Guarda municipal desaparece após ter casa invadida e objetos roubados em São José de Ribamar

O guarda municipal Antônio Barbosa Araújo, de 48 anos, residente na Avenida Clodomir Cardoso, 1542, no bairro Moropóia, em São José de Ribamar, está desaparecido desde a madrugada dessa sexta-feira (3) após ter sua residência invadida e objetos roubados.
Pelas informações de parentes, no último contato, por volta de 19h de quinta-feira (2), ele estava tranquilo em sua residência, sem demonstrar anormalidade ou preocupação. 
“No último contato, às 19h, tudo parecia normal. Não sabemos o que aconteceu no restante da noite e madrugada. Se ele saiu pra algum lugar ou se ficou em casa. Só tomamos conhecimento do que aconteceu na manhã desta sexta-feira, quando a casa foi encontrada arrombada e revirada, após ele não comparecer no trabalho”, diz um parente em contato com o blog.

Os bandidos invadiram a casa após arrombarem um portão e uma porta. Eles conseguiram levar TV, computador, botijão de gás, bicicleta, geladeira e vários outros pertences, além de terem revirado toda a casa.
Familiares não sabem informar se Antônio Araújo, que é solteiro e mora sozinho, estava em casa no momento da invasão. “O que nos preocupa é que ele está desaparecido e, até agora, não manteve contato. Não sabemos se ele estava fora de casa ou se foi levado por quem arrombou e roubou a residência”, diz o parente.
Como a quantidade de objetos roubados é grande, acredita-se que os assaltantes tenham utilizado um veículo com carroceria para o transporte.
Parentes dizem que Antônio Araújo não tinha inimigos e nem havia recebido algum tipo de ameaça. Um boletim de ocorrência foi registrado às primeiras horas da manhã na Delegacia de Ribamar.

Na manhã dessa sexta-feira, foi verificado um saque na conta pessoal do guarda municipal, em Teresina, no Piauí.
A polícia já está investigado o caso e tentará conseguir imagens de circuitos de monitoramento para identificar o veículo utilizado pelos assaltantes, além de tentar localizar o guarda municipal.
Quaisquer informações podem ser passadas para o celular 98809-1638 (WhatsApp).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *