HOMEM É PRESO ACUSADO DE APLICAR GOLPES EM SÃO LUÍS

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC, prendeu em flagrante delito, na quinta-feira (21)) Denilson Moreira Mello, acusado de aplicar golpes bancários em São Luís.

Segundo informações policiais, no momento da prisão, o suspeito estava tentando aplicar mais um golpe em uma agência bancária. Ele faz parte de uma associação criminosa que vem agindo nos últimos dias falsificando identidades, procurações e escrituras públicas, para com isso conseguir sacar vultosos valores provenientes de heranças que estejam depositadas em contas bancárias em nome dos espólios.

Neste episódio, Densilson compareceu à agência do Banco do Brasil do bairro Cohatrac sob a identidade de Mikolas Melo Tavares, e apresentou uma escritura pública de inventário e partilha que dizia ser ele o único herdeiro da quantia de R$ 327.090,14 (trezentos e vinte e sete mil e noventa reais e catorze centavos), valor pertencente a um senhor falecido no ano de 2014.

Já na delegacia o suspeito insistiu na identidade apresentada, mas a equipe conseguiu chegar ao seu verdadeiro nome, com o qual já possuía registro criminal pelo mesmo tipo de crime, inclusive com mandado de prisão em aberto pela vara de execuções penais, uma vez que estava foragido desde o ano de 2015, quando se evadira do sistema prisional mediante abuso de confiança.

Denilson foi levado para a sede da SEIC e, após as formalidades legais, foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerá à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *