Polícia prende foragidos do Pará que roubaram R$ 32 mil em ‘saidinhas bancárias’ em São Luís

Os assaltantes Wellington Robson dos Santos Neves, conhecido como “Porco”, de 32 anos, e Leonardo Oliveira Jardim, de 23 anos, foragidos de Justiça do Estado do Pará, foram presos por policiais do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (Dcrif), vinculado à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em conjunto com a Polícia Civil do Pará.  
Pelas investigações, Leonardo estava vindo da cidade de Belém, no Pará, com o intuito de praticar roubos conhecidos como ‘saidinhas bancárias’, em São Luís.  
Equipes de policiais foram distribuídas em pontos estratégicos na cidade. Por volta de 17h30 de terça-feira (07), a equipe que estava no Ferry Boat identificou Leonardo e efetuaram a prisão. Na abordagem, ele apresentou CNH com nome falso de Lucas Santos.

De imediato, os policiais seguiram para a casa de Wellington Neves, situada em um condomínio residencial na cidade de Paço do Lumiar. Ele se identificou com uma CNH falsa com o nome de Marconi. Em buscas na residência, foram encontrados dois revólveres, de calibres .38 e .32, municiados.
Wellington confessou a propriedade das armas e informou que as utilizava para praticar roubos na modalidade ‘saidinhas bancárias’.
Ele confessou que participou ativamente de, ao menos, dois roubos em São Luís. No mês de março, ele abordou um homem que havia sacado grande quantidade de dinheiro em uma agência bancária, no bairro do Renascença. Na ocasião, foram subtraídos aproximadamente R$ 27 mil.

Já no mês de abril, em outra ação criminosa, em uma agência bancária nas imediações da Avenida Guajajaras, no São Cristóvão, foram subtraídos aproximadamente R$ 5 mil da vítima.
Os dois assaltantes possuem um vasto histórico criminal por crimes patrimoniais (roubo, furto etc.).
Após os procedimentos legais, eles foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *