Motorista de transporte escolar é morto a facadas e degolado em Jenipapo dos Vieiras

Destacado

O homem identificado como Jeoglan Araújo de Sousa, motorista de transporte escolar, foi morto a golpes de faca, tendo sido inclusive degolado.
Ele foi vítima de latrocínio. Como deve ter reagido ao assalto, foi assassinado barbaramente. Ele teve uma motocicleta e um aparelho celular subtraídos.
O corpo de Jeoglan Sousa foi encontrado numa estrada vicinal, a cerca de 1 Km após o povoado Santa Maria, em Jenipapo dos Vieiras, ao lado direito da BR-226, sentido Barra do Corda/Grajaú.

Em consulta ao Sigo, a polícia constatou que a vítima não tem registro de  envolvimento em ações criminosas.
Segundo moradores do Povoado Copaíba, em Jenipapo dos Vieiras, onde residia com a esposa e uma filha de aproximadamente 7 anos de idade, Jeoglan era trabalhador e nunca se envolveu em nada de errado. Fonte Gilberto Lima

Quadrilha com armamento de guerra impõe terror em Pedro do Rosário MA

Destacado

Uma quadrilha fortemente armada realizou uma incursão na cidade de Pedro do Rosário durante a madrugada deste sábado (01).

De acordo com informações já confirmadas, o bando formado por aproximadamente 10 homens chegou com armamento de guerra, se dividiu em dois grupos, um responsável por atacar o destacamento da PM e o outro por realizar explosões no interior da agência do Bradesco.
Os bandidos fugiram após a ação, a gerência do estabelecimento informou que nenhum valor foi levado já que os caixas estavam desabastecidos.

Via Midia São Luis

Governo Federal quer ampliar faixas do Minha Casa Minha Vida

Destacado

Programa habitacional também vai mudar de nome, disse ministro

Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. (Foto: Agência Brasil)

O governo federal deve apresentar mudanças no programa Minha Casa Minha Vida na semana que vem, segundo informou hoje (30) o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Entre as alterações está a ampliação das atuais quatro faixas de financiamento e a troca de nome do programa habitacional, criado em 2009 no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“É um novo governo, um novo programa, ele está sendo reformulado. Então, não apenas mudar o nome por mudar. É uma nova visão”, disse o ministro após participar da cerimônia de lançamento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Pelo Minha Casa Minha Vida, famílias com renda mensal de até R$ 1.800 estão contempladas pela faixa 1, que tem zero de juros, financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A faixa 1,5 contempla famílias com renda bruta mensal entre R$ 1.800 até R$ 2.600, com taxa de juros de 5% ao ano, prazo de até 30 anos para pagar e subsídios que podem chegar a R$ 47,5 mil. A faixa 3 compreende famílias com renda até R$ 4 mil, com taxas de juros que variam de 6% a 7% e subsídios de até R$ 29 mil. Já a faixa 3 atende famílias com renda máxima de R$ 7.000.

“A nossa proposta é um maior número de faixas, maior número de categorias para atender as diferentes demandas”, justificou o ministro. Ele disse ainda que o programa, após 10 anos de execução, apresenta uma série de problemas que precisam ser corrigidos pelo governo, como comercialização irregular de lotes, invasão dos lotes por facções criminosas, conflitos sociais nos condomínios, problema de violência doméstica. “São questões que o governo não pode aceitar. A gente não pode ver uma situação dessa e não fazer nada”.

Os detalhes do novo programa de habitação popular do governo federal serão apresentados pelo ministro durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira (4).

PRESO UM DOS ACUSADOS DE EXECUTAR A TIROS VEREADOR DA CIDADE DE MARANHÃOZINHO

Destacado

A Polícia Civil do Maranhão prendeu nesta sexta-feira, (31) na cidade de Santa Luzia do Parua o vaqueiro Egídio Silva Pires, conhecido como “No Cego”. Ele seria um dos autores do assassinato do vereador da cidade de Maranhãzinho, João Pereira Serra, (PSD), conhecido como “Jango”. A vítima foi executada a tiros na manhã do dia 23 de abril deste ano. A vítima saia de uma fazenda de propriedade da família em uma caminhonete quando foi vítima de uma emboscada em uma estrada vacinal que dá acesso a BR-316 no município de Santa Luzia do Parua. A polícia está a procura de um outro homem que também estaria envolvido na execução do vereador. A prisão do acusado foi efetuada por policiais da Superintendência de Homicídios e  Proteção a Pessoa, (SHPP). A motivação do crime ainda está sendo investigada pela polícia que trabalha com a possibilidade de crime por motivação política e financeira. Fonte O municipalista.

Bolsonaro anuncia redução de 6,0% no preço do Diesel e 7,2% da gasolina

Destacado

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), anunciou, ontem nas redes sociais, que a Petrobras vai reduzir os preços das gasolina e do diesel.

A estatal anunciou redução de 6,0% no preço do DIESEL e 7,2% no preço da GASOLINA.

Com a queda do preço internacional do petróleo, Petrobrás reduz o valor da gasolina e diesel amanhã em quase R$ 0,14.

C

Regras mais rígidas para concurso público entram em vigor

Estabelecidas por decreto editado em março, as novas regras para a realização de concursos públicos entram em vigor hoje (1º). Caberá ao Ministério da Economia analisar e autorizar todos os pedidos de concursos públicos na administração federal direta, nas autarquias e nas fundações.

Agora, o Ministério da Economia levará em conta 14 critérios para autorizar a realização de concursos. Um deles é a evolução do quadro de pessoal nos últimos cinco anos pelo órgão solicitante, com um documento que deve listar movimentações, ingressos, desligamentos, aposentadorias consumadas e estimativa de aposentadorias para os próximos cinco anos.

O ministério também avaliará o percentual de serviços públicos digitais ofertados pelo órgão. O governo quer que os órgãos invistam em soluções tecnológicas para simplificar o acesso aos serviços públicos, de forma a atender melhor à população e reduzir a necessidade de pessoal.

Todos os anos, os órgãos federais encaminham os pedidos para a realização de concursos até 31 de maio. Após esse prazo, a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal (SGP) examina todas as demandas, de acordo com as prioridades e necessidades do governo. O resultado desse processo é levado em conta na elaboração do Orçamento do ano seguinte, que é enviado ao Congresso no fim de agosto.

Somente após a análise, o Ministério da Economia autoriza o concurso, por meio de portarias no Diário Oficial da União. Cada órgão ou entidade federal estará liberado para organizar o concurso conforme o número de vagas liberadas.

O Artigo 169 da Constituição condiciona a admissão ou a contratação de pessoal à autorização específica da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define metas e prioridades para o Orçamento. Discutido pelo Congresso ao longo dos últimos quatro meses do ano, o Orçamento Geral da União reserva os recursos para as contratações.Fonte Agência Brasil

10 presos são indiciados pelo assassinato de detento em presídio de Imperatriz; dois confessaram crime

Destacado

Detentos assassinaram o latrocida Daniel Silva,
 condenado a 21 anos de prisão, dentro do presídio de Imperatriz

A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), autuou em flagrante delito 10 internos no Presídio Regional de Imperatriz, localizado no Bairro Itamar Guará, pelo crime de homicídio que teve como vítima o interno Daniel Pereira da Silva.
O corpo de Daniel foi encontrado por um agente do presídio na cela, na manhã de terça-feira (28). A princípio, pensava-se que ele havia recorrido ao suicídio. Após perícia e análise de outras circunstâncias, além do exame de necropsia, foi constado que Daniel foi vítima de homicídio.
Dos 10 internos da cela levados para prestar depoimentos na delegacia especializada, apenas dois, Antônio Nunes da Silva Filho, conhecido como “Marabá”, e Thallys Nogueira, confessaram participação no homicídio. 
Daniel Silva, o detento assassinado, cumpria condenação de 21 anos pelo crime de latrocínio e aliciamento de menor. A vítima de latrocínio foi o mototaxista João Paulo Uchôa, conhecido como “Panda”.

O crime ocorreu em 18 de dezembro de 2017, quando a vítima tentou fugir de um assalto no Parque Alvorada, em Imperatriz.
Com informações do Blog Notícia da Foto

Hoje na História: Criada a Companhia Vale do Rio Doce

Destacado

Em 1º de junho de 1942, Getúlio Vargas assinou o decreto-lei que criou a Companhia Vale do Rio Doce. A história da empresa remonta à extração de minérios na região de Itabira, em Minas Gerais. Antes de sua fundação, a exploração dos minérios estava nas mãos da Itabira Iron Ore Company, estabelecida em 1911 pelo empresário norte-americano Percival Farquhar. 

Os planos de Farquhar para a empresa eram ambiciosos: ele pretendia exportar 10 milhões de toneladas de minério de ferro por ano para os Estados Unidos. A ideia não deu certo. Mesmo contando com a simpatia do presidente Epitácio Pessoa, o projeto do empresário sofreu uma oposição feroz, principalmente de Artur Bernardes, então governador de Minas Gerais (que mais tarde seria eleito presidente do Brasil).

Devido a conflitos com autoridades de alto gabarito, o projeto de Farquhar nunca se concretizou. A pá de cal nos planos de Farquhar veio quando Getúlio Vargas assumiu o poder após a Revolução de 30. O presidente encampou as reservas de ferro pertencentes a Farquhar e criou com elas a empresa estatal Companhia Vale do Rio Doce, em 1942.

Nos anos seguintes, a nova empresa teve uma expansão lenta e gradual. Em seus primórdios, a principal função da Vale era fornecer matéria-prima para as empresas siderúrgicas brasileiras.  A partir dos anos 1960, a empresa se modernizou e conquistou novos mercados, como o japonês. Após a criação da empresa de navegação Docenave, em 1962, e a inauguração do Porto de Tubarão, em 1966, o crescimento da empresa foi estrondoso. Em 1976 a Vale atingiu a liderança mundial na exportação de minério de ferro.

Em 1997 a empresa foi privatizada durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Em 2007, a companhia passou a se chamar Vale S.A. Hoje, a Vale é uma empresa privada, de capital aberto. Ela opera em 13 estados brasileiros e nos cinco continentes. Além disso, possui mais de dez mil quilômetros de malha ferroviária e nove terminais portuários próprios.

Bacurau

Destacado

Segurando a mão da minha mãe, estávamos quase chegando ao final da ladeira da catedral, em frente à casa do Senhor José Barbosa, pai de três lindas meninas que sempre estavam na sacada observando o movimento da larga porta de entrada do Comércio de Maceió, a Praça da Assembléia. Alguém que vinha em sentido contrário, e ia começar a subida em direção ao bairro do farol falou, alto emocionado: o Brasil ganhou a Palma de Ouro em Cannes. Foi o Anselmo Duarte; o pagador de promessas. Minha mãe sorriu encantada e eu me arrepiei todo. Meu Deus!-pensei-; o Brasil é o melhor de todos no mundo inteiro. Palma de Ouro. 1962. Eu tinha nove anos de idade e já era um cinéfilo contumaz. Conhecido de todos os porteiros e comissários de menores de Maceió e interior. Penedo principalmente. UAU. Palma de Ouro na sétima arte. Batendo Hollywood, França e o mundo todo. Quem é que vai poder segurar um país desse e o meu futuro nas artes cinematográficas internacionais. Claro, já estou lá, no palco do Teatro do Centro de Convenções, em Cannes, segurando e mostrando ao mundo, a Palma de Ouro do Brasil. Não tenha dúvida. Chego lá. Já temos a Copa do Mundo da Suécia no bolso e vamos engolir Hollywood, mostrando como se faz cinema ao mundo. Foi nesse mesmo ano que assisti, ao vivo, e participei das cenas das filmagens finais de Os Três Cabras de Lampião, em Água Branca, sertão de Alagoas. Eu já sabia como se fazia cinema. Mesmo com os conselhos da minha nova amiga, Vanja Orico, em julho de 1962, para fugir da ideia de ser artista no Brasil, como o diabo correria da cruz, eu só conseguia ver a enorme Cruz do pagador de promessas se arrastando feito cobra no sertão, e o meu futuro fulgurante no teatro e no cinema. Eu também quero uma Palma de Ouro, -dizia ao menino que morava na minha cabeça. Para dar ao Brasil. Para entregar a todos os brasileiros. Para mostrar a Vanja Orico. O sinal abriu e eu segui com minha mãe em direção à Brasileira, elegante loja com todos os tipos de rolos de tecidos fabricados na Inglaterra e no mundo inteiro, e depois seguindo para a Tira Teima, em busca dos nossos queridos produtos nacionais de corte e costura.

Miguel Gustavo de Paiva Torres é diplomata.