Grupo CB rachou. Quem diria!

Diego da madeireira não faz parte do novo projeto político do prefeito Carlinhos Barros em Vargem Grande.

Ontem a noite recebi de amigos e leitores do blog do Zé de Fátima,um áudio, no qual,o vereador Diego da madeireira, convidava seu interlocutor a assistir ou simplesmente ouvir sua entrevista no programa Bandejão da nova na apresentação do seu colega de parlamento Jociedson Aguiar.

Em um trecho do áudio, Diego explica que fora proibido pelo auto escalão do governo de dar entrevistar nos meios de comunicação que trabalham produzindo matérias para a mídia governistas e portanto, ia procurar outros meios de mostrar seus trabalho..

Fiquei imaginando se essa medida fosse do Bolsonaro contra qualquer deputado, alguns amigos do prefeito que defendem o antigo governo o classificariam de ditador e autoritário. E por que não dizem o mesmo do patrão ou seus aliados? Nesse momento, usa-se dois pesos e duas medidas. Estou mencionando isso, porque num futuro próximo, pode haver necessidade de lembrá-los.

Mas por que o Diego não pode divulgar o seu trabalho, nem os benefícios que estará promovendo ao povo de sua terra? Vereador não é servil nem ajudante de ordem do prefeito. Os discursos são lindos! Quando se vai a Câmara diz-se que os poderes são independentes e harmônicos, e isso são. Mas com essas atitudes tira-se a independência do membro do poder.

Mas pude perceber que Diego está indiferente a essas barreiras. Não arrefeceu, nem se mostrou atemorizado com o autoritarismo. Segue em frente, e demonstra total domínio da situação.

Embora não tenham oficialmente o alijado do grupo, deixaram implícito que não tem mais nenhum interesse em sua participação no projeto político do prefeito CB para o futuro.

E Diego vai para onde? Vai juntar-se aos dissidentes de primeira hora Pancadão, D. Aparecida e os integrantes do G4? Ou vai tentar aproximação com o grupo político de Dr. Miguel?

Maquiavel afirmava, os amigos políticos de hoje,podem ser os inimigos do amanhã.

Diego tem um amigo que não vai abandoná-lo e vai ajudá-lo dentro do possível nesse novo momento, que é o deputado federal Josemar do Maranhãozinho.

Para ilustrar esse momento, lembro-me da inauguração de um poço artesiano no povoado São Roque Zona Rural de Vargem Grande,que fora conseguido pelo então deputado federal Pedro Fernandes, e que no ato da inauguração, a prefeita Dra, Ana teve a dignidade de dizer que a emenda era de um deputado seu adversário no município, mas que trazia benefício para a população. Talvez por isso, Dra. Ana ainda hoje seja lembrada com saudades.

Mas vamos aguardar o desenrolar dos fatos, mas que foi uma atitude corajosa e audaciosa do grupo, isso foi. Mas as perdas ou ganhos com essa atitude, breve teremos a resposta. Só para lembrar que na Bíblia em Provérbios 16-18, afirma-se categoricamente: A Arrogância antecede a ruína.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *