Policial militar dispara três tiros contra amigo durante discussão em Bacabal; vítima está fora de perigo

Um policial militar, identificado apenas como Flávio, conhecido como “JR”, disparou três tiros contra um amigo após discussão durante uma partida de sinuca, no sábado (11), na cidade de Bacabal. A vítima foi identificada como Moisés.
Nas redes sociais, um irmão de Moisés, Jardel Leite, disse que os tiros foram disparados durante uma simples discussão de amigos. Jardel afirma que já foi policial e lamenta o desequilíbrio emocional do amigo de longas datas.
“Esse rapaz foi criado com a gente, de almoçar lá em casa e jogar bola direto. Então, um despreparado e covarde desses que saca sua arma pra disparar contra um colega não tem equilíbrio emocional. Fui policial militar e tenho muitos amigos irmão da polícia militar até hoje e sei que não são coniventes a atos como”, disse o irmão da vítima.
Ele faz questão de deixar claro que está falando do agressor e não da Polícia Militar. “Pra deixar bem claro, estou falando desse covarde chamado Flavio, conhecido como JR, e não da Polícia Militar. Graças a Deus meu irmão está bem, mas tenho certeza que esse cara, onde estiver hoje, tá com a cabeça pesada e sentindo culpa, pois aprendi na polícia que temos que defender é nossa sociedade e não ir contra ela”, completou o irmão.
No facebook, um amigo da vítima que também já foi ameaçado pelo PM e que, depois dessa agressão contra Moisés, ele está assustado e vai registrar boletim de ocorrência.
“Ontem ele tava louco, louco. Parecia que estava drogado. Eu vou já registrar um BO contra ele. Fiquei assustado, agora. Ontem, ele me ameaçou, com ciúmes da mulher dele”, relatou Júnior Andrade.
Pelas informações, Moisés estava em um bar, jogando sinuca e apostando. O PM estaria apostando em outra pessoa e se encabulou na aposta. Ele começou a discutir com Moisés e terminou disparando três tiros.
Um dos disparos atingiu o iPhone da vítima, que foi socorrida e levada ao hospital. Pelas informações, Moisés está fora de perigo.
O PM deverá responder por tentativa de homicídio. Além disso, poderá ser aberto inquérito policial militar pelo Comando da PM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *