É encontrado morto delator que revelou pagamentos de propina

Até o momento não foi divulgadas informações sobre a causa da morte

Por: Luciana Gomes18 de Setembro de 2019

O ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares foi encontrado morto em sua residência, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (17). Há cerca de dois anos, ele acusou o atual deputado federal e ex-senador Aécio Neves, e o ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, de terem recebido propinas do grupo.

Henrique Valladares contou ter pago R$ 50 milhões a Aécio Neves, essa quantia foi depositada em contas no exterior, e ainda afirmou ter recebido uma cobrança de dinheiro, que foi pedida por Edison Lobão, quando era ministro de Dilma. Nos dois casos a Odebrecht pedia como retribuição facilidades na área de energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *