Iluminação pública é caso de polícia.

Destacado

Por; Blog do Zé de Fátima

Ilustração

É muito comum ouvirmos reclamações de consumidores sobre o valor da taxa de iluminação pública. Essas reclamações aumentam, quando nitidamente, o consumidor que paga a conta, ver a sua cidade parcial ou totalmente as escuras

Ninguém conhece onde fica o medidor dessa taxa de iluminação pública. O valor vem na conta. O consumidor paga, mais não sabe se o dinheiro fica com a CEMAR, ou se ela repassa ao município. O fato é que pagamos a conta, mas ninguém explica convincentemente, porque pagamos determinado valor.

Uns dizem que é um percentual do nosso consumo. Aí fica a pergunta: Porque pagamos sempre o mesmo valor quer tenha luz nas ruas ou não? Estamos pagando uma sobretaxa ou estamos mesmos é sendo enganados? Se pagamos 10% do valor do consumo, esse valor deveria ser debitado quando tivéssemos luz pública a contendo. Mas não, tanto faz ter luz nas ruas ou não, esse valor vem debitado.

Lembro-me na segunda gestão do prefeito José Pedro quando participei de uma reunião com os dirigentes da CEMAR de Itapecuru e a cúpula da administração do município de Vargem grande. Quando os diretores da CEMAR foram questionados como mediam a taxa de iluminação pública para cada consumidor, enrolaram o meio de campo, terminou a reunião, e ninguém soube explicar a aplicação dos valores nas contas.

Não seria interessante a empresa fornecedora de energia elétrica dizer onde está o medidor que afere o consumo da energia de Iluminação Pública em cada município? Afinal, não somos nós que pagamos a conta? Estamos pagando,o que? pra quem? e por que? E que tal fazermos uma paralisação geral para termos essas explicações?

Está na hora de nos preocuparmos mais com nossos problemas e esquecermos quem assaltou os cofres da nação, que não nos conhece e não teve o menor pudor em dilapidar as riquezas do nosso País.

Vamos buscar soluções mais urgentes para os problemas que nos afetam diária e diretamente, e esquecermos os quadrilheiros das celas da Policia Federal de Curitiba. Eles tem muito dinheiro que nos foi roubado, e por isso, muitos de nós se encontra sem condições de pagar o consumo de energia que consome, ainda mais, com essa fantasiosa taxa de iluminação pública.

Atiradores erram o alvo e matam mulher de 37 anos em Santa Helena

Destacado

Um crime bárbaro chocou a população de Santa Helena na baixada maranhense na noite desta segunda-feira (17), segundo informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 18:00 horas próximo ao mercado da Morada Nova.
Maria Antônia Costa Leite de 37 anos, e Moisés Costa Leite de 21 anos, (mãe e filho) estavam trafegando em uma motocicleta, momento em que dois indivíduos também em uma moto se aproximaram de Maria e Moisés, momento em que um elemento disparou varias vezes com o intuito de alvejar Moisés, só que os disparos atingiram a sua mãe Maria que morreu no local, moisés também foi alvejado com um disparo e encaminhado em estado grave ao Hospital.
O atirador e seu comparsa tomaram rumo ignorado, a policia ainda fez buscas na tentativa de prender a dupla mais não teve êxito.
O blog não foi informado por qual motivo os bandidos tentaram contra a vida de Moisés e acabaram matando a sua Mãe.
Via Daniel Santos

Homem é assassinado no centro de São Luis por dívida de R$ 2,00 reais

Um morador de rua identificado apenas como “Perninha”, foi assassinado na noite desta segunda-feira, (17) em plena Praça do Panteon na região central da cidade de São Luís.

O crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 2,50. O autor do crime identificado apenas como “Bombadão” foi preso e encaminhado para a sede da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa, (SHPP).
O crime ocorreu no momento em que era servida uma sopa para os moradores de rua. “Perninha” que estava na fila foi surpreendido pelo acusado que se aproximou e de arma em punho atacou a vítima. 
Uma outra moradora de rua que não foi identificada também foi ferida nos braços. Depois de esfaquear a vítima o acusado ainda lambeu a lâmina da faca. 
A vítima morreu no local e o corpo foi para o IML.

Com informações Polemica Maranhão

Hoje na História: Hitler e Mussolini se encontram em Munique

Destacado

Neste dia, em 1940, Benito Mussolini chegou a Munique com seu ministro das Relações Exteriores, Galeazzo Ciano, para discutir com Hitler planos imediatos envolvendo a Segunda Guerra Mundial. Envergonhado pela entrada tardia da Itália na guerra contra os Aliados, Il Duce se reuniu com o Führer determinado a convencer seu parceiro a explorar a vantagem que os nazistas tinham sobre a França, exigindo a rendição total do país e ocupando a porção sul ainda livre.

O ditador italiano queria claramente colher os frutos com um mínimo de risco. Mas Hitler, que também não queria se arriscar, estava determinado a apresentar condições bastante brandas para a paz com a França. Ele precisava garantir que a frota francesa ficasse neutra e também evitar a formação de um governo no exílio no norte da África ou Londres, decidido a prosseguir ainda mais a guerra. Ele também negou o pedido de Mussolini para que as tropas italianas ocupassem o Vale do Rhone, a Córsega, a Tunísia e Djibouti (adjacente à Etiópia, uma ocupação italiana).

Ciano escreveu em seu diário que Mussolini deixou a reunião frustrado e “muito envergonhado,” consciente de “seu papel secundário.” Nos escritos, o ministro também registrou um novo respeito por Hitler: “Hoje ele fala com uma reserva e perspicácia que, após essa vitória, é realmente surpreendente