Vigilantes da Coltbrasil estão há seis meses sem salários

Terceirizados da empresa Coltbrasil Segurança Privada Ltda., que prestam serviços como vigilantes à Secretaria de Estado de Educação, pelo interior do Maranhão, estão há seis meses sem receber salários.  São pais de família, que assim como todos nós, trabalham e têm direito de receberem seus vencimentos.

De acordo com denúncia recebida pelo Blog, a Seduc não fornece nenhuma informação a cerca do repasse à Coltbrasil, deixando os servidores nesta condição, sem saber quando vão receber os salários atrasados.

Eles cobram um posicionamento do governo do Estado o mais breve possível. Fonte Luís Cardoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *