Polícia tenta localizar e prender assaltantes que explodiram a agência do Bradesco em Penalva neste sábado (8)

Ação criminosa aconteceu durante a madrugada e destruiu o interior do banco. Os bandidos fugiram levando todo o dinheiro que estava na agência.

As Polícias Civil e Militar estão mobilizadas para tentar localizar e prender os integrantes de uma quadrilha que explodiu a agência do Bradesco na cidade de Penalva, a 135 km de São Luís, na madrugada deste sábado (8).
Os assaltantes, que estavam fortemente armados, chegaram à cidade e foram direto para a agência. Eles utilizaram explosivos e detonaram os caixas eletrônicos e o cofre.

O bando fugiu em seguida levando todo o dinheiro que estava na agência.
Não houve feridos e ninguém foi preso. Também ainda não há informações sobre a quantidade de dinheiro levada do banco.
Equipes especializadas já foram enviadas para investigar o caso. A Polícia Civil também declarou que, por enquanto, detalhes sobre a quantidade de assaltantes e o armamento usado não serão divulgados para não atrapalhar nas prisões.
Todo o aparato policial militar em Penalva e cidades do entorno estão mobilizadas para fazer o cerco e identificação dos suspeitos dessa ação criminosa.
Participam da ação os batalhões das regionais de Pinheiro e Viana, Grupo de Operações Especiais, Força Tática e de um grupamento treinado para contenção deste tipo de crime, o COSAR.
Outros ataques
Na semana passada, bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil na Avenida dos Holandeses, no Calhau, em São Luís.
No dia seguinte, o alvo dos ladrões foi a cidade de São Bernardo do Maranhão.  Armados de fuzis e metralhadoras, eles atacaram a base da Polícia Militar e em seguida explodiram simultaneamente as agências do Banco do Brasil e do Bradesco.

Até o momento, a polícia não conseguiu identificar e prender os autores desses assaltos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *