Exército prende garimpeiros em unidades de conservação do Amazonas

Destacado

A 17ª Brigada de Infantaria de Selva, com a participação de Órgãos Estaduais e Federais, no contexto da Operação (Op) de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) VERDE BRASIL/17, realizou ação repressiva contra garimpos ilegais na região da Unidade de

O Exército deteve dez pessoas supostamente envolvidas com a exploração de garimpos ilegais em três da Unidade de Conservação Campos Amazônicos, no sul do Estado do Amazonas. Todos foram conduzidos à sede da Polícia Federal em Rondônia. A ação faz parte da Operação Verde Brasil.

Conforme nota da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, foram apreendidos na ação “nove celulares, um detector de metais, duas motosserras, um rádio amador, uma balança para pesagem e uma espingarda Cal 20 com sete cartuchos”.

Também foram confiscados veículos e maquinários utilizados pelas pessoas sob investigação, como um trator, uma pá carregadeira, uma motocicleta, dois geradores, um caminhão Scania, e 10 mil litros de óleo diesel e dez barracas de acampamento.

Japão

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) recebeu do Governo do Japão a doação de 330 barracas individuais e 998 colchonetes com isolantes térmicos, para apoio nas ações da Operação Verde Brasil, que ao todo mobiliza 7 mil homens e mulheres para o combate ao desmatamento e à ações ilegais como exploração de garimpo em unidades de conservação.

Conforme informações divulgadas pelo Ministério da Defesa, a Operação Verde Brasil, iniciada há menos de um mês, fez combate a mais de 500 focos de incêndio, apreendeu aproximadamente 18 mil metros cúbicos de madeira, e lavrou 107 termos de infração, que totalizam R$ 28 milhões em multas.

A Operação Verde Brasil é desenvolvida pelas Forças Armadas em parceria com instituições e órgãos de segurança pública e fiscalização, como Força Nacional, Corpo de Bombeiros Militares, equipes de prevenção e combate a incêndios do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Militar Ambiental, Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e ICMBio. Fonte Agência Brasil

Preso suspeito de abusar sexualmente de enteadas em Timon Ma

Destacado

Um homem, identificado como Alderli Sousa de Jesus, foi preso na manhã desta sexta-feira (20), por estupro de vulnerável. Ele é suspeito de estuprar as enteadas e facilitar para que seus filhos de outro relacionamento também abusassem sexualmente delas. Os crimes aconteceram na cidade de Timon.

De acordo com informações da Polícia Civil, Alderli estava escondido dentro da caixa d’água quando foi preso. Ele foi encaminhado para a UPR, onde ficará à disposição da Justiça.

Mais de 65 mil candidatos se inscreveram para o concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão

Destacado

De acordo com o TJ, maior concorrência é para o cargo de Técnico Judiciário (Apoio Técnico Administração) com 2.278 candidatos por vaga. Provas acontecem no dia 29 de setembro.

Por G1 MA 


Tribunal de Justiça do Maranhão — Foto: Divulgação/CNJ

Tribunal de Justiça do Maranhão — Foto:

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) divulgou nesta sexta-feira (20) que mais de 65 mil pessoas se inscreveram para o concurso do órgão, que oferece 63 vagas em 13 áreas. As provas serão realizadas no dia 29 de setembro em três cidades do Maranhão.

Das 65.221 inscrições, mais de 13 mil são candidatos declarados negros e 812 com algum tipo de deficiência. De acordo com o TJ-MA, a maior concorrência é para o cargo de Técnico Judiciário (Apoio Técnico Administrativo), que conta com 2.278 candidatos por vaga em ampla concorrência.

Além das vagas para contratação imediata, o concurso também oferece formação de cadastro de reserva nos níveis médio e superior. Estão sendo ofertadas vagas nas áreas de Analista Judiciário (Analista de Sistemas – Desenvolvimento, Analista de Sistemas – Suporte e Rede), Engenharia Mecânica, Direito, Assistência Social, Psicologia, Psiquiatria, Oficial de Justiça, Técnico Judiciário (Apoio Técnico Administrativo), Técnico em Informática (Hardware), Técnico em Informática (Software), Técnico em Contabilidade e Técnico em Edificações.

Os salários são de R$ 8.230,25 para Analista Judiciário; R$ 6.883,85 para Oficial de Justiça e R$ 3.927,72 para Técnico Judiciário. Os servidores também tem direito ao auxílio-alimentação no valor de R$ 885,00, sem prejuízo das vantagens asseguradas pelos Planos de Carreiras e Vencimentos.

As provas

O concurso será realizado no dia 29 de setembro nos municípios de São Luís, Caxias e Imperatriz. As provas para os cargos de Técnico Judiciário serão realizadas pela manhã e pela tarde, para as vagas de Analista Judiciário e Oficial de Justiça.

O local das provas foi informado via Cartão Informativo, que foi enviado para o e-mail do candidato e também pode ser consultado pelo site da Fundação Carlos Chagas, com o número do CPF. Caso o candidato não consiga visualizar, ele poderá entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC) pelo telefone 3003-1771, que funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

De acordo com a Fundação Carlos Chagas (FCC), responsável pela execução do certame, terão provas objetivas, discursivas e de avaliação de títulos para todos os cargos e especialidades, conforme publicado no edital de convocação. Os candidatos habilitados na prova discursiva (Estudo de Caso) e na Redação, serão convocados a enviar os títulos e documentos que comprovem suas especialidades no período de 9 a 11 de outubro.

Veja a concorrência para as vagas do concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA):

VAGAS PARA AMPLA CONCORRÊNCIA

Cargo: Analista Judiciário

  • Analista de Sistemas – Desenvolvimento: 197 por vaga (3 vagas ao todo)
  • Analista de Sistemas – Suporte e Rede: 213 por vaga (2 vagas ao todo)
  • Engenheiro Mecânico: 179 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Direito: 717 por vaga (11 vagas ao todo)
  • Assistente Social: 627 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Psicólogo: 433 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Psiquiatra: 43 por vaga (1 vaga ao todo)

Cargo: Oficial de Justiça

  • 459 por vaga (11 vagas ao todo)

Cargo: Técnico Judiciário

  • Apoio Técnico Administrativo: 2.278 por vaga (15 vagas ao todo)
  • Técnico em Informática – Hardware: 393 por vaga (1 vagas ao todo)
  • Técnico em Informática – Software: 256 por vaga (cadastro reserva)
  • Técnico em Contabilidade: 404 por vaga (1 vagas ao todo)
  • Técnico em Edificações: 356 por vaga (1 vagas ao todo)

VAGAS PARA CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA

Cargo: Analista Judiciário

  • Analista de Sistemas – Desenvolvimento: 13 (cadastro de reserva)
  • Analista de Sistemas – Suporte e Rede: 9 (cadastro de reserva)
  • Engenheiro Mecânico: 1 (cadastro de reserva)
  • Direito: 142 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Assistente Social: 9 (cadastro de reserva)
  • Psicólogo: 2 (cadastro de reserva)
  • Psiquiatra: 0

Cargo: Oficial de Justiça

  • 117 por vaga (1)

Cargo: Técnico Judiciário

  • Apoio Técnico Administrativo: 497 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Técnico em Informática – Hardware: 8 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Informática – Software: 8 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Contabilidade: 2 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Edificações: 4 (cadastro de reserva)

VAGAS PARA CANDIDATOS NEGROS

Cargo: Analista Judiciário

  • Analista de Sistemas – Desenvolvimento: 148 por vaga (1 vaga ao todo)
  • Analista de Sistemas – Suporte e Rede: 117 (cadastro de reserva)
  • Engenheiro Mecânico: 53 (cadastro de reserva)
  • Direito: 532 por vaga (3 vagas ao todo)
  • Assistente Social: 181 (cadastro de reserva)
  • Psicólogo: 81 (cadastro de reserva)
  • Psiquiatra: 5 (cadastro de reserva)

Cargo: Oficial de Justiça

  • 473 por vaga (3 vagas ao todo)

Cargo: Técnico Judiciário

  • Apoio Técnico Administrativo: 2.357 por vaga (4 vagas ao todo)
  • Técnico em Informática – Hardware: 181 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Informática – Software: 110 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Contabilidade: 123 (cadastro de reserva)
  • Técnico em Edificações: 116 (cadastro de reserva

JUSTIÇA NEGA LIMINAR EM HABEAS CORPUS PARA EX-PREFEITO PRESO POR ESTUPRO DE CRIANÇA NO MARANHÃO

Destacado

Ilzemar Oliveira Dutra ex-prefeito de Santa Luzia do Tide

A Justiça do Maranhão negou o pedido de liminar em habeas corpus para o ex-prefeito de Santa Luzia do Tide, Ilzemar Oliveira Dutra, preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas por suspeita de estupro de uma criança de três anos, no último domingo (15), em São Luís. O caso está em investigação na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).
O pedido de liminar em habeas corpus foi protocolado pela defesa de Ilzemar Dutra junto à 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça e negado pelo desembargador Raimundo Nonato Magalhães Melo.
“Somente a decisão judicial flagrantemente afrontosa aos preceitos constitucionais e legais, ou aquela absolutamente desprovida de fundamentação, enquadram-se em situação a fundamentar o pedido de soltura imediata”, disse o desembargador em seu despacho.
O pedido de liberdade imediata ao ex-prefeito foi negado pelo desembargador de forma liminar, mas o mérito, que é apreciado pelo colegiado da 1ª Câmara Cível. Assim, a Procuradoria Geral de Justiça ainda vai se manifestar sobre o pedido e depois, em data a ser marcada, haverá o julgamento definitivo da solicitação do habeas corpus.
Do G1

TRE-MA cassa por 7×0 os mandatos do prefeito e vice da cidade de Codó

Destacado

Se a decisão do TRE/MA for confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral em Brasília, os cassados deverão deixar os cargos em Codó e nova eleição será convocada.

tre ma cassa por 7x0 os mandatos do prefeito e vice da cidade de codo 1024x650 - TRE-MA cassa por 7x0 os mandatos do prefeito e vice da cidade de Codó - minuto barra

O prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT), foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) por compra de votos e abuso de poder econômico, e declarado inelegível pelo período de oito anos.

A decisão, unânime, se não revertida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tem poder de tirar o pedetista das eleições de 2020, quando ele, em tese, teria direito de tentar a reeleição.

A condenação decorre de um caso flagrado no pleito de 2012.

Naquele ano, ainda no antigo PR, Nagib era vice-prefeito da cidade, mas rompera com o então prefeito, Zito Rolim – hoje seu colega de partido -, para lançar-se candidato. Ele acabou ficando apenas em terceiro lugar na disputa, com 7,5 mil votos, contra 23 mil de Zito, que se reelegeu, e, ainda, 19,5 mil de Biné Figueiredo (PDT).

Francisco Nagibm, entretanto, foi denunciado pela coligação do “Codó no Rumo Certo”, de Zito Rolim (PDT), por compra de votos e abuso de poder econômico depois de o seu pai, o empresário Francisco Carlos de Oliveira, prometer pagar um 14º salários a empregados da FC Oliveira.

Nagib e seu então candidato a vice, José Francisco Neres, foram condenados em primeiro grau – com cassação de registro de candidatura e declaração de inelegibilidade. Eles recorreram ao TRE, que manteve, por 7 votos a 0, a decisão inicial.

Gilberto Léda.

Funcionário da Vale morre após acidente no trabalho em São Luís

Destacado

Funcionário estava realizando testes em um equipamento quando ocorreu o acidente; As causas da morte ainda estão sendo investigadas.


Um funcionário da Vale, que não teve sua identidade revelada, morreu na manhã desta sexta-feira (20) no píer III do Terminal Marítimo de Ponta da Maneira (TMPM), em São Luís.

A vítima estava realizando testes em um equipamento quando ocorreu o acidente. Ele recebeu os primeiros atendimentos ainda no local pela equipe de socorro da empresa, mas não resistiu e faleceu no local. As causas do acidente estão sendo investigadas.

Por meio de nota, a Vale lamentou a morte do funcionário.

Leia a nota na íntegra:

Sobre ocorrência no píer III do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira. A Vale informa com pesar que na manhã desta sexta-feira, 20, ocorreu um acidente no Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (TMPM), em São Luís (MA), envolvendo um empregado da Vale que realizava testes em um equipamento. O empregado recebeu os primeiros atendimentos ainda no local pela equipe de socorro da Vale, mas não resistiu e veio a falecer. As causas do acidente estão sendo investigadas. A Vale lamenta profundamente o ocorrido e informa que está dando toda assistência aos familiares.

Polícia recupera moto roubada em matagal no bairro Novo Areal

Destacado

Veículo recuperado (foto: PM )

Uma guarnição da Polícia Militar conseguiu chegar até uma moto Bros 160 que estava escondida em um matagal de difícil acesso no bairro Novo Areal, na cidade de Coroatá.

Os policiais receberam uma denúncia sobre a possível localização do veículo que havia sido furtado. Prontamente fizeram buscas no local e conseguiram encontrar a moto.

É comum a prática dos criminosos em esconder as motocicletas roubadas. Eles realizam o crime e se “desfazem” do veículo para só posteriormente buscar os mesmos.

Professor é conduzido no interior do Maranhão acusado de assediar menor de idade

Destacado

Nesta quinta-feira (19), a mãe de um adolescente procurou a polícia militar de São Raimundo do Doca Bezerra para denunciar um professor da rede de ensino do município, por assédio sexual contra seu filho, de 14 anos de idade.

Segundo relatos do adolescente de iniciais E.S.C.O. o assédio aconteceu na noite de quarta-feira(18), próximo a quadra de esporte da cidade, após o professor de nome Flávio, oferecer uma carona em sua motocicleta.

Durante o percurso, o professor propôs que eles namorassem e lhe ofereceu um bola em troca, porém, ele não aceitou e o educador continuou insistindo e chegou a passar a mão nas suas partes íntimas e também lhe ofereceu dinheiro, mas o garoto recusou qualquer investida do homem. Ao chegar em casa o adolescente relatou o fato a sua mãe que decidiu procurar a polícia.

O professor foi localizado pela polícia em uma escola no Povoado Cruzeiro, município de Barra do Corda em que estava dando aula e em seguida foi conduzido à delegacia de polícia civil de Esperantinópolis. Em depoimento, Flávio disse que as acusações são falsas e que ele é inocente.

Informações: minuto da barra

Mulher é assassinada a tiros em Centro do Guilherme

Destacado

Maria Edinete do Carmo Ferreira foi encontrada morta e segundo a polícia, o principal suspeito é o marido da vítima que está foragido.

Por G1 MA — São Luís

Mulher é assassinada a tiros em Centro do Guilherme

Mulher é assassinada a tiros em Centro do Guilherme

Uma mulher identificada como Maria Edinete do Carmo Ferreira foi encontrada morta na quarta-feira (18) em sua residência em Centro do Guilherme, a 282 km de São Luís.

Segundo a polícia, o principal suspeito é o marido da vítima que foi identificado como Luiz de Lima e continua foragido. No dia do crime, a polícia foi chamada até o local pelos vizinhos que estranharam o barulho de disparos.

Chegando ao local, os policiais entraram na residência e encontraram o corpo de Maria Edinete. Próximo ao corpo havia duas cápsulas de bala de espingarda calibre 22.

Próximo ao corpo havia duas cápsulas de bala de espingarda calibre 22.  — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Próximo ao corpo havia duas cápsulas de bala de espingarda calibre 22. — Foto: Reprodução/ TV Mirante

A polícia desconfia que Luiz de Lima tenha cometido o crime porque dias antes os vizinhos afirmaram que ele foi visto com uma espingarda semelhante a calibre 22. Ainda segundo as testemunhas, o casal brigava muito.

O feminicídio foi comunicado para a Delegacia de Polícia Civil na cidade de Governador Nunes Freire que está responsável pela apuração do caso. Fonte G1 Ma

MAIS DE QUATRO MIL VEÍCULOS SÃO ROUBADOS POR ANO NO MARANHÃO

Destacado

De acordo com o relatório do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, mais de quatro mil veículos entre carros e motocicletas, são roubados por ano no Maranhão. Segundo o relatório, os dados apontam uma diminuição no número de casos registrados.

Em 2017, cerca de 4.447 mil veículos foram roubados e 3.130 furtados. No ano seguinte, o estado obteve 4.093 roubos e 2.980 furtos. Apesar da diminuição dos números, ainda há um grande registro de casos que preocupa autoridades em segurança.

Segundo o delegado Fernando Guedes, da Delegacia de Roubos e Furtos do Maranhão, mais de 100 mandados de prisões por roubo ou furto já foram expedidos somente este ano no estado e de cada dez veículos que são roubados ou furtados no Maranhão, sete são motocicletas. Em São Luís, de janeiro a setembro deste ano já foram recuperados cerca de 750 veículos.

A gente tem notado principalmente em várias operações que a gente vem deflagrando, como forma de coibir e reprimir esse tipo de ilícito aqui em São Luís, onde só esse ano em operações conjuntas com a Delegacia de Roubos e Furtos nós já demos cumprimentos de mais de 100 mandados de prisões”, disse o delegado.

O delegado Fernando Guedes explica que a maioria dos casos que são registrados acontecem principalmente em momentos de descuido dos condutores, principalmente nas chegadas e saídas de residências ou estabelecimentos comerciais. Por isso, ele alerta sobre a atenção redobrada e caso vire uma vítima de um desses crimes, que procure imediatamente uma delegacia de polícia.

Grande parte dos roubos que acontecem são muitas vezes com pessoas que estão entrando ou saindo de suas residências, já que estão desatentas com o que está acontecendo ao redor de sua casa e com isso, o elemento se aproveita para subtrair o veículo. Então a gente sempre alerta que tomem cuidado ao entrar ou sair de casa e se por ventura, infelizmente, vierem a ser vítimas desse crime que procurem imediatamente o plantão da Polícia Civil e procedam com o boletim de ocorrência para que a gente possa dar continuidade a investigação, conseguir recuperar o veículo, identificar os suspeitos e prendê-los”, finalizou.

Fonte: G1

Hoje na História:Tem início no Brasil a Guerra dos Farrapos

Destacado

No dia 20 de setembro de 1835 tinha início a revolução separatista do Rio Grande do Sul, conhecida como Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha, um termo depreciativo usado pelos partidários da monarquia para denominar os liberais que estavam no comando da revolta. A República de Rio Grande manteve sua independência por uma década e obteve considerável apoio da população local por conta de suas ideias libertárias e progressistas. Seu primeiro presidente foi o militar Bento Gonçalves da Silva.

Em 1839, o estado de Santa Catarina, também independente, se uniu ao Rio Grande do Sul em uma confederação. Contudo, alguns anos mais tarde, as tropas imperiais derrotaram as forças rebeldes, tanto em março quanto em maio de 1843, enquanto os governos aliados do Uruguai e Argentina abandonavam o apoio aos separatistas. No dia 28 de fevereiro de 1845 foi assinado o Tratado de Poncho Verde, que formalizava o regresso do Rio Grande ao império brasileiro em troca de uma anistia generalizada.