”, e apenas atendidos após estar garantido o pagamento das despesas?

Dia desses divulgou-se uma chocante pesquisa segundo a qual ocorrem no Brasil quatro linchamentos por semana. Constatou-se ainda que, dentre 20 mil linchamentos pesquisados, apenas uma pessoa foi punida. O autor da pesquisa, estimando que 50% da população suporte, ainda que não claramente, esta prática, concluiu que “já não somos um povo cordial”.

Em nossos morros e favelas diariamente morrem 20 crianças por falta de esgoto sanitário – apenas 25% dos brasileiros que residem em cidades são atendidos por rede de esgoto, e só 12% dos dejetos são tratados. Uma vez mais, não se fale em “falta de recursos” – um país riquíssimo como o nosso, que só em propaganda oficial gasta mais de R$ 1 bilhão a cada ano, poderia sim salvar as vidas destas crianças.

Talvez, neste início de milênio, mereça mesmo alguma reflexão a responsabilidade que temos de deixar para as futuras gerações de brasileiros a mensagem de que sentimentos como solidariedade e compaixão são nobres e devem ser cultivados. É, talvez seja o momento de nos perguntarmos se estão abalados os sentimentos de fraternidade e religiosidade que nos ensinaram serem tão típicos da nossa gente.

Pedro Valls Feu Rosa é desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

UFMA anuncia concurso público para Técnicos Administrativos para os campi dos municípios de Codó, Bacabal, Pinheiro, Balsas, Chapadinha, Grajaú, São Bernardo, São Luís ou Imperatriz.

Destacado

FacebookTwitterEmailWhatsApp

Um novo edital de concurso público foi anunciado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Desta vez, o certame é para o preenchimento de 3 vagas de nível superior em cargos Técnicos Administrativos em Educação, para os campi dos municípios de Codó, Bacabal, Pinheiro, Balsas, Chapadinha, Grajaú, São Bernardo, São Luís ou Imperatriz.

Segundo informações do edital, as oportunidades são para os cargos de:

  • Administrador;
  • Economista e
  • Farmacêutico-Bioquímico.

Para atuar nas funções é necessário graduação na área, além de registro no Conselho. A remuneração oferecida será de R$ 4.180,66,equivalente a carga horária de 40 horas semanais.

Inscrições

Os interessados poderão se inscrever a partir das 10h do dia 03 junho até às 23h59min do dia 19 de junho de 2019, no endereço eletrônico oficial da Universidade (www.concursos.ufma.br). A taxa de inscrição está no valor de R$ 100,00.

O certame contará com provas objetivas (de caráter classificatória e eliminatório) com previsão para o dia 28 de julho, das 9 horas às 13 horas, na cidade de São Luís/MA. O concurso público é válido por 2 anos, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Universidade Federal do Maranhão.