Servidores dos Correios aprovam greve por tempo indeterminado no Maranhão

Reajuste salarial e melhores condições de trabalho são pontos cobrados pela categoria. Correios disseram que as correspondências vão continuar chegando nas residências enquanto isso.

Por G1 Maranhão 


Os servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve por tempo indeterminado desde a 0h desta quarta-feira (11). A assembleia geral foi realizada na noite dessa terça-feira (10), na sede administrativa do sindicato da categoria (SINTECT-MA), no bairro Radional, em São Luís. O movimento dos trabalhadores é nacional.

O reajuste salarial de 0,8% é um dos principais pontos reclamados pela categoria. No entanto, os trabalhadores querem também a reconsideração quanto a retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios já conquistados que foram comprometidos, segundo o sindicato.

Servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve após assembleia geral — Foto: Divulgação / Sintect-MA

Servidores dos Correios no Maranhão deflagraram greve após assembleia geral — Foto: Divulgação / Sintect-MA

Como parte do movimento grevista, o sindicato anunciou um seminário das 8h30 as 16h desta quarta-feira na sede do Sindicato dos Bancários, na Rua do Sol, no Centro de São Luís. O assunto em destaque será sobre a possibilidade de privatização da empresa.

Em nota, os Correios disseram que “estarão implementando o plano de continuidade, visando garantir a entrega das encomendas em domicílio, não havendo necessidade dos clientes se deslocarem às unidades para recebimento de encomendas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *