Envolvido na morte de Décio Sá está foragido de Pedrinhas em São Luís

Marcos Bruno Silva de Oliveira não retornou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, após ser beneficiado com a saída temporária do Dia das Crianças.

Jornalista Décio Sá, de 42 anos foi morto na Avenida Litorânea em São Luís — Foto: Divulgação

O detento Marcos Bruno Silva de Oliveira, acusado de envolvimento na morte do jornalista Décio Sá ocorrida no dia 23 de abril de 2012, já é considerado foragido do sistema penitenciário maranhense.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Marcos Bruno encontra-se foragido da Justiça desde o último dia 15 de outubro, quando ele não retornou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, após ser beneficiado com a saída temporária do Dia das Crianças, concedida pela Vara de Execuções Penais da capital.

Marcos Bruno encontrava-se em regime semiaberto. Ele foi sentenciado a 18 anos e 3 meses no regime fechado pelo crime do jornalista Décio Sá.

Por meio de nota, enviada ao G1, a Seap, esclarece que Marcos Bruno Silva de Oliveira deveria ter retornado a Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 4 (UPSL4), onde cumpria pena, até às 18h da última terça-feira (15).

Leia a íntegra da nota:

“A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) esclarece que o interno Marcos Bruno Silva de Oliveira, preso no Sistema Penitenciário do Maranhão desde novembro de 2012, é considerado foragido de justiça. Ele recebeu o beneficio de saída temporária do Dia das Crianças, concedido pelo Poder Judiciário, e não retornou até às 18h de terça-feira (15), data limite para ter regressado a Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 4 (UPSL4), onde cumpria pena”.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *