Projeto sobre porte de armas pode ser votado esta semana na Câmara

Destacado

O plenário da Câmara dos Deputados pode votar, esta semana, o Projeto de Lei 3.723/19, do Poder Executivo, que permite a concessão, por decreto presidencial, de porte de armas de fogo para novas categorias, além das previstas no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03). Na semana passada, o plenário da Casa aprovou o regime de urgência para votação da proposta.

Atualmente, o porte só é permitido para as categorias descritas no Estatuto do Desarmamento, como militares das Forças Armadas, policiais e guardas prisionais. O porte de armas consiste na autorização para que o indivíduo ande armado fora de sua casa ou local de trabalho. Já a posse só permite manter a arma dentro de casa ou no trabalho.

O relator do projeto, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), acatou três das 20 emendas apresentadas à proposta, como estender o porte de arma para os oficiais de Justiça e para os oficiais do Ministério Público.

Outra emenda quer incluir os integrantes dos órgãos policiais da Câmara Legislativa do Distrito Federal e das assembleias legislativas dos estados na lista dos autorizados a ter porte de arma e permitir os órgãos a comprar armas de fogo de uso restrito sem autorização do Comando do Exército.

Reforma tributária

A comissão especial da Câmara que analisa a proposta de emenda à Constituição (PEC 45/19) da reforma tributária vai ouvir na terça-feira (20) o autor da matéria, deputado Baleia Rossi (MDB-SP). Também será ouvido o economista Bernardo Appy, que preparou a proposta da Câmara, que unifica tributos sobre a produção e o consumo arrecadados pela União, pelos estados e pelos municípios, e cria outro imposto sobre bens e serviços específicos, cujas receitas ficarão apenas com o governo federal.

Na semana passada, a comissão aprovou o plano de trabalho do relator, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Ele propôs oito audiências públicas na Câmara sempre às terças-feiras, e seminários em cada uma das cinco regiões do país, em datas ainda serem definidas. O relator espera apresentar o parecer a partir de 8 de outubro.

Aposentadoria dos militares

A comissão especial da Câmara que vai debater a aposentadoria dos militares das Forças Armadas se reúne na terça-feira (20) para eleger os três vice-presidentes e para definir o roteiro de trabalho do colegiado.

Na semana passada, a comissão elegeu como presidente o deputado José Priante (MDB-PA) e como relator o deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP). A instalação do colegiado, composto de 34 membros titulares e igual número de suplentes, foi feita na quarta-feira (14).

Segundo o Projeto de Lei 1645/19, enviado pelo governo em março deste ano, os militares passarão a contribuir mais para a previdência especial e a trabalhar mais para terem direito a aposentadorias e pensões.Fonte Agência Brasil

Polícia Civil prende “BIGODE” acusado de matar um homem em Barra do Corda com três facadas

Destacado

8889D176 FCFA 4AB1 A646 14F9762ECF1A 768x1024 - Polícia Civil prende "BIGODE" acusado de matar um homem em Barra do Corda com três facadas - minuto barra

A Polícia Civil de Barra do Corda e Bacabal, em ação de cooperação, prendeu hoje, domingo, na cidade de Alto Alegre, homicida foragido da justiça de Barra do Corda.

A prisão se deu em desfavor de EDIMILSON MARTINS ALVES, vulgo “BIGODE” e ocorreu em decorrência de cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido contra EDIMILSON em razão do mesmo ter se fugido de Barra do Corda, não comparecendo ao chamamento da justiça para apresentar defesa no processo que é réu, por ter sido denunciado como autor do homicídio contra uma vítima conhecida por CÉLIO, fato este ocorrido em 15/10/2014, por volta das 19:30h, no Bairro Vila Sampaio, onde EDIMILSON teria matado CÉLIO com três facadas em decorrência de uma discussão durante um jogo de baralho.

B88EA980 F538 4AEE B3C6 0DCB7C8A519B - Polícia Civil prende "BIGODE" acusado de matar um homem em Barra do Corda com três facadas - minuto barra

De posse do mandado de prisão preventiva contra “BIGODE”, os investigadores de Barra do Corda diligenciaram e descobriram o endereço onde ele estava escondido na cidade de Alto Alegre/MA, sendo tal endereço repassado à Polícia Civil de Bacabal, a qual começou a fazer diligência na localidade, tendo a prisão acontecido neste domingo.

“Essa é mais uma ação da Polícia Civil local em repressão a crimes contra a vida. Em menos de uma semana 03 foragidos por crimes de homicídios que estavam residindo em outras cidades, inclusive em outros estados, foram encontrados por nossos investigadores e presos pelas polícias locais”, disse o delegado Renilto Ferreira. Fonte Minuto Barra

Jovem é assassinado com tiro na cabeça em Anapurus.

Destacado

Por: Blog do Foguinho, 18 de agosto de 2019.
Na manhã deste domingo um jovem identificado por Daniel foi encontrado morto no Bairro Aeroporto, em Anapaurus.
De acordo com informações da Polícia Militar ele foi assassinado próximo a um bar com pelo menos três tiros de arma de fogo, um deles na cabeça.

A PM não tem suspeita dos criminosos e nem a motivação do crime.

Daniel morava no Bairro Santa Barbara, em Anapurus. Fonte Blog do Foguinho

Nigerianos são achados no fundo de navio cargueiro no Maranhão

Destacado

Segundo a Capitania dos Portos, o grupo de cinco homens viajava de forma clandestina em um compartimento que direciona o leme da embarcação.

Por G1 MA 


Foto do navio cargueiro Hawk I, que transporta cobre e atracou no Porto do Itaqui, em São Luís — Foto: Andrew Mackinnon/MarineTraffic.com

Foto do navio cargueiro Hawk I, que transporta cobre e atracou no Porto do Itaqui, em São Luís

Cinco nigerianos foram encontrados no fundo do navio Hawk 1 no Porto do Itaqui, em São Luís. As informações são da Capitania dos Portos. O grupo de africanos viajava clandestinamente e foi achado na máquina do leme, que é um compartimento que fica nas bombas que direcionam o leme da embarcação.

“Eles foram encontrados antes do navio atracar no Maranhão e hoje não estavam deixando o pratico [profissional que assessora o atracamento do navio] subir para fazer a manobra de atracação”, afirmou o capitão de Mar e Guerra, Marcio Ramalho Dutra.

Ainda segundo a Capitania dos Portos, os cinco nigerianos serão encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal, em São Luís.

O navio Hawk I transporta cobre e havia atracado na Nigéria antes de chegar ao Maranhão, mas chegou vazio. Após o caso, a embarcação ficou retida no porto para investigações, mas será abastecida de cobre e seguirá viagem para Porto Huelva, na Espanha.

Acusado de atropelar e matar esposa será julgado nesta segunda (19)

Destacado

O 2° Tribunal do Júri de São Luís julga nesta segunda-feira (19) Raimundo Nonato do Carmo Santos, acusado de matar atropelada a esposa Luciene dos Santos Lima. O crime ocorreu no dia 31 de janeiro 2017, na frente da residência do casal, na Vila Natal, em Pedrinhas. O julgamento será presidido pelo juiz Gilberto de Moura Lima e começa às 8h30, no Fórum Des. Sarney Costa (Calhau).

A sessão de júri integra a pauta da 14ª Semana do Programa Nacional Justiça pela Paz em Casa, que incia nesta segunda (19). No Maranhão o evento é organizado pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CEMULHER) do Tribunal de Justiça do Maranhão. Em São Luís, haverá mais duas sessões de júri de homicídios contra mulheres, na quarta e sexta-feira (21 e 23), no 3° Tribunal do Júri, além de 240 audiências na 1ª Vara da Mulher (19 a 23) .

Feminicídio – segundo a denúncia do Ministério Público, no dia 31 de janeiro de 2017, por volta das 18h40, na Vila Natal, em Pedrinhas, Raimundo Nonato do Carmo Santos, motivado por razões da condição do sexo feminino da ofendida, envolvendo violência doméstica e familiar, matou por atropelamento a sua esposa Luciene dos Santos Lima. O crime ocorreu em frente à residência do casal.

Consta nos autos que o denunciado, após discutir com a esposa, procurou sair residência com seu carro. A vítima, tentando deter o marido, aproximou-se do veículo, desequilibrou-se e caiu, e o acusado passou com o carro por cima da mulher por duas vezes.

Ele foi pronunciado por incidência comportamental do art.121, § 2º (homicídio qualificado), incisos III (com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que possa resultar perigo comum), c/c § 2º-A, inciso I (considera-se que há razões de condição de sexo feminino; quando o crime envolve violência doméstica e familiar) do Código Penal.

Segundo depoimento do filho do casal, contante no processo, a vítima tentou abrir a porta do passageiro, mas acabou se desequilibrando e caindo na frente do veículo, momento em que o pai, que já estava com o carro ligado, passou por cima da vítima por duas vezes, mesmo diante dos gritos para que o acusado parasse o carro. Disse que o denunciado saiu do local, sem prestar socorro à esposa.

EM URBANO SANTOS, TENTATIVA DE HOMICÍDIO É REGISTRADA, MENOR É APREENDIDO

Destacado

Na tarde de quarta feira (14),  por volta das 16h30, a guarnição de Policiais Militares de serviço na cidade de Urbano Santos/MA, recebeu denuncia via celular passado pela vitima das iniciais J. de S. N. 21 anos, residente no bairro São Raimundo, que um menor de 17 anos, residente. na Rua João de Caldas, bairro São Raimundo, tinha invadido sua residência com uma arma de fogo de fabricação caseira do tipo garrucha com uma munição calibre 36 e tentado contra sua vida, mas a arma não disparou e entraram em luta corporal.
Minutos após a denúncia a guarnição chegou ao local, o menor conseguiu se evadir sem a arma, então os Policiais Militares fizeram buscas nas proximidades e localizaram o suspeito, que lhe deram voz de apreensão pela tentativa de homicídio e encaminharam o menor infrator juntamente com a arma de fogo para Delegacia para as providências cabíveis.

Multidão lota Club do Getúlio para recepcionar Pancadão e dep. Edilázio Junior

Destacado

O Club do Getúlio foi pequeno para receber a multidão que desde o início da manhã aguardava com ansiedade a presença do líder político Matias Pancadão e o deputado Edilázio Junior que foi a Vargem Grande, dizer que seu apoio é incondicional e irrestrito a pré-candidatura de Pancadão a prefeitura municipal de Vargem Grande no ano de 2020.

O vereador e presidente da Câmara, Braga, esteve presente e disse ao anfitrião que estava ali em seu nome e de seus pares, para dizer da satisfação de participar de um evento dessa envergadura na vida política de Vargem Grande.

Dr.Miguel que fora convidado, ligou para o amigo Pancadão que infelizmente estava de plantão na cidade de Chapadinha, mas que estava deveras feliz com a realização do evento e a presença do deputado Edilázio que dá provas de que está pronto para ajudar Vargem Grande no que estiver ao seu alcance.

Pancadão disse que convidou outros amigos, que por motivos alheios as suas vontades não puderam se fazer presentes. Mas que estava feliz com a presença da população que mais uma vez não lhe nega o seu chamado.

Pancadão é um dos fortes nomes da oposição para ocupar o palácio Hildenora Gusmão, e que na eleição passada dera sustentação política ao atual gestor.

Deputado Edlázio com Pancadão e o Sr. Getúlio, dono do Club

O Deputado Edilázio disse o que o povo já sabia mas queria ouvir de sua própria boca, de que está nessa luta com Pancadão para o bem de todos e o desenvolvimento de Vargem Grande. Oficializou a entrega do comando do PSD de Vargem Grande ao amigo e correligionário Pancadão e agradeceu os sufrágios recebidos na ultima eleição. Foi uma festa que vai ficar por muito tempo na memória de todos que estiveram no Club do Getúlio para prestigiar o evento.

Matias Pancadão e Deputado Edilázio Junior,

Maranhão registra 31 casos de feminicídio em oito meses

Destacado

Dados são da Delegacia da Mulher do Maranhão. O último caso foi registrado na madrugada deste sábado (17) em Itapecuru-Mirim, interior do estado.

Por G1 MA — São Luís, MA


Maranhão já registrou 31 casos de feminicídio em 2019

Maranhão já registrou 31 casos de feminicídio em 2019

De janeiro a agosto deste ano, o Maranhão já registrou 31 casos de feminicídio, de acordo com dados da Delegacia da Mulher. Durante o mesmo período no ano passado, o estado obteve 28 feminicídios.

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) revela que em 2019, 43 mulheres foram assassinadas no estado e já em 2017, 51 casos de feminicídio foram registrados. De acordo com um levantamento do Ministério Público do Maranhão (MPMA), 79% dos autores de crimes no estado são companheiros ou ex-companheiros da vítima.

Dados do Ministério Público do Maranhão (MPMA) apontam que 79% dos feminicídios são cometidos por ex-companheiros ou companheiros das vítimas. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Dados do Ministério Público do Maranhão (MPMA) apontam que 79% dos feminicídios são cometidos por ex-companheiros ou companheiros das vítimas. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Os dados do MPMA mostram que a maioria dos casos, cerca de 58%, é registrado na casa das mulheres e a maioria é morta por armas brancas. O último caso foi registrado na madrugada deste sábado (17) no município de Itapecuru-Mirim, localizado a 108 km de São Luís.

A vítima identificada como Taynara Cristina, de 23 anos, foi assassinada a golpes de faca pelo companheiro, Francisco Linhares. De acordo com a Polícia Militar, o casal estaria em um bar quando iniciou uma discussão que teria sido motivada por ciúmes.

Após o crime, o suspeito fugiu do local e continua foragido da polícia. Taynara Cristina e Francisco Linhares estavam juntos por cerca de três anos, e segundo familiares da vítima, sempre brigavam por conta dos ciúmes do companheiro.

Taynara Cristina e Francisco Linhares estavam juntos há três anos — Foto: Divulgação/Redes Sociais

Taynara Cristina e Francisco Linhares estavam juntos há três anos — Foto: Divulgação/Redes Sociais

Vestidos com uniforme da Cemar,pistoleiros executam homem a tiros em Zé Doca

Destacado

Por volta de 12:00h deste sábado (17), três elementos que estavam em uma caminhonete Hilux cor prata, chegaram em um Bar, na Rua dos Namorados no povoado Nova Conquista, no município de Zé Doca, e abriram fogo, atirando várias vezes na cabeça do homem identificado como Maurivan Soares Azevedo de 44 anos. 
De acordo com pessoas que testemunharam a execução contaram que os pistoleiros estavam vestidos com farda da Cemar, usando mascara Ninja. A vítima estava comemorando seu aniversário, e não teve tempo de reagir e morreu no local. 
A polícia está no local fazendo diligencia na tentativa de prender os pistoleiros

Hoje na História: Imensa bola de fogo é vista na Grã-Bretanha

Destacado

O “Grande Meteoro” foi avistado por várias pessoas na noite de um dia como este, no ano de 1783, na Grã-Bretanha em uma época que pouco se sabia sobre este tipo de corpo celeste. Muitos testemunhos foram registrados na época sobre a “imensa bola de fogo”, que foi objeto de muita discussão pela “Philosophical Transactions” da “Royal Society”. O evento aconteceu entre 21h15 e 21h30 naquela clara noite de agosto de 1783. Análises de observações indicam que o corpo celeste entrou pelo Mar do Norte, antes de passar pela costa da Escócia e pelo Canal da Mancha. O meteoro, finalmente, se destruiu depois da passagem dentro da atmosfera, sobre o sudoeste da França ou no norte da Itália.

As ruas e o STF

José Mauricio de Barcellos

Já foi para as ruas a convocação dos fortes movimentos de massa desta “Nação Verde e Amarela” para o próximo dia 25 de agosto do corrente ano. Os motivos explicitados são: a CPI da “Lava Toga”; os impeachments dos ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes já requeridos perante o Congresso, a cassação dos Mandarins que compõem a banda podre do Supremo Tribunal Federal-STF, além do repúdio à ampliação da verba de uma excrecência denominada Fundo Partidário, de R$ 1,7 bilhão para R$ 3,7 bilhões, em 2020. A vez do Supremo chegou e já era sem tempo.

Com igual propósito de concitar os patriotas a exigirem das forças democráticas deste País as providências que se fizerem necessárias para afastar aquela gente do mal e impedir que arruínem a “Operação Lava Jato”, transita pelo território livre da rede mundial de computadores mais de 10 imagens e um vídeo, todos desafiadores e impactantes, que trazem para o povão a vontade incontida de marchar sobre aquele bunker de defesa da esquerda ladra e doente e da direita voraz e corrupta, símbolos de uma época que o Brasil precisa deixar para trás.

Tirantes os próprios Mandarins do STF; os seus parentes e comparsas; a grande maioria de seu corpo funcional; a banda mais canalha dos Profissionais do Direito com suas associações ou entidades classistas mais abjetas que a própria Corte Suprema, ou seja, todos que em verdade compõem um insignificante número de pessoas em relação à nossa população honesta e trabalhadora de um modo geral, ninguém com um pingo de amor ao Brasil quer tolerar mais o lado negro da toga. A irresignação popular contra o STF não se origina de convicções ideológicas. Tanto a esquerda retrógada quanto os conservadores deploram o que se fez com a instituição, em sendo pessoas do bem. Só aos maus e aos corruptos interessam a degradação do Supremo.

Vou descrever o que dizem os cartazes antes citados, que se o prezado leitor ainda não os recebeu em breve os verá: 1) o perfil dos 11 Ministros aparece com as seguintes legendas: “Não se limpa um chiqueiro com os porcos dentro. Fora todos”; 2) a figura do Min. Lewandowski aparece com as legendas: “Defensor de corruptos. O povo brasileiro tem vergonha de você! 3) os retratos do empresário ladrão Jacob Barata divide uma imagem com o Min. Gilmar Mendes e está legendado pelo seguinte recado: “Gilmar Mendes está apavorado. Barata garante que se ficar preso leva Gilmar com ele”; 4) há um cartaz preto escrito em letras brancas: “Quando você é rico, contrata um bom advogado. Quando é riquíssimo, contrata um juiz. Quando você roubou um país, contrata o SUPREMO”; 5) circundado pelas figuras de todos os onze do STF o cartaz traz a citação de Ruy Barbosa: “A pior ditadura é a do poder judiciário”; 6) abaixo do retrato do Juiz Antonio Scala da Corte Americana está sua seguinte citação; “Uma nação que coloca seu destino político na mão de 9 advogados de toga, não eleitos pelo povo, não merece o nome de democracia”; 7) a figura do insigne jurista Modesto Carvalhosa ilustra sua corajosa citação: “o STF mostrou claramente que está a serviço do esquema de corrupção que domina este País”; 8) os retratos dos onze ministros da Corte aparecem legendados da seguinte maneira: “Insustentável. O País agoniza nas mãos de uma corte degradada. Campanha Fora STF”; 9) as fotos, lado a lado, dos ministros Rosa Weber, Celso de Melo, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Lewandowisk, têm como título e legenda: “Vergonha. Um País onde seu maior INIMIGO é a sua Suprema Corte”; 10) a figura em conjunto dos Ministros Lewandowski, Gilmar e Toffoli ilustram a seguinte convocação: “A mesma campanha que fizemos pra eleger Bolsonaro, vamos fazer pra destruir o STF”, etc., etc., etc.

Vou recomendar como imperdíveis os comentários ao vivo, nas redes sociais, do canal “Hipócritas” que podem ser degustados assistindo-se ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=lpGTV729RsA. Aqui está bem demonstrado, com elegância e bom humor, mas sem descurar da gravidade da situação, como a Suprema Corte se transformou em uma das instituições mais lesivas e nocivas do País, de 1985 para esta parte. Os contras podem dizer o que quiserem e argumentar como bem entenderem, mas não vão demover ninguém. O Supremo é hoje uma vergonha nacional e tudo se deve levar à conta de uma horda de bandidos que se elegeram presidentes da república e que escolheram, cooptaram e nomearam seus onze integrantes. Digo e repito que são bandidos e corruptos porque todos os tais ex-mandatários foram atingidos ou no mínimo envolvidos na “Operação Lava Jato”, de uma forma ou de outra, a exemplo do “Ogro Encarcerado” que nomeou o maior número de Mandarins do STF (8 ministros).

Parece não ter fim a lista de atos e decisões da Suprema Corte que há muito – desde junho de 2005, quando surgiram as primeiras denuncias do Deputado Federal Roberto Jefferson – vem trazendo perplexidade e prejuízos ao País. Tudo que hoje se sabe do grande roubo da esquerda delinquente já poderia estar exemplarmente punido se não fossem as decisões ou as omissões do STF, que impediu a condenação de centenas de bandidos do colarinho branco; que mandou soltar muitos dos vermelhos e “petralhas” que a polícia logrou prender; que obstaculizou ou retardou as investigações e os inquéritos instaurados pela “Operação Lava Jato”; que, desafiando o poder do povo e a este sempre humilhando petulantemente ameaçou quem com destemor quis apontar as falcatruas, as malversações e os conchavos de diversos Mandarins que vieram a público; que transformou o STF em “Tribunal de Inquisição” para investigar, inquirir e julgar quem quer que pretenda questionar as ações lesivas dos Ministros da Corte e até de seus familiares e que, recentemente, mercê de uma nefanda proteção à prática de “Crime Contra a Segurança Nacional”, pelas mãos do Ministro Gilmar Mendes – que antes já havia ameaçado publicamente um Auditor da Receita Federal, quando este, por dever de ofício, detectou estranhos lançamentos em sua conta bancária – agora deu guarida a um inimigo estrangeiro, aliado à traidores da Pátria vinculados ao PT, que violou, desmoralizou e invadiu criminosamente instituições públicas do Brasil. É o caso do infame hacker Greenwald e de seus comparsas vermelhos. Em qualquer país socialista este “espião” e quem mais tivesse traído sua terra para ajuda-lo, já teria sido executado. Aqui os nojentos petralhas e suas caquéticas associações da extrema imprensa estão fazendo atos públicos para homenageá-lo. É crível?

Explico sinteticamente. O ministro Gilmar Mendes, decidindo sozinho uma ação cautelar, concedeu liminar proibindo que autoridades públicas investiguem ou tomem qualquer medida que vise a responsabilizar o espião estrangeiro Glenn Greenwald por publicar informações na mídia social, raqueadas criminosamente de diversas instituições públicas. Greenwald, do site The Intercept Brazil, está à frente da divulgação de mensagens trocadas entre membros da “Operação Lava Jato” e também do criminoso ataque ao sigilo telefônico das mais altas autoridades do Estado. O Brasil todo sabe que aquela conduta repugnante, encomendada pelos vermelhos, objetiva a destruição da “Lava Jato” e a desestabilização do governo democraticamente eleito em 2018. O motivo da ação criminosa é torpe e vil. Como se ainda não bastasse, impende ressaltar que, por maioria, a 2ª Turma do STF concedeu habeas corpus de ofício para impedir a quebra do sigilo da fonte do jornalista, isto é, a rigor impediu que a sociedade brasileira ultrajada conhecesse a identidade dos mandantes do crime.

Não sei como chegamos a este ponto. Não sei como o Judiciário, na maioria composta por bons e dignos magistrados e de grandes Operadores do Direito, nada fez para afastar de um dos poderes da República este câncer que, se não for extirpado, contaminará toda Justiça do País. Nada fizeram. Então, chega! Não se levantaram contra os desmandos e fecharam os olhos para as malversações da ordem de bilhões de reais que nos custa o Supremo, pois que agora suportem a sentença peremptória e definitiva do povo que é realmente o dono do poder. Isto mesmo, o povo é o dono absoluto do poder, como prescreve a Carta Política de 1988, sendo cretino e risível o entendimento dos odiosos babilacas do Direito – eméritos charlatões – no sentido de que o artigo 1º da Constituição Federal está a dizer para o povão que lhe cumpre tão somente pagar as contas e os privilégios dos nababos da máquina pública, mesmo que isto ocorra com sacrifício da vida de muitos cidadãos honrados. É isto que acham? J’ai accuse: cínicos, calhordas e hipócritas!

Posto que assim quisessem, pois que eles se conformem com a cabeça baixa e quando agora a brava gente brasileira, enfurecida e rebelada, retirar aqueles arrogantes, insensíveis, perversos e maus servidores públicos do castelo dourado em que se homiziaram, auguro que tudo se faça expulsando estes “capas pretas dos infernos”, a tapas e safanões, de dentro de lá, fazendo inclusive que depositem as togas que mancharam aos pés da grande estatua da Justiça colocada na frente do prédio do STF, porque eles desonraram a mais Alta Casa da Justiça do Brasil. Feito isso garanto que outras instituições que estão a merecer igual sorte, porque há mais de 30 anos vêm se desmandando e se desmoralizando, talvez coloquem suas barbas de molho. Seria salutar. Este povo sofrido que já prendeu Lula e que no peito e na raça vem exigindo que o Supremo mantenha o bruto no xilindró merece assistir o fim deste STF que chama de vergonha nacional, e como merece!